sexta-feira, 27 de junho de 2008

Irã diz que utilizará cem novas plataformas de petróleo nos próximos 10 anos

O diretor da Companhia de Petróleo do Irã, Seyfollah Jashnsaz, afirmou que seu país precisa de cem perfuradoras para buscar petróleo em solo e águas iranianas nos próximos dez anos, 60 das quais já estão prontas para operar. A declaração do diretor foi feita na inauguração daquela que, segundo o Governo iraniano, é a maior plataforma marítima do Oriente Médio. "A indústria de perfuração deverá extrair 695 milhões de barris nos próximos dez anos e aumentar as reservas de gás para até 155 bilhões de metros cúbicos ao ano", disse Jashnsaz. "Por isso, é necessário que o Irã disponha de uma infra-estrutura apropriada", acrescentou.

Ônibus interestaduais ficarão 6,396% mais caros

As pessoas que dependem dos ônibus interestaduais para viajar vão pagar mais caro a partir do dia 1º de julho. A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) autorizou que as empresas de ônibus interestaduais e internacionais reajustem suas tarifas em 6,396%. O índice de reajuste das tarifas interestaduais e internacionais ficou em 4,8% no ano passado. Em 2006 o reajuste de 9,29%, e em 2005, 14,84%.

Consumo de energia elétrica cresceu 3% em maio

O consumo de energia elétrica em maio cresceu 3% em relação ao mesmo mês de 2007, totalizando 32.501 GWh (gigawatts/hora), informou a EPE (Empresa de Pesquisa Energética) na quinta-feira. No ano, o consumo nacional chega a 161.545 GWh, o que representa um incremento de 3,1% sobre o período de janeiro a maio de 2007. Nos últimos 12 meses, a demanda por energia elétrica soma 384.357 GWh, 4,8% acima do constatado em período correspondente imediatamente anterior. O consumo em maio foi o maior do ano, segundo a EPE. O consumo residencial registrou maior incremento, com 4,9% de expansão frente a maio de 2007, totalizando 7.942 GWh. De janeiro a maio, acumula crescimento de 3,4%, somando 39.606 GWh. Nos últimos 12 meses, a demanda residencial chegou a 92.169 GWh, 4,5% a mais do que em igual período do ano anterior. O consumo industrial aumentou 2,4% em relação a maio do ano passado, chegando a 15.015 GWh. No acumulado do ano, a expansão da demanda da indústria é de 3%, totalizando 73.279 GWh.

Corpo de Sylvinha Araújo enterrado em Itapecerica da Serra


O corpo da cantora Sylvinha Araújo foi enterrado no final da tarde de quinta-feira, no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. A artista estava internada no Hospital 9 de Julho, em São Paulo, e morreu por volta das 20h30 da quarta-feira, aos 56 anos, em decorrência de um câncer de mama, doença com a qual convivia havia 12 anos. "Íamos fazer 39 anos de casamento em 23 de julho deste ano, fora os dois anos de namoro. Tudo que a Sylvinha fazia, ela pensava em fazer muito bem. O que vai ficar para sempre é a obra que ela deixou. Ela tem uma imagem muito querida, agradava dos jovens aos mais velhos. Ela sempre teve fãs de todas as idades, espalhados por todo o Brasil, resultado de um trabalho em 42 anos de carreira", falou o viúvo da cantora, Eduardo Araújo. Sylvinha estava internada desde o último dia 4. Ela deixa dois filhos, Mônica Araújo, de 37 anos, e Edu Luke, de 30 anos. Ambos trabalham no meio musical. Sílvia Maria Vieira Peixoto Araújo nasceu em 16 de setembro de 1951, em Mariana, e foi criada em São João Del Rey (ambas em Minas Gerais). Tornou-se cantora profissional com apenas 14 anos, quando lançou seu primeiro disco, com as músicas "Vou botar Pra Quebrar" e "Feitiço de Broto". Sylvinha ganhou fama na época da jovem guarda, ao lado de ícones como Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Sua voz potente emprestou força a canções como "Paraíba" (de Luiz Gonzaga), o que na época rendeu comparações até com a cantora norte-americana Janis Joplin. Ela chegou a vender mais de um milhão de discos em sua carreira e gravou inúmeros jingles publicitários. Nos anos 70 afastou-se da música. Voltou a cantar no final da década. Entre os anos 70 e 80, foi jurada de programas de calouros apresentados por Silvio Santos. Ao lado do marido, Eduardo Araújo, lançou no ano passado a compilação ao vivo "40 Anos de Jovem Guarda".

