quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Lula lança novo RG em um dos últimos atos de seu governo

Em um dos seus últimos atos no governo, o presidente Lula lançou nesta quinta-feira, no Ministério da Justiça, o Registro de Identidade Civil (Ric), a nova carteira de identidade dos brasileiros. Com 17 itens de segurança, o novo documento foi concebido para impedir fraudes e facilitar a vida dos cidadãos nas suas relações com o Estado, como obtenção de benefícios sociais e também nos contratos privados, como abertura de contas e operações bancárias, reduzindo a possibilidade de erros e prejuízos. A novidade é que cada cidadão passa a ter um registro único em nível nacional, baseado em suas impressões digitais inseridas num chip dentro do cartão. O Ric reúne vários documentos, como CPF, identidade, título de eleitor e o Programa de Integração Social (PIS), num só. A nova identidade será introduzida gradativamente no País ao longo dos próximos dez anos, começando por três capitais (Brasília, Rio de Janeiro e Salvador) e quatro pequenas cidades (Hidrolândia, em Goiás; Ilha de Itamaracá, em Pernambuco; Nísia Floresta, no Rio Grande do Sul, e Rio Sono, em Tocantins). Só ao final desse prazo as atuais carteiras de identidade (RGs) devem perder a validade e ser totalmente substituídas pelo novo documento. As próximas etapas serão deliberadas por um comitê gestor, criado pelo governo para acompanhar a implantação do documento nos Estados, que precisam formalizar a adesão ao programa em 2011. O cadastro do novo documento precisa estar integrado com as bases de dados dos órgãos de identificação dos Estados. O documento será impresso pela Casa da Moeda e sua emissão será gratuita, bancada com recursos do Ministério da Justiça. O Ric já virá com certificação digital, o que representa mais segurança nas redes de comunicação, além de redução de fraudes e crimes na internet. Permitirá ainda a comparação imediata de indivíduos, evitando que a mesma pessoa tire várias identidades em Estados diferentes ou que um terceiro use seu nome para obter o documento fraudulentamente. O cartão é feito de policarbonato e possui várias camadas, o que lhe confere alta resistência e durabilidade. Entre seus dispositivos de segurança estão dois chips microprocessadores, dispositivo óptico vertical, foto fantasma e imagens combinadas, gravadas a laser. O Ric terá validade de vinte anos.

Chico Anysio volta a respirar com a ajuda de aparelhos

O humorista Chico Anysio voltou a respirar com a ajuda de aparelhos, segundo informou boletim divulgado pelo Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira. De acordo com o comunicado, o comediante precisou passar por nova broncoscopia (endoscopia nos pulmões) durante a madrugada desta quinta-feira. Ele permanece no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Na quarta-feira, Chico Anísio havia apresentado melhora e já respirava praticamente sem a ajuda mecânica. Chico Anysio foi hospitalizado no dia 2 de dezembro, com quadro de falta de ar. Os médicos detectaram uma obstrução da artéria coronária e o humorista foi submetido a uma angioplastia. No pós-operatório, ele teve um tamponamento cardíaco, que acontece quando o sangue se acumula entre as membranas que envolvem o coração (pericárdio).

DEM irá à Justiça para impedir mudança do nome do Campo de Tupi

O DEM prepara duas ações para tentar barrar na Justiça a troca de nome da maior reserva brasileira de petróleo de "Campo de Tupi" para "Campo de Lula", conforme anunciado na quarta-feira pela Petrobrás. O partido vai entrar com uma ação civil pública na Justiça Federal pedindo a anulação da mudança e uma representação na Procuradoria Geral da República argumentando improbidade administrativa, com base no artigo da Constituição que estabelece o princípio da impessoalidade da administração pública e veda a promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos. As ações deverão ser protocoladas na próxima semana a pedido do deputado federal Ronaldo Caiado (GO), da Executiva do partido. O deputado classificou a mudança de nome de ato de "puxa-saquismo" do presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli. O deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE) foi além. Ele afirmou que batizar o campo de petróleo de Lula é um culto explícito à personalidade e revela uma prática de "ditadores e caudilhos".

Não extradição de Battisti seria inaceitável, diz Itália

O governo italiano divulgou nota, no final da tarde desta quinta-feira, na qual considera que seria "incompreensível e inaceitável" se o presidente Lula tomar a decisão de não extraditar o terrorista Cesare Battisti, condenado à revelia por quatro homicídios covardes e brutais cometidos na Itália na década de 1970, baseado na suposta ameaça que o ex-militante político sofreria em uma prisão italiana. O governo italiano afirma que só se manifestará oficialmente sobre a questão após Lula tomar e anunciar sua decisão. A nota também faz uma referência velada à suposta perseguição que o terrorista Battisti alega que sofreria na Itália, de acordo com um relatório da Advocacia-Geral da União (AGU), que recomendou que Lula não extradite o ex-militante. A nota também se refere a uma das possíveis vítimas do terrorista Battisti, que ficou paralítica após receber um tiro durante um assalto, quando tinha 17 anos.

