quinta-feira, 24 de março de 2011

Criadores de boi perderam 2,2 milhões de hectares de pastagens no Mato Grosso

A longa estiagem do segundo semestre do ano passado, seguida pelo severo ataque de pragas e pelo excesso de umidade provocado pelas chuvas recentes, provocaram a "morte" de 2,2 milhões de hectares de pastagens em Mato Grosso. A área corresponde a 8,6% dos 26 milhões de hectares de pastos existentes no Estado. A estimativa é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que realizou o levantamento a pedido da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat). O diretor superintende da Acrimat, Luciano Vacari, prevê que neste ano haverá um problema sério de abastecimento de carne em Mato Grosso, por causa da perda de parte das pastagens destinadas à criação do rebanho bovino, estimado em 28,7 milhões de cabeças. Ele diz que no curto prazo é difícil reverter a situação, pois a estação das águas, período ideal para realizar o replantio, está chegando ao fim. A preocupação maior da Acrimat é com as dificuldades que os pecuaristas terão para recuperar as pastagens. O Imea calcula que os criadores terão que gastar R$ 3,09 bilhões para repor o pasto, em operações de replantio ou de gradeamento das áreas. Luciano Vacari diz que os criadores não têm condições financeiras para arcar com esses custos, que correspondem a 62% do valor bruto da produção (VBP) da pecuária mato-grossense no ano passado. O VBP foi de R$ 4,95 bilhões, relativo ao abate de 4,33 milhões de cabeças de gado. As projeções do Imea sobre as perdas de pastagens e os gastos para recuperação das áreas foram feitas a partir de um levantamento com 495 criadores, que são proprietários de 1,9 milhão de hectares. A pesquisa constatou que 57% dos entrevistados tiveram problemas com a morte de pastagens. O maior índice foi registrado na região nordeste de Mato Grosso, onde 68% dos entrevistados relataram estar com pasto degradado. A pesquisa apurou que a forte seca do ano passado foi responsável por 53% dos casos de morte de pastagens, seguido de pragas (cigarrinha e lagartas) com 43%, e excesso de umidade provocado pelas chuvas, com 4%.

Tribunal de Justiça paulista dá prazo para Kassb justificar aumento do preço de ônibus

O Tribunal de Justiça de São Paulo informou na noite desta quinta-feira que o desembargador David Haddad determinou, na última segunda-feira, que a prefeitura preste informações em dez dias sobre o aumento da tarifa de ônibus, que subiu de R$ 2,70 para R$ 3,00 em janeiro. Haddad é o relator do mandado de segurança que pede a suspensão do aumento da passagem impetrado pelo vereador Ítalo Cardoso, líder do PT na Câmara. No pedido, ele diz ter o "dever de fiscalizar a conduta político-administrativa dos agentes públicos". O desembargador não aceitou o pedido de liminar solicitado pelo vereador. Na decisão, Haddad diz que "porquanto somente é cabível diante de prova inequívoca de ofensa a direito líquido e certo atingido por ato da autoridade apontada como coatora, o que não ocorre no presente caso". Ele afirmou ainda que em "cuidadosa análise o Órgão Especial solucionará a questão, adotando eventualmente as providências que entender cabíveis". Em seu pedido, Cardoso afirma que a planilha utilizada pela SPTrans (empresa que gerencia o transporte coletivo em SP) é irreal e inflacionada e eleva o custo médio mensal do sistema de R$ 383,9 milhões para R$ 413,5 milhões. O vereador também diz que "tais incongruências proporcionarão um ganho exorbitante aos contratados (concessionários e permissionários), desequilibrando a equação econômico-financeira, sem beneficiar a população". Após a prefeitura enviar as informações solicitadas, o Ministério Público também terá o prazo de dez dias para se manifestar. Em seguida, o relator dará seu voto. O caso será julgado pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça, composto por 25 desembargadores.

União Européia planeja bloquear receita petroleira do regime líbio

Líderes da União Européia reunidos em Bruxelas manifestaram nesta quinta-feira sua disposição de bloquear a receita do regime líbio com a venda de petróleo e gás, para reforçar a pressão sobre o ditador Muamar Kadahfi. "A União Européia está disposta a adotar novas sanções, incluindo medidas para garantir que as receitas de petróleo e gás não cheguem até o regime de Kadahfi", afirmaram os chefes de Estado e de governo, em uma declaração conjunta. Os 27 países tomaram até agora uma série de sanções contra o governo líbio, entre elas, o bloqueio dos ativos e dos recursos financeiros da companhia pública de petróleo, a National Oil Corporation (NOC), e de cinco de suas filiais. Os países da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) chegaram a um acordo nesta quinta-feira para entregar o comando da zona de exclusão aérea sobre a Líbia à aliança militar, informou o secretário-geral da organização, Anders Fogh Rasmussen.

Controlador aéreo dorme durante pouso de dois aviões em Washington

Um controlador aéreo que não respondeu aos contatos de dois aviões, os quais tiveram de aterrissar por conta própria no aeroporto de Washington admitiu, ter dormido durante os pousos, informou nesta quinta-feira o Conselho de Segurança de Transporte (NTSB) dos Estados Unidos. "O controlador disse que tinha dormido por um período de tempo durante seu turno. Ele trabalhava em seu quarto turno consecutivo noturno", disse o NTSB, encarregado da investigação, em um comunicado. A nota indica que as autoridades estão investigando questões relacionadas ao sono do controlador. A informação foi divulgada um dia depois que duas aeronaves comerciais, um Boeing 737 procedente de Miami, com 97 pessoas a bordo, e um Airbus vindo de Chicago com 68 pessoas, tiveram de aterrissar por conta própria diante do "silêncio" vindo da torre de controle na madrugada de quarta-feira. Os pilotos dos dois aviões tiveram de recorrer ao Terminal de Radar de Controle de Aproximação, que se ocupa dos aviões em vôo, mas não está encarregado de administrar os pousos e decolagens, responsabilidade atribuída às torres de controle. O diretor da Administração de Aviação Federal (FAA), Randy Babbitt, havia dito mais cedo que as autoridades decidiram suspender o controlador aéreo de suas atividades, e iriam investigar o ocorrido para garantir a segurança dos passageiros. O NTSB informou que o controlador tem mais de 20 anos de experiência, 17 deles no Aeroporto Nacional Ronald Reagan de Washington D.C. Previamente, o secretário de Transportes dos Estados Unidos, Ray LaHood, tinha determinado a nomeação de um segundo controlador aéreo no Aeroporto Ronald Reagan de Washington, após o incidente com os dois aviões. "Não é aceitável ter só um controlador na torre administrando o tráfego aéreo nesta zona crítica", explicou LaHood em comunicado.

Governo quer mudança na Vale antes de Dilma ir à China

O governo petista deseja alcançar com demais acionistas controladores na Vale um acordo para a mudança no comando da mineradora antes da viagem da presidente Dilma Rousseff para a China, no dia 9 de abril. A informação parte de fonte do Palácio do Planalto que pediu para não ter o nome revelado. O futuro da administração da Vale, a maior produtora mundial de minério de ferro, ficou em aberto nesta semana após ter sido divulgado pela imprensa que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, pediu a substituição do atual presidente executivo, Roger Agnelli, em reunião com a cúpula do Bradesco, outro importante acionista controlador da companhia. No governo, a saída de Agnelli, que está há dez anos no comando da empresa, é dada como certa. De acordo com a fonte, a avaliação do Planalto no momento é a de que os demais acionistas controladores já não apresentam resistência a uma mudança. A discussão, agora, estaria em torno do nome do eventual sucessor. Na estrutura da Vale, se os acionistas no bloco de controle decidirem por uma alteração no comando, uma lista com três nomes deve ser apresentada na reunião do conselho de administração. Então, pelo menos 75% dos acionistas controladores precisam concordar sobre um nome. O governo, por meio do BNDESPar, não possui esse montante para executar a mudança, mesmo incluída a grande fatia detida pelo Previ, o fundo de pensão do Banco do Brasil. Por isso precisa de um acordo com os outros grandes acionistas, Bradesco e a trading Mitsui. Segundo uma outra fonte do governo, que também falou sob a condição de anonimato, ainda não há definição sobre o nome preferido para o posto. A presidente Dilma Rousseff viaja à China no dia 9 de abril. Lá, ela participa da reunião dos BRICs (Brasil, Rússia, China e Índia) e fará uma visita oficial ao país. Não está descartada a possibilidade de que o novo executivo da Vale acompanhe a comitiva brasileira, segundo a fonte do Palácio, mas o tempo seria bastante curto para isso. Os funcionários da companhia estariam planejando um protesto na sexta-feira contra o que classificam como intromissão de Brasília nos assuntos de uma companhia privada, apesar de o governo federal deter, direta e indiretamente, uma importante participação acionária na empresa. Os trabalhadores planejam ir ao trabalho na sexta-feira vestindo preto, como forma de protesto.