Rede Globo acusa Record de espionagem e demite funcionário

A TV Globo enviou nesta quinta-feira uma notificação para a TV Record sobre uma possível ação de espionagem, informa um comunicado da Central Globo de Comunicação. Segundo o informe, "um funcionário da Globo foi desligado da empresa por ter divulgado", por meio de seu e-mail corporativo, "informações sigilosas" da emissora carioca. Diz o comunicado: "A TV Globo enviou hoje notificação para a TV Record sobre uma possível ação de concorrência desleal. Um funcionário da TV Globo foi desligado hoje da empresa por ter divulgado, através de seu e-mail corporativo, informações sigilosas desta emissora. Diversas informações confidenciais, tanto de natureza comercial quanto estratégica, tais como a lista de fornecedores, foram repassadas para um funcionário da TV Record. Como o uso de segredos comerciais e estratégicos pode causar grandes prejuízos a qualquer empresa, a TV Globo informou à TV Record de que tomou conhecimento do fato, que pode configurar inclusive um ilícito criminal, e de que está estudando as medidas legais cabíveis. Central Globo de Comunicação. Rio de Janeiro, 26 de junho de 2008”.

Paulinho da Força Sindical apresenta defesa escrita ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados

Faltando menos de quatro horas para o horário final para acabar o prazo para apresentação de sua defesa por escrito ao Conselho de Ética da Câmara, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical (PDT-SP), encaminhou o documento ao órgão, nesta quinta-feira. A defesa foi entregue por funcionários de seu gabinete à assessoria do conselho. O relator do processo, deputado federal Paulo Piau (PMDB-MG), pretende analisar o documento no fim de semana. Paulinho foi denunciado ao Conselho de Ética pela Corregedoria Geral da Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar. O deputado é acusado de envolvimento em um esquema de fraudes no BNDES, investigado durante a Operação Santa Tereza, da Polícia Federal. Depois da análise da defesa escrita, o Conselho de Ética vai ouvir as explicações orais do deputado. Paulinho poderá escolher entre duas datas (2 e 8 de julho) para apresentar sua defesa oral.

Desembolsos do BNDES chegam a R$ 78,6 bilhões nos últimos 12 meses

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) registrou desembolsos de R$ 78,6 bilhões nos últimos 12 meses encerrados em maio, 36% acima do verificado em igual período anterior. O volume é recorde para um período de 12 meses. As aprovações somaram R$ 110,9 bilhões no período, 24% a mais, na mesma base de comparação. Os enquadramentos ficaram em R$ 129,7 bilhões (21% sobre igual período anterior) e as consultas chegaram a R$ 142,2 bilhões, o que representa incremento de 20%. De janeiro a maio, os desembolsos do banco somaram R$ 32,7 bilhões, 70% acima do verificado em igual período em 2007. As aprovações chegaram a R$ 42,4 bilhões, incremento de 40%; as consultas somaram R$ 66 bilhões, alta de 30%; e os enquadramentos totalizaram, R$ 57,8 bilhões, 28% acima do constatado entre janeiro e maio do ano passado. Os desembolsos para o setor de infra-estrutura tiveram crescimento de 85%, totalizando R$ 32,2 bilhões. Esse desempenho foi influenciado pelas liberações para projetos de energia elétrica e transportes terrestres. No ano, os desembolsos para o setor somaram R$ 12,7 bilhões. Entre as aprovações, o setor de infra-estrutura continuou liderando, com alta de 58%, totalizando R$ 47,9 bilhões nos últimos 12 meses encerrados em maio.

