sexta-feira, 9 de julho de 2010

Grupo islâmico somali executou publicamente cristão convertido

A execução ocorreu no distrito de Hudur, na Somália, em 01 de julho. A International Christian Concern (ICC) informou em um comunicado à imprensa que Muhammad Guul Idiris Hashim, um cristão convertido do islamismo, estava viajando por terra desde Kalafo, uma cidade de fronteira com a Etiópia. Ele pretendia visitar sua mãe na capital Mogadíscio. A ICC disse que um passageiro desconfiou que Muhammad fosse "cristão" e perguntou-lhe se ele achava que o profeta Maomé foi um verdadeiro mensageiro de Deus. Idiris respondeu, dizendo: "Se eu pensasse assim, eu teria acreditado nele, em vez de no Messias". Quando eles chegaram ao distrito de Hudur, disse a ICC, um reduto da rede terrorista Al-Shabaab, o homem muçulmano denunciou Idiris ao Al-Shabaab, que o deteve em 27 de junho. Idiris foi acusado de insultar o profeta Maomé. É um pecado grave considerar que Maomé não é um profeta verdadeiro, punível com a pena de morte. A ICC disse que Sheik Adan Yare, o governador da região de Bakol pelo Al-Shabaab, falou à imprensa em 1º de julho, e disse: "Nossos guerreiros santos hoje, em 1º de julho, às 11h45, executaram em frente de testemunhas muçulmanas iradas um jovem cujo nome era Muhammad Guul Hashim Idiris que insultou nosso amado profeta". A execução, que ocorreu em um estádio de futebol, foi assistida por centenas de pessoas, incluindo crianças em idade escolar que foram obrigadas a assistir à cena horrenda.

Travesti tem candidatura a deputado estadual barrada pelo PT do Paraná

O diretório do PT do Paraná cancelou a candidatura a deputada estadual da travesti Andrielly Vogue, de 34 anos, dois dias depois de sua pré-candidatura ter sido homologada no encontro estadual do partido, em Curitiba, no dia 29 de junho. Andrielly disse que nem foi informada de que não seria mais candidata e só descobriu o fato ao não encontrar seu nome na lista de candidatos. Ela diz que foi discriminada pelo partido por ser travesti. Militante do PT desde 2007, ela tentou uma vaga na Câmara Municipal de Curitiba nas eleições de 2008, na cota do partido destinada às mulheres, mas não se elegeu. Teve 343 votos. Segundo Andrielly, no encontro estadual foram apresentados 43 candidatos a deputado estadual e ela estava na relação. Mas na convenção do partido, a Executiva Estadual decidiu entrar na coligação "União pelo Paraná" (PMDB, PDT, PT, PR e PC do B), para a eleição proporcional (deputados estadual e federal) e o número de candidatos a Assembleia paranaense foi reduzido para 25. Andrielly ficou de fora.

Dilma Rousseff repudia crime contra mulheres, mas anda com Netinho de Paula

Não demorou muito para que o caso do ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes das Dores de Souza, acusado pelo desaparecimento de Eliza Samudio, invadisse o universo eleitoral. Candidata do PT à sucessão do presidente Lula, a ex-ministra Dilma Rousseff disse, na quinta-feira, que “o Brasil repudia um crime com essa barbaridade, com essa perversidade”. Em visita a Bauru, no interior de São Paulo, a neopetista Dilma lembrou a importância da aprovação, durante o governo do presidente Lula, da lei Maria da Penha, que coíbe a violência doméstica e contra a mulher. “O primeiro indício de crime contra a mulher, que pode ser a violência mais banal, mais doméstica, tem que ser coibido porque senão se abre espaço para alguém supor que fica impune matando uma mulher dessa forma”, declarou a candidata. Tudo muito bem, pois qualquer tipo de agressão física representa uma insanidade. Contra uma mulher a situação piora de maneira exponencial. Acontece que Dilma Rousseff fala uma coisa e faz outra completamente diferente. Em suas incursões no estado de São Paulo, Dilma tem contado com a companhia do vereador e pagodeiro Netinho de Paula, candidato do PCdoB ao Senado Federal. Netinho de Paula foi indiciado pela Polícia Civil de São Paulo por agredir fisicamente, com doses de violência e brutalidade, sua então esposa, a decoradora Sandra Mendes de Figueiredo Crunfli. A presidenciável do PT não pode alegar desconhecimento, adotando o bordão utilizado pelo presidente Lula. Como se não bastasse, Aloizio Mercadante, Marta Suplicy e Alexandre Padilha (ministro de Relações Institucionais) não apenas fingem desconhecer o caso, como enaltecem de maneira irresponsável a figura de Netinho de Paula. Ou seja, as afirmações de Dilma Rousseff são vazias, na prática ela faz ao contrário do que diz.