Foguetes disparados de Gaza atingem área urbana de Israel

Foguetes lançados por terroristas islâmicos palestinos nesta quinta-feira, a partir da Faixa de Gaza, alcançaram uma área bem distante da fronteira, perto da esparramada zona urbana de Tel-Aviv. Israel bombardeou alvos em Gaza, em uma ampliação do conflito que tem provocado temores de uma nova guerra na região. A polícia israelense disse que foguetes Grad de longo alcance disparados da Faixa de Gaza, controlada pela organização terrorista islâmica Hamas, alcançaram a cidade de Ashdod e uma área ao norte desse porto no Mediterrâneo. A violência perto da fronteira com Gaza se agravou nos últimos dias. Um atentado a bomba, promovido por terroristas islâmicos palestinos, na quarta-feira, em Jerusalém, deixou uma mulher morta e outras 30 pessoas feridas. Foi o primeiro ataque desse tipo na cidade desde 2004. A Grã-Bretanha identificou a mulher morta como uma cidadã britânica, Mary-Jane Gardner, e a polícia israelense disse que ela era uma turista. Militares israelenses afirmaram que cinco foguetes e uma granada de morteiro disparados de Gaza explodiram em Israel, sem causar vítimas. As escolas permaneceram fechadas em Ashdod e Beersheba, cidade no deserto do Neguev, atingida várias vezes pelos projéteis na semana passada. Em represália, Israel desfechou uma série de ataques contra Gaza ao longo do dia. "A responsabilidade é inteiramente do Hamas. Nós sabemos como agir e provamos isso no passado. Nós vamos atacar proporcionalmente quando necessário", disse o ministro da Defesa Civil israelense, Matan Vilnai.

Foguetes disparados de Gaza atingem área urbana de Israel

Foguetes lançados por terroristas islâmicos palestinos nesta quinta-feira, a partir da Faixa de Gaza, alcançaram uma área bem distante da fronteira, perto da esparramada zona urbana de Tel-Aviv. Israel bombardeou alvos em Gaza, em uma ampliação do conflito que tem provocado temores de uma nova guerra na região. A polícia israelense disse que foguetes Grad de longo alcance disparados da Faixa de Gaza, controlada pela organização terrorista islâmica Hamas, alcançaram a cidade de Ashdod e uma área ao norte desse porto no Mediterrâneo. A violência perto da fronteira com Gaza se agravou nos últimos dias. Um atentado a bomba, promovido por terroristas islâmicos palestinos, na quarta-feira, em Jerusalém, deixou uma mulher morta e outras 30 pessoas feridas. Foi o primeiro ataque desse tipo na cidade desde 2004. A Grã-Bretanha identificou a mulher morta como uma cidadã britânica, Mary-Jane Gardner, e a polícia israelense disse que ela era uma turista. Militares israelenses afirmaram que cinco foguetes e uma granada de morteiro disparados de Gaza explodiram em Israel, sem causar vítimas. As escolas permaneceram fechadas em Ashdod e Beersheba, cidade no deserto do Neguev, atingida várias vezes pelos projéteis na semana passada. Em represália, Israel desfechou uma série de ataques contra Gaza ao longo do dia. "A responsabilidade é inteiramente do Hamas. Nós sabemos como agir e provamos isso no passado. Nós vamos atacar proporcionalmente quando necessário", disse o ministro da Defesa Civil israelense, Matan Vilnai.

Governo Dilma convoca reunião com centrais para tratar crise de Jirau

O governo Dilma convocou para a próxima terça-feira uma reunião com as centrais sindicais pelêgas para discutir a situação dos trabalhadores de Jirau, de acordo com o secretário-geral da presidência república, o ministro Gilberto Carvalho. A situação é acompanhada com extrema preocupação e o governo buscará um acordo entre as empresas e os trabalhadores. "Nós acreditamos que é um situação explosiva, que se dá com a grande aglomeração de operários e alguns procedimentos equivocados das empresas", disse ele. A obra de Jirau foi palco de revolta de trabalhadores na semana passada e o canteiro foi depredado. Segundo ele, os alojamentos e a alimentação são problemáticos: "O que nós queremos é que as empresas façam um pacto com as centrais sindicais para dar um tratamento adequado aos trabalhadores". O ministro disse ainda que pedirá que as centrais sindicais elejam um interlocutor nas negociações. De acordo com ele, a disputa entre entre as bases sindicais estão ajudando a "fermentar" esse processo. A declaração foi dada na comemoração dos 20 anos da Força Sindical, em São Paulo. Uma disputa entre sindicatos ligados à CUT e à Força Sindical pode estar por trás dos conflitos que levaram à depredação do canteiro de obras da hidrelétrica de Jirau, em Rondônia. O Sticcero (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de Rondônia) apontou, na Justiça do Trabalho, que um sindicato concorrente teve participação nos episódios na usina. Estão em uma disputa judicial o Sticcero, criado em 1986, e o Sintrapav-RO (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada de Porto Velho), entidade fundada em 2008, ano do início das obras da usina. O sindicato mais antigo é filiado à CUT (Central Única dos Trabalhadores). O Sintrapav integra uma federação ligada à Força Sindical. Somadas, as contribuições sindicais dos 22 mil trabalhadores de Jirau e dos 15 mil da usina de Santo Antônio atingem cerca de R$ 1 milhão por ano. Em novembro, o Sticcero obteve da Justiça do Trabalho decisão que proibiu o concorrente de praticar "atos em nome da categoria". Na quinta passada, o Sticcero acusou o rival de distribuir, em Jirau, um panfleto assinado como "Comissão dos Trabalhadores".

Brasil é favorável a envio de relator sobre direitos humanos ao Irã

Pela primeira vez nos últimos 10 anos a diplomacia brasileira votou contra o regime nazista islâmico do Irã.  O Brasil votou a favor da resolução que cria um mandato de relator especial para a situação dos direitos humanos no Irã, nesta quinta-feira, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, na reunião ocorrida em Genebra. Desde 2002, o país do ditador nazista islâmico Mahmoud Ahmadinejad não autoriza a renovação do último mandato do relator especial e, desde 2005, não deixa entrar em seu território nenhum dos relatores temáticos da organização. Os diplomatas que acompanham o assunto nas Nações Unidas argumentam que o respeito aos direitos humanos é prioridade para a presidenta Dilma Rousseff e que o Irã merece atenção. A mesma justificativa foi usada pela embaixadora do Brasil no Conselho dos Direitos Humanos da ONU, Maria de Nazaré Farani. "O Brasil acredita que todos os países, sem exceção, têm desafios a superar na área. A presidenta Dilma Rousseff deixou claro, em seu discurso de posse, que acompanhará com atenção os avanços na situação de direitos humanos em todos os lugares , a começar pelo Brasil", afirmou a embaixadora. Vinte e dois membros do Conselho votaram a favor da resolução apresentada pela Suécia, sete contra e 14 se abstiveram. Manifestaram-se favoráveis Estados Unidos e países como Zâmbia, Panamá e Colômbia. Entre os que votaram contra estão China, Cuba, Paquistão e Rússia, que não democracias. Ao contrário, são ditaduras que afrontam totalmente os direitos humanos. O voto do Brasil representa uma mudança de postura em relação à política externa da dupla fatídica Lula-Celso Amorim. Há quatro meses, o país se absteve na votação de uma outra resolução que condenava o governo iraniano por agressões sistemáticas nessa área. Em dezembro, já eleita, Dilma Rousseff concedeu uma entrevista ao jornal americano Washington Post e afirmou que discordava do voto do Brasil. A presidente eleita disse não concordar com “as práticas medievais características que são aplicadas quando se trata de mulheres” e que não fará “nenhuma concessão em relação a isso”. Afirmou ainda: “Não sou a presidente do Brasil, mas ficaria desconfortável, como uma mulher eleita presidente, em não me manifestar contra o apedrejamento. Minha posição não vai mudar quando assumir". Diz o jornalista Reinaldo Azevedo: "A questão, obviamente, não era “de gênero”. Um homem não teria por que se sentir “mais confortável”. Fez-se, agora, o certo e o óbvio. A crítica à postura brasileira tinha dois fundamentos: a) há, claro, a questão de princípio — o Irã é um óbvio violador dos direitos humanos, e cumpre ao Brasil deixar claro com quais valores se alinha; b) se a intenção do país era — e é — obter, um dia, uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU, seus votos atuavam contra a sua pretensão. Na era Lula-Celso Amorim, a loucura foi grande. No fim de julho do ano passado, o Itamaraty enviou uma carta a todos os países-membros da ONU defendendo que o organismo evitasse condenar os países por violação dos direitos humanos. O Itamaraty precisa agora revogar aquela carta. Se Antônio Patriota, o substituto de Amorim, não o fizer,  o Brasil ficará por conta da “sensibilidade feminina” de Dilma…Não se esqueçam de que o Brasil se negou a condenar até o governo patologicamente homicida do Sudão pela morte de 400 mil pessoas em Darfur".