Bancos devem pagar R$ 67 milhões por ano por folha antiga do INSS

O governo "convenceu" os bancos a remunerarem o INSS pela prestação do serviço de pagamento da folha de benefícios a aposentados e pensionistas concedidos até o final de 2009. Até anos atrás, a Previdência pagava para que os bancos intermediassem o pagamento dos benefícios do INSS, com desembolso ao redor de R$ 250 milhões por ano. O governo federal, ao perceber que os pensionistas são uma base valiosa de clientes e potenciais usuários de produtos financeiros para os bancos, iniciou um trabalho para transformar a despesa com a prestação do serviço em receita para os cofres públicos. A partir de setembro de 2007, foi acertado que não haveria ônus financeiro para nenhuma das partes envolvidas até que o governo licitasse a folha de pagamentos do INSS. Em agosto do ano passado, o governo fez um leilão para a folha de novos benefícios do INSS. O certame foi dominado pelos bancos privados, que ofereceram pagar mensalmente de R$ 0,11 a R$ 2,70 a cada novo benefício pago. O acordo de tarifa zero firmado entre o INSS e bancos para a base antiga do INSS, com 25,6 milhões de aposentados e pensionistas, tinha prazo até o final de 2010 e foi estendido até a metade do ano que vem, segundo comunicado desta quarta-feira da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). A partir de julho, conforme a Febraban, os bancos devem pagar estimados R$ 5,6 milhões por mês ao INSS pelo direito de prestar os serviços de processamento e pagamento dos 25,6 milhões de benefícios. Assim, o valor anual que o governo receberá dos bancos será da ordem de R$ 67,2 milhões. Nos próximos meses, INSS e Febraban vão finalizar o contrato que prevê a precificação do estoque de benefícios concedidos até 31 de dezembro de 2009. De acordo com a Febraban, os pensionistas e aposentados anteriores a dezembro de 2009 "serão mantidos nas mesmas instituições bancárias, evitando qualquer alteração na rotina dos beneficiários".

Presidente de fundo de pensão da Petrobras comandará Correios

O presidente da Petros (Fundação Petrobras de Seguridade Social), Wagner Pinheiro de Oliveira, será o novo presidente da Empresa de Correios e Telégrafos. Até hoje, o controle dos Correios era do PMDB, que comandava o Ministério das Comunicações. Wagner Pineiro de Pinheiro preside o fundo de pensão da Petrobras, um dos principais do País, desde 2003. Antes, foi diretor financeiro do Banesprev, fundo de pensão do Banespa. Ele participou da equipe de transição de Lula, em 2002, e é ligado a Ricardo Berzoini (PT-SP), ex-ministro da Previdência. O petista gaúcho Cézar Alvarez, assessor especial da Presidência e responsável pela agenda de Lula, ocupará a secretaria-executiva da pasta das Comunicações. Oswaldo Buarim Jr, que trabalhou na assessoria de imprensa da campanha de Dilma, cuidará da agenda dela.

Ministro "porquinho" José Eduardo Cardozo anuncia novos nomes do Ministério da Justiça

O futuro ministro da Justiça, o "porquinho" José Eduardo Cardozo, anunciou nesta quinta-feira novos nomes da pasta. O novo secretário nacional de Justiça será Paulo Abrão, atual presidente da Comissão de Anistia. O "porquinho" José Eduardo Cardozo convidou a advogada Regina Maria Miki, atual secretária-executiva do Conselho Nacional de Segurança Pública, para dirigir a Secretaria Nacional de Segurança Pública. O secretário Nacional de Justiça, Pedro Abramovay, comandará a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, que era ligada à Presidência da República e foi transferida para o Ministério da Justiça. Para a Secretaria de Direito Econômico foi convidado o advogado Vinícius Marques de Carvalho.

Venezuela reage a represália "imperial" dos Estados Unidos sobre visto de embaixador

A Venezuela condenou nesta quinta-feira o cancelamento do visto de seu embaixador pelos Estados Unidos como uma medida "imperialista" do governo do presidente Barack Obama, dizendo que o ato deveria ser imediatamente revogado. Em mais uma disputa entre os inimigos ideológicos, Washington retirou o visto do embaixador Bernardo Álvarez na quarta-feira, em retaliação pela rejeição do ditador Hugo Chávez ao enviado americano a Caracas. O diplomata Larry Palmer criticou o governo da Venezuela. "Esta é uma nova agressão pelo Departamento de Estado", disse Roy Daza, membro do partido de situação que comanda o comitê de Assuntos Estrangeiros do Parlamento: "A única solução possível para os Estados Unidos é reverter a posição". Chávez bloqueou o envio de Larry Palmer depois que o diplomata acusou o governo da Venezuela de manter vínculos com terroristas e traficantes de cocaína colombianos. Ele também afirmou que a moral das Forças Armadas da Venezuela está baixo, com uma influência crescente de Cuba. "O senhor Palmer insultou, caluniou e mentiu sem pudor em seu discurso ao Senado. Por esta razão, ele desqualificou-se como representante diplomático dos Estados Unidos na Venezuela", disse Daza. Os Estados Unidos reagiram mandando embora o embaixador da Venezuela em Washington. Esse bolivarianismo vagabundo não vai sossegar enquanto não criar um verdadeiro conflito no continente americano. Mas, na hora do conflito verdadeiro, vai mostrar sua covardia. Isso é histórico.

