segunda-feira, 1 de março de 2010

Maior refinaria do Chile pode ficar fechada por um mês

A maior refinaria da estatal petrolífera do Chile, a Empresa Nacional del Petróleo (Enap), poderá ficar fechada por pelo menos um mês. A Refineria BioBío se localiza na cidade de Concepción, a mais atingida pelo terremoto de sábado. A segunda maior refinaria do Chile, a Refineria Aconcágua, localizada na cidade costeira de Con-Con, a noroeste da capital Santiago, deverá reiniciar as operações nesta semana, quando o fornecimento de eletricidade for restabelecido. As refinarias de BioBío e Aconcágua têm capacidade instalada para refinar 116 mil e 104 mil barris de petróleo por dia, respectivamente, de acordo com dados da Enap. A estatal também opera uma pequena refinaria na Tierra del Fuego. No sábado, a Enap informou que tem estoques de gasolina armazenados para duas semanas, bem como um estoque de diesel para 10 dias.

Deputada distrital diz que dinheiro de gravação era de Roriz

Mais de três meses após as denúncias da Operação Caixa de Pandora, a deputada distrital Eurides Brito (PMDB) tentou explicar em sua página pessoal a cena em que aparece colocando maços de dinheiro em uma bolsa. Segundo Eurides Brito, a origem do dinheiro era o ex-governador Joaquim Roriz (hoje no PSC), que, na época, preparava campanha para o Senado pelo PMDB. Na página, Eurides Brito afirma ter feito 12 reuniões com lideranças entre maio e junho de 2006. "Seria difícil reunir 200 ou 300 lideranças se não fosse como reunião de confraternização, tipo café-da-manhã, almoço ou galinhada no jantar com grupo musical para animar", explica ela. A deputada alega ter endereços e nomes dos líderes que organizaram os eventos e afirma que vai apresentá-los como testemunhas. A deputada distrital diz que, em outro momento, lembrou Roriz do dinheiro das reuniões: "Ele brincou dizendo que a culpa era minha por não ter lembrado a ele e afirmou que no dia seguinte me pagaria", conta Eurides. "No dia seguinte, ele mandou me dizer para eu passar no Durval e eu passei e recebi. Todos viram eu entrando no gabinete do Durval e depois voltando para fechar a porta".

Justiça condena ex-presidente e ex-diretores do BNB

A Justiça Federal em Fortaleza condenou um ex-presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e três ex-diretores a ressarcirem os danos sofridos pela instituição financeira em decorrência de atos fraudulentos. De acordo com informações do Ministério Público Federal, o prejuízo causado ao banco pode chegar a mais de R$ 7 bilhões. Segundo informações divulgadas pelo Ministério Público, Byron Queiroz, ex-presidente do BNB, teria atuado "decisivamente" para a adulteração nos registros contábeis do banco. Ex-diretores do banco teriam autorizado a rolagem de dívidas sem qualquer análise técnica. Conforme a decisão da Justiça Federal, Byron Queiroz, os ex-diretores da instituição Raimundo Nonato Carneiro Sobrinho, Osmundo Evangelista Rebouças e Ernani José Varela de Melo, além dos ex-superintendentes Marcelo Pelágio Costa Bonfim e Antônio Arnaldo de Menezes, foram condenados a ressarcir integralmente os danos. A Justiça também determinou a suspensão dos direitos políticos dos envolvidos e a fixação de multas para cada um deles. A ação de improbidade administrativa foi ajuizada pelo procurador da República Alessander Sales, que analisou todos os balancetes mensais do BNB do período de 1997 a 2000. Ao proferir a condenação, o juiz federal João Luis Nogueira Matias observou que a diretoria do banco aprovou rolagem em bloco de dívidas sem qualquer análise técnica, por meio da utilização reiterada de um instrumento denominado carta-reversal. Os administradores do BNB, diz a sentença, aceitaram como condição normal a existência de devedores, mesmo com atrasos superiores a cinco anos. Eles também não fizeram provisão de recursos para essas dívidas. A contabilidade do banco registrou ainda mais de 20 mil operações vencidas há mais de 360 dias, o que já seria suficiente para enquadrá-las como créditos em liquidação.