Ministro decide continuar como relator do caso Satiagraha no STJ e chama Protógenes de "fraudador"

O ministro Adilson Vieira Macabu, do Superior Tribunal de Justiça, decidiu continuar atuando como relator do caso Satiagraha. Ele chamou o deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) de "fraudador de provas". Adilson Macabu rechaçou petição do delegado federal e deputado federal Protógenes Queiroz, que alegou sua suspeição no processo de habeas corpus por meio do qual a defesa do banqueiro Daniel Dantas, dono do Opportunity, pede trancamento do processo derivado da Operação Satiagraha. O ministro atribui a Protógenes Queiroz, o dono da Operação Satiagraha, "comportamento aético, parcial, agressivo, desarrozoado e antijurídico". O ministro destacou que Protógenes foi condenado no âmbito da própria Operação Satiagraha a 3 anos e 11 meses de prisão, acusado de fraudar provas e de violação de sigilo. "Como pode pretender uma pessoa que restou condenada, considerada pela Justiça fraudador de provas, peticionar em processo onde não figura como parte, investindo contra magistrado integrante de órgão julgador, se arvorar detentora do poder de afastar o relator de um feito submetido a julgamento pela turma sem apresentar qualquer elemento idôneo capaz de caracterizar uma infundada suspeição?", questionou Adilson Vieira Macabu, que é desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, convocado como ministro do Superior Tribunal de Justiça.

Usinas sucroalcooleiras antecipam início de safra

Trinta usinas do setor sucroalcooleiro já iniciaram suas operações de moagem de cana-de-açúcar da safra 2011/12 na região Centro-Sul, de acordo com informação da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). As usinas estão antecipando a entrada de operação das usinas para acrescentar etanol aos estoques disponíveis para a entressafra, aumentando a margem de segurança para que não ocorra descontinuidade no abastecimento. Na semana passada, o governo pediu ao setor que antecipasse o início da safra. Porém, a seca de 2010 afetou o desenvolvimento da cana que, na maior parte da região produtora, ainda não se encontra em seu estado de corte. "Nem todas as usinas têm condição de antecipar a colheita, pois nem sempre há cana disponível para moer com antecedência," explica o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues. Segundo a Unica, as 30 usinas já estão processando 12% de toda a cana da região Centro-Sul do País, ou cerca de 65 milhões de toneladas anuais. A base desse cálculo é a moagem total estimada para a safra 2010/2011, de 557 milhões de toneladas. As chuvas recentes também atrapalham o início da safra.

Aécio Neves defende criação de Conselho Político no PSDB

O senador Aécio Neves (MG) juntou-se ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, na defesa da criação no PSDB de um Conselho Político, uma instância que seria formada por líderes da sigla, sem funções administrativas, para discutir a atuação nacional da legenda. A iniciativa tem sido defendida pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com o qual o senador já conversou sobre o assunto. "Até falava com o ex-presidente por telefone sobre essa sugestão dele", disse Aécio Neves, em cerimônia de celebração de 20 anos da Força Sindical, na capital paulista: "O Conselho Político tem a sua importância porque cabe a ele a orientação doutrinária do partido". O senador avaliou que seria tarefa do conselho, por exemplo, atualizar as propostas da sigla e aproximar os tucanos de setores da sociedade em que o PSDB perdeu força. "Tenho defendido há bastante tempo que o PSDB se renove e atualize suas propostas, que fale para setores da sociedade brasileira com os quais não está mais conectado", disse Aécio Neves, citando entre esses grupos os jovens, profissionais liberais e setores da classe média. De acordo com o senador, esses setores rejeitam práticas como o aparelhamento do Estado e reagem mal a denúncias de corrupção. "Uma prova disso é o PT não ter vencido as eleições presidenciais em primeiro turno", lembrou.

Corpo de Elizabeth Taylor é enterrado em Los Angeles

O corpo da atriz Elizabeth Taylor foi enterrado durante uma pequena cerimônia particular na região de Los Angeles nesta quinta-feira, um dia depois de ter morrido de insuficiência cardíaca congestiva. O sepultamento do corpo da atriz de 79 anos aconteceu no cemitério Forest Lawn, em Glendale, nos arredores de Los Angeles, no mesmo lugar onde seu amigo íntimo, o cantor Michael Jackson, foi enterrado em 2009. O porta-voz da polícia de Glendale, Tom Lorenz, disse à imprensa no lado de fora do cemitério que o funeral foi reservado apenas à família, com cerca de 30 pessoas. Muitas celebridades estão enterradas no Forest Lawn, como Clark Gable, Jean Harlow e Walt Disney. Lorenz disse que Elizabeth Taylor foi enterrada no Grande Mausoléu, mas não ao lado de Jackson. Ela foi uma proeminente ativista para as vítimas da Aids e levantou milhões de dólares para pesquisas sobre a doença. Casada oito vezes, ela deixou quatro filhos, 10 netos e quatro bisnetos. Elizabeth Taylor foi enterrada conforme o rito judaico, religião à qual havia se convertido há muitas décadas e à qual permanecer fiel.

Morre Affonso Camargo, ex-deputado federal que criou a lei do Vale Transporte

O ex-deputado federal paranaense Affonso Camargo, criador da lei do Vale Transporte em 1985, morreu nesta quinta-feira, em Curitiba. O político tinha 81 anos e se aposentou da vida pública no ano passado, após não ter sido reeleito nas últimas eleições. Camargo era engenheiro civil e foi também senador e vice-governador do Paraná. O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, decretou luto oficial por três dias. O governador Beto Richa também decretou luto oficial no Paraná pela morte do ex-deputado.

Privatização - Nova direção da Infraero quer abrir capital da empresa

O novo presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale, disse nesta quinta-feira que pretende fazer a abertura de capital da empresa, ou seja, deseja promover a sua privatização. O processo deve durar algo em torno de três anos. Gustavo do Vale recebeu nesta quinta-feira o cargo de presidente da Infraero, em cerimônia no Aeroporto Internacional de Brasília. A abertura de capital deve tornar a empresa mais competitiva e ajudar o governo a ter os investimentos necessários para as obras e reformas dos aeroportos para receber os turistas, brasileiros e estrangeiros, que virão por conta da Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016. Mas, como assim? A presidente Dilma não era contra a privatização nos programas de campanha eleitoral há menos de seis meses?

Japão já registra 9.811 mortes em decorrência do terremoto seguido de tsunami

O Comando Nacional da Polícia do Japão informou nesta quinta-feira que 9.811 pessoas morreram e 17.541 seguem desaparecidas em decorrência do terremoto seguido de tsunami ocorrido no país. Porém, as autoridades japonesas estimam que esses números podem mudar, porque há locais em que os levantamentos ainda estão em fase de elaboração. Os policiais citaram como exemplo o caso de Miyagi, uma das regiões mais atingidas que calculou, até agora, que mais de 15 mil pessoas morreram. Em outras áreas devastadas, a polícia indicou que são mais de 4.100 mortes confirmadas. A Embaixada do Brasil no Japão informou que a comunidade brasileira no país engloba 254 mil pessoas. Porém, apenas 777 viviam nas quatro regiões identificadas como mais afetadas pela catástrofe e pelos acidentes nucleares (Miyagi, Fukushima, Iwate e Aomori).

Lucro da Brasil Foods cresce 125% em 2010

A BRF-Brasil Foods apresentou lucro líquido de R$ 804 milhões em 2010, um crescimento de 125% em relação ao ano anterior em base proforma (considerando a fusão entre Sadia e Perdigão desde 1º de janeiro de 2009, quando, na verdade, as ações da Sadia foram incorporadas em julho daquele ano). A receita líquida somou R$ 22,7 bilhões no período, representando um crescimento de 8,3%. O Ebitda (lucro operacional antes das despesas financeiras, impostos e depreciação) ficou em 2,6 bilhões, um aumento de 126% na mesma base de comparação.

Caixa Econômica Federal confirma Jorge Hereda como novo presidente

A Caixa Econômica Federal confirmou Jorge Hereda, atual vice-presidente, como novo presidente da instituição financeira, no lugar de Maria Fernanda Ramos Coelho. A presidente Dilma Rousseff decidiu mudar o comando da Caixa Econômica Federal após o escândalo de fraudes no Banco Panamericano, adquirido pelo banco estatal no final de 2009. Maria Fernanda sabia que não tinha mais a confiança de ninguém após o episódio do PanAmericano. Apesar de o governo ter conseguido evitar a quebra do banco PanAmericano, Maria Fernanda Ramos Coelho ficou com a imagem arranhada no mercado financeiro. Em nota, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou a nomeação de Jorge Fontes Hereda para seu lugar. Hereda será substituído, na vice-presidência de Governo, por José Urbano Duarte, que também é funcionário de carreira do banco. Quatro vice-presidências também deverão ser trocadas, entre elas a de Finanças, hoje ocupada por Márcio Percival, cargo que coordenou a compra de metade do banco, que pertencia ao empresário Silvio Santos. De acordo com nota divulgada pelo Ministério da Fazenda, as mudanças anunciadas na Caixa Econômica Federal atingem, além da presidência da instituição, outras diretorias. Para a vice-presidência de Atendimento e Distribuição foi nomeado José Henrique Marques da Cruz, funcionário de carreira do banco. Na vice-presidência de Controle e Risco entrará Rafael Rezende Neto e sairá Marcos Roberto Vasconcellos, que vai para a de Gestão de Ativos de Terceiros. O novo vice-presidente de Tecnologia de Informação será Joaquim Lima de Oliveira, também funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal.

