sábado, 6 de junho de 2009

Corpo do ator David Carradine é repatriado aos Estados Unidos


O corpo do ator americano David Carradine foi repatriado de Bancoc aos Estados Unidos, embarcado em um vôo da United Airlines com destino. Embora a polícia ainda investigue a morte do ator, os primeiros indícios apontam para asfixia acidental durante um ato sexual. As autoridades policiais, que não descartaram ainda outras hipóteses, indicaram que amigos do ator duvidam que ele tenha sido morto ou cometido suicídio. O corpo do ator foi descoberto na quinta-feira, no armário de seu quarto em um hotel de Bancoc, com um cordão de náilon ao redor do pescoço e genitais. A embaixada norte-americana criticou a falta de privacidade no caso, depois de os detalhes da morte terem sido divulgados rapidamente pela imprensa tailandesa. Carradine se encontrava na Tailândia rodando um filme.

Petrobras usa blog para vazar reportagens a seu respeito

A Petrobras decidiu tornar públicos, em um blog que criou na internet, os e-mails enviados por jornalistas que procuram a assessoria de comunicação da empresa, no Rio de Janeiro, para obter informações e esclarecimentos para reportagens que ainda estão em andamento. A empresa colocou o blog no ar no último dia 2, como parte da estratégia da comunicação lançada pela estatal após a abertura da CPI (http://petrobrasfatosedados.wordpress.com). Na noite de sexta-feira, o objeto de reportagens que o jornal Folha de S. Paulo ainda apura, com questões endereçadas à empresa, para que possa oferecer a sua versão dos fatos, foi publicado no blog pela Petrobras. A Folha fez perguntas a respeito da contratação de advogados sem licitação, sobre os custos de um gasoduto no Amazonas e, por último, acerca de gastos com patrocínios de festas no Nordeste. O gerente de imprensa da estatal, Lúcio Pimentel, disse que a Petrobras vai manter a decisão de divulgar e-mails de reportagens ainda em andamento. Disse que se trata de uma "política de transparência" adotada pela direção da empresa. A atitude da Petrobras motivou os jornais "O Estado de S. Paulo" e "O Globo" a indagar se a empresa havia pedido autorização à Folha para divulgar seus e-mails. A Petrobras respondeu: "Não houve divulgação do e-mail, e sim das perguntas e respostas dadas ao jornal Folha. No entendimento da Petrobras não há ilegalidade, pois o conteúdo divulgado é público". Segundo a companhia, a "intenção é tornar públicas as respostas enviadas pela companhia, de forma completa e sem edição dos dados, sobre todos os questionamentos feitos pela imprensa". Segundo a Petrobras, o blog é gerido por "profissionais da empresa". De acordo com resposta divulgada mais cedo no blog, a Petrobras conta com 1.050 jornalistas contratados, sendo 400 na área da comunicação institucional. A Petrobras também tem usado o blog para comentar e criticar reportagens já publicadas pela imprensa. Dos comentários postados no blog até a noite de ontem, a maioria era de apoio à companhia. Muitos atacavam veículos de comunicação e jornalistas.

Petrobras contrata ONG por R$ 16,1 milhões

O maior contrato assinado pela Petrobras com uma ONG no período de maio de 2008 a maio deste ano beneficiou a ONG Movimento Brasil Competitivo, que se destaca entre os patrocínios milionários da estatal, a maioria deles sem licitação. Em setembro e outubro de 2008, o MBC (uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público registrada no Ministério da Justiça) assinou contratos para captar R$ 16,1 milhões da Petrobras. Esse valor representa 80% dos contratos da empresa com a entidade no governo Lula. O maior dos contratos (no valor de R$ 15 milhões) tem como finalidade a modernização da gestão pública e o aumento da competitividade do setor privado em seis Estados (PE, AL, SE, BA, RJ, AM) e no Distrito Federal. Até agora, R$ 4,7 milhões já foram liberados. De acordo com a Petrobras, a entidade foi contratada sem licitação porque a lei dispensa o procedimento para esse tipo de prestação de serviços.

Assessor de Lula diz que "Terceiro mandato chama-se Dilma"

Gilberto Carvalho, chefe de gabinete da Presidência, afirmou na sexta-feira, em São Paulo, que o PT e os partidos da base aliada devem abandonar as discussões em torno de um possível terceiro mandato para Lula. "Não é vontade do presidente Lula, não é vontade do partido. O terceiro mandato chama-se Dilma Rousseff", disse ele, em referência à pré-candidatura da ministra da Casa Civil ao Planalto no próximo ano. Segundo Gilberto Carvalho, o partido precisa aproveitar o bom momento do governo federal nas pesquisas para consolidar uma nova liderança: "Temos um novo sonho para ser acalentado junto com a população”. O presidente nacional do PT, deputado federal Ricardo Berzoini (SP), também tratou de esfriar os ânimos dos petistas que pretendem alterar a Constituição. "O PT acha mais importante e politizador defender o terceiro mandato do projeto iniciado por Lula", afirmou Berzoini. José Genoino (SP), deputado federal e ex-presidente do partido, réu do processo penal do Mensalão, seguiu a mesma linha, afirmando que "o terceiro mandato é a candidatura da companheira Dilma". Os três participaram do encontro da corrente CNB (Construindo um Novo Brasil), hegemônica no partido.