Sete terroristas fogem das Farc e pedem proteção ao Exército

O governo do presidente colombiano, Álvaro Uribe, informou nesta sexta-feira que sete integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc, organização terroristas e traficante de coacaína) escaparam da organização e procuraram o Exército. Os terroristas arrependidos ficarão sob proteção do Estado por meio do Programa de Cuidados de Desmobilizados, segundo comunicado do Exército colombiano. Nos últimos dias, Uribe intensificou as ações de combate às Farc. No entanto, as Forças Armadas não confirmam que Alfonso Cano, um dos principais líderes da organização, tenha sido morto. O comandante-geral do Exército, Freddy Padilla de León, optou por informar apenas que o governo não dispõe de informações sobre Cano.

Taxista é covardemente agredido no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Um taxista foi covardemente agredido por outros motoristas de táxi no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. As imagens foram gravadas pelo circuito interno do aeroporto: o grupo de taxistas aparece perseguindo outro motorista de táxi. Em outra imagem, Kleber Oliveira da Rosa já está caído, sem reação. Mesmo assim, é atacado com chutes pelos taxistas, que vão embora calmamente. Outro vídeo, gravado momentos depois, mostra o taxista desacordado. Só então os seguranças do aeroporto chegam e ajudam a socorrê-lo. Kleber tinha acabado de deixar uma passageira e ao tentar embarcar outra pessoa, foi atacado. Ele foi levado para o hospital, com ferimentos no rosto e na cabeça. A via que dá acesso ao aeroporto e onde aconteceu a agressão é uma rua pública. Por isso, qualquer taxista tem o direito de deixar e pegar passageiros. Para a polícia, muitos taxistas cooperativados do aeroporto tentam fazer uma espécie de reserva de mercado, usando a violência. Segundo a polícia, há registros de pelo menos um caso de agressão por semana. Segundo a Infraero, a responsabilidade na área externa do aeroporto é da Polícia Militar e informou ainda que a PM mantém apenas dois policiais por turno para cuidar de todo o aeroporto. A Polícia Militar disse que reforçou o policiamento no local. As imagens do circuito interno ajudaram a identificar quatro dos cinco agressores. Dois já se apresentaram na delegacia. Todos vão ser indiciados por tentativa de homicídio.

Dilma diz não ter assinado plano de governo do PT, apenas rubricado páginas

A candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou na manhã desta sexta-feira, em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro, que houve erro do partido na entrega do plano de governo ao Tribunal Superior Eleitoral. Ela reconheceu não ter lido o documento antes de ser enviado, mas disse que rubricou os papéis. Se rubricou, ela autenticou os papéis, elas os deu como verdadeiros. Essa mulher foi chefe da Casa Civil, e não sabe o que significa autenticar um documento? Isso é inacreditável. "Não assinei documento nenhum porque não tem documento nenhum a ser assinado. Eu rubriquei páginas. Eu não olhei porque achei que era aquele programa não achei que iam colocar outro programa. Tinha que colocar o que nós tínhamos acertado em junho [com os partidos aliados", acrescentou ela. É outra estupidez, porque a rubrica é uma assinatura curta. Ela deve estar cansada de saber isso, porque como ministra, e como secretária de Minas e Energia, assinou dezenas de contratos, e rubricou centenas de páginas desses contratos ou outros documentos públicos, dando ciência de que eram verdadeiros, e que valiam. A pestista Dilma só admitiu que o episódio "foi um erro", mas disse ter sido equívoco "humano", não "arquitetado". Ela chegou a esboçar um contra-ataque a José Serra, adversário tucano na disputa. "Os meus adversários, principalmente o adversário, eles sistematicamente erram. Fizeram coisas assim que... Por exemplo... Eu não vou dar exemplo porque não é da minha responsabilidade falar sobre ele", comentou ela, naquele seu modo estranho de falar, em que as frases saem sempre incompletas. O primeiro programa de governo apresentado ao TSE propunha taxação de grandes fortunas, combate ao "monopólio da mídia" e realização de audiência prévia para reintegração de terras invadidas por sem-terra, censura à imprensa e defesa do aborto. Após a repercussão das propostas, principalmente na internet, o PT recuou, voltou ao TSE sete horas depois e apresentou nova redação sem os pontos mais polêmicos. Isso resultou na charge do desenhista Nani, na Folha de S. Paulo, apresentando-a como uma "garota de programas".

