terça-feira, 15 de junho de 2010

Delegado federal aceita convite do Congresso para depor sobre dossiê contra Serra

O delegado aposentado da Polícia Federal Onézimo das Graças Sousa aceitou convite para depor no Congresso sobre a fabricação de dossiês contra o tucano José Serra, informou nesta segunda-feira a assessoria da Comissão de Controle das Atividades de Inteligência. O depoimento será na quinta-feira, às 9 horas. A Comissão é composta por senadores e deputados, a maioria da oposição. O delegado disse que o jornalista Luiz Lanzetta, que era encarregado da área de imprensa da campanha de Dilma Rousseff (PT), pediu que investigasse o candidato do PSDB à Presidência. Lanzetta nega ter feito o pedido. O objetivo do convite da comissão é investigar como funcionam as empresas privadas de inteligência no país e verificar se há uso indevido da máquina pública na atividade.

Polícia Federal faz buscas em empresas no Distrito Federal

A Polícia Federal cumpriu nesta segunda-feira mandados de busca e apreensão em empresas de lixo em Brasília. A medida faz parte da Operação Caixa de Pandora que investiga o esquema de corrupção no Distrito Federal que derrubou o governador José Roberto Arruda. A busca apura indícios de prática de corrupção passiva entre as empresas e a promotora de Justiça Deborah Guerner e o procurador-geral do DF, Leonardo Bandarra. O inquérito tramita no Tribunal Regional Federal da 1ª Região em segredo de Justiça.

Deputado federal do PT continua greve de fome

O deputado federal Domingos Dutra (PT-MA) segue em greve de fome no plenário da Câmara dos Deputados. Ele protesta contra a decisão do diretório nacional do partido de retirar o apoio da legenda a Flávio Dino (PCdoB) e apoiar Roseana Sarney (PMDB) para o governo do Maranhão. O parlamentar, que está sem comer desde sexta-feira, disse que o PT “se transformou em sublegenda do PMDB” e informou que estuda uma medida jurídica para tentar rever a posição no Maranhão. Segundo os médicos da Casa, o estado de saúde de Domingos Dutra é estável.

Importações superam exportações em US$ 166 milhões na segunda semana de junho

A balança comercial brasileira fechou com déficit de US$ 166 milhões na segunda semana de junho (cinco dias úteis). O superávit acumulado no mês ficou em US$ 979 milhões, com média diária de US$ 122,4 milhões. O saldo entre os dias 7 e 13 de junho resultou de exportações de US$ 3,767 bilhões e importações de US$ 3,933 bilhões. A corrente de comércio (soma das duas operações) fechou o período em US$ 7,7 bilhões (média diária de US$ 1,540 bilhão). No ano, o superavit da balança comercial foi de US$ 6,588 bilhões, com média diária de US$ 59,9 milhões. O resultado foi 41,4% menor que o registrado no mesmo período do ano passado, que teve saldo comercial positivo de US$ 11,248 bilhões e resultado médio diário de US$ 102,3 bilhões.

Obama compara vazamento no golfo do México ao 11 de Setembro

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que o atual vazamento de petróleo no golfo do México terá um impacto na psique do povo americano comparável ao do 11 de Setembro. "Da mesma forma que a visão sobre nossas vulnerabilidades e nossa política externa foi profundamente moldada pelo 11 de Setembro, eu acredito que esse desastre vá moldar a maneira como pensamos sobre o meio ambiente e a energia por muitos anos", disse Obama em entrevista ao site americano Politico. O presidente americano prometeu "avançar de forma decisiva em uma direção que nos dê o tipo de política de energia visionária e orientada para o futuro".

BP apresenta novo plano para retirar petróleo do golfo

A empresa British Petroleum (BP) enviou nesta segunda-feira ao governo dos Estados Unidos um novo plano para aumentar a captação do petróleo no golfo do México, no mesmo dia em que o presidente Barack Obama iniciou sua quarta visita à região. O governo americano tinha dado até sexta-feira para que a BP apresentasse um plano eficaz para a contenção do vazamento e a coleta do petróleo derramado desde 20 de abril, e um funcionário da Casa Branca indicou que a empresa respondeu.

