segunda-feira, 4 de abril de 2011

Ponte considerada símbolo de Florianópolis corre risco de cair

A ponte Hercílio Luz, um dos maiores símbolos de Florianópolis (SC), corre risco de desabar. Segundo o presidente do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura), Paulo Meller, três das quatro rótulas embaixo das torres de sustentação estão desgastadas e comprometem a integridade da ponte. As três estruturas, feitas para oscilar e amortecer o peso da ponte, estão rígidas há "um longo tempo", disse Meller. Em 1982, a ponte foi interditada por problemas estruturais. Para diminuir o peso, foi retirada a capa de asfalto. O coordenador do Consórcio Florianópolis Monumento, Cássio Magalhães, responsável pela reforma da estrutura, afirmou que uma fratura em uma das 360 barras de suspensão da ponte também a colocam a risco. "Estamos caminhando a menos de 1% ao mês com o investimento, é muito problemático isso", disse Magalhães. A reforma da ponte, iniciada em dezembro de 2008 e prevista para ser concluída até o início de 2014, deve consumir mais R$ 170 milhões, segundo o governo estadual. O governador Raimundo Colombo (DEM) disse neste ano considerar os custos muito altos. Uma estrutura provisória de aço será feita para aliviar o peso no vão central da ponte e tornar possível seu desmonte. A estrutura deve consumir cerca de R$ 60 milhões, disse Meller. Para viabilizar as obras, o governo quer obter recursos junto às iniciativas pública e privada, de acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Valdir Cobalchini. "Dificilmente o Estado teria sozinho esses recursos. Conseguiria pagar sozinho, mas não com a velocidade que se quer", afirmou Meller. Segundo ele, em 2011, o governo deve investir na obra de R$ 20 milhões a R$ 22 milhões.

Banco Central amplia cobrança de IOF para recursos captados no Exterior

O Banco Central decidiu ampliar a cobrança de 6% de IOF (Imposto sobre operações financeiras) nos recursos captados no Exterior com vencimento em até um ano. A partir de agora, além das novas contratações, as operações de renovação, repactuação ou transferência das dívidas para terceiros também serão obrigadas a pagar o imposto. A medida comunicada nesta segunda-feira ao mercado é uma tentativa de fechar brechas na regulamentação anunciada na semana passada e que tinha como um dos objetivos limitar o poder dos bancos de se alavancarem no Exterior para conceder financiamentos no País. Nos dois primeiros meses deste ano, o ingresso de recursos no País nessas três modalidades somou US$ 12,564 bilhões em 1.357 operações. Desse montante, US$ 5,645 bilhões eram de curto prazo. As renovações e repactuações são as operações mais comuns. Na prática, se um banco tinha uma linha de crédito antiga com uma outra instituição no Exterior, ele poderia simplesmente renová-la em vez de quitá-la e tomar uma nova. Dessa forma ficaria livre da incidência do imposto.

Renner está comprando a rede de lojas Camicado

A Lojas Renner divulgou na noite desta segunda-feira que assinou contrato para a compra da cadeia de lojas Camicado, que atua no no segmento de casa e decoração. A efetivação da compra ainda depende de aprovação em assembléia de acionistas, que será realizada no dia 4 de maio. A Camicado tem 27 lojas em sete Estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul). Segundo informou a Renner, o mercado de casa e decoração tem um potencial de consumo de R$ 15,7 bilhões. "O aumento da renda da classe média brasileira e o crescimento da construção civil, que tem um dficit de 7,2 milhões de moradias, impulsionam o setor de casa e decoração, criando um cenário atrativo para voltarmos a atuar num segmento cujo expertise está impresso na história da Renner", disse, em nota, o diretor presidente da Lojas Renner, José Galló. A estratégia da rede é manter a independência jurídica da Camicado, com gestão operacional em separado, mas usando sua estrutura de áreas de apoio. A Renner aposta que seu cartão poderá ser um "importante alavancador" de vendas da Camicado.

Tribunal de Justiça gaúcho anula segundo ato ilegal de Tarso Genro em apenas um dia