Serra e Aécio criticam antecipação da campanha e dizem que 3º mandato não vai prosperar

Os governadores Aécio Neves (Minas Gerais) e José Serra (São Paulo) negaram na sexta-feira que tenham fechado um acordo sobre a vice-candidatura do PSDB da chapa presidencial de 2010. "Eu nunca fiz essa declaração", disse Serra quando questionado sobre a chapa puro-sangue do PSDB: "Nunca foi feita essa declaração e nós nunca conversamos sobre isto”. José Serra criticou também a antecipação do debate eleitoral: "Deixar de governar para fazer campanha, não tem cabimento. É exageradamente antecipado. Entre isso e achar que está perdendo porque o outro saiu primeiro, campanha eleitoral não é gincana”. Aécio Neves disse que o governo antecipou a discussão eleitoral de 2010: “O presidente Lula disse que a ministra Dilma Rousseff era sua candidata. Eu acho que existe por parte do governo uma tentativa de antecipar o processo eleitoral na busca da construção de uma candidatura. Não devemos moldar a nossa estratégia em relação a estratégia de outros. Tanto o governador Serra e eu, como outros companheiros, temos responsabilidades de governar, nós temos responsabilidade com nossos Estados”.

José Eduardo Dutra é cotado para assumir comando do PT

A corrente do PT "Construindo um Novo Brasil" começou a discutir na sexta-feira, em São Paulo, o nome do candidato a presidente do partido que irá cuidar das eleições de 2010. O objetivo dos petistas é encontrar um candidato de consenso e que possa atrair outros grupos da legenda. O nome mais cotado para substituir o deputado federal Ricardo Berzoini no comando do partido é o presidente da BR Distribuidora, José Eduardo Dutra. As articulações para a escolha do candidato se intensificaram depois que o chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho, acatou o pedido do presidente Lula e desistiu da disputa. "O presidente avaliou que seria mais conveniente eu ficar trabalhando em Brasília", disse ele. Gilberto Carvalho admitiu que nem seu nome era consenso dentro da corrente petista. Segundo ele, Dutra é um nome que está crescendo "com muita possibilidade": "Acho que é uma generosidade dele se dispor a sair da Petrobras e trabalhar pelo partido. É um nome com muita consistência".

Lula pede para população tomar cuidado com "salvadores da pátria" em período pré-eleitoral

O presidente Lula pediu na sexta-feira que as pessoas tenham cuidado com os "salvadores da pátria" que aparecem no período pré-eleitoral. "A única coisa que peço para vocês é que tenham cuidado porque agora está chegando o ano eleitoral e vocês vão começar a ver as pessoas aparecendo na televisão como os salvadores da pátria", disse ele, ao discursar durante cerimônia de assinatura de medidas para a área do meio ambiente em Caravelas (BA). Logo em seguida, Lula disse que o que mais incomoda seus adversários políticos é o fato dele governar pensando no trabalhador brasileiro. "O que incomoda meus adversários é eles saberem que, embora eu governe para todo o povo brasileiro, o que incomoda eles é que eu tenho lado e meu lado é o povo trabalhador, o povo mais pobre desse País”.

Caças da FAB dão tiro de aviso e interceptam avião com cocaína em Rondônia

Um avião monomotor que transportava 176 quilos de pasta base de cocaína foi interceptado por caças da FAB antes de pousar em uma pista de terra em um distrito de Alta Floresta D'Oeste (RO). A operação ocorreu na última quarta-feira, mas só foi divulgada na sexta-feira pela Aeronáutica. O avião, com matrícula boliviana, foi identificado como "tráfego irregular" por uma aeronave-radar, quando voava a uma altitude de cerca de 500 metros. Na sequência, caças A-29 da FAB foram enviados para fazer o reconhecimento da aeronave. Como o piloto se recusou a se identificar e a informar para onde iria, mudando a trajetória em direção à fronteira da Bolívia, foi avisado de que seria disparada uma bateria de tiros, e que seria derrubado se não atendesse a ordem de pousar. Na sequência, o monomotor fez um pouso, sem autorização, e aterrissou em uma estrada de terra na cidade. Agentes das polícias Militar e Federal acionados apreenderam 176 quilos de pasta base de cocaína no monomotor boliviano. Os ocupantes da aeronave fugiram. Mas, uma operação policial conseguiu prender os dois pilotos bolivianos.

Procuradoria tira Polícia do Senado da investigação de fraude em empréstimos consignados

As investigações do esquema de fraudes em contratos de empréstimos consignados do Senado Federal com instituições financeiras serão realizadas apenas pela Polícia Federal. O Ministério Público Federal rejeitou o pedido da Polícia do Senado para prorrogar o inquérito que analisava as denúncias contra o ex-diretor de Recursos Humanos da Casa, João Carlos Zoghbi. A justificativa é que as denúncias "ultrapassam o âmbito do Senado Federal". A investigação será conduzida pelo delegado federal Gustavo Buque, que já presidia um inquérito sobre esse caso, que inclui a denúncia de que o ex-diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, teria chefiado um esquema de desvio de recursos públicos em contratos terceirizados do Senado. O delegado terá que decidir se mantém ou não os indiciamentos da Polícia do Senado.