Ultrarricos ganham força no Brasil, diz "Financial Times"

Uma reportagem no jornal "Financial Times" desta segunda-feira afirma que "os ultrarricos do Brasil estão crescendo em número e força". A reportagem destaca a expansão do mercado de luxo brasileiro para cidades além de Rio e São Paulo, um fenômeno impulsionado pelo crescimento estelar do País, que se expandiu 9% entre o primeiro trimestre de 2009 e o mesmo período deste ano. O texto é parte de um caderno especial sobre o mercado de luxo produzido pelo jornal, que aborda tantos mercados desenvolvidos quanto emergentes.

Navio iraniano com ajuda humanitária para Gaza já está a caminho

O Irã está enviando navios com ajuda para Gaza, que sofre um bloqueio do governo de Israel, informou a rádio estatal nesta segunda-feira. O envio das embarcações deve ser considerado provocativo por Israel, que acusa Teerã de armar o grupo terrorista islâmico Hamas, que controla a faixa de Gaza. Um navio deixou o porto no domingo e outro partirá até sexta-feira carregado de alimentos, materiais de construção e brinquedos, segundo informações divulgadas pela rádio. O Irã já enviou ajuda a Gaza no passado, por meio do Egito. Não estava claro se essa nova ajuda usará o Egito como meio de chegar à região ou se tentará ir diretamente a Gaza.

Lula nega estragar relação com aposentados, mas descarta "extravagância" em reajuste

O presidente Lula disse nesta segunda-feira que não vai se deixar levar por "qualquer extravagância" ao decidir se vetará ou não o reajuste de 7,7% aos aposentados que ganham mais de um salário mínimo, aprovado pelo Congresso. O prazo para a decisão é esta terça-feira. "Não pensem que eu me deixarei seduzir por qualquer extravagância que alguém queira fazer por conta do processo eleitoral. Minha cabeça não funciona assim. A eleição é uma coisa passageira e o Brasil não jogará fora no século 21 as oportunidades que jogou fora no século 20", afirmou Lula em entrevista após participar da inauguração de um gasoduto da Petrobras em Queluzito (MG). Ao afirmar que não quer estragar a relação que tem com os aposentados, Lula disse já ter tomado a decisão, mas que só se pronunciará nesta terça-feira, depois de uma última reunião com ministros.

Israel rebate críticas do ditador Fidel Castro sobre tratamento dado a palestinos

Israel criticou comentários feitos nesta segunda-feira pelo ex-ditador cubano Fidel Castro, que comparou o tratamento dado aos palestinos ao extermínio nazista de judeus, um exemplo da retórica incendiária num debate de um organismo da ONU. A fala do ditador Fidel Castro foi divulgada na sexta-feira pela missão diplomática de Cuba em Genebra durante debate entre as 47 nações do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre a ação israelense nos territórios ocupados. "Com esses comentários ultrajantes, Fidel Castro envergonha seus companheiros de longa data e os ideais que ele sempre alegou servir. Che Guevara deve estar se revirando na cova", disse Yigal Palmor, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, em Jerusalém. Israel há muito lamenta o tratamento do Conselho de Direitos Humanos, que chama de preconceituoso. Cuba e Fidel Castro falando em direitos humanos é de morrer de rir.

Dilma nega que esteja evitando debates e entrevistas

A pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou nesta segunda-feira que "não faz o menor sentido" as acusações de que ela estaria evitando debates e entrevistas. Em sua pagína no Twitter, Dilma disse que já tem debates marcados para quando retornar de seu tour pela Europa nesta semana para encontrar chefes de Estado. Dilma viajou no final da tarde e passará por França, Espanha, Bélgica e Portugal. "Não tem o menor sentido dizer que estou evitando debates e entrevistas. Basta olhar a imprensa. Amarelas na Veja esta semana, Jovem Pan", disse ela. Segundo a candidata, em seu retorno, ela se dedicará a debates agendados com redes de televisão. Dilma está tratando de se afastar do País às pressas no momento em que sua campanha é acusada de ter montado uma quadrillha de arapongas para bisbilhotar a vida de seus concorrentes.

Outro tanque de petróleo aparece em praia da Flórida

Sem as presenças de Dilma Rousseff (PT) e do deputado federal Ciro Gomes (PSB), o PSB oficializou nesta segunda-feira o apoio do partido à candidatura da petista à Presidência. O anúncio foi feito em um Congresso Nacional Extraordinário e formaliza decisão da Executiva Nacional do partido, tomada em abril, que desistiu de lançar a candidatura presidencial de Ciro Gomes. Além do PSB, Dilma já reúne oficialmente o apoio do PMDB, do PDT, chancelados neste fim de semana, mais o PR, que em uma reunião fechada confirmou a união com o PT. A aliança governista ainda reúne o PCdoB, com convenção marcada para quarta-feira, e do PRB, que formaliza a união no dia 26 de junho.