Companhia de Israel adquire duas empresas brasileiras

A companhia de equipamentos militares Elbit Systems, de Israel, adquiriu as empresas brasileiras Ares Aeroespacial e Defesa e Periscópio Equipamentos Optrônicos. A aquisição foi realizada em uma série de operações que totalizam dezenas de milhões de reais, segundo a Elbit. As empresas Ares e Periscópio estão envolvidas na área de sistemas eletrônicos de defesa e fornecimento de produtos para militares brasileiros, bem como a outros mercados na América do Sul. Localizadas nos arredores do Rio de Janeiro, as empresas têm cerca de 70 funcionários. Os acionistas continuarão a exercer funções de gestão nas empresas após a aquisição.

Petrobras contrata mais 12 navios para transporte de petróleo

A Petrobras anunciou a contratação de 12 novas embarcações para transporte de petróleo e derivados que serão entregues entre os anos de 2013 e 2017. O contrato de afretamento, parte da segunda fase do Programa Empresas Brasileiras de Navegação (EBN2), foi assinado na quarta-feira na sede da estatal, no Rio de Janeiro. Segundo a empresa, o EBN integra série de iniciativas para estimular a construção naval no Brasil e reduzir a dependência de fretes marítimos no mercado externo. Os contratos foram assinados com as empresas Kingfish do Brasil Navegações Ltda e Brazgax - Brasil Gás Transportes Marítimos. A primeira fornecerá oito navios com capacidade de 45 mil toneladas cada, dos quais quatro para transporte de produtos claros como nafta, diesel, gasolina e querosene, e quatro para transporte de produtos escuros, como petróleo e óleo combustível. A Brazgax fornecerá quatro navios de transporte de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), dois com capacidade de 8 mil metros cúbicos e outros dois de 12 mil metros cúbicos.

Lula confirma promoção do juiz Fausto De Sanctis

O presidente Lula nomeou o juiz federal Fausto Martin de Sanctis como novo desembargador do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. O decreto foi publicado nesta quinta-feira na imprensa oficial. A promoção já havia sido definida pelo Tribunal Regional Federal. De Sanctis ficou nacionalmente conhecido pela atuação nas ações penais relativas à Operação Satiagraha, da Polícia Federal, ao determinar por duas vezes a prisão do banqueiro Daniel Dantas, na fase de inquérito da operação, e por ter aplicado a Dantas a pena de dez anos de prisão em um dos processos relativos ao caso. Dantas nega ter cometido os crimes apontados na Satiagraha e recorreu contra a condenação imposta por De Sanctis. A medida do TRF foi tomada de acordo com a vontade de De Sanctis, que se inscreveu no concurso de promoção por antiguidade. O juiz era o primeiro da lista de concorrentes por ter o maior tempo na magistratura na 1ª instância da 3ª Região da Justiça Federal, na qual são julgadas as causas federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul. De Santis é juiz federal há 19 anos.

Mantega diz que novo governo pode ter superávit além da meta

Diante das incertezas no mercado financeiro sobre como será a postura do governo Dilma Rousseff em relação a gastos públicos, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta-feira que a meta de economizar R$ 117,89 bilhões (cerca de 3% do PIB) no próximo ano será cumprida integralmente, podendo, inclusive, haver sobras. O ministro prometeu usar o superávit extra para fazer desonerações. "Posso garantir que no ano que vem estaremos cumprindo a meta cheia de superávit. Deveremos até ter uma poupança adicional, que poderá ser aplicada no Fundo Soberano ou utilizada para fazer desonerações", afirmou, sem entrar em detalhes sobre quais os setores poderiam ser beneficiados com as reduções de impostos. Segundo o ministro, medidas nessa área serão discutidas a partir da próxima semana. Atualmente, disse, o governo tem procurado impedir que os gastos se elevem para não comprometer o equilíbrio das contas públicas no primeiro ano de mandato da presidente eleita. Nas próximas duas semanas, a área econômica discutirá também, segundo Mantega, o tamanho do bloqueio de recursos do Orçamento de 2011.

