quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Advogado do terrorista Battisti diz que decisão de Peluso é "golpe de Estado"

O advogado de Cesare Battisti, Luís Roberto Barroso, divulgou nota na noite desta quinta-feira na qual afirma que a decisão do ministro Cezar Peluso de não soltar o terrorista italiano "constitui uma espécie de golpe de Estado". Segundo ele, Peluso foi voto vencido no julgamento da extradição do italiano e "não pode, legitimamente, transformar sua posição pessoal em posição do tribunal". Barroso afirma que a maioria dos ministros entendeu que o presidente da República "poderia decidir livremente". "A manifestação do Presidente do Supremo, sempre com o devido e merecido respeito (afirmação que é sincera e não meramente protocolar), constitui uma espécie de golpe de Estado, disfunção da qual o País acreditava já ter se libertado. Não está em jogo o acerto ou desacerto político da decisão do Presidente da República, mas sua competência para praticá-la", diz a nota. Segundo Peluso, quem deve decidir sobre o caso é o relator, ministro Gilmar Mendes, que só volta do recesso em fevereiro. Como presidente do Supremo, Peluso responde pelo plantão. Peluso já tinha sinalizado que deixaria a decisão para o relator.

Mais de 1.600 presos não retornaram à prisão após saída de final de ano em São Paulo

A Secretaria da Administração Penitenciária informou nesta quinta-feira que 1.681 detentos que tiveram autorização para passar o Natal e o Ano-Novo em casa não voltaram aos presídios. A quantidade representa 7,11% dos 23.639 que conseguiram o benefício. Em 2009, 8,51% dos 23.331 detentos não retornaram às penitenciárias, conforme a secretaria. Só os presos que cumprem pena em regime semiaberto (aquele em que o preso apenas dorme no presídio) podem obter a saída temporária. Os detentos que não retornaram até a última terça-feira passam a ser considerados foragidos. Caso sejam recapturados, seu regime de punição regride para o fechado, ou seja, toda a pena será cumprida dentro da prisão. Em 2010, foi a primeira vez que o Estado de São Paulo usou tornozeleiras eletrônicas para monitorar parte dos detentos beneficiados. Foram instaladas 4.635 tornozeleiras.

Alemanha interdita 4.700 granjas e sítios por ovos contaminados com dioxina

O Ministério da Agricultura da Alemanha anunciou na noite desta quinta-feira que mais de 4.700 granjas e sítios produtores de alimentos serão interditados provisoriamente diante do risco de contaminação por dioxina, a maior parte na Baixa Saxônia, no norte do país. A medida, decretada por precaução, envolve 4.709 granjas e sítios, sendo 4.468 da Baixa Saxônia, cuja capital é Hannover. As dioxinas são toxinas formadas por queima de resíduos e de outros processos industriais e têm contribuído com o aumento das taxas de câncer, além de afetar a gravidez. A decisão, adotada após a distribuição nos meses de novembro e dezembro de ração contaminada com dioxina, afeta especialmente os criadores de porcos. Até que se prove que não houve contaminação, estes sítios e granjas não poderão entregar seus produtos. Segundo o governo alemão, até 150 mil toneladas de ração destinada ao gado foram contaminadas. Entre novembro e dezembro passados, 3.000 toneladas do produto caíram na cadeia produtiva de alimentos, sendo 2.500 toneladas na Baixa Saxônia. Um índice de dioxina superior ao aceitável foi encontrado no final de dezembro em ovos vendidos na Alemanha, Holanda e Reino Unido. Durante a tarde, o ministério regional da Agricultura de Schleswig-Holstein (norte) confirmou a presença de contaminação por dioxina em gordura animal utilizada pelo grupo de alimentos Harles und Jentzsch.

Jornalista é acusada de associação ao tráfico no Paraná

A Polícia Civil de Campo Mourão (PR) prendeu nesta quinta-feira 17 pessoas acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas. Entre os detidos está uma jornalista, amante de um dos traficantes e que repassava informações conseguidas com a polícia em razão do trabalho profissional. "Ela passava essas informações privilegiadas para a quadrilha", disse o delegado José Aparecido Jacovós. Outras duas pessoas, entre elas um advogado, estão foragidas. A jornalista Maritania Forlin, 28 anos, tem um programa de variedades, em produção independente, transmitida por uma das emissoras de Campo Mourão. Ao ser presa, segundo Jacovós, ela disse apenas que mantinha relacionamento amoroso com Gilmar Tenório Cavalcanti, apontado como chefe da quadrilha, também preso. O delegado disse que há gravações de áudio que comprovam o envolvimento dela. "Quando precisava de algum usuário de droga para entrevistar no programa ligava para ele, que lhe indicava alguém e passava a ser produtor", disse o delegado. Em outra, o traficante diz que ia atrás de alguém para matar. Uma mulher, que, de acordo com a polícia, seria a jornalista, pergunta se ele iria "apagar" o cara e incentiva dizendo que "a cidade está muito parada". Videversus vem sempre afirmando que a alta condescendência no jornalismo brasileiro com as drogas está ligada ao fato de muitos jornalistas, em todo o País, em todos os veículos de comunicação, serem cocainômanos. E todo consumidor tem sempre um traficante ao seu lado. Essa convivência é depravada e perversa, e distorce a visão dos jornalistas. Grandes nomes do jornalismo brasileiro são pessoas totalmente dependentes da cocaína e outras drogas.