Governo Lula prorroga prazo para abertura de concurso da Abin

O Ministério do Planejamento anunciou mudanças no concurso público para a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), autorizado no ano passado. Pelas novas regras, fica prorrogado para os próximos 180 dias o prazo para que a Abin abra inscrições para a realização do concurso público. Também foi determinado que as 190 vagas previstas anteriormente para analista e assistente de informações sejam designadas para os cargos de oficial de inteligência (nível superior, com 160 vagas) e agente de inteligência (nível intermediário, com 30 vagas). O concurso público para ingresso de novos servidores no quadro efetivo da agência será realizado em duas etapas. Após a prova inicial, a segunda fase será constituída de um curso de formação. Por se tratar de um processo prolongado, segundo o ministério, a contratação dos aprovados deverá ocorrer somente em 2009.

Ministério prorroga prazo para abertura de concurso da Abin

O Ministério do Planejamento anunciou mudanças no concurso público para a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), autorizado no ano passado. Pelas novas regras, fica prorrogado para os próximos 180 dias o prazo para que a Abin abra inscrições para a realização do concurso público. Também foi determinado que as 190 vagas previstas anteriormente para analista e assistente de informações sejam designadas para os cargos de oficial de inteligência (nível superior, com 160 vagas) e agente de inteligência (nível intermediário, com 30 vagas). O concurso público para ingresso de novos servidores no quadro efetivo da agência será realizado em duas etapas. Após a prova inicial, a segunda fase será constituída de um curso de formação. Por se tratar de um processo prolongado, segundo o ministério, a contratação dos aprovados deverá ocorrer somente em 2009.

PTB anuncia apoio a candidato do PMDB no Rio de Janeiro

O deputado estadual Eduardo Paes, candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro pelo PMDB, e nome do governador Sérgio Cabral para a eleição, recebeu apoio nesta quinta-feira do PTB. Este foi o terceiro partido a anunciar apoio oficial à candidatura de Paes, lançada no domingo passado. Paes se reuniu na manhã de quinta-feira com a vereadora Cristiane Brasil (PTB), filha do ex-deputado Roberto Jefferson. Até agora, além do PTB, PP e PSL também já anunciaram apoio à campanha de Paes. O PTB, por orientação de Jefferson, havia manifestado intenção de apoiar o senador Marcelo Crivella (PR), que é pré-candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, segundo a vereadora Cristiane Brasil. Mas, com a desistência do governador Sérgio Cabral em apoiar o pré-candidato do PT, o deputado estadual Alessandro Molon, e a confirmação da candidatura própria do PMDB, a vereadora disse que voltou atrás.

Supremo adia julgamento da legalidade de taxa de matrícula em universidades federais

O Supremo Tribunal Federal adiou na última quarta-feira, por falta de quorum, o julgamento do recurso extraordinário que discute a cobrança de taxa de matrícula por universidades federais. O recurso deverá ser julgado na próxima semana. O número mínimo de ministros (oito dos 11) não havia sido alcançado, pois quatro deles haviam viajado a São Paulo para participar do velório da ex-primeira-dama Ruth Cardoso. O processo contra a cobrança foi iniciado pelo estudante Marcos Alves Lopes, da Universidade Federal de Goiás, e teve decisão favorável do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. No acórdão, o TRF-1 afirmou que a cobrança da contribuição como requisito para matrícula é inconstitucional por violar o artigo 206 da Constituição, que prevê "gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais". A universidade recorreu da decisão junto ao Supremo em outubro de 2006, argumentando que a Constituição não tira da sociedade o dever de colaborar, apesar de prever a gratuidade do ensino de instituições públicas. A UFG diz, ainda, que "não se trata de taxa, como espécie de tributo, mas de preço público".

Presidente do Supremo diz que processo de Cacciola vai ser julgado "integralmente" no Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, disse nesta quinta-feira que acredita no julgamento integral do ex-banqueiro Salvatore Cacciola no Brasil. A Corte Européia de Direitos Humanos negou um recurso do ex-banqueiro que poderia evitar sua extradição para o Brasil. Para efetivar a extradição, falta apenas a decisão do Poder Executivo de Mônaco, que é representado pelo príncipe Albert. "Tenho a impressão que o devido processo vai ser aqui aplicado integralmente", disse Mendes, após participar de almoço em homenagem aos jogadores vitoriosos da Copa de 1958, no Palácio do Itamaraty.