TSE multa ministro por reproduzir texto a favor de Dilma

O Tribunal Superior Eleitoral acatou denúncia do Ministério Público Eleitoral e multou o ministro da Cultura, Juca Ferreira, nesta sexta-feiram, em R$ 5 mil, pela publicação, no portal do Ministério da Cultura, de uma entrevista do então secretário da Cidadania Cultural, Célio Turino, concedida ao “Blog da Dilma”. De acordo com o Ministério Público Eleitoral, a entrevista veiculada no portal trazia conteúdo eleitoral em favor da então ministra-chefe da Casa Civil, hoje candidata à Presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff. O Ministério Público Eleitoral pediu a aplicação de multa individual de R$ 30 mil tanto ao ministro quanto ao secretário, mas Henrique Neves, ministro do Tribunal Superior Eleitoral, que examinou a representação, concluiu que o secretário não tinha, entre suas atribuições legais, a responsabilidade de decidir ou supervisionar o conteúdo das informações veiculadas pelo site do Ministério da Cultura na internet.

PT convida ex-ministro do TSE para cuidar de ações contra Lula durante campanha

Disposto a intensificar a presença do presidente Lula nos eventos da campanha presidencial de Dilma Rousseff, o PT procurou José Gerardo Grossi, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, para cuidar de futuras ações na Justiça Eleitoral que envolvam o petista. O convite para Grossi defender Lula partiu do ex-ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, amigo pessoal do presidente. A idéia é que ele trace uma estratégia que possa burlar possíveis multas. Petistas avaliam que, diante do trânsito do ex-ministro na Corte Eleitoral, ficará mais fácil entender qual a conduta que os ministros esperam do presidente na disputa eleitoral. O presidente recebeu até agora seis multas neste ano por propaganda eleitoral antecipada em favor de Dilma, somando R$ 42,5 mil. O Tribunal Superior Eleitoral ainda analisa outras quatro representações que passam por uso da máquina pública e antecipação de campanha, além de um recurso do presidente contra uma multa de R$ 900 mil aplicada em 2006, quando disputava a reeleição. "O presidente não pode ser excluído da campanha. Recebi o convite e estou me inteirando da situação para definirmos algumas medidas", disse Grossi.

Prefeitura petista de Canoas não pesa o lixo recolhido na cidade para efeturar pagamento