Bope ocupa favelas do Rio de Janeiro para instalar 14ª UPP

Sem troca de tiros, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) ocupou na manhã desta quinta-feira os morros do São João, Quieto, Sampaio e Matriz, no Engenho Novo, na zona norte do Rio de Janeiro, para a instalação da 14ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da cidade. Agora, todas as favelas da região da Grande Tijuca próximas ao Estádio do Maracanã estão ocupadas por UPPs.  A exceção é o Morro da Mangueira, em São Cristóvão, que deve ser o próximo alvo da Secretaria de Segurança Pública. A ocupação desta quinta-feira ocorreu mais um ano após a derrubada do helicóptero Fênix 3, da Polícia Militar, em 17 de outubro de 2009, por traficantes do Morro São João, quando três policiais morreram. A exemplo das ocupações anteriores, os traficantes fugiram e o Bope apreendeu apenas uma pequena quantidade de maconha, além de retirar as barreiras construídas pelo tráfico para controlar o acesso à favela. Ou seja, o governo do Rio de Janeiro avisa com antecedência aos bandidos que se escafedam antes da chegada da polícia. É uma beleza. Os morros dos Macacos e São João eram dominados por facções rivais. A UPP será inaugurada em 30 dias e contará com 200 policiais. Cerca de 12 mil moradores serão beneficiados.

Sensores falham ao detectar tiros em Canoas

O sistema de captação do som de tiros falhou no bairro Guajuviras, em Canoas. A rede de antenas não deu alerta para a polícia após disparos que mataram um homem na noite de quarta-feira. O sistema havia sido anunciado pelo prefeito petista da cidade, Jairo Jorge, como uma grande iniciativa, responsável pela diminuição do índice de violência no bairo. Isaac da Maia Gonçalves, de 29 anos, levou um, mas dez tiros. Como é que os sensores foram falhar logo no dia em que houve um bárbaro assassinato? O sistema já não estava apagado há mais tempo? A prefeitura petista de Canoas precisa explicar esse assunto com mais detalhes. Qual será a penalidade à empresa operadora do sistema?

Itamaraty concede passaporte a bispo da Universal

No apagar das luzes do governo Lula, o Itamaraty realizou uma série de questionáveis emissões de passaportes diplomáticos. Um dos privilegiados foi o bispo Romualdo Panceiro, da Igreja Universal. Ele recebeu o documento em “caráter excepcional” nos últimos dias de dezembro. A benesse, válida por um ano, foi concedida para atender um pedido formal do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), também bispo da Universal, e autorizada pelo ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. Panceiro é o número dois na hierarquia da Universal, e apareceu em uma gravação de abril do ano passado ensinando pastores a arrecadar dinheiro de fiéis durante a crise econômica mundial. “Com essa crise, se não pegar tudo que tem no banco e der para Deus, o espírito da crise vai pegar tudo”, disse o bispo durante uma videoconferência. Ele recomendava aos religiosos usarem passagens bíblicas para estimular os fiéis. Por lei, os passaportes diplomáticos só podem ser concedidos a autoridades de estado, como o presidente da República, ministros, congressistas e, naturalmente, diplomatas. As exceções são permitidas apenas para pessoas que representem interesses do país. O documento diplomático facilita a entrada de seus portadores em outros países, pois elimina a burocracia na alfândega. O Itamaraty fez outra gentileza a Marcos Cláudio e Luís Cláudio: além do passaporte, enviou um pedido formal à embaixada americana solicitando visto para que os dois pudessem realizar uma viagem a Nova York de 5 a 15 de janeiro. Qual assunto de interesse nacional eles devem tratar nos Estados Unidos?