Santa Rosa confirma três casos de dengue

A fundação municipal de Saúde de Santa Rosa (RS) confirmou nesta segunda-feira o registro de três casos de dengue contraídos no município de Santa Rosa. Os exames foram feitos no Laboratório Central do Estado, o Lacen de Porto Alegre, e serão encaminhados pela confirmação do Instituto Adolfo Lutz em São Paulo. Além destes há outros 15 casos suspeitos que estão sendo monitorados. Agentes de vigilância ambiental fazem aplicações de inseticida no bairro onde foram detectados os casos para o controle do mosquito transmissor da dengue.

Hélio Costa diz que é um alívio País não ter censura nas comunicações

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, afirmou nesta segunda-feira, ao participar do Fórum Democracia e Liberdade de Expressão, que é um alívio o País não enfrentar problemas de censura nas comunicações, como ocorre em países bem próximos. Mesmo assim, ressaltou, os relatos sobre o cerceamento da liberdade de expressão e da imprensa preocupam muito: "Eventos que falem sobre a democracia e a liberdade de expressão é que podem alertar os nossos vizinhos para que estejam permanentemente na defesa da liberdade de expressão em qualquer país". Para Costa, o Brasil avançou muito nesse sentido e é para muitos países latino-americanos um exemplo do que se pode fazer com um imprensa aberta e livre. No entanto, ele defendeu a necessidade de reforma na legislação brasileira do setor. "No âmbito da radiodifusão, com a chegada da tevê e do rádio digital e da digitalização dos meios, de maneira geral, estamos com o marco regulatório atrasado. Precisamos modernizar o marco regulatório", afirmou ele.

Chile confirma morte durante toque de recolher e prende 160 por saques

Ao menos uma pessoa morreu no Chile durante o toque de recolher imposto pelas autoridades depois do terremoto do sábado, que matou pelo menos 723 pessoas, de acordo com o governo chileno. A morte ocorreu por disparos em confrontos envolvendo saqueadores e as forças de segurança. As autoridades chilenas mobilizaram o Exército para conter os saques, que já levaram à prisão de ao menos 160 pessoas no país. As autoridades decretaram o toque de recolher na noite de domingo na região de Concepcíon, segunda maior cidade do Chile, a 400 quilômetros de Santiago. Concepcíon, com cerca de 500 mil habitantes, fica na área mas afetada pelo tremor, de magnitude 8,8. Segundo o governo chileno, cerca de 1,5 milhão de casas foram danificadas e 2 milhões de pessoas foram afetadas pelo tremor. Boa parte dos desabrigados foi obrigada a dormir na rua, no frio, e com medo dos tremores secundários que atingem o país. Até a segunda-feira, foram resgatadas 25 sobreviventes e oito corpos dos destroços de um prédio de 15 andares em Concepción.

OAB quer impedir que juiz afastado por corrupção volte para advocacia

O presidente da OAB, Ophir Cavalcante, afirmou que a entidade estuda medidas para impedir que juiz afastado da função por corrupção ou crime volte para advocacia. "Se ele não serve para ser juiz, não servirá também para ser advogado", disse Cavalcante nesta segunda-feira. O advogado irá levar a proposta para o colégio dos presidentes seccionais da OAB, que acontece em Brasília no próximo domingo. A questão deve ser discutida na sessão plenária da entidade na próxima segunda-feira. Cavalcante citou o caso de dez juízes de Mato Grosso que foram aposentados pelo Conselho Nacional de Justiça. Para o advogado, a aposentadoria foi uma punição insuficiente. Eles foram afastados do Tribunal de Justiça acusados de desvios de recursos públicos para beneficiar a loja maçônica Grande Oriente. O conselho também aprovou a abertura de novo processo para investigar o desvio do dinheiro e pedir a devolução da quantia aos cofres públicos. Entre os afetados pela decisão estão os desembargadores Mariano Travassos (atual presidente do Tribunal de Justiça), José Ferreira Leite (presidente do Tribunal de Justiça e grão-mestre da entidade maçônica na ocasião dos fatos investigados) e José Tadeu Cury (então vice-presidente). Eles se declaram "homens livres e de bons costumes".

