segunda-feira, 27 de julho de 2009

Tribunal de Justiça gaúcho espera resultado do exame de ascensorista que morreu com suspeita de gripe suína

O corregedor geral de Justiça do Poder Judiciário gaúcho, desembargador Luiz Felipe Brasil Santos, distribuiu nota oficial no final da tarde da última sexta-feira, negando a intenção de fechamento do Foro Central de Porto Alegre e interrupção dos serviços judiciários, em face da ameaça da gripe suína. Mas, na mesma nota, o Poder Judiciário gaúcho admite que efetivamente morreu, na semana passada, uma ascensorista de nome Rosinha que atuava em elevador no prédio do Foro Central, e informou que foram colhidas amostras do corpo desta funcionária para envio ao laboratório da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Na mesma sexta-feira, os usuários do Foro Central de Porto Alegre puderam que verificar que a administração do Poder Judiciário gaúcho já havia tomado iniciativas, como a de reduzir para apenas quatro pessoas por elevador em cada viagem dos mesmos. Como sexta-feira é dia de pequeno movimento no Foro Central, essa medida deverá produzir filas imensas nesta segunda-feira. Assim é recomendável que advogados(as) tomem o máximo cuidado, usando máscaras, assim como as partes nos processos. Todas as pessoas devem evitar passar as mãos em corrimões e nos balcões das varas. Também devem procurar não se amontoar dentro dos cubículos de atendimento ao público das varas, especialmente as cíveis, que são as mais demandadas. Apesar da providência adotada quanto à restrição de uso dos elevadores, a direção do Tribunal de Justiça não providenciou máscaras para os ascensoristas até o final da tarde de sexta-feira. Mas, o desembargador Luis Felipe Brasil Santos, em mais uma comprovação do risco existente para o prédio do Foro Central, o mais movimentado da capital gaúcha, determinou que este e todos os demais foros do Rio Grande do Sul promovam a compra urgente de álcool com a concentração mínima de 70% (em forma líquida ou gel) para a higienização dos locais em que há maior probabilidade de contágio, em razão do fluxo de pessoas, como o balcão do cartório, telefones e maçanetas de portas. O desembargador Luis Felipe Brasil Santos também ordenou que todos os foros do Estado do Rio Grande do Sul promovam a compra de sabonete líquido e papel toalha para os banheiros desses órgãos. A OAB ainda não se manifestou sobre este risco existente nos foros do Rio Grande do Sul, especialmente o Foro Central de Porto Alegre.

Rio Grande do Sul tem 101 pessoas em UTIs devido à gripe suína

O Rio Grande do Sul já tem 101 pessoas internadas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) devido à gripe suína, informou na noite deste domingo o secretário estadual da Saúde, deputado federal Osmar Terra (PMDB), que também é médico. Neste domingo foram confirmadas mais cinco mortes pela gripe suína no Estado, subindo para 16 os óbitos no Rio Grande do Sul e 38 no País. Conforme Osmar Terra, 99% dos casos não necessitam de internação, mas quando ela é necessária, a doença apresenta evolução rápida para um nível mais grave. Por isso, o Estado irá investir na ampliação de leitos de UTIs com respiradores. Dos 392 pacientes com gripe suína internados atualmente em hospitais do Estado, 101 estão em UTIs. Com verba do governo federal e do Tesouro do Estado, a Secretaria de Saúde pagará aos hospitais para a montagem de mais unidades de tratamento. O secretário também se reuniu neste domingo com dirigentes dos hospitais de Porto Alegre para acertar o aumento do número de leitos e a possível postergação de cirurgias eletivas, dando preferência ao tratamento da gripe suína, em uma evidente preocupação com a crescente propagação da epidemia.

