quarta-feira, 19 de março de 2008

Chile condena 24 torturadores da ditadura militar

Uma condenação à prisão perpétua, cinco a 20 anos, quatro a 15 anos e outras penas menores foram estabelecidas pela juíza Ema Díaz para 24 oficiais e suboficiais da polícia, todos da reserva, pelos crimes de seqüestro, homicídio e tortura de 31 opositores à ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990). Entre os condenados estão o coronel Adrian Fernández, condenado à prisão perpétua, além do general Nelson Rodríguez, e do tenente-coronel Antonio Barros, ambos com penas de 15 anos de prisão. Na condenação mais numerosa até agora de repressores que atuaram durante a ditadura de Augusto Pinochet, cinco suboficiais foram condenados a 20 anos de prisão, dois suboficiais a 15 anos, 13 suboficiais a quatro, e um suboficial a cinco. A juíza Díaz se negou a aplicar anistia e prescrição aos autores e cúmplices das violações aos direitos humanos, e incluiu em sua sentença a condenação a torturas praticadas contra nove prisioneiros que conseguiram sobreviver. Das 31 vítimas dessas violações dos direitos humanos, perpetradas entre setembro e outubro de 1973, em Osorno, a 922 quilômetros ao sul de Santiago, seis foram executadas, e seus corpos foram recuperados por familiares; 15 estão desaparecidas, e 10 sobreviveram às torturas. Uma das sobreviventes é a então prefeita de Entre Lagos, Blanca Valderas, caso que a juíza qualificou como tentativa de homicídio. Valderas foi levada por policiais a uma ponte sobre o rio Pilmaiquén, junto a outros presos, que foram mortos e atirados ao rio. Como seu fuzil travou, um oficial golpeou Valdera e a lançou ao rio. Ela nadou e chegou a uma casa onde se refugiou e ficou escondida durante cinco anos, até mesmo de seus filhos. Seu marido, Joel Fierro, está desaparecido.

Petrobras arremata 22 blocos para exploração de petróleo no Golfo do México

A Petrobras arrematou nesta quarta-feira 22 blocos exploratórios no Golfo do México, em leilão promovido pelo Minerals Management Service (MMS), o órgão regulador do setor de petróleo nos Estados Unidos. A companhia ficou com 100% de participação em 11 áreas. Nas restantes entrou em parceria com petrolífera norte-americana Devon. A Petrobrás investiu US$ 178,9 milhões no leilão, chamado Lease Sale 206, no qual deu prosseguimento à estratégia de apostar nas águas profundas e ultraprofundas da região. Após a confirmação dos resultados do leilão, a Petrobras terá 221 blocos exploratórios no Golfo do México. O leilão contou com a participação de 78 empresas. A empresa tem quatro importantes descobertas na região, batizadas de Cascade, Chinook, Saint Malo e Stones. Os dois primeiros devem entrar em operação já em 2010, inaugurando, no Golfo do México, o uso de navios-plataforma, tecnologia amplamente utilizada pela Petrobrás. A estatal prevê investimentos de US$ 4,9 bilhões nos Estados Unidos até 2012, destinados aos segmentos de exploração, produção e refino.

Aécio Neves se reúne com Ciro Gomes, mas nega que encontro seja retaliação contra Hélio Costa

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), esteve reunido na noite desta quarta-feira com o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) para discutir a possível aliança entre PT-PSDB-PSB para a prefeitura de Belo Horizonte nas eleições de outubro. Aécio Neves negou, porém, que o encontro seja uma ofensiva contra a declaração do ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), que avisou na terça-feira, ao vice-presidente José Alencar (PRB), sua intenção de articular uma ampla aliança na capital mineira em oposição à parceria do PT com o PSDB. "Todas as alianças são absolutamente legítimas, sobretudo quando elas são feitas a favor de algo. Nós estamos aqui buscando construir uma aliança a favor de Belo Horizonte, dos interesses da cidade", afirmou Aécio Neves. O governador disse que ninguém pode se sentir "alijado" de algo que ainda está em construção e ressaltou que o PSDB tem dado uma demonstração em Minas Gerais de "generosidade" por não indicar o candidato a prefeito. O nome escolhido para encabeçar a aliança PT-PSDB-PSB seria do empresário Márcio Lacerda (PSB). Questionado se o encontro com Ciro Gomes é uma prévia para as eleições presidenciais, Aécio Neves disse que 2010 está muito distante. Os dois são pré-candidatos a Presidência da República em 2010, mas Aécio Neves tem mais dificuldades, porque precisaria ultrapassar José Serra dentro do seu partido.

Senado Federal cria CPI para investigar crimes de pedofilia

O Senado Federal criou mais uma CPI, desta vez para investigar crimes de pedofilia. A comissão será instalada oficialmente na próxima semana, quando ocorrerá eleição dos seus cargos, embora os senadores Magno Malta (PR-ES) e Demóstenes Torres (DEM-GO) já tenham sido indicados para a presidência e a relatoria da comissão, respectivamente. O requerimento de criação da CPI foi protocolado no Senado Federal em dezembro do ano passado. Mas, os partidos políticos só finalizaram as indicações de seus integrantes nesta semana. Malta disse que o objetivo da comissão será investigar todos os crimes de pedofilia no País, incluindo os cometidos por meio da internet. É bom que os senadores estejam atentos para os próprios parlamentares, das três esferas (municipal, estadual e federal), que gostam de juntar uma doentia preferência por menininhas e cocaína. A CPI tem poder de justiça e polícia, expede mandados de busca e apreensão. A expectativa do senador Magno Malta é que a CPI execute mandados de prisão, busca e apreensão, em todos os Estados do País. O futuro presidente da comissão pretende dar início às investigações com base em informações do Ministério Público e da Polícia Federal, responsáveis pela investigação de crimes de pedofilia.