terça-feira, 30 de novembro de 2010

Peritos paulistas encontram ossário clandestino que pode abrigar corpos de vítimas da ditadura

Peritos encontraram na manhã desta terça-feira restos mortais em uma vala que pode abrigar corpos de vítimas da ditadura militar. Os restos estavam dentro de sacos azuis, no interior do ossário clandestino localizado sob um canteiro do cemitério de Vila Formosa, localizado na zona leste de São Paulo. Os trabalhos começaram há duas semanas, em busca liderada pela Polícia Federal, e devem prosseguir até sexta-feira. A procuradora Eugênia Gonzaga, que acompanhou as buscas, disse que a equipe encontrou "uma camada de sacos azuis, típicos de serviço funerário, embaixo de uma camada de terra de mais ou menos 1,5 m". O vão subterrâneo onde foram depositados os ossos tem aproximadamente 2,5 m de largura por 3 m de comprimento, segundo a procuradora. Foram 16 sacos retirados até 17h30. A única certeza, segundo Eugênia, é se tratarem de ossadas humanas. Mas restos de militantes políticos devem estar mais abaixo, pois as ossadas encontradas "são provavelmente da década de 90 ou mais". Eugênia Gonazaga acredita que, nos próximos dias, eles detectarão resíduos dos anos 70. Em outubro, seis ossadas foram exumadas no cemitério de Perus, localizado na zona norte da capital. Documentos obtidos pela família de Virgílio Gomes da Silva serviram de ponto de partida para a varredura em Vila Formosa. Líder sindical e veterano da organização terrorista ALN (Ação Libertadora Nacional), Virgílio tinha o codinome Jonas e comandou, em setembro de 1969, o sequestro do embaixador americano Charles Elbrick. Segundo o Ministério Público Federal de São Paulo, envolvido na operação, a próxima etapa consiste em uma "pesquisa antropológica": cruzar características da ossada com fotos e dados médicos e dentários dos desaparecidos.

Loteamento da presidência da Assembléia gaúcha levou a disputa até o fim

Somente no final da tarde desta terça-feira é que PMDB, PDT, PP e PT conseguiram oficializar a ordem de ocupação do comando da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. A bancada do PT insistiu até o fim para abrir a temporada de quatro anos, querendo ocupardo a presidência em 2011. Mas foi deslocada para o último ano da legislatura. Isso mostra o quanto a política gaúcha está completamente tomada pela "Estratégia Busato", de loteamento de todas as esferas de poder entre os vários partidos da cena política no Estado.

Exposição dos bancos portugueses à dívida do governo dispara 77%

Os bancos de Portugal estão comprando os bônus do governo do país em um ritmo mais rápido, uma medida que pode gerar um risco para as instituições e destaca as contradições que as autoridades européias estão enfrentando para tentar salvar as economias da região. As autoridades européias estão fornecendo financiamentos baratos para os bancos por meio do Banco Central Europeu, e economistas dizem que os bancos parecem estar usando esse dinheiro para comprar bônus do governo, tornando assim o sistema bancário vulnerável a riscos associados com dívidas soberanas. De acordo com o banco central de Portugal, as instituições financeiras, incluindo os bancos, investiram este ano 17,91 bilhões de euros nas dívidas públicas do país até setembro, 87% acima dos 9,58 bilhões de euros do mesmo período do ano passado. Do começo do ano até agora, essa exposição já aumentou 77%.

Lula afirma que conteúdo vazado por Wikileaks é "insignificante"

O presidente Lula minimizou a divulgação de telegramas da diplomacia norte-americana pelo site Wikileaks, que aponta corrupção no governo brasileiro. "Eu acho que as coisas que vi são insignificantes, que não merecem ser levadas a sério. Na verdade não sou obrigado a acreditar num telegrama do embaixador americano", disse Lula. Em um telegrama secreto revelado pela organização Wikileaks, o embaixador norte-americano em Brasília, Clifford Sobel, teria avaliado que o presidente Lula concluirá seus oito anos de governo uma gestão marcada pela corrupção entre seus "mais próximos aliados", com uma "praga" de compra de votos no PT e sem ter dado uma resposta ao crime no Brasil.

Documento revelado pelo WikiLeaks mostra que Abbas e Egito foram alertados sobre guerra em Gaza

Israel entrou em contato com a liderança palestina e o Egito antes da operação defensiva de 2008-2009 contra a Faixa de Gaza, disse uma autoridade israelense, segundo mensagens diplomáticas vazadas pelo site WikiLeaks. As revelações são um constrangimento para o presidente palestino, Mahmoud Abbas, perante seus rivais da organização terrorista islâmica Hamas, que governa Gaza. Os palestinos negam que Israel tenha entrado em contato. Uma carta de 2 de junho de 2009 enviada pela embaixada norte-americana em Tel Aviv relata a declaração do ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, a membros do Congresso dos Estados Unidos que visitavam a região em um esforço de retomar as negociações de paz no Oriente Médio.

Ronaldinho Gaúcho vive fim de carreira humilhante no Milan

O técnico Massimiliano Allegri garantiu que não pretendeu humilhar Ronaldinho Gaúcho ao colocá-lo em campo nos instantes finais da última partida do Milan no Campeonato Italiano. "Eu não queria humilhá-lo, em outro partida, Gattuso entrou quando faltava um minuto para terminar", assinalou, em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport. Ronaldinho Gaúcho, que não apresenta futebol há cinco anos, entrou aos 45 minutos do segundo tempo do empate por Milan por 1 a 1 com a Sampdoria, em partida válida pela 14ª rodada. O negócio de Ronaldinho Gaúcho é viver enterrado em festa há muitos anos. Aos 30 anos, ele não tem mais qualquer futuro no futebol competitivo. "Não gosto de trocar por trocar, romper o equilíbrio é um pouco presunçoso. A equipe funcionava, criava, tinha ritmo, tinha medo de mudar alguma coisa na defesa e também no ataque", assinalou o treinador. O técnico trocou Seedorf e Boateng por Ronaldinho e Flamini, respectivamente. "Vi Seedorf cansado, e também Boateng, pensei que poucos minutos podiam bastar para Ronaldinho criar alguma coisa. Eram poucos minutos, mas sua presença seria útil", completou. O ex-atleta Ronaldinho Gaúcho ficou no banco de reservas nos últimos seis jogos do Milan, sendo que em alguns não foi utilizado por Allegri. A situação fez aumentar as especulações sobre a possibilidade do brasileiro deixar o futebol italiano. Ele vive gastando dinheiro para pagar passagens para que seus amigos baladeiros gaúchos façam festas com ele na Europa.

Documento vazado pelo WikiLeakis diz que Evo Morales teve um tumor na face

Um documento da diplomacia dos Estados Unidos, vazado pelo website WikiLeaks, diz que o presidente da Bolívia, o índio cocaleiro trotskista Evo Morales, teve um câncer nos seios da face e que o presidente Lula ofereceu ao mandatário boliviano diagnóstico e tratamento em um hospital paulistano. O documento, datado de 22 de janeiro de 2009 e enviado da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, ao Departamento de Estado americano, não informa se Evo Morales aceitou. O documento foi classificado pelo então embaixador norte-americano no Brasil, Clifford M. Sobel, que serviu em Brasília entre 2006 e agosto de 2009. "Em conversa com o embaixador Sobel, após a reunião de 15 de janeiro de 2009 em La Paz, entre o presidente brasileiro Lula e o presidente boliviano Morales, o ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim, confirmou um boato mais antigo de que Morales sofre de um sério câncer nos seios da face. Jobim disse ao embaixador que Lula ofereceu a Morales diagnóstico e tratamento em um hospital de São Paulo. Embora já existam vários relatos públicos de que Morales precisa de uma cirurgia porque sofre de sinusite aguda, além de uma otite e dores de cabeça relacionadas ao problema, de acordo com Jobim os problemas do mandatário boliviano são causados por um grave tumor e a cirurgia será um esforço para removê-lo", afirma o documento.

Campanha eleitoral de Dilma deixa dívida de R$ 27 milhões

A campanha eleitoral de Dilma Rousseff para a Presidência da República ficou com uma dívida de R$ 27 milhões. Foram arrecadados R$ 149 milhões e gastos R$ 176 milhões. A informação é do PT, na prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral. Hoje é o ultimo dia do prazo para a prestação de contas ao tribunal. O TSE deve julgar as contas da campanha até o dia 9 de dezembro para que Dilma possa ser diplomada no dia 17. De acordo com a legislação, o PT assumirá a dívida da campanha.

Classe C impulsiona consumo de produtos piratas

O presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro, Orlando Diniz, acredita que a classe C, "que chega com toda força ao mercado de consumo", está impulsionando o aumento do consumo de produtos piratas no Brasil, mas o hábito se alastra por todas as classes sociais e faixas etárias. A instituição divulgou nesta terça-feira pesquisa sobre a pirataria, mostrando que 70,2 milhões de pessoas consomem produtos piratas no Brasil, ou 13,8 milhões a mais do total que compravam esses produtos em 2006. O secretário-executivo do Ministério da Justiça, Rafael Favetti, concorda que "a migração de classes aumentou o consumo em geral no País, de produtos lícitos e ilícitos". Ele disse que há uma "visão romântica" no Brasil de que os que produzem e distribuem produtos piratas são "coitados sem emprego". Segundo ele, a realidade é diferente: "Quem faz e distribui pirataria, segundo todos os dados que temos de apreensões, mostram que quem faz e distribui esses produtos está ligado ao crime organizado".

Banda larga nas primeiras 100 cidades ficará para abril

O presidente da Telebrás, o petista gaúcho Rogério Santanna, disse nesta terça-feira que foi prorrogado de dezembro deste ano para abril de 2011 a instalação da banda larga nas 100 primeiras cidades a serem contempladas pelo Programa Nacional de Banda Larga. Segundo ele, a prorrogação foi necessária porque ainda não foram concluídas as licitações para prestação dos serviços. A expectativa é de que os contratos sejam fechados até o dia 15 de dezembro.

Médico diz que linfomas de Lugo tiveram remissão completa

Exames realizados no presidente paraguaio, Fernando Lugo, revelaram uma remissão completa de seu câncer linfático, disse nesta terça-feira o chefe da equipe médica presidencial. O médico destacou, no entanto, que o mandatário ainda não pode ser considerado totalmente curado. Lugo, de 59 anos, foi internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para a última das seis sessões de quimioterapia indicadas no seu tratamento. Ele também se submete a uma cirurgia de baixo risco para retirar um cateter implantado para a administração da medicação. "Acabamos de conhecer os resultados do Pet-Scan e outros exames que foram realizados em São Paulo e estes revelam uma remissão completa dos linfomas que foram detectados no mandatário no mês de agosto", disse o médico Alfredo Boccia. "Não se observa nenhuma lesão em nenhuma parte do corpo e para nós é o melhor cenário que poderíamos sonhar", afirmou ele a jornalistas paraguaios no hospital.

Polícia encontra túnel na favela do Complexo do Alemão

Policiais civis encontraram no início da tarde desta terça-feira um túnel da rede pluvial com 400 metros de comprimento na favela do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. A escavação, com início na Rua Joaquim de Queiroz, em frente a uma creche, tem saída para à Rua Arapá. Moradores da comunidade informaram que traficantes usaram o túnel para fugir durante as operações policiais do último final de semana na região. No início da manhã desta terça-feira, foram apreendidas armas e drogas dentro de um caminhão da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), nas imediações do Complexo do Alemão. Os agentes abordaram o motorista do veículo, que disse ter sido obrigado por traficantes a retirar o material ilegal que estava na favela.

Aloizio Mercadante deverá ser o ministro de Ciência e Tecnologia e Sérgio Côrtes, para a Saúde

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) é forte candidato a assumir a pasta da Ciência e Tecnologia, no lugar do atual ministro Sérgio Rezende, que é indicado pelo PSB. Os socialistas, liderados pelo governador Eduardo Campos, de Pernambuco, devem ganhar duas pastas: a da Integração Nacional e do Turismo. Mercadante, que fica sem mandato a partir de fevereiro próximo, foi candidato ao governo do Estado de São Paulo e perdeu a disputa para o tucano Geraldo Alckmin por mais de 3 milhões de votos. Sérgio Côrtes, que dirige a saúde do Rio de Janeiro, foi o nome indicado pelo governador Sérgio Cabral para substituir o atual ministro José Gomes Temporão, que também representava o Rio no ministério Lula, mas não era visto como uma escolha do PMDB. Certamente ele está sendo escolhido porque o Rio de Janeiro tem um modelo de saúde pública exemplar para o resto do País, não é mesmo?

Marfrig tem 3 mil vagas, mas faltam candidatos

O presidente da Marfrig Alimentos, Marcos Molina dos Santos, afirmou nesta terça-feira, em seminário promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais, que faltam alguns gargalos a resolver para que o Brasil continue crescendo: "Precisa melhorar a logística, os portos, ter mais investimento em mão de obra e resolver o problema do câmbio". Quanto à mão de obra, o executivo citou como exemplo uma situação vivenciada pela empresa: "Estamos com três mil vagas disponíveis, principalmente de chão de fábrica, e não há gente para completá-las. Nós estamos crescendo e começa a faltar mão de obra nas unidades". Segundo o diretor de Planejamento e Relações com Investidores da companhia, Ricardo Florence, as três mil vagas abrangem o complexo Seara/Marfrig, que totaliza 34 unidades (14 da Seara e 20 da Marfrig) em 15 Estados brasileiros, em várias funções. "As vagas são para atender tanto a demanda interna quanto a externa e têm a ver também com a nossa expansão em bovinos, frangos e suínos no Brasil", explica Ricardo Florence. Segundo ele, além de faltar pessoas nas cidades em que a empresa atua, "geralmente de densidade populacional pequena", ocorre competição com a indústria local. No Brasil, a companhia emprega 50 mil pessoas e globalmente são 90 mil funcionários.