Custo de obras do PAC sobe até 100%

O Programa de Aceleração do Crescimento, que anda a passos de tartaruga, enfrenta um forte encarecimento no custo das obras. Quase metade dos projetos incluídos no pacote federal passou por revisão no volume de investimentos nos últimos dois anos, desde o lançamento do PAC, em janeiro de 2007. Há casos em que o valor da construção subiu 100%, como é o caso do Gasoduto Urucu-Coari-Manaus, da Petrobrás. De 122 empreendimentos de logística, energia, saneamento, urbanismo e transporte urbano, 55 tiveram aumento no custo das obras, o que mascara o valor real do programa e dificulta a obtenção de crédito. Alguns empreendimentos estão na mira do Tribunal de Contas da União, com indícios de irregularidades graves. Outros já passaram pelo crivo do órgão e foram liberados, com ressalvas para adequação de contratos. Há ainda casos em que as suspeitas de irregularidades não foram esclarecidas, mas a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional optou por liberar a obra por causa do estágio avançado da construção.

Família Sarney agora investe em terras com gás

Dona de um patrimônio estimado em mais de R$ 250 milhões, boa parte na forma de imóveis e emissoras de rádio e televisão, a família Sarney abriu uma nova frente de negócios. Investe agora em terrenos situados em regiões do Maranhão onde há perspectiva de exploração de petróleo e gás natural. Os investimentos mais recentes se concentram em Santo Amaro, município localizado a 243 quilômetros de São Luís, na região dos Lençóis Maranhenses. As áreas estão registradas em nome da Adpart Administração Ltda, empresa aberta em dezembro de 2007 e que tem como sócios o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e uma das netas dele, Ana Clara, filha do empresário Fernando Sarney. A Adpart "funciona" na casa de José Sarney, na Península dos Ministros, Lago Sul de Brasília. O caso das terras de Santo Amaro desperta atenção pela polêmica que envolve as propriedades. Trata-se de um imbróglio que já foi parar até em delegacia de polícia. O problema é que as mesmas faixas de terra foram vendidas mais de uma vez, por pessoas diferentes e a compradores diferentes. Resultado disso: para um mesmo terreno, há mais de uma escritura e o nome do presidente do Senado está no centro da briga. Os vários "donos" das terras se acusam mutuamente de fraudar documentos. A disputa ocorre exatamente no pedaço de terra onde estariam localizadas promissoras reservas de gás natural. A escritura em poder da família Sarney data de 2004. Pelo documento, o terreno foi comprado pelo próprio senador, representado na ocasião por procuração concedida a um de seus irmãos, Ronald Sarney. Mais recentemente, José Sarney decidiu transferir a propriedade para a Adpart, a empresa sediada em sua casa de Brasília, a mesma casa, no valor de R$ 4 milhões, que o senador deixou de declarar à Justiça Eleitoral em duas eleições consecutivas.

Secretário interino da Receita é investigado pelo Ministério Público Federal

Nomeado depois da demissão de Lina Vieira do comando da Receita Federal, o secretário interino, Otacílio Cartaxo, também está em meio ao foguetório. Ele é investigado pelo Ministério Público Federal. Em 2006, Cartaxo caiu em uma operação pente-fino realizada na própria Receita para localizar auditores com indícios de patrimônio incompatível com a renda. Houve uma auditoria e o processo foi arquivado. Este ano, o Ministério Público Federal reabriu o caso porque desconfia dos resultados da investigação da Corregedoria da Receita. O processo corre em segredo de Justiça. Segundo homem na hierarquia do Fisco, Cartaxo foi nomeado para contornar a rebelião dos superintendentes regionais contra a saída de Lina. Auditores ligados ao movimento sindical tentam manter o interino por mais tempo, embora no Ministério da Fazenda comente-se abertamente que o ministro Guido Mantega deseja o atual presidente do INSS, Valdir Simão, no comando. Cartaxo caiu na malha da Receita por dois motivos principais. Primeiro, pela presença de grandes somas de dinheiro em casa. Em suas declarações anuais de renda, o secretário afirmava guardar dinheiro vivo na residência pelo menos desde 2000. Eram sempre quantias na casa dos R$ 100 mil. Chegou a ter R$ 155 mil no cofre residencial em 2002 e R$ 127 mil em 2003. O outro ponto que despertou suspeitas foi o volume de doações de dinheiro entre Cartaxo e sua família. O secretário recebeu ou doou somas expressivas, superiores ao salário total no ano.