Na segunda derrota  seguida sofrida pelo governador do Rio Grande do Sul, o peremptório "jurista" Tarso Genro, no mesmo dia,  a Justiça reconduziu aos cargos os diretores do Irga afastados por ato ilegal do Palácio Piratini A decisão unânime (24 a zero)  do órgão especial do Tribunal de Justiça mantém como diretores do Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga) os nomes aprovados pelo Conselho Deliberativo formado por produtores. Não há mais recurso possível contra essa decisão. Foi julgado o mérito do mandado de segurança impetrado contra Carlos Rafael Mallmann, Rubens Pinho Silveira e Valmir Gaedke. Eles são mantidos, portanto, como diretor Administrativo, diretor Comercial e diretor Agrícola, respectivamente. O presidente permanece Claudio Pereira, nomeado pelo peremptório "jurista" governador Tarso Genro, que nomeou uma nova diretoria logo que assumiu o governo, em janeiro. Ainda falta decidir a situação do presidente, também afastado por ato de força do governo Tarso Genro. O governo do PT desconsiderou lei própria assinada pela Assembléia Legislativa. O advogado dos diretores do Irga é Ricardo Alfonsin. Tarso Genro é assim. Há muito anos ele é conhecido como "Garoto de Ouro". Ele secmpre se achou o máximo. Achou, por exemplo, que podia desfazer decisão do Conare (Conselho Nacional de Refugiados) e dar refúgio ao terrorista italiano Cesare Batisti, assassino torpe de quatro pessoas na Itália. O Supremo Tribunal Federal decretou que seu ato era ilegal. Tarso Genro está caindo. Agora apenas um Tribunal de Justiça estadual diz que dois de seus atos foram ilegais.

DEM vai reivindicar secretaria de Afif no governo de São Paulo

O DEM vai reivindicar a chefia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, ocupada hoje pelo vice-governador Guilherme Afif Domingos, que deixou a legenda para fundar um partido, o PSD, com o prefeito Gilberto Kassab. O presidente da legenda, senador Agripino Maia (DEM-RN), disse nesta segunda-feira, após conversa com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), em São Paulo, que "é normal" que o partido peça o comando da pasta. "A parceria não é feita entre pessoas. É feita entre partidos. Essa consciência Alckmin tem e eu tenho", disse Agripino Maia: "Eu não vim aqui reivindicar espaço, mas é de se supor que isso venha a acontecer na medida em que a reinteração da aliança do DEM com o PSDB está posta, é normal. Participação é uma coisa que está implícita". Agripino Maia negou, no entanto, que a secretaria tenha sido alvo da conversa com Alckmin. Disse que a negociação sobre a pasta se dará no "tempo devido" e com a participação da bancada paulista do DEM. Segundo ele, assim que a composição da direção do partido no Estado for resolvida, essa conversa acontecerá. Kassab era presidente do DEM em São Paulo. Ao deixar o partido, houve a dissolução da direção estadual da legenda.

CNJ lança site para mapear sistema prisional

O Conselho Nacional de Justiça lançou nesta segunda-feira um site (www.cnj.jus.br/geopresidios) para mapear o sistema prisional do País. Chamado de Geopresídios, o programa está em fase de teste e é abastecido por juízes responsáveis pela execução penal. O CNJ determinou que todos os dados completos estejam disponíveis em 30 dias. Atualmente, é possível verificar a quantidade de vagas e estabelecimentos prisionais, população carcerária (masculina e feminina) e percentual de presos provisórios (que aguardam julgamento) em cada Estado. Há ainda detalhes por categorias, como o número de presas grávidas e quantos estudam. Pelos dados atuais no sistema, no Estado de São Paulo são 166.961 presos e 103.512 vagas em 2.355 estabelecimentos. São 10.705 presas e 156.256 presos. Os dados do sistema serão atualizadas regularmente a partir das inspeções mensais que os juízes fazem a penitenciárias, cadeias públicas, delegacias, hospitais de custódia e outras unidades do sistema carcerário brasileiro.