Ministério Público denuncia 12 por prisão da menina junto com homens no Pará

O Ministério Público do Pará denunciou nesta quinta-feira 12 pessoas envolvidas na prisão de uma garota com homens em cela da delegacia de Polícia Civil de Abaetetuba (PA). Entre os denunciados estão cinco delegados, três agentes prisionais e um investigador da Polícia Civil. O caso da prisão da jovem em uma cela com homens foi denunciado pelo Conselho Tutelar do Pará em novembro de 2007. Presa sob acusação de furto no dia 21 de outubro, ela foi mantida em uma cela de Abaetetuba até o dia 14 de novembro com 20 homens. Segundo o Conselho Tutelar, a adolescente apresentava marcas de violência no corpo, inclusive queimaduras de cigarro, e sofreu abuso sexual por parte dos presos em troca de comida. A denúncia foi assinada pela promotora Ana Carolina Vilhena Gonçalves e apresentada à 3ª Vara Criminal de Abaetetuba. Isso ocorreu no governo petista de Ana Julia Carepa. Esse é o modo petista de governar.

Paulo Vanucchi quer que militares do Rio de Janeiro sejam julgados por crime de tortura

O ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, disse nesta quinta-feira que os militares do Exército suspeitos de entregar três homens do Morro da Providência a traficantes do Morro da Mineira, rivais na criminalidade, praticaram crime de tortura. "Há todas as evidências de que os três jovens foram barbaramente torturados e mutilados. Nesse sentido é fundamental que o procedimento judicial leve em conta o crime de tortura que antecedeu os três homicídios e a co-autoria dos militares que levaram os três jovens para o crime organizado", afirmou o ministro petista. Ele manifestou seu desejo de vê-los enquadrados na lei de tortura, com penas de dois a oito anos de prisão. Vanucchi criticou ainda a tese da defesa dos militares segundo a qual eles só pretendiam pregar um susto nos jovens. "Não há nenhuma chance de prosperar o argumento de que ao entregar para o crime organizado, os responsáveis ou co-responsáveis queriam apenas pregar um susto. Eles sabiam muitos bem, pois já estavam ali no morro há meses. No crime organizado ninguém é anjo. São criminosos capazes de violências como essas", disse Vanucchi. No último dia 14, três homens do morro da Providência foram entregues a traficantes do morro do Mineira, rivais aos da Providência, por um grupo de militares do Exército que ocupava a comunidade para fazer a segurança das obras.

Um quarto do mundo terá acesso à internet em 2012

O número de usuários de internet vai chegar a 1,8 bilhões de pessoas em 2012, alcançando um quarto da população mundial. Segundo previsão da consultoria JupiterResearch, o crescimento ocorrerá principalmente em economias emergentes, com Brasil, Rússia, Índia e China. A JupiterResearch aponta que o número de internautas vai crescer 44% até 2012, em relação aos dados de 2007, alavancado principalmente por países em desenvolvimento. Em dados absolutos, a China deve ultrapassar os Estados Unidos no número de usuários freqüentes de internet. A Índia deve ficar com o terceiro lugar. Apesar disso, a consultoria avalia que, em 2012, esses países ainda estarão muito atrás de potências como os Estados Unidos no que se refere ao índice da população com acesso à rede. O Brasil é uma mostra de como os países emergentes estão em processo contínuo de adesão da internet. O País é, por exemplo, o que mais usa sites relacionados a comunidades, como redes socais, tanto em horas gastas nesse tipo de site quanto no número de acessos. Dados do Ibope/NetRatings indicam que, em abril deste ano, 17,5 milhões de pessoas navegaram nesses portais utilizando conexão residencial, o maior número entre os dez países analisados pela empresa. E a última medição divulgada pela empresa indica que o acesso por internet em banda larga no Brasil cresceu 53% em um ano, chegando no mês de abril a 18,3 milhões de usuários residenciais ativos que acessaram a rede em casa pelo menos uma vez no mês. O dado mostra que 82% dos internautas brasileiros utilizaram internet rápida naquele mês. Segundo a pesquisa, 22,4 milhões de pessoas utilizaram internet residencial, em qualquer velocidade, em abril deste ano, um crescimento de 41,3% em relação aos 15,9 milhões de abril de 2007. A alta foi a maior registrada no mês entre os dez países que são monitorados pela Nielsen/NetRatings. O Brasil vendeu 2,82 milhões de PCs no primeiro trimestre deste ano, o equivalente a cerca de 21,5 unidades por minuto, segundo dados de uma outra consultoria, o IDC. O resultado representa uma alta de 18,7% em relação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é que o Brasil feche 2008 com 13 milhões de máquinas vendidas, o que faria do País o quarto maior mercado de PCs do mundo, ultrapassando o Reino Unido.