Sarney já está em São Paulo para acompanhar cirurgia de sua mulher

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AM), e sua mulher Marly Sarney, chegaram de helicóptero, por volta das 13 horas deste domingo, ao hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, onde Marly será submetida a uma cirurgia. A mulher do presidente do Senado fraturou o ombro direito em quatro lugares, ao sofrer uma queda no início da tarde de quinta-feira, em sua casa, em São Luís (Maranhão), depois de tropeçar em um tapete. Apesar da queda ter ocorrido na quinta-feira, os médicos de Marly recomendaram que ela permanecesse até a manhã deste domingo em São Luís, para estabilizar o seu estado de saúde antes de viajar, uma vez que ela sofre de diabetes e pressão alta.

Sarney já está em São Paulo para acompanhar cirurgia de sua mulher

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AM), e sua mulher Marly Sarney, chegaram de helicóptero, por volta das 13 horas deste domingo, ao hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, onde Marly será submetida a uma cirurgia. A mulher do presidente do Senado fraturou o ombro direito em quatro lugares, ao sofrer uma queda no início da tarde de quinta-feira, em sua casa, em São Luís (Maranhão), depois de tropeçar em um tapete. Apesar da queda ter ocorrido na quinta-feira, os médicos de Marly recomendaram que ela permanecesse até a manhã deste domingo em São Luís, para estabilizar o seu estado de saúde antes de viajar, uma vez que ela sofre de diabetes e pressão alta.

Nelsinho Piquet e Fernando Alonso estão fora do GP da Europa

O brasileiro Nelsinho Piquet e o espanhol Fernando Alonso não disputarão o Grande Prêmio da Europa, próxima etapa do Mundial de Fórmula 1, devido à punição aplicada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) à equipe Renault após a etapa da Hungria, neste domingo. Os comissários da FIA emitiram um comunicado duas horas e meia depois do fim da prova. No documento, a entidade afirmou que a equipe foi negligente e pôs em risco a segurança dos outros pilotos ao permitir que o carro de Fernando Alonso voltasse à pista, mesmo sabendo que uma das rodas não estava bem fixada. O problema no carro de Alonso ocorreu durante seu primeiro pit-stop. A roda dianteira esquerda foi mal colocada e se soltou pouco depois do retorno do espanhol à pista. Desta forma, a Renault não poderá alinhar seus carros no circuito de Valência, no dia 23 de agosto.

Jovem de 20 anos morre no Rio Grande do Sul pela gripe suína e Brasil já tem 34 óbitos

O Rio Grande do Sul registrou a 12ª morte por gripe suína. Com isso, o número de óbitos no País subiu para 34 por conta da doença. Segundo informou a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, Eder Curvelo Roth, de 20 anos, estava internado há 13 dias no Hospital de Montenegro, mas reside na cidade de São Sebastião do Caí. Roth era calçadista e tinha problemas de pressão provocado pela obesidade. São Paulo é o Estado com maior número de mortes causadas pela gripe suína (16), sendo 6 na capital. As ações de fiscalização sanitária brasileiras estão sendo reforçadas na cidade de Uruguaiana (RS), que faz fronteira com a Argentina. O motivo são os casos de gripe suína. De acordo com a chefe do posto de fronteira da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Adriana Siqueira Pains, todo viajante que tenta ingressar no País por meio da fronteira precisa preencher uma declaração de saúde. O procedimento dá prioridade ao transporte coletivo de passageiros que vêm da Argentina para o Brasil. O trabalho de controle sanitário é feito em parceria com a Receita Federal e com a Polícia Federal, 24 horas por dia, e inclui a inspeção de bagagens acompanhadas e desacompanhadas.

