quinta-feira, 10 de março de 2011

Acordo com minoritários do Bamerindus pode encerrar disputa

Uma proposta de acordo entre acionistas minoritários do extinto banco Bamerindus e o FGC (Fundo Garantidor de Crédito), uma entidade controlada pelos próprios bancos, pode pôr fim ao litígio judicial aberto em 1997. Os acionistas querem receber valores de perda de parte das ações verificada após intervenção do Banco Central, que culminou naquele mesmo ano na venda da instituição financeira ao HSBC. A Associação Brasileira dos Investidores Minoritários do Grupo Bamerindus irá apresentar a proposta em Curitiba, no dia 22, para homologação dos representantes dos 1.200 filiados. Eles reclamam perdas de R$ 55 milhões em valores atuais. A proposta, que prevê retirada de ações na Justiça por parte dos minoritários, foi formulada pelo FGC. Segundo a associação, o dinheiro da indenização aos minoritários viria de um leilão de ativos que compõem a massa falida do Bamerindus, conforme proposta do FGC. Integrante da equipe de advogados da associação, James Marins diz que o Bamerindus tem "créditos fiscais relevantes" que podem ser levados a leilão para pagar a dívida com os minoritários. O leilão, de acordo com o vice-presidente da associação, Jair Capristo, ainda não tem data para ser realizado, mas ele afirmou que a proposta de pôr fim ao litígio já teve boa repercussão entre os investidores da entidade: "Os acionistas estão satisfeitos. O caso mostrou o respeito aos direitos dos acionistas minoritários".

José Rainha é condenado a quatro anos por invasão e furto em fazenda do Pontal

José Rainha Júnior, o líder do MST do B, organização terrorista, foi condenado a quatro anos e um mês de prisão, sob a acusação de ter liderado o saque de madeiras e equipamentos da Fazenda São João, invadida pelo Movimento dos Sem-Terra (MST) em abril de 2000, em Teodoro Sampaio, no Pontal do Paranapanema, extremo oeste do Estado de São Paulo. Na sentença, publicada nesta quinta-feira, o juiz Fernando Salles Amaral considerou como agravante da pena o fato de José Rainha ter utilizado pessoas “de pouca condição social” como “massa de manobra” para o cometimento dos crimes. A sentença é de primeira instância e cabe recurso. De acordo com a denúncia, acatada pelo juiz, durante a invasão os integrantes do MST cortaram cercas e furtaram madeiras, palanques, cavadeiras, enxadas, porteiras e um pulverizador da propriedade do fazendeiro Ricardo Pedroso Peretti. Eles foram acusados ainda de terem matado a tiros 13 bois. No inquérito, foram apontados como líderes dos invasores, além de José Rainha, outros 12 militantes da organização terrorista MST. Três deles, Sérgio Pantaleão, Márcio Barreto e Valmir Rodrigues Chaves, chegaram a ter as prisões preventivas decretadas durante o processo, mas acabaram absolvidos por falta de provas. Os chefetes André Luis da Silva e Antonia Agostinho Souza também foram condenados a três anos e um mês de prisão, mas tiveram a punição extinta por ter decorrido mais de oito anos para a aplicação da sentença. Por ter sido condenado a uma pena maior, José Rainha não foi beneficiado pela extinção da punibilidade. O juiz considerou que, na época, José Rainha exercia claro papel de liderança sobre os militantes do MST. Tanto que, quando os invasores cercaram e ameaçaram tombar uma viatura da Polícia Militar que foi até o local, Rainha mandou que parassem e foi prontamente obedecido. Ele também ordenou que os policiais deixassem o local da invasão. O advogado e irmão do chefe, Roberto Rainha, disse que a rede de advogados que defendem os movimentos sociais vai entrar com recurso de apelação. Segundo ele, a agravante que resultou no aumento da pena não está prevista em lei.