Conar suspende veiculação de campanha da Schincariol com socialite Paris Hilton

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) suspendeu a veiculação de parte da campanha da cerveja Devassa Bem Loura, da Schincariol, com a socialite norte-americana Paris Hilton. A medida liminar é parcial, logo nem todos os anúncios terão que deixar de ser exibidos, mas entre os que foram vetados estão o filme de 60 segundos, o principal da campanha publicitária, assim como algumas páginas do site da cervejaria. A decisão é uma resposta às denúncias de consumidores e da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, ligada à Presidência da República, que consideraram a campanha sexista e desrespeitosa.

Procuradoria da Câmara do Distrito Federal dá prazo para Arruda renunciar e evitar cassação

A Procuradoria da Câmara Legislativa do Distrito Federal concluiu nesta segunda-feira um parecer fixando o prazo de até o início da segunda votação em plenário do processo de impeachment para que o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), renunciar ao mandato evitando a cassação e a perda dos direitos políticos. Com esse prazo, Arruda só deve se manifestar na Câmara local sobre a renúncia em abril. Na Câmara, existia uma divergência quanto a esse prazo. Segundo o parecer do procurador Sidraque Anacleto, a renúncia na segunda sessão permite a avaliação completa do caso, com direito a defesa do acusado. "O início da sessão do plenário da Câmara Legislativa é o instante máximo para o exercício do direto à renúncia do cargo de governador do Distrito Federal para cessar sua tramitação. O rito processual é essencial para o contraditório e a ampla defesa e pode ser restabelecido após a integração de normas constitucionais, legais e regimentais. A renúncia é um direito legítimo do denunciado, porém, seus efeitos alcançarão os processos de impeachment em curso até o início da sessão do plenário para discutir e votar a acusação por dois terços de votos", afirma o procurador.

Câmara do Distrito Federal adia votação de parecer que pede impeachment de Arruda

A Câmara Legislativa do Distrito Federal adiou para quinta-feira a votação do parecer aprovado pela comissão especial que pede o impeachment do governador afastado José Roberto Arruda (sem partido). No mesmo dia será julgado o pedido de liberdade de Arruda, preso desde o dia 11 de fevereiro na Polícia Federal, no Supremo Tribunal Federal. A previsão era que o texto, assinado pelo deputado Chico Leite (PT), fosse analisado nesta terça-feira. O adiamento foi provocado porque a Casa ainda não publicou no Diário Oficial da Câmara a aprovação do parecer do petista que defende a cassação de Arruda por ter cometido pelo menos três crimes de responsabilidade. Na sessão marcada para esta terça-feira, os deputados distritais devem fazer a leitura do parecer. Se o texto for aprovado pelo plenário, com o voto de 13 dos 24 distritais, abre-se um prazo de 20 dias para a defesa do governador. Um novo parecer terá que ser produzido para ser votado novamente pela comissão especial. Aprovado, o texto segue para o plenário. Nessa votação, o texto só será validado se tiver o voto favorável de 16 dos 24 deputados.

ONS aponta que consumo de energia cresceu 12% em fevereiro no País

O consumo de energia elétrica aumentou 11,8% em fevereiro, na comparação com igual período em 2009, segundo dados preliminares do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) divulgados nesta segunda-feira. Em relação a janeiro, a carga que circulou pelo sistema nacional foi 4,9% superior, em um mês marcado por quatro recordes de demanda por energia. No acumulado dos últimos 12 meses, há alta de 2,8%% sobre período correspondente anterior. Segundo o Boletim de Carga Mensal do ONS, o crescimento da carga foi bastante expressivo, acima da média histórica. Isso se deveu à fraca base de comparação, já que, em fevereiro do ano passado, os reflexos da crise econômica eram evidentes no consumo de energia, especialmente o industrial. Aliado a isso, as altas temperaturas observadas no mês passado, acrescenta o ONS. A carga de energia é uma prévia do consumo de energia. O ONS mede o valor total que passa no sistema e não contabiliza as eventuais perdas de energia. Ao todo, a carga de energia elétrica calculada para o sistema em setembro totalizou 58.436 MW (megawatts) médios. O sistema Sudeste/Centro-Oeste foi responsável por 36.064 MW médios da carga total, variação positiva de 12,4% na comparação com fevereiro do ano passado.