Senador diz que pedirá investigação de denúncia contra Ricardo Teixeira

O ex-presidente da CPI do Futebol, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR), afirma que a denúncia de que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, teria recebido US$ 9,5 milhões de uma empresa de marketing esportivo, a falida ISL, deve ser investigada por autoridades brasileiras. "Tem de haver uma movimentação por aqui. Essas denúncias são novas, precisamos analisá-las", disse Álvaro Dias. Para o senador, a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil torna a apuração ainda mais necessária e urgente. Na última segunda-feira, o programa Panorama, da BBC, revelou que Ricardo Teixeira, bem como o paraguaio Nicolas Leoz e o camaronês Issa Hayatou, teriam recebido, na década de 1990, pagamentos da empresa ISL, que havia ganho os direitos de comercialização da Copa do Mundo. A revelação das propinas está incluída em um documento confidencial que lista 175 transferências de dinheiro, totalizando US$ 100 milhões. Segundo o programa da BBC, o presidente da CBF, também responsável pela organização da Copa do Mundo de 2014, recebeu a propina por intermédio de uma empresa de fachada chamada Sanud, sediada no principado de Liechtenstein. Em 2001, a CPI do Futebol divulgou que Teixeira tinha uma relação muito próxima com a empresa. De acordo com as investigações conduzidas à época, até julho de 2000, a Sanud transferira a título de empréstimos, R$ 2,9 milhões à empresa R.L.J Participações, que tinha como acionistas Ricardo Teixeira, sua ex-mulher, Lúcia Havelange Teixeira, além da própria Sanud. A comissão afirmou que a movimentação visava unicamente transferir recursos da Sanud para o Brasil, já que o Banco Central jamais teria registrado a devolução de qualquer parte do empréstimo pela R.L.J. A operação, assim como dezenas de outras, embasou as denúncias da comissão contra Ricardo Teixeira. Os senadores o acusaram de apropriação indébita de recursos da CBF, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, evasão de divisas e desvio de recursos.

Lugo é internado em São Paulo para sessão de quimioterapia

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, foi novamente internado nesta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para uma nova sessão de quimioterapia contra o câncer linfático, diagnosticado em agosto deste ano. O presidente paraguaio chegou de manhã cedo ao Brasil e deve permanecer internado no hospital até esta quarta-feira. Esta deve ser a última sessão de quimioterapia que Lugo, de 59 anos, fará no Brasil. O presidente também fará um exame para verificar como seu tratamento está avançando. Acompanham Lugo seus médicos Alfredo Boccia e Néstor Martínez, seu irmão Pompeyo Lugo, o ministro da Informação, Augusto Dos Santos, e a diretora de Protocolo da presidência do Paraguai, Auda Roig, e dois seguranças.

Banco Central prevê que dívida feche o ano em 40,5% do PIB

O chefe de Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, informou nesta terça-feira que, com a exclusão da Eletrobras nas contas públicas, a relação entre a dívida líquida e o Produto Interno Bruto (PIB) deve fechar 2010 em 40,5%. Esse número é calculado com base na projeção do Banco Central para o ano, que consta no último Relatório Trimestral de Inflação, retirando-se a contribuição positiva de 0,5% do PIB relativo à posição credora da estatal de energia elétrica, o que acaba por elevar a dívida líquida. Altamir Lopes informou ainda que, para novembro, a relação entre dívida líquida e PIB deve fechar aos 41%, com um recuo de 0,3% do PIB em comparação com outubro. Ele também informou que a dívida bruta do governo geral (que abrange governo federal, Estados e municípios e exclui Banco Central e empresas estatais) deve fechar este mês estável, aos 60% do PIB. Altamir Lopes disse ainda que a expectativa é de que o setor público cumpra a meta fiscal de superávit primário de 3,1% do PIB em 2010, sem o uso de abatimentos, o que é chamando, no "jargão econômico", de cumprimento da "meta cheia".

Jader Barbalho renuncia ao mandato de deputado federal

O deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA) apresentou na manhã desta terça-feira, na Mesa da Secretaria da Câmara dos Deputados, a sua renúncia ao mandato que termina no dia 31 de janeiro de 2011. Ele concorreu nas últimas eleições a uma vaga ao Senado, mas teve seus cerca de 1,8 milhão de votos anulados, com base na Lei da Ficha Limpa. Em 2001, ele já havia renunciado ao mandato de senador para fugir de um processo de cassação. Na carta-renúncia, endereçada ao presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Michel Temer (PMDB), Jader Barbalho afirma que, em face da decisão do Supremo Tribunal Federal, ele se encontra na "extravagante situação" de ser, ao mesmo tempo, elegível e inelegível, em decorrência de empate que acaba por anular o voto de 1,8 milhão de eleitores no Pará, "cassando meu mandado de senador da República para o qual, repito, fui democraticamente eleito". Na vaga de Jader Barbalho assume a suplente Ann Pontes (PMDB-PA). Jader foi o segundo colocado na disputa por uma das duas vagas do Senado reservada para o Estado.

Vereador petista paulista Arselino Tatto é proibido de ter cargo público

O vereador petista paulista Arselino Roque Tatto (PT), um egresso das Comunidades Eclesiais de Base da Igreja Católica (especialista em gerar gente como Silvinho "Land Rover" Pereira para os quadros diretivos do petismo nacional) foi condenado a quatro anos de prisão, em regime aberto, por falsificar documento particular para fins eleitorais. Como o réu é primário e não tem antecedentes, a pena foi convertida em uma interdição temporária de direitos. O petista Arselino Tatto fica proibido de exercer cargo, função ou atividade pública, incluindo mandato eletivo, nesse período. Enquanto recorre da pena, o petista Tatto, que faz parte da turma da petista Marta Suplicy, poderá continuar na Câmara Municipal de São Paulo. A sentença, do juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, da 1.ª Zona Eleitoral de São Paulo, é desdobramento de ação penal proposta pelo Ministério Público Eleitoral em maio de 2009. A acusação era de que Tatto teria apresentado nove notas fiscais frias para justificar à Justiça Eleitoral gasto de R$ 40 mil (4,2% dos R$ 949 mil desembolsados pela campanha do petista) nas eleições de 2008. As notas fiscais foram emitidas pela Proresult Serviços Administrativos, empresa que tem como sócio Oswaldir Barbosa de Freitas, chefe de gabinete de Tatto na Câmara Municipal. Réu na mesma ação, Freitas foi condenado a 3 anos de reclusão em regime aberto, pena também substituída por interdição temporária de direitos. Assim, ele fica proibido de exercer cargo, função ou atividade pública nesse período. Em sua defesa no processo, Tatto sustentou que suas contas foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. Afirma ainda que os documentos apontados como falsos tiveram de ser juntados a sua prestação de contas por força de determinação judicial. Já o chefe de gabinete de Tatto disse que a Proresult sempre esteve ativa e prestou serviços ao comitê do petista por cinco meses. Afirmou ter sacado os R$ 40 mil na "boca do caixa" porque sua empresa não tem conta bancária. Ainda segundo Freitas, os valores pagos pela campanha de Tatto foram contabilizados e estão no Imposto de Renda da Proresult. Anote aí: os dois probos petistas
não levarão penalização alguma.

Estudo diz que Brasil não protege 22% das florestas públicas

O Brasil tem 64 milhões de hectares de florestas sujeitas à grilagem, a maior parte na Amazônia. A área, que equivale a duas vezes e meia o Estado de São Paulo, representa 22% do total de florestas públicas no País. São terras públicas sem uso regulamentado, ou seja, não acomodam assentamentos, terras indígenas nem unidades de conservação. O dado faz parte do Cadastro Nacional de Florestas Públicas 2010. O levantamento foi realizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão do governo responsável pela gestão de florestas da União e concessões florestais, modalidade em que áreas de florestas públicas são licitadas para manejo de madeira e outros produtos florestais. O Brasil possui 290 milhões de hectares de florestas públicas cadastradas pelo Serviço Floresta Brasileiro, número 21% maior do que o registrado no último cadastro, de 2009. Porém, não houve criação de novas áreas, e sim melhorias no processo de cadastramento das áreas, explica o diretor-geral do SFB, Antônio Carlos Hummel. "Estamos conhecendo quais são e onde estão nossas florestas", diz ele. Segundo Hummel, as florestas públicas que já foram destinadas a algum uso são maioria e somam 226 milhões de hectares. As terras indígenas somam 111 milhões de hectares, seguidas pelas unidades de conservação, com cerca de 105 milhões de hectares, sendo 60% federais e 40% estaduais.

Polícia encontra bunker do tráfico no Complexo do Alemão e casamata usada por bandidos na favela de Vila Cruzeiro

Policiais da 9ª DP (Catete) encontraram, na tarde desta terça-feira, um bunker do tráfico com pelo menos 300 quilos maconha, dezenas de fuzis e metralhadoras .30 e .50, capazes de derrubar helicópteros. Segundo o delegado Alan Luxardo, o material estava dentro de sacos plásticos em tonéis de plástico, a dois metros de profundidade, no local conhecido como Fazendinha, no Complexo do Alemão. "Essa é uma prática usada pelas Farc, na Colômbia, esconder o material em buracos profundos. O material estava enterrado no chão de um barraco de madeira, em um dos lados mais altos do morro", explicou o delegado. Já na favela Vila Cruzeiro, soldados do Batalhão de Operações Especiais (Bope) pretendem explodir uma casamata usada por traficantes que fica em uma localidade conhecida como Quatro Bicas.

Lula se irrita com pergunta sobre oligarquia Sarney e manda repórter procurar psicanalista

O presidente Lula se irritou nesta terça-feira ao ser questionado se agradeceria à "oligarquia Sarney" pelo apoio dado durante seu governo. Na cerimônia que marcou o fechamento simbólico da primeira de 14 comportas da Usina Hidrelétrica Estreito, no Maranhão, erguida ao custo de R$ 4 bilhões na divisa do Maranhão com o Tocantins, estava presente a governadora Roseana Sarney (PMDB), e o aliado e ex-ministro de Minas e Energia, senador Edison Lobão (PMDB-MA). Lula recomendou que o repórter fizesse "psicanálise". "Eu agradeço aos Sarney e a pergunta preconceituosa sua é grave para quem está há oito anos comigo em Brasília. Significa que você não evoluiu nada do ponto de vista do preconceito, que é uma doença. O presidente Sarney é o presidente do Senado. E o Sarney colaborou muito para que a institucionalidade fosse cumprida. Você devia se tratar, quem sabe fazer psicanálise, para diminuir um pouco esse preconceito", disse o presidente. É até bem feito para esses jornalistas que passaram oito anos, como ele diz, apenas fazendo perguntinhas inócuas para o Imperador de Banânia e condescenderam contra toda a criminalidade da República Petralha.

Argentina pede prisão perpétua em caso de ex-ditador Jorge Videla

A Promotoria vai pedir nesta terça-feira a prisão perpétua para o ex-ditador argentino Jorge Videla (1976-1981) no julgamento em que é acusado junto a outras 30 pessoas por crimes contra a humanidade na cidade de Córdoba. "O pedido de condenação é de prisão perpétua porque o Código Penal para o homicídio qualificado, que é o delito mais grave a ele atribuído, não prevê outra pena", explicou Maximiliano Hairabedián, Promotor do Tribunal Federal nº 1, consultado sobre as penas que pedirá contra Videla e outros ex-altos comandantes. Videla, de 85 anos, como chefe da ditadura, e Luciano Menéndez, de 83 anos, como ex-chefe militar de 11 províncias, são os dois maiores representantes da ditadura (1976-83) acusados junto a policiais e outros militares pelo assassinato de 31 presos políticos em uma prisão de Córdoba. Videla foi condenado à prisão perpétua num histórico julgamento contra as juntas militares realizado em 1985, mas foi indultado anos mais tarde pelo então presidente Carlos Menem (1989-99). Cerca de 30 mil pessoas desapareceram durante a ditadura argentina, executadas após torturas pelos órgãos da repressão.

Ministra do Supremo acolhe parecer e arquiva ação penal contra deputado federal

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, arquivou uma ação penal contra o deputado federal Jackson Barreto (PMDB), acusado de peculato e falsidade ideológica. Ela acolheu parecer do Ministério Público Federal por extinção de punibilidade. Segundo a ministra, a denúncia foi recebida há mais de 16 anos, chegando à prescrição da pretensão punitiva da pena. Jackson Barreto foi acusado juntamente com outros quatro corréus.