Monumental falcatrua está acontecendo no setor do lixo da prefeitura municipal de Canoas, localizada na Grande Porto Alegre, cidade dirigida pelo prefeito petista Jairo Jorge, ex-chefe de gabinete do Ministério da Educação, durante a gestão do peremptório Tarso Genro. O peremptóriozinho Jairo Jorge fez a campanha e assumiu o governo criticando a administração anterior, do prefeito Marcos Ronchetti, que terminou seu mandato abaixo de críticas. O peremptóriozinho dizia que estava recebendo uma "herança maldita". Petistas adoram ressaltar as "heranças malditas". Mas, no caso de Canoas, ele tratou de engordar a "herança maldita". Pois bem, desde o primeiro dia de seu mandato, e até agora, passados mais de um ano e meio, a prefeitura do peremptóriozinho petista Jairo Jorge não pesou um quilo de lixo que é recolhido pela empresa. Então, como é que ele paga a Vega Ambiental Ltda, a empresa que recolhe lixo na cidade sem licitação, por meio de contrato emergencial? Ora, ele paga o lixo "por estimativa". Mas é um fenômeno esse peremptóriozinho..... Quer dizer que ele pega o número de caminhões contratados e atribui um preço para cada viagem. Ora, mas quem assegura que a Vega Ambiental coloca todos os caminhões em serviço? Ou que faça todas as viagens programadas nos roteiros estabelecidos pela cidade? É simplesmente inacreditável que o maior contrato da cidade, o mais caro de todos, o do recolhimento do lixo, seja tratado desta forma pelo peremptóriozinho. Na administração anterior, o vereador petista Nelsinho Metalúrgico, denunciava todos os dias a corrupção na área do lixo. E foi ele quem levou denúncia e a protocolou junto ao Ministério Público Especial junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, dizendo que a bilionária licitação promovida pelo então prefeito Marcos Ronchetti era fraudulenta, porque estava com preços superfaturados. O Tribunal de Contas determinou a anulação dessa licitação. E isso foi tudo o que a administração, como esta agora do peremptóriozinho petista Jairo Jorge, queria, porque teve todas as justificativas para também prorrogar o contrato com a eterna empresa Vega Ambiental sem licitação, com o argumento fajuto da emergência. A falta de pesagem do lixo de Canoas foi constatado nesta sexta-feira por equipe de reportagem do jornal O Timoneiro, que esteve na Avenida Boqueirão, no setor da prefeitura onde fica a balança que deveria servir para pesar o lixo. Chegando lá, a equipe recebeu a informação: a balança não funciona desde 2008. O secretário municipal de Serviços Urbanos, Marcio Afonso Ferreira (PMDB), confirmou que não há maneira de se saber o peso das cargas recolhidas. Segundo o peemedebista Mário Afonso Ferreira, houve um problema com a licitação feita em 2009 para a aquisição de uma nova balança e um novo processo de licitação está em andamento. É sempre assim, eles pensam que esse é o truque perfeito, licitações que são feitas para dar problemas, para que não cheguem ao seu final. Ele também não explicou como está sendo feito o pagamento do serviço de coleta e destinação final do lixo. Este secretário municipal de Serviços Urbanos foi indicado para o cargo pelo atual presidente da Câmara Municipal, Cesar Mossini (PMDB). Este vereador Mossini tem vinculação partidária com o deputado federal Eliseu Padilha (PMDB). Na segunda-feira, o chefe da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, delegado Alvaro Steigleder, vai receber denúncia para a instauração de inquérito que investigue as fraudes nos serviços de lixo de Canoas. O pedido incluirá uma ressalva para que nenhum delegado atuante na cidade seja encarregado do inquérito, a fim de que a investigação guarde sua independência. No mesmo requerimento haverá um pedido para que o chefe de Polícia Civil, delegado Alvaro Steigleder, determine a contratação de uma auditoria privada para levantar informações e dados na administração municipal de Canoas. Este pedido se prende ao fato de que a Auditoria Externa do Tribunal de Contas é absolutamente omissa e incompetente, sendo incapaz de detectar essas fraudes contumazes na área do lixo na cidade de Canoas.

Citi rebaixa recomendação para ações da América Latina e do Brasil

Os estrategistas do Citigroup rebaixaram as ações da América Latina para "underweight" - abaixo da média do mercado - no terceiro trimestre deste ano. Em relatório publicado nesta sexta-feira, o Citi cita fraco ritmo dos ganhos, baixo retorno sobre patrimônio e um ambiente para taxa de juros que os estrategistas consideram "desafiador", enquanto os países da região tomam medidas para normalizar a política monetária e apertar as taxas de juros. O Brasil foi rebaixado para "neutro", mesmo continuando como a principal escolha do Citi na região, por causa da queda no ritmo dos ganhos, do aumento nas taxas e do atual excesso de ofertas de ações que estão por vir. Os estrategistas prevêem retornos de 20% a 25% para os mercados emergentes globais durante o segundo semestre de 2010, com melhores retornos concentrados no quarto trimestre. Eles acrescentam que as ações emergentes estão baratas em relação aos bônus. O Citi manteve a classificação "overweight" - acima da média de mercado - para Ásia, mas cortou a Índia para "underweight". O banco elevou as ações da região Europa, Oriente Médio e Ásia para "neutra" por causa da melhora no ritmo dos ganhos e avaliações mais baixas. Os mercados "overweight" favoritos do Citi são Rússia, Turquia, Coréia do Sul, Taiwan e Tailândia.

"Faz tudo" das famílias Sarney e Calheiros declara patrimônio de R$ 26,8 milhões

O assessor Francisco Escórcio, "faz tudo" das famílias de José Sarney (PMDB-AP) e Renan Calheiros (PMDB-AL), apresentou uma declaração de bens para registro de candidatura que informa ser ele um grande milionários. Candidato a vaga na Câmara dos Deputados pelo PMDB do Maranhão, Chiquinho, como é conhecido, informou possuir patrimônio de R$ 26,8 milhões. Em 2006, quando tentou, sem sucesso, eleger-se ao mesmo cargo, ele apresentou uma lista no valor total de R$ 2,4 milhões. Na crise que derrubou Renan Calheiros da presidência do Senado Federal, Chiquinho foi acusado de espionar os senadores Demóstenes Torres (DEM-GO) e Marconi Perillo (PSDB-GO). Depois, virou secretário do governo de Roseana Sarney. A declaração de Chiquinho inclui R$ 16,4 milhões em imóveis de alto padrão no Distrito Federal, lancha e carros de luxo.