Barcelona estuda construir monumento aos gays em frente à Sagrada Família

A prefeitura de Barcelona planeja erguer um monumento dedicado à luta dos homossexuais por seus direitos, possivelmente em frente à Sagrada Família, basílica consagrada pelo papa Bento 16 em novembro. "Barcelona levantará um monumento dedicado à luta de gays, lésbicas e transexuais em defesa de seus direitos", anunciou a prefeitura em um comunicado nesta quinta-feira. A esplanada da Sagrada Família "é uma das localizações propostas, mas não está decidido", disse uma fonte da prefeitura sobre o local da construção. A instalação da escultura "é uma antiga reivindicação do grupo" de homossexuais, transexuais e bissexuais da cidade, explicou a prefeitura, acrescentando que será construída em fevereiro. No dia 7 de novembro, o papa Bento 16 consagrou o templo da Sagrada Família, elevando à categoria de "basílica" a igreja, obra de Antoni Gaudí, ainda inacabada. Neste dia, cerca de 200 simpatizantes do movimento homossexual protagonizaram um beijo coletivo de protesto na rua na passagem do carro do papa que, por sua vez, atacou o aborto e defendeu a família tradicional contra o casamento homossexual, permitido na Espanha há cinco anos. Quer dizer que um monumento de homenagem ao gaysismo tem que ser localizado logo em frente a uma igreja católica? O nome disso é "afronta", nem mais, nem menos.

Vice-presidente José Alencar sai da UTI e vai para quarto do hospital

O vice-presidente da República, José Alencar, foi transferido nesta quinta-feira, por volta das 16h30, para um quarto no 11º andar do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Cardiológica há oito dias, após dar entrada no hospital com quadro de hemorragia intestinal grave, no dia 22. Os sangramentos estão controlados, segundo boletim médico. José Alencar não precisou se submeter a novas sessões de hemodiálise e transfusão de sangue desde que passou por procedimento na noite de terça-feira.

Lula assina Medida Provisória que estabelece mínimo de R$ 540,00 a partir deste sábado

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou na tarde desta quinta-feira que o presidente Lula já assinou a medida provisória estabelecendo aumento do salário mínimo de R$ 510,00 para R$ 540,00 a partir deste sábado, 1º de janeiro. A Medida Provisória deve ser publicada nesta sexta-feira e tem eficácia imediata, mas será discutida pelo Congresso Nacional, que pode alterá-la. O valor representa a reposição da inflação e é duramente criticado pelas centrais sindicais, que defendem reajuste para R$ 580,00. A presidente eleita, Dilma Rousseff, sinaliza que aceitaria um valor maior caso ficasse acertado desconto no reajuste de 2012, cujo ganho acima da inflação será calculado com base no crescimento da economia em 2010, com previsão de superar 7%.

Justiça da Polônia condena sueco por roubo de letreiro de Auschwitz

Um sueco que planejou o roubo do letreiro do antigo campo de concentração nazista de Auschwitz, em dezembro do ano passado, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão nesta quinta-feira pela Justiça da Polônia. Anders Hoegstroem admitiu participação no roubo e fez um acordo em novembro com a promotoria polonesa. Ele será levado para a Suécia, onde deverá cumprir sua sentença. Hoegstroem, de 34 anos, inicialmente negou envolvimento no roubo, mas depois mudou suas alegações. O letreiro de ferro fundido de cinco metros com a inscrição Arbeit Macht Frei ("O trabalho liberta"), foi roubado do portão do campo em dezembro do ano passado e encontrado poucos dias depois. O juiz de Cracóvia já havia condenado dois poloneses a até dois anos e meio de prisão por envolvimento no roubo. Outros três poloneses também foram condenados à prisão em 2010. As autoridades da Polônia acreditam que o grupo agiu sob as ordens de um negociante sueco, que ainda não foi capturado. Hoegstroem recebeu uma sentença relativamente leve depois de entrar em acordo com a promotoria. O sueco ajudou a fundar em 1994 a frente nacional-socialista (nazista) da Suécia, um movimento de extrema direita. Inicialmente, o sueco, negou ter instigado o roubo do letreiro. Ele afirmava que era apenas o intermediário entre os poloneses que roubaram o artefato e um colecionador, cujo nome não foi divulgado. A polícia recuperou o letreiro três dias depois do roubo, cortado em três pedaços, a centenas de quilômetros do campo. O letreiro ainda está sendo restaurado e logo será recolocado no portão de entrada de Auschwitz. No momento, uma réplica está na entrada do campo. O letreiro simboliza as atrocidades cometidas pelo regime nazista. Mais de 1 milhão de pessoas, 90% delas judias, foram assassinados pelos nazistas em Auschwitz durante a ocupação da Polônia na Segunda Guerra.