Michel Temer descarta PMDB perder espaço com crescimento de Dilma Rousseff nas pesquisas

O presidente da Câmara e provável vice na chapa da petista Dilma Rousseff à Presidência, Michel Temer (PMDB-SP), descartou nesta segunda-feira a possibilidade de o PMDB perder espaço nas eleições com o crescimento da ministra da Casa Civil nas pesquisas. "Nem se cogita nesse assunto", disse Michel Temer durante evento com empresários em São Paulo. Pesquisa Datafolha mostra que Dilma atingiu 28% das intenções de voto e reduziu de 14 para 4 pontos percentuais a distância que a separa do principal rival, José Serra (PSDB), que tem 32%. O crescimento da ministra da Casa Civil foi verificado em todos os cenários do levantamento. Temer lembrou que os dois partidos têm um compromisso assinado, que garante ao seu partido a vaga de vice-presidente na chapa. Ele diz que ainda só é candidato a deputado e que a escolha do vice deve acontecer no começo de maio.

Ex-terrorista assume o poder no Uruguai e prega "austeridade"

O ex-terrorista José "Pepe" Mujica, de 74 anos, membro da organização terrorista Tupamaros, assumiu o poder no Uruguai nesta segunda-feira para se tornar o presidente uruguaio mais velho da história e o segundo dirigente de esquerda a assumir as rédeas do país. Mujica tem defendido a "austeridade" como a principal bandeira de seu futuro governo e afirmou que suas principais metas serão "fazer desaparecer a indigência e reduzir a pobreza em 50%". A cerimônia de sucessão de Tabaré Vázquez, que deixa a Presidência com índices de aprovação superiores a 60%, foi realizada no Palácio Legislativo de Montevidéu no início da tarde desta segunda-feira. Mujica é o primeiro ex-terrorista a chegar à presidência do Uruguai. Ele foi membro da organização terrorista Movimento de Liberação Nacional -Tupamaros (MLN-T) e ficou preso durante 14 anos, antes e durante o regime militar no país (1973-1985). Em 1964, realizou o primeiro assalto terrorista como integrante do que se tornaria o MLN -T e, cinco anos depois, passou a agir na clandestinidade.

Argentina revoga decreto que permitia pagar dívida com reservas

A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta segunda-feira a revogação do decreto que permitia o uso de reservas do Banco Central para o pagamento da dívida soberana do país, em resposta às pesadas críticas que a iniciativa recebeu. Durante a abertura das sessões ordinárias do Congresso, ela acrescentou que será formada uma comissão legislativa para o controle do pagamento dos títulos públicos. A Argentina trabalha para colocar em prática um acordo de swap de US$ 20 bilhões com os credores que não aceitaram a reestruturação da dívida feita em 2005.

Petista Suplicy diz ter conseguido apoio de mais de 2.900 filiados para candidatura ao governo paulista

Em meio à pressão do PT para que o senador Aloizio Mercadante (SP) seja candidato ao governo de São Paulo, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) formalizou nesta segunda-feira a sua disposição de concorrer ao governo do Estado. Embora a cúpula petista tenha dado sinais de que não pretende apoiar Suplicy, o senador reuniu mais de duas mil assinaturas de filiados que apoiam a sua pré-candidatura ao governo. Suplicy vai entregar carta ao presidente do PT-SP, Edinho Silva, na qual apresenta seu nome como pré-candidato, com o apoio de 2.970 filiados. Ele argumenta que, pelo estatuto do partido, cada pré-candidato precisa reunir um por cento das assinaturas dos 297 mil filiados no Estado. Por isso afirma que cumpriu exigência prevista nas regras da legenda. Suplicy diz estar disposto a apoiar o nome escolhido pelo PT para disputar o governo de SP, mas coloca seu nome à disposição para dialogar com a cúpula da legenda em busca de sua candidatura. Em busca de apoio à sua pré-candidatura, Suplicy percorreu nos últimos meses diretórios regionais do PT em São Paulo para colher as assinaturas dos filiados. O senador afirma que, nos locais onde esteve presente, "foi muito positiva" a disposição dos petistas de assinar a mensagem em seu apoio.