PTB quer cargos na Câmara para apoiar petista Marco Maia

O deputado federal petista Marco Maia se reuniu no final da tarde desta quinta-feira, em Brasília, com o PTB. A exigência do partido para confirmar o apoio ao petista é, "no mínimo", a permanência dos cargos que ocupa hoje dentro da Casa: uma presidência de comissão e uma titularidade na Mesa Diretora. Atualmente, o PTB comanda a Comissão do Trabalho e a quarta-secretaria. A idéia é manter Nelson Marquezelli (PTB-SP) na Mesa, mas ainda não há definição de um nome para comissão. "Isso aqui é um jogo de forças e nós queremos, no mínimo, manter o que já temos hoje. Pode ser uma comissão equivalente à do Trabalho, mas queremos uma presidência e a Mesa", disse o líder da bancada, deputado Jovair Arantes (PTB-GO). Essas atitudes de políticos e partidos atualmente fazem qualquer um sentir uma grande saudade da época da ditadura militar, quando o partido da Oposição avisava ao governo, por meio de seu líder, que não participaria da eleição para a presidência da Casa, e que não faria parte da Mesa, abrindo mão de todos os cargos. Hoje é tudo absolutamente despurado, é só negócio. Pela manhã, Marco Maia esteve em São Paulo e se reuniu com a bancada do PDT. O partido tenta arrancar do governo um aumento do salário mínimo acima dos R$ 540,00 anunciados em dezembro. Além disso, reivindica a nomeação do senador Osmar Dias (PDT-PR) para a presidência de Itaipu e do deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS) para o comando da Eletrosul. Os picaretas negociam ameaçando com os salários dos trabalhadores brasileiros, são muito desclassificados e ordinários.

Presidente do Supremo nega pedido de defesa pela soltura imediata do terrorista Cesare Battisti

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, negou na tarde desta quinta-feira pedido pela soltura imediata do terrorista italiano Cesare Battisti. Segundo Peluso, que está de plantão no tribunal, quem deve decidir sobre o caso é o relator, ministro Gilmar Mendes, que só volta do recesso em fevereiro. A defesa do terrorista italiano protocolou na segunda-feira o pedido de soltura depois que o então Lula negou sua extradição no dia 31 de dezembro.

FMI diz que medida do governo brasileiro para frear alta do real é apropriada

O FMI considera que a recente medida do Banco Central do Brasil para tentar conter a valorização do real é um passo "macroprudencial" apropriado para amparar o sistema bancário, disse uma porta-voz nesta quinta-feira. "Nós vemos tais medidas como medidas macroprudenciais que visam fortalecer o sistema bancário no Brasil diante de grandes ingressos de capital, e elas podem ser uma parte apropriada do kit de ferramentas", disse a porta-voz Caroline Atkinson. O Banco Central anunciou uma medida para evitar que as instituições tomem dólares emprestados no exterior para aplicar no Brasil. Segundo a instituição, os bancos terão de recolher, sob a forma de compulsório, 60% do valor correspondente à sua posição "vendida" no mercado de câmbio que exceder o menor dos seguintes valores: US$ 3 bilhões ou o seu patrimônio de referência. O Banco Central informou que as apostas dos bancos na queda do dólar alcançaram um nível recorde de US$ 16,8 bilhões. Essas são as chamadas posições "vendidas", que podem ser consideradas as "apostas" dos bancos na depreciação do dólar em relação ao real. Se os bancos quiserem reduzir essa "posição" terão de comprar dólares, o que pode afetar a cotação da moeda. O novo compulsório será recolhido em espécie e ficará depositado no Banco Central sem remuneração. As instituições financeiras têm 90 dias para se adaptar a regra. Isso é a chamada medida paliativa, que mantém íntegros os bancos, grandes artífices da política que destrói a economia brasileira, liquida com as exportações e desindustrializa o País. Nunca antes neste País houve governos que beneficiassem tanto os bancos como os petistas, lulistas e agora dilmista.

Dilma cria PAC do combate à miséria

A primeira ação da presidente Dilma Rousseff será a criação do PAC do combate à miséria. Ela se reuniu com 12 ministros nesta quinta-feira, pela manhã, e pediu que organizem o programa de forma a garantir que haja metas, prestação de contas e monitoramento das medidas. Segundo a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, que coordenará o novo PAC, o programa partirá de iniciativas como a ampliação das redes sociais e das políticas de transferência de renda e inclusão produtiva. Vai rolar dinheiro como nunca para as ONGs petista. "A presidente pediu que não se faça anúncios que não tenham consistência. Vamos estabelecer metas objetivas para vocês (jornalistas) cobrarem", disse Tereza Campello. O Bolsa Família integrará o novo PAC, que ainda não tem nome definido pelo governo. Campello disse que a idéia do PAC não é "apagar" programas sociais já existentes, mas ampliar as medidas em curso e o atendimento a pessoas que vivem em situação de pobreza extrema. Ana Fonseca, responsável pela criação do Bolsa Família, em 2004, foi anunciada como secretária executiva do novo programa. Fonseca disse que na reunião com Dilma não foi definido os recursos e a fonte do Orçamento para o programa. Além de Campello e Fonseca, participaram da reunião os ministros Antonio Palocci (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda), Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário), Fernando Haddad (Educação), Miriam Belchior (Planejamento), Mário Negromonte (Cidades), Alexandre Padilha (Saúde), Carlos Lupi (Trabalho), Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), e o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Luciano Coutinho.