São Paulo fará maior concurso para juiz da história

No domingo acontecerá o concurso de magistratura com o maior número de inscritos na história do Estado de São Paulo, com 17.852 candidatos tentando uma das 193 vagas de juiz substituto. O Tribunal de Justiça paulista é a maior corte estadual das Américas com cerca de 360 desembargadores e mais de 2100 juízes de primeira instância. A prova começa às 9 horas, na Uninove Barra Funda, e os candidatos poderão sair levando apenas o gabarito. Trata-se ainda do primeiro concurso aplicado de acordo com a Resolução 75 do Conselho Nacional de Justiça, que unificou os exames de magistratura em todo o País. A partir de agora a prova passa a cobrar noções gerais de Direito e formação humanísticas incluindo ética, filosofia, sociologia, ciências políticas e psicologia jurídica.

São oito os mortos devido a chuvarada em São Lourenço do Sul

O número de mortes em decorrência da forte chuva que atingiu a região sul do Rio Grande do Sul entre quarta-feira e esta quinta-feira chegou a oito. As mortes ocorreram em de São Lourenço do Sul, cidade localizada a 191 quilômetros de Porto Alegre. Quatro moradores do município, que fica à beira da Lagoa dos Patos, morreram afogados depois que suas casas foram inundadas. Um idoso sofreu um infarto no momento em que era resgatado pelas equipes de socorro e também morreu. Grande parte da cidade de 43 mil habitantes ficou debaixo d'água, de acordo com o relato de oficiais do Corpo de Bombeiros envolvidos nos resgates. Em metade da zona urbana, a água atingiu entre 2,5 e 3 metros de altura. Quatro helicópteros e nove lanchas retiraram até as 15h30 de hoje cerca de 260 pessoas que estavam ilhadas em telhados e terraços ou em casas cujo acesso a outros pontos da cidade foi cortado pela água. Os desabrigados foram conduzidos para um ginásio local. O temporal também atingiu o município vizinho de Turuçu, e houve ainda a interdição da BR-116, em dois pontos, entre as cidades de Porto Alegre e Pelotas. A chuva começou na Quarta-Feira de Cinzas e atravessou toda a madrugada. Meteorologistas estimam que o volume de chuva pode ter alcançado entre 250 e 300 milímetros em 24 horas. Trata-se de uma quantidade de água três vezes superior à média de todo o mês de março.

Importação de minério de ferro da China cai 29,5%

As importações de minério de ferro da China em fevereiro atingiram 48,64 milhões de toneladas, 29,5% abaixo do volume recorde de janeiro, com a interrupção do comércio pelo feriado do ano novo lunar. Traders esperavam que o ritmo das importações diminuísse, mas foram surpreendidos pela escala do declínio de fevereiro. A China importou um recorde de 68,97 milhões de toneladas do material bruto em janeiro, com traders negociando com banqueiros e comerciantes a demanda local e o déficit na oferta, causado pelas más condições climáticas na Austrália e no Brasil, bem como pelas restrições para exportação na Índia. Analistas explicaram que parte das entregas agendadas para fevereiro chegaram, na verdade, em janeiro, com navios tentando evitar a paralisação devido ao feriado de ano novo, que dura uma semana e que caiu no dia 2 de fevereiro.

PDT deve reconduzir Carlos Lupi à presidência do partido

O PDT realiza no próximo dia 25 sua convenção e deve reconduzir o ministro Carlos Lupi (Trabalho) para a presidência do partido. A informação é do presidente em exercício da legenda, Manoel Dias. Segundo ele, a intenção é construir uma chapa única, que atenda todos os deputados e senadores, incluindo Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força.

Procuradoria faz recomendação contra má-fé da Infraero na Copa

A Procuradoria-Geral da República enviou recomendação à Infraero para que não sejam utilizadas novas modalidades de licitações para os aeroportos da Copa-2014, como o governo federal pretende fazer para agilizar as obras. Segundo a procuradoria, a tentativa de mudar a licitação pode gerar questionamentos na Justiça e, na prática, atrasar as obras em vez de agilizá-las. "Para evitar atrasos, evite licitações com base em instrumentos a serem criados, por estarem sujeitos a questionamentos de constitucionalidade ou mesmo à perda de sua eficácia em período exíguo, nas hipóteses de instituição por medida provisória, instrumento normativo marcado pela precariedade", diz a recomendação. A idéia do governo é inverter a ordem das licitações e primeiro avaliar os preços e depois a documentação necessária. Assim, de acordo com o governo, a parte burocrática será concentrada apenas na proposta com o melhor preço. Esse dispositivo estava em uma das Medidas Provisórias que tratavam da organização da Rio-2016 e das obras nos aeroportos da cidades da Copa-2014. A Medida Provisória, entretanto, perdeu a validade e o governo ainda discute como viabilizá-la no Congresso, uma vez que na primeira votação a oposição conseguiu barrar novas modalidades de licitação.