Ministério Público Eleitoral entra com novo pedido de multa contra Dilma

O Ministério Público Eleitoral protocolou nesta sexta-feira, no Tribunal Superior Eleitoral, mais um pedido de multa contra a candidata PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. Ela é acusada de antecipar campanha eleitoral em entrevista à rádio Itatiaia, de Minas Gerais, no dia 7 de abril. Segundo a ação, na entrevista, a petista fez menção expressa às eleições deste ano, com exposição de sua candidatura e da plataforma de governo, além de comparações negativas entre o governo atual e o anterior. Dilma é acusada ainda de fazer propaganda negativa contra o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, José Serra. O Ministério Público Eleitoral pede multa máxima (R$ 25 mil) à candidata devido à “reiteração da prática de propaganda eleitoral em época vedada". Por lei, a campanha está liberada desde o dia 6 de julho.

Clarinetista Paulo Moura está internado em hospital do Rio de Janeiro

O maestro e clarinetista Paulo Moura, de 77 anos, um dos maiores gênios da música no Brasil, está internado desde o último domingo na Clínica São Vicente, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo sua ficha médica, ele realiza tratamento para tentar curar um "linfoma progressivo" com o oncologista Daniel Tabak. O músico é conhecido internacionalmente por sua trajetória. Nascido em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, ele se criou nos salões de gafieira do Rio de Janeiro e se tornou grande intérprete de choro, samba e jazz.

Ingrid Betancourt pede US$ 6,8 milhões à Colômbia por sequestro

A política franco-colombiana Ingrid Betancourt, que passou mais de seis anos como refém de terroristas das Farc (organização terrorista e traficante de cocaína) antes de ser resgatada pelo Exército, processou a Colômbia pelo seu sequestro, afirmou o Ministério da Defesa nesta sexta-feira. Betancourt pediu US$ 6,8 milhões (R$ 12,8 milhões) ao Estado pelos danos sofridos, como o estresse emocional e a perda de renda enquanto permaneceu no cativeiro em acampamentos secretos de terroristas e traficantes de cocaína das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na selva. O ministério informou, no entanto, que ela não tem razão para culpar o Estado por seu sequestro. Ingrid Betancourt foi sequestrada pelas Farc durante sua campanha pela Presidência em 2002. Autoridades de segurança do governo haviam alertado a candidata contra a entrada nas áreas rurais, que estavam sendo disputadas por soldados e terroristas. Os detalhes do processo, no qual consta que ela acredita ter sido responsabilidade do Estado, não foram disponibilizados. Ela foi resgatada em 2008 junto a outros 14 sequestrados, incluindo três norte-americanos, em um operação do Exército, que se infiltrou entre as Farc, considerada como o pior golpe político e militar contra o grupo terrorista e traficante de cocaína. Ingrid, de 48 anos, já foi cotada como possível futura presidente da Colômbia, passou a maior parte do tempo na Europa desde que foi libertada. Essa filha da aristocracia colombia, que sempre permitiu a existência do terrorismo e tráfico da cocaína, mostra sua verdadeira face, a de espoliadora dos recursos do seu país. Ela deveria ter de pagar ao Estado pelo seu resgate do cativeiro com os terroristas

TSE suspende perda de mandato de suplente da deputada da bolsa no Distrito Federal

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski, concedeu liminar para suspender os efeitos da decretação da perda de mandato de Roberto Lucena (PR), suplente da deputada cassada Eurides Brito (PMDB), filmada colocando dinheiro na bolsa. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal havia decratado a perda do cargo por entender que o suplente deixou o PMDB, legenda pela qual fora eleito em 2006, em outubro de 2009, sem apresentar justa causa para deixar o partido, e filiou-se em seguida ao PR. Ao analisar a ação cautelar ajuzado pelo parlamentar, Lewandowski concedeu liminar para que seja suspensa a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal até que o recurso ordinário seja julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral. O ministro considerou plausíveis os argumentos de Lucena, no sentido de que seus advogados não tiveram amplo direito de realizar a defesa no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal. "Em exame preliminar, verifico plausibilidade na alegação de que o acórdão regional teria incorrido em cerceamento de defesa ao não facultar a produção das provas requeridas na defesa, apenas porque não reiterado o pedido no momento de especificação de provas". Lucena tomou posse no lugar de Eurides Brito no dia 18 de maio.