Venezuela elimina taxa preferencial do dólar e unifica câmbio

O ministro das Finanças da Venezuela, Jorge Giordani, anunciou nesta quinta-feira que, a partir de 1º de janeiro, desaparecerá a taxa de câmbio preferencial de 2,60 bolívares por dólar, em vigor para compras de primeira necessidade, eliminando a taxa dupla de câmbio em vigor desde janeiro. O país manterá uma única taxa, de 4,30 bolívares por dólar, anunciou, em mensagem transmitida pela televisão estatal VTV. Com o novo ajuste do controle de câmbio, fica eliminada a taxa de 2,60 fixada em janeiro de 2010 para setores prioritários como saúde, importações de alimentos, máquinas, livros, artigos tecnológicos, todas as importações do setor público e as remessas ao Exterior. Todas as operações estarão sujeitas, então, à taxa de 4,30 bolívares por dólar, estabelecida também em janeiro. A economia venezuelana prosseguiu em recessão no fechamento de 2010, registrando, também, a inflação mais elevada da América Latina (26,9%), segundo cifras oficiais.

Marqueteiro de Lula e Dilma prepara documentário sobre o presidente

O marqueteiro João Santana, que fez o marketing das campanhas do presidente Lula e de sua sucessora, Dilma Rousseff (PT), à Presidência, e o fotógrafo Ricardo Stuckert, devem se associar para fazer um documentário sobre os bastidores do governo que agora termina. Stuckert acompanhou e filmou Lula em todas as viagens nacionais e internacionais. Registrou desde reuniões íntimas com mandatários como Fidel Castro (Cuba) e Mahmoud Ahmadinejad (Irã) ao dia em que Lula passou mal no avião presidencial e teve de ser internado em um hospital do Recife. Desde 2006, são ao menos cinco horas diárias de imagens do presidente. Quem pagou para Ricardo Stuckert fazer os trabalhos de fotografia e filmagem da Presidência?

Justiça de Israel condena ex-presidente em dois casos de estupro

Moshe Katsav, ex-presidente de Israel, foi declarado nesta quinta-feira culpado por dois crimes de estupro e vários de assédio sexual, após quatro anos de um processo judicial. A sentença do Tribunal do Distrito de Tel Aviv condenou Katsav por dois estupros a uma ex-funcionária do Ministério do Turismo, cargo que ocupou entre 1996 e 1999, e de abuso e assédio sexual a duas outras servidoras da Presidência, na qual esteve de 2000 a 2007, além de outros delitos menores, como abuso de poder, obstrução à Justiça e assédio a testemunhas. "A denunciante de violação disse a verdade, e segundo a lei, ficou provado de que não houve consentimento de sua parte", sustentaram os juízes ao descrever o testemunho de Katsav como "semeado de mentiras". O juiz George Kara, presidente do Tribunal, disse que o ex-presidente "produziu provas o tempo todo" para escapar das acusações. No entanto, esclareceu que as provas "falam por si mesmas" e demonstram que ele se "aproveitou de sua autoridade e da força física" para violar à funcionária. Pela ata de acusação, o ex-chefe do Estado, casado e pai de cinco filhos, estuprou a funcionária de Turismo em um hotel e no escritório, no segundo semestre de 1998. Com 65 anos e nascido no Irã, Katsav renunciou em 29 de junho de 2007, após fortes pressões políticas que haviam começado um ano antes ao denunciar ele mesmo ao Procurador-geral do Estado que estava sendo extorquido por uma ex-funcionária da Presidência, conhecida pela inicial "A", e cujo caso não estava incluído no atual processo por falta de provas. O ex-presidente revelou, com isso, o que se transformaria para ele em um pesadelo, com denúncias de ao menos outras nove mulheres por diferentes delitos sexuais e a fracassada tentativa do Parlamento, pela primeira vez na história política israelense, de separar do cargo a um chefe do Estado. Um dia antes de apresentar sua renúncia, os advogados de Katsav chegaram a um acordo com a Promotoria pelo qual ele deveria se declarar culpado de vários delitos de assédio, mas não de violação, o que teria o eximido de prisão. No entanto, ao chegar aos tribunais dez meses depois para pedir ao Tribunal que referendasse o acordo, o ex-presidente se retratou no último momento e, sem descer do automóvel, abandonou o local em frente às câmeras de TV. "Katsav fez uma arriscada aposta, acreditando que a Promotoria não tinha provas suficientes contra ele", explicou uma jornalista do Canal 2 de televisão, que transmitiu a sessão ao vivo. Em março de 2009, a Promotoria o processou formalmente e restituiu na ata de acusação os dois delitos de violação que o enviarão à prisão quando o tribunal ditar a sentença. "A Justiça israelense estabelece até 16 anos de prisão para os casos de violação, e não há nenhum juiz que até agora se tenha abstido de enviar à prisão um violador", explicou o jornalista Gay Peleg, do Canal 2. Segundo a sentença do tribunal, formado por um homem e duas mulheres, "o acusado cometeu um erro ao acreditar que o Estado não poderia provar" as denúncias contra ele e que, graças a seu cargo, poderia eludir a Justiça. Nesta quinta-feira, dezenas de mulheres se manifestaram com cartazes em frente aos tribunais para encorajar outras vítimas a denunciar os delitos de assédio sexual. Isso mostra o valor de uma democracia, especialmente a de Israel. E mais especialmente quando está no meio do mundo árabe, que nutre profundo desprezo pelos direitos humanos, especialmente das mulheres. Mas é um exemplo também para a incompleta e muito falha democracia brasileira. Neste País, o sistema judicial se recusou a incluir o presidente Lula no rol dos réus do processo do Mensalão do PT, esquema corruptor montado pelo partido para comprar o apoio de agremiações e parlamentares ao governo lulopetista. Definitivamente, falta de história dá nisso.