PSOL pede que corregedoria da Câmara investigue Jaqueline Roriz

O PSOL protocolou nesta quinta-feira pedido de investigação contra a deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator do Mensalão de Brasília. O pedido foi encaminhado ao corregedor-geral da Câmara, Eduardo da Fonte (PP-PE). O PSOL já adiantou que na próxima quarta-feira, assim que o Conselho de Ética for instalado, pedirá diretamente ao colegiado a perda de mandato da deputada. "Uma parlamentar pêga em um ato daquela natureza não pode estar aqui na Câmara", disse o presidente do PSOL no Distrito Federal, Toninho Andrade, referindo-se aos vídeos divulgados na última sexta-feira. "Aquela é uma família danada", completou Toninho. Jaqueline Roriz é filha do ex-governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) lembrou que há precedentes no Senado para a abertura de processos contra parlamentares que tenham cometidos atos que feriam o decoro parlamentar antes do mandato.

União Européia promete reformas em agências de classificação

O executivo da Comissão Européia informou nesta quinta-feira que proporá em seis meses reformas na regulação das agências de classificação de risco, em um momento em que mais um país da zona do euro é rebaixado. "Os últimos dias mostraram mais uma vez o quão importante é uma regulação maior e melhor das agências de rating", disse os comissários econômico europeu, Olli Rehn, e o encarregado dos serviços financeiros, Michel Barnier, em comunicado conjunto. "Nossos serviços estão agora funcionando o mais rápido possível" em um pacote de propostas de reforma, afirmou o comunicado, acrescentando que o pacote "ficará pronto até o fim do verão" no Hemisfério Norte. A agência de classificação Moody's rebaixou a nota de crédito da Grécia na segunda-feira em três degraus, de Ba1 para B1, e atuou mais uma vez nesta quinta-feira, rebaixando a Espanha para Aa2. Os rebaixamentos ocorrem antes de uma reunião de cúpula da zona do euro, a ser realizada nesta sexta-feira, que abordará os detalhes do fundo de resgate a ser criado a partir de 2013 para lidar com crises potenciais futuras, como a vista na Grécia.

Entrada de dólar no Brasil até março já supera fluxo de 2010

A entrada de dólares no Brasil no início de 2011 já supera a saída de moeda estrangeira em US$ 24,36 bilhões, segundo dados do Banco Central até o último dia 4. O valor também é superior a todo o montante que entrou Brasil no ano passado, US$ 24,35 bilhões. Depois do recorde registrado em janeiro (US$ 15,5 bilhões), entraram mais US$ 7,4 bilhões em fevereiro. Nos primeiros dias de março, o fluxo já está positivo em US$ 1,4 bilhão. O resultado está sendo puxado por operações financeiras, principalmente, investimentos estrangeiros de longo prazo no setor produtivo e captações de empresas brasileiras no Exterior. Os dados do Banco Central mostram ainda que, além da forte entrada de recursos, outro fator que pressiona a cotação da moeda é o aumento da especulação dos bancos no mercado de câmbio. As dívidas das instituições no mercado à vista subiram de US$ 11 bilhões em janeiro para US$ 12,7 bilhões, o que significa uma aposta maior na queda do dólar. As intervenções do Banco Central também aumentaram. Depois de comprar US$ 8 bilhões em janeiro, a instituição adquiriu mais de US$ 9 bilhões em fevereiro, considerando operações à vista (US$ 8,1 bilhões) e a prazo (US$ 973 milhões). Nos primeiros dias de março, já comprou mais US$ 2,7 bilhões.