Marco Maia diz que reforma política não é maior prioridade do Congresso

O presidente da Câmara, deputado federal Marco Maia (PT-RS), afirmou nesta quinta-feira que a reforma política não é "a maior prioridade do Parlamento". Ele é candidato à reeleição com apoio da presidente Dilma Rousseff, que se comprometeu na campanha com a modernização do sistema político e eleitoral. O petista disse que a Câmara já aprovou "algumas reformas no processo eleitoral e na estrutura política brasileira", dando a entender que as mudanças foram satisfatórias. "Dizer que nós vamos produzir reformas, e que a reforma política é a maior prioridade do Parlamento, eu acho que não tem necessidade disso", afirmou, após reunião com a bancada federal do PDT, em São Paulo. Marco Maia também criticou o apelo por outras reformas constitucionais, como a tributária e a trabalhista, adiadas ao longo dos oito anos do governo Lula. "Temos que romper essa visão de que o país só anda com grandes reformas", disse o sindicaleiro de Canoas (RS). O debate sobre a reforma política marcou a corrida presidencial, mas não teve efeitos práticos no Congresso.

Ex-atleta e festeiro Ronaldinho segue enrolando, reaparece no Rio de Janeiro, rescinde com o Milan, mas não revela futuro

O ex-atleta de futebol Ronaldinho Gaúcho, que abandonou o futebol há cerca de cinco anos, e se especializou em frequentar festas e pagode, anunciou de forma oficial na tarde desta quinta-feira, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, que não tem mais vínculo com o Milan. Ele estava ao lado do vice-presidente do time italiano, Adriano Galliani. Além disso, só fez enrolação, não deu a menor pista do clube brasileiro para o qual deverá se transferir, mas deixou no ar a sua sedução pelo Flamengo. Ele não chegou a falar da mesma forma em desejo de jogar no Grêmio, mas de Porto Alegre. E mais nada. "Agora estamos livres para conversar", disse Ronaldinho: "Tenho carinho muito grande com o Grêmio, mas estou conversando há muito tempo com muita gente. Viso voltar ao Brasil por conta da Copa do Mundo que será realizada no Brasil. Ainda não tem nada definido". No momento ele está de festa em festa em Florianópolis.

Companhia aérea Azul começa a operar no Galeão a partir de fevereiro

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou nesta quinta-feira que começa a operar no aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, a partir de 1º de fevereiro. Com isso, a companhia, que já está no aeroporto Santos Dumont, terá 20 vôos partindo da capital fluminense para seis cidades brasileiras. Partindo do Galeão, haverá vôos diretos para Campinas (SP), Cuiabá (MT), Joinville (SC) e Navegantes (SC), além das demais cidades atendidas em Viracopos por meio de escalas e conexões. Atualmente, já é possível voar pela Azul do aeroporto Santos Dumont para Campinas, Salvador (BA) e Porto Alegre (RS). Com dois anos de operações, a Azul conecta 28 destinos com 200 vôos diários. A companhia opera uma frota de 26 jatos composta por dez Embraer 190 e 16 Embraer 195.

Venezuela fecha o ano com inflação de 27,2%, recorde na América Latina

A Venezuela registrou em 2010 uma inflação recorde na América Latina, de 27,2%, maior que a de 2009 (25,1%), segundo números divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central do país (BCV). Mas, é uma inflação mascarada. O aumento dos preços é superior às cifras provisórias (26,9%) comunicadas semana passada pelo BCV. O governo prevê uma alta dos preços de 23% a 25% em 2011. "Pudemos observar no segundo semestre do ano uma clara tendência à redução das pressões inflacionárias", diz o Banco Central venezuelano. Mas, para analistas, a supressão recente da taxa de câmbio preferencial do dólar para produtos básicos, equivale a uma desvalorização do bolívar, a moeda local, o que poderia elevar a inflação deste ano acima da do ano passado. O PIB (Produto Interno Bruto) da Venezuela teve um recuo de 1,9% em 2010, em baixa pelo segundo ano consecutivo, devido a problemas econômicos estruturais. O país, o primeiro exportador de petróleo da região, é amplamente importador de matéria-prima agrícola e sofre com o desabastecimento recorrente de alguns produtos. Os níveis de investimento e de produtividade baixaram de maneira preocupante no país sul-americano devido à intensificação dos confiscos de terra por parte do governo e das fortes chuvas que afetaram, recentemente, 130 mil pessoas, além de deixar milhares de propriedades agrícolas inundadas, segundo os analistas. Só em 2010, o Observatório da Propriedade Privada registrou 535 casos de expropriações por parte do Estado, principalmente no setor agropecuário.  Mas o governo afirma que a economia entrará no caminho do crescimento este ano, depois de cair 3,3% em 2009 e 1,9% em 2010. Recentemente, o ministro das Finanças, Jorge Giordani, estimou que o PIB pode crescer acima de 2% em 2011. Concretamente, especialistas preveem que em 2011 prosseguirão as quedas do consumo (queda de 2,8%) e do investimento (redução de 4,8%) registradas em 2010 pelo BCV, impondo obstáculos às metas de governo.