Sete suplentes tomam posse nesta terça-feira para votação de impeachment contra Arruda

Sete suplentes de deputados distritais tomam posse nesta terça-feira para participar da votação do pedido de impeachment do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), no plenário da Câmara Legislativa. Os suplentes vão substituir os parlamentares que são acusados de participação no esquema de corrupção e que foram suspensos por decisão da Justiça local da análise do processo. O pedido de impeachment foi aprovado na sexta-feira pela Comissão Especial e terá que ser votado pelo plenário. A previsão é que o parecer do deputado Chico Leite (PT), favorável à cassação, seja lido nesta terça-feira e votado na quinta-feira, antes de o Supremo Tribunal Federal analisar o pedido de liberdade de Arruda, que está preso há 18 dias. Ao todo, a Justiça afastou oito deputados distritais da votação dos processos, mas como o ex-presidente da Casa, Leonardo Prudente (sem partido), flagrado colocando dinheiro de suposta propina nas meias, renunciou ao mandato na sexta-feira para escapar do processo de cassação e não perder os direitos políticos, o suplente Raad Massouh (DEM) assume o mandato definitivamente. Segundo o presidente interino da Câmara Legislativa, Cabo Patrício (PT), os suplentes vão receber por dias trabalhados, tendo direito a aproximadamente R$ 413,00 por sessão. O salário de um deputado distrital é de R$ 12.400,00. Os suplentes não terão direito a outros benefícios, como a verba indenizatória de mais R$ 11.000,00. A Câmara Legislativa recorreu ao Supremo para evitar a posse dos suplentes. A Corte ainda não analisou o recurso. Na semana passada, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, encaminhou parecer ao STF recomendando a manutenção do afastamento. Para o procurador-geral, a participação dos distritais atenta contra a moralidade, o bom senso e a lógica comum.

Sem-terra é preso após invasão de fazenda em Alagoas

Cerca de 100 famílias de militantes da organização terrorista MST invadiram no sábado a fazenda Capim, em Inhapi (AL). Ela já havia sido ocupada pela organização terrorista, retirada do local pela Polícia Militar no dia 2 de fevereiro. O conflito na região começou em 2003. No domingo, um dos milicianos do MST, José Aparecido Costa da Silva, foi preso por participar da invasão. A fazenda Capim foi invadida pela primeira vez em 2003. Os milicianos do MST foram retirados dois anos depois e, em 2006, uma associação de antigos empregados da fazenda comprou a terra. Desde então, a região é marcada por conflitos entre os dois grupos.

"Brasília não tem tradição de bom nível político", diz ministro da CGU

O ministro petista Jorge Hage, titular da Controladoria Geral da União, afirmou nesta segunda-feira que não ficou "surpreso" com as denúncias de corrupção no Governo do Distrito Federal porque "Brasília não tem uma tradição de bom nível político". Segundo o ministro, a auditoria na aplicação dos repasses do governo federal para obras na capital federal deve ser concluída em duas semanas. O relatório será entregue ao presidente bolivariano Lula, ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal. "Brasília não tem tradição de um bom nível político. Desde sua autonomia, sabemos que a realidade política não é das mais dignas de comemoração. Temos na periferia de Brasília políticas semelhantes aos verdadeiros grotões dos lugares mais distantes. Para mim, não chega a ser uma surpresa o que aconteceu em Brasília agora", disse ele. O ministro afirmou que um relatório do CGU aponta, por exemplo, que o novo trecho do metrô, que recebeu R$ 40 milhões do Ministério dos Transportes, saiu 125% acima do preço de mercado. Também foram encontradas irregularidades em obras nas BR-020, BR-060 e BR-450, principais vias de acesso às cidades satélites, que teriam custado R$ 6,5 milhões a mais.

Justiça determina que sindicato petista reconheça bispo Edir Macedo como jornalista

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região determinou que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro conceda carteira de associado ao bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da Rede Record. A decisão é uma resposta a um recurso impetrado pelo bispo em 2001, quando ele teve pedido de registro negado pelo sindicato. O bispo possuía carteira de jornalista colaborador e o sindicato exigia registro de jornalista profissional. Em agosto, dois meses após o Supremo Tribunal Federal ter derrubado a obrigatoriedade do diploma, a Justiça decidiu em favor de Edir Macedo. Apesar do recurso ter sido aprovado há seis meses, apenas em fevereiro o sindicato foi notificado.