Número de desempregados em São Paulo cresceu 10,9% em fevereiro

A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo subiu de 6% em janeiro para 6,6% em fevereiro. O contingente de pessoas à procura de trabalho aumentou 10,9% em relação a janeiro, o que representa um aumento de 65 mil pessoas. "O mercado de trabalho em São Paulo ainda não deslanchou", afirmou Cimar Azeredo, gerente da Coordenação de Trabalho e Rendimento. O principal impacto foi a dispensa de trabalhadores temporários, especialmente no comércio, onde foram cortadas 37 mil vagas, e na educação, com cortes de 35 mil postos. O rendimento médio do trabalhador na região metropolitana de São Paulo caiu 0,6% em fevereiro na comparação com janeiro e ficou em R$ 1.636,80. Segundo Azeredo, a alta da inflação foi um dos fatores que contribuíram para reduzir os rendimentos. São Paulo foi a única região metropolitana a apresentar sinal negativo na comparação com o rendimento de fevereiro de 2010. O valor caiu 0,1%. O segmento que puxou para baixo o rendimento em São Paulo foi o de serviços prestados a empresas, que registrou queda de 4,5% em relação a fevereiro do ano passado. Este grupo de atividades é abrangente e inclui desde serviços de intermediação financeira, analistas, consultores a serviços terceirizados de limpeza. Em São Paulo, esta categoria representa cerca de 17%. Apesar da deterioração no rendimento e no desemprego, São Paulo registrou alta de 2,7% no número de trabalhadores com carteira assinada, na comparação com janeiro. Isso significa um acréscimo de 128 mil trabalhadores formais.

TSE diz que mudanças da Ficha Limpa não são imediatas

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski, lembrou que os eleitos que haviam sido barrados pela Lei da Ficha Limpa não tomarão posse imediatamente. "Cada processo tem um estágio de andamento diferenciado. Inclusive é preciso verificar se o caso daquele recurso se enquadra ou não na Lei da Ficha Limpa. É um processo que demorará um certo tempo, não será imediato", afirmou o ministro. Ele afirmou que esses barrados terão que fazer um pedido para Justiça Eleitoral, que irá recalcular o quociente eleitoral e proclamar o resultado. Depois, será preciso fazer um pedido no Congresso ou nas Assembléias para a diplomação e posse. Na quarta-feira, por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal decidiu que a Lei da Ficha Limpa não vale para as eleições de 2010. Agora há um grande prejuízo à representação popular causado pelo Tribunal Superior Eleitoral, que se arvorou a ser intérprete da Constitucional Federal, o que não é sua atribuição.

Blogueiro Ricardo Gama baleado no Rio de Janeiro está em estado grave

O blogueiro Ricardo Gama, conhecido por suas críticas aos governos Sérgio Cabral (PMDB) e Eduardo Paes (PMDB), permanece internado em estado grave no Hospital Copa D'Or. Ele foi baleado na quarta-feira, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Ainda não há informações sobre as circunstâncias do crime. De acordo com o hospital, Ricardo Gama passou por uma neurocirurgia na noite de quarta-feira e está internado na unidade de neuroterapia, sedado e respirando por aparelhos. Médicos informaram que o quadro dele é grave, porém estável. Ricardo Gama levou dois tiros na cabeça e um no tórax, disparados por um homem que o abordou em um carro prata. Segundo a polícia, todas as hipóteses para o crime serão investigadas, no entanto, o assalto foi descartado, já que nada foi levado da vítima. Além de críticas aos governantes do Estado e da cidade do Rio de Janeiro, Ricardo Gama também escreveu, em seu blog, contra irregularidades da própria polícia, não só no Rio de Janeiro, como em outros Estados. Ricardo Gama conseguiu repercussão para o seu blog no ano passado, quando divulgou o vídeo em que um jovem era chamado de "otário" pelo governador neopopulista Sérgio Cabral durante a inauguração de obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), ao lado de Lula. O crime do qual ele foi vítima cheira a execução encomendada.

JBS prevê aumento de 21% no faturamento em 2011

O presidente da JBS, Wesley Batista, estimou nesta quinta-feira que o faturamento da companhia deve chegar perto de US$ 40 bilhões (R$ 66,376 bilhões) em 2011. O valor representaria um aumento de 21% sobre a receita líquida do grupo no ano passado, que foi de R$ 55,055 bilhões. Segundo Wesley Batista, uma melhora no nível de consumo de proteína animal nos Estados Unidos e o aumento das exportações devem contribuir para o maior faturamento neste ano. Ele também afirmou que o foco da companhia este ano será obter o maior retorno possível do capital investido e gerar valor aos acionistas. "Não estamos focados em aquisições. O foco é colher os frutos do que fizemos nos últimos anos. Porém, caso apareça algum negócio interessante para a JBS, a empresa a ser adquirida precisará ter marca, distribuição e produtos com valor agregado", disse.

Procuradoria pede condenação de acusados por vazamento do Enem

O Ministério Público Federal em São Paulo pediu à 10ª Vara Federal Criminal a condenação dos cinco acusados pelo vazamento da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2009. A fraude adiou a realização da prova, que acabou marcada por abstenção recorde e erro no gabarito oficial. De acordo com memoriais encaminhados à Justiça, a Procuradoria pede que eles sejam condenados pelos crimes de corrupção passiva (exigir vantagem indevida) e violação de sigilo funcional. Na fase de memoriais, acusação e defesa apresentam suas conclusões sobre o processo (é a última fase antes da sentença). De acordo com a Procuradoria, o prejuízo causado à administração pública pelo vazamento é estimado em cerca de R$ 45 milhões, além de ter prejudicado mais de quatro milhões de estudantes. Para os procuradores, são responsáveis pelos crimes Felipe Pradella, Filipe Ribeiro e Marcelo Sena, ex-funcionários do consórcio contratado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) acusados de furtar as provas da Gráfica Plural (parceria do Grupo Folha e da Quad Graphics). Também são responsabilizados nos memoriais o empresário Luciano Rodrigues, então dono de uma pizzaria nos Jardins, e o DJ Gregory Camillo, acusados de intermediar o contato com a imprensa, na tentativa de vender a prova. Pradella, apontado como mentor do vazamento pela Polícia Federal, será julgado também por extorsão. Os procuradores Ana Carolina Previtalli Nascimento, Ryanna Pala Veras, Roberto Antônio Dassié Diana e Márcio Schusterschitz da Silva Araújo, que assinam o memorial, reconhecem que "a integralidade dos danos causados em razão das condutas praticadas pelos denunciados talvez nunca seja reparada, já que os denunciados não aparentam possuir patrimônio suficiente para reparar tão vultosos danos". Mesmo assim, defendem a fixação de "valor mínimo de reparação dos danos materiais e morais causados".

Japão reconstrói estrada destruída por tremor em apenas seis dias

Após quase 10 mil mortos pelo tremor e tsunami que devastaram o país e causaram ainda um desastre nuclear na usina de Fukushima Nº1, o Japão demonstrou na quarta-feira uma capacidade notável de recuperação ao reparar em apenas seis dias uma cratera numa rodovia na cidade de Naka, na região de Ibaraki. As imagens mostram as condições em que a autoestrada Great Kanto ficou após a tragédia no dia 11 de março, e como foi entregue de volta à população na noite de quarta-feira, destaca o jornal britânico "Daily Mail". As obras no local, que fica numa das regiões mais afetadas pela tragédia, começaram no dia 17 de março, e seis dias depois, na noite do dia 23, já haviam sido finalizadas. Imagine se o terremoto tivesse acontecido no Brasil? Quanto tempo seria necessário para a entrada ser devolvida em condições ao tráfego?

Desembolsos do BNDES crescem 7% no primeiro bimestre

Os empréstimos do BNDES cresceram 7% no primeiro bimestre e somaram R$ 17,2 bilhões. As aprovações de novos pedidos de financiamento registraram alta de 27% e somaram R$ 18,8 bilhões. Entre as operações aprovadas no primeiro bimestre está o financiamento de R$ 400 milhões para a construção da arena Pernambuco, uma das sedes da Copa de 2014. O banco assinou ainda contrato de financiamento com a prefeitura do Rio de Janeiro para o BRT (Bus Rapid Transit) Transcarioca, mas a operação já havia sido aprovada em novembro do ano passado. De acordo com o BNDES, o crescimento dos desembolsos no primeiro bimestre foi motivado pelo maior volume de recursos destinado a micro, pequenas e médias empresas, com alta de 18%. Os empréstimos para empresas deste porte somaram R$ 7,7 bilhões e representaram 45% do total de financiamentos concedidos pelo banco. Os empréstimos para as grandes empresas ficaram estabilizados em R$ 9,5 bilhões. Dois fatores contribuíram, segundo o BNDES, para aumentar os financiamentos para pequenas e médias empresas: o Cartão BNDES e o PSI (Programa de Sustentação do Investimento). O PSI concede empréstimos a juros mais baixos para a compra de máquinas e equipamentos. Desde o início do programa, em junho de 2009, até fevereiro foram desembolsados R$ 95,6 bilhões.