Polícia do Vietnã ataca diplomata dos Estados Unidos que visitou ativista

A Embaixada dos Estados Unidos no Vietnã protestou contra o tratamento recebido por um de seus diplomatas no país, informaram as autoridades americanas nesta quinta-feira. A radio financiada pelos Estados Unidos, Free Asia, disse que Christian Marchant, um alto funcionário da embaixada americana em Hanoi, foi atacado pela polícia na quarta-feira, perto da casa do padre e famoso ativista Thadeys Nguyen Van Ly, na cidade de Hue. Segundo a notícia, Marchant foi amarrado no chão pelas autoridades e mais tarde colocado em um veículo e levado para longe. O trabalho de Marchant com direitos humanos foi recentemente reconhecido pelo Departamento de Estado americano. Não há nenhuma notícia de que o Itamaraty tenha protestado por esta violência dos comunistas vietnamitas.

Justiça mantém "toque de recolher" de adolescentes em Fernandópolis

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu manter a portaria que proíbe adolescentes de Fernandópolis (a 553 quilômetros de São Paulo) de frequentar bares, lanchonetes, restaurantes e boates depois das 23 horas, em qualquer dia da semana, desacompanhados dos pais ou responsáveis. Segundo o Tribunal de Justiça, com a implantação do "toque de recolher" em 2005 pelo juiz Evandro Pelarin, a Vara da Infância e Juventude conseguiu reduzir em 40% o número de infrações cometidos por menores de 18 anos na cidade. Na decisão que manteve o "toque de recolher", do dia 13 de dezembro, a desembargadora Maria Olívia Alves destacou que não houve resistência à portaria nem pelos supostos prejudicados. "Ao contrário, pelos documentos constantes dos autos, está evidente que a regulamentação recebeu a aprovação da comunidade local", afirmou. Ainda em sua decisão, a desembargadora ressaltou que a portaria assegura o direito ao lazer dos adolescentes ao mesmo tempo em que mantém a obrigação da família, da sociedade e do Estado de protegê-los: "O dever de afastar os jovens das situações de risco não é só do Estado, por suas políticas de segurança pública, é também de toda a sociedade. Fechar os olhos para a crescente violência desencadeada pelo consumo de álcool e drogas é negar-lhes auxílio". Também participaram do julgamento os desembargadores Martins Pinto e Encinas Manfré. Esta medida deveria ser estendida para o resto do País.

Dilma puxa orelha de Guido Mantega e governo sinaliza que pode elevar mínimo para R$ 550,00

Diante da pressão do PMDB, o governo federal já dá sinais de que tem margem para elevar o salário mínimo acima dos R$ 540,00 propostos no Orçamento. Na área econômica já se fala em R$ 550,00 principalmente depois que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi repreendido pela presidente Dilma Rousseff por ameaçar vetar qualquer aumento do piso salarial. O sinal de que os R$ 540,00 poderiam subir partiu do próprio governo, que anunciou na terça-feira o reajuste das aposentadorias em 6,41%. É um reajuste maior do que o proposto para o mínimo, que é de 5,88%. O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), também sinalizou hoje que está disposto a discutir a alteração na proposta do governo para o mínimo caso continue na presidência da Casa, em eleição que ocorrerá no dia 1º de fevereiro.

Ciro Gomes diz que já mudou título eleitoral para Ceará

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) disse que mudou seu título eleitoral novamente para o Ceará. "O meu título de eleitor já está no Ceará, mas não tenho, pelo menos no momento, qualquer projeto de candidatura", afirmou o neocoronel cearense que se especializou em levar pontapés do PT e seguir subalterno. Ele havia transferido seu domicílio para São Paulo a pedido do então presidente Lula, que o queria na disputa pelo governo paulista. O desejo do neocoronel Ciro Gomes, porém, era disputar a Presidência da República. Mas acabou barrado por Lula, com a ajuda do PSB, que preferiu apoiar a presidente Dilma Rousseff. O mandato de deputado de Ciro Gomes vai até o dia 31 deste mês. Ele estuda um convite feito pelo irmão reeleito governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), para presidir a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) a ser instalada no Pecém, em São Gonçalo, na região metropolitana de Fortaleza.