Governo passa a cobrar tarifa de importação de aço de até 14%

A importação de aço teve a tarifa aumentada de 0% para até 14% a partir de sexta-feira, de acordo com alterações feitas pela Camex (Câmara de Comércio Exterior). A medida pode beneficiar os produtores nacionais de aço, afetados com a redução da demanda com a crise econômica mundial. No total, sete itens foram retirados da "lista de exceções" da TEC (Tarifa Externa Comum) do Mercosul, todos na área de siderurgia. Entre os produtos estão chapas e bobinas a quente, chapas e bobinas a frio, chapas grossas de aço carbono e barras de aços ligados. Com a exclusão desses sete itens da Lista de Exceções à TEC, as alíquotas do Imposto de Importação desses produtos passarão de zero para 12%, com exceção das barras de aço, que terão elevação para 14%. A medida atende à reivindicação do setor siderúrgico nacional. Há duas semanas, o presidente do IBS (Instituto Brasileiro de Siderurgia), Flávio de Azevedo, defendeu a volta do imposto para o aço importado, alegando concorrência desleal com os produtos nacionais.

Lula diz que acha engraçado nervosismo da oposição com "hipótese" do terceiro mandato

O presidente Lula voltou a dizer na sexta-feira que não apóia a proposta de criação do terceiro mandato. "Não preciso mudar de opinião sobre o terceiro mandato porque tenho uma posição definitiva. Acho que o Brasil tem pouco tempo de democracia e alternância de poder é importante. E eu já fui presidente por oito anos", disse ele, após participar de cerimônia de comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente em Caravelas, na Bahia. Antes disso, ele visitou o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Lula afirmou que se reunirá com a base aliada para deixar claro que não apóia a proposta: "Vou conversar com a base porque não vejo sentido em discutir o terceiro mandato”. Mas, Lula encontrou nova oportunidade para criticar a atitude da oposição em relação à proposta: "Acho engraçado é o nervosismo da oposição com essa hipótese. Até porque o Congresso não está propondo o terceiro mandato, está propondo um referendo. E as pessoas podem derrotar um referendo na hora que quiserem”.

Marolinha - Fornecedora de peças da Embraer demite 78 funcionários

A empresa Graúna demitiu 78 de seus 330 funcionários na sexta-feira, segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. A fábrica, instalada em Caçapava, no Vale do Paraíba, é fornecedora da Embraer e produz peças usinadas para os aviões. De acordo com o sindicato, os funcionários estão há cerca de um ano sem o recolhimento do FGTS e a empresa recebeu recentemente um aporte de R$ 5 milhões do BNDES. O sindicato atribui as demissões da Graúna à redução na produção da Embraer. Segundo a Embraer, o primeiro trimestre foi marcado por pedidos de cancelamento de aviões no segmento de aviação executiva e adiamento de entregas no segmento de aviação comercial, por conta da forte desaceleração econômica mundial. Entre janeiro e março, a Embraer entregou 40 jatos para os segmentos de aviação comercial e executiva, uma redução de 11,1% na comparação com o primeiro trimestre de 2008, quando o total de entregas foi de 45 aeronaves.

Lula vai interferir no impasse entre Mercadante e Renan na CPI da Petrobras A indefinição sobre os cargos de comando da CPI da Petrobras vai depender

A indefinição sobre os cargos de comando da CPI da Petrobras vai depender do presidente Lula. Integrantes da cúpula do governo alertaram ao presidente que o impasse entre os líderes do PT, senadores Aloizio Mercadante (SP), e do PMDB, Renan Calheiros (AL), para a escolha dos senadores que vão ocupar os cargos de comando da CPI, está longe de ser solucionado. Lula quer apagar o incêndio entre os líderes da base governista. A preocupação de interlocutores próximos do presidente é que o racha traga desgastes à estatal no início das investigações. O PMDB não é considerado por senadores governistas um parceiro fiel em CPIs, e o desentendimento com o PT, na avaliação de integrantes da base aliada, pode causar novas turbulências nessa relação. Em investigações recentes, os peemedebistas abandonaram o governo nas CPIs dos Bingos e dos Correios. O presidente Lula deve tentar quebrar a resistência de Renan à indicação do líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), para a relatoria da comissão. O líder do PMDB teria vetado entregar o cargo mais cobiçado da CPI ao correligionário porque seu nome foi lançado por Mercadante. Além disso, pesaria contra Jucá o fato de ser um fiel aliado do Palácio do Planalto no Senado.