Ministra Miriam Belchior diz que não resolveu questão das emendas acumuladas

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quinta-feira que o governo ainda não definiu de que maneira vai resolver o problema dos restos a pagar de emendas parlamentares acumulados desde 2007. O prazo para o pagamento expira em 30 de abril. Depois disso, esses recursos são cancelados. No entanto, nos últimos dias tem crescido a pressão de parlamentares sobre o governo para que o prazo seja prorrogado. O tema deverá ser um dos principais tópicos da primeira reunião do conselho político do governo sob a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Apesar de dizer que o governo ainda não definiu de que maneira resolverá a questão, Miriam Belchior disse que é um "critério de bom senso" deixar intactos os recursos para obras já iniciadas.

Retrato de Elizabeth Taylor feito por Andy Warhol é colocado à venda

Liz Taylor, por Andy Warhol
Um retrato da atriz Elizabeth Taylor feito pelo artista plástico Andy Warhol, em 1963, será colocado à venda em maio por um preço estimado entre US$ 20 milhões e US$ 30 milhões, informou nesta quinta-feira a casa de leilões nova-iorquina Phillips de Pury & Company. O retrato da atriz, que morreu nesta quarta-feira, em Los Angeles, aos 79 anos, vítima de uma insuficiência cardíaca, irá a leilão no dia 12 de maio em Nova York. "A tela é uma jóia. É Warhol em seu melhor momento", indicou o diretor de arte contemporânea da Philips, Michael McGinnis, que ressaltou o azul-turquesa do fundo e classificou a obra como "um clássico" que reflete Elizabeth Taylor "tal como era ela quando Warhol a pintou há quase 50 anos". A pintura, disse, tem "tudo" o que qualquer grande colecionador de arte dos séculos XX e XXI gostaria. Ele afirmou que o glamouroso retrato da atriz de olhos violeta "é uma mostra dos aspectos mais importantes que Warhol abordou ao longo de sua obra, incluindo a celebridade, o bem-estar, os escândalos, o sexo, a morte e Hollywood". "É o epítome do velho glamour do estilo de Hollywood. Liz Taylor foi uma das mais famosas inspirações de Warhol, assim como Marilyn Monroe e Jackie Kennedy", acrescentou o especialista. O ícone da pop art se sentiu atraído pela atriz britânica por seus inúmeros romances e pelas tragédias que viveu. Ela "foi uma formidável influência ao longo de toda sua carreira", disse McGinnis. O retrato, disse o diretor da casa de leilões, "captura a pele luminosa, os assombrosos olhos violeta e seus lábios vermelhos. O poder de sua atração nunca foi tão evidente como nesta pintura de Warhol, que é um deslumbrante tributo a Elizabeth Taylor".

França derruba jato líbio que violou zona de restrição aérea

Um jato francês derrubou nesta quinta-feira um avião militar líbio que sobrevoava a cidade de Misrata, na primeira violação à zona de restrição aérea imposta no país. Segundo a imprensa americana, o avião líbio era um Soko G-2 Galeb. Ele sobrevoava a cidade de Misrata, cidade sob controle dos rebeldes e que há dias é atacada por tanques e franco-atiradores das forças leais ao ditador Muamar Kadahfi. O incidente foi a primeira violação à zona de restrição aérea no país, imposta desde sábado pelas forças da operação Aurora da Odisséia, que visa ainda a proteger os civis dos ataques de Kadahfi. Em uma entrevista coletiva, oficiais das Forças Armadas francesas disseram apenas que seus jatos atacaram uma base militar a 250 quilômetros da costa mediterrânea da Líbia, durante a noite. O ataque foi realizado com mísseis Scalp disparados por patrulhas de Rafales e Mirages 2000-D, declarou o coronel Thierry Burkhard, porta-voz do Estado Maior, sem precisar a localização exata da base. Segundo a Enciclopédia de Aviões de Guerra Modernos, um Soko G-2 Galeb é uma aeronave desenvolvida pela Iugoslávia, com um motor e dois assentos, usada para ataques à terra e missões de reconhecimento. O avião, que pode ser equipado com bombas leves e foguetes, é capaz de chegar a velocidade de um jato de passageiros. Sua produção começou em 1964 e foi interrompida 21 anos depois. As forças de coalizão já haviam atacado tanques do governo nos arredores de Misrata. O ataque, contudo, não impediu o avanço das forças de Gaddafi. Protegido pela escuridão da noite, os tanques bombardearam uma área perto do principal hospital principal da cidade, retomando o seu ataque, segundo moradores e rebeldes. "A situação é muito grave", disse um médico da cidade, por telefone, antes da linha ser cortada. Um residente em Zintan, a sudoeste de Trípoli, disse que as forças leais a Kadahfi estão recebendo reforços. No leste do país, os rebeldes ainda não conseguiram entrar na cidade de Ajdabiyah, após mais de três dias para tentar recapturá-la. As forças britânicas lançaram nesta quinta-feira 14 mísseis Tomahawk teleguiados contra a defesa aérea líbia, na quinta noite da intervenção militar internacional no país.

Investimento no Tesouro Direto chega a R$ 5 bilhões em fevereiro

O estoque de títulos públicos vendidos por meio do Tesouro Direto nas mãos de pessoas físicas ultrapassou o patamar recorde de R$ 5 bilhões em fevereiro, significando aumento de 50% em 12 meses. O número de novos clientes habilitados para comprar títulos do governo diretamente pela internet bateu recorde no mês passado. Foram cadastradas 5.902 pessoas, o que eleva o total para 225,6 mil. No mês passado, os títulos mais vendidos foram aqueles indexados à inflação (NTN-B e NTN-B principal), seguidos pelos papéis prefixados (LTN e NTN-F), cada um representando pouco mais de 43% das vendas. O restante se refere aos títulos remunerados pela taxa básica de juros (LFT). Dados do Tesouro Nacional mostram que, até a última quarta-feira, a rentabilidade acumulada em 12 meses nesses papéis varia de 10,94% a 22,23%, acima da inflação de 6%. Para entrar no Tesouro Direto, é preciso estar cadastrado em um banco ou corretora. A taxa cobrada por essas instituições varia de zero a 1% ao ano.

DEM extingue comissão provisória em São Paulo após saída de Kassab

A Executiva Nacional do DEM decidiu nesta quinta-feira extinguir a comissão provisória do partido em São Paulo depois que o prefeito Gilberto Kassab anunciou sua saída da legenda. A decisão veio após Kassab deixar por conta própria a comissão no início desta semana, da qual era presidente. O órgão é responsável por comandar os atos do DEM no Estado de São Paulo. O partido não extinguiu o diretório municipal do DEM em São Paulo, também presidido por Kassab, uma vez que o órgão tem os seus membros eleitos, o que impede sua dissolução pelo comando da sigla. O comando do partido vai definir a nova comissão provisória do Estado para fazer uma intervenção no diretório municipal, o que automaticamente afastará Kassab da função.

Saldo do FGTS cresce 46% e chega a R$ 3,8 bilhões

A arrecadação do FGTS chegou a R$ 3,8 bilhões no primeiro bimestre deste ano, número superior aos R$ 2,6 bilhões registrados no mesmo período de 2010, segundo dados parciais do Conselho Curador do FGTS e da Caixa Econômica Federal. Neste ano, a arrecadação já chegou a R$ 12,2 bilhões, diante dos R$ 10,7 bilhões em 2010 no período. No mês de fevereiro, os saques do FGTS totalizaram R$ 4,5 bi, representando retração de 2,61% em relação ao mesmo mês do ano passado. Ainda em fevereiro, a arrecadação líquida foi de R$ 1 bilhão, significando aumento de 14,1%, e a bruta de R$ 5,5 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, a arrecadação bruta já soma R$ 68,3 bilhões, e os saques R$ 54,9 bilhões, resultando em arrecadação líquida de R$ 13,3 bilhões.

Dívida pública sobe 2,6% em fevereiro e atinge R$ 1,67 trilhão

Os aumentos da inflação e da taxa básica de juros elevaram o custo da dívida pública federal acumulado em 12 meses, que passou de 11,43% ao ano em janeiro para 11,70% em fevereiro, segundo dados do Tesouro Nacional. Em fevereiro do ano passado, esse custo era de 9,4% ao ano. No mês passado, a dívida do governo federal subiu de R$ 1,63 trilhão para R$ 1,67 trilhão, o que representa um aumento de 2,6%. A previsão é terminar o ano com um endividamento entre R$ 1,8 trilhão e R$ 1,9 trilhão. A participação de estrangeiros na dívida teve um pequeno recuo, de 11,8% para 11,4%. Desde que o governo aumentou o IOF para essas aplicações, a participação de estrangeiros se mantém praticamente estável.