Contas públicas pioram em outubro e governo Lula faz nova jogada contábil

A economia do setor público para pagar os juros da dívida (superávit primário) ficou em R$ 9,7 bilhões em outubro, segundo dados do Banco Central, abaixo dos R$ 13,8 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. A partir desse mês, os dados sobre contas públicas excluem a Eletrobrás do cálculo, conforme decisão do governo federal. Com isso, os números dos meses anteriores foram todos revistos. No acumulado do ano, o superávit está em R$ 86,7 bilhões, acima do verificado em 2009 (R$ 52,3 bilhões) e abaixo do valor de 2008 (R$ 125,5 bilhões). O resultado em 12 meses está em R$ 99,1 bilhões, o equivalente a 2,85% do PIB. A meta do governo é obter um resultado de 3,1% do PIB pela nova regra. A dívida líquida do setor público ficou em R$ 1,44 trilhão (41,3% do PIB).

Lula defende compra de novo avião presidencial para Dilma

O presidente Lula defendeu nesta terça-feira a compra de um novo avião para as viagens de sua sucessora Dilma Rousseff. No Maranhão, ele argumentou que a aeronave atual, um Airbus-319, não tem autonomia de vôo suficiente para longos percursos. "Não tem porque não comprar", disse ele. No canteiro das obras da usina hidrelétrica de Estreito, na divisa do Maranhão com Tocantins, ele aproveitou para ironizar as críticas à decisão tomada no início de seu governo de adquirir o Airbus-319. Esse avião, batizado pelo Planalto de Santos Dumont e pela imprensa de "Aerolula", ou Airbus 51, poderá, no próximo governo, ser substituído por uma aeronave mais eficiente. "Acabou aquela bobagem do Aerolula'', disse ele: "Agora, estou chateado porque vou deixar a Presidência e não levar o avião comigo". Não tem problema, vai andar só de jatinho exclusivo a partir de janeiro. Ainda em tom de ironia, ele propôs uma campanha da imprensa para ficar com o "Aerolula" após deixar o governo. Ele afirmou que a autonomia de 12 horas de vôo do Aerolula não atende à demanda das viagens mais longas da Presidência. Daí a necessidade de uma nova aeronave, já batizada de "Aerodilma", antes mesmo de o governo bater o martelo. "O Brasil precisa de um avião com maior autonomia para o presidente da República viajar", afirmou Lula. "É uma vergonha ter um avião de apenas 12 horas de autonomia".

Dilma diz a PMDB que petista Paulo Bernardo assumirá Comunicações

A presidente eleita, Dilma Rousseff, afirmou nesta terça-feira à cúpula do PMDB que Paulo Bernardo (PT) assumirá o Ministério das Comunicações. Se Bernardo, atual ministro do Planejamento, assumir o controle no governo dilmista, a pasta sairá da cota do partido. Dilma fez a afirmação durante reunião com o seu vice, Michel Temer (PMDB-SP), e os senadores José Sarney (PMDB-AP) e Renan Calheiros (PMDB-AL). Durante o encontro, a petista disse que a legenda também perderá o controle da Integração Nacional, pasta disputada pelo PT e PSB. Os peemedebistas discutem nomes para o ministério dilmista, mas não devem continuar com as seis atuais pastas (Comunicações, Integração, Agricultura, Defesa, Minas e Energia, Saúde, além de Banco Central). Tudo indica que fechem em quatro ministérios, com a possibilidade de assegurarem mais um. Mais cedo, o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), anunciou o nome de Sérgio Côrtes para o Ministério da Saúde. Côrtes é seu secretário para a área no Estado. Deve ser pela excelência da saúde pública no Rio de Janeiro que ele está sendo lançado para o ministério.

Videversus recebe notificação para retirar matéria, e não vai tirar, porque pedido é improcedente

Videversus recebeu na última quinta-feira, dia 25 de novembro, às 16h16min, um e-mail do advogado Moisés de O. Matusiak (OAB-RS 62.051), notificando que era para o site retirar do ar matéria envolvendo a sua cliente, Marilu Silveira Goulart. O e-mail tem o seguinte teor: "Segue em anexo NOTIFICAÇÃO para retirada imediata de notícia inverídica, injuriosa e difamatória, que consta no site videversus.com.br, e envolve injustamente minha cliente MARILU SILVEIRA GOULART. Frisa-se, desde já, porque oportuno, que a manutenção da referida notícia no citado site ensejará a propositura de ação judicial. Sem mais, Moisés de O. Matusiak OAB/RS 62.051". O editor de Videversus, jornalista Vitor Vieira, apesar de todas as recomendações de especialistas da área de informática para que não se abra anexos enviados por desconhecidos, após tomar o cuidado de passar o anti-virus na mensagem, abriu os anexos enviados pelo advogado Moisés de O. Matusiak. Um continha cópia da suposta procuração que Marilu Silveira Goulart teria passado para ele, com data de 30 de agosto deste ano. O outro continha o texto da notificação propriamente dita, nos seguintes termos: "Marilu Silveira Goulart, brasileira, solteira, psicóloga, CPMF/MF 501.653.050-53, residente e domiciliara em Porto Alegre, na Rua Riachuelo, 374, apto 402, Centro, através do procurador signatário, vem respeitosamente perante Vossa Senhoria, a fim de notificá-la, para que imediatamente retire do site www.videversus.com.br, cujo domínio é de sua titularidade, notícia injuriosa e difamatória envolvendo o nome da ora notificante, sob pena das medidas judiciais cabíveis. Para melhor esclarecer, lembra-se que no referido site consta o nome da ora notificante numa lista de pessoas que teriam sido beneficiadas com desvios de recursos da Fenaseg: "(...). 43) Marilu Silveira Goulart, contratação de psicóloga, R$ 31.104,00; (...)". Repita-se que a referida notícia é injuriosa e difamatória, sendo, portanto, imperioso o imediato fim de sua veiculação sob pena das medidas legais cabíveis. Porto Alegre, RS, 30 de agosto de 2010. Marilu Silveira Goulart - Mosiés de O. Matusiak - OAB/RS 62.051". Videversus já tem mais de 25 mil matérias publicadas, e a única matéria do site em que aparece o nome de Marilu Silveira Goulart é a de número 7985. Trata-se de matéria de Videversus publicada no período em que tramitava na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul a CPI do Detran. Foi muito por insistência do editor de Videversus (há testemunhos para isso) que o requerimento para que a Fenaseg entregasse a lista das pessoas beneficiadas com verbas que eram do Detran (destinadas a campanhas publicitárias para prevenção de acidentes de trânsito, ilegalmente manipuladas pela Fenaseg, supostamente sob mando de dirigentes públicos) fosse protocolado. Assim, quando os documentos da Fenaseg foram afinal entregues, o jornalista Vitor Vieira, editor de Videversus, publicou uma matéria com o seguinte teor: "Veja o inicio da lista de desvios de recursos da Fenaseg - O esquema de desvio de recursos do Detran pela Fenaseg, com pagamentos de serviços que fugiam à aplicação fundamental do dinheiro, em educação para o trânsito e aparelhamento das delegacias de trânsito é enorme. Veja a lista dos contemplados, desde 2003:
1) Nina Paula M. Lima, Tani Andrea Isse Sato, Magda Samira, Egylene Chiarelo e Rose Carlos, serviços advocatícios, R$ 28.512,00;
2) Vilson Vitoria Machado, especialista em trânsito, 34.214,40;
3) Chiarelo, Rose Carla, serviços advocatícios, R$ R$ 89.622,72;
4) Ricardo de Mattos Conceição, serviços advocatícios, R$ 34.214,40;
5) Alexandre Barrios Dornelles, serviços advocatícios, R$ 41.472,00;
6) Natavie Kaemmer, serviços advocatícios, R$ 17.107,20;
7) JUelci de Almeida, serviços advocatícios, R$ 41.472,00;
8) Carlos Eli Rigotti, serviços advocatícios, R$ 34.214,00;
9) Viviane Pacheco, serviços advocatícios, R$ 34.214,40;
10) Saleh Promoções, Teciart Promoções, Buffet Dom Dio, Arranjos de mesas, alimentação, R$ 8.562,00;
11) Pedro Ricardo Goldenfrum, serviços advocatícios, R$ 31.104,00;
12) Denis Pace Bonetti, assessoria contábil para a gerência financeira, R$ 20.736,00;
13) Graziela Silva de Aguiar, assessoria contábil para a gerência financeira e contábil, R$ 7.200,00;
14) Catiane Mainard, serviços advocatícios, R$ 2.880,00;
15) Reginna Maira Webber de Massena, jornalista contratada para o Cetran, R$ 34.214,00;
16) Ponto Frio, compra de refrigerador, R$ 1.405,20;
17) José Paulo Nunes dos Santos, contratação de engenheiro eletrônico, R$ 31.104,00;
18) Paulo Roberto Jardim Pelaipe (ex-diretor de futebol do Grêmio), contratação de assessor técnico para o Cetran, R$ 28.512,00 (afinal, esse sujeito é especializado em quê, futebol, trânsito, ou que mais?);
19) Luiz Heitor B. França, contratação de auditor, R$ 34.214,40;
20) Allgraf, aquisição de material para a Páscoa, R$ 14.940,00 (êta coelhinho, sô....);
21) Catiane Mainard, serviços advocatícios, R$ 22.809,60;
22) Daniel Nunes Araújo e Dallas O’Marra Goulart Barth, contratação de auxiliares administrativos; R$ 18.720,00;
23) Ivania Elisabeth Fritsch, contratação de instrutora para cursos de licitação para funcionários, em uma autarquia que se especializou em não fazer licitação, por R$ 5.760,00;
24) curso de pós-graduação em direito para o trânsito para funcionários, R$ 16.200,00
25) Madruga Sul Veículos, aluguel de carros, R$ 225.712,60;
26) Mario da Silva Uessler, contratação de auditor (para não auditar nada), R$ 34.214,40;
27) Ana Flávio Becker, contratação de pedagoga, R$ 10.368,00;
28) Allgraf Gráfica e Editora, confecção de 2.000 cartões de visita, R$ 516,00;
29) Ivania Elisabeth Fritsch, contratação de instrutora de novo, R$ 5.760,00;
30) Norberto S. Birman, contratação de administrador, R$ 41.184,00;
31) Ivania Elisabeth Fritsch, mais uma contratação da mesma instrutora, para cursos de licitação, em uma autarquia que se especializou em não licitar seus serviços, por R$ 4.320,00;
32) Aline Pasa e Fabiana Rebelo, serviços advocatícios, R$ 27.475,00;
33) Ayrton Belarino M. Moraes Teixeira, serviços advocatícios, R$ 31.104,00;
34) Natavie Kaemmer, serviços advocatícios, R$ 20.736,00;
35) Ricardo Pinto de Almeida, serviços advocatícios, R$ 31.104,00;
36) Raul dos Santos, contratação de motorista, R$ 18.846,00;
37) Transporte São Luis, contratação de ônibus para funcionários, R$ 2.352,00;
38) Alexandro Raimundo da Rosa e Christian Moreira, contratação de auxiliares para coordenadoria de leilão, R$ 18.144,00;
39) Tânia Maria Maciel (filha de Antonio Dorneu Maciel, réu na ação penal do Detran), contratação de assessora especial, R$ 15.120,00;
40) Rafael Lima dos Santos, serviços advocatícios, R$ 25.920,00;
41) Senac, curso de digitação para um funcionários, R$ 162,00;
42) Graziela Silva de Aguiar, contratação de assessor para gerência Financeira, R$ 17.892,00;
43) Marilu Silveira Goulart, contratação de psicóloga, R$ 31.104,00;
44) Grupo Odontológico Gaúcho, atendimento odontológico para os funcionários, R$ 24.838,20.
A lista de gastos realizados pelo Detran nesse ano de 2003 e os subseqüentes, pagos pela Fenaseg, sem qualquer fiscalização, sem qualquer vinculação com o objetivo para o qual os recursos eram dirigidos, é imensa. Videversus vai publicar os gastos na íntegra, na 2ª feira, para que os gaúchos percebam como o seu dinheiro era gasto nababescamente".
O jornalista Vitor Vieira é de uma época em que as crianças eram efetivamente alfabetizadas, em sentido amplo. Ou seja, de fato aprendiam a ler, escrever e entender o significados das palavras e das orações. Como atualmente a educação anda muito deficiente, o jornalista Vitor Vieira vai ajudar a psicóloga Marilu Silveira Goulart e o advogado Moisés de O. Matusiak a compreenderem o que foi publicado por Videversus. O texto na verdade contém três linhas de abertura que são as seguintes: "Veja o inicio da lista de desvios de recursos da Fenaseg - O esquema de desvio de recursos do Detran pela Fenaseg, com pagamentos de serviços que fugiam à aplicação fundamental do dinheiro, em educação para o trânsito e aparelhamento das delegacias de trânsito é enorme. Veja a lista dos contemplados, desde 2003". Segue-se então uma lista parcial de 44 pessoas ou instituições que foram beneficiárias das contratações pela Fenaseg. E se encerra com outras três linhas, que são as seguintes: "A lista de gastos realizados pelo Detran nesse ano de 2003 e os subseqüentes, pagos pela Fenaseg, sem qualquer fiscalização, sem qualquer vinculação com o objetivo para o qual os recursos eram dirigidos, é imensa. Videversus vai publicar os gastos na íntegra, na 2ª feira, para que os gaúchos percebam como o seu dinheiro era gasto nababescamente". Aí está. Teste: a quem Videversus estava se referindo na primeira oração? Fenaseg, ora bolas. Videversus dizia que desvio de dinheiro público, do Detran-RS, era desviado por "quem"? Pela Fenaseg, ora bolas. Será precisa desenhar para que isso seja entendido? Em nenhum momento o editor de Videversus, jornalista Vitor Vieira, afirmou que a psicóloga Marilu Silveira Goulart tenha promovido desvio de recursos públicos. Agora, é notório, em documentos públicos, constantes da CPI do Detran, que ela foi "beneficiária" de recursos que a Fenaseg desviou do Detran-RS. Isso é inescapável, e não é o editor de Videversus, jornalista Vitor Vieira, que atribui isso à psicóloga Marilu Silveira Goulart. Dizem o advogado e a psicóloga na "notificação" por e-mail: "...notícia injuriosa e difamatória envolvendo o nome da ora notificante... Para melhor esclarecer, lembra-se que no referido site consta o nome da ora notificante numa lista de pessoas que teriam sido beneficiadas com desvios de recursos da Fenaseg". Ora, não há como negar este fato. Sim, ela foi beneficiária de recursos que foram desviados pela Fenaseg do Detran-RS. Em face disso tudo, o jornalista Vitor Vieira, editor de Videversus, comunica à psicóloga Marilu Silveira Goulart, e a seu advogado, Moisés de O. Matusiak, que não retirará a matéria do ar, reafirmando o conteúdo da mesma, que foi produzida a partir de documentos públicos.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Fernando Pimentel é o primeiro petista da cota pessoal de Dilma para seu ministério