Vice-presidente financeiro da GM anuncia saída da empresa

O vice-presidente financeiro da GM (General Motors),Chris Liddell, está deixando a companhia. Liddell, de 52 anos, que trabalhava na Microsoft antes de se juntar à GM no ano passado, deixará a montadora norte-americana em 1º de abril, informou a empresa nesta quinta-feira. As ações da GM chegaram a recuar 4% após o anúncio, atingindo seu patamar mais baixo desde a oferta inicial de ações da companhia (IPO). Liddell acompanhou o IPO recorde da GM de US$ 23 bilhões em novembro passado, depois que a empresa emergiu da concordata com apoio do governo dos Estados Unidos. Ele será substituído por Dan Ammann, que já trabalhou no Morgan Stanley e atualmente é vice-presidente de Tesouraria da GM. No mês passado, a GM reportou seu primeiro lucro anual desde 2004 e o maior desde 1999, mas suas ações caíram abaixo do preço do IPO com investidores preocupados com o aumento dos preços do petróleo e maiores custos com o lançamento de novos carros. Liddell deixou a Microsoft, onde também era vice-presidente financeiro, em novembro de 2009 para buscar postos mais importantes. Quando começou a trabalhar na GM, ele era cotado para substituir o então presidente-executivo Ed Whitacre. O conselho da GM considerou Liddell e Steve Girsky, ex-Morgan Stanley e agora vice-chairman da montadora, como candidatos à presidência-executiva após a repentina renúncia de Whitacre em agosto passado. Mas o conselho concluiu que nenhum dos dois tinha as habilidades para conduzir a GM na ocasião, promovendo Akerson, de 62 anos, ao cargo de presidente-executivo.

Jornalista brasileiro é libertado na Líbia

O jornalista brasileiro Andrei Netto, do jornal O Estado de S. Paulo, foi libertado nesta quinta-feira na Líbia, segundo informações repassadas ao senador Eduardo Suplicy (PT-SP) pelo embaixador da Líbia no Brasil, Salem Omar Abdullah Al Zubaidi. Segundo Suplicy, o brasileiro vai deixar o país nesta sexta-feira, mas já se encontra em liberdade. O jornal O Estado de S. Paulo havia perdido contato há uma semana com o jornalista, que estava no oeste do país cobrindo os conflitos. O jornal informou que, até domingo, recebia informações indiretas de que o repórter estava bem, escondido na região de Zawiya, sem poder se comunicar com o jornal por razões de segurança. Na quarta-feira, o jornal recebeu indicações de que Andrei Netto tinha sido preso por tropas do governo perto de Zawiya. "O que o embaixador me disse é que ele e o jornalista do The Guardian, Ghaith Abdul, foram presos porque entraram na Líbia sem o devido visto para trabalharem como jornalistas", disse o senador. Suplicy afirmou que o embaixador não forneceu detalhes sobre o estado de saúde de Netto, mas disse acreditar que o brasileiro esteja bem. A Comissão de Direitos Humanos do Senado enviou ofício à Embaixada da Líbia no Brasil em protesto contra a prisão do jornalista. Os senadores também encaminharam moção de apoio ao governo de São Paulo com manifestações de indignação pelo ocorrido.

Conab aumenta previsão recorde para safra de grãos 2010/2011

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) divulgou nesta quinta-feira uma nova previsão de recorde para a safra de grãos 2010/2011. No sexto levantamento desta safra, a Conab estimou que a produção brasileira de grãos deve atingir 154,2 milhões de toneladas, um aumento de 3,4% em relação à safra passada, na qual a colheita foi de 149,2 milhões de toneladas, recorde histórico de produção. No último levantamento da Conab, realizado em fevereiro, a estimativa de grãos para esta safra estava 1,1 milhão de toneladas, ou 0,7% inferior. De acordo com a estimativa da estatal vinculada ao Ministério da Agricultura, a área cultivada também cresceu em relação à safra passada, atingindo 48,9 milhões de hectares, um aumento de 3,1%. De acordo com a Conab, a principal razão para o crescimento é a ampliação das áreas de cultivo do algodão, do feijão 1ª e 2ª safras, da soja e do arroz, além do clima favorável para o desenvolvimento das culturas. A soja teve um aumento de área plantada de 2,4%, atingindo 24 milhões de hectares, obtendo um crescimento de produção de 2,3%, chegando a 70,3 milhões de toneladas, um pouco menos da metade de toda a produção brasileira de grãos (45,6%). Já o milho tem uma produção estimada de 55 milhões de toneladas, 1,7% abaixo da safra passada.