Israel diz que influência de Chávez "fortalecerá radicais" na América do Sul

O ministro de Assuntos Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, disse que a "influência" do presidente da Venezuela, o tiranete Hugo Chávez, em outros países sul-americanos "fortalecerá os radicais da região". "A interferência de Chávez em assuntos internos de diferentes países sul-americanos, com seu dinheiro e seu financiamento de campanhas políticas em outros países, é uma influência muito negativa. Acho que sua intenção é dominar a América do Sul", declarou Lieberman em uma entrevista publicada pelo jornal argentino "La Nación". O diplomata, que entre quinta e sexta-feira se reuniu com empresários e representantes do governo em Buenos Aires, também se referiu ao governo de Chavez como um "regime radical" que mantém "estreitas relações" com o Irã, país que é "uma ameaça ao mundo todo".

Hillary Clinton diz que esforço nuclear do Irã é "inútil"

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, afirmou neste domingo que não será permitido ao Irã ter armas nucleares e reiterou o compromisso dos Estados Unidos de proteger o aliado Israel de ameaças de Teerã. "A busca do Irã é inútil", disse Hillary. Ela acrescentou que o Irã não tem o direito de desenvolver armas nucleares: "É inaceitável o Irã ter armas nucleares”. Hillary Clinton irritou os israelenses na semana passada ao dizer que os Estados Unidos lidariam com um Irã nuclear armando os seus aliados no Golfo e implantando um "guarda-chuva defensivo" sobre a região. Uma autoridade israelense afirmou que os Estados Unidos deveriam focar em impedir que o Irã consiga armas nucleares, em vez de falar como se isso já fosse um fato dado. "Não vamos falar de especificidades, porque isso virá mais tarde, se vier. A minha visão é esperar o melhor, planejar para o pior", disse Hillary neste domingo. Autoridades de primeiro escalão dos Estados Unidos, como o secretário de Defesa, Robert Gates, estarão em Israel nesta semana, tentando contornar inseguranças dos israelenses em relação aos planos norte-americanos.

Chávez antecipa “golpe de Estado” na Venezuela preparando limpeza política

O presidente da Venezuela, o tiranete Hugo Chávez, disse neste domingo que "se alguém estiver pensando em aplicar um golpe de Estado vai se arrepender", porque ele contra-atacará "com tudo", embora tenha destacado que conta com a lealdade dos militares. Chávez fez referência a essa hipótese depois que uma de suas filhas o advertiu sobre ter escutado "rumores" nesse sentido, nos últimos dias. "Eu estou tranquilo. Peço a todos que sigam tranquilos, cada um em seu posto de batalha, pois contamos com a lealdade de nossos militares", disse ele em discurso pelo 10º aniversário da convocação da Assembléia Nacional Constituinte que redigiu a Carta Magna em vigor (os nazistas, na Alemanha, também redigiram leis que foram amplamente aprovadas, e o regime deu onde deu). "Há milhares de soldados que nunca vão se emprestar para arremeter contra o povo", acrescentou e advertiu que "o Chávez permissivo ficou arquivado na história", em alusão ao golpe de Estado que o derrubou durante dois dias em meados de abril de 2002. Chávez garantiu também que não será retirado do poder nem por via eleitoral e ressaltou que seus opositores terão que se acostumar: "Os senhores acharam que a força revolucionária estaria na oposição toda a vida. Bom, acostumem-se, porque agora vocês estão. São os senhores que estarão na oposição para sempre e mais nunca voltarão ao poder". Mas, que tal, hein? Aí está o herdeiro do faraó Fidel Castro.

Protestos pelo mundo de apoio à oposição iraniana em mais de cem cidades

Protestos foram realizados no sábado em cerca de cem cidades em três continentes, para denunciar as violações aos direitos humanos no regime fascista islâmico do Irã e apoiar a oposição em luta contra o regime de Teerã. Uma das manifestações mais importantes aconteceu em Estocolmo, onde vários milhares de pessoas se reuniram. A Suécia abriga uma importante comunidade iraniana estimada em 80.000 pessoas. "Exigimos o respeito aos direitos humanos no Irã e a libertação de prisioneiros políticos", informou Mehrdad Darvishpour, um dos organizadores da manifestação de mais de 4.000 participantes. Na Dinamarca, cerca de mil pessoas se reuniram em Copenhague diante do Parlamento. O mesmo número de participantes se reuniu em manifestação em Amsterdã, para denunciar "a política repressiva" de Teerã. Também houve concorridas manifestações em Londres, Paris, Genebra, Berlim, Viena, Tóquio. Em Melbourne, Austrália, muitos participantes levavam cartazes com fotos da jovem Neda Agha Soltan, assassinada pelos facínoras da milícia fascista islâmica bassij.

