sábado, 5 de junho de 2010

Fascista islâmico Ahmadinejad diz que governo iraniano é o mais democrático do mundo

O ditador do Irã, o fascista islâmico Mahmoud Ahmadinejad, afirmou na sexta-feira, durante o 21º aniversário da morte do fundador da República Islâmica do Irã, aiatolá Khomeini, que o governo iraniano é o mais democrático do mundo. Ahmadinejad insistiu que sua eleição foi "100% livre" e sugeriu que aqueles que a criticam optem pelo caminho dos inimigos e abandonem o sistema. "O governo iraniano é o mais democrático do mundo, e fomos testemunhas disso ano passado", afirmou Ahmadinejad para a multidão concentrada no cemitério de Behesht Zahra, que abriga o mausoléu de Khomeini. Centenas de milhares de pessoas lembraram o aniversário da morte do fundador da República Islâmica do Irã, junto com líder supremo do país, aiatolá Ali Jamenei. Em junho de 2009, logo após a divulgação do resultado da eleição fraudada, centenas de milhares de iranianos saíram às ruas do país para protestar. Na repressão das mobilizações, que continuaram durante meses, mais de 20 pessoas foram assassinadas pelo aparelho de repressão do fascista Ahmadinejad. Cerca de uma centena foram condenadas a diversas penas de prisão, inclusive à forca, acusadas de participar de uma conspiração organizada a partir do exterior para derrubar o regime.

Governista Juan Manuel Santos lidera pesquisas para o segundo turno na Colômbia

O candidato governista Juan Manuel Santos tem mais do que o dobro das intenções de voto do seu rival, o líder do Partido Verde, Antanas Mockus, para o segundo turno da eleição presidencial da Colômbia, em 20 de junho, segundo pesquisa divulgada na quinta-feira pelo Centro Nacional de Consultoria. No primeiro levantamento desde o primeiro turno, no domingo passado, Juan Manuel Santos, ex-ministro da Defesa, aparece com 61,6% dos votos, contra 29,8% de Mockus, ex-prefeito de Bogotá. Santos, que foi popular como ministro pelos avanços no combate à organização terrorista e narcotraficante Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), promete manter as políticas do atual presidente Álvaro Uribe, mas com maior ênfase em questões sociais. No primeiro turno, embora as pesquisas indicassem uma disputa acirrada, ele teve 46,56% dos votos, contra 21,49% e Mockus, uma vantagem superior a 3,5 milhões de votos. Ou seja, as pesquisas erraram de maneira completa, o que pode indicar a ocorrência de fraude. Na simulação de segundo turno feita pelo CNC imediatamente antes do primeiro turno, Juan Manuel Santos tinha 47% das intenções de voto, tecnicamente empatado com Mockus, com 46. Que tal a capacidade deste instituto de pesquisa? Cometeu um erro de mais de 20%.

Planos de saúde terão que cumprir novas regras a partir desta segunda-feira

Nesta segunda-feira entram em vigor as novas regras para os planos de saúde, estabelecidas pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Com a mudança, as operadoras serão obrigadas a incluir na cobertura básica 70 procedimentos e ampliar o limite de consultas em algumas especialidades. A nova listagem beneficiará 44 milhões de usuário de planos. Os serviços deverão constar em todos os planos de saúde contratados a partir do dia 2 de janeiro de 1999. Segundo ANS, as mudanças não terão grande peso nos custos, mas essa elevação pode ser repassada principalmente no caso dos contratos de grupos. Entre os novos procedimentos estão a cobertura obrigatória de transplante de medula óssea por parentes ou banco de medula, a inclusão de 16 procedimentos odontológicos, como colocação de coroas e blocos dentários, e o exame de imagem para identificação de câncer em estágio inicial e avançado, o PET-SCAN oncológico. Esse procedimento, que pode facilitar diagnósticos, é considerado caro pelos planos de saúde. A ANS decidiu ainda ampliar o número mínimo de consultas para determinadas especialidades. As consultas com fonoaudiólogo passam de seis para até 24 vezes por ano,
enquanto os nutricionistas, que só podiam ser consultados seis vezes, poderão ver os pacientes em 12 consultas. Terapias com psicólogos sobem de 12 até 40 consultas por ano, desde que sejam indicadas por um psiquiatra.

Petrobras descobre mais petróleo no pré-sal da bacia de Campos

A Petrobras anunciou na sexta-feira que descobriu petróleo leve no pré-sal da bacia de Campos, em profundidade de água de 648 metros, no campo de Marlim. Estimativas preliminares apontam para um potencial de volume recuperável em torno de 380 milhões de barris de óleo equivalente. A descoberta fica próxima à infraestrutura instalada dos campos de Marlim e Voador, e o poço descobridor está situado a 4,5 quilômetros de distância da plataforma P-27, o que deverá facilitar o desenvolvimento do campo, reduzir o prazo necessário para o início da produção e poderá diminuir os investimentos. Nesta semana, a estatal nomeou o Bank of America Merrill Lynch, o Bradesco BBI, o Citi, o Itaú-BBA, o Morgan Stanley e o Santander como coordenadores globais de oferta pública de ações da companhia. A oferta de ações visa a capitalização da companhia, que faz parte do projeto de desenvolvimento do pré-sal que está em análise no Congresso. A Petrobras marcou para o próximo dia 22 a assembléia geral extraordinária para aprovar o aumento de capital e autorizar o Conselho de Administração da estatal a definir o volume financeiro que será captado.