Magistrados defendem colega que precisou fugir da ditadura da Bolívia

A AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e duas organizações internacionais de magistrados manifestaram apoio ao juiz boliviano Luis Hernando Tapia Pachi. O juiz, que há uma semana precisou fugir do seu país para o Brasil, onde pediu refúgio, é vítima de "implacável perseguição" por parte do governo do índio cocaleiro trotskista Evo Morales. Em nota, a Federação Latino-americana de Magistrados, sediada em Buenos Aires, pediu que seja dada a máxima divulgação ao caso. Para a entidade, o juiz precisou pedir refúgio "pois em seu próprio país não existem garantias que respeitem os seus direitos". Segundo a nota, Tapia Pachi sofreu "atos de amedrontamento por parte do Poder Executivo durante vários meses".

Transpetro informa a construção de mais 8 navios em Suape

Mais oito navios serão construídos no Complexo Industrial e Portuário de Suape (PE), segundo informou a Transpetro nesta sexta-feira. Para construir as embarcações, do tipo gaseiro, a empresa contratou o Estaleiro Promar. O investimento faz parte do Promef (Programa de Modernização e Expansão da Frota) e tem valor de US$ 536 milhões. No total, Pernambuco sediará a construção de 30 navios, consolidando-se como um novo pólo naval. Os navios gaseiros são destinados ao transporte de gases liquefeitos. A estimativa é de que o Promar inicie a construção dos navios em um ano e esteja concluído em um prazo de 18 meses. O primeiro navio desta série será entregue em 2013 e devem ser construídos em uma área de 80 hectares no complexo de Suape. A documentação necessária (licença ambiental prévia e posse do terreno) foi devidamente apresentada e aprovada pela estatal. Foram reunidos em um único lote todos os gaseiros que compõem o Promef,conforme estabelecem as regras do programa. A construção destes navios será feita com um índice mínimo de nacionalização de 70% na compra de equipamentos e serviços.

Advogados de suspeito do assassinato de Eliza Samúdio desistem do caso

Os dois advogados do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de ter matado Eliza Samúdio, a ex-amante do goleiro do Flamengo, Bruno de Souza, anunciaram na madrugada desta sexta-feira que desistiram de representar seu cliente. O advogado Roberto de Assis Nogueira alegou "motivos de foro íntimo e econômico" para abandonar a causa. Seu colega Bernardo Diogo Vasconcelos alegou que não terá tempo, porque precisa "estudar para um concurso". Questionado se o ex-policial, preso no início da noite desta quinta-feira, teria confessado o crime, Nogueira respondeu que Santos está muito abalado e que em momento algum confessou ter matado Eliza. o advogado disse ainda acreditar na inocência do seu ex-cliente.

Receita reconhece que dados do tucano Eduardo Jorge foram acessados

Em nota divulgada nesta quinta-feira, a Receita Federal afirma que não houve violação externa de informações das declarações do Imposto de Renda do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. Na prática, isso significa que o órgão admite que os dados do dirigente tucano foram acessados por pessoal autorizado e devidamente identificado. Reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, no dia 19 de junho, mostrou que dados fiscais de Eduardo Jorge, levantados pelo "grupo de inteligência" da pré-campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência, saíram diretamente dos sistemas da Receita. "Não houve violação ou invasão por parte de terceiros aos sistemas informatizados da instituição. Foram identificados todos os acessos às declarações do contribuinte Eduardo Jorge Caldas Pereira dos exercícios de 2008 e 2009. Os acessos ocorreram por pessoas autorizadas, mediante uso de senha pessoal e certificação digital", diz nota da Receita. A instituição informa ainda que as investigações prosseguem, através da instauração de processo administrativo disciplinar, para apurar se os acessos foram motivados por razão de serviço: "Caso contrário, o responsável pelo acesso imotivado estará sujeito a penalidade de advertência ou suspensão de até noventa dias". Segundo a Receita, caso a investigação indique a ocorrência de vazamento de informações sigilosas e conclua pela quebra de sigilo funcional, o autor estará sujeito à pena de demissão e o inquérito será encaminhado ao Ministério Público Federal para adoção das medidas necessárias na esfera criminal.