Google lança versão mais rápida e estável do navegador Chrome

O Google lançou o navegador Chrome 10, uma atualização que promete mais rapidez e estabilidade, com uma melhora de 66% de seu rendimento em JavaScript. A nova versão do navegador já está disponível desde quarta-feira para seu download na página google.com/chrome, e se atualizará automaticamente nos próximos dias para quem já utiliza o Chrome, informou a empresa em seu blog oficial. A Google, que criou o Chrome em 2008 para disputar a hegemonia da Microsoft com seu navegador Windows Internet Explorer, pôs à disposição dos usuários mais curiosos uma versão beta do novo sistema, há três semanas. A principal novidade do Chrome 10, junto com o aumento da velocidade, é a simplificação das interfaces, que agora podem ser personalizadas por meio de uma ferramenta de ajustes que acrescenta rapidez a tarefas como a importação de favoritos e a mudança da página iniciais. A nova interface, que se abre em uma aba no navegador, conta com uma ferramenta de busca que se adapta à medida que o usuário digita, para mostrar os ajustes que tem a sua disposição. Além disso, permite sincronizar as senhas entre computadores, e a opção de criptografá-las para torná-las mais seguras, explicou no blog oficial, o engenheiro de software da Google, Tim Steele. O Chrome 10 também promete melhorar a segurança do usuário, através do sandboxing, que isola o navegador do resto do sistema operacional, para o plugin do Flash e o visualizador nativo de arquivos ×.pdf, medida que visa aumentar ainda mais a segurança e blindar o Chrome contra falhas provenientes desses plugins. A nova ferramenta acrescenta "uma camada adicional de proteção" contra as páginas web maliciosas para os usuários de Windows Vista e versões posteriores, segundo o blog oficial. O navegador do Google, apresentado por seus criadores como mais rápido e simples que seus concorrentes, completou dois anos em setembro do ano passado com mais de 30 milhões de usuários em cem países, que acessam seu sistema em 40 idiomas.

Dilma indica conselheiro Furlan para presidir o Cade

A presidente Dilma Rousseff enviou para a apreciação do Senado a indicação do nome do conselheiro Fernando de Magalhães Furlan para presidente do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). No Diário Oficial da União também consta a indicação de Alessandro Octaviani Luís para conselheiro do Cade. Conselheiro mais antigo do atual quórum do colegiado, Furlan já ocupa interinamente a cadeira de presidente desde início de novembro do ano passado, quando o então titular, Arthur Badin, saiu do posto. Furlan foi indicado para ocupar de forma definitiva a presidência até o fim de seu mandato como conselheiro, no dia 18 de janeiro do próximo ano. Já o advogado Alessandro Octaviani, professor da Faculdade de Direito de USP (Universidade de São Paulo), é uma indicação do Ministério da Justiça para substituir o conselheiro Vinícius de Carvalho, que irá assumir como titular da SDE (Secretaria de Direito Econômico). Sem a indicação da reposição, o Cade não poderia realizar julgamentos, pois ficaria abaixo do quórum mínimo de cinco conselheiros necessário para a realização das sessões.