Depois de ceder às pressões e indicações do presidente Lula para a área econômica e para o núcleo central de poder instalado no Palácio do Planalto, a presidente eleita, a petista Dilma Rousseff, mulher marionete de Lula, fez sua primeira escolha pessoal para o primeiro escalão do governo: decidiu levar para o governo o seu amigo Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte. Fernando Pimentel fez uma administração cheia de ilegalidades na prefeitura de Belo Horizonte. Um dos casos típicos foi o da licitação do lixo da cidade. Ele deverá assumir o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Por enquanto, ele é o único integrante do PT mineiro com vaga garantida no Ministério, embora a pressão do diretório seja grande pelo retorno de Patrus Ananias ao comando do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família. Inicialmente, Dilma cogitou escolher um empresário para comandar o ministério. Alguns foram sondados, mas não manifestaram interesse. Fernando Pimentel se envolveu com o grupo que estava comprando dossiês no inicio da campanha de Dilma.

Empresa norte-americana anuncia aquisição de cafeeira brasileira e deve deter 50% do mercado

A empresa norte-americana Sara Lee Corp anunciou nesta segunda-feira que vai comprar os negócios de café da empresa Damasco no Brasil. O valor da aquisição é estimado em US$ 60 milhões, correspondente às vendas da Damasco em 2009. A Sara Lee é dona de algumas das principais marcas de café no Brasil, como Café Pilão, Café do Ponto e Caboclo, líderes no varejo em São Paulo e no Rio Janeiro. A companhia norte-americana acrescentou que o negócio deverá ser concluído em 30 de novembro e dependerá da aprovação de orgãos reguladores brasileiros, já que ela já é líder em processamento no País. A Café Damasco é lider de mercado no Paraná, com as marcas Negresco e Bom Taí, além da própria marca Damasco, e a sétima maior indústria de café do Brasil dentre as associadas à Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café). Em 2009, as vendas totais da companhia se aproximaram de R$ 100 milhões. "A aquisição da Café Damasco vai criar uma boa base para a Sara Lee no território brasileiro, dada a forte posição de mercado da Damasco e a rede de distribuição na região sul", disse Frank van Oers, diretor-executivo da Sara Lee. Ele disse ainda que a transação também promoverá sinergias nas operações de São Paulo, além de melhorar a posição competitiva da empresa no nordeste graças às excelentes instalações da Damasco na região. "Com as nossas atuais marcas, nós já temos uma posição de mercado relevante em São Paulo e no Rio de Janeiro, os quais equivalem a praticamente metade do mercado de café brasileiro", acrescentou o executivo em comunicado. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. Em outubro deste ano, o país exportou 3,11 milhões de sacas de 60 quilos, uma alta de 21% na comparação anual, segundo informações do Conselho de Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Além disso, o país é o segundo maior consumidor mundial, atrás apenas dos Estados Unidos. O anúncio da Sara Lee vem apenas duas semanas após o presidente executivo interino da empresa, Marcel Smits, ter dito que estava pretendento realizar um movimento no mercado brasileiro. Os maiores processadores de café no Brasil são os seguintes: 1- SP Sara Lee Cafés do Brasil; 2 - CE Santa Clara Ind. e Comércio de Alimentos; 3 - SP Melitta do Brasil Indústria e Comércio; 4 - SE Indústrias Alimentícias Maratá; 5 - SP Cia. Cacique de Café Solúvel; 6 - SP Mitsui Alimentos; 7 - PR Café Damasco; 8 - MG Café Bom Dia; 9 - PB São Braz S/A Indústria e Comércio de Alimentos; 10 - MA Produtos Alimentícios Ribamar Cunha.

Petrobras pode usar braço holandês para criar empresa de sondas

A Petrobras está avaliando a criação de uma holding para administrar a operação das 28 sondas que serão encomendadas nos próximos anos para atender a intensa campanha exploratória nos gigantes reservatórios do pré-sal da bacia de Santos. Para agilizar a sua criação, deverá usar uma subsidiária da Petrobras Netherlands B.V. (PNBV). "Estamos estudando a possibilidade de construir uma holding que terá investidores, e os investidores entram com o capital. Embaixo dela terá subsidiárias que serão proprietárias das sondas e admitirão participação de operadores", disse nesta segunda-feira o diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa. Em um procedimento inédito na companhia, uma subsidiária já existente, ligada à PNBV, deverá agregar empresas interessadas em adquirir as sondas para a estatal brasileira e operá-las, reduzindo a necessidade de capital da Petrobras. "Os investidores podem se tornar sócios da subsidiária e como sócios podem operar, fazer os poços que nós precisamos que sejam feitos", disse Barbassa. Entre os investidores poderiam estar fundos de pensão, empresas e operadoras do setor.

Documentos revelados pelo WikiLeaks dizem que China já se mostra disposta a abandonar a Coréia do Norte

O jornal britânico "The Guardian" divulgou nesta segunda-feira mais uma rodada dos mais de 250 mil documentos diplomáticos secretos dos Estados Unidos. Os telegramas alegam que a China já sinalizou que está pronta para aceitar a reunificação coreana e está, de maneira privada, se afastando do regime comunista da Coréia do Norte. Os documentos dizem ainda que autoridades chinesas descrevem a Coréia do Norte como "uma criança mimada". O gigante asiático é o principal e um dos únicos aliados da Coréia do Norte. Pequim tem sido pressionado pelos Estados Unidos a tomar uma atitude e tentar conter os atos provocativos da Coréia do Norte, em especial após o ataque do país a uma ilha na vizinha Coréia do Sul, que deixou quatro mortos. Segundo o "Guardian", um dos cinco jornais que obtiveram acesso com antecedência aos documentos diplomáticos, revelam que a frustração de Pequim com Pyongyang cresceu desde o teste de mísseis e teste nuclear no ano passado. O país se preocupa com o impacto econômico da instabilidade do regime na região e de que a morte do ditador Kim Jong-il poderia criar uma disputa sucessória. O vice-chanceler sul-coreano afirma, em um dos documentos, que ouviu de dois oficias seniores chineses que a península Coreana deveria ser reunificada sob controle de Seul e que tal visão ganha força entre "uma nova e mais jovem geração de líderes chineses". Mas, ressalva, se Seul for retomar o controle de toda a península pela primeira vez desde o fim da Segunda Guerra, a China quer igual oportunidades. A Coréia do Sul, ainda segundo os documentos, já está planejando garantir às companhias chinesas amplas oportunidades comerciais na parte norte da península, rica em minérios.

Cineasta italiano Mario Monicelli suicida-se aos 95 anos

O cineasta italiano Mario Monicelli, que morreu nesta segunda-feira em Roma, aos 95 anos, era considerado um dos mestres da comédia à italiana, gênero que o elevou à celebridade. Mario Monicelli suicidou-se, atirando-se da janela do hospital San Giovanni de Roma, onde estava internado. Entre suas obras-primas, deixa para a posteridade filmes como "O Exército de Brancaleone", "Quinteto Irreverente", "Meus Caros Amigos" e outras muitas produções. Em "Meus Caros Amigos", encontramos o ator francês Philippe Noiret como um jornalista florentino, partindo para a realização de golpes com seus companheiros quinquagenários, entre eles Ugo Tognazzi, Adolfo Celi, Gastoni Moschin e Duilio del Prete, seguindo-se "O Quinteto Irreverente", a história do enterro do mesmo jornalista, um de seus melhores filmes. Mario nasceu em 15 de maio de 1915, em Viareggio, na Toscana, onde passou toda a infância. "I soliti ignoti", Os Eternos Desconhecidos, de 1958, apresenta um elenco especial, composto por Vittorio Gassman, Marcello Mastroianni, Totò e Claudia Cardinale, sendo considerado o primeiro filme do filão da "commedia all'italiana". Em 1959, seu filme "A Grande Guerra" ganhou o Leão de Ouro do Festival Internacional de Cinema de Veneza, rendendo ainda sua primeira indicação ao Oscar. A segunda viria em 1963, com "I compagni". A partir de 1934, com menos de 20 anos, estreou dois curtas-metragens com seu amigo Alberto Mondadori: "Cuore rivelatore" e "I ragazzi della via Paal". Este último foi destaque na Mostra de Veneza, criada dois anos antes. Até o final de 1940, colaborou em cerca de 40 filmes, às vezes como roteirista, outras como diretor-assistente. A partir de 1953, Monicelli lançou-se sozinho na direção, tornando-se um mestre de um gênero de comédia que colocava em cena problemas da sociedade da época, em plena evolução. Trabalhou com os maiores atores da Itália, de Totò, Aldo Fabrizi, Vittorio De Sica, a Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Vittorio Gassman, Ugo Tognazzi, Anna Magnani, Alberto Sordi, Nino Manfredi, Paolo Villaggio, Monica Vitti, Enrico Montesano, Giancarlo Giannini, Philippe Noiret, Giuliano Gemma, Stefania Sandrelli, Gian Maria Volonté e Leonardo Pieraccioni. Monicelli, que também produziu para o teatro e a televisão, assinou 65 filmes.

De Sanctis diz que vai manter independência como desembargador

O juiz federal Fausto Martin De Sanctis comemorou a promoção a desembargador e afirmou que vai manter a independência no cargo. Aliás, poderia se imaginar um juiz de Direito que não mantivesse a independência prevista na Constituição para o seu cargo? Juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, De Sanctis foi promovido pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região na tarde desta segunda-feira. Com a mudança de cargo, ele deixará de conduzir processos e inquéritos relativos à Operação Satiagraha da Polícia Federal. "O meu sentimento agora é de felicidade. Vou cumprir essa nova fase de vida da mesma maneira que cumpri esta etapa que está se encerrando. Vou para atuar com independência e honrar o cargo público que passarei a ocupar", disse ele. Indagado sobre o fato de ser obrigado a deixar casos importantes, como a Satiagraha, o juiz declarou que agora é preciso pensar na nova fase de trabalho: "Todo processo que chega a um magistrado deve ser considerado por ele como o caso mais importante. Aqui na 6ª vara Criminal Federal tive casos que repercutiram nacionalmente, mas meu objetivo é fazer o melhor em qualquer lugar que eu esteja. A meta do magistrado não deve ser fazer algo para que tenha repercussão. Mas, se isso ocorrer, que faça parte do interesse da população, e não do interesse pessoal do magistrado". Há 19 anos como juiz federal, De Sanctis teve a oportunidade de virar desembargador em 2008. Na ocasião, contudo, abriu mão da promoção e não se inscreveu para o concurso.

Arrecadação cresce, mas governo Lula não quer corrigir tabela do Imposto de Renda

Se depender da Receita Federal, não será corrigida a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física para 2011. No ano passado a correção foi de 4,5%. O governo Lula ignora solenemente as reclamações dos contribuintes. E isto que a arrecadação sobre ganhos do trabalho avançou 10% acima da inflação em outubro sobre outubro de 2009. A batalha contra a recriação da CPMF ganhou volume no Rio Grande do Sul desde que a OAB assumiu a liderança da oposição ao tributo.

Não adianta ameaça

O editor de Videversus, jornalista Vitor Vieira, recebe eventualmente algumas ameaças, enviadas de maneira anônima sob a forma de comentários para o blog, localizado no endereço http://poncheverde.blogspot.com . Como um dos cuidados editoriais, todos os comentários são moderados, passam antes pela avaliação do editor. No geral, os comentários anônimos são rejeitados porque não passam de covardia. Em plena ditadura militar, nos dias em que a repressão da Operação Bandeirantes (Oban), em São Paulo, estava matando pessoas como o jornalista Vladimir Herzog e o operário Manoel Fiel Filho, sob tortura nas masmorras da delegacia da rua Tutóia, este jornalista estava na oposição, ajudando seu colega, amigo e cunhado Marcos Faerman a editar o jornal Versus, nascido para as bancas no dia 10 de novembro de 1975. Assim sendo, não serão ameaças vulgares de gente desqualificada, digna da atenção de artigos do Código Penal, que irão agora ter alguma eficácia.