Dom Paulo Evaristo está internado após cirurgia

O arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, de 89 anos, está internado desde 1º de janeiro no Hospital Santa Catarina, na Zona Sul de São Paulo, onde passou por cirurgia para extração da vesícula biliar.  O estado de saúde geral de de Dom Paulo Evaristo Arns é estável, mas ele permanecerá internado na Unidade de Tratamento Intensivo nos próximos dias para recuperação cirúrgica e para controle de um processo infeccioso pulmonar. Arns recebeu atendimento de emergência no hospital para tratamento de um processo infeccioso na vesícula biliar. O arcebispo foi submetido a uma colesistectomia com colangiografia por videolaparoscopia (limpeza da região e extração da vesícula). Cardeal desde 1973, Dom Paulo Evaristo Arns foi arcebispo metropolitano de São Paulo entre 1970 e 1998. Ele foi uma das figuras centrais no combate à ditadura militar no Brasil e na denúncia das torturas e desaparecimentos de presos políticos.

Participação de importados deve atingir 22% em 2011

A participação de carros importados no total das vendas de veículos no mercado doméstico deve crescer para 22% (média no ano) em 2011, ante 18,8% registrado em 2010, segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini. Questionado sobre o recente aumento das vendas de automóveis asiáticos no País, especificamente, Belini disse que "não assusta" desde que as regras sejam respeitadas. O executivo admitiu, no entanto, que o aumento da presença de importados já começa a afetar a rentabilidade das montadoras instaladas no Brasil. Segundo dados da Anfavea, em 2008 os automóveis importados respondiam por 13,3% das vendas. Em 2009, esse porcentual subiu para 15,6%, chegando a 18,8% no ano passado. No último mês de dezembro o índice alcançou 21,7%. Considerando os veículos importados e os exportados, o saldo em 2009 foi negativo em 121.000 unidades. Em 2010, esse saldo negativo cresceu e chegou a 158 mil unidades. Em 2008, o resultado tinha sido positivo em 193 mil unidades. De acordo com Belini, em valores, a balança comercial do setor automotivo como um todo (incluindo autopeças) foi negativa em US$ 5,7 bilhões em 2010, valor maior que o de 2009, negativo em US$ 3,7 bilhões. Em 2008, o resultado havia sido positivo em US$ 2,4 bilhões.

Temer diz que PMDB vai participar de reunião da coordenação política

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta quinta-feira que a próxima reunião da coordenação política do governo Dilma Rousseff será realizada na segunda-feira, às 9h30, no Palácio do Planalto, e deverá contemplar a participação de ministros do PMDB. Na primeira reunião, havia apenas ministros do PT, além do vice-presidente que é do PMDB, o que gerou insatisfação por parte dos ministros peemedebistas que queriam participar do encontro. "O PMDB e outros partidos ponderaram que, em se tratando de um governo de coalizão, deveria haver ministros de outros partidos. Esse é um assunto que nós vamos conversar ao longo desta semana e da semana que vem", afirmou Temer, após se reunir com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Na opinião do vice-presidente, o pleito do PMDB é justo: "Eu não tenho objeções. Os partidos querem manter as posições que têm".

Brasil eleva previsão de produção de açúcar em 2010/11 para 38,7 milhões de toneladas

A produção de açúcar do Brasil atingirá 38,7 milhões de toneladas na temporada 2010/11, informou o Ministério da Agricultura nesta quinta-feira, elevando sua projeção. A previsão aponta um crescimento em relação ao levantamento divulgado em setembro, quando o governo havia previsto 38,1 milhões de toneladas. Na temporada passada, o Brasil produziu 33 milhões de toneladas de açúcar. Por outro lado, o ministério reduziu a sua previsão de produção de etanol para 27,7 bilhões de litros, contra 28,4 bilhões de litros na última projeção. Em 09/10, a produção de etanol foi de 25,7 bilhões de litros. A safra de cana do País 10/11 foi reduzida para 625 milhões de toneladas, contra 651,5 milhões de toneladas na previsão de setembro, em meio ao tempo seco no centro-sul do Brasil. Apesar da redução na projeção de safra, ela ainda será recorde, com um aumento de 3,4% em relação ao ciclo 2009/10.