Chefe dos Guardiães da Revolução do Irã esbofeteou o fascista islâmico Ahmadinejad

O chefe da Guarda Revolucionária do Irã, Ali Jafari, esbofeteou o ditador fascista islâmico Mahmoud Ahmadinejad, em uma acalorada discussão no Conselho Supremo de Segurança Nacional, em janeiro de 2010, pelas repercussões das controvertidas eleições de junho de 2009, informa o jornal espanhol "El País". A publicação revela nesta quinta-feira o conteúdo de um vazamento da embaixada americana em Baku (Azerbaijão) de 11 de fevereiro de 2010, no qual o diplomata americano Rob Garverick repassa as informações que obteve com uma fonte iraniana que teve a identidade preservada. Segundo o periódico, o escritório diplomático do Azerbaijão, um dos pontos de observação americano do Irã, aponta que os demais presentes à reunião foram surpreendidos pela "postura surpreendentemente liberal" do ditador iraniano. Ahmadinejad sustentou, de acordo com a fonte iraniana, que "o povo se sente asfixiado" e apostou, para enfrentar os protestos e manifestações de descontentamento social, por uma maior permissividade e tolerância, "incluindo uma maior liberdade de imprensa". De acordo com a versão, as considerações de Ahmadinejad enfureceram o chefe dos "Pasdaran" (Guarda Revolucionária) que teria exclamado: "Estás errado. És tu quem criou este caso. E, em cima disso, dizes que devemos dar maior liberdade à imprensa?" O tumulto motivou a suspensão da reunião, que nunca foi retomada, embora duas semanas depois o aiatolá Janati (presidente do Conselho de Guardiães) intermediou para apaziguar os ânimos entre Jafari e Ahmadinejad. Segundo a fonte, alguns blogs do Irã comentaram a suspensão da reunião do Conselho Supremo, mas não sobre o enfrentamento. O diplomata americano, que diz que a fonte é confiável devido ao "amplo espectro de contatos políticos e governamentais", e à precisão de suas informações anteriores, diz que ambos os dirigentes mantiveram novos enfrentamentos mediante "manobras em vários subgrupos". Os "pasdaranes", ou guardiães da revolução islâmica, dispõem de suas próprias tropas terrestres, meios aéreos e navais, contam com melhores equipes e respondem diretamente diante ao líder supremo da revolução, Ali Khameneí. A Guarda Revolucionária recorreu aos milicianos islâmicos "Basij" para sufocar os protestos populares que seguiram à proclamação dos resultados das eleições presidenciais fraudadas. As eleições fraudadas marcaram uma virada na história do país ao afetar a credibilidade do líder máximo da revolução islâmica, o fascista aiatolá Ali Khamenei.

Campo Tupi terá mais quatro poços perfurados

Arte/Folha

Os próximos passos da Petrobras na área do campo petrolífero de Tupi (rebatizada criminosa e ilegalmente pela sabuja diretoria da Petrobras de campo de Lula) serão a perfuração de mais três ou quatro poços produtores de petróleo até o fim de 2011. Eles serão ligados à plataforma Cidade de Angra dos Reis, já instalada no campo e cuja produção está limitada, por determinação da ANP (Agência Nacional do Petróleo), a 15 mil barris por dia atualmente, para evitar maior queima de gás. Com os novos poços, a extração de óleo chegará a 100 mil barris/dia (capacidade total da unidade) até o início de 2012, segundo a Petrobras. Esse volume equivale a 5% da extração total de óleo da companhia no País. Essa unidade é a chamada de piloto, pois ainda coleta dados para fazer a avaliação das reservas do campo e porque ainda será instalado um sistema definitivo de produção em 2014, com capacidade de 180 mil barris/dia. Para escoar o gás e permitir o aumento imediato da produção, foi construído um gasoduto marítimo para ligar o campo de Tupi ao campo de Mexilhão, também na bacia de Santos. Esta última área já tinha um duto instalado até Caraguatatuba (SP). Falta apenas terminar um trecho terrestre até Taubaté (SP), o que deve ocorrer no começo de 2011.