Vitória do Hizbollah em eleições pode isolar Líbano

Uma eventual vitória do grupo xiita libanês Hizbollah nas eleições parlamentares no Líbano neste domingo pode isolar o país. Nas eleições estão em jogo as 128 cadeiras no Parlamento, e o bloco que sair vencedor vai formar o novo governo. Especialistas indicam para uma disputa apertada entre os movimentos rivais 14 de Março (pró-Ocidente, que junta os principais grupos sunitas, cristãos e drusos do país), atual maioria no Parlamento, e o 8 de Março (liderado pela organização terrorista Hizbollah, que reúne xiitas, drusos e cristãos pró-Síria), apoiado por Síria e Irã. Uma vitória dos terroristas do Hizbollah será vista pela comunidade internacional com a tomada de poder feita pelo grupo terrorista Hamas em Gaza ou pelo grupo terrorista Taleban em Islamabad (no Paquistão), diz o diretor do Centro Carnegie para o Oriente Médio em Beirute, Paul Salem. Este cenário, segundo Salem, poderia levar a um colapso da ajuda internacional ao Estado libanês e às Forças Armadas do país. Então não faltariam armas do Irã e da Síria para o Líbano. O cientista político Hilal Khashan, da Universidade Americana de Beirute, acredita que outra consequência seria o aumento da tensão com Israel, já que o grupo terrorista Hizbollah usaria sua chegada ao governo como um pretexto para se rearmar. "O governo israelense poderia agir de forma precipitada e veria um governo do Hizbollah, apoiado por seus inimigos Irã e Síria, como ameaça à sua segurança", enfatizou Khashan. Neste caso, o professor não descarta um novo conflito com Israel, o que seria devastador para o Líbano. Khashan diz que o país continuará dividido entre dois campos após o pleito, mas terá seu mapa político redefinido. "Nós não acordaremos com um Estado islâmico no dia seguinte, em caso de vitória do Hizbollah, mas teremos sim uma nova estagnação política que só será resolvida com uma negociação entre os dois lados", salientou Khashan. Já Salem acredita em uma polarização ainda mais acentuada com uma eventual vitória do Hizbollah: "Não estariam descartados confrontos armados entre os dois lados por causa da pressão que isso causaria sobre o novo governo".

Ministro Gilmar Mendes diz que terceiro mandato é incompatível com a democracia

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, disse nesta sexta-feira que a possibilidade de um terceiro mandato para prefeitos, governadores ou o presidente é incompatível com o princípio democrático ou republicano. Na avaliação de Gilmar Mendes, os "20 anos de normalidade constitucional" do Brasil se deve à alternância de poder e à "observância de freios e contrapesos que a democracia constitucional impõe". "Muito provavelmente esse tipo de debate - daqui a pouco alguém pode colocar a proposta de um quarto mandato, de um quinto ou de um sexto mandato, nós temos essa tradição na América Latina - dificilmente se compatibiliza com o princípio democrático ou republicano", afirmou Gilmar Mendes, em São Paulo, após o lançamento do 6º Prêmio Innovare. O presidente do Supremo disse que a PEC (proposta de emenda constitucional) reapresentada pelo deputado federal Jackson Barreto (PMDB-SE) faz parte da atividade política, pois o Congresso Nacional trabalha com "determinadas possibilidades". Porém, Gilmar Mendes refutou o argumento de que o terceiro mandato só será possível por meio da eleição. "O argumento de voto e da eleição é um elemento importante, mas não definidor essencial da democracia constitucional", disse ele. O presidente do Supremo disse ainda que concorda com a posição do presidente Lula sobre o terceiro mandato, de que não se brinca com a democracia.

GM dos Estados Unidos fecha acordo preliminar para venda da marca Saturn

A GM (General Motors) confirmou na sexta-feira que chegou a um acordo preliminar para vender sua marca Saturn para a operadora de concessionárias Penske Automotive Group. Pelo acordo, a Penske vai ficar com a marca e com as divisões de serviços, peças e distribuição. O presidente da operadora, Roger Penske, disse que as 350 concessionárias da marca Saturn nos Estados Unidos receberão ofertas para continuar vendendo os veículos. Ele não revelou detalhes do negócio, mas destacou que deverão ser preservados cerca de 13 mil empregos na Saturn, segundo o jornal norte-americano The Wall Street Journal. "Chegamos a um acordo que deverá construir uma situação favorável para a marca Saturn", disse Penske, em um comunicado divulgado na página da empresa na internet: "A Saturn tem uma base fiel de clientes e uma grande rede de concessionárias". A Penske já possui um acordo exclusivo com a Daimler para distribuir o modelo compacto Smart nos Estados Unidos.

Aneel aprova projeto básico da usina de Jirau

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou o projeto básico da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira. A aprovação foi publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira. A aprovação do projeto básico pela agência só é dada após o Ibama conceder a licença ambiental para o projeto, o que foi feito na quarta-feira. A agência faz a análise técnica do projeto. A usina de Jirau terá capacidade para 3.300 MW e custará cerca de R$ 8,7 bilhões. A hidrelétrica deverá entrar em operação em 2013. A licença aprovada pelo Ibama, que tem ao todo 54 condicionantes, exige a apresentação, em dois meses, de um projeto para aterro sanitário e tratamento de esgoto na região da usina, monitoramento da fauna e da flora da área, solucionar a questão dos troncos que são retirados para a formação do reservatório e implantar programas de gestão ambiental. A empresa terá ainda que apresentar, em dois meses, uma proposta para a criação de uma área de preservação permanente. Em novembro do ano passado, o Ibama deu uma licença preliminar para que o consórcio pudesse construir o canteiro de obras da usina. Já naquela licença havia uma série de condicionantes, como a determinação que o consórcio invista R$ 36 milhões em habitação e saneamento em Porto Velho. Além disso, a Energia Sustentável terá que adotar, em caráter permanente no Estado, duas reservas ambientais e investir na pesquisa e recuperação de espécies ameaçadas de extinção.

