quarta-feira, 16 de março de 2011

Tribunal de Contas gaúcho expede liminar super veloz para suspender licitação em Gravataí, e nada decide sobre lixo de Canoas e Porto Alegre

Alexandre Mariotti, auditor substituto de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, emitiu medida cautelar suspendendo a licitação para contratação de empresa especializada na locação de sistema de gestão, fiscalização, controle de fluxo e de velocidade (pardais) de veículos na área urbana do município de Gravataí. Segundo sua decisão, a análise da equipe de auditores identificou a existência de cláusulas no edital que supostamente restringiriam a competição. Entre elas,  a exigência de que o responsável técnico seja do quadro funcional permanente da empresa, prazo exíguo estipulado para visita técnica aos locais de prestação dos serviços e garantia do patrimônio líquido de valor igual ou superior a 10% do valor total estimado para a futura contratação. O curioso foi a velocidade com que agiu o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, movido pelo holofotes da Rede Globo de Televisão. Na segunda-feira, poucas horas após o programa Fantástico da Rede Globo haver divulgado reportagem mostrando falcatruas nas licitações para a contratação destes equipamentos de controle do trânsito, e também das multas, o Tribunal de Contas moveu para Gravataí uma equipe de dois auditores externos. Em poucas horas eles encontraram a munição necessária para o auditor substituto de conselheiro Alexandre Mariotti emitiu seu parecer e conceder liminar para suspender a licitação da prefeitura de Gravataí. A análise da equipe de auditores feita na segunda-feira identificou a existência de cláusulas no edital que supostamente restringiriam a competição. Isso é muito curioso, porque dois outros auditores substitutos de conselheiro, Pedro Henrique Poli de Figueiredo e Cesar Santolim, haviam considerado insuficientes para concessão de liminar, que suspendesse a licitação da coleta conteinerizado do lixo de Porto Alegre, os argumentos apresentados em denúncia protocolada no Tribunal de Contas. As provas eram muito mais consistentes do que os "indícios" formais encontrados agora pelos auditores externos do Tribunal na prefeitura de Gravataí. A mesma coisa acontece com a fraudulenta licitação do lixo da prefeitura de Canoas, onde inclusive é reconhecida a prática de crime ambiental, por escrito, e assinado pelo prefeito Jairo Jorge (página 23 do edital da concorrência 003/2011, ítem B). O crime ambiental é o de jogar 300 toneladas de lixo diariamente em um local sem licença ambiental para operação, o que ocorre há mais de dois meses. O local é o Aterro Sanitário Guajuviras, cuja licença anterior para operação deixou de vigorar no dia 20 de dezembro de 2010. Nada disto, parece, foi visto até agora pelo promotor local, Amilcar Macedo. E mais: a licitação está absolutamente dirigida para um vencedor, cujo nome já é conhecido e antecipado por Videversus: Revita, do grupo Vega. E mais ainda: esta licitação é de centenas de milhões de reais. Portanto, mais de 20 vezes superior ao volume de recursos envolvido na licitação de Gravataí, denunciada pela Rede Globo. Os conselheiros do Tribunal de Contas moveram-se, é claro, devido aos holofotes da Rede Globo, por 10 milhões de reais. E não dizem nada sobre quase 500 milhões de reais, entre as licitações de Porto Alegre e Canoas. E a Rede Globo, é claro, não trata de questões de lixo, a não ser que seja de maneira glamurosa, e para elogiar, em suas novelas noturnas.  

Integrantes de secretaria de Panambi são detidos por omissão em caso de lixão; e Canoas, nada?

A inspeção no aterro sanitário de Panambi, no noroeste do Estado, resultou na prisão de três integrantes da secretaria do município. A operação desencadeada pelo Ministério Público e Delegacia Estadual de Proteção ao Meio Ambiente constatou irregularidades no lixão e classificou como crime ambiental. O local, de 18 hectares, recebe cerca de 14 toneladas de lixo diariamente de Panambi e da cidade de Condor. Conforme o promotor Regional de Defesa do Meio Ambiente, Daniel Martini, o secretário da Agricultura, Indústria, Comércio e Serviços, Júlio Goergen, o engenheiro agrônomo, Gunter Ernesto Ropke e o diretor da secretaria, Evaldo Bueno, foram presos por não terem solucionado os problemas no lixão. Após coleta feita por técnicos foram constatados disposição de resíduos sólidos em local inadequado e descumprimento da licença ambiental. "A situação inadequada no aterro é antiga. Desta vez encontramos chorume e lixo tóxico fora da vala. O prefeito não está na cidade, mas será chamado para esclarecimentos. O trio foi preso em flagrante e será encaminhado a Penitenciária Modulada de Ijui", disse o promotor Daniel Martini. A atuação do promotor Daniel Martini e da delegada Elisangela Melo Reghelin, do Meio Ambiente, é louvável. É inconcebível que uma prefeitura fique tanto tempo sem dar solução para um aterro sanitário com operação falha, em desacordo com a licença ambiental. Mas, se foi grave a situação aferida pela inspeção do promotor Daniel Martini e da delegada Elisangela Melo Reghelin em Panambi, muito mais grave é a situação da prefeitura de Canoas. O prefeito Jairo Jorge (PT), desde dezembro de 2010, tem ordenado a colocação de todo o lixo coletado na cidade, cerca de 300 toneladas, no aterro sanitário municipal de Fazenda Guajuvira. Ora, esse aterro está em situação absolutamente ilegal, operando sem licença ambiental. Aliás, o prefeito Jairo Jorge, que assina o edital de concorrência nº 003/2011 (licitação dos serviços de limpeza pública), reconhece no corpo do próprio edital a ilegalidade. Está escrito na página 23 o seguinte: "b) ESPECIFICAÇÕES PARA DESTINAÇÃO FINAL DOS RESÍDUOS EM ATERRO SANITÁRIO EXTERNO: Este serviço consiste na utilização de Aterro Sanitário fora do Aterro Municipal na Fazenda Guajuviras, cuja licença encerra-se em dezembro de 2010. Desta forma, não havendo condições físicas nem legais para a continuidade de utilização do atual Aterro, os resíduos urbanos coletados no Município de Canoas deverão ser destinados a outro destino final. No presente o destino final disponível é Aterro Sanitário, portanto, os resíduos estocados temporariamente em Estação de Transbordo deverão ser transportados por veículos apropriados para Aterro Sanitário fora do município de Canoas, devidamente licenciado e com capacidade de receber a quantidade média diária de 300 (trezentas) toneladas". Como se vê, é um caso ímpar de ilegalidade, em que um prefeito reconhece em papel oficial, que manda publicar, a ilegalidade cometida por sua administração. E o lixo dele não está estocado em "estação de transbordo" nenhuma, pelo simples fato de que não há estação de transbordo no Aterro Guajuviras, tanto que também é objeto da licitação a construção de estação de transbordo na área do aterro Guajuviras. Mesmo diante de todos estes absurdos, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul se mantém absolutamente quieto e inerte nesta situação. E não se tem qualquer notícia de atuação do promotor local, Amilcar Macedo.