MPX, de Eike Batista, faz capitalização de R$ 1,3 bilhão

A MPX, empresa de energia de Eike Batista, anunciou nesta quinta-feira uma operação de capitalização no valor de R$ 1,3 bilhão. A operação foi feita por meio do BNDESPar, da Gávea Investimentos e do próprio Eike Batista. De acordo com a empresa, os recursos serão usados para o desenvolvimento de projetos no Brasil e no Exterior. Os recursos serão aplicados no desenvolvimento da exploração de gás natural na bacia do Parnaíba, na construção da MPX Parnaíba, no Maranhão, e no projeto integrado para produção de 35 milhões de toneladas de carvão mineral na Colômbia. A MPX destaca que o carvão colombiano será usado para atender usinas do Brasil, do Chile e do mercado internacional. A capitalização da MPX será realizada com a emissão de debêntures (títulos de dívida) que podem ser convertidas em até três anos em ações ordinárias (com direito a voto) da MPX. O preço do exercício de conversão foi fixado em R$ 43,00 por ação. O BNDES entrará com R$ 600 milhões por meio da BNDESPar. Eike Batista e um dos fundos da Gávea Investimentos entrarão com R$ 200 milhões, cada. A parcela dos minoritários, que também poderão aderir à operação, será de aproximadamente R$ 333 milhões. Após a operação, o conselho de administração da MPX deverá contar com um representante indicado pelo BNDESPar e um membro indicado pela Gávea Investimentos. O projeto da MPX Parnaíba é uma usina térmica integrada que usará o gás natural produzido nos blocos exploratórios da OGX Maranhão, parceria entre a MPX (energia) e a OGX (petróleo e gás), na bacia do Parnaíba. De acordo com a MPX, a primeira fase da termelétrica terá capacidade de até 1.863 MW. A licença prévia da térmica foi emitida em julho do ano passado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão.

Quase 80% dos chefes de família se sentem seguros no emprego

Pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) aponta que 77,8% dos responsáveis pelos domicílios no País se sentem seguros em sua ocupação atual, dado levemente inferior a janeiro (80%). Todas as regiões apresentam números superiores à média nacional, exceto o Nordeste (68,0%), de acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira. O destaque ficou com o Sul (88,5%), seguido de perto pelo Norte (86,8%). Quando o foco da pergunta passa para os demais membros da família, o otimismo diminui: 70,1% sentem segurança nas ocupações de todos os membros. A região Sul novamente aparece no topo (85,5%), com o Norte em seguida (84,2%). O item faz parte do IEF (Índice de Expectativas das Famílias), que aponta ainda que os brasileiros continuam otimistas em relação à situação socioeconômica do país. O indicador registrado em fevereiro (65,3 pontos) recuou 2,8% ante o mês anterior (67,2 pontos), mas o dado ainda indica otimismo segundo a metodologia aplicada. Essa é a sétima edição da pesquisa mensal do Ipea, realizada em 3.810 domicílios distribuídos por mais de 200 municípios em todos os Estados. O IPEA virou uma espécie de IBOPE oficial do petismo, especializado em fazer pesquisas para elogiar o regime petista. Ninguém vê nascer qualquer projeto ou crítica do IPEA. Lá, o pensamento morreu, sob o comando do petista trotskista Marcio Pochman.

Mensaleiro José Genoíno é confirmado como assessor especial de Nelson Jobim

Ex-guerrilheiro (participante da aventura terrorista do PCdoB no Araguaia, iniciada na segunda metade da década de 60), ex-presidente do PT e réu no processo penal do Mensalão do PT, José Genoino foi confirmado nesta quinta-feira como assessor especial do ministro da Defesa, Nelson Jobim. Sua nomeação já era esperada depois de ter ficado sem cargo ao ser derrotado nas últimas eleições para deputado federal, por São Paulo. Deputado desde 1982, com um intervalo no período entre 2002 e 2006, quando tentou o governo de São Paulo, o mensaleiro José Genoíno é o terceiro suplente da coligação encabeçada pelo PT em São Paulo. Como assessor especial, passará a ganhar R$ 8.988,00 por mês. No processo do Mensalão do PT, José Genoíno responde a processo por corrupção ativa e formação de quadrilha.