Brasil é o segundo maior consumidor de cocaína das Américas

O Brasil é o segundo maior mercado de cocaína das Américas, com cerca de 870 mil usuários adultos, entre 15 e 64 anos, somente atrás dos Estados Unidos, que possuem cerca de 6 milhões de consumidores da droga. As informações constam no Relatório Mundial sobre Drogas de 2008, lançado nesta quinta-feira no Instituto Internacional da Paz em Nova York, pelo diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Antonio Maria Costa. O maior número de usuários brasileiros se concentra nas regiões Sudeste e Sul do País. No Sudeste, 3,7% da população adulta usa a droga pelo menos uma vez ao longo de sua vida. No Sul, a quantidade é de 3,1%. No Nordeste e Norte os usuários representam 1,2% e 1,3% da população, respectivamente. O Brasil também é responsável pelo maior volume de maconha apreendido na América do Sul no último ano, com 167 toneladas.

Produção de trigo no mundo baterá recorde na próxima safra

O Conselho Internacional de Grãos aumenta a previsão da produção mundial de trigo para os anos de 2008 e 2009 em 8 milhões de toneladas, para 658 milhões, segundo o último relatório da entidade. O montante é 50 milhões de toneladas superior do que em 2007. Já a previsão é que o consumo mundial alcançará 634 milhões de toneladas, 22 milhões a mais que na última temporada. Estas melhores perspectivas são produto de uma maior produção que a prevista anteriormente na China, na Comunidade dos Estados Independentes (CEI), nos Estados Unidos, no Brasil e na Índia.

TCU considera irregulares contas de mais de 3.000 gestores públicos

O presidente do Tribunal de Contas da União, Walton Alencar Rodrigues, entregou nesta quinta-feira ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Carlos Ayres Britto, uma lista com os nomes e dados de mais de 3.000 gestores públicos (ministros, secretários estaduais e prefeitos, entre outros) que podem ser impedidos de disputar as eleições de outubro. Os dados se referem a contas públicas apresentadas pelos gestores que foram consideradas irregulares pelo tribunal. Com os dados do Tribunal de Contas da União em mãos, as candidaturas dos gestores citados podem ser declaradas impugnadas, impossibilitando a eleição do político ou autoridade. Os dados completos dos gestores, incluindo nome, município, Estado e o órgão mencionado estão no site do Tribunal de Contas da União.

Conselho do FGTS vai emprestar R$ 1 bilhão para transporte coletivo

O Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) vai emprestar R$ 1 bilhão para financiar a área de transporte coletivo urbano. O programa Pró-Transporte vai financiar a implantação, ampliação e modernização da infra-estrutura do sistema hidroviário e sobre trilhos e pneus. A linha é destinada a obras civis e aquisição de equipamento ou veículos. A linha inclui ainda ações voltadas à inclusão social e mobilidade urbana, como implantação, calçamento ou pavimentação de vias, incluindo ciclovias e construção de pontilhões, além de equipamentos destinados à mobilidade de idosos e pessoas com deficiência.