Supremo diz que processos pela Maria da Penha não permitem suspensão

Agressores enquadrados na Lei Maria da Penha não podem ganhar o benefício de ter o processo judicial suspenso por um prazo, ao final do qual podem escapar da condenação, segundo decidiu o Supremo Tribunal Federal na tarde desta quinta-feira. O colegiado entendeu como constitucional o artigo 41 da Lei Maria da Penha. Este artigo rejeita a aplicação de uma outra lei, que trata de crimes de menor potencial ofensivo e institui o benefício da suspensão condicional do processo. Essa suspensão permite que, para determinados crimes em que a pena mínima é de até um ano e nos casos em que o agressor não é processado por outro crime ou já tenha sido condenado, o processo seja suspenso pelo prazo de até quatro anos. Nesse período, o agressor precisa cumprir determinadas condições, como comparecer mensalmente no juizado. Cumpridas as restrições, o agressor pode ficar livre da condenação.  Em dezembro de 2010, o Superior Tribunal de Justiça tomou uma posição contrária à desta quinta-feira, entendendo pela primeira vez que o benefício poderia ser aplicado nos casos de agressão doméstica contra a mulher. A decisão do Superior Tribunal de Justiça foi criticada pelo governo federal, pelo movimento de mulheres e pelo Ministério Público Federal, que vêem a suspensão como uma forma de flexibilização da lei. Apesar de polêmica, a suspensão condicional do processo é usada largamente nos Estados. Muitos promotores e juízes entendem que ela possibilita uma vigilância maior do agressor e uma solução mais rápida do conflito. Além de se posicionarem sobre a suspensão em si, os ministros do Supremo saíram em defesa da Lei Maria da Penha como forma de garantir a aplicação da Constituição em pelo menos dois aspectos: a defesa da família e da igualdade de direitos. "A Lei Maria da Penha, que veio estabelecer a necessidade de uma proteção maior à mulher no seio da família, é, além de Constitucional, extremamente necessária. É no seio da família que se dá, no dia a dia, as maiores violências e atrocidades. É lá que se forma a pessoa que vai ser violenta no futuro", defendeu o ministro Dias Toffoli.

Governo coloca mais R$ 5,2 bilhões no BNDES

O Tesouro Nacional injetou na semana passada mais R$ 5,2 bilhões no BNDES, o que eleva o valor a ser colocado no banco este ano dos R$ 55 bilhões previstos para mais de R$ 60 bilhões. Uma medida provisória de setembro do ano passado autorizava o Tesouro a emitir títulos para transferir até R$ 30 bilhões ao BNDES. O dinheiro seria utilizado para que o banco participasse da operação da capitalização da Petrobras. Foram necessários, no entanto, apenas R$ 24,75 bilhões. Agora, aproveitou-se essa diferença para destinar mais recursos ao banco. No total, a instituição já recebeu cerca de R$ 210 bilhões desde 2008 para aumentar sua capacidade de empréstimos. Já há autorização para uma injeção de mais R$ 55 bilhões em 2011. Jamais, em toda a história do Brasil, o governo repassou tanto dinheiro para o mundo empresarial como agora. E a suprema ironia é que é um governo de partido dos "trabalhadores".

Indio da Costa confirma saída do DEM e diz que ainda não decidiu futuro partido

O ex-candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB), Indio da Costa, confirmou na manhã desta quinta-feira, pelo Twitter, que está saindo do DEM. "Saio do DEM para permanecer com as mesmas idéias: democracia começa no partido, não pode ser apenas discurso", afirmou ele a seus seguidores. Indio da Costa já havia acusado o ex-presidente do DEM, Rodrigo Maia, e seu pai, o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia, de controlarem o DEM do Rio de Janeiro como "um cartório" e limitarem os seus movimentos. Nesta manhã, questionou um internauta: "Você aceitaria que interviessem no diretório municipal do seu partido, sem garantir eleição interna?" Indio da Costa não confirmou, porém, que seu destino seja o PSD, partido que está sendo criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Como não ocupa cargo eletivo atualmente, ele pode ir para qualquer partido, não correndo risco de perder o mandato por infidelidade partidária. "Não decidi para onde vou. A fidelidade partidária é para quem tem mandato, eu não tenho", escreveu. A intenção do ex-deputado federal é concorrer à Prefeitura do Rio, em 2012. A real é a seguinte: ele é mais um político que capitula e que vai para a base de apoio do governo petista.

Vendas da Porsche crescem 33% na região da América Latina

A Porsche Latin America, braço da montadora que atende a região do Caribe e da América Latina, fechou 2010 com aumento de 33% nas vendas, na comparação com o ano anterior, contabilizando 2.569 carros nessa área de atuação. "Depois do lançamento do novo Cayenne em junho, tivemos os seis meses de maior sucesso na história da PLA. A América Latina continua a ser o mercado emergente com crescimento mais rápido para a Porsche, e o ano de 2010 foi um dos melhores anos que tivemos em termos de vendas na região", afirma Matthias Brück, presidente da Porsche Latin America, fundada em 2000, em Miami. O utilitário esportivo de luxo Cayenne registrou vendas de 1.404 unidades. O Brasil continua a ser o principal mercado na região, com a venda total de 911 unidades, o maior número contabilizado em apenas um mercado na América Latina. O México ficou em segundo lugar (443), com o Chile em seguida (225). Para 2011, segundo Brück, os planos são de continuar aumentando a rede de importadores e concessionárias na América Latina.

JBS registra perdas de R$ 264 milhões em 2010

O gigante do setor frigorífico JBS registrou prejuízo de R$ 264 milhões no exercício de 2010, ante um lucro de R$ 220,1 milhões no balanço anterior. Somente no quarto trimestre, as perdas somam R$ 539,3 milhões, ante um lucro de R$ 127,9 milhões no trimestre final de 2009. A companhia também calculou o lucro, excluindo despesas não recorrentes e despesas financeiras excepcionais. Por essa conta, a companhia teria apurado um ganho de R$ 196,1 milhões no ano passado, o que representa um decréscimo de 10% sobre o lucro de 2009. A receita líquida somou R$ 55,055 bilhões, em um crescimento de 57,7% sobre o resultado em 2009. Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) foi de R$ 3,756 bilhões, quase o triplo da cifra registrada em 2009. Os ganhos de 2010 foram afetados pelo lado financeiro do balanço. O chamado resultado financeiro líquido (a diferença entre os ganhos com aplicações e as despesas financeiras) teve um saldo negativo de R$ 2,220 bilhões. No ano passado, esse item do balanço também foi negativo, porém em menor montante (R$ 579 milhões). Entre os vários gastos não recorrentes que o JBS teve em 2010, destacam-se dois: o pagamento de um prêmio aos debenturistas de R$ 521,9 milhões, e os gastos de R$ 90 milhões com reorganização e reestruturação, após a compra da Pilgrim, segunda maior produtora de frango dos Estados Unidos.

Vôos semanais Brasil-Espanha sobem para 42 em junho

O secretário-geral de Turismo e Comércio Interior da Espanha, Joan Mesquida, que visitou o Brasil na quarta-feira, diz esperar que o aumento de conexões aéreas entre os países, que alcançará os 42 vôos semanais em junho, contribuirá para estimular o fluxo de visitantes a seu país. Mesquida, que inaugurou o novo escritório de turismo da Embaixada da Espanha em São Paulo, afirmou que é necessário aumentar as atividades promocionais para "reforçar a presença turística da Espanha" no Brasil. Ele também disse que os 241 mil turistas brasileiros, dos 53 milhões que visitaram a Espanha no ano passado, dispõem de "alto poder aquisitivo" e preferem opções alternativas ao tradicional sol e praia. "O turista brasileiro é muito apreciado" e tem um "enorme potencial", de acordo com o espanhol. E destacou as cidades de Madri e Barcelona, além da comunidade autônoma da Andaluzia, como lugares mais visitados. Segundo o ministro, o turista que viaja ao seu país apresenta um índice de "fidelidade sem comparação", já que 84% dos visitantes estiveram na Espanha anteriormente, sendo que 41% em dez ou mais ocasiões.

Clube dos 13 adia ida ao Cade por direitos de transmissão

Prometida para esta quinta-feira, a ida do Clube dos 13 ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), em busca dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro entre 2012 e 2014, ficou para a próxima semana. O Clube dos 13 diz que o adiamento se deve a dificuldades na agenda dos representantes do órgão. A idéia do Clube dos 13 é mostrar os contratos assinados entre a entidade e a RedeTV!, vencedora da licitação, e tentar mostrar uma possível duplicidade. Segundo a Clube dos 13, o acordo assinado na última quarta-feira concede à emissora o direito de transmissão das partidas dos clubes filiados à entidade, com exceção de Corinthians, Palmeiras, Fluminense, Santos e Goiás. Os termos são os mesmos dos já divulgados à época em que a TV paulista venceu a concorrência. A seguir, disse que, com exceção de Corinthians, Fluminense, Santos, Palmeiras e Goiás, os demais "rebeldes" passaram ao Clube dos 13 procuração para negociar em seus nomes. Explicou que o fizeram por conta de operações de empréstimo com bancos com o aval da entidade. Quando alguns clubes, que já haviam esgotado todos os adiantamentos do contrato ainda vigente, procuraram um banco por mais recursos, ouviram que teriam de ser avalizados pelo Clube dos 13. Como não havia recebimentos suficientes em 2011 para garantir o pagamento, o banco exigiu que fossem dado como garantia recursos dos contratos de TV das temporadas 2012 a 2014. Os clubes, então, segundo o Clube dos 13, autorizaram a entidade a negociar, assinar e receber os valores dos futuros contratos de transmissão. Esse Clube dos 13 acabou se tornando o agiota de plantão dos clubes de futebol.