Lula visitará Bolívia no dia 9 de agosto

O presidente Lula vai novamente subir a escada no dia 9 de agosto, para ir à Bolívia. A viagem foi confirmada no sábado pelo índio cocaleiro trotskista Evo Morales. Em um ato público na cidade de Santiago de Huata, o chefe dos cocaleiros bolivianos, que agora começam a montar plantações na fronteira do Brasil, no departamento de Pando, disse que o principal objetivo da visita de Lula será concretizar um crédito de US$ 300 milhões para a construção da estrada entre Villa Tunari e Santo Inácio de Moxos. A rota de 250 quilômetros unirá a região central de Cochabamba com o departamento amazônico de Beni.

Lula e Fernando “Pai Nosso” Lugo anunciam acordo sobre energia de Itaipu

Reunidos em Assunção, no Paraguai, os presidentes Lula e do Paraguai, Fernando “Pai Nosso” Lugo, anunciaram no sábado um acordo sobre a exploração da hidrelétrica de Itaipu, na fronteira entre os dois países. O Brasil, que já paga US$ 120 milhões anuais pela energia de Itaipu, passará a pagar US$ 360 milhões por ano. Para entrar em vigor, o acordo ainda precisa ser aprovado pelos congressos dos dois países. Lula mais uma vez se ajoelhou diante de interesses de populistas boliviarianos e entregou patrimônio brasileiro, como já havia feito antes com o Equador, a Venezuela e a Bolívia. O acordo oficializado no sábado prevê, ainda, que o Paraguai tenha acesso privilegiado ao mercado brasileiro. O Brasil se compromete também a financiar projetos de infra-estrutura no Paraguai.

Camargo Correa investirá US$ 100 milhões no Paraguai

A construtora Camargo Correa irá investir em US$ 100 milhões em um fábrica de cimento no Paraguai, informou no sábado o presidente Lula. A informação foi dada no Palácio de Governo depois de um acordo com o presidente Fernando “Pai Nosso” Lugo sobre a usina binacional Itaipu. "Espero que da próxima vez que nos reunamos, de agora em diante, se consolide plenamente a relação Brasil-Paraguai. Espero que outras empresas reconheçam que o Paraguai é uma garantia e porto seguro para o investimento", disse Lula. A fábrica de cimento será instalada em Villa Hayes, uma cidade vizinha a Assunção, devendo começar a funcionar em dois anos.

Defesa de Daniel Dantas promete mostrar provas contra agentes da Polícia Federal

O advogado gaúcho Andrei Schmidt, que defende o banqueiro Daniel Dantas em processo de gestão fraudulenta de instituição financeira, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha na 6ª Vara Criminal de São Paulo, informou no sábado que apresentará na defesa preliminar provas de que agentes que participaram da Operação Satiagraha receberam pagamentos da Brasil Telecom. Daniel Dantas disse ter provas de que agentes da Operação Satiagraha receberam pagamento da BrT. "Tenho também informações de que a Brasil Telecom andou pagando congressistas para me incluir no relatório da CPI", afirmou ele, referindo-se às investigações sobre os Correios. Segundo o advogado, as provas foram obtidas basicamente de duas formas: "No processo da Itália, que é antigo, mas ao qual nós tivemos acesso só no inicio deste ano, e também na documentação apreendida na própria Operação Satiagraha, na sede da empresa Angra Partners", que substituiu o Banco Opportunity no controle da Brasil Telecom. Andrei Schmidt não quis citar se o dinheiro foi usado como propina ou como ajuda para as despesas de investigação: "Por uma questão de estratégia defensiva eu não tenho como antecipar estes dados agora, mas somente a afirmação de que eles existem. Como o Daniel falou, nós temos muitos destes documentos, que vamos utilizar no momento oportuno dentro do processo".