FGV prevê que inflação da baixa renda deve desacelerar ainda mais

FGV prevê que inflação da baixa renda deve desacelerar ainda mais
A inflação para as famílias de baixa renda tende a desacelerar ainda mais este mês, segundo o economista André Braz, da FGV (Fundação Getúlio Vargas). Com isso, pela primeira vez desde dezembro de 2006, a taxa acumulada em 12 meses do IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1) deverá ficar abaixo do IPC-BR (Índice de Preços ao Consumidor - Brasil). O IPC-C1 mede a inflação das famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos mensais, em quatro capitais do País (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife). Já o IPC-BR verifica a inflação para as famílias com renda de 1 a 33 salários mínimos, em sete capitais (além das quatro do IPC-C1, pesquisa também em Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília). "A tendência é que o IPC-C1 desacelere em junho, já que não haverá pressão dos preços administrados, dos medicamentos e dos cigarros. E ainda há perspectiva de recuo no preço de alimentos que pesam bastante nas famílias de baixa renda, como arroz, feijão, frango e açúcar", afirmou Braz.

PSDB apóia proposta de veto à MP que legaliza ocupação de terras na Amazônia

O PSDB apóia a reivindicação de senadores petistas para que o presidente Lula vete parte da medida provisória que regulariza a ocupação de terras públicas na Amazônia Legal. O líder do PSDB no Senado Federal, senador Arthur Virgílio (AM), disse que desta vez o partido considera "adequados" os argumentos apresentados pelos governistas. É sempre assim, Arthur Virgilio, um esquerdista no passado, tem complexo de culpa. O plenário do Senado derrubou as mudanças propostas pelo PT durante a votação da matéria na Casa, com o apoio do PSDB. Os democratas, porém, votaram contra as alterações no texto seguindo orientação da relatora da MP, senadora Kátia Abreu (DEM-TO). A discussão da MP acabou colocando em lados opostos os dois maiores partidos da oposição na Casa. O problema do PSDB é justamente esse, o de ser um partido errático, que a toda hora precisa dar uma demonstração de que é “progressista”, “de esquerda”, submetendo-se ao patrulhamento ideológico promovido pelo PT. O texto aprovado permite a legalização de 67,4 milhões de hectares de terras públicas da União na Amazônia, para doação ou venda sem licitação, até o limite de 1.500 hectares. Empresas que ocuparam terras públicas até 2004 também terão direito às propriedades. Os donos das terras poderão revendê-las três anos após a concessão dos títulos, no caso de imóveis médios e grandes. Os pequenos poderão ser vendidos após dez anos.

Paris abre investigação por homicídio culposo sobre o acidente com vôo 447

O Tribunal de Paris informou nta sexta-feira que abriu uma investigação por homicídio culposo sobre o desastre com o vôo 447 da Air France. O pedido foi feito pelo Ministério Público. Trata-se de um trabalho de rotina das autoridades em casos de morte de cidadãos franceses no Exterior. O escritório do procurador informou na sexta-feira ter aberto o caso porque alguns dos ocupantes do Airbus A330 usado no vôo viviam em Paris. A investigação não é dirigida contra ninguém específico. O caso ficará sob responsabilidade da juíza Sylvie Zimmerman. Fontes da Procuradoria explicaram que a instrução judicial foi levada em consideração, pois "haverá diversas rogatórias internacionais e numerosas vítimas". As famílias serão comunicadas por cartas sobre o procedimento. A Agência de Investigação de Acidentes da França realiza seu próprio inquérito sobre o desaparecimento do Airbus A330 ocorrido no domingo na rota entre o Rio de Janeiro e Paris com 228 pessoas a bordo.

Austrália confirma 244 novos casos da gripe suína em 24 horas

A Austrália confirmou 244 novos casos da gripe suína apenas nas últimas 24 horas, aumentando o número total de doentes para 878. Até o último dia 20 de maio, o país, o mais afetado pela doença na sua região, tinha confirmado somente um caso da doença. Conforme a OMS (Organização Mundial de Saúde) há, ao todo, 21.940 casos, em 69 países. Em 125 deles, houve mortes. Segundo a ministra da Saúde australiana, Nicola Roxon, a expectativa é a de que o total de doentes de gripe suína no país continue aumentando na medida em que avança o inverno e anunciou que médicos e hospitais em toda a Austrália estão aptos a fazer testes em pessoas com os sintomas da doença para elaborar um estudo.