PMDB abre mão de candidatura e fecha apoio ao DEM em Santa Catarina

O PMDB e o DEM de Santa Catarina anunciaram nesta segunda-feira que vão formar uma aliança após o pré-candidato Eduardo Pinho Moreira (PMDB) afirmar que vai retirar seu nome da disputa e apoiar o senador Raimundo Colombo (DEM) como candidato ao governo do Estado. O acordo foi anunciado na Assembléia Legislativa de Santa Catarina na manhã desta segunda-feira. Ainda não foi definido que será o candidato a vice-governador na chapa, segundo a assessoria dos dois partidos. A decisão ocorre dois dias depois de a Executiva Nacional do PMDB oficializar aliança com o PT em torno da candidatura de Dilma Rousseff à Presidência.

Anac diz que tráfego aéreo doméstico cresce pelo 12º mês consecutivo em maio

O tráfego aéreo doméstico de passageiros teve um crescimento de 20,2% em maio na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) divulgados nesta segunda-feira. O crescimento mensal é o 12º consecutivo. No transporte aéreo internacional, as companhias brasileiras registraram crescimento da demanda de 21,03% na mesma base de comparação. No acumulado do ano, o mercado nacional apresenta expansão de 29,86%, e o internacional de 11,69%. Com crescimento de 9,39% na demanda, a TAM se manteve na liderança do setor no mês passado, com 40,88% de participação no segmento doméstico.

FBI afirma que senador Edward Kennedy recebia ameaças de morte

Gravações secretas do FBI divulgadas nesta segunda-feira mostram que foram feitas ameaças contra o senador Edward Kennedy mesmo cinco anos após sua tentativa frustrada de entrar para a Casa Branca, em 1980. Os documentos mostram que em 23 de maio de 1985, a polícia do Capitólio americano repassou ao FBI a cópia de uma carta enviada ao Serviço Secreto, escrita por um morador de Warren, no Estado do Michigan, que declarava: "Vou matar Kennedy e o presidente Ronald Reagan, e estou falando sério". A ameaça de 1985 está entre as 2.352 páginas de documentos publicadas pelo FBI em seu webiste sobre o senador, que morreu no ano passado, aos 77 anos, com tumor cerebral. A maioria dos documentos são de ameaça de morte e tentativas de extorsão contra o democrata do Massachusetts. "Essas ameaças vêm de várias fontes, incluindo indivíduos, pessoas anônimas, e membros de grupos radicais, como o Ku Klux Klan, organizações 'Minutemen' e o Partido Nacional Socialista dos Brancos", escreveu o FBI em seu site.

Estados Unidos criticam Venezuela por ordem de prisão contra dono de TV opositora

O governo americano expressou nesta segunda-feira sua preocupação com a ordem de prisão contra o empresário venezuelano Guillermo Zuloaga e lamentou o "contínuo ataque" do governo do ditador da Venezuela, Hugo Chávez, à liberdade de imprensa. Na sexta-feira foi decretada ordem de prisão contra Guillermo Zuloaga, presidente da rede de TV privada Globovisión, crítica à ditadura de Hugo Chavez, o clown bolivariano. "Nos preocupa seriamente a ordem de prisão contra Guillermo Zuloaga", disse o porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Philip Crowley. "Esse é o último exemplo do contínuo ataque do governo da Venezuela contra a liberdade de imprensa. Pedimos mais uma vez ao governo da Venezuela que honre seu compromisso com a Carta Democrática Interamericana para defender o princípio de que o respeito aos direitos humanos, incluindo a liberdade de imprensa, é essencial para as democracias representativas", disse Crowley em sua entrevista coletiva diária.