Irã diz ter poder para bombardear área nuclear de Israel

O chefe da Guarda Revolucionária do regime fascista islâmico do Irã, general Mohammad Ali Jafari, afirmou no sábado que seu país tem capacidade para bombardear instalações nucleares de Israel e que pode fazê-lo se for atacado. "Se Israel se engajar em qualquer tipo de ofensiva ao Irã, temos poder para bombardear todos os alvos na Palestina ocupada", afirmou ele. "Não há nada que possa nos impedir de atacar sítios nucleares israelenses e isso acontecerá se formos provocados. Nossos foguetes têm precisão para isso", assegurou. Jafari fez comentários similares no passado. Em março, ele alertou Israel de que suas instalações nucleares estavam na mira dos mísseis iranianos e que o país revidaria se fosse necessário. Israel, por seu turno, advertiu que poderá atacar o Irã se o país não abandonar seu programa nuclear, que segundo suspeitas de Israel e Estados Unidos, esconde a produção de armas.

Filho do ministro dos Transportes construiu um patrimônio de R$ 1,28 milhão em apenas quatro anos

Gustavo de Morais Pereira, filho do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, abriu um agência de publicidade em Manaus, em 2003, aos 18 anos, chamada Prócion. Em menos de seis anos ele se tornou um dos empresários mais ricos do Amazonas. Seu caminho à riqueza não se dá, no entanto, por meio da publicidade. Está no setor imobiliário. Em 2007, Pereira declarou à Receita Federal um patrimônio de R$ 1,28 milhão, mais que o dobro dos R$ 595 mil declarados por Alfredo Nascimento à Justiça Eleitoral em 2006. Mas, o filho do ministro não está sozinho em suas atividades empresariais. Ele conta com o apoio do advogado Antonio Adalberto Magalhães Martins, amigo da família Nascimento. Os dois fundaram uma agência de propaganda, a G de M Pereira & Cia. Ltda., que nunca chegou a operar. Depois se tornaram sócios em uma construtora e em uma escola que possui vários terrenos em Manaus, onde agora são erguidos dois empreendimentos de luxo. A empreitada já rendeu a ambos quase R$ 16 milhões. Em 2006, com apenas R$ 20 mil, Pereira virou sócio da empreiteira Forma Construção Ltda. Dois meses depois, pagou R$ 300 mil pela sociedade no Centro de Estudos Amazônicos. Três anos antes, essa escola foi usada por Magalhães Martins para adquirir quatro terrenos. Duas áreas estão situadas na exclusiva Estrada da Ponta Negra, às margens do Rio Negro. Com calçadão, bares e boates, o local é comparado na região à orla da zona sul carioca. Só esses dois terrenos somam 6.500 metros quadrados, que, segundo corretores, valeriam pelo menos R$ 5 milhões. Mas o valor da compra declarado pelo sócio de Pereira foi de irrisórios R$ 300 mil, exatamente o que o filho do ministro pagou ao sócio. O desembolso, de acordo com Pereira, foi feito em três parcelas anuais de R$ 100 mil, a partir de 2005, dois anos antes de a sociedade ser registrada formalmente em cartório. No mesmo ano em que Pereira virou sócio da Forma, a construtora incorporou um terreno de 50 mil metros quadrados, de propriedade da escola amazônica, onde foi erguido um condomínio de luxo chamado Atlantis. O complexo arquitetônico tem 86 casas duplex e um shopping center. De acordo com corretores, uma casa ali não custa menos de R$ 400 mil. Em outro terreno do centro de ensino, a empreiteira está construindo o edifício Atlantic Tower, torre comercial de 18 andares, 300 salas e spa. "O prédio mais moderno e inteligente do Norte do País", segundo o folder publicitário do empreendimento. Na declaração de renda de 2007, Pereira informou que obteve R$ 320 mil de "lucros e dividendos" de sua agência de publicidade. O valor é idêntico ao que ele pagou para se tornar sócio de duas empresas para lá de lucrativas. Êta gênio empreendedor....

