quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Vale anuncia investimento no Canadá de mais de US$10 bilhões

A mineradora brasileira Vale anunciou nesta quarta-feira um grande plano de investimentos para o Canadá que poderá exceder 10 bilhões de dólares em um período de cinco anos, destinado a expandir suas operações e sua produção no país. A Vale pretende investir 3,4 bilhões de dólares para ampliar unidades de mineração e processamento em Ontário e avalia um projeto de 2,5 a 3 bilhões de dólares para potássio na província de Saskatchewan, entre outras ações. Ou seja, é dinheiro dos trabalhadores brasileiros, que emprestam os recursos para financiamentos do BNDES (um dos controladores da Vale), sendo utilizado para criar empregos para trabalhadores canadenses, tudo isso promovido por um governo petista. "O programa de investimentos que estamos lançando é um indicador do grande futuro que vemos para a Vale no Canadá", afirmou o presidente executivo da Vale Canadá e diretor executivo de metais básicos da Vale, Tito Martins, em comunicado. Para o plano envolvendo potássio, que ainda está na fase de estudo de viabilidade, a meta seria produzir 2,9 milhões de toneladas por ano. A companhia disse que anunciará em breve sua estratégia para elevar em 100 mil toneladas por ano a sua produção de cobre no Canadá. A companhia informou também que busca "agressivamente" novas oportunidades de mineração no norte de Manitoba, nos depósitos de Thompson 1-d e de pipe-kipper.

Moagem de cana no centro-sul do Brasil supera 500 milhões de toneladas

A moagem de cana no centro-sul do Brasil na safra 2010/11 atingiu 500,9 milhões de toneladas até o dia 1o de novembro, volume 12,6% superior ao de igual período no ano passado, informou nesta quarta-feira a Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar). A moagem na segunda metade do mês passado somou 30,12 milhões de toneladas, representando alta de 15% ante a quinzena anterior, quando períodos de chuva atrapalharam as atividades. A produção de açúcar no acumulado da safra aumentou 23,9% ante o mesmo período de 09/10, para 30,5 milhões de toneladas. Até 1º de novembro, a produção de etanol havia crescido 18,6% em relação à mesma época do ano passado, para 22,95 bilhões de litros. Segundo levantamento feito pela Unica, em parceria com os demais sindicatos e associações do Centro-Sul, a estimativa é de que até o final de novembro cerca de 140 usinas finalizem suas operações, contra apenas 15 unidades na safra passada.

Líderes do DEM admitem que Kassab deve ir para PMDB

Dirigentes do DEM já admitem que será difícil impedir que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, deixe o partido rumo ao PMDB, a partir do próximo ano. O prefeito conversou sobre o assunto no último feriado, em São Paulo, com o vice-presidente eleito e presidente nacional do PMDB, deputado federal Michel Temer (SP). O movimento, que não é confirmado oficialmente pelo prefeito, juntaria dois objetivos comuns. Kassab quer um partido com maior densidade do que o DEM para ter força para influir diretamente na sua sucessão na prefeitura no próximo ano e também para poder concorrer com chances ao governo de São Paulo em 2014. O PMDB não existe mais em São Paulo, elegeu só um deputado federal, mas devido à sua força nacional tem o maior tempo para campanha eleitoral pela televisão. Com o ingresso de Kassab, o PMDB paulista sairia do nada para o controle da maior capital do País. Os peemedebistas entendem que uma eventual entrada de Kassab pode ainda reforçar o projeto nacional de dar musculatura à legenda com a entrada de lideranças novas. Além de Kassab, o prefeito de Campinas, Doutor Hélio, poderia também trocar o PDT pelo PMDB. Os políticos brasileiros estão complemente delirantes, em crise esquizofrênica, incapazes de estabelecer um contrato com o mundo real.

Na USP, curso noturno terá 50% mais verba que diurno

A Universidade de São Paulo (USP) vai destinar aos cursos noturnos 50% a mais da verba que os cursos diurnos receberem em 2011. A medida faz parte das diretrizes orçamentárias da instituição para o próximo ano e foram aprovadas na terça-feira, com ampla maioria, em reunião do Conselho Universitário. Nos últimos anos, os cursos noturnos já vinham recebendo mais verba do que os ministrados durante o dia, mas o porcentual, até agora, era de 35% a mais. As novas metas no orçamento dão continuidade à política de avaliação dos cursos de graduação implementada pela reitoria e pela pró-reitoria de graduação. Na última década, houve um aumento de 40% das vagas, com a criação de 85 cursos na USP. O orçamento previsto da USP para 2011 é de R$ 3,598 bilhões, 20,77% a mais do que o orçamento inicial de 2010. As três universidades estaduais paulistas - USP, Unicamp e Unesp - dividem 9,57% do ICMS arrecadado no Estado de São Paulo. O governo paulista é responsável pela melhor educação no País.