Após 34 dias de internação, ex-vice-presidente José Alencar recebe alta de hospital

O ex-vice-presidente José Alencar recebeu alta na terça-feira do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 9 de fevereiro. Nesta quarta-feira, ele voltou ao hospital para uma sessão de hemodiálise, mas foi liberado para passar a noite na sua casa na capital paulista. José Alencar foi internado por causa de uma perfuração no intestino e uma peritonite (inflamação das membranas que revestem a camadas abdominal). O ex-vice ficou internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) até o dia 15, quando foi transferido para um quarto. Antes da internação, José Alencar ficou duas semanas fora do hospital. Ele havia recebido permissão do cardiologista Roberto Kalil Filho para ser tratado em casa, com visitas esporádicas ao Sírio-Libanês. Entre novembro e janeiro, José Alencar não chegou a ficar mais do que seis dias seguidos longe do hospital.

Maria Bethânia terá R$ 1,3 milhão do governo para criar blog

A cantora Maria Bethânia conseguiu autorização do Ministério da Cultura para captar R$ 1,3 milhão e criar um blog. A idéia é que o site "O Mundo Precisa de Poesia" traga diariamente um vídeo da cantora interpretando grandes obras. A direção dos 365 vídeos seria de Andrucha Waddington. Há três anos, Bethânia se envolveu em uma polêmica ao ter um pedido de captação, de R$ 1,8 milhão para uma turnê, rejeitado pela área técnica do ministério. O então titular da pasta, Juca Ferreira ignorou o parecer e autorizou a captação de R$ 1,5 milhão. Maria Bethânia entrou nos Trending Topics Brasil do Twitter na manhã desta quarta-feira, depois de ter recebido autorização do Ministério da Cultura para captar R$ 1,3 milhão. Os internautas que colocaram a hashtag #mariabethania nos Trendings Topics consideraram um exagero o dinheiro recebido para colocar o blog no ar. "Pô, Maria Bethânia, R$ 1,3 milhão em lei de incentivo para criar um blog? Não conhece wordpress.com?", indagaram os @blogueirosparanaenses, referindo-se à ferramenta de publicação gratuita Wordpress. Sobraram também críticas para o MinC, que autorizou a captação para o projeto. Pelo Twitter, o músico Lobão jogou lenha na fogueira: "Sugeriria fezermos uma campanha tipo: DEVOLVE ESSA PORRA BETHANIA!!! Daí essa MPB formada por cadáveres insepultos querendo permanecer no presente contínuo através da chapa branca". Já o grupo mombojó, de Recife, fez uma comparação com sua própria dificuldade para captar recursos públicos: "E pensar que foi uma dificuldade aprovar míseros 35 mil reais para fazer o nosso primeiro disco pela lei de incentivo a cultura..." Sem perder tempo, um internauta piadista criou no Blogspot (outra ferramenta de publicação gratuita) o " Blog da Bethânia - um milhão de motivos de motivos pra você acessar".

Estados Unidos alertam que radiação na área de Fukushima é extremamente alta

A piscina de armazenamento de combustível usado no reator 4 da usina nuclear japonesa Fukushima não tem mais água, o que gera níveis de radiação "extremamente altos", disse o chefe da Comissão Reguladora Nuclear americana nesta quarta-feira. "Nós acreditamos que a região do reator possua altos níveis de radiação", disse o diretor da comissão, Gregory Jaczko. "Será muito difícil que trabalhadores de emergência consigam chegar até o local. As doses de radiação às quais eles podem ser expostos seriam potencialmente letais em um período curto de tempo", acrescentou. No entanto, Jaczko ressaltou que a NRC tem "acesso limitado" ao que está acontecendo no Japão, e se recusou a especular mais sobre o assunto. Mais cedo, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou que houve danos nos núcleos dos reatores 1, 2 e 3 do complexo. A agência afirmou que não se pode dizer ainda que a situação esteja "fora de controle". "A situação evoluiu e é muito séria", disse, em Viena, Yukiya Amano, diretor-geral da AIEA.

MPF entra com duas ações na justiça contra leilão do trem-bala

O Ministério Público Federal entrou com duas ações na Justiça pedindo a suspensão do leilão do trem-bala ligando Campinas-São Paulo-Rio de Janeiro. De acordo com os promotores federais, antes de fazer o leilão do trem, a ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) deveria finalizar a licitação do transporte rodoviário de passageiros, já que a concessão do sistema de ônibus poderia alterar a demanda prevista nos estudos do trem-bala. Em outro ponto, o Ministério Público Federal alega que um item do edital é ilegal: o que prevê que as divergências entre a ANTT e o vencedor da licitação possam ser resolvidas por arbitragem, e não pela Justiça. O leilão do trem-bala está marcado para o dia 11 de abril.