Obras do Hospital da Restinga começam nesta terça-feira

Nesta terça-feira, às 11 horas, será realizada na rua João Antônio da Silveira, s/nº, Quadra J, Distrito Industrial da Restinga, em Porto Alegre, a solenidade de início das obras do Hospital da Restinga, obra que beneficiará mais de 100 mil habitantes da Restinga e Extremo-Sul da capital gaúcha. Antes, às 9 horas, será apresentado no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm, no Hospital Moinhos de Vento, o projeto do hospital. O evento contará com a presença do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, do prefeito José Fogaça, do vice José Fortunati e do novo secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Seligman. O Projeto Social Restinga e Extremo-Sul será uma rede de atenção à saúde, composta por um hospital geral de média complexidade, um centro de especialidades, centro de diagnóstico, pronto-atendimento e escola de gestão em saúde. Com previsão de iniciar as operações em 2012, o Hospital Moinhos Restinga terá 90 leitos. O complexo está sendo construído com recursos da certificação da filantropia obtida pelo Moinhos de Vento, em uma área de 41,6 mil metros quadrados cedida pela prefeitura.

Ministério da Saúde pretende vacinar 90 milhões contra gripe A

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, afirmou nesta segunda-feira que 90 milhões de brasileiros deverão ser vacinados contra a influenza A (H1N1), a gripe suína, em dois meses. "Esta será a maior campanha do mundo. Estou confiante de que faremos a diferença este ano", afirmou o ministro. Além disso, Temporão afirmou que os ministérios da Saúde e de Ciência e Tecnologia trabalham em busca de uma vacina contra a dengue. "É um longo caminho porque é uma doença complexa. Mas, em cinco anos poderemos ter uma vacina", disse ele. A Campanha de Vacinação contra a influenza A (H1N1) começa dia 8 de março. "Vamos vacinar primeiro crianças saudáveis, mulheres grávidas e portadores de doenças crônicas", disse durante o seminário complexo industrial da saúde em São Paulo. A vacinação termina no dia 21 de maio. Serão imunizados profissionais de saúde da rede de atenção básica e envolvidos na resposta à pandemia, indígenas, gestantes, crianças de 6 meses a 2 anos, jovens de 20 a 29 anos, adultos de 30 a 39 anos e pessoas com doenças crônicas (como diabetes, obesidade, asma e cardiopatias). Confira o calendário de vacinação divulgado pelo Ministério da Saúde: profissionais de saúde e indígenas - 8 de março a 19 de março; gestantes, doentes crônicos e crianças de 6 meses a 2 anos - 22 de março a 2 de abril; jovens de 20 a 29 anos - 5 de abril a 23 de abril; idosos (mais de 60 anos) com doenças crônicas - 24 de abril a 7 de maio; pessoas de 30 a 39 anos - 10 de maio a 21 de maio.

Magistério publico gaúcho, esculhambação sindicaleira

Nesta segunda-feira começaram as aulas na rede pública gaúcha. Na Escola Estadual de Ensino Fundamental Duque de Caxias, localizada na rua General Caldwell, no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, aconteceu o que é mais do que natural. As crianças da 6ª série, meninas e meninos de 11 e 12 anos de idade, ficaram no patio, sem ter o que fazer, porque não tinham professores para lhes dar aulas. A educação pública do Rio Grande do Sul vem sendo sistematicamente destruída, há 25 anos, pelo sindicalismo petralha. No ano passado, na quinta série, aconteceu a mesma coisa. Professores públicos não têm o menor respeito pelos alunos e pelas famílias que pagam seus salários e as aposentadorias com as quais viverão quase duas vezes o tempo em que estiveram dentro de sala de aula. Foi um festival de faltas às aulas difícil de imaginar. É uma total falta de profissionalismo. Nunca se viu, em parte alguma do planeta, categoria profissional que mais falte ao trabalho do que professores da rede pública estadual. O engraçado é que grande parte desses professores também trabalham em escolas particulares no turno inverso, mas nestas eles não faltam ao trabalho. Em face do desastre que esse professorado petista produziu (e na Escola Estadual de Ensino Fundamental Duque de Caxias, a petralhada é forte), não houve outro solução para o jornalista Vitor Vieira, editor de Videversus, senão transferir sua neta para uma escola particular. Essa é a única saída diante do petismo destruidor da escola pública estadual do Rio Grande do Sul.