Interditado o Hospital Petrópolis de Porto Alegre

A Secretaria Municipal da Saúde da prefeitura de Porto Alegre decidiu suspender nesta segunda-feira o atendimento no Hospital Petrópolis (rua Lucas de Oliveira, 2040) de todos os convênios, aí incluindo os atendimentos pelo SUS. A decisão foi tomada após fiscalização feita pela Coordenação Geral da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde, em conjunto com o Ministério Público Estadual, Conselho Regional de Medicina (Cremers) e Delegacia do Consumidor (Decon). Foram interditadas as áreas do bloco cirúrgico, central de material de esterilização e a emergência. No bloco, foram encontradas paredes com infiltrações, caixa de perfuro cortante no chão, seringa com produto preso em mural sem identificações, entre outras. Na Central de Esterilização, teste microbiológico externo com validade vencida, instrumental cirúrgico de oftalmologia sendo esterilizado sem embalagem, ausência de lavatório e kit de higienização das mãos. Com a interdição da central de materiais, também foi suspenso o atendimento na emergência. A equipe de fiscalização da Vigilância em Saúde apontou que, em comparação com o relatório de 2009, várias das irregularidades identificadas na ocasião se mantiveram. A vistoria identificou irregularidades com grande possibilidade de causar danos a saúde dos usuários, tais como: medicações vencidas junto a medicações em uso, central de esterilização com rotinas inadequadas, ausência de embalagem em material reprocessado em autoclave. Também foi constatado que as lentes e medicamentos não são armazenados em uma área exclusiva, sem controle de temperatura, umidade e rastreabilidade, além de não possuir farmácia, entre outros procedimentos irregulares. Todas as consultas oftalmológicas realizadas no Hospital Petrópolis serão absorvidas por outros quatro prestadores do serviço: Banco de Olhos, Hospitais de Clínicas, Santa Casa e Conceição. A situação da saúde pública no Rio Grande do Sul está uma verdadeira calamidade.

Juliana Brizola pode ser atingida por terremoto político.

A vereadora Juliana Brizola, do PDT de Porto Alegre, recém eleita deputada estdual, está no centro de um terremoto  político envolvendo a Secretaria Municipal da Juventude da prefeitura da capital gaúcha, da qual ela foi titular, até passar o cargo para seu marido, para pode concorrer a vereadora. O Ministério Público do Rio Grande do Sul ainda está silencioso sobre o caso, mas os rumores já correm velozmente no Estado.

Osmar Terra diz que PMDB gaúcho moverá oposição vigorosa a Tarso Genro

O deputado federal Osmar Terra disse nesta segunda-feira que o PMDB do Rio Grande do Sul deverá sustentar uma oposição "vigorosa" ao governo do peremptório petista Tarso Genro. Esse parece ser o desejo do secretário, mas contraria a história recente do partido no Estado, que se emasculou e se tornou agora não mais do que apêndice do PT. Os grandes artífices dessa demolição foram o candidato derrotado José Fogaça, com suas vacilações e "neutralidade" no primeiro turno das eleições presidenciais, e o presidente do partido, senador Pedro Simon, que nunca escondeu seu fascínio histórico pelo PT.

ANP adia para 2011 decisão sobre BP e Devon no Brasil

A decisão da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) sobre se aprova a compra de ativos da Devon no Brasil pela BP só deverá sair em 2011, afirmou nesta segunda-feira o diretor-geral da agência, Haroldo Lima. De acordo com Haroldo Lima, a empresa ainda precisa encaminhar informações requisitadas pela ANP envolvendo o grave acidente com vazamento de petróleo no golfo do México, além de outros dados relacionados à estratégia da companhia para operar no Brasil. A BP não tem nenhum bloco de concessão no Brasil e no início deste ano anunciou que chegou a um acordo com a norte-americana Devon para a compra de blocos no Brasil por US$ 7 bilhões, a maior parte situados na bacia de Campos. A companhia britânica busca superar o desgaste financeiro e de imagem após o maior desastre na história da exploração de petróleo nos Estados Unidos, em abril, quando a plataforma Deepwater Horizon explodiu, matando 11 operários e provocando um vazamento de centenas de milhões de litros de petróleo no mar ao longo de quase três meses.

OAB consegue liminar contra obrigação de procuração pública para advogados e cidadãos

A Justiça Federal de Brasília concedeu liminar em mandado de segurança coletivo impetrado pelo Conselho Federal da OAB, suspendendo  a necessidade de procuração por instrumento público para a constituição de advogados que atuam perante a Receita Federal e aos órgãos fazendários. A exigência foi gerada pela Medida Provisória 507, conhecida como MP da quebra do sigilo fiscal. O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, afirmou que a liminar “representa uma  decisão que resgata a cidadania junto ao Fisco, pois é fundamental que o Estado sirva ao cidadão e não que crie obstáculos, impedindo que as pessoas possam defender seus direitos”. A exigência suspensa pela liminar constava do artigo 7º e do parágrafo único do artigo 8º da Portaria da Receita nº 1.870/10. A portaria regulamentou a MP 507, editada após denúncias de violações de sigilo fiscal durante a campanha presidencial, e foi atacada  no mandado de segurança da OAB como “claramente ilegal ao não excepcionalizar os advogados”. A liminar foi deferida pelo juiz federal titular João Luiz de Sousa, da Seção Judiciária do Distrito Federal.

Gastos com segurança no governo do Rio caem pela metade

O governo do Rio de Janeiro gasta com segurança pública o equivalente a 7,8% de todas as despesas governamentais na unidade federativa. Há 10 anos, em 2001, essa proporção era de 13,6%. Isso significa que, mesmo com o aumento da arrecadação no estado e com a ampliação dos recursos para ações de segurança, diminuiu quase pela metade a proporção de gastos com ações voltadas para a proteção dos fluminenses. Até agosto deste ano, o governo do Rio investiu R$ 2,3 bilhões na área, ou 7,8% de todos os gastos. Foram R$ 3,2 bilhões em todo o ano passado. Em 2001, os gastos somaram R$ 2,4 bilhões (13,6% do total). O Estado do Rio de Janeiro passou a depender mais dos repasses da União para ações de segurança pública, mesmo sendo essa uma responsabilidade prioritariamente estadual. Os repasses ficaram maiores a partir de 2008, como mostram dados do Portal da Transparência.

Rede britânica reforça denúncia de corrupção contra Ricardo Teixeira

No mesmo dia em que o jornal suíço "Tages-Anzeiger" publicou reportagem citando o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, nesta segunda-feira, como uma das pessoas vinculadas a uma lista secreta de pagamentos de uma empresa "fantasma" associada à Fifa, a rede britânica BBC exibe um programa, chamado 'Panorama', engrossando denúncia. De acordo com a emissora, Teixeira, que também é o responsável pela organização da Copa-2014; o presidente da CAF (Confederação Africana de Futebol), Issa Hayatou; e o presidente da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), Nicolas Leoz, receberam suborno da empresa de marketing esportivo ISL, que possuía direitos exclusivos da Copa do Mundo e contratos milionários de transmissão, entre os anos de 1989 e 1999. A empresa terminou falindo em 2001. As propinas apareceram em um documento confidencial listando 175 pagamentos no total de US$ 100 milhões (cerca de R$ 172 mi). A denúncia é reforçada por Roland Buechel, ex-diretor da ISL. Alguns detalhes da história emergiram em 2008, quando seis dirigentes da empresa foram acusados de desvio de dinheiro. Teixeira, Leoz e Hayatou integram o grupo de 22 dirigentes do Comitê Executivo da Fifa que escolherão na próxima quinta-feira as sedes dos Mundiais de 2018 e de 2022. As acusações do "Tages-Anzeiger" se somam, entre outras, às denúncias que deixaram o taitiano Reynald Temarii e o nigeriano Amos Adamu de fora da votação do dia 2 de dezembro. Inglaterra, Rússia e as candidaturas conjuntas Espanha-Portugal e Holanda-Bélgica disputam a organização da Copa de 2018, enquanto Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, Japão e Qatar desejam organizar o Mundial de 2022. Mesmo com essa história, e todas essas acusações, Ricardo Teixeira é indicado para a presidência da Fifa. Talvez seja por isso mesmo. A ISL atuou no Brasil e deixou um rastro de situações inexplicáveis. Foi responsável pela quase falência do Grêmio, de Porto Alegre.

WikiLeaks revela que Polícia Federal "monitorou" terroristas islâmicos no Brasil

Autoridades brasileiras "monitoraram" a presença de terroristas islâmicos sunitas no País nos últimos anos, chegando a deter, em 2007, um terrorista no Estado de Santa Catarina, conforme foi revelado por um dos telegramas da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília aos Estados Unidos, divulgado pelo website WikiLeaks. O site divulgou no domingo mais de 250 mil documentos classificados do governo americano de contatos diplomáticos com o Departamento de Estado, no mundo inteiro. "Policiais brasileiros monitoram ativamente a presença de vários supostos extremistas sunitas, com possíveis laços com grupos terroristas fora do país, os quais podem ser capazes de prestar apoio logístico - através do financiamento, esconderijos, documentos falsos - para ataques terroristas na região ou mais além", diz o trecho de um telegrama da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. "Em 2007, a Polícia Federal do Brasil deteve um potencial extremista sunita, operando principalmente no Estado de Santa Catarina, por ele não ter declarado quanto dinheiro tinha quando entrou no país, e está em processo de deportá-lo. Também em 2007, a Polícia Federal brasileira estourou uma rede de falsificação de documentos no Rio de Janeiro, que estava fornecendo documentos falsificados a não brasileiros, entre eles suspeitos do tráfico internacional de drogas", diz o telegrama, revelando a prisão do terrorista - cujos nome e nacionalidade não foram divulgados. Essa é a polícia política do PT, comandada pelo peremptório Tarso Genro, o protetor de terrorista, como o italiano Cesare Battisti, que escondia da população brasileira essas ameaças.

Miriam Belchior informa que Dilma Rousseff estuda privatização da Infraero

A ministra indicada para o Ministério do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta segunda-feira, em entrevista na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que o governo de Dilma Rousseff deve privatizar a Infraero. Durante a campanha eleitoral, Dilma declarou que pretendia adotar tal medida se vencesse a disputa: "É viável. A presidente eleita está avaliando este assunto com cuidado, pela importância que ele tem". Miriam Belchior ratificou ainda que a proposta do governo petista para o aumento do salário mínimo continua em R$ 540,00, ao contrário da proposta das centrais sindicais pelêgas, que solicitam aumento de R$ 510,00 para R$ 580,00.

IBGE aponta que população cresce mais devagar e atinge 190,7 milhões de pessoas

A população brasileira diminuiu ritmo de crescimento nesta década. Dados do Censo 2010, divulgados nesta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que a população do País em 2010 é de 190.732.694 pessoas, o que mostra um aumento de 12,3% em relação ao censo realizado em 2000. De lá para cá houve acréscimo de 20.933.524 pessoas na população brasileira. Na década anterior, entre 1991 e 2000, o crescimento havia sido de 15,6%. O censo mostra também que 84,35% da população brasileira, ou 160,9 milhões de pessoas, vivem atualmente em áreas urbanas, enquanto que, em 2000, o porcentual era 81,25%. Ainda de acordo com o IBGE, o destaque de crescimento populacional nesta década ficou com Amapá, cuja população aumentou 40,18% na década até 2010, para 668,7 mil pessoas, em relação a 2000. E também com Roraima, cuja população, de 451,2 mil pessoas em 2010, representou aumento de 39,1% em relação a 2000.

Israel aprova construção de novos apartamentos em Jerusalém Oriental

Israel deu a aprovação preliminar nesta segunda-feira para a construção de 130 novos apartamentos em Jerusalém Oriental, o setor árabe da cidade e área que os palestinos reivindicam para capital de seu futuro Estado. Jerusalém é a capital de Israel. A decisão das autoridades municipais ocorre em meio ao impasse nas negociações entre israelenses e palestinos, justamente sobre as construções nos assentamentos de colonos judeus na Cisjordânia e na parte árabe de Jerusalém. O porta-voz da prefeitura, Elie Isaacson, disse que novas construções foram aprovadas para Gilo, um bairro judaico em Jerusalém Oriental. O projeto, que adaptará a construção de um hotel para um complexo de apartamentos, ainda precisa da aprovação do Ministério do Interior para prosseguir.

Seminário em Porto Alegre debate Aplicabilidade da Lei Maria da Penha

Na tarde desta segunda-feira o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati participou da abertura do seminário "Em Foco - Aplicabilidade da Lei Maria da Penha". O evento abriu a "Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres". A iniciativa aborda as responsabilidades da sociedade e dos governos no reconhecimento, prevenção e erradicação de todas as formas de violência contra as mulheres. Fortunati destacou que a Lei Maria da Penha é uma representação da luta pela igualdade social e direitos humanos. "O debate deve envolver as três esferas de poder e demais instituições, com intuito de continuarmos avançando cada vez mais no desenvolvimento de políticas publicas voltadas ao combate à violência contra as mulheres", assinalou o prefeito. A prefeitura de Porto Alegre, por intermédio da Coordenação Municipal da Mulher, promove anualmente o calendário dos "16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres", para sensibilizar a sociedade sobre a importância do tema. Na elaboração do calendário estão envolvidas diversas secretarias municipais. O curioso é que o prefeito tem em seu secretariado político que responde a processo pela Lei Maria da Penha, também conhecido no Ministério Público e nas camadas populares como "Lei Maria da Lenha". O tal político baixou a lenha na mulher.