Luiz Fux desempata julgamento na estréia no Supremo

Luiz Fux, novo ministro do Supremo Tribunal Federal, participou nesta quarta-feira de seu primeiro julgamento no plenário da Corte e já com a missão de desempatar. Fux teve que definir o desfecho da análise de uma liminar solicitada pela Assembléia Legislativa de Pernambuco contra uma lei que determinou a convocação, por edital, dos interessados nos procedimentos de demarcação dos terrenos de marinha. Antes da lei, o chamado teria que ser feito pessoalmente. O ministro formou maioria com os ministros Ayres Britto, Marco Aurélio, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cezar Peluso. Esses ministros acolheram o pedido da Assembléia determinando que é preciso a convocação pessoal dos interessados na remarcação dos terrenos da marinha que ficam em faixas de terra com 33 metros de largura. Terão que ser chamadas pessoas inscritas no Patrimônio da União, que pagam taxa de ocupação. "Uma das exigências é que esse convite seja pessoal porque é uma fase importantíssima e vai contribuir para demarcação. Não é mera audiência pública", disse o ministro em seu voto que durou cerca de 30 minutos.

Conselho elege presidente e recebe ação contra Jaqueline Roriz

O Conselho de Ética da Câmara foi instalado nesta quarta-feira e elegeu, por unanimidade, o deputado José Carlos Araújo (PDT-BA) para presidente. Em seguida, o PSOL protocolou representação por quebra de decoro contra a deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), filmada recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator do Mensalão de Brasília. Formalmente, o processo ainda precisa passar pela Mesa da Casa, mas a expectativa é que as investigações comecem já na próxima semana, com a indicação de um relator. Araújo explicou que o mesmo deputado escolhido para relatar o caso de Jaqueline vai se debruçar sobre a dúvida se casos anteriores ao mandato podem ser alvo de investigação. De qualquer forma, o processo terá que ser formalmente aberto, já que foi pedido por um partido político.

Hugo Chávez culpa médicos por venezuelanas siliconadas

O ditador venezuelano Hugo Chávez é conhecido pela pouca paciência com manias importadas, como jogar golfe ou entornar uísque escocês. Agora, ele mira outra prática amada na Venezuela: aumento de seios. Chávez disse na TV estatal que a culpa pelo "boom" de operações é dos médicos, que "convencem algumas mulheres de que elas não têm seios grandes o suficiente". Ele disse que é "monstruoso" o fato de mulheres pobres buscarem implantes, ainda que não consigam pagar as contas. Na Venezuela, cerca de 40 mil mulheres se submetem ao aumento de seios por ano, segundo a entidade que reúne os cirurgiões plásticos daquele país.

Senado aprova regras mais rígidas na transmissão de herança

O Senado aprovou nesta quarta-feira projeto que endurece as regras para a transmissão de herança no País. Além de excluir em definitivo do benefício herdeiros envolvidos na morte do titular, o texto deserda aqueles que cometerem crimes contra sua "dignidade sexual", pedofilia ou abuso sexual, assim como proíbe o pagamento a quem abandonar ou desamparar o dono da herança. Pelo projeto, podem ser deserdados filhos, pais, cônjuges ou parentes em geral. No caso dos pais, a lei se aplica àqueles que requisitam a herança com a morte ou enriquecimento dos filhos na vida adulta. O texto também deserda aqueles que alterarem ou furtarem o testamento do responsável pela herança. O projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado em caráter terminativo (sem a necessidade de passar pelo plenário da Casa). Por isso, segue diretamente para votação na Câmara. Pela legislação em vigor, só perde o direito à herança aqueles que cometerem ou tentarem praticar homicídio contra o titular, assim como aqueles que praticarem ofensa reconhecida pela Justiça contra o pai ou mãe ou nos casos de abandono de deficientes físicos ou mentais.

Filho de Kadahfi diz que ditador líbio financiou campanha eleitoral de Sarkozy

Saif al Islam, filho do ditador líbio Muamar Kadahfi, afirmou nesta quarta-feira que seu pai financiou a campanha eleitoral do presidente francês, Nicolas Sarkozy, e pediu ao governante europeu que devolva esse dinheiro porque ele "decepcionou" a população líbia. "A primeira coisa que peço a esse palhaço é que devolva o dinheiro aos líbios. Demos essa ajuda para que agisse em favor do povo líbio, mas ele nos decepcionou", declarou Saif al Islam em entrevista exclusiva concedida à rede televisiva Euronews. No trecho do vídeo antecipado pela emissora, Islam, que já foi considerado o sucessor da "Presidência hereditária" líbia instaurada por Kadahfi, ressaltou que pode provar o financiamento à campanha de Sarkozy, pois possui "todas as contas bancárias, documentos e movimentações financeiras". "Fomos nós que financiamos sua campanha. Temos todos os detalhes e estamos prontos para revelá-los", declarou o filho de Kadahfi.

TCU libera licitação no aeroporto Tancredo Neves

O Tribunal de Contas da União liberou a Infraero para prosseguir com a licitação das obras de reforma, modernização e ampliação do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, Minas Gerais. De acordo com o relator do processo, ministro Valmir Campello, a Infraero cumpriu determinações do TCU e publicou novo edital retirando itens que restringiam a competição para realizar as obras. Além disso, os itens da licitação que estavam com sobrepreço avaliado em R$ 46 milhões foram adequados pela Infraero. Por esses motivos, o Tribunal de Contas da União havia determinado no início de fevereiro a paralisação da concorrência orçada então em R$ 295 milhões. A obra em Confins é uma das que estão incluídas no programa da Infraero de reformas para a Copa de 2014. O aeroporto de Confins tem capacidade para 5 milhões de passageiros ao ano, mas, desde 2008, registra movimento acima deste número.

Governo quer endurecer punição contra emissoras de rádio e TV

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira que o governo vai endurecer a punição contra emissoras de TV e rádio que descumprirem a legislação sobre conteúdo de radiodifusão. "Não vamos fazer uma coisa radical, mas vamos fazer. Vai ser mais duro que hoje", afirmou o ministro, após audiência pública na Comissão de  Ciência e Tecnologia do Senado. Segundo Bernardo, o governo tem apenas multado as empresas, que muitas vezes reincidem na infração por ser economicamente vantajoso. É o caso, por exemplo, de emissoras que extrapolam o limite de 25% de publicidade, ou que não cumprem a quota de 5% de conteúdo jornalístico diário. Bernardo afirmou que vai sugerir penalidades progressivas para as empresas e, em casos extremos, cassação da outorga (decisão que cabe, em última instância, ao Congresso).