Eleições municipais aumentam número de suplentes no Senado Federal a partir de agosto

As eleições municipais de outubro vão aumentar o número de suplentes no Senado Federal a partir de agosto, quando pelo menos três parlamentares pretendem se licenciar do cargo para se dedicarem às campanhas nos Estados e municípios. Com as novas licenças, o número de suplentes deve chegar a 20, o que representa 24% dos 81 senadores. Os senadores Raimundo Colombo (DEM-SC), Kátia Abreu (DEM-TO) e Fernando Collor de Mello (PTB-AL) vão se licenciar do cargo para se dedicarem às campanhas municipais. Katia Abreu também vai se empenhar em sua candidatura à presidência da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), mas pretende participar de atividades de campanha em Tocantins. Collor, por sua vez, vai se afastar pela segunda vez do Senado desde que assumiu o cargo, em fevereiro do ano passado. O ex-presidente ficou pelo menos seis meses longe do Senado em 2007 para atender a convites para ministrar palestras em todo o País sobre reforma política e meio ambiente. O número de suplentes deve crescer ainda mais, uma vez que os senadores Patrícia Saboya (PDT-CE) e Marcelo Crivella (PRB-RJ) já anunciaram suas pré-candidaturas às prefeituras de Fortaleza e Rio de Janeiro, respectivamente. Dos 81 senadores eleitos para o Congresso, 15 são atualmente suplentes que não receberam votos nas urnas para chegarem ao Senado.

Anac nega pedido de Roberto Teixeira e VarigLog terá de recompor sociedade

A tentativa do escritório de advocacia de Roberto Teixeira, compadre do presidente Lula, de tentar manter o comando da VarigLog nas mãos do fundo norte-americano Matlin Patterson, foi barrada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Conforme decisão publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União, o órgão negou o pedido e manteve a exigência da apresentação da nova composição societária da companhia. O escritório Teixeira, Martins e Advogados pediu que a diretoria da Anac analisasse a tese de que a Constituição não impõe limites a estrangeiros no comando de empresas com sede no País. A argumentação do escritório é que não importa a origem do capital, basta ter sede em território nacional para a empresa atuar. Com a decisão da Anac, fica mantido, portanto, o prazo de 7 de julho para que a VarigLog entregue a nova composição societária da companhia à Anac, em atendimento ao CBAer (Código Brasileiro de Aeronáutica), que exige o controle de 80% das ações com direito a voto em mãos de brasileiros. O órgão ameaça cassar a concessão da empresa caso ela não se adapte até o dia 6 de julho, quando encerra o prazo. Na semana passada, a Justiça decidiu pela exclusão da empresa dos três sócios brasileiros, acusados de gestão temerária, mantendo assim o fundo norte-americano Matlin Patterson como o único sócio da empresa. A VarigLog é a ex-subsidiária da Varig de transporte de cargas.

Greve do Tesouro Nacional deve afetar leilões, repasses e salário de servidores

Os funcionários em greve do Tesouro Nacional e da Controladoria Geral da União prometem atrasar o pagamento de salários dos servidores federais e os repasses para estados e municípios. A greve também deve continuar afetando os leilões de títulos da dívida pública. Os grevistas negociam com o governo Lula a equiparação salarial com os funcionários da Receita Federal. Os servidores da Controladoria Geral da União já estão em greve desde a semana passada. Os do Tesouro, que já haviam paralisado as atividades desde a última semana, decidiram entrar em greve na quarta-feira. Durante a paralisação, o número mínimo de funcionários obrigados a trabalhar (30%) estava alocado de acordo com a determinação do Tesouro Nacional, ou seja, nas áreas mais importantes. Agora, no entanto, o movimento passa a ser regido pela lei de greves e promete deslocar esses mesmos funcionários para outras áreas. Segundo o presidente do Unacon (sindicato da categoria), Fernando Antunes, há um entendimento de que não haverá servidores nas áreas responsáveis pelos leilões semanais do Tesouro, pela liberação de dinheiro para o pagamento dos servidores federais e pelos repasses para estados e municípios. "Nem todos os ministérios devem pagar os funcionários no mesmo dia. Nos Estados e municípios, o problema mais sério é com a análise de projetos", afirmou. Ele diz também que as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) podem ser afetadas. "O Tesouro parado, é o PAC parado. A CGU parada, é o PAC sem fiscalização", afirmou. O sindicato diz ainda que as vendas de títulos públicos na internet para pessoas físicas por meio do Tesouro Direto devem continuar paradas. Apenas as recompras, para os investidores que querem revender os títulos ao governo, estão sendo feitas, sempre às quartas-feiras. Os analistas de finanças do Tesouro e da CGU tem hoje salário inicial de R$ 8.500,00. Já na Receita, o valor inicial é de R$ 10,2 mil. O Estado nacional foi assaltado por dentro por corporações de ponta do serviço público.