Dono da Dassault tem documentos secretos roubados

O senador francês Serge Dassault, que controla o grupo aeronáutico que produz o avião de caça Rafale, teve roubado na noite da última sexta-feira um computador contendo documentos confidenciais sobre Defesa, informou uma pessoa próxima ao senador, Jean-Pierre Bechter, confirmando notícia divulgada pelo jornal Le Parisien. O laptop estava dentro de uma bolsa que foi roubada do carro de Serge Dassault, quando o veículo estava no estacionamento de uma igreja em Corbeil-Essonnes (sul de Paris), cidade onde o industrial foi prefeito por 13 anos. A sacola continha também o relatório orçamentário do Senado francês, explicou. Segundo fontes próximas à investigação, a bolsa estava evidentemente visível do lado de fora do carro. Nenhum elemento permite afirmar se foi um simples roubo ou se havia relação com seu cargo. Esse incidente ocorre depois de dois veículos terem sido incendiados em frente à propriedade de Dassault e a uma semana das eleições nessa cidade, onde a votação anterior foi anulada por falhas no procedimento. O senador pertence ao partido direitista UMP, do presidente Nicolas Sarkozy. O senador, de 85 anos, dirige o grupo que leva o seu nome e foi fundado por seu pai Marcel Dassault. Ele é proprietário também do jornal nacional Le Figaro. Este aliado de Nicolas Sarkozy foi recentemente reeleito vice-presidente da Comissão de Finanças do Senado. Os Rafale são considerados os favoritos para vencer uma bilionária concorrência aberta pelo governo brasileiro para a compra de aviões de guerra. Os jatos franceses concorrem com os americanos Super Hornet e os suecos Gripen.

Governo prorroga desoneração de IPI para construção

O governo Lula prorrogou por mais um ano a desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para 45 itens de materiais de construção, conforme anúncio feito pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, nesta segunda-feira. "O governo vai continuar promovendo políticas de estímulo ao setor de construção. Esse é um compromisso que estamos aqui firmando. Queria aproveitar a oportunidade para dizer que nós vamos prorrogar a desoneração de IPI", disse Mantega durante evento com entidades do setor de construção civil na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp). Segundo ele, as medidas entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2011: "Os produtos que já estão desonerados continuarão. Nós estamos fazendo por mais um ano essa prorrogação".

Já chega a 64 o total de vôos cancelados pela TAM

Já chega a pelo menos 64 o número de vôos cancelados nesta segunda-feira pela TAM, segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Dos 465 vôos nacionais da empresa programados até as 14 horas, 95 (20,4%) registravam atrasos superiores a 30 minutos. Entre os internacionais, 10 dos 23 vôos também estavam atrasados. A Infraero informou que, no total, 103 vôos domésticos já foram cancelados nesta segunda-feira e 175 sofreram atrasos. Em nota, a TAM informou que, em decorrência de remanejamentos na malha aérea, vôos registraram atrasos e cancelamentos acima da média em vários trechos nacionais programados entre domingo e esta segunda-feira. Segundo a companhia, a chuva de quinta-feira à noite e madrugada de sexta-feira foi responsável pela alteração na malha. Quer dizer que qualquer chuvinha em algum ponto do País pára todo o sistema de tráfego aéreo? Estão brincando com os brasileiros.

Obama propõe congelar salários de servidores públicos dos Estados Unidos por dois anos

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama ("O Cara", aquele dizia "Sim, nós podemos"), propôs um congelamento dos salários de todos os servidores públicos federais civis do país por dois anos. A medida, que depende de aprovação pelo Congresso, afetaria cerca de 2 milhões de funcionários nos anos de 2011 e 2012. De acordo com o vice-diretor de Orçamento da Casa Branca, Jeffrey Zients, o congelamento implicaria uma redução da base salarial que permitiria ao governo economizar US$ 28 bilhões em cinco anos e mais de US$ 60 bilhões em dez anos. "É claro que essa é uma decisão difícil. O presidente está, claramente, pedindo que eles façam um sacrifício", disse Zients. Os servidores civis do governo federal dos Estados Unidos têm um reajuste salarial de 1,4% previsto para 2011.

Superávit primário do governo central cai a R$7,7 bilhões

O governo central registrou superávit primário de 7,715 bilhões de reais em outubro, bem abaixo do saldo positivo de 11,235 bilhões de reais alcançado no mesmo período do ano passado, informou o Tesouro Nacional nesta segunda-feira. No ano, no entanto, o superávit acumulado está bem acima do registrado em 2009, por conta dos 31,9 bilhões de reais faturados em setembro pela União em recursos primários com a operação de capitalização da Petrobras (isso foi uma operação contábil, operação triangular, para maquiar as contas públicas). O superávit acumulado de janeiro a outubro somou 63,383 bilhões de reais, o equivalente a 2,19% do PIB. No mesmo período do ano passado, o governo central estava superavitário em 1,05% do PIB. O governo central compreende Tesouro, Previdência e Banco Central.

Lula diz que Brasil vai atingir metas do milênio até 2015

O presidente Lula disse nesta segunda-feira hoje que o Brasil vai atingir todas as metas do milênio até 2015 sob o comando da presidente eleita, Dilma Rousseff. "Dilma é a pessoa que tem afinidade, compromisso de levar adiante uma política que permita que a gente chegue em 2015 já atingindo todas as metas do milênio", discursou Lula, durante o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar 2010. "O Brasil está bem, as empresas brasileiras estão bem, os pobres ficaram menos pobres, a classe média alta está crescendo, acho que todos ganharam nesses últimos anos e há a perspectiva de que todos continuem ganhando", completou. Entre as metas do milênio estão a erradicação da fome, a universalização do ensino básico e a redução da mortalidade na infância.

PPS expulsa prefeito do partido em São Paulo por apoiar Dilma

Em reunião do Diretório Nacional, realizada no fim de semana, o PPS expulsou do partido o prefeito de Jaguariúna (SP), Gustavo Reis, por infidelidade partidária. Gustavo Reis, contrariando o partido, manifestou em maio apoio à então candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT). O PPS apoiou o adversário de Dilma, José Serra (PSDB). O PPS anunciou que, a partir da expulsão de Gustavo Rossi, vai promover um amplo processo de reestruturação da legenda. Para isso, aprovou resolução no último final de semana que estabelece todos os passos do processo contra os militantes que desrespeitaram o Estatuto e feriram a questão da fidelidade partidária. "Além das punições individuais, diretórios do PPS considerados infieis poderão ser dissolvidos em todos os Estados e no Distrito Federal", afirma o texto do comunicado.

Obras inéditas de Picasso são encontradas na França

Um eletricista francês aposentado e sua mulher apresentaram 271 obras nunca antes vistas nem documentadas de Pablo Picasso, com um valor estimado em pelo menos 60 milhões de euros (US$ 79,35 milhões), informou nesta segunda-feira um administrador do patrimônio do artista espanhol. O casal manteve durante anos escondido o assombroso tesouro em sua garagem na Riviera francesa, informou o advogado da Administração de Picasso, Jean-Jacques Neuer. A coleção data do período mais criativo do artista, de 1900 a 1932, e inclui litografias, retratos, aquarelas e esboços, além de nove colagens cubistas estimadas em US$ 40 milhões. Pierre Le Guennec, um eletricista aposentado de 71 anos que já trabalhou para Picasso, e sua mulher, mostraram a Claude, filho de Picasso, e a outros administradores do patrimônio, em Paris, muitos desses trabalhos, em setembro. Eles buscavam um certificado de autenticidade, segundo o advogado. Pouco após a reunião, Neuer apresentou um processo em nome dos herdeiros por receptação ilegal das obras. A polícia investiga como Le Guennec e sua companheira conseguiram o material. O casal diz que o próprio Picasso e sua mulher, Jacqueline, deram o conjunto, segundo um policial. Claude Picasso disse que seu pai era conhecido por sua generosidade, mas sempre dedicava, datava e assinava seus presentes, pois sabia que alguns dos presenteados tentariam vender o material algum dia. "Presentear uma quantidade como esta, isso é inaudito. Não tem sentido", disse Claude Picasso: "Isso era parte de sua vida". Para alguns, a descoberta das obras do mais renomado artista do século XX é comparável a abrir uma cápsula de tempo, ou à recente descoberta e publicação de uma autobiografia de Mark Twain, que esteve embargada durante um século.

Após convite de Dilma, Jobim aceita permanecer como ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Nelson Jobim (PMDB), vai permanecer no cargo no governo de Dilma Rousseff. O convite foi feito pela presidente eleita e aceito horas antes de Jobim aparecer em rede nacional chancelando o apoio das Forças Armadas no combate ao crime no Rio de Janeiro. Interlocutores de Dilma informaram que a conversa entre os dois foi “longa e boa”. Jobim já havia sido sondado para permanecer no cargo pelo deputado Antonio Palocci (PT-SP), um dos coordenadores da equipe de transição. Jobim havia questionado quais seriam as condições da permanência. Palocci foi evasivo. Coube a Dilma refazer o convite na sexta-feira.

domingo, 28 de novembro de 2010

WikiLeaks revela espionagem dos Estados Unidos sobre a ONU e segredos do Irã

O site WikiLeaks divulgou neste domingo mais de 250 mil documentos diplomáticos secretos dos Estados Unidos enviados para mais de 250 embaixadas e consulados americanos em todo o mundo, revelando iniciativas e bastidores polêmicos sobre a política externa de Washington. Os documentos, divulgados pelos jornais The New York Times (EUA), The Guardian (Reino Unido), Le Monde (França), El País (Espanha) e pela revista Der Spiegel (Alemanha), fazem parte do maior vazamento de material diplomático da história e colocam Washington em uma situação delicada. O material revela ordens de espionagem sobre membros da ONU (hoje em dia uma instituição refém do terrorismo islâmico e da esquerda mundial) por parte do Departamento de Estado americano e informações sobre o programa de mísseis do Irã. Os papéis mostram que a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, mandou diplomatas espionarem a liderança da ONU. Entre os alvos estão o secretário-geral da entidade, Ban Ki-moon, e representantes de Reino Unido, França, China e Rússia, países com assento permanente do Conselho de Segurança. Segundo os documentos vazados pelo WikiLeaks, Hillary ordenou que especialistas elaborassem relatórios com detalhes sobre os sistemas de comunicação utilizados pelos principais diplomatas da ONU, incluindo senhas e códigos de segurança usados em redes privadas e comerciais para as contatos oficiais da entidade. Os documentos afirmam que as principais agências de inteligência dos EUA estão envolvidas na espionagem sobre a ONU. O Serviço Secreto dos Estados Unidos, o FBI e a CIA foram acionados pelo Departamento de Estado para "serviços de coleta de informações". Outro ponto citados no documentos são os repetidos pedidos do rei Abdullah, da Arábia Saudita, às lideranças americanas para que atacassem o Irã para acabar com o programa nuclear da república fascista islâmica. Os documentos revelam que vários países árabes pressionaram os Estados Unidos para um ataque contra as instalações nucleares iranianas e expõem os bastidores das tensões sobre o programa de enriquecimento de urânio mantido pelo presidente Mahmoud Ahmadinejad. O WikiLeaks também revelou que o Irã obteve acesso a um sofisticado sistema de mísseis capaz de atingir o oeste da Europa graças à ajuda da Coréia do Norte. Os foguetes são muito mais poderosos do que qualquer arma publicamente conhecida do arsenal iraniano. Os mísseis, baseados no design do foguete russo R-27, dão ao Irã a capacidade de atacar capitais no oeste europeu ou cidades russas. Desde 2006 especula-se que a Coréia do Norte poderia vender ao Irã os armamentos. A versão coreana do míssil, conhecido como BM-25, pode levar material nuclear explosivo. Embora os especialistas acreditem que o Irã ainda não tenha tecnologia o suficiente para produzir material nuclear com finalidades bélicas, especula-se que esse seja o objetivo do programa atômico iraniano. O material vazado revela que diplomatas americanos pressionaram outros países para receber os detidos da prisão em Cuba, e para isso estabeleceram "negociações". Para a Eslovênia, por exemplo, disseram que as lideranças do país só receberiam uma visita do presidente Barack Obama se recebessem um prisioneiro. Para a Bélgica, receber um prisioneiro seria uma "via de baixo custo para obter maior proeminência na Europa". Segundo o WikiLeaks, os inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) receberam das autoridades iranianas plantas apenas parciais das obras da usina secreta de Qom. A atitude elevou ainda mais as suspeitas de que o complexo deva ser usado pelo Irã para a produção de armas nucleares. Os documentos revelam que embaixadores da União Européia concordaram em boicotar a posse do fascista islâmico Mahmoud Ahmadinejad como presidente do Irã. Nos documentos, diplomatas americanos descrevem os esforços falhos dos Estados Unidos em prevenir a Síria de fornecer armas para o grupo terrorista Hezbollah, atuante no sul do Líbano, que ampliou seu arsenal significativamente desde a guerra de 2006 com Israel. Uma semana depois de Bashar al-Assad, presidente sírio, prometer não enviar mais armas para os militantes, os Estados Unidos reclamaram que a Síria continuava a armar os rebeldes.