Economista da FGV diz que Banco Central deveria reduzir meta de inflação

Em trajetória ascendente, a inflação vai superar o teto da meta do governo (6,5%) no acumulado em 12 meses nas próximas divulgações do IPCA, mas deve perder força e fechar o ano muito perto dos 5,9% de 2010, opina Salomão Quadros, coordenador de análises econômicas da FGV (Fundação Getulio Vargas). Em 12 meses, o índice do IBGE soma alta de 6,01% até fevereiro. É que há, diz, a previsão de arrefecimento dos preços das commodities internacionais e os bens de consumo (excluídos os alimentos) devem registrar uma variação de preço muito baixa. Para o economista, o governo, porém, já trabalha para que a inflação convirja para o centro (4,5%) da meta em 2012, e não mais neste ano. Quadros criticou, no entanto, a decisão do governo de manter a meta em 4,5%, com intervalo de tolerância de dois pontos para cima ou para baixo. Em vigor desde 2005, o percentual já foi fixado como o objetivo central do governo até 2012. O economista compara a situação brasileira à chilena. O Chile, diz, adotou o regime de metas nos anos 90 e desde o início dos anos 2000 estipulou a meta entre 2% e 4%. "E cumpriu o objetivo em 75% das vezes. Mas o Chile tem um Banco Central independente e isso faz diferença", disse Quadros, no Seminário de Análise Conjuntural do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da FGV). Para Quadros, o sistema de metas no Brasil já perdura há mais de uma década e deveria perseguir índices menores de inflação, que neste ano, apesar do repique de janeiro e fevereiro, sofrerá o efeito positivo das importações mais baratas por conta do câmbio.

Alckmin afirma esperar que DEM e PSDB continuem juntos

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quarta-feira esperar que DEM e PSDB "continuem juntos". O tucano foi recebido pela presidente Dilma Rousseff em reunião para tratar, segundo ele, de interesses "comuns ao governo federal e ao governo de São Paulo". "Os democratas são nossos parceiros, queremos continuar juntos. Em relação ao prefeito Gilberto Kassab, não muda nada, a nossa parceria com a cidade de São Paulo continua", afirmou Alckmin, ao ser perguntado da iminente saída do prefeito do DEM para se juntar à base aliada do governo Dilma. "No que depender de nós, administrativamente vamos trabalhar juntos em cooperação com a cidade de São Paulo e, politicamente, esperamos que estejamos juntos também", repetiu Alckmin.

Corregedor da Câmara recebe processo contra filha de Roriz

Com a aprovação dos integrantes da Mesa, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), enviou nesta quarta-feira o caso da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) para o corregedor, Eduardo da Fonte (PP-PE). A deputada foi filmada recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator do Mensalão de Brasília. A deputada pediu licença da Câmara, alegando motivos médicos.

Pesquisa Ibope mostra que 72% são contra volta da CPMF

A volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) para ajudar a financiar a saúde no Brasil é rejeitada por 72% dos brasileiros, indica pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta-feira pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). Ao todo, 20% das pessoas aprovam a volta da cobrança e o restante não sabe ou não comentou. O levantamento mostra, porém, que o conhecimento da população acerca do tributo ainda é reduzido. Apenas 37% dos entrevistados sabiam responder o que é a CPMF. O questionamento só pode ser levado adiante após a explicação sobre do que se tratava a contribuição. Governadores já pediram a volta do tributo ou a criação de uma contribuição semelhante para financiar as despesas com saúde. A presidente Dilma Rousseff já acenou positivamente para esse debate. Contudo, a pesquisa da CNI mostra que a população brasileira não só é contrária à volta da CPMF como 67% discordam em algum grau da criação de um novo tributo com objetivo de melhorar os serviços de saúde. De acordo com 75% dos entrevistados, a CPMF é um imposto injusto porque afeta as pessoas independente da renda, e 63% dos entrevistados acreditam que a recriação da CPMF poderá provocar uma alta nos preços. Na opinião dos brasileiros, o governo já arrecada o suficiente. Para 87% dos entrevistados, a carga tributária é considerada elevada ou muito elevada. Para 79% dos pesquisados, a percepção é de que o valor dos impostos está aumentando. Na mesma pesquisa, o Ibope perguntou aos entrevistados sobre a percepção deles a respeito da qualidade dos serviços públicos. De 12 serviços apresentados, apenas quatro (fornecimento de energia elétrica, fornecimento de água, iluminação pública e educação superior) foram aprovados. Da mesma forma, 81% dos entrevistados apontaram que, em vista da quantidade de impostos que são cobrados, os serviços públicos deveriam ser melhores e 82% acreditam que o governo já arrecada muito e não precisa aumentar impostos para melhorar os serviços públicos. Para 81% dos brasileiros, a má qualidade dos serviços públicos é responsabilidade mais da má gestão dos recursos do que da falta deles.

Governo vai estimular a criação de rádios comunitárias

O governo vai estimular a criação de rádios comunitárias para preencher as localidades deficientes em emissoras. O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) afirmou nesta quarta-feira que será lançado nesta semana o Plano Nacional de Outorgas de Rádios Comunitárias, com nove editais de licitação. "Pretendemos até esta quinta-feira divulgar o calendário de como serão esses editais, para que os interessados comecem a se preparar", afirmou o ministro, durante audiência na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado. O governo pretende ainda acelerar a análise de todos os processos referentes à radiodifusão que estão em estoque há mais de um ano, um total de 35 mil, e "racionalizar" os processos de outorga.

Congresso deve votar Fust para banda larga em duas semanas

O projeto de lei que altera a destinação do Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações) deverá entrar na pauta da Câmara em duas semanas, afirmou o ministro Paulo Bernardo (Comunicações). O texto permite a utilização de recursos do fundo para a ampliação do acesso à internet de banda larga. Atualmente o dinheiro do Fust é contigenciado para formar o superávit primário. Segundo o ministro, presente nesta quarta-feira em audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, a questão é prioritária para o governo. A mudança vai favorecer a instalação do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga). "O Fust foi feito de maneira que não é operacional, não consegue ser utilizado. E tem técnicos que vibram com isso", disse ele.