Professores da USP iniciam greve por tempo indeterminado

Os docentes da USP (Universidade de São Paulo) iniciaram nesta sexta-feira uma greve por tempo indeterminado para reivindicar, entre outros itens, reajuste salarial e a retirada da Polícia Militar do campus, onde impedem a realização de novos piquetes por parte dos grevistas. O início da greve foi decidido em assembléia petista realizada na quinta-feira. A principal reivindicação da “categoria” é a saída da Polícia Militar da universidade. De acordo com a reitoria, a Polícia Militar está no local desde a última quarta-feira quando, atendendo a uma ordem judicial de reintegração de posse, impediu a realização de piquetes e bloqueios em frente aos prédios por parte dos funcionários, que estão em greve há um mês. Professores e funcionários são comandados por sindicatos petistas. No total, seis prédios foram fechados no início da semana, incluindo a reitoria. A Polícia Militar já havia realizado intervenção da universidade na segunda-feira, por ordem judicial, mas retornou após novos fechamentos de prédios, informou a reitoria. Só fechando prédios os petistas da USP conseguem fazer greve. Do contrário, a grande maioria de alunos e professores não seguem a orientação petista. Só secundariamente os grevistas petistas também querem a retomada das negociações do Cruesp (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas) com o “Fórum das Seis”, entidade petista que integra os servidores e funcionários das três universidades paulistas: USP, Unesp e Unicamp. As negociações foram suspensas no dia 25 de maio após um grupo de cerca de 30 alunos petistas invadir o prédio da reitoria da USP.

Sadia desiste de primeira fábrica no Exterior e deve vender parte por US$ 77,5 milhões

A Sadia anunciou nesta sexta-feira que vai desistir de sua primeira planta industrial no exterior, na Rússia. Em comunicado ao mercado, a empresa brasileira avisou que vai vender sua participação na joint-venture Investeast, por US$ 77,5 milhões (cerca de R$ 151 milhões), à sócia Fomanto Investments. A Investeast é proprietária da Concordia Ltda, que detém a planta industrial em Kaliningrado. A fábrica russa entrou em operação no início deste ano, com o objetivo de produzir "presuntos, embutidos, hambúrgueres e empanados adaptados ao estilo do consumidor", segundo anúncio da Sadia na época. Os produtos seriam comercializados com a marca Sadia, mas também por uma segunda marca, "Myasnaya Guildia". Segundo a diretoria da Sadia, a transação ainda está na fase de documentação e precisa passar pelo crivo do Conselho de Administração e da Assembléia de acionistas.

Encontrados os primeiros corpos de passageiros do Airbus A 330 da Air France

Os dois corpos de passageiros do Airbus-A330 da Air France, que desapareceu domingo passado sobre o oceano Atlântico quando voava do Rio de Janeiro a Paris, resgatados neste sábado pela Marinha, devem chegar neste domingo a Fernando de Noronha, informou o almirante Edison Lawrence, coordenador do 3º Distrito Naval. "A previsão é que esses corpos cheguem a Fernando de Noronha durante a manhã deste domingo", disse ele. O coronel Jorge Amaral, subchefe de comunicação da FAB, disse que os corpos foram encontrados nos limites da zona onde se concentraram as buscas, que começaram na segunda-feira, após a confirmação de que o avião tinha desaparecido dos radares. O local do impacto é calculado em uma posição próxima às ilhas de São Pedro e São Paulo, regiões desabitadas situadas a cerca de 704 quilômetros de Fernando de Noronha e a 1.296 quilômetros de Recife. Em torno desse ponto, foi traçado um raio 220 quilômetros, uma área na qual hoje estão trabalhando nove aviões, além de um Falcon 50 e um Atlantic Rescue D, e um avião de patrulha marítima P-3C Orion, dos Estados Unidos. Os dois corpos e os objetos foram resgatados pela tripulação da corveta brasileira "Caboclo" e serão transferidos depois à fragata "Constituição", que se deslocará a um ponto a cerca de 600 quilômetros de Fernando de Noronha, onde serão recolhidos por um helicóptero. Os trabalhos de identificação dos corpos serão realizados depois em Recife, onde o Ministério da Defesa instalou sua principal base de operações, que conta inclusive com câmaras frigoríficas para depositar os cadáveres. Neste sábado se tornou público que o leme do Airbus A 330, peça aerodinâmica essencial para o vôo, quebrou. A mensagem ocorreu no primeiro dos quatro minutos finais do vôo AF 447 da Air France, em que foram emitidos 24 alertas, indicando que um problema estrutural pode ter desencadeado o acidente com o avião que transportava 228 pessoas.