Dilma decide criar pasta para aviação civil

A presidente eleita, Dilma Rousseff, quer remodelar o setor aéreo do País. Ela decidiu criar uma pasta específica para a área, provavelmente com status de ministério. O objetivo é abrir o capital do setor à iniciativa privada e acelerar a construção de aeroportos para a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016. Ou seja, aquela que fez uma campanha eleitoral só acusando o seu adversário de privatista, vai agora promover uma privatização em grande volume. A Secretaria Especial de Aviação Civil cuidará de assuntos e órgãos que hoje estão sob a responsabilidade do Ministério da Defesa. Responderão à nova pasta a Infraero, estatal que administra aeroportos, e a Anac, agência reguladora do setor.

Licitação de R$ 120 milhões de publicidade apresenta indício de fraude no governo Lula

A maior licitação de publicidade deste ano do governo Lula, para escolher as agências que vão cuidar de uma verba anual de R$ 120 milhões do Ministério da Saúde, tem indícios de fraude. As notas atribuídas a 11 das 31 agências que disputavam a concorrência sofreram mudanças no meio do processo que contrariam a lei, de acordo com os advogados Paulo Boselli e Paulo Gomes de Oliveira Filho. Uma mesma agência aparece com uma nota no começo da disputa e recebe uma avaliação maior depois. A assessoria de comunicação da Saúde diz que a divergência de notas é resultado de um erro formal que não altera o resultado da disputa. O processo de licitação durou mais de seis meses.

Cerca de 40 toneladas de maconha foram apreendidas no Alemão

Cerca de 40 toneladas de maconha foram apreendidas durante a operação no Complexo do Alemão neste domingo, segundo balanço parcial da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro. Além da droga, aproximadamente 50 fuzis foram apreendidos e cerca de 20 pessoas foram presas no conjunto de favelas da zona norte da capital fluminense. Conforme a secretaria, o balanço final da operação deve ser concluído apenas em dias 15 devido à grande quantidade de materiais apreendidos que chegam às delegacias para contagem. Ou seja, boa parte dessa droga recolhida nas delegacias em poucas horas estará nas mãos dos drogados, por meio de policiais que são reconhecidos como os "mais probos" do País.

A opinião de Reinaldo Azevedo sobre a farsa da ocupação da favela do Alemão

Como vocês estão cansados de saber a esta altura, a polícia entrou no Complexo do Alemão praticamente sem resistência. Bandido é bandido, mas não é burro. Resistir ao aparato que reúne PM (Bope), PF e Forças Armadas seria suicídio coletivo. Muita droga foi apreendida. Não se sabe ao certo o número de presos até agora, mas não são muitos. Também é pequena a apreensão de armas, dado o arsenal já exibido pelos bandidos. A ocupação não rende um filme de ação, algo como Tropa de Elite 3. Acabou sendo chocha. Melhor assim em certo sentido. Do contrário, haveria muitas mortes: de bandidos, de militares e também de moradores. Depois de cantar o Hino Nacional, o Hino da Proclamação da República, o Hino à Bandeira e o Hino da Independência, a gente pode começar a pensar. Esse desdobramento não é acidental. Desde o cerco ao complexo, as forças de segurança negociam com a bandidagem. O, como é mesmo?, “mediador social” (ou coisa assim) José Júnior, da ONG AfroReggae, foi uma das pessoas que fizeram o meio-de-campo. A “ocupação” só foi decidida depois de um acordo. Ficou estabelecido que as forças de segurança “invadiriam” a área sem resistência. Os bandidos ofereceram a passividade, e o Estado lhes deu o direito de tentar fugir. A região é gigantesca. Bem poucos trazem estampado no corpo a marca “sou bandido”, a exemplo de um tal Leandro Sedano, 20 anos. Ele mandou tatuar três vezes o nome de “Fernandinho Bera Mar” (sic) nos braços; numa das mãos, um folha de maconha; nas costas, a expressão “eu cheiro”. Ou seja: Leandro é um Zé Mané. O tráfico não confiaria a ele um papelote de cocaína para vender - ele cheiraria o pó… A polícia não tem o retrato de todos os traficantes, e ninguém  pode ser preso se estiver em casa, assistindo ao confronto Corinthians X Fluminense… É claro que era preciso ocupar o Complexo do Alemão — aliás, é preciso levar Estado a todas as favelas do Rio. No que concerne à entrada no morro propriamente, o certo é isso que se vem fazendo agora, não o que se vinha fazendo antes. Essa política é, sim, desdobramento da anterior (aquela que não prendia ninguém), mas pelo avesso. As conseqüências negativas da escolha anterior forçaram a ação de emergência — embora esperada há pelo menos 20 anos pelos trabalhadores, que são reféns do narcotráfico, e pelo conjunto dos cariocas, que não suportavam mais ter sua rotina abalada pelos traficantes. Pensando a coisa toda só por suas conseqüências, talvez se possa dizer que há males que vêm para bem — se vierem. O que quero dizer? Feita a ocupação, é preciso fazer o trabalho de investigação para prender os traficantes, O QUE NÃO FOI FEITO ATÉ AGORA NAS 13 FAVELAS PACIFICADAS. Em 11 delas, o tráfico opera normalmente. Mudou a logística, mudou o comportamento dos traficantes, direitos mínimos são garantidos pela Polícia, mas o comércio do bagulho segue normalmente. Soldados do tráfico, tornados desnecessários nas favelas aonde chegaram as UPPs, haviam se deslocado para as favelas nas quais a polícia ainda não está presente. Pedem que, nos meus textos, eu dê tempo ao tempo. Ora, claro que sim! Só estou chamando a atenção para uma evidência: caso se repita no Alemão o que aconteceu nas 13 favelas já “pacificadas”, o tráfico será “civilizado”, e quase ninguém será preso, com uma apreensão de armas pequena, dado o arsenal da bandidagem. E a isso não se pode chamar exatamente “combater” o tráfico. Fala-se na apreensão de até 20 toneladas de maconha só no Alemão! É um troço fabuloso! Dado o andar anterior da carruagem, toda essa mercadoria logo seria posta para circular, financiando esse ramo da economia que, estima-se, emprega 16 mil pessoas só no Rio de Janeiro. Como se nota, estavam certos todos aqueles que se perguntavam indignados: “Mas por que a polícia e as Forças Armadas não sobem os morros e tomam as fortalezas do tráfico?” Pois é… Por quê? Que bom que o tenham feito agora! Os próximos dias e meses dirão até onde se preparou um espetáculo para turistas — como turística era a política anterior. Sem investigação, prisões em massa e o devido processo legal, nada feito!

Polícia do Rio de Janeiro prende cúpula do tráfico do Jacarezinho

O chefe do tráfico do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, conhecido como Lambari, foi detido pelo Batalhão do Méier na tarde deste domingo.  Sandra Sapatão, que também controla parte do tráfico na comunidade, e o gerente Neguinho também foram levados pelos policiais. Eles estavam em uma casa na estrada Ademar Bibiano, que é um dos acessos ao complexo do Alemão. A operação no Complexo do Alemão faz parte da reação da polícia à onda de violência que tomou conta do Rio de Janeiro na última semana, quando dezenas de carros foram incendiadas em vários pontos do Rio de Janeiro e houve ataques a policiais. A ação dos criminosos foi vista pelo governo estadual como uma resposta às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) instaladas nos dois últimos anos em comunidades antes dominadas pelo tráfico. Pura mentira, cineminha do governador Sérgio Cabral, para vender para uma mídia acrítica.

Polícia apreende sete toneladas de maconha no Complexo do Alemão

Chegou por volta das 17 horas deste domingo na base montada pela polícia no Complexo do Alemão um caminhão repleto de drogas apreendidas no conjunto de favelas. Os policiais calcularam a apreensão em 7 toneladas de maconha e cerca de 200 quilos de cocaína. As drogas estavam em uma casa perto do Areal, a primeira área do Alemão conquistada neste domingo. O conjunto de favelas na zona norte do Rio foi invadido na manhã por policiais e soldados das Forças Armadas, em uma operação contra a onde de ataques ocorrida no Estado desde o último domingo. A operação foi toda combinadinha com os bandidos traficantes terroristas, no sábado, por intermédio de um dirigente de ong petista, o Afroreggae. A combinação era a seguinte: vocês se escondem ou fogem, recolhem as armas, e o aparato de segurança entra, dando a impressão de eficácia do setor público. Em poucos dias, saem os policiais e os traficantes voltam a vender cocaína e outras drogas novamente. Mais cedo, policiais do 12º Batalhão já haviam apresentado outra apreensão de drogas e armas dos traficantes que dominavam a área. No total, eles apreenderam 500 quilos de maconha, 50 gramas de crack e cocaína, três granadas com alto poder de destruição, dois fuzis, munições e rádios-comunicadores. Esta apreensão foi feita no Largo dos Coqueiros.

Disque-Denúncia no Rio de Janeiro recebeu quase 3 mil ligações esta semana

O Disque-Denúncia recebeu 2.773 ligações de acordo com o último balanço divulgado neste domingo de toda a semana de ataques produzidos pelos traficantes terroristas no Rio de Janeiro. Só neste domingo de ocupação no Complexo do Alemão, conjunto de favelas na zona norte da cidade, foram recebidas 405 denúncias. Metade delas, 210, tiveram relação com a ocupação da favela Vila Cruzeiro, vizinha ao Complexo do Alemão. A Polícia Militar tem pedido à população que denuncie os criminosos pelos meios de comunicação. Foi por meio das ligações ao Disque-Denúncia que a polícia achou, por exemplo, a "mansão" do chefe do tráfico da comunidade e começou a investigar a fuga de criminosos por tubulações de esgoto. O delegado Rodrigo Oliveira, da Polícia Civil, pediu a ajuda da população para encontrar os criminosos mais cedo. "Nós não temos a pretensão de achar que temos todas as informações. Por isso, pedimos a ajuda da comunidade, a ajuda da população, para conseguirmos chegar até eles”, disse ele.

Assassino do jornalista Tim Lopes é preso no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro

O traficante Eliseu Felício de Souza, o Zeu, foi preso na tarde deste domingo no Complexo do Alemão, conjunto de favelas localizado na zona norte do Rio de Janeiro. Condenado em 2002 pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, ele estava foragido desde julho de 2007, quando obteve permissão para visitar a família e fugiu. É isso que é insuportável no Brasil. Mesmo com um crime infame como o cometido por esse celerado, a lei penal brasileira permitiu que a Justiça o liberasse para ver a família e fugir. A lei precisa mudar, criminoso que comete crime hediondo, infame, deve receber pena perpétua, sem possibilidade de progressão da pena, e sem regime de visita privativa. De acordo com a polícia, Zeu foi encontrado em casa e não resistiu à prisão. Segundo a polícia, moradores da favela estão ajudando os agentes de segurança a identificar e localizar os criminosos. A operação policial no Complexo do Alemão pode durar meses, de acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Mário Sérgio Duarte. "Desde o começo dissemos que não resolveriamos tudo no mesmo dia. Temos um trabalho muito longo pela frente. Estamos verificando todas as possibilidades de encontrar pessoal e material. Nós precisamos checar tudo e agora é hora de fazer isso". Mário Sérgio afirmou ainda que a população não assistirá mais à "procissão do mal", citando as imagens de dezenas de criminosos fugindo da favela da Vila Cruzeiro para o Complexo do Alemão, exibidas na quinta-feira. "Hoje nós temos a certeza de que quando o Estado quer ele pode", acrescentou. Bobagem, porque aquelas centenas de bandidos armados vistos pela televisão estão ainda na favela do Alemão ou fugiram, e permanecerão no crime.l O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), destacou neste domingo a união de forças para combater o tráfico no Rio de Janeiro, mas lembrou que "esse trabalho é de médio e longo prazos". Tim Lopes desapareceu em 2 de junho de 2002 na Vila Cruzeiro, depois de ser reconhecido e capturado por traficantes ligados a Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, quando fazia reportagem sobre um baile funk onde haveria consumo de drogas e sexo explícito. O jornalista foi levado para o morro da Grota, também no complexo do Alemão, onde foi esquartejado e queimado em pneus --método conhecido como "micro-ondas" e usado para apagar vestígios da morte. Zeu foi acusado de ser o responsável por queimar o corpo do jornalista.

Homem morre espancado por suspeita de estupro na zona norte de São Paulo

Um homem morreu na manhã deste domingo após ser espancado no meio da rua na zona norte de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, as pessoas envolvidas na agressão acusavam a vítima de estupro de três meninas. A agressão ocorreu por volta das 10 horas na rua Ushikichi Kamiya, no bairro Parque Casa de Pedra, na região do Jaçanã. Testemunhas contaram que pelo menos 15 pessoas participaram da agressão. Além de socos e pontapés, foram usados pedaços de madeira e uma faca durante a agressão. A vítima foi encontrada caída no chão, desacordada, com ferimentos na cabeça e no tórax. Ninguém foi detido. É, começou, a população está iniciando o processo de Justiça pelas próprias mãos.