CNJ anula concurso do TRE catarinense após irregularidades

O plenário do Conselho Nacional de Justiça determinou na terça-feira a anulação do concurso 1/2009 do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Os conselheiros aprovaram o voto da relatora do processo, Morgana Richa, que apontou uma série de irregularidades na realização do concurso. O processo foi proposto pela Procuradoria da República em Santa Catarina, a partir das denúncias de inúmeros candidatos que pleiteavam cargos de analista e técnico judiciários. Segundo o relatório da conselheira, foram verificadas irregularidades na realização do concurso, como a comunicação entre candidatos durante a  prova, o uso de equipamentos eletrônicos (inclusive telefone celular) dentro das salas e a entrega de envelopes dos cartões de resposta com o lacre violado. Os conselheiros não acataram a argumentação da defesa, que tentou desvincular as irregularidades a suspeitas de favorecimento a candidatos. A defesa admitiu que a empresa contratada para realizar as provas não tinha porte para cumprir o contrato. "A quantidade de inscrições, mais de 30 mil, superou a expectativa dos organizadores, que estimavam em 8.000 o número de potenciais concursandos", afirmou o advogado do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, Luiz Magno Bastos. "Nunca vi um concurso com tamanha fragilidade em sua execução", afirmou Morgana Richa, que também afirmou haver "ofensa à isonomia e impessoalidade", dois princípios básicos dos concursos públicos.

Portugal capta US$ 1,4 bilhão a juro alto

Portugal captou nesta quarta-feira um bilhão de euros (US$ 1,40 bilhão) a curto prazo e a juros bem elevados, mas com uma demanda mais baixa, depois que a agência de classificação Moody's rebaixou na véspera em dois degraus a nota soberana do país. O juro médio exigido pelos investidores para esta missão de bônus do Tesouro a 12 meses ficou em 4,331%, contra 4,057% na captação realizada em 2 de março, anunciou o IGCP (Instituto de Gestão do Crédito Público). A demanda foi 2,2 vezes superior à oferta, abaixo da cifra registrada há duas semanas. Na véspera, a agência de classificação Moody's anunciou que baixou em dois graus a nota da dívida soberana de Portugal. Foi para A3. A Moody's citou a conjuntura econômica incerta ante um ambicioso programa de austeridade do governo. A agência informou em comunicado que a nota deveu-se a uma "perspectiva negativa", significando que ainda poderá ser reduzida.

Agência de risco rebaixa Egito pela segunda vez em menos de dois meses

A agência de classificação financeira Moody's diminuiu nesta quarta-feira pela segunda vez em dois meses a nota do Egito, que passou a "Ba3", e não exclui voltar a fazer a mesma coisa em um curto prazo. Esta nota, que era de "Ba2", leva junto uma perspectiva negativa, o que implica a possibilidade de uma nova queda a curto prazo, segundo a Moody's. Na classificação da Moody's, uma nota "Ba3" significa que a dívida emitida pelo Egito se situa na categoria dos países que talvez não venham a cumprir com seus vencimentos.

Falta de energia prejudica indústria de eletrônicos no Japão

Os fabricantes japoneses de produtos eletrônicos alertaram que sua produção será prejudicada por novos problemas de suprimento e distribuição de componentes, em meio às quedas de energia que vêm acontecendo depois do desastre no Japão. A Canon anunciou que poderá suspender a produção em uma de suas principais fábricas em Oita, no sul do país, alegando problemas no fornecimento de componentes e na distribuição. "As notícias de que o terremoto prejudicou a cadeia de suprimento para bases de produção em Kyushu, bem longe de Tokohu, causarão alguma surpresa, e isso mostra o potencial de perturbações semelhantes em outras companhias", afirmou Masahiro Shibano, analista do Citibank, em relatório. A fábrica de Oita, que produz câmeras, lentes e impressoras compactas, conta com 4.500 funcionários. O Japão respondeu por 14% da produção mundial de computadores, bens eletrônicos de consumo e equipamentos de comunicação, no ano passado, de acordo a IHS iSuppli. A perspectiva de perturbações prolongadas no suprimento já causou alta nos preços de componentes essenciais. Caso a cadeia de suprimento venha a se romper, mesmo que por poucas semanas, o impacto seria sentido na forma de preços mais altos ou escassez de aparelhos como tablets, celulares inteligentes e computadores, nos próximos meses.

Varejo de material de construção deve movimentar R$ 76,4 bilhões

O comércio de material de construção deve movimentar R$ 76,4 bilhões neste ano, com um consumo per capita de R$ 469,00 segundo estimativa do Ibope Inteligência. O potencial mensurado pela pesquisa se refere às compras dos consumidores junto a varejistas do ramo, para reforma ou construção da casa própria. Os dados não incluem os negócios realizados entre as construtoras e as indústrias de material de construção. A classe B, responsável por 23,5% dos domicílios urbanos, é a que tem o maior potencial de consumo nesse segmento: 43,2% do total. Já a classe C, com 50,4% dos domicílios, responde por 33,1% do potencial de consumo da categoria, segundo a pesquisa. Por região, o estudo mostra que o Sudeste tem o maior potencial (54,2%), seguido pelo Sul (17,2%) e pelo Nordeste (14,6%). O cruzamento de dados de região e classe social mostra que, ao contrário da média nacional, as regiões Norte e Nordeste têm potencial de consumo maior para a classe C. No Sul, Sudeste e Centro-Oeste, seguindo a amostra nacional, o consumo da classe B é superior ao das demais.

Briga provoca incêndio em canteiro de obras da usina de Jirau

Uma briga entre funcionários da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira (RO), provocou incêndios e destruição no canteiro de obras da hidrelétrica, que abriga 20 mil funcionários e é a maior obra em construção atualmente no Brasil. Segundo a Secretaria de Segurança de Rondônia, 45 ônibus e metade dos alojamentos dos funcionários foram atingidos pelo fogo. Também houve saques na lanchonete, em uma loja da Oi e em um caixa eletrônico instalados dentro do canteiro. A revolta começou por volta das 17 horas de terça-feira e só foi controlada durante a madrugada desta quarta-feira, com a chegada de uma companhia especial de operações da Polícia Militar. Segundo o governo estadual, a obra, que integra o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo federal, teve que ser paralisada durante a briga e ainda apresentava problemas na manhã desta quarta-feira.