DEM quer anular proposta de emenda do terceiro mando para Lula

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, o deputado federal Ronaldo Caiado (GO), vai tentar anular na Comissão de Constituição e Justiça a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que permite o terceiro mandato do presidente Lula. O DEM apresentou nesta sexta-feira um requerimento na comissão pedindo o arquivamento da proposta. O partido argumenta que a PEC não pode tramitar porque o deputado federal Jackson Barreto (PMDB-SE), autor da proposta, "reciclou" assinaturas. No entendimento da oposição, o deputado não poderia ter reaproveitado assinaturas da primeira lista de apoio ao texto, que foi rejeitada pela Secretaria Geral da Mesa após a retirada de nomes. Jackson Barreto apresentou na quinta-feira pela segunda vez a PEC que permite duas reeleições continuadas para prefeitos, governadores e presidente da República, e teve o apoio de 176 deputados, cinco a mais do que o necessário. Segundo Caiado, o regimento da Câmara exige que, para uma PEC ser reapresentada, o autor recolha novas assinaturas. Confira a lista dos deputados que apoiaram a chamada PEC do terceiro mandato:
1 ABELARDO CAMARINHA PSB SP
2 ADEMIR CAMILO PDT MG
3 ALBÉRICO FILHO PMDB MA
4 ALDO REBELO PCdoB SP
5 ALICE PORTUGAL PCdoB BA
6 ANDRE VARGAS PT PR
7 ANÍBAL GOMES PMDB CE
8 ANSELMO DE JESUS PT RO
9 ANTÔNIO ANDRADE PMDB MG
10 ANTONIO BULHÕES PMDB SP
11 ANTÔNIO CARLOS BIFFI PT MS
12 ANTONIO CRUZ PP MS
13 ARIOSTO HOLANDA PSB CE
14 ARMANDO ABÍLIO PTB PB
15 ARNALDO VIANNA PDT RJ
16 ARNON BEZERRA PTB CE
17 ASDRUBAL BENTES PMDB PA
18 ÁTILA LINS PMDB AM
19 ÁTILA LIRA PSB PI
20 AUGUSTO FARIAS PTB AL
21 BEL MESQUITA PMDB PA
22 BENEDITO DE LIRA PP AL
23 BERNARDO ARISTON PMDB RJ
24 BETINHO ROSADO DEM RN
25 CAPITÃO ASSUMÇÃO PSB ES
26 CARLOS ALBERTO CANUTO PMDB AL
27 CARLOS SANTANA PT RJ
28 CARLOS WILLIAN PTC MG
29 CARLOS ZARATTINI PT SP
30 CHARLES LUCENA PTB PE
31 CHICO DA PRINCESA PR PR
32 CHICO LOPES PCdoB CE
33 CIRO PEDROSA PV MG
34 COLBERT MARTINS PMDB BA
35 DAGOBERTO PDT MS
36 DALVA FIGUEIREDO PT AP
37 DAMIÃO FELICIANO PDT PB
38 DANIEL ALMEIDA PCdoB BA
39 DÉCIO LIMA PT SC
40 DOMINGOS DUTRA PT MA
41 DR. NECHAR PV SP
42 DR. TALMIR PV SP
43 EDIGAR MÃO BRANCA PV BA
44 EDIO LOPES PMDB RR
45 EDMAR MOREIRA sem partido MG
46 EDMILSON VALENTIM PCdoB RJ
47 EDSON DUARTE PV BA
48 EDUARDO LOPES PSB RJ
49 EDUARDO VALVERDE PT RO
50 ELIENE LIMA PP MT
51 ELISMAR PRADO PT MG
52 ENIO BACCI PDT RS
53 ERNANDES AMORIM PTB RO
54 EUDES XAVIER PT CE
55 EUGÊNIO RABELO PP CE
56 EUNÍCIO OLIVEIRA PMDB CE
57 EVANDRO MILHOMEN PCdoB AP
58 FÁBIO RAMALHO PV MG
59 FÁTIMA PELAES PMDB AP
60 FERNANDO CHIARELLI PDT SP
61 FERNANDO FERRO PT PE
62 FERNANDO MARRONI PT RS
63 FERNANDO NASCIMENTO PT PE
64 FILIPE PEREIRA PSC RJ
65 FLÁVIO BEZERRA PMDB CE
66 FLÁVIO DINO PCdoB MA
67 FRANCISCO ROSSI PMDB SP
68 GERALDO SIMÕES PT BA
69 GIOVANNI QUEIROZ PDT PA
70 GIVALDO CARIMBÃO PSB AL
71 GORETE PEREIRA PR CE
72 HOMERO PEREIRA PR MT
73 JACKSON BARRETO PMDB SE
74 JAIME MARTINS PR MG
75 JÔ MORAES PCdoB MG
76 JOÃO CARLOS BACELAR PR BA
77 JOÃO MAGALHÃES PMDB MG
78 JOÃO PAULO CUNHA PT SP
79 JOAQUIM BELTRÃO PMDB AL
80 JOSÉ AIRTON CIRILO PT CE
81 JOSÉ CHAVES PTB PE
82 JOSÉ EDMAR PR DF
83 JOSÉ EDUARDO CARDOZO PT SP
84 JOSÉ FERNANDO APARECIDO DE OLIVEIRA PV MG
85 JOSÉ GUIMARÃES PT CE
86 JOSÉ ROCHA PR BA
87 JOSÉ SANTANA DE VASCONCELLOS PR MG