Governo Lula já admite R$ 550,00 como piso do salário mínimo

Foi marcada para esta quinta-feira a reunião do governo Lula com as centrais sindicais pelêgas que dará início aos entendimentos sobre o novo valor do salário mínimo para 2011. A proposta oficial do governo é R$ 540,00 mas integrantes do Executivo já acenaram com R$ 550,00 que na prática virou piso das negociações. Os pelêgos vão insistir em R$ 580,00. Para atendê-los, o governo terá de arranjar mais R$ 12 bilhões para bancar os gastos adicionais da Previdência Social. A distância nas cifras mostra que a discussão vai se alongar provavelmente até dezembro. "Vão levar a questão para o Lula e a Dilma", apostou o presidente da Força Sindical, o deputado federal e superpelêgo Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, deputado federal pelo PDT de São Paulo.

Presidente do Iraque se nega a firmar execução de Tariq Aziz

O presidente do Iraque, Jalal Talabani, disse nesta quarta-feira que nunca firmará a ordem de execução do ex-vice-primeiro-ministro Tariq Aziz. No mês passado, Aziz foi condenado à morte por um tribunal iraquiano. "Não, eu não vou firmar esse tipo de ordem porque eu sou um socialista", argumentou Talabani, um curdo: "Eu lamento por Tariq Aziz porque ele é um cristão iraquiano, e ele também é uma pessoa idosa, com mais de 70 anos. Por isso que eu nunca vou assinar essa ordem de execução". Um tribunal iraquiano condenou Aziz à morte por seu vínculo com a campanha liderada pelo ex-ditador Saddam Hussein, que perseguiu e executou membros do xiita partido Dawa, que tem hoje entre seus quadros o primeiro-ministro Nouri al-Maliki. Algumas autoridades ocidentais, incluindo o chanceler italiano, pediram ao Iraque que cancele a pena de morte para Aziz.

Promotor do caso Celso Daniel vai acusar o PT

O Ministério Público quer 12 anos de cadeia, no mínimo, e 30, no máximo, para Marcos Roberto Bispo dos Santos, primeiro réu do processo sobre a morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), que vai a júri popular nesta quinta-feira, no Fórum de Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo. A acusação, a cargo do promotor Francisco Cembranelli, vai sustentar aos jurados que o então prefeito de Santo André foi vítima de organização criminosa que se apoderava de recursos da administração e que o dinheiro desviado tinha dois destinos inequívocos: contas pessoais de integrantes do grupo e caixa de campanha do PT. "É esta a verdade", assegura o promotor: "Havia um grande esquema de corrupção na prefeitura de Santo André. A morte de Celso Daniel foi encomendada". Celso Daniel foi sequestrado na noite de 18 de janeiro de 2002. Dois dias depois seu corpo, crivado de balas, foi localizado em uma estrada de terra de Itapecerica. O promotor está convencido de que o petista foi eliminado "por um grupo de bandidos perigosos contratados para ação ousada cujo objetivo era garantir a continuidade de vários crimes contra a administração pública". Cembranelli vai dizer aos jurados que o prefeito "tinha ciência da corrupção e contrataram sua morte quando ameaçou tomar providências". A tese de repasse de dinheiro de corrupção para o PT faz parte do arsenal de argumentos do promotor: "Está documentado. Existem vários processos em Santo André contra essas pessoas que dilapidaram o patrimônio público, desviavam dinheiro para suas contas pessoais".