OAB questiona pensão vitalícia para ex-governadores de Rondônia

A OAB entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal para questionar o pagamento de aposentadorias a ex-governadores de Rondônia. Para a OAB, ao instituir pensão mensal e vitalícia a ex-governadores do Estado e estender o benefício a ex-governadores do antigo território federal de Rondônia, o artigo 64 da Constituição rondoniense violaria diversos preceitos da Constituição Federal de 1988. A entidade também questiona a constitucionalidade do dispositivo que estendeu a vantagem ao cônjuge ou a filhos menores de 18 anos ou comprovadamente inválidos para o trabalho e vinculou o valor da pensão à remuneração do governador que esteja em exercício. Um dos principais argumentos da OAB é de que a Constituição não prevê e não autoriza a instituição de subsídios para quem não é ocupante de qualquer cargo público, eletivo ou efetivo.

Forças do Bahrein aumentam repressão e bloqueiam hospital

As forças do Bahrein aumentaram nesta quarta-feira a repressão contra rebeldes, com o uso de helicópteros e o disparo de gás lacrimogêneo. A ação retirou centenas de um campo que se tornou o símbolo da revolta da maioria xiita no país. Funcionários de um hospital disseram que três policiais e dois manifestantes foram mortos na ação que começou na terça-feira, um dia depois de o governo do Bahrein decretar a lei marcial para acabar com os distúrbios dos sectários. A polícia bloqueou o acesso ao hospital de Manama, onde muitos civis feridos foram atendidos e testemunhas dizem que o acesso a outros centros de saúde também foi bloqueado. Tropas da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos foram chamadas para ajudar a conter a onda de revoltas no Bahrein.

Cookies de maconha viram moda em Buenos Aires

Brownies e cookies de maconha viraram febre em uma das baladas mais agitadas de Buenos Aires. As "galletitas mágicas" são atração nas noites de segunda-feira em um centro cultural em Balvanera (região central). O local é bastante frequentado por turistas, principalmente brasileiros. Os quitutes de maconha, nos sabores coco, chocolate integral e aveia e mel, são vendidos na rua antes e depois das festas. Não há repressão. Na Argentina, é crime o porte e consumo de drogas, não importando a quantidade e a forma de uso. Cada brownie custa em média 10 pesos (R$ 4,00). O consumo de maconha causa, entre outros problemas, dependência, ansiedade, e bronquite.

Mulher do chanceler Patriota acompanhará Michelle Obama no Brasil

Michelle Obama, primeira-dama dos Estados Unidos, será acompanhada no Brasil por Tania Cooper Patriota, mulher do chanceler Antonio Patriota, já que o Brasil hoje não tem uma primeira-dama. A americana se encontrará com alunos de uma escola pública em Brasília, onde ela, o marido e as filhas devem passar apenas 12 horas. A família presidencial mais poderosa do mundo vai almoçar picanha, baião de dois e farofa, no Itamaraty. De sobremesa, doces brasileiros e cocada.

Tiririca gastou só R$ 42,03 em março

O deputado federal Tiririca (PR-SP) tem sido um dos mais econômicos da Câmara. Gastou só R$ 42,03 em março, com "serviços postais". Em janeiro, pediu reembolso de R$ 519,00 por duas passagens aéreas, sendo que uma delas custou R$ 80,00. O deputado federal Waldemar Costa Neto (PR-SP), que lançou Tiririca na política, gastou R$ 17,6 mil em janeiro, com escritório, seguranças e telefonia.

Perspectiva de inadimplência das empresas sobe após 20 baixas

A perspectiva de inadimplência das empresas para um horizonte médio de seis meses cresceu 0,3% em janeiro, na primeira alta mensal do indicador após vinte meses consecutivos de quedas, atingindo o patamar de 86,1. O indicador foi divulgado nesta quarta-feira pela Serasa Experian. O indicador possui a propriedade de antever, num horizonte médio de seis meses, as oscilações cíclicas da inadimplência. O resultado divulgado, na avaliação da Serasa Experian, sinaliza que a inadimplência das empresas deverá sofrer ligeiras elevações com o menor ritmo de crescimento da economia e com as condições de crédito menos favoráveis em 2011. Segundo os economistas da Serasa Experian, os juros mais elevados e os prazos menos elásticos exercerão pressões sobre o custo financeiro das empresas, num contexto de menor expansão da geração de caixa das empresas.

Financial Times diz que pré-sal pode aprofundar dependência brasileira em matérias-primas e afetar ainda mais a indústria

Uma reportagem do diário britânico "Financial Times" avalia nesta quarta-feira que a exploração do petróleo do pré-sal pode aprofundar a dependência do Brasil em relação às exportações e prejudicar ainda mais a indústria nacional. Na reportagem, de página inteira, o jornal lembra que a extração de petróleo de camadas a mais de 2 mil quilômetros de profundidade tem o potencial de "lançar o país ao status de nação desenvolvida", mas também o de "transformar o país para bem ou para mal". "O perigo para o Brasil, caso os recursos não sejam manejados de forma sábia, é o de se tornar uma vítima da 'doença holandesa'", diz o jornal, em referência à situação econômica da Holanda nos anos 1970, quando importantes descobertas de gás elevaram a taxa de câmbio e os preços de energia, golpeando a indústria. "Pior, o Brasil poderia sofrer um tipo ainda mais grave de doença, a 'maldição do petróleo', na qual nações ricas em recursos naturais - como Nigéria e Venezuela - se tornam cada vez mais viciadas no dinheiro que eles provêem, o que leva à má governabilidade e a corrupção", diz o jornal. Sem limitar sua análise ao campo petroleiro, o artigo recorda que analistas já consideram que o país está "nos estágios iniciais da doença holandesa". "Exportadores e a indústria doméstica estão tendo dificuldade para competir globalmente, à medida que a demanda chinesa pelas commodities do país impulsiona o valor do real", relata o jornal. O boom do preço das commodities criado e mantido pelo enorme volume de compras da China tem causado uma apreciação da moeda brasileira o que acaba por encarecer os preços dos produtos produzidos no Brasil. O Brasil já é líder ou está entre os primeiros na produção e exportação de commodities como minério de ferro, carne, açúcar, café, suco de laranja e soja.