Alckmin se retrai e irrita cúpula da campanha tucana

A retração do pré-candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, irrita a cúpula da campanha tucana, que passou a cobrar empenho do ex-governador na defesa da candidatura de José Serra à Presidência. No mês de maio, após lançar seu nome ao Palácio dos Bandeirantes, Alckmin visitou nove cidades e fez aparições públicas em oito eventos. No mesmo mês, seu principal oponente na corrida eleitoral, o senador Aloizio Mercadante (PT), percorreu 21 municípios e marcou presença em 19 reuniões setoriais. Na política é assim. Lula não queria ninguém que pudesse minimamente se aproximar da imagem dele, então lançou a gerentona Dilma Rousseff sua candidata. Alckmin não quer saber de Serra presidente, porque bloquearia as suas possibilidades de ascenção. É não esquecer, Alckmin acha que é um predestinado para a Presidênvcia da República.

Supremo autoriza quebra de sigilo bancário de deputado petista acusado de fraude em licitação

O ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal, mandou quebrar o sigilo bancário do deputado federal Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), acusado de fraudar uma licitação quando era secretário de governo do Mato Grosso do Sul. Marco Aurélio Mello autorizou o Ministério Público Federal a investigar as contas e as declarações de Imposto de Renda do deputado entre 1999 e 2002. No período, Loubet foi secretário do primeiro mandato de Zeca do PT. Segundo o Ministério Público, houve irregularidades na contratação de uma agência de propaganda pelo governo estadual. A procuradoria quer que seja investigada a origem do dinheiro movimentado no negócio.

Ministro do TSE multa Lula pela quinta vez por propaganda antecipada

O ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral, aplicou multa de R$ 7.500,00 ao presidente Lula por propaganda eleitoral antecipada. É a quinta multa contra o presidente este ano pelo mesmo motivo. A representação foi protocolada pelo DEM contra o discurso que Lula fez no dia 1º de Maio em evento organizado pelo CUT em São Paulo. O presidente pode recorrer ao plenário do TSE. Segundo o partido, Lula promoveu a candidatura da pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. No discurso, Lula afirmou que sairia da Presidência em oito meses e que estava com a consciência tranquila do dever cumprido. No entanto, o presidente defendeu o "sequenciamento" do governo. "Ainda falta muito por fazer neste País porque a gente não consegue consertar os erros de 500 anos apenas em oito anos. É preciso mais tempo, mas é preciso que tenha sequenciamento", afirmou Lula.

BP deve criar empresa para cuidar dos efeitos do vazamento no Golfo do México

A companhia petrolífera britânica British Petroleum (BP) anunciou nta sexta-feira que pretende criar uma empresa encarregada especificamente de cuidar das tarefas de reparação e fazer frente aos efeitos do vazamento de petróleo ocorrido em uma de suas plataformas no Golfo do México. O executivo-chefe da empresa, Tony Hayward, precisou em uma teleconferência com investidores que a nova entidade será dirigida pelo responsável na América pela BP, Bob Dudley, que zelará pelo cumprimento de "todas as obrigações" da companhia. O que a BP está querendo é se dissociar, e a sua imagem, assim com o suas responsabilidades, a respeitos das monumentais consequência deste gigantesco desastre ambiental que ela promoveu, por absoluta incúria e irresponsabilidade. Hayward assegurou que a nova empresa não irá fazer "uma reorganização de ativos", só de pessoas, de modo que o trabalho de resposta à catástrofe no Golfo do México possa ser separado da atividade normal da companhia petrolífera. Mais explícito é impossível, está dito nas palavras do próprio executivo. O diretor reiterou o "compromisso total" da BP para resolver a situação criada pelo acidente do dia 20 de abril na plataforma Deepwater Horizon, em que 11 pessoas morreram. Hayward assegurou que neste momento é impossível prever o custo total para sanar o desastre, que, além da reparação da plataforma, incluirá a limpeza do entorno e as correspondentes indenizações e multas, mas adiantou que será "pesado".

Banrisul contrata 20 mil operações para a compra de notebooks

O Banrisul já contratou 20 mil operações para a compra de notebooks pelos professores e servidores de escolas da rede pública estadual de ensino e docentes da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, que aderiram à iniciativa do Programa Professor Digital. O processo de liberação do crédito é ágil, seguro e desburocratizado, facilitando a compra do equipamento. As operações de crédito já estão pré-aprovadas aos clientes sem impedimentos operacionais e com margem consignável disponível. O Banrisul financia 100% do valor do produto, com prazo para pagamento de 24 ou 36 meses e parcela mensal a partir de R$ 34,89. Dessa forma, o governo do Estado, administrado por Yeda Crusius (PSDB) contribui para que os profissionais da educação tenham acesso a uma importante ferramenta no desempenho da atividade pedagógica. Os profissionais que ainda não solicitaram o financiamento podem se dirigir a uma agência do Banrisul e solicitar o empréstimo, que não tem nenhum custo para o funcionário.

Apagão em Buenos Aires durou 24 horas

Durante 24 horas, oito bairros de Buenos Aires sofreram um dos maiores apagões já registrados na Argentina. Um problema ainda não identificado em um cabo de alta tensão deixou às escuras 14 escolas e queimou mais de 320 semáforos. O problema começou na quinta-feira e só foi resolvido na manhã de sexta-feira, pela Empresa Distribuidora Sul Sociedade Anônima (Edesur). O governo de Cristina Kirchner não descarta a hipótese de uma ação criminosa e já informou que o apagão será alvo de uma “profunda investigação”. Os governos da dinastia Kirchner (Nestor e agora Cristina) são o pior desastre que pode acontecer para a Argentina. O país, submetido uma governo bolivariano, peronista populista, não consegue promover os investimentos básicos em infraestrutura. Sem ela, não há como a Argentina desenvolver seu parque industrial. Principalmente porque o país não tem energia disponível.