Polícia prende homem que agrediu ex-mulher em elevador em Santa Catarina

A Polícia Civil prendeu no fim da manhã desta quinta-feira, em Florianópolis (SC), o homem flagrado em vídeo tentando estrangular a ex-mulher em um elevador do prédio onde ela trabalha. Claverson Cabral de Jesus, de 25 anos, foi levado ao Centro de Triagem de Capoeiras, em Florianópolis. A delegada titular da Delegacia de Proteção à Mulher, Mônica Coimbra Forcellini, pediu a prisão preventiva por tentativa de homicídio. O mandado de prisão foi expedido nesta quinta-feira pela Vara da Violência Familiar da capital. No último sábado, uma câmera de segurança registrou o momento em que Claverson tentava asfixiar com um cinto a atendente de telemarketing Maria de Fátima Barros Eloi, de 20 anos. Ele também deu socos e chutes na jovem. Quando a porta do elevador abriu, ele fugiu. Na quarta-feira à noite, Claverson disse em depoimento à polícia que só pretendia dar um "susto" na ex-companheira, pois não se conformava com o fim do relacionamento. O relacionamento entre o rapaz e Maria de Fátima durou cerca de oito meses, dos quais sete eles passaram morando juntos. Ela terminou o relacionamento na semana passada.

Gol abre loja em centro de comércio popular, com vôos a R$ 10,00

A companhia aérea Gol abriu uma loja em Santo Amaro, região de comércio popular na cidade de São Paulo, oferecendo passagens por R$ 10,00. As viagens devem ser programadas até o dia 15 de maio, como data máxima. A promoção somente é válida para compras nesse ponto de venda (localizado dentro de um shopping local), sendo restrita para viagens domésticas (ida e volta) com origem na capital e esgota no dia 31. Os quiosques nas estações de metrô da Luz, Sé e Shopping Itaquera estão incluídos nessa campanha. Além da passagem mais barata, o comprador também terá direito a uma franquia extra de 10 quilos na bagagem. A loja de Santo Amaro não é a primeira iniciativa da Gol em se instalar numa região de comércio popular. A empresa já tem uma loja no Largo 13 de maio, aberta em dezembro de 2009. O número de passageiros de avião cresceu aceleradamente, enquanto o total de usuários de ônibus caiu. De 2002 a 2010, o número de passageiros de avião cresceu 115%, e o de passageiros de ônibus, informado pelas empresas, caiu 31%. Somente no ano passado, o Brasil registrou 66 milhões de passageiros de avião em ligações entre Estados. Já o total de viajantes de ônibus ficou perto de 67 milhões em 2010, nível que está em queda desde 2003 e que já não deve se repetir este ano.

Portugal sofre rebaixamento na classificação de risco

A agência de classificação de risco Fitch anunciou nesta quinta-feira que rebaixou a nota de risco de Portugal de A+ para A-, como consequência do veto do Parlamento ao plano de austeridade apresentado pelo governo. A redução de A+ para A- significa que Portugal perdeu dois degraus na escala de risco da agência, o que é pouco comum e mostra a rápida deterioração da crise do país. Normalmente, uma agência coloca o país que está em crise em perspectiva negativa para avaliar a situação e na próxima avaliação rebaixa uma nota. Apesar da rebaixamento, Portugal continua com nota que representa "grau de investimento", ou seja, permanece no clube de países mais seguros para se investir. O Brasil, que também é grau de investimento, tem classificação BBB-, a menor nota entre os destinos mais seguros para investir. A redução de A+ para A- foi feita na nota de risco para as dívidas de longo-prazo em moeda estrangeira e moeda local. O risco para dívida de curto prazo para moeda estrangeira também foi reduzido, de F1+ para F1 (um degrau de redução). A agência explicou que mantém o país em perspectiva negativa e sua decisão reflete o "crescimento de risco" depois do veto ao pacote que tinha o objetivo reduzir a dívida e o deficit públicos do país. O "risco" ao qual a agência de classificação se refere é o de o país dar um calote na dívida, ou seja, deixar de pagar seus investidores. Além de reduzir a nota de Portugal, a agência colocou o país em perspectiva negativa, o que significa que pode sofrer novos rebaixamentos nos próximos meses. "O rebaixamento reflete um ambiente muito mais difícil de financiamento para o governo e os bancos de Portugal", explicou a agência. Na nota explicativa, a agência disse acreditar que a economia de Portugal vai entrar em recessão. A Fitch disse esperar que Portugal registre um déficit público de 7,3% do PIB este ano.

Francesa Lafarge planeja IPO de unidade brasileira

A produtora francesa de cimento Lafarge, maior do setor no mundo, está contratando bancos para uma oferta inicial de ações (IPO) de sua unidade brasileira. Ainda há um debate sobre se a companhia completará neste ano o IPO, que deve ser bilionário, mas profissionais de bancos estão dizendo que esse seria o plano. O Morgan Stanley deve ser escolhido coordenador-líder da operação, com alguns dos maiores financiadores da Lafarge também ajudando a estruturar a oferta, incluindo Citigroup, HSBC, BNP Paribas, Natixis e Société Générale. A Lafarge está no Brasil desde 1959, com fábricas e estações de moagem para a produção de cimento em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Paraíba, Bahia e Pernambuco. O grupo tem ainda unidades de concreto, mineração e gesso. A Lafarge dobrou de tamanho no Brasil em julho do ano passado, depois de assumir ativos da Votorantim pela venda de sua participação na cimenteira portuguesa Cimpor ao conglomerado brasileiro. A capacidade da Lafarge no Brasil subiu para cerca de 7 milhões de toneladas anuais, colocando a empresa entre as maiores do setor. As vendas de cimento no Brasil vêm sendo puxadas pelo desempenho do setor de construção civil, sobretudo na área de imóveis residenciais, impulsionada pelo programa do governo "Minha Casa, Minha Vida". Além disso, os empreendimentos do PAC estão aumentando a demanda por cimento e há ainda importantes obras previstas para Copa do Mundo e Olimpíadas, em 2014 e 2016, respectivamente. Durante os 12 meses até fevereiro, as vendas de cimento no mercado interno cresceram 14,2% sobre o período anterior, com 59,9 milhões de toneladas, segundo dados do Snic (Sindicato Nacional da Indústria de Comento). A brasileira Liz Cimentos está com IPO em andamento e será a primeira do setor a ter ações negociadas na Bovespa. A Liz, focada nos mercados de Minas Gerais e São Paulo, levantará até 837 milhões de reais em sua oferta primária, considerando o teto do preço sugerido para a ação e o exercício integral de lotes suplementar e adicional de papéis, se houver demanda.

Déficit da Previdência cai 17% em fevereiro e soma R$ 3 bilhões

A Previdência Social registrou déficit de R$ 3,31 bilhões em fevereiro, valor 17,6% menor do que o registrado no mesmo mês do ano passado. Na comparação com janeiro, porém, o déficit subiu 9,1%. A melhoria é resultado de um crescimento de 9,9% na arrecadação líquida em relação a fevereiro de 2010, que somou R$ 17,7 bilhões. Já as despesas cresceram 4,4% e somaram 21,09 bilhões. No primeiro bimestre, o déficit chega a R$ 6,35 bilhões, valor 20,5% menor do que no mesmo período de 2010.

Governo Dilma troca comando da Caixa Econômica Federal

A presidente Dilma Rousseff decidiu mudar o comando da Caixa Econômica Federal. A atual presidente do banco, Maria Fernanda Ramos Coelho, entregou seu cargo ao Ministro da Fazenda, Guido Mantega. Para seu lugar, o PT indicou ao menos dois nomes, Jorge Hereda, atual vice-presidente de governo, e Clarice Coppetti, vice-presidente de Tecnologia. Hereda, porém, é hoje o nome mais forte. A expectativa é de que o martelo seja batido nas próximas horas. Maria Fernanda vai representar o Brasil no BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A mudança na cúpula da Caixa ocorre após o escândalo de fraudes no Banco Panamericano, adquirido pelo banco estatal no final de 2009. Quatro vice-presidências também deverão ser trocadas, entre elas a de Finanças, hoje ocupada por Márcio Percival, cargo que coordenou a compra de metade do banco que pertencia ao empresário Silvio Santos. Dilma aproveitará a mexida para acomodar o PMDB. O ex-ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) vai assumir uma das vice-presidências, provavelmente a de Loterias.