Lula já traça estratégia do PT para eleições municipais

Menos de três meses depois de deixar o Planalto, o ex-presidente Lula assumiu o comando das articulações eleitorais do PT em São Paulo. Nesta quinta-feira ele chefiará reunião com prefeitos petistas para traçar a estratégia do partido nas eleições municipais de 2012. Seu objetivo é minar o poder do PSDB, que governa o Estado há 16 anos. Ao sair da Presidência, Lula disse estar cansado das reuniões partidárias e prometeu se dedicar a grandes temas, como a reforma política e o combate à pobreza na África e na América Latina. Agora, ao assumir a tarefa de organizar a sigla para a disputa municipal, ele reestréia no varejo político no papel de articulador do partido. O encontro desta quinta-feira será realizado a portas fechadas em um restaurante de São Bernardo do Campo. Só foram chamados prefeitos de cidades com mais de 100 mil habitantes, além de dirigentes petistas. Lula pediu ao presidente da sigla em São Paulo, deputado estadual Edinho Silva, que convocasse os participantes. O ex-presidente pretende desenhar um plano de ação a partir dos relatos sobre a situação de cada município, incluindo os pré-candidatos do PT e as possibilidades de alianças com outras siglas. Ele considera a eleição de mais prefeitos petistas um passo fundamental para tentar quebrar a hegemonia tucana no Estado em 2014, na sucessão do governador Geraldo Alckmin (PSDB). O principal alvo do PT em São Paulo é a prefeitura da capital, que a sigla deixou de comandar em 2004, com a derrota de Marta Suplicy para José Serra (PSDB). Ela perdeu novamente em 2008, para Gilberto Kassab (DEM). Lula teme que a movimentação do prefeito, que pretende fundar um novo partido e liderar uma terceira via paulista, agrave o isolamento dos petistas no Estado. A interlocutores, ele manifestou preocupação com a possibilidade de Kassab atrair aliados tradicionais do petismo, como PCdoB e PDT, a tempo de formar chapas para as eleições de 2012.

Classes baixas descobrem nova fronteira de consumo

Depois da ascensão da classe C, chegou a vez de as classes mais baixas puxarem o crescimento do consumo. Levantamento da consultoria Nielsen sobre aumento de penetração de 51 categorias de produtos (alimentos e bebidas, higiene e limpeza) constatou que 65% dos novos lares consumidores são das classes C2 (renda familiar média de R$ 933,00), D e E (renda familiar até R$ 618,00). Esses consumidores estão entrando em novas categorias ou tendo acesso a produtos de maior valor. Entre as categorias em que o maior crescimento se deu nos lares de menor renda estão água de coco, bebidas à base de soja, leite fermentado, tinta de cabelo, xampu e biscoito. Os dados, diz Arlete Soares Corrêa, gerente de desenvolvimento de serviços ao cliente da Nielsen, mostram uma "quebra de paradigma". "Até então, fabricantes e varejistas achavam que deveriam ter uma marca para as classes mais altas e outra para as classes D e E", diz. "Mas, em certas categorias, o consumidor das classes mais baixas está disposto a pagar por uma marca de maior valor", completa.

Empresas não devolvem 50% das cobranças indevidas

Mais da metade (50,2%) das cobranças indevidas não são devolvidas pelas empresas, segundo levantamento feito pela Fundação Procon-SP. Esse tipo de queixa liderou o ranking no Cadastro de Reclamações Fundamentadas de 2010, respondendo por 28% do total (8.855 de 31.509). O número se refere às demandas dos consumidores que não foram solucionadas na fase preliminar, resultando na abertura de um processo administrativo. Essa foi a primeira vez que o órgão estadual, ligado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, divulgou a lista geral de acordo com o motivo. O item inclui, por exemplo, erros devido a falhas nos sistemas de cobrança das empresas, gerando faturas em duplicidade. No caso dos bancos, o órgão identificou serviços não solicitados e tarifas não previstas. Em seguida aparecem os produtos com defeito (5.510), principalmente em celulares. Nesse caso, 43,4% dos clientes tiveram de arcar com o prejuízo. Os problemas com a entrega, citados por 2.658 consumidores, estão em terceiro, com 48,3% de reclamações não atendidas. "As empresas estão mais preocupadas em investir no processo de venda do que no de pós-venda. Não há um equilíbrio", afirma Paulo Arthur Leoncini Góes, diretor-executivo do Procon-SP.

Ex-ministros de Lula ainda mantêm cargos em estatais

Mesmo fora do governo, os ex-ministros Celso Amorim (Relações Exteriores) e Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência) continuam a receber salário para integrar conselhos de estatais. Eles deixaram a Esplanada em 1º de janeiro, após oito anos no primeiro escalão do governo Lula. No entanto, ainda ocupam vagas nos conselhos de administração da Itaipu Binacional e da Eletrobras. Os dois afirmaram não ver conflito ético na prática, mas disseram que os cargos estão à disposição do governo Dilma Rousseff. Além da aposentadoria como ministro de primeira classe do Itamaraty, Amorim recebe, fora do poder, um dos maiores salários pagos em conselhos de estatais federais: R$ 13.100,00 por mês. Filiado ao PT fluminense, ele tem mandato na estatal até maio de 2012. Para mantê-lo, basta comparecer a encontros bimestrais. O conselho se reuniu uma vez este ano, com a presença do ex-ministro. Convidado por Lula para dirigir seu futuro instituto, Luiz Dulci recebe R$ 4.300,00 por mês, mais 13º salário, como conselheiro da Eletrobras. O conselho da estatal do setor elétrico é eleito anualmente, no fim de abril. Também ex-ministro de Lula, Carlos Eduardo Esteves Lima recebe R$ 5.400,00 do conselho fiscal do BNDES. Ele chefiou a Casa Civil no fim de 2010, após a queda de Erenice Guerra, e agora permanece no governo como assessor especial do órgão. Se tem uma coisa que membros da alta nomenklatura petista não dispensam é mordomia e vantagens pecuniárias.