Filhos de Lula ganham passaporte diplomático do Itamaraty dois dias antes do pai sair do cargo

Os dois filhos do ex-presidente Lula, Luís Cláudio Lula da Silva, de 25 anos, e Marcos Cláudio Lula da Silva, de 39, obtiveram no último dia 29 de dezembro a renovação do passaporte diplomático. Segundo a assessoria do Ministério das Relações Exteriores, a concessão dos passaportes foi feita "com base na legislação vigente, de acordo com o decreto 5.978 de dezembro de 2006". A situação dos filhos de Lula, porém, não se encaixa no texto da lei. O decreto autoriza o benefício do passaporte diplomático a presidentes, vice-presidentes, ministros de Estado, ocupantes de cargos de natureza especial e titulares de Secretarias vinculadas à Presidência da República, parlamentares, chefes de missões diplomáticas, ministros dos tribunais superiores e ex-presidentes. Os cônjuges e os dependentes, inclusive os enteados, até 21 anos de idade ou, se estudante, até 24 anos, também estão autorizados a receber o documento. Para dependentes portadores de deficiência não existe limite de idade. Também poderão receber o benefício, mediante autorização do Ministro das Relações Exteriores, as pessoas que, embora não relacionadas nos incisos do decreto, "devam portá-lo em função do interesse do País". O Itamaraty não soube informar qual seria a prerrogativa usada para a autorização da emissão do passaporte diplomático, com validade de quatro anos, para os filhos do ex-presidente. Segundo o Itamaraty, uma das vantagens do passaporte diplomático é a dispensa de vistos para alguns países que mantêm relações diplomáticas com o Brasil, como a China, por exemplo. O documento é emitido sem nenhum custo para a autoridade e seus dependentes. Esse é mais um exemplo da vocação mordômica da familia Lula.

Ruralistas vão apoiar candidatura de deputado comunista na Câmara dos Deputados

O deputado federal Aldo Rabello vai desafiar o Planalto e concorrerá contra o petista Marco Maia para a presidência da Câmara dos Deputados. A maior bancada da Câmara, a ruralista, apóia o candidato do PCdoB. Aldo Rabello, que já foi presidente da Câmara, destacou-se junto aos parlamentares da bancada ruralista por suas posições firmes na questão ambiental.

Estados Unidos julgam que Brasil deu refúgio a bandido das Farc por afinidade política

As suspeitas de ação ideológica na apreciação de pedidos de extradição feitos ao Brasil não são apenas do governo da Itália, nem dizem respeito só ao caso Cesare Battisti. Em 2006, os Estados Unidos consideraram que a concessão de refúgio a Oliverio Medina, terrorista das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc, organização terrorista e traficante de cocaína), teve razões políticas. A versão americana para o caso foi revelada por despachos publicados pelo WikiLeaks. O refúgio político de Medina foi discutido em reunião entre o então embaixador americano no Brasil, Clifford Sobel, o ex-chanceler Celso Amorim e o atual, Antônio Patriota, e Luiz Paulo Barreto, presidente do Comitê Nacional para Refugiados (Conare), em setembro de 2006.

Banco Central pare um ratinho na questão cambial

A decisão do Banco Central de criar um empréstimo compulsório para os bancos de 60% do valor da posição vendida em dólar pode ter menos efeitos no mercado cambial do que o esperado. Segundo especialistas, a regra irá aumentar os custos dos bancos para especular no mercado cambial à vista, mas as instituições ainda podem recorrer a outros investimentos no mercado futuro. O dólar era cotado a R$ 1,680 por volta das 12 horas. Isso não alteraria em grande medida a tendência da moeda, embora acentue a volatilidade no curto prazo. Para especialistas, a projeção para o dólar em 2011 não muda. "É uma medida absolutamente nova que pode ter dois objetivos: incentivar a demanda por dólar de tal forma que freasse a apreciação acelerada do real ou penalizar os agentes financeiros que estão vendidos e deixaram o mercado inundado de reais", diz o presidente do Grupo Fitta, André Nunes. Assim, a medida pode ser benéfica para o cenário de inflação e ajudar com a política monetária. "Irá recolher muito real do mercado, o que faz diminuir a inflação", explica Nunes. Para o diretor de Política Monetária do Banco Central, Aldo Mendes, esse não é o objetivo da medida embora ela reduza a liquidez do sistema financeiro. Para ele, o impacto monetário "não é relevante", pois seu efeito será diluído no tempo. A criação do compulsório representa a diminuição da atratividade para operar com a moeda, mas, para Nunes, os bancos podem começar a fechar contratos de dólar no mercado futuro, onde não há incidência da taxa do compulsório. "No curto prazo, pode ser criada uma barreira psicológica, que faça a moeda ficar próxima deste patamar de R$ 1,70, mas a cotação não depende apenas de medidas domésticas, mas também do andamento da economia dos Estados Unidos", diz o economista sênior do Espírito Santo Investment Bank, Flávio Serrano. Ambas as casas projetam que o ano será de volatilidade no mercado cambial. "Deve ficar girando entre R$ 1,65 e R$ 1,75, fechando o ano mais próximo de R$ 1,75 se a economia americana apresentar sinais de melhora", afirma Serrano.