Colunista do Wall Street Journal diz que Lula "dança com déspotas"

Em um artigo publicado nesta segunda-feira, a colunista Mary Anastasia O'Grady, do Wall Street Journal, fez uma série de comentários duros e irônicos sobre a política externa brasileira e sobre o presidente Lula. "O Brasil pode estar ganhando algum respeito no front econômico e monetário mundial, mas quando se trata de liderança geopolítica, o senhor Silva está trabalhando horas extras para preservar a imagem do país como de terceiro mundo ressentido", diz O' Grady. "O mais recente exemplo de como o Brasil ainda não está pronto para o horário nobre nos círculos internacionais, veio na semana passada quando votou contra as sanções ao Irã no Conselho de Segurança das Nações Unidas. A Turquia foi parceiro solitário do Brasil neste exercício constrangedor. Mas a Turquia, pelo menos pode culpar as suas raízes muçulmanas. Lula está conduzindo a reputação do Brasil para a areia por sua própria gratificação política", afirmou a colunista. Ela também escreveu que a atuação internacional tem causado problemas para o Brasil: "A reputação do Brasil como líder entre as economias emergentes têm sofrido muito. Para satisfazer à esquerda, Lula está defendendo e elevando seus heróis, que são alguns dos mais notórios violadores de direitos humanos do planeta". No campo pessoal, ela fez a seguinte descrição do presidente: "O partido de Lula é de esquerda, mas ninguém pode confundi-lo com um bolchevista comprometido. Ele é apenas um político inteligente que veio das ruas e ama o poder e as limusines". Sobre as eleições presidenciais de outubro, a colunista afirma que a sucessão de Lula não é garantida. "Será que vai funcionar? Muito dependerá se os brasileiros que vêem sua 'dança com os déspotas' como desperdício para a nação emergente. Como o ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso advertiu, a política de Lula faz o Brasil ficar "mudando de lados", mas está longe de estar claro se os brasileiros estão de acordo com ela", termina.

Dona de estaleiro chama Banco do Brasil de "incompetente"

A empresária Gisela Mac Laren, presidente do estaleiro Mac Laren, em Niterói, criticou de forma enfática o Banco do Brasil pela demora em conceder o financiamento que busca há três anos para a construção de um dique seco. A construção da área é necessária para que a empresa se habilite a disputar contratos para construção de plataformas de petróleo, encomendadas pela Petrobras, e está orçada em US$ 90 milhões. "Desistimos de tolerar a incompetência do Banco do Brasil. É um banco limitado, com premissas limitadas. Deveria estar preocupado em contribuir para o desenvolvimento do País. No entanto, está mais preocupado em contas correntes de aposentados e não em financiamentos e investimentos. É o banco mais incompetente para fazer projetos dessa magnitude", disse ela, durante almoço em sua homenagem na Associação Comercial do Rio de Janeiro. Segundo Gisela Mac Laren, o estaleiro pleiteava US$ 70 milhões para as obras, que levarão 15 meses para ser concluída. Os recursos pleiteados viriam do Fundo da Marinha Mercante. Segundo a empresária, o pedido de financiamento barrou nas exigências de garantias: "Não bastassem as garantias de 150% que eles nos exigiram e foram dadas, eles quiseram que fizéssemos uma obra. Era uma discussão sobre se o que vinha primeiro era o ovo ou a galinha". Diante dos entraves, a empresária diz já estar conversando com bancos estrangeiros. Segundo ela, a relação será com um banco: "Não queremos sócios nem fundos. O mundo se voltou para o Brasil. Chineses, singapureanos estão olhando para o Brasil. Então, vamos ignorar a existência desse banco, sabedores de que a vocação deles não é para o engrandecimento do Brasil". Por conta do atraso na liberação, diz a empresária, a obra sofrerá um atraso de até três anos. Gisela Mac Laren disse que a não conclusão do projeto já resultou em perdas de contratos para os estaleiros. Enquanto não constrói o dique seco, o estaleiro vem fazendo reparos em embarcações. A empresária diz que também vem se preparando para participar do leilão para construção das plataformas P-58 e P-62, esperado para ocorrer ainda este mês: "Serão três módulos, e pretendemos fazer oferta para dois deles".

Receita Federal vai acabar com o cartão do CPF

A Receita Federal vai acabar com o cartão do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) a partir do segundo semestre. A expectativa é que no segundo semestre os novos inscritos já não recebam mais o cartão azul. A mudança virá junto com a implementação do CPF online. A partir de agosto, o contribuinte continuará indo à Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou aos Correios para fazer o CPF, mas já sairá da agência com o número do cadastro e um comprovante. Atualmente, ele só recebe o cartão com o número em sete dias úteis. "Os cartões atuais continuarão valendo. Hoje já é muito difícil alguém ter que mostrar o cartão. Você já tem o número em outros documentos, como a carteira de motorista", afirma a coordenadora-geral de Atendimento e Educação Fiscal da Receita, Maria Helena Cardozo.