Êxodo em Fukushima aumenta com piora da situação da usina e desconfiança popular

Com a escalada dramática da crise nuclear, aumentou o êxodo de pessoas da região em volta da usina Fukushima 1. Muitas famílias abandonaram até mesmo áreas que o governo japonês considera seguras. Em um centro desportivo da cidade de Koriyama, a cerca de 70 quilômetros da usina Fukushima 1, centenas de pessoas formaram uma longa fila para a inspeção de níveis de radioatividade. Havia distribuição de cobertores e isolantes térmicos. "Talvez o governo não esteja mentindo, mas não dá os detalhes corretos. É como se a situação estivesse ruim, mas eles insistem em dizer que não é tão ruim", disse o carpinteiro Takeiuki Sato, enquanto esperava a inspeção, sob uma chuva fina e temperatura de 7ºC. A checagem, feita por homens vestidos com roupas brancas especiais, era feita até em cachorros de estimação levados pelas famílias.

Petróleo impulsiona inflação da zona do euro em fevereiro

A disparada do petróleo impulsionou a inflação anual na zona do euro em fevereiro, que ficou bem acima da meta do Banco Central Europeu, mostraram dados nesta quarta-feira. A agência de estatísticas Eurostat disse que os preços ao consumidor nos 17 países que usam o euro subiram 0,4% em fevereiro sobre janeiro, para uma alta anual de 2,4%. O Banco Central Europeu quer manter a inflação pouco abaixo de 2% e sinalizou neste mês que pode elevar a taxa básica de juros em abril, dizendo que precisa impedir efeitos secundários da escalada dos preços do petróleo. Os preços de energia subiram 0,9% no mês e 13,1% na comparação anual em fevereiro, somando 0,62 ponto percentual à leitura anual de inflação. Os preços de óleo de aquecimento adicionaram mais 0,23 ponto. Excluindo os voláteis custos de energia e alimentos não industrializados, a inflação mensal foi de 0,3%, e a anual, de 1,1%. Em janeiro, a taxa anual foi de 1,2%.

Dirigente do PT do Rio de Janeiro convoca manifestação contra visita de Obama

Causou rebuliço o e-mail distribuído pelo secretário de Movimentos Populares do PT do Rio de Janeiro, Indalécio Wanderley Silva, convocando uma plenária nesta quarta-feira contra a visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considerado "persona non grata no Brasil". Na reunião, movimentos sociais planejarão o que chamam de "grande manifestação" em repúdio ao presidente americano. A mensagem deixou governistas de cabelo em pé. O governador neopopulista Sérgio Cabral (PMDB-RJ), que luta para garantir que a Cinelândia, onde Obama discursará, fique lotada, cobrou explicação dos petistas. "Que é isso? Piraram?", questionou o neopopulista. O governo do Estado do Rio de Jaqneiro criou inclusive um perfil no Facebook para postar o discurso de Obama. O discurso de Obama está marcado para as 11h30 do domingo. O local escolhido é um ponto histórico de manifestações políticas na cidade, como a passeata dos Cem Mil, protesto conta a ditadura militar, em 1968. Na visita ao Rio de Janeiro, o presidente dos Estados Unidos visitará também o Cristo Redentor e irá à favela Cidade de Deus. Obama chega ao Rio de Janeiro na manhã de domingo, acompanhado da mulher, Michelle, e das filhas, Malia e Sasha, após passar o dia anterior em Brasília, primeira parada na visita ao Brasil.

Brasil espera corte em subsídios agrícolas com visita de Obama

De Washington, o Conselho de Negócios Brasil-EUA enviou um aviso do setor privado ao presidente Barack Obama, que visita Brasília e Rio de Janeiro no final de semana: será preciso dar algo especial ao Brasil, de preferência corte nos subsídios agrícolas americanos, se a Casa Branca espera aumentar as exportações ao país. "Não sei se haverá algum tipo de acordo sobre isso na visita, mas Obama tem que exercer sua liderança junto ao Congresso dos Estados Unidos para tentar eliminar os subsídios", disse Gabriel Rico, presidente da Câmara Americana de Comércio para o Brasil: "Sem oferta, não tem negócio, a balança comercial bilateral já é negativa para o Brasil". Em termos de acordos, o conselho afirma esperar avanços nas discussões sobre um tratado bilateral sobre impostos que resolva a questão da dupla taxação e primeiros passos para um diálogo sobre eventual tratado de livre comércio entre os dois países. Rico disse crer que um TLC é possível no longo prazo apesar das exigências do Mercosul, por onde a princípio tais acordos deveriam ser negociados em conjunto pelos países-membros. "Os setores privados de Brasil e Estados Unidos são muito a favor de um tratado de livre comércio", afirmou: "Sabemos que não é possível agora, mas acredito que podemos criar o ambiente político necessário para essa negociação". Rico disse ainda que "Brasil e Estados Unidos têm uma longa lista de itens a serem abordados" antes de discutir um tratado, desde a rodada Doha até os subsídios agrícolas americanos. Sobre a dupla taxação, não há perspectiva de acordo final, mas os empresários vem pressionando pela aceleração das discussões.

Filho de imigrantes brasileiros se mata após fumar nova droga em Nova York

Um estudante filho de brasileiros, se jogou do 15º andar do prédio onde morava com a família em Nova York, após fazer uso da substância alucinógena conhecida como “Salvia”. Segundo sua namorada, Benazir Balani, Ryan Santanna fumou a erva e, depois de delirar um pouco, se jogou do parapeito do apartamento direto para a rua. Segundo o pai do estudante de cinema no Art Institute of New York City, é necessário que as pessoas saibam dos perigos desta nova droga, que é vendida de forma legal nos Estados Unidos.

Companheirada do governo Dilma usa agências internacionais para terceirizar contratações

A ordem da presidenta Dilma suspendendo contratações não vale para a “cumpanherada” petista. Ministérios e outros órgãos do governo têm recrutado assessores por meio de contratos de terceirização de mão de obra com organismos internacionais como Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), com a falsa impressão de que são benfeitores, mas na verdade gastam o dinheiro do contribuinte brasileiro sem “amarras” legais de exigência de concurso, por exemplo. Outro organismo internacional que atua com terceirização de mão-de-obra é o IICA, Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura, informa o jornalista Claudio Humberto em sua coluna.