Banco Central convoca coletiva de imprensa para esta quinta-feira, medidas no câmbio a caminho

O Banco Central anunciou uma entrevista coletiva para as 8 horas desta quinta-feira, informou a instituição sem especificar o assunto. Mas, nem precisava. Como a coletiva de imprensa será realizada antes da abertura do mercado financeiro, é evidente que o Banco Central anunciará medidas para conter a excessiva desvalorização do dólar. Como o Banco Central não pode controlar o valor da moeda norte-americana, então obrigatoriamente terá de atuar na outra ponta, controlando o valor do real. Toda vez que o dólar cai, o real sai "apreciado". Então o Banco Central só poderá anunciar um sistema de desvalorização cambial. Ou seja, vai retirar valor do real. Uma medida assim terá várias consequências. Uma delas será sobre a política de compras de dólares e formação de reservas cambiais. Diminuindo a necessidade de compra de dólares, o governo gastará menos na emissão de títulos com a finalidade de levantar recursos para promover a compra da moeda norte-americana. As importações também ficarão mais caras e terão a tendência de cair. Isso ajudará a equilibrar as contas externas brasileiras. Em resumo, os brasileiros devem se preparar para uma velha conhecida da economia nacional e que andava abandonada há muitos anos, e que se chamava maxi-desvalorização da moeda. Também começa a ir pelo ralo a política de livre oscilação cambial. O governo Dilma passa a adotar uma política de intervenção no câmbio.

Ex-jogador Roger vira auxiliar técnico no Grêmio

O Grêmio anunciou nesta quarta-feira uma novidade na sua comissão técnica. O ex-jogador Roger, que fez história com a camisa gremista, passa a ser auxiliar do treinador Renato Gaúcho. Revelado pelo Grêmio, Roger jogava de lateral-esquerdo e zagueiro. Ficou no clube gaúcho de 1994 a 2003, tendo conquistado três títulos da Copa do Brasil (1994, 97 e 2001) e um da Libertadores (1995), entre outros. Ele ainda passou pelo Vissel Kobe (Japão) e Fluminense. Atualmente com 35 anos, Roger passa a fazer parte da comissão técnica permanente do Grêmio, ao lado do preparador físico Flávio de Oliveira, do treinador de goleiros Francisco Cersósimo e do coordenador científico Luis Cezar Martins. Eles vão trabalhar com o técnico Renato Gaúcho e o seu auxiliar Alexandre Mendes.

PMDB exige participação política e novas regras para distribuir cargos

Dirigentes do PMDB e seus principais ministros decidiram se unir para cobrar da presidente Dilma Rousseff o que, afirmam, lhes é devido na condição de "sócios da vitória": a montagem de um protocolo de divisão mais igualitária do poder com o PT, respeito aos espaços do partido e assento nos conselhos que definem os rumos políticos e as medidas do governo. A decisão foi tomada em jantar na noite da última terça-feira, da cúpula do PMDB, na casa da governadora Roseana Sarney (MA), em Brasília. A cúpula peemedebista não aceita ficar de fora das reuniões do núcleo do poder no Palácio do Planalto, o que já estava avisado desde a campanha presidencial. Avalia que é hora de demonstrar unidade, não só para garantir presença em todos os conselhos políticos de Dilma, como para evitar que petistas ocupem ministérios do PMDB, avançando sobre posições da legenda no segundo escalão federal. Orientado em boa parte pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, que abriu o debate durante o jantar, sobre o tamanho da representação do partido, o PMDB decidiu que não deve se desgastar tratando de cargos no varejo. A opção, sugeriu o ministro, é definir com a presidente o real status do partido no poder. "E logo", aconselhou o ministro. Jobim abriu o debate lembrando os espaços que o partido ocupava no governo Lula. Tudo para observar, ao final, que o PMDB continuava "raquiticamente representado e alijado do núcleo de poder", contrariando as promessas feitas durante a campanha eleitoral. Entre as posições que o PMDB não quer perder de forma alguma para o PT foram mencionadas a presidência da Transpetro e diretorias na Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, foi alertado de que o petista Aloizio Mercadante, na Ciência e Tecnologia, já fala que a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) deveria estar no ministério dele.

Hemorragia de José Alencar é estancada, diz boletim médico

O ex-vice-presidente da República, José Alencar, foi submetido, na tarde desta quarta, a nova arteriografia (radiografia das artérias) que mostrou um sangramento, próximo do tumor que havia sido tratado, informou boletim médico do Hospital sírio-libanês. De acordo com o boletim, "foi, então, realizada nova embolização que possibilitou estancar, neste momento, a hemorragia". Alencar continua na UTI, e segue o tratamento para câncer. Ele está sendo submetido à sessões de hemodiálise.