CSN anuncia siderúrgica de US$ 6 bilhões em Pernambuco

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) anunciou nesta quinta-feira a instalação de uma siderúrgica no Pólo Industrial e Portuário de Suape, no município de Ipojuca, em Pernambuco. A previsão é de produção, dentro de seis anos, de 3,5 milhões de toneladas anuais de aços especiais de alto valor agregado, em um investimento total de US$ 6 bilhões, para atender a todos os segmentos da indústria (da linha branca a naval e automobilística). Hoje, esta produção equivaleria a 10% da produção nacional de aço. De acordo com o diretor executivo de produção da CSN, Enéas Garcia Diniz, o início da construção da siderúrgica, em uma área de 337 hectares nas ilhas de Cocaia e Tatuoca, deve acontecer no primeiro semestre de 2009. A previsão é que ela comece a operar 30 meses depois, produzindo 500 mil toneladas de vergalhão e fio máquina. Nesta primeira fase o investimento será de US$ 1,3 bilhão. Depois serão agregados mais US$ 4,7 bilhões em duas etapas. A CSN tem hoje uma única siderúrgica, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Além da de Pernambuco, uma outra siderúrgica será implantada em Congonhas, em Minas Gerais.

Seguranças da Câmara dos Deputados agridem fotógrafo de O Estado de S. Paulo

A entrega da defesa do deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, nesta quinta-feira, terminou em agressões ao fotógrafo Beto Barata, do jornal O Estado de S. Paulo, por meganhas da Câmara dos Deputados. Na tentativa de impedir o fotógrafo de exercer o seu trabalho, ele foi imobilizado, estapeado e, na agressão física, teve o colete rasgado e uma lente da máquina danificada. A atuação truculenta dos meganhas da Câmara dos Deputados começou quando a funcionária do deputado Paulinho da Força Sindical deixou a sala do Conselho de Ética e seguia pelo corredor em direção a uma das saídas da Casa, a do prédio conhecido como Anexo 2. Irritada por ser fotografada, a funcionária deste exemplo de probidade chamado Paulinho da Força Sindical solicitou a intervenção dos seguranças. Ao ser abordado pelo segurança, o fotógrafo mostrou a credencial e se identificou. Mesmo assim, o meganha da Câmara dos Deputados, Casa que reúne mais de 300 picaretas, conforme definição do presidente Lula, disse que ele estava preso e o imobilizou. Mais meganhas chegaram para levar o fotógrafo para a sala da Segurança da Câmara dos Deputados, localizada no Anexo 3. No meio do caminho, um dos meganhas deu um tapa no rosto de Beto Barata, que reagiu. O tumulto foi formado e o diretor do Departamento de Policia Legislativa da Câmara dos Deputados, o clone de xerife José Gilmar Araújo, foi chamado às pressas e avisou que o profissional não estava preso. A Câmara resolveu abrir sindicância. Vai ficar em absolutamente nada, porque nessa Casa de negócios nada é apurado.