Caixa Econômica Federal reduz juros para financiamento de veículos em São Paulo

A Caixa Econômica Federal oferece até segunda-feira uma linha de financiamento de veículos com juros diferenciados no Estado de São Paulo para clientes do banco. A taxa de 2,25% ao mês foi reduzida para 1,45% para o financiamento de carros novos ou usados com prazo de pagamento de até 60 meses sem entrada. A linha contempla veículos com até cinco anos de fabricação. Apesar das medidas de restrição ao crédito impostas pelo Banco Central em dezembro, as vendas de veículos novos no Brasil bateram recorde de licenciamentos em fevereiro (274,2 mil) e no acumulado do ano (519,1 mil), de acordo com os dados da Fenabrave (federação das concessionárias). Os números, que englobam automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões, mostram expansão de 12% em fevereiro em relação a janeiro e de 24,1% no confronto com o mesmo mês do ano passado, quando ainda havia redução de IPI. No bimestre, a alta atinge 19,5%. A impressão é de que a diretoria da Caixa Econômica Federal joga contra a política econômica do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

Elizabeth Taylor será enterrada no mesmo cemitério que Michael Jackson

Amigos e familiares participam nesta quinta-feira do velório da atriz Elizabeth Taylor. A cerimônia será fechada. Ela será enterrada no cemitério Forest Lawn, em Los Angeles, onde o corpo de Michael Jackson também foi enterrado. O enterro deve ocorrer ainda na tarde de hoje e também será uma solenidade fechada a familiares e amigos. Uma das maiores estrelas do cinema, Elizabeth Taylor morreu à 1h28 de quarta-feira, de insuficiência cardíaca congestiva. Ela tinha 79 anos. Elizabeth Taylor estava internada no centro médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, desde o início de fevereiro.

Starbucks diz que 3 milhões compram café por meio de aplicativo para o celular

A rede de cafés Starbucks, que implantou um sistema de pagamento móvel para iPhone e BlackBerry em janeiro, anunciou que mais de 3 milhões de pessoas usam o aplicativo para smartphones da companhia nos Estados Unidos, segundo informou o site de mídias sociais Mashable. "A Starbucks agora oferece o maior sistema de pagamento móvel para o país", disse Brady Brewer, vice-presidente da companhia, ao apresentar o número. O sistema de pagamento permite ao consumidor controlar a conta por meio de um código de barras, que é lido em scanners das lojas. Hoje, o pagamento via aplicativo de celular corresponde a 22% de todas as transações, informou a companhia.

Coalizão militar da ONU diz que Força Aérea líbia está destruída

Após cinco dias de ataques a alvos da defesa do regime de Muamar Kadahfi, a coalizão liderada por Estados Unidos, França e Reino Unido conseguiu destruir a Força Aérea líbia, afirmou um oficial britânico. "A Força Aérea líbia efetivamente não existe mais enquanto força de combate, e o sistema integrado de defesa aérea e de comando e controle foi severamente danificado", disse Greg Bagwell, que comanda as operações aéreas britânicas na Líbia. Segundo Bagwell, as forças aliadas operam agora virtualmente imunes a ações de forças leais ao ditador líbio. O anúncio representa a quase conclusão de um dos objetivos da intervenção militar: a imposição da zona de exclusão aérea na Líbia. A medida visa evitar que as forças de Kadahfi promovam ataques contra bastiões rebeldes e sufoquem a revolta que tenta depor o ditador, cenário que se desenhava quando foi aprovada a ação na ONU, há uma semana. Nesta quarta-feira, as forças aliadas também atacaram tanques e artilharia líbia para debilitar a capacidade do regime de realizar ações contra civis, outro objetivo da missão. Para evitar especulações, o presidente americano, Barack Obama, voltou a descartar a eventual invasão por terra. "Está totalmente fora de questão", disse ele. No quinto dia de intervenção, a coalizão internacional concentrava ações, além da capital, Trípoli, nas cidades de Ajdabiyah e de Misrata. A primeira é o principal front de batalha entre os rebeldes que controlam o leste do país, baseados em Benghazi, e as forças oficiais. E Misrata é o principal reduto opositor na parte ocidental. A cidade, a terceira maior do país, é alvo de intensa ofensiva governista. Também ontem, embarcações da Otan começaram a patrulhar o litoral líbio para garantir o embargo da ONU ao país.

STJ nega liminar para acesso à relação de superpassaportes

A 1ª seção do Superior Tribunal de Justiça) negou liminar à Folha que pedia acesso à lista com os nomes dos beneficiados com a concessão de passaportes diplomáticos em caráter excepcional de 2006 a 2010. Nove ministros seguiram o relator do mandado de segurança da Folha, Hamilton Carvalhido, que afirmou não haver prejuízo caso a lista seja concedida somente no final da análise da ação, "já que a informação poderá ser veiculada na imprensa a qualquer tempo". Como a decisão provisória foi negada, agora será marcado o julgamento do mérito da ação pela corte. Reportagem da Folha publicada no dia 6 de janeiro revelou que os filhos do ex-presidente Lula Marcos Cláudio, 39, e Luís Cláudio, 25, receberam o superpassaporte -que dispensa visto na maioria dos países e não tem custo. O pedido foi feito por Lula, e o documento concedido em caráter excepcional por "interesse do país". Outros parentes do petista também receberam o documento. A Folha requisitou ao Itamaraty a lista com os nomes de todos os beneficiados com o documento em caráter excepcional no período, o que foi negado. Assim, o jornal entrou com o recurso no Superior Tribunal de Justiça. Videversus considera que o Superior Tribunal de Justiça está dando abrigo para os que agem contra a liberdade de informação. O argumento invocado pelo ministro Hamilton Carvalhido é um absurdo. O tempo para ser concedida uma informação, para ser divulgada, é o tempo em que ela é solicitada. E pronto. O resto é cerceamento de liberdade de informação.

Perdas em lavouras de soja em municípios de Goiás chegam a 40%

Em Goiás, 14 municípios podem decretar situação de emergência por causa das perdas provocadas pelas chuvas nas lavouras de soja. Em Goiatuba, no sul do Estado, 40% das plantações estão comprometidas e o prejuízo pode ultrapassar R$ 120 milhões. A preocupação com o clima é tão grande que produtores permanecem com as máquinas na lavoura. No menor sinal de tempo seco, o trabalho é retomado, mas isso não acontece há um bom tempo. Durante o mês de março, só não choveu em três dias. Áreas que deveriam ser colhidas há mais de uma semana estão sofrendo com o excesso de umidade. Na parte de baixo da planta, os brotos revelam que muita coisa está perdida. As plantas da lavoura e a qualidade dos grãos indicam que a renda do produtor já está comprometida. A soja chega ao armazém com alta umidade. A secagem é complicada e, em alguns casos, impossível, o que diminui bastante o valor do produto. No setor de recebimentos de grãos da cooperativa da cidade, em plena safra, não há movimento de caminhões. Quando chega algum carregamento, de 20 mil quilos, por exemplo, apenas 60% passam pela classificação. "A situação é meio desesperadora em toda região", diz Antônio Arcensio Neto, presidente da Cooperativa Mista dos Produtores de Soja de Goiatuba. Goiatuba segue o caminho de outros 13 municípios do Estado, que enfrentam a mesma situação. As prefeituras da região são as mais preocupadas com os problemas durante a colheita.

Frigorífico Mataboi suspende compras de gado em quatro unidades

Desde a última segunda-feira, o frigorifico Mataboi suspendeu as compras de gado em quatro unidades. São abatedouros nas cidades de Araguari (MG), Rondonópolis (MT), Santa Fé (GO) e Três Lagoas (MS). O motivo seria o alto endividamento do frigorifico e a dificuldade de pagar os pecuaristas. Produtores informam que vinham vendendo bois para a empresa com prazo de 30 dias, já que o frigorifico informava não ter condições de pagar a vista. A direção do Mataboi disse que até esta sexta-feira deve se pronunciar oficialmente sobre o assunto.

Técnicos restabelecem eletricidade no reator 1 de Fukushima

A eletricidade foi parcialmente restabelecida nesta quinta-feira na sala de controle do reator 1 da central de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, informou a Agência de Segurança Nuclear japonesa. "Às 11h30 (23h30 Brasília de quarta-feira), a sala de controle (do reator 1) foi iluminada, mas ainda não sabemos se o sistema de refrigeração poderá ser acionado", disse um responsável da Agência. Fukushima Daiichi foi atingida no último dia 11 por um terremoto seguido de um tsunami de 14 metros que interrompeu o fornecimento de energia e provocou o colapso na refrigeração dos reatores, após a paralisação das bombas d'água. O sistema de emergência, que utiliza geradores a diesel, também caiu. Na noite de terça-feira foi restabelecida a energia na sala de controle do reator 3, por meio de um cabo de alta tensão ligado a uma rede de eletricidade fora do complexo. No momento, todos os reatores têm acesso à eletricidade, mas os técnicos verificam a integridade dos sistemas de bombeamento de água para resfriamento. A Agência de Segurança Nuclear informou que técnicos da operadora da central, a Tokyo Electric Power (TEPCO), tentarão religar em breve a bomba d'água do reator 3, o que mais preocupa. "Os operários esperam poder abandonar o uso da água do mar e utilizar a bomba para alimentar a piscina de retenção com água corrente", declarou um responsável da Agência. Segundo a Agência, o sistema elétrico do reator 3 está "relativamente em bom estado". Os bombeiros jogam água no reator para resfriar o combustível nuclear e impedir que entre em fusão.