Brasil tem queda de 78% no superávit da balança comercial em fevereiro

A balança comercial brasileira fechou o mês de fevereiro com superávit de US$ 394 milhões, um pífio resultado comparado com o resultado de US$ 1,77 bilhão registrado no mesmo mês do ano passado. A queda nesse comparativo é de 77,7%, com fevereiro registrando o pior resultado para o mês desde 2002 (US$ 265,5 milhões). Em janeiro deste ano, o País fechou o caixa com déficit de US$ 166 milhões. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, o saldo positivo é o resultado de exportações de US$ 12,2 bilhões e importações que somaram US$ 11,8 bilhões ao longo do mês. Isso equivale a uma média diária de exportação de US$ 677,6 milhões e US$ 655,7 milhões de importação.

Petrobras retoma produção da Reduc após incêndio

A Petrobras restaurou nesta segunda-feira a produção de uma das suas principais refinarias, a Reduc, que teve operação suspensa no final da tarde de domingo por causa de um incêndio em uma subestação da unidade. Segundo a assessoria da estatal, não houve problemas de abastecimento de derivados de petróleo por conta da suspensão temporária da produção. A produção foi retomada e não haverá risco de abastecimento. "A Reduc foi desativada por questão se segurança", informou a assessoria da Petrobras. A Refinaria Duque de Caxias tem capacidade de produzir 242 mil barris diários de derivados, como gasolina, óleo diesel, querosene de aviação, entre outros.

Videversus mostra ligação de Josué Vieira da Costa com PT

Ocorre no momento um grande alvoroço dentro do Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul), com uma série de funcionários de carreira pretendendo ocupar lugares vazios de diretores. Em poucos dias estarão abertas três vagas, devido à saída de diretores para concorrer nas eleições de outubro, ou por outros motivos. Um dos candidatos a uma dessas vagas é Josué Vieira da Costa. O jornalista Vitor Vieira, editor de Videversus, já apontou que esse funcionário é diretamente ligado ao PT, e que seria uma excrescência a sua nomeação para uma diretoria em pleno governo do PSDB, no qual petistas tentaram, de todas as formas, com conspirações de todo tipo, derrubar a governadora Yeda Crusius. Agora Videversus mostra a ligação de Josué Vieira da Costa com o PT. Abaixo você vê a comprovação da sua contribuição para a campanha do petista Tarso Genro ao governo do Estado, em 2002. Josué Vieira da Costa teve posição de destaque durante o governo petista de Olívio Dutra, aquele que ficou conhecido como "Exterminador do Futuro" por ter escorraçado a Ford do Rio Grande do Sul. Josué Vieira da Costa foi o chefe do Departamento de Recursos Humanos do Banrisul no início do governo petista. Foi ele que fez o trabalho sujo de demissão de funcionários que não eram simpáticos ao PT. O petismo instalou uma razzia político-ideológica no Banrisul, demitindo mais de 200 funcionários apenas porque tinham afinidade com outros partidos. Agora, ele também ganha a companhia de outra funcionária que foi muito ligada ao petismo na gestão do Banrisul durante o governo taliban de Olivio Dutra. Trata-se de Marines Bilhar, atual superintendente de Crédito do Banrisul, que pretende ganhar uma diretoria. Ela até já foi apresentada à governadora na solenidade de divulgação do balanço da instituição. Yeda Crusius já está sendo avisada que a escolha deste nome significaria colocar um inimigo dentro da sua trincheira. Por último, o petismo está desenvolvendo o Plano C, com a defesa do nome do superintendente Corporativo, Bruno Fronza, para um dos cargos vagos. Ele seria interessante para os interesses desse grupo político dentro do banco estatal gaúcho.