Stédile nega envolvimento na invasão criminosa da Aracruz no Rio Grande do Sul

O chefe nacional da entidade terrorista MST, João Pedro Stédile, negou nesta quinta-feira ter participado da organização da invasão e depredação do viveiro de mudas da Aracruz Celulose, em Barra do Ribeiro (RS), no depoimento que prestou para o juiz Jonatas de Oliveira Pimentel. O ataque das mulheres terroristas do MST ao viveiro da Aracruz aconteceu no dia 8 de março de 2006. Em torno de 1.500 mulheres furiosas, comandadas por uma extremista que já esteve presente no assassinato por degola do soldado brigadiano (policial militar gaúcho) Valdeci de Abreu Lopes, no dia 9 de agosto de 1990 (ela é uma terrorista internacional, que teve inclusive treinamento militar na Líbia), entraram na área de expedição e em um laboratório da Aracruz na Fazenda Barba Negra, e destruíram 3 milhões de mudas de eucalipto e equipamentos de pesquisa, causando um prejuízo calculado em US$ 700 mil. Em Porto Alegre, onde participava de uma conferência sobre reforma agrária, João Pedro Stédile saudava as mulheres por terem chamado a atenção da sociedade para as dificuldades causadas pela monocultura do eucalipto (mas este chefete de terroristas não diz nada sobre o fato de seu colega de partido, o deputado estadual petista gaúcho Ronaldo Zulke ser um do que eles chamam de “latifundiário de deserto verde”). Depois da investigação policial, em abril de 2006, o promotor Daniel Indrusiak denunciou 37 acusados, entre eles o chefe nacional da organização terrorista MST, como líderes ou organizadores da depredação, acusando-os de dano qualificado, furto, formação de quadrilha, seqüestro e cárcere privado. Depois de várias tentativas, a Justiça conseguiu notificar Stédile, que viajou a Barra do Ribeiro acompanhado da advogada Cláudia Mendes Ávila. "Ele deixou claro que não tinha nada a ver com a manifestação das mulheres camponesas e que só soube do fato pela imprensa", relatou Cláudia. Pimentel confirmou que Stédile negou a autoria, participação e envolvimento na ação. O processo corre há dois anos e o juiz admite que deve demorar pelo menos mais dois anos para chegar a uma decisão.

Marco Antonio Audi, ex-sócio da VarigLog, vai depor no Senado Federal no dia 2 de julho

Está marcado para a próxima quarta-feira, dia 2 de julho, o depoimento do empresário Marco Antonio Audi, sócio afastado da VarigLog, na Comissão de Infra-estrutura do Senado Federal. O empresário confirmou sua presença e tem dito a parlamentares que sua intenção é apresentar documentos que comprovem que, no tempo em que estava no controle da companhia cargueira, foram pagos mais de US$ 5 milhões para o escritório do advogado Roberto Teixeira, o compadre de Lula. Segundo Audi, a influência de Teixeira, compadre de Lula, foi decisiva para aprovar as questões relacionadas à VarigLog e à Varig na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No último domingo, o jornal O Estado de S. Paulo apresentou comprovantes relativos a pagamentos de US$ 3,3 milhões ao escritório, além de uma cobrança de US$ 660 mil que ainda não foi paga. Quatro dias antes, o compadre Roberto Teixeira havia declarado no Congresso Nacional que teria recebido R$ 350 mil da VarigLog. Depois, questionado pelo jornal O Estado de S. Paulo, explicou que o pagamento de R$ 350 mil referia-se apenas ao período de abril de 2006, quando o escritório foi contratado pela VarigLog, até junho de 2006, quando o controle acionário da VarigLog foi aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Já os US$ 3,3 milhões referem-se a serviços prestados durante um período de 14 meses, de abril de 2006 até junho de 2007. Depois disso, a assessoria do escritório passou a admitir que os valores poderiam chegar a US$ 5 milhões.

Empresário Zuleido Veras depositou US$ 9,5 milhões na Suíça

O Banco Credit Suisse, investigado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro e evasão fiscal, tinha entre seus principais clientes o empresário Zuleido Veras. O empreiteiro usou a instituição financeira para mandar dinheiro para o Exterior e chegou a ter um saldo de pelo menos US$ 9,5 milhões em uma de suas contas secretas, em Zurique. Os documentos que indicam essas transferências foram apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Suíça, que investiga o Credit Suisse exatamente por lavagem de dinheiro, evasão de divisas e por trabalhar como instituição financeira não autorizada no Brasil. Zuleido Veras, dono da empresa Gautama, foi apontado pela Polícia Federal, na Operação Navalha (em 2007), como o chefe de uma quadrilha que operava em vários Estados, fraudando licitações e praticando irregularidades com verbas públicas. Já o Credit Suisse é alvo de uma investigação ampla por parte do Ministério Público Federal.