88 JOSEPH BANDEIRA PT BA
89 JULIÃO AMIN PDT MA
90 JURANDIL JUAREZ PMDB AP
91 LÁZARO BOTELHO PP TO
92 LEANDRO VILELA PMDB GO
93 LEONARDO QUINTÃO PMDB MG
94 LINCOLN PORTELA PR MG
95 LINDOMAR GARÇON PV RO
96 LUCENIRA PIMENTEL PR AP
97 LUIZ ALBERTO PT BA
98 LUIZ BASSUMA PT BA
99 LUIZ BITTENCOURT PMDB GO
100 LUIZ CARLOS BUSATO PTB RS
101 LUIZ COUTO PT PB
102 LUIZ SÉRGIO PT RJ
103 MAGELA PT DF
104 MANOEL JUNIOR PSB PB
105 MANUELA D'ÁVILA PCdoB RS
106 MARCELO CASTRO PMDB PI
107 MARCELO MELO PMDB GO
108 MÁRCIO FRANÇA PSB SP
109 MÁRCIO MARINHO PR BA
110 MARCONDES GADELHA PSB PB
111 MARCOS LIMA PMDB MG
112 MARCOS MEDRADO PDT BA
113 MARIA LÚCIA CARDOSO PMDB MG
114 MÁRIO DE OLIVEIRA PSC MG
115 MÁRIO HERINGER PDT MG
116 MAURÍCIO QUINTELLA LESSA PR AL
117 MAURO BENEVIDES PMDB CE
118 MAURO LOPES PMDB MG
119 MENDES RIBEIRO FILHO PMDB RS
120 MILTON MONTI PR SP
121 MOISES AVELINO PMDB TO
122 NEILTON MULIM PR RJ
123 NELSON MARQUEZELLI PTB SP
124 NEUDO CAMPOS PP RR
125 NILSON MOURÃO PT AC
126 ODÍLIO BALBINOTTI PMDB PR
127 OLAVO CALHEIROS PMDB AL
128 OSMAR JÚNIOR PCdoB PI
129 OSVALDO BIOLCHI PMDB RS
130 OSVALDO REIS PMDB TO
131 PASTOR MANOEL FERREIRA PTB RJ
132 PASTOR PEDRO RIBEIRO PMDB CE
133 PAULO HENRIQUE LUSTOSA PMDB CE
134 PAULO PEREIRA DA SILVA PDT SP
135 PAULO PIAU PMDB MG
136 PAULO PIMENTA PT RS
137 PAULO ROBERTO PTB RS
138 PAULO ROCHA PT PA
139 PEDRO CHAVES PMDB GO
140 PEDRO EUGÊNIO PT PE
141 PEDRO FERNANDES PTB MA
142 PEDRO NOVAIS PMDB MA
143 PEDRO WILSON PT GO
144 PERPÉTUA ALMEIDA PCdoB AC
145 PROFESSOR SETIMO PMDB MA
146 RIBAMAR ALVES PSB MA
147 ROBERTO BRITTO PP BA
148 ROSE DE FREITAS PMDB ES
149 RUBENS OTONI PT GO
150 SABINO CASTELO BRANCO PTB AM
151 SEBASTIÃO BALA ROCHA PDT AP
152 SÉRGIO BRITO PDT BA
153 SÉRGIO MORAES PTB RS
154 SEVERIANO ALVES PDT BA
155 SILAS BRASILEIRO PMDB MG
156 SIMÃO SESSIM PP RJ
157 SOLANGE ALMEIDA PMDB RJ
158 TADEU FILIPPELLI PMDB DF
159 TATICO PTB GO
160 VALADARES FILHO PSB SE
161 VALTENIR PEREIRA PSB MT
162 VANESSA GRAZZIOTIN PCdoB AM
163 VELOSO PMDB BA
164 VICENTE ARRUDA PR CE
165 VICENTINHO PT SP
166 VILSON COVATTI PP RS
167 VIRGÍLIO GUIMARÃES PT MG
168 VITAL DO RÊGO FILHO PMDB PB
169 WASHINGTON LUIZ PT MA
170 WELLINGTON ROBERTO PR PB
171 WILSON BRAGA PMDB PB
172 WILSON SANTIAGO PMDB PB
173 WOLNEY QUEIROZ PDT PE
174 ZÉ GERARDO PMDB CE
175 ZÉ VIEIRA PR MA
176 ZEQUINHA MARINHO PMDB PA

Balanço aponta queda no número de casos de dengue no País

Balanço aponta queda no número de casos de dengue no País
Balanço do Ministério da Saúde aponta que os casos de dengue tiveram queda de 52,3% em todo o País nos cinco primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. A Bahia, no entanto, enfrenta um surto da doença e já registra 55 mortes desde o início do ano. De acordo com o ministério, foram registrados 266.285 casos da doença no período, contra quase 560 mil registrados no mesmo período no ano passado. Todas as regiões tiveram melhora no registro de casos da doença, sendo a maior queda registrada no Sudeste (68,6%). Em seguida vem as regiões Sul (48,6%), Nordeste (42,6%), Norte (31,3%) e Centro-Oeste (11,3%). O Estado que mais reduziu os casos de dengue é o Rio de Janeiro, que registrou queda de 96,5% das notificações. Ainda assim, o ministério destaca que sete Estados tiveram aumento dos casos, sendo eles: Acre, Roraima, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.