Substituto de Fausto De Sanctis libera venda de gado do Opportunity

O juiz federal substituto Márcio Millani, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, liberou a comercialização do gado sequestrado nas fazendas da Agropecuária Santa Bárbara, apontada pela Polícia Federal como braço agropecuário do grupo Opportunity, de Daniel Dantas. Millani está no lugar do juiz Fausto De Sanctis, reponsável por julgar os processos relativos à Operação Satiagraha, da Polícia Federal, que acusa o banqueiro Daniel Dantas de lavagem de dinheiro e outros crimes.

Dados indicam rebanho maior que o registrado por Daniel Dantas

Há mais gado nas fazendas ligadas ao banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity, do que acredita o Ministério Público Federal. É o que indicam documentos de vacinação de rebanho registrados na Agência de Desenvolvimento da Agropecuária do Pará. Em quatro das 27 propriedades sequestradas pela Justiça Federal na semana passada, o número de cabeças de boi em 2008 era 27% superior ao que consta em registro feito pela Agropecuária Santa Bárbara Xinguara, controlada por Daniel Dantas. Os documentos, anexados ao relatório da Polícia Federal, serviram de base para o sequestro dos 453 mil bois pertencentes ao grupo. Para a Polícia Federal e a Procuradoria, as fazendas e o gado foram negociados por Daniel Dantas nos últimos três anos para lavagem de dinheiro. Os controladores seriam sua irmã Verônica Dantas e seu ex-cunhado Carlos Rodenburg. As fazendas estão concentradas no Pará, onde estão 23 delas.

Receita investiga empresas da família Sarney em 17 ações

Uma fiscalização da Receita Federal realizada em empresas ligadas a familiares do presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP) indicou a prática de crimes como remessa ilegal de recursos para o Exterior, falsificação de contratos de câmbio e lavagem de dinheiro, entre outros. Há 17 ações fiscais, que atingem 24 pessoas e empresas relacionadas de forma direta e indireta à família Sarney. A ação do órgão sobre as empresas de familiares do atual presidente do Senado está associada à operação Boi Barrica, que posteriormente recebeu o nome de Faktor, da Polícia Federal. Até o momento, a fiscalização inclui sete contribuintes do Rio de Janeiro e São Paulo. O inquérito foi instaurado em 2007, após o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectar movimentações de R$ 3,5 milhões realizadas por Fernando Sarney e empresas ligadas à família às vésperas da eleição de 2006. A suspeita policial era de que houve caixa dois na campanha de Roseana Sarney (PMDB-MA) a governadora.

Empresa que “exportava” lixo para o Brasil já tinha quatro multas

Uma reportagem do jornal britânico The Times afirmou no sábado que uma das companhias que fornecia o lixo que chegou ao Brasil com resíduos perigosos já foi multada por razões ambientais quatro vezes. De acordo com o jornal, no último processo, em dezembro de 2008, a Hills Waste Solutions admitiu ter falhado no controle dos níveis de lixívia, um líquido resultante da decomposição do lixo que pode conter metais pesados, como o arsênico. Outras duas multas foram aplicadas quando a companhia operava sob outro nome, Hills Mineral and Waste. Apesar disso, a empresa recebeu um contrato de 20 anos para gerenciar centros de reciclagem em Swindon, no condado de Wiltshire, de onde o lixo provinha. A reportagem põe em questão a confiabilidade da indústria de reciclagem britânica e a capacidade das autoridades de garantir a lisura ambiental do setor. Na quarta-feira, o ministério das Relações Exteriores do Brasil instruiu a Delegação Permanente em Genebra (Suíça) a apresentar, nos termos da Convenção de Basiléia, uma denúncia de tráfico de resíduos perigosos provenientes do Reino Unido. Desde a descoberta do caso, a Hills Waste Solution trava com a Worldwide Biorecyclables, do brasileiro Julio da Costa, uma disputa de empurra-empurra em relação às responsabilidades de cada uma no contrato.