Suíços aprovam em referendo a deportação de criminosos estrangeiros

Os suíços foram às urnas neste domingo para decidir se os estrangeiros que cometerem crimes no país deverão ser deportados automaticamente. Os defensores da proposta do Partido do Povo Suíço (SVP), de direita, diz que os imigrantes são responsáveis por grande parte dos delitos cometidos dentro das fronteiras nacionais e deveriam consequentemente perder a permissão de residir no país. Segundo estimativas divulgadas neste domingo, 53% do eleitorado votou a favor da proposta do SVP. Os opositores da nova lei argumentam que ela não irá reduzir a criminalidade, mas apenas permitir a deportação de muita gente que passou toda sua vida na Suíça. As taxas de criminalidade no país são relativamente baixas se comparadas a outros Estados europeus. Alguns analistas estimam que o número de crimes violentos esteja, de fato, diminuindo na Suíça. No entanto, nas penitenciárias do país, aproximadamente 70% dos detentos têm nacionalidade estrangeira, sendo que a cota de imigrantes entre a população é de 23%. Analistas de estatísticas sobre criminalidade advertem da instrumentalização política desses dados. Para eles, boa parte dos detentos estrangeiros são imigrantes que passaram muito pouco tempo no país e já estão, de qualquer forma, prestes a serem deportados. Os críticos da proposta também apontam que o perfil dos criminosos na Suíça não é diferente do conhecido no resto do mundo: homens, jovens, de baixa renda, desempregados, com má formação escolar e profissional e poucas possibilidades de melhorar a própria situação. O que acontece é que, na Suíça, esse perfil é bem mais recorrente entre a população estrangeira. Para os opositores da proposta de deportação, isso só prova a urgência de medidas de integração que permitam aos imigrantes melhorar suas chances no país e impeçam que eles caiam na criminalidade. Os defensores da deportação automática insistem, contudo, que o estrangeiro que praticar uma contravenção no país não deverá ter o direito de ficar. "Na Suíça, temos dois tipos de estrangeiros", argumenta Patrick Freudiger, do SVP: "Os que quiserem trabalhar e respeitarem as nossas leis são bem-vindos; os que cometerem crimes e não quiserem trabalhar deveriam ir embora".
Como o número de estrangeiros está aumentando entre a população suíça, esse ponto de vista tem angariado cada vez mais adeptos. O governo suíço recomendou aos eleitores que rejeitassem a nova lei, afirmando que a deportação automática (e não caso a caso, com revisão pela Justiça) está em desacordo com o direito internacional. Como alternativa, o governo sugeriu que todos os culpados por crimes graves possam ser deportados com o aval de um promotor público. Essa proposta, contudo, não teve grande respaldo popular. Muitos simpatizantes da mesma a consideram fraca ou difusa. Enquanto isso, os opositores de ambas as propostas de deportação – a do partido de direita e a alternativa proposta pelo governo – alegam que a lei suíça já prevê a deportação de criminosos estrangeiros e argumentam que a nova legislação passa dos limites. Isso porque a nova lei endossa a deportação até mesmo em caso de crimes de menor importância, como furto, tráfico de drogas em pequenas quantidades ou abuso de benefícios sociais. E o que é pior, dizem: essas leis poderiam ser aplicadas às gerações de filhos e netos de famílias de imigrantes que nasceram na Suíça e nunca viveram em outro país do mundo. Para analistas políticos, essa votação reflete os medos da população perante a globalização e a imigração, em vez de veicular um quadro claro sobre a criminalidade real.

Brasilianista diz que "PT mudou a ponto de ficar quase irreconhecível"

A cientista política Wendy Hunter, professora da Universidade de Austin, Texas (EUA), acaba de escrever um livro sobre as transformações por que passou o PT entre 1989 e 2009. Para ela, o partido "mudou a ponto de ficar quase irreconhecível". Além de diferenças que ela chama de mais óbvias, como a moderação ideológica do PT e as alianças que o partido atualmente faz ("inimagináveis há 20 anos"), Wendy Hunter menciona a própria candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República, uma "novata" na legenda. Para ela, o presidente Lula teve papel central na condução das mudanças, mas Wendy Hunter não vê as alas radicais conquistando mais espaço no governo Dilma: "O PT está bem firme nas mãos dos moderados". Diz ela: "O PT mudou a ponto de ficar quase irreconhecível em relação ao que era na década de 1980. Um dos primeiros e mais óbvios aspectos diz respeito à moderação ideológica do partido, que pode ser percebida não apenas nos seus programas mas também em suas políticas de governo. A expansão eleitoral do PT em todas as esferas de governo foi extraordinária. O PT cresceu lenta e consistentemente. Este último ponto é importante porque muitos partidos de esquerda na América Latina tiveram um crescimento espetacular seguido de uma queda tão rápida quanto a ascensão. As alianças que o PT faz hoje seriam inimagináveis há 20 anos. A flexibilização do compromisso de fazer alianças apenas com partidos de esquerda foi impressionante, mesmo num país conhecido pelas coligações oportunistas. Tome como exemplo os dois últimos vice-presidentes: José Alencar (PL) e Michel Temer (PMDB). Aliás, a atual posição do PT em relação ao PMDB, em comparação com a distância que outrora mantinha, mostra bem o quanto um processo de 'normalização' ocorreu com o partido. Basta lembrar que a história teria sido diferente se os 4,7% obtidos por Ulysses Guimarães em 1989 tivessem ido para Lula". Wendy Hunter afirma que a eleição de Dilma Rousseff faz parte desse pacote de mudanças: "Sim, é um ponto importante a ser levado em consideração o tipo de candidato que o PT lança atualmente. O simples fato de que a candidata à Presidência neste ano foi alguém que ingressou no partido há pouco tempo é testemunha dessas mudanças. Além disso, há diversos candidatos que não vieram do sindicalismo ou dos movimentos sociais, por exemplo. Antes, regras internas determinavam que os candidatos deveriam ou ser fundadores do PT ou ter participado das redes sociais do partido. Isso mudou muito". Wendy Hunter aponta Lula como tendo um papel preponderante no processo de transformação do PT: "Lula teve um papel central na administração e na promoção de mudanças no PT. Transformações programáticas que partidos fazem - por exemplo, o afastamento do socialismo e a aproximação do mercado - precisam encontrar apoio não só no eleitorado mas também dentro da própria legenda. Lula foi figura crucial ao encorajar o partido a ouvir mais o eleitorado e suas aspirações, sobretudo após a derrota de 1994 para Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e as muitas mudanças econômicas positivas que ocorreram na era FHC. Ao mesmo tempo, Lula foi sensível às lutas e às dinâmicas internas do PT e soube conduzi-las de forma a apoiar um caminho moderado. Felipe González, na Espanha, e Nelson Mandela, na África do Sul, podem ser vistos de forma semelhante". Wendy Hunter também não acredita que Lula vá ficar calado após sair do poder: "Não creio que ele vá simplesmente se aposentar e ficar calado. Tampouco acredito que vá se envolver com assuntos menores da administração e do novo governo. Acho que Lula terá um papel crucial na mediação dos conflitos que podem surgir entre o partido e o governo Dilma. Lula tem muito mais força pessoal do que Dilma, e a relação que ele tem com o PT e suas várias correntes é muito mais profunda. Mas é importante destacar que Dilma terá a sua cota de desafios políticos à frente. O fato de que a oposição controla tantos Estados, alguns muito importantes, será uma fonte de desafios. Teremos que ver como ela lidará com essa oposição. Sabíamos muito mais sobre Lula e seu estilo de negociação política antes de ele chegar ao poder do que sabemos agora sobre Dilma".

Polícia encontrou um conjunto de casas que servia como hotel do tráfico, paiol e laboratório de refino de drogas

O chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Álvaro Garcia, afirmou que, apesar de a tomada do Complexo do Alemão ter se concretizado em apenas uma hora, a ocupação deve durar mais alguns dias. "O tráfico está completamente alijado. É uma questão de tempo e de momento para prender os outros chefes do tráfico", assegurou o coronel Álvaro Garcia. Através de denúncia anônima, a polícia encontrou na tarde deste domingo um conjunto de três casas que era utilizado por traficantes na favela da Fazendinha, no Complexo do Alemão. Uma servia como hotel do tráfico. A outra era um paiol onde foram encontrados fuzis, metralhadoras e coletes do Exército. A terceira era um laboratório de refino de cocaína e continha animais silvestres, como tucano, papagaio e arara.

Dilma deve aumentar a cota de gaúchos nos ministérios

Depois da confirmação do atual diretor de Normas do Banco Central, Alexandre Tombini, como presidente do Banco Central, e da garantia da permanência no cargo do Secretário do Tesouro Nacional, o trotskista Arno Augustin, aumentam as especulações sobre uma boa cota de gaúchos no ministério ou em funções importantes na administração da petista Dilma Roussef. Entre os nomes estão os dos deputados federais reeleitos Mendes Ribeiro Filho (PMDB), Maria do Rosário (PT), Manuela D'Ávila (PCdoB) e Beto Albuquerque (PSB). As especulações dão conta da permanência nos cargos de outros dois gaúchos: os ministros da Defesa, Nelson Jobim (PMDB) e do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel (PT). E da possibilidade de Alessandro Teixeira, presidente da Associação Brasileira de Promoção das Exportações (Apex) ser indicado para um ministério. Além do Ministério da Defesa, onde é forte a chance de permanência de Nelson Jobim, na cota de Lula, o PMDB ainda quer os minis´terios de Minas e Energia, para o senador reeleito Edison Lobão, e Cidades, para Moreira Franco. O partido almeja ainda permanecer na Agricultura e nas Comunicações, abocanhar Transportes e, se possível, a Integração Nacional.

Exército bloqueia os 44 acessos ao Complexo do Alemão para evitar fuga de bandidos

O comandante da Brigada Paraquedista do Rio de Janeiro, coronel Marcelo Araripe, que está participando com 800 homens da ocupação do Complexo do Alemão, disse que as tropas do Exército fizeram neste domingo o bloqueio dos 44 pontos de acesso ao conjunto de favelas da região, com apoio dos veículos blindados da Marinha e do Exército. Os blindados fazem o patrulhamento ao longo de todo o perímetro e a tropa já fez a apreensão de armas e drogas e prendeu alguns bandidos. Segundo ele, é importante manter a revista de todo pessoal com acesso ao morro para evitar a fuga de bandidos que ainda estejam no Alemão.

Horas antes de divulgar dados secretos, Wikileaks sofre ataque de hackers

O site Wikileaks, especializado na publicação de documentos confidenciais, disse neste domingo ser vítima de um ataque cibernético, horas antes da provável divulgação de dados secretos do governo americano. "Nós estamos agora sob um ataque de rejeição de servidores massivamente distribuído", afirmou o Wikileaks por meio de seu perfil no serviço de microblogging Twitter. Segundo o comunicado, mesmo que o Wikileaks saia do ar, jornais de diversos países irão publicar informações trocadas entre embaixadas dos Estados Unidos, supostamente obtidas pelo site. Os jornais citados pelo Wikileaks são El Pais (Espanha), Le Monde (França), Der Spiegel (Alemanha), The Guardian (Grã-Bretanha) e The New York Times (Estados Unidos). O fundador do Wikileaks, o australiano Julian Assange, disse neste domingo a jornalistas que o material a ser divulgado cobre essencialmente "todos os assuntos importantes em todos os países do mundo". Para ele, o governo dos Estados Unidos tem medo de ter que prestar esclarecimentos em relação aos documentos que serão vazados. Em julho, mais de 70 mil documentos secretos sobre o envolvimento dos Estados Unidos na Guerra do Afeganistão foram divulgados pelo site. Entre as informações divulgadas, algumas eram relativas ao chefe da rede terrorista Al-Qaeda, Osama Bin Laden. Já em outubro, mais dados confidenciais divulgados pelo Wikileaks indicavam que os Estados Unidos praticaram no Iraque execuções sumárias, crimes de guerra e se omitiram diante de denúncias de tortura praticada por autoridades iraquianas depois da invasão do país, em 2003. Os Estados Unidos já pediram que o Wikileaks não divulgue quaisquer informações confidenciais, alegando que elas podem colocar funcionários do governo em perigo e alertando para possíveis violações da lei. O jornalista Simon Hoggart, do Guardian, disse que as informações do Wikileaks devem incluir opiniões desagradáveis do governo americano em relação ao primeiro-ministro britânico, David Cameron. "Certamente haverá algum constrangimento para o ex-primeiro-ministro Gordon Brown, mas ainda mais para David Cameron, que não era muito bem visto pelo governo de Barack Obama ou pelo embaixador dos Estados Unidos na Grã-Bretanha". As suspeitas deste último vazamento de informações recaem novamente sobre o analista de inteligência do Exército americano Bradley Manning, que já havia sido preso em junho passado sob acusação de entregar dados confidenciais ao Wikileaks. O fundador do Wikileaks está sendo processado por estupro na Suécia. Ele nega as acusações e se diz vítima de uma campanha de difamação orquestrada por opositores do site. As informações do Wikileaks também devem atingir o governo Lula.