Empresário paga aluguel de R$ 12 mil do filho de Lula

Um dos filhos do presidente Lula, Fábio Luís, mora desde 2007 em apartamento alugado por R$ 12 mil nos Jardins, bairro nobre de São Paulo. Quem paga a conta é uma empresa com contratos com vários governos, entre eles o federal. Lulinha, como Fábio Luís é conhecido, não é sócio da empresa que paga o aluguel. Mas o Grupo Gol, que alugou o apartamento, é do empresário de mídia e mercado editorial Jonas Suassuna, sócio de Lulinha em um outro negócio, a empresa de conteúdo eletrônico Gamecorp. Primo do ex-senador Ney Suassuna (PMDB-PB), Jonas fez fortuna com venda de CDs da Bíblia gravados por Cid Moreira. O grupo tem contrato com vários governos para venda de livro didático. No prédio, há um apartamento que foi ocupado pelo presidente de uma das maiores usinas de açúcar do País. Há uma unidade por andar, com quatro suítes e o mesmo número de vagas na garagem. O último pavimento conta com deck e piscina. O valor de cada unidade é estimado em R$ 1,8 milhão.

Só Supremo pode autorizar liberação do terrorista italiano Cesare Battisti

Mesmo depois de o presidente Lula anunciar sua decisão sobre o destino do terrorista italiano Cesare Battisti, o que deve ocorrer hoje, a polêmica sobre o caso ainda estará longe de terminar. Preso há quase quatro anos por decisão do Supremo Tribunal Federal, que acolheu pedido da Itália, o terrorista Cesare Battisti só poderá ser solto após autorização do mesmo tribunal. O bandido terrorista foi condenado por quatro assassinatos quando era militante de extrema esquerda, organização terrorista italiana chamada PAC.É corrente que o ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo, deve esperar até fevereiro, quando termina o recesso do Judiciário, para o plenário da Suprema Corte analisar o que fazer. Como presidente, Peluso pode ele mesmo tomar a decisão, mas outros ministros do Supremo já admitem, reservadamente, que o caso poderá voltar a ser analisado pelo plenário mais uma vez. Em tese, a última palavra é do presidente da República, conforme decisão do Supremo em novembro de 2009. A própria corte modificou posteriormente o resultado do julgamento e limitou o campo legal do presidente para analisar a extradição do terrorista Cesare Battisti. O Supremo acordou, à época, que o ato final era de Lula, mas que o presidente deveria respeitar o Tratado de Extradição entre Brasil e Itália. Para manter o italiano no País seguindo esse documento, o governo terá que utilizar o argumento de que o bandido Cesare Battisti sofre "fundado temor de perseguição política". A limitação do Supremo abriu caminho para novamente analisar o caso e, se avaliar que o presidente agiu ilegalmente, anular o ato do Executivo. O Supremo já anulou o refúgio que havia sido concedido ao bandido terrorista pelo então ministro da Justiça, o peremptório Tarso Genro, contrariando decisão anterior do Conare, e agora poderá voltar a fazê-lo.

Padre comunista, fundador do Forum Social Mundial, reconhece ter cometido abuso sexual

O padre e sociólogo belga François Houtart, de 85 anos, um dos idealizadores do Fórum Social Mundial, admitiu por escrito ter abusado sexualmente de um primo menor nos anos 70. Em carta nesta quarta-feira pelo jornal belga "Le Soir", o padre François Houtart corrobora algumas denúncias feitas pela irmã da vítima para impedi-lo de concorrer ao Nobel da Paz. Houtart é um dos líderes do "altermundialismo", movimento esquerdopata que pede uma alternativa ao capitalismo, e que diz que "um outro mundo é possível". Na carta, o padre conta que os abusos ocorreram quando ele esteve hospedado na casa de tios, nos arredores da cidade de Liège. O menino, que tinha oito anos de idade, relatou o ocorrido aos pais. O caso foi denunciado duas vezes pela irmã da vítima. O primeiro relato foi feito em meados do ano passado a uma comissão da Igreja Católica belga que investigou casos de abusos, mas o nome do padre não foi citado no relatório final. A prima, que qualifica o caso como "estupro", só decidiu citar Houtart nominalmente em outubro, em meio a uma campanha mundial de simpatizantes esquerdopatas pela candidatura ao Prêmio Nobel. A denúncia foi feita à uma ONG comunista belga. É verdade, um outro mundo é possível, não há dúvida.