Israel vai deixar cidade ocupada no sul do Líbano

Israel aprovou nesta quarta-feira a retirada de suas tropas do norte da cidade de Ghajar, situada no sul do Líbano e ocupada pelas forças israelenses desde a guerra contra a milícia terrorista islâmica Hezbollah em 2006. O gabinete do premiê Benjamin Netanyahu informou que a decisão foi tomada por uma equipe responsável pelo assunto. Os detalhes finais da operação ainda serão discutidos com a Organização das Nações Unidas (ONU) nas próximas semanas. Israel capturou a parte norte da cidade de Ghajar durante a guerra contra os terroristas do Hezbollah, em 2006. Os israelenses disseram que a retirada seria possível com um cessar-fogo, mas as tropas permaneceram no local devido às condições instáveis de segurança. Israel permanecerá com o controle da porção sul da cidade, mas o governo disse que após a retirada as tropas assegurarão que os moradores de ambas as partes de Ghajar terão livre acesso e circulação no local. Israel havia evacuado o norte de Ghajar em 2000, quando encerrou a ocupação de 22 anos do sul do Líbano, mas retomou a área em 2006 porque o local era usado pela organização terrorista islâmica para ataques e para o tráfico de armas.

Produtor de TV é preso nos Estados Unidos pela morte de brasileira

Autoridades norte-americanas prenderam Bruce Beresford-Redman, ex-produtor do programa de televisão "Survivor", na terça-feira, em sua casa, e vão extraditá-lo para o México, onde está sendo acusado de assassinar sua esposa, a brasileira Mônica Burgos. O ex-produtor do reality show foi detido por funcionários federais e agentes do FBI. Beresford-Redman foi detido no México em abril sob suspeita de estrangular Mônica em Cancún, um dos principais centros turísticos do Caribe, onde o casal estava de férias com os dois filhos. O corpo foi encontrado nos mangues perto do hotel de luxo onde estavam hospedados. Autoridades mexicanas disseram que a autópsia indicava que ela havia sido sufocada até a morte depois de um golpe na cabeça, e funcionários do hotel e hóspedes alegaram ter visto e ouvido os dois discutindo. Beresford-Redman foi inicialmente detido no México e depois fugiu para sua casa no Rancho Palos Verdes, um enclave de luxo de Los Angeles.

Ministério Público pede anulação de exame de Tiririca

Mauricio Lopes, promotor de Justiça, acusador de Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, ingressou na terça-feira com dois mandados de segurança perante o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. O promotor requereu anulação da audiência realizada na última quinta-feira, quando Tiririca, palhaço eleito deputado pelo PR com 1,3 milhão de votos, foi submetido a um teste de escrita e leitura. Em um mandado, o promotor aponta "diversas nulidades" e pede a intimação da "esposa do acusado" para que ela diga como foi redigida a declaração de Tiririca à Justiça, anexada ao registro de candidatura, em que ele afirmou ser alfabetizado. No outro, questiona a competência do juiz eleitoral de primeiro grau (Aloísio Silveira) que fez a audiência. Além da intimação da mulher de Tiririca, o promotor pede novo depoimento de uma testemunha de defesa "sobre pontos controvertidos do laudo apresentado e que foram indeferidas pelo juiz".

Banco do Brasil muda plataforma de atendimento e treina 10 mil funcionários

O Banco do Brasil começou a operar este mês com uma nova plataforma de atendimento e um novo sistema tecnológico. O banco quer ficar mais ágil e melhorar a qualidade dos serviços para os clientes, segundo o vice-presidente de finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores do Banco do Brasil, Ivan de Souza Monteiro. As mudanças que acabam de ser feitas são reflexo de uma decisão tomada em setembro do ano passado. Naquele mês, o Banco do Brasil resolveu fazer um investimento em pessoas e em tecnologia, em um programa chamado de "BB 2.0". O banco treinou 10 mil funcionários da rede de atendimento e lançou um programa de expansão da rede de agências, para aumentar a rede de atendimento do banco público. O banco está abrindo agências e postos de atendimento em cidades de menor porte. A abertura começou pelo interior do Estado de São Paulo, onde o banco tem presença menor que em outros Estados. A expansão da renda da população e o aumento da classe média foram os fatores que levaram o banco a tomar a decisão dos novos investimentos, segundo Monteiro. Para ele, a mobilidade social abre espaço para o banco crescer em empréstimos e ainda no mercado de seguros e cartões. Nas próximas semanas, o BB, em parceria com o Bradesco, começa a emitir o cartão da bandeira Elo, voltada para as classes de menor renda.