Nova pesquisa mostra extrema-direita em terceiro lugar na França

Uma nova pesquisa sobre intenções de voto para a eleição presidencial francesa de 2012 dá uma alta porcentagem à extrema-direita, acima dos 20%, mas não a coloca em primeiro lugar como duas pesquisas difundidas há alguns dias. A candidata da Frente Nacional (FN ultradireita), Marine Le Pen, obteria entre 21% e 22%, segundo uma pesquisa do Instituto IFOP difundida nesta quinta-feira pelo jornal "France Soir". Marine Le Pen ficaria assim em terceiro lugar, atrás do atual presidente, Nicolas Sarkozy (23% ou 24%), e do candidato socialista, apesar das porcentagens variarem em função de quem representará o PS. Uma primeira pesquisa deu 23% a Le Pen na frente de Sarkozy e da atual primeira secretária do PS, Martine Aubry, ambos com 21%. A segunda dava 24%, à frente do diretor do FMI, o socialista Dominique Strauss Kahn (23%), e do presidente Sarkozy (20%). Caso o resultado da primeira pesquisa for confirmado nas urnas, Sarkozy, que venceu a eleição de maio de 2007 com mais de 53% dos votos, ficaria de fora do segundo turno. Isto repetiria o cenário de "catástrofe" de 21 de abril de 2002, quando Jean Marie Le Pen, pai de Marine Le Pen e fundador da FN, deixou o socialista Lionel Jospin de fora do segundo turno. Na ocasião, o então presidente Jacques Chirac venceu a eleição no segundo turno contra Len Pen.

Exército critica criação da Comissão da Verdade em documento enviado ao Ministério da Defesa

Em documento encaminhado ao Ministério da Defesa, o comando do Exército critica a criação da Comissão da Verdade, alegando que "poderá provocar tensões e sérias desavenças ao trazer fatos superados a nova discussão". A comissão foi proposta pelo Executivo ao Congresso para reconstituir a história da época da ditadura militar (1964-1985). Está em tramitação e pode ser votada ainda neste semestre. Segundo o texto, comissões desse tipo "costumam ser criadas em um contexto de transição política, o que não é o caso". Alega que se passaram quase 30 anos do fim do regime e que muitos envolvidos naquele período já morreram. "Testemunhas, documentos e provas praticamente perderam-se no tempo, é improvável chegar-se realmente à verdade dos fatos", acrescenta, em sete parágrafos, que vão das letras "a" a "g". Sendo assim, continua, "o argumento de reconstrução da história parece tão somente pretender abrir feridas no amálgama nacional, o que não trará benefício". Apesar de defender o direito das famílias dos desaparecidos políticos de buscarem seus corpos, o documento do Exército critica: "O que não cabe é valer-se de causa nobre para promover retaliações políticas e manter acesa questão superada".

Criação de empregos formais no País bate recorde em fevereiro

A criação de empregos formais em fevereiro baterá recorde no Brasil para o período: dados preliminares mostram que serão pelo menos 208 mil vagas, contra 205 mil abertas no mesmo mês do ano passado, revela o ministro Carlos Lupi, do Trabalho. "É provável que cheguemos a 210 mil. Foi o melhor fevereiro da história", disse Carlos Lupi.

Banco Central aumenta previsão de inflação para 2011 e 2012

As previsões de inflação do Banco Central para 2011 e 2012 aumentaram e estão entre os fatores que levaram a instituição a elevar os juros na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) da semana passada, de 11,25% para 11,75% ao ano. A informação faz parte da ata da reunião, divulgada nesta quinta-feira, que mostra ainda previsão de estabilidade nos preços da gasolina, apesar da alta do petróleo no mercado internacional por conta da crise nos países árabes. O Banco Central manteve a previsão de estabilidade no preço da gasolina e também do gás de botijão. As projeções de reajuste das tarifas de telefonia fixa e de eletricidade foram mantidas em 2,9% e 2,8%, respectivamente. A expectativa de aumento para o conjunto de preços administrados por contrato e monitorados foi mantida em 4% para 2011 e caiu de 4,4% para 4,3% em 2012. No cenário que leva em conta a manutenção da taxa de câmbio em R$ 1,65 e da taxa Selic em 11,25% ao ano (valor em que estava até a última quarta-feira), a projeção para a inflação de 2011 elevou-se em relação ao valor considerado na reunião do Copom de janeiro, e se encontra acima do centro da meta de 4,5%. O BC não divulga os valores exatos. No cenário que leva em conta as projeções de câmbio e juros do mercado financeiro, a projeção de inflação para 2011 também se elevou e se encontra acima de 4,5%. Para 2012, a projeção recuou no primeiro cenário, mas ainda se encontra acima da meta. No segundo, apesar de ter se elevado, a inflação permanece ao redor da meta. Ou seja, os brasileiros podem se conformar em ter perdas de renda nos próximos dois anos por conta dos avanços da inflação.