DMLU comete crime ambiental em Porto Alegre e ninguém toma qualquer medida

Na véspera de Natal, dia 24 de dezembro, a delegada Elisangela Melo Reghelin, titular da Delegacia Ambiental da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, prendeu em flagrante o engenheiro químico, João Luiz Bombarda, devido a incêndio considerado criminoso ocorrido na central de resíduos industriais Utresa, em Estância Velha. Bombarda, responsável técnico pelo empreendimento, passou o Natal na cadeia, mas terminou solto já na tarde do dia 25, pela juíza Rosali Terezinha Chiamatti Libarti. Crime cometido pelo engenheiro químico João Luiz Bombarda, segundo a delegada civil Elisangela Melo Reghelin: permitiu o ingresso de resíduo industrial perigoso em uma das valas da Utresa que não estava autorizado pela Licença Ambiental da empresa, fornecida pela Fepam (Fundação Estadual de Proteção ao Meio Ambiente). Pois bem, nesta quarta-feira, a diretoria do DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Pública), da prefeitura de Porto Alegre, determinou a entrada em funcionamento de uma estação de transbordo emergencial do lixo recolhido na zona norte da capital gaúcha, localizada no aterro desativado localizado nos fundos do supermercado BIG, na Avenida Sertório, e na altura da cabeceira da pista do aeroporto internacional Salgado Filho.

Exibir mapa ampliado
Segundo o assessor de imprensa do DMLU, jornalista Roberto Azevedo, acionado pelo editor de Videversus, Vitor Vieira, para consultar a diretoria da autarquia, o órgão determinou o início da operação da estação de transbordo sem ter uma "licença ambiental" concedida pela Fepam autorizando o seu funcionamento. Ou seja, a valer o princípio usado pela delegada Elisangela Melo Reghelin em Estância Velha, os diretores do DMLU, a começar por seu presidente, coronel brigadiano Mário Moncks, passando pelo superintendente, Adelino Lopes Neto, e o diretor de Destino Final e Fiscalização, Oswaldo Cauduro Souza, deveriam estar presos. Ocorre que esses dirigentes determinaram que no mínimo metade do lixo de Porto Alegre seja levado pelos caminhões da Qualix, empresa que realiza a coleta do lixo na capital gaúcha, para o antigo Aterro da Zona Norte, localizado na Avenida Sertório. Ali, sem qualquer proteção, sem qualquer dos cuidados necessários que uma Licença de Operação da Fepam estabelece, o lixo passou a ser derramado no chão, até ser coletado por tratores e colocado em jamantas encarregadas de levar ao destino final, no aterro da SIL, a 112 quilômetros de Porto Alegre, em Arroio dos Ratos, à beira da rodovia federal BR 490. Como se não bastasse, o terreno não pertence ao DMLU, uma parte dele é de propriedade da família Dullius, e outra parte pertence ao grupo Tumelero. O jornalista Vitor Vieira, editor de Videversus, conversou com o delegado Ranolfo Vieira Jr, chefe do DEIC (Departamento Estadual de Investigação Criminal), e futuro chefe de Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Ranolfo Vieira Jr. acionou imediatamente a delegada Elisangela Melo Reghelin. O jornalista Vitor Vieira também conversou com o tenente-coronel Maia Cardoso, do Estado Maior do Comando Ambiental da Brigada Militar, que mandou um pelotão para o local da estação emergencial de transbordo ilegal do DMLU. Entretanto, até a noite, o jornalista Vitor Vieira não obteve retorno essas autoridades. Da mesma forma não houve notícia de atuação da direção do V Comar, já que o lixão da estação emergencial de transbordo, inevitavelmente, vai atrair centenas de urubus para o local. Esses animais são extremamente perigosos, porque podem ser sugados para os turbinas dos grandes jatos que operam no Aeroporto Internacional Salgado Filho e isso pode resultar em grave desastre aeronáutico, com a perda de muitas vidas.

CNT/Sensus apura índice recorde de aprovação de Lula no fim do governo

O presidente Lula alcançou índice de aprovação pessoal recorde na 110ª rodada da pesquisa CNT/Sensus, divulgada na tarde desta quarta-feira. Segundo o levantamento, 87% dos entrevistados aprovam o desempenho pessoal de Lula. Em setembro, esse índice era de 80,7%. O Instituto Sensus ouviu 2 mil pessoas, em 136 municípios, entre os dias 23 e 27 de dezembro. O instituto precisava trocar o nome, para Incenso. O governo Lula é avaliado positivamente por 83,4% dos entrevistados. Esse índice também é recorde, já que na última pesquisa encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e divulgada em setembro, o governo tinha a aprovação de 79,4%. A satisfação dos entrevistados também se reflete na avaliação do desenvolvimento econômico do País. Para 63,9% dos entrevistados, a economia se desenvolveu muito nos últimos oito anos, enquanto 30,4% acham que se desenvolveu pouco. Do ponto de vista social, 57,8% acham que o Brasil se desenvolveu muito nos últimos oito anos, enquanto 35,6% acham que desenvolveu um pouco. A área social foi uma das principais vitrines do governo Lula, em virtude dos elevados investimentos no programa Bolsa Família, que beneficiou mais de 12 milhões de famílias. Se o governo não termina logo, perigava o Incenso dar mais de 100% a Lula, e o editor de Videversus teria sido anulado virtualmente.