Braço direito de Cristina Kirchner é alvo de denúncias

O ministro argentino do Planejamento Federal e Obras, Julio de Vido, considerado o braço direito da presidente Cristina Kirchner na área econômica, é apontado pela oposição como o coordenador de pressões e ofertas a deputados para que ajudassem a aprovar o orçamento de 2011, debatido no plenário da Câmara na semana passada. Entre os partidos que indicam De Vido como o principal responsável pelas pressões similares a suborno está o Projeto Sul, de esquerda, comandado pelo cineasta e deputado Fernando "Pino" Solanas. O secretário parlamentar do partido, Mario Mazzitelli, afirmou que parlamentares de seu bloco receberam pressões e ofertas de suborno de assessores do poderoso ministro. A líder da Coalizão Cívica, a deputada Elisa Carrió, afirmou que há suspeitas sobre 12 parlamentares da oposição, que se retiraram repentinamente do plenário antes da votação. A ausência deles, no entanto, não permitiu a vitória do governo, já que a oposição derrubou o projeto de lei da presidente Cristina por 117 votos a 112. A oposição afirma que outros 15 deputados receberam telefonemas do governo com pressões e ofertas para mudar de voto ou deixar o plenário na votação.

TSE julga improcedente ação do Ministério Público Eleitoral contra jornalista Paulo Henrique Amorim

O Tribunal Superior Eleitoral julgou improcedente, na terça-feira, por unanimidade, a representação do Ministério Público Eleitoral contra o jornalista paulista Paulo Henrique Amorim. Ele era acusado pela veiculação de propaganda eleitoral irregular em favor da então candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. A corte julgou a ação improcedente e alegou liberdade de imprensa, livre acesso à informação e o fato da "proibição de veiculação de propaganda eleitoral, ainda que gratuitamente, em sites mantidos por pessoas jurídicas não alcança as páginas mantidas por empresas jornalísticas". A representação partiu da denúncia de uma eleitora contra o jornalista e a empresa PHA Comunicação e Serviços. A ação sustentava que ambos teriam promovido propaganda eleitoral em favor de Dilma Rousseff. Segundo o ministro Henrique Neves, "não cabe nem à lei nem ao Poder Judiciário definir qual matéria jornalística ou informação deve ser publicada e divulgada pela imprensa seja ela escrita ou eletrônica". A ministra Carmen Lúcia afirmou em seu voto que se trata de "um espaço de liberdade de imprensa constitucionalmente assegurado".

Cesar Maia relembra a história da morte insepulta do PMDB de São Paulo

Diz o ex-governador do Rio de Janeiro, Cesar Maia, em seu blob: "1. Caso único foi a extinção do PMDB de SP nesta eleição de 2010. Único porque estando associado ao governo federal, com candidato a vice-presidente e ao mesmo tempo presidente nacional do PMDB, o partido elegeu apenas um deputado federal; 2. A história do PMDB-SP se bifurca em antes e depois da crise de 1986. Montoro, governador, designou Covas prefeito contra a opinião de Quércia. Em 1983, Montoro levou Fernando Henrique Cardoso a presidente do PMDB-SP. Mas o grupo Montoro perdeu a designação para governador de SP em 1986, vencida por Quércia, que se elegeu governador; 3. Na Constituinte de 1987-1988, a ruptura do PMDB de SP ficava clara. Antes mesmo de ser encerrada a constituinte, em maio de 1988, a dissidência montorista do PMDB-SP se apresenta como partido: o PSDB. Em 1990 o grupo Quércia ainda vence a eleição para governador com Fleury. A partir daí as curvas se invertem: o PSDB-SP ascende e o PMDB-SP entra em curva descendente; 4. O falecimento de Ulysses Guimarães, em outubro de 1992, eliminou os conflitos com os autênticos. Em 2002, a candidatura do PSDB de Serra, ao atrair o que chamavam de resquícios do PMDB autêntico de Ulysses para vice, resultou em nada. Em 2006, o PMDB elege a maior bancada nacional à câmara de deputados. De SP, apenas 7%, ou 6 deputados federais; 5. Em 2010, o PMDB-SP tem sua pior performance histórica. Com a doença de Quércia e a eleição de Temer para vice-presidente, o PMDB-SP foi, na prática, extinto. O espólio é valioso: vácuo de liderança partidária regional, participação no governo federal, e segundo tempo de TV.  Como diz a tradição -na política não há vácuo- a oferta e a demanda pelo controle do PMDB-SP seriam inevitáveis. E já está em curso.