Basf estuda fábrica de produtos químicos no Brasil

A Basf anunciou nesta quinta-feira que está explorando oportunidades para um novo investimento no Brasil. A companhia está considerando projetos que incluem a produção de ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes. A decisão sobre eventuais novas fábricas e sobre capacidades produtivas será tomada depois da conclusão de estudo de viabilidade, prevista para este ano. A Basf abriu sua primeira representação comercial na cidade do Rio de Janeiro em 1911. Hoje, a empresa conta com unidades em várias cidades brasileiras, abriga o maior Complexo Químico na América do Sul e o primeiro centro de ecoeficiência para a América Latina (a Fundação Espaço ECO).

Governo da petista Dilma estuda mudanças no Incra para aumentar controle

O governo federal estuda promover mudanças na estrutura do Incra (Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária) para aumentar os mecanismos de controle de suas superintendências regionais, alvos de suspeitas de corrupção. As alterações devem diminuir a autonomia dos superintendentes, parte deles indicada por partidos aliados, e concentrar poder de decisão e recursos financeiros na cúpula do órgão, em Brasília, disputada por correntes do PT, especialmente pelo grupelho trotskista DS (Democracia Socialista). As reformas são especificadas em uma minuta de decreto, elaborada pela Casa Civil e que vem sendo avaliada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, ao qual o Incra é vinculado. No texto, aparecem os órgãos "diretoria geral" e "corregedoria geral", inexistentes na norma de 2009. A "diretoria geral" teria entre suas competências "coordenar e supervisionar as superintendências regionais na execução das suas atividades finalísticas", além de "coordenar e monitorar a programação orçamentária e financeira". Essa seria uma maneira de abrir espaço para outras correntes petistas além da DS (Democracia Socialista), que vem comandando o setor agrário federal desde o início do governo Lula. Já a "corregedoria geral" acompanharia "o desempenho dos servidores e dirigentes das unidades do Incra, fiscalizando e avaliando sua conduta funcional".

Maioria no PSB apóia fusão com grupo de Gilberto Kassab

A maioria dos deputados federais e senadores do PSB apóia a fusão do partido com a nova legenda que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, pretende criar: 32 dos 34 congressistas da sigla foram ouvidos pelo jornal Folha de S. Paulo e 29 deles, ou 90%, defendem a fusão rápida ou vêem com simpatia a idéia. Apenas três são contrários. O principal argumento dos favoráveis é que a articulação fortalecerá o PSB e dará mais condições para que o presidente nacional da sigla, o governador neocoronel Eduardo Campos (PE, da dinastia Arraes), dispute a presidência da República. "É muito importante a vinda de Kassab. A gente vai se estruturar mais na região Sudeste", afirma o deputado federal Gonzaga Patriota (PE). "Nenhum partido sobrevive sem ambição de poder", diz Ribamar Alves (MA). Dos 29 favoráveis, 21 defendem abertamente a ida de Kassab para o PSB. Outros oito congressistas, mesmo declarando estarem em "dúvida", demonstram simpatia ao democrata. "O que eu posso dizer é que um prefeito da cidade do porte de São Paulo amplia qualquer partido", afirma a senadora Lídice da Mata (BA). A diferença de identidade entre Kassab, hoje em um "partido de direita" (DEM), e o PSB, um partido com "idéais socialistas", é a principal preocupação dos três parlamentares que são contra a fusão. A ex-prefeita de São Paulo, Luiza Erundina, ameaça, inclusive, deixar o partido caso a idéia se concretize. "Pela incompatibilidade, incoerência que isso representaria. Eu seria uma estranha no ninho", explica. Luiza Erundina ressalva que nem foi procurada pelo neocoronel Eduardo  Campos e diz também que nem sempre o crescimento é positivo: "Cresce, mas cresce inchando. O inchaço é doença, e doença mata". O senador Rodrigo Rollemberg (DF) minimiza a diferença entre as bandeiras partidárias: "Os eleitores do Brasil hoje são de centro. O importante é se o político é bom administrador, não se o partido é de direita ou de esquerda". Para o deputado Dr. Ubiali (SP), "não existem mais partidos de esquerda ou de direita" no Brasil.