Policiais militares usam armas não-letais no Rio Grande do Sul

O comando da Brigada Militar autorizou o uso de armas não-letais no Rio Grande do Sul. As pistolas, criadas nos Estados Unidos, imobilizam os criminosos. Atingido pelos dois dardos disparados pela arma, o alvo recebe um estímulo elétrico de 50 mil volts. Em Santa Rosa, os policiais militarescomeçaram a usar a nova arma na última quinta-feira (23). Somente quem foi treinado pode operar o equipamento. Na área do Comando Regional de Polícia Ostensiva das Missões (CRPO), 20 servidores estão aptos. O coronel Eloe Antonio Perius disse que 14 armas foram distribuídas para Santo Ângelo, Ijuí e São Luiz Gonzaga. Elas deverão ser usadas em casos de resistência ou quando o criminoso usa arma branca, como faca. No estado, 500 policiais militares receberam treinamento. A previsão é que, até o fim do ano, 1,2 mil estejam aptos a usar as pistolas. Esta arma é uma invenção do ministro da Justiça, Tarso Genro, o peremptório, e ele vai ser responsável pelas primeiras mortes de gaúchos cardíacos que forem atingidos por esta profunda estupidez.

Editora Nova Fronteira passa por mudanças

Uma das mais tradicionais editoras brasileiras passa por grandes mudanças e está agitando o mercado editorial. Menos de um mês após naufragar a operação da venda de seu controle para o grupo português Leya, a Nova Fronteira acaba de perder sua diretora editorial, Izabel Aleixo. A sede da Nova Fronteira também está sendo transferida da tradicional casa de Botafogo, no Rio de Janeiro, para o bairro de Bonsucesso, onde se integrará ao grupo Ediouro, que em 2006 havia adquirido o seu controle. A crise econômica fez as vendas "de catálogo" (fora os best-sellers) na Nova Fronteira caírem entre 20% e 30% em 2009, segundo Mauro Palermo, diretor-executivo da editora. O faturamento projetado neste ano é de R$ 38 milhões, contra R$ 42 milhões em 2008. O número de títulos enviados às livrarias também vai cair. Luiz Fernando Pedroso, diretor-superintendente do grupo Ediouro, disse que o número de lançamentos mensais das suas editoras vai cair de 35 para 25. A estimativa anual de faturamento também caiu de cerca de R$ 110 milhões em 2008 para no máximo R$ 98 milhões neste ano. A Nova Fronteira é a principal de uma série de editoras que a Ediouro comprou nos últimos anos. Entre as mais recentes estão a Nova Aguilar e a Desiderata. Neste ano, o grupo completou a aquisição da Duetto, que publica revistas como a "Scientific American".

José Dirceu deve voltar ao Diretório Nacional do PT

Escalado para ajudar a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, na campanha ao Palácio do Planalto, em 2010, o deputado federal cassado José Dirceu deverá retornar formalmente à direção do PT. Seu nome compõe a chapa da tendência Construindo um Novo Brasil (CNB), grupo que inscreve a candidatura do presidente da BR Distribuidora, José Eduardo Dutra, ao comando do partido. Nos bastidores da política desde o escândalo do mensalão, em 2005, ele trabalha atualmente para apaziguar disputas entre o PT e o PMDB, construir palanques para Dilma nos Estados e defender o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), acusado de empregar parentes e favorecer amigos por meio de atos secretos na Casa. A inscrição das chapas que disputarão em novembro a eleição direta para a presidência do PT é considerada estratégica porque o vencedor vai dirigir a campanha de Dilma, em 2010. Cinco candidatos concorrem à cadeira que já foi de Dirceu entre 1995 e 2002: além de Dutra, estão no páreo os deputados federais José Eduardo Martins Cardozo (SP) - secretário-geral do PT e namorado da deputada federal comunista gaúcha Manuela D’Ávila; Geraldo Magela (DF), Iriny Lopes (ES) e Markus Sokol, integrante do Diretório Nacional.