Ganha velocidade a ação criminal contra a presidente do Hospital Mãe de Deus

Tramita na 12ª Vara Federal Criminal de Brasília a ação penal nº 2008.34.00.025783-5 (pela nova numeração nº 25673-34.2008.4.01.3400), ao encargo da juíza Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, na qual são réus a diretora-presidente do Hospital Mãe de Deus (Sistema de Saúde Mãe de Deus), de Porto Alegre, a irmã Lucia Boniatti, e também o diretor-superintendente da instituição, o médico Claudio Seferin. Este processo foi ajuizado no dia 19 de dezembro de 2008. Eles foram denunciados pelo Ministério Público Federal pelos crimes de advocacia administrativa fazendária (art. 3º, inciso III, Lei 8137/90), corrupção ativa e formação de quadrilha (arts. 333 e 288, Código Penal). Entretanto, a juíza Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves não aceitou a denúncia por formação de quadrilha e formação de bando. Assim, os dois estão respondendo pelos crimes de corrupção ativa e advocacia administrativa. A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal como consequência da Operação Fariseu (esquema de venda de certificados de filantropia no Conselho Nacional de Assistência Social). Essa atividade até ganhou um apelido depreciativo no País, o de "Pilantropia", devido aos desvios de sua finalidade. Um dos denunciados, ao lado da irmã Lucia Boniatti e do médico Claudio Seferin, foi o então presidente do Conselho Nacional de Assistência Social, Sílvio Iung, que responde ao processo pelo crime de advocacia administrativa fazendária. Logo nessa denúncia, os policiais federais e o Ministério Público Federal se concentraram no caso do hospital gaúcho Mãe de Deus. Esse processo tem um agravante, porque aparece o nome da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência da República, como sendo uma das autoridades que teriam gestionado em favor do Hospital Mãe de Deus para que obtivesse a renovação do seu Atestado de Filantropia. De posse desse atestado, a entidade fica liberada de recolher todos os impostos, inclusive o IPVA dos veículos registrados em seu nome. Isto viabiliza financeiramente a entidade. Atualmente, para atender a cota de "benemerência", de "filantropia", de "atendimento de interesse social", esses hospitais "compram" outros hospitais com problemas sérios, para realizar neles o atendimento contratado com o SUS. Ficam assim com suas instalações liberadas para a prestação de serviços médicos, laboratoriais e outros apenas pelos convênios, o que é muito mais lucrativo. Ou seja, suas sedes se transformam em verdadeiras butiques da saúde. Bem recentemente, o Sistema de Saúde Mãe de Deus, de Porto Alegre, assumiu a administração do Pronto Socorro de Canoas, escolhido pela prefeitura petista de Canoas, com direito a repasse mensal da prefeitura petista de R$ 1.800.000,00 mensais. Isso para começar, porque ninguém exerce controle sobre os futuros aditamentos que serão inevitavelmente praticados. Este hospital de Pronto Socorro de Canoas é aquele que foi construído e colocado em funcionamento pela administração do ex-prefeito Marcos Ronchetti (PSDB), iniciativa furiosamente combatida pelo PT de Jairo Jorge. Essa mesma Operação Fariseu, da Polícia Federal, também investigou o Hospital Universitário da Ulbra, localizado em Canoas. A Ulbra é a universidade na qual o prefeito Jairo Jorge foi pró-reitor até bem pouco antes de sua eleição para a prefeitura de Canoas. O Sistema de Saúde Mãe de Deus também controla o Centro Clínico Mãe de Deus, o Mãe de Deus Center, o Instituto do Câncer Mãe de Deus, todos em Porto Alegre, além do Hospital Dr. Lauro Reus (em Campo Bom), Hospital Santa Luzia (em Capão da Canoa) e Hospital Nossa Senhora dos Navegantes (em Torres). O Sistema de Saúde Mãe de Deus não pára nesses vínculos. Também estão em curso gestões para que assuma o controle da Santa Casa de Livramento. Já deu o primeiro passo, com a assinatura de um programa de apoio à gestão, com a implantação de um Programa de Qualificação da Gestão Hospitalar sob seu controle. O apoio à Santa Casa de Livramento tem como objetivos a reabertura do hospital, a reorganização dos serviços e a busca da auto-sustentabilidade da instituição. No caso das tratativas para renovação do atestado de filantropia do Conselho Nacional de Assistência Social, o grampeamento das conversas telefônicas de um advogado revelou que a ministra petista Dilma Rousseff seria um ponto a favor da renovação da medida para o hospital. O processo nº 2008.34.00.025783-5 na 12ª Vara Federal Criminal de Brasília já completou dois anos e começa a ganhar velocidade, apesar das dificuldades, porque tem réus espalhados pelo País e tudo demanda a expedição de cartas rogatórias.