A farsa da condenação de Israel no Conselho de Direitos Humanos da ONU

No dia 3 de janeiro de 2009, o governo de Israel deu início à ofensiva contra a Faixa de Gaza, governada pela organização terrorista Hamas. Era uma resposta aos milhares de foguetes que o grupo terrorista disparava, e dispara ainda, contra o país. Israel, agredido, tinha e tem o direito de se defender. A imprensa mundial, majoritariamente esquerdopata e antiisraelense, gritava: “Crimes de guerra! Ação desproporcional!” Por “desproporcional”, queriam dizer que os foguetes do Hamas matavam poucos israelense. Os relatos da imprensa ocidental, quase todos, tinham origem em fontes palestinas, sobretudo nas chamadas “organizações humanitárias”, supostos médicos descompromissados, que estariam em Gaza com o único propósito de ajudar a população civil. Fazia-se de conta que o Hamas não se apresenta à população, antes de tudo, como uma organização humanitária! As coisas ficaram feias para valer com o chamado “Relatório Goldstone”, em outubro de 2009. O texto, com efeito, acusava tanto Israel como o Hamas de cometer “crimes de guerra”, mas a censura ao grupo terrorista era não mais do que lateral. Quem apanhava mesmo era o país agredido. O Brasil votou a favor do chamado Relatório Goldstone. O texto foi aprovado pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU, composto de 47 membros, por 25 votos a 6 e 11 abstenções. Cinco países se negaram até a votar. O nome do relatório é uma referência ao juiz sul-africano Richard Goldstone. Entre outras canalhices, o relatório omitiu as evidências de que o Hamas usou a população palestina como escudo. O conselho que aprovou esse relatório era composto pela ditadura do Egito, por Angola, Bangladesh, China, Cuba, Gabão, tudo países muito democratas, como se sabe. Agora, na última sexta-feira, o juiz sul-africano Richard Goldstone, o mesmo que redigiu o relatório que levou à condenação de Israel, escreveu um artigo no Washington Post em que, na prática, se desculpa por seu relatório. Em um espetacular recuo, como nunca se viu nesses casos, ele afirma que, se soubesse em 2009 o que sabe hoje, seu texto teria sido outro. Goldstone está dizendo: 1 - Sabe-se muito mais agora do que se sabia quando ele fez o relatório a pedido da ONU; hoje, o texto seria outro;  2 - O relatório final, da juíza Mary McGowan Davis, que se seguiu ao seu, reconhece que Israel tem feito esforços e investido recursos para apurar as acusações de má conduta; já o Hamas, até agora, não fez investigação nenhuma; 3 - O relatório aponta evidências de possíveis crimes de guerra tanto de Israel quanto do Hamas; 4 - As acusações de que Israel atacou civis intencionalmente foram feitas com base em relatos de campo, a partir da constatação de mortos e feridos; parecia não haver outra conclusão possível; apurações posteriores reforçam alguns incidentes apontados naquela apuração de campo, mas indicam que os civis não eram alvos intencionais das forças israelenses (ou seja: o núcleo do relatório é falso);
5 - O caso mais grave do relatório, a morte de 29 membros da família al-Simouni, tudo indica, foi mesmo decorrente de um erro de interpretação de um soldado, mas o caso está sendo investigado de maneira adequada, ainda que o processo seja lento; 6 - Goldstone saúda a disposição de Israel de fazer a investigação, endossa preocupação do relatório McGowan, segundo o qual poucos casos foram investigados até agora, diz que as apurações de Israel não negam a morte de civis, mas reconhece que eles não tinham evidências de que os civis foram alvos deliberados das ações israelenses, conforme consta do relatório; 7 - Goldstone chega a dizer que a falta de colaboração de Israel com a investigação acabou impedindo a tal comissão de distinguir, entre os mortos, quantos eram realmente civis e quantos eram combatentes; 8 - Goldstone diz que o objetivo nunca foi condenar Israel por princípio, reconhece que a resolução da ONU que pediu a investigação tinha um viés antiisraelense e que ele sempre achou que Israel tem o direito de se defender dos ataques externos (Hamas) e internos (terrorismo dentro do país). Tentando salvar um pouco a honra do seu relatório, exalta o fato de que ele foi o primeiro a reconhecer também as culpas do Hamas; 9 - Goldstone diz que o seu relatório nunca foi um processo judicial, mas uma conclamação para que cada parte procedesse à devida investigação (o relatório McGowan admite que Israel está fazendo a sua parte; o terrorista Hamas não está fazendo nada); 10 - Goldstone diz que alguns acusam a ingenuidade do seu relatório ao supor que o Hamas, que quer destruir Israel, faria uma investigação; o juiz confessa a esperança de que o Hamas pudesse fazê-lo, especialmente se Israel cumprisse a sua parte. Ele diz que esperava, quando menos, que o grupo reduzisse os ataques a Israel. “Infelizmente, não foi o caso”, constata o pateta sul-africano. E, agora, sim, diz queo fato de Hamas matar poucos israelenses com seus foguetes não muda a natureza do seu crime, o que merece uma condenação mais forte da ONU; .11 - No fim das contas, pedir ao Hamas que investigue os próprios crimes é perda de tempo; a ONU deveria exigir que a morte recente,  a sangue frio, de um casal israelense e seus três filhos, degolados enquanto dormiam (foi assassinado inclusive um nenê de quatro meses) fosse investigada; 12 - Goldstone tenta salvar alguma coisa de seu relatório; diz que ele contribui para que se tomem cuidados adicionais nas guerras em áreas urbanas, limitando o uso de fósforo branco; que levou a Autoridade Nacional Palestina a investigar os crimes praticados na Cisjordânia pelas forças do Fatah contra o Hamas, mas que o Hamas, em Gaza, não fez absolutamente nada para apurar as acusações de crimes de guerra e crimes contra a humanidade; 13 - O Hamas não está menos obrigado a seguir determinados procedimentos na guerra do que Israel; é preciso que todas as forças cooperem para proteger os civis". Israel exigiu no domingo a anulação do Relatório Goldstone. “O relatório tem de ir para a lata de lixo da história”, afirmou Binyamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel. Tem razão. “Nos nunca atacamos civis de forma deliberada, enquanto o Hamas nunca verificou quem iria ser atingido. Está certo de novo! Aquele que acusou Israel agora reconhece isso". Não basta um artigo no Washington Post para repor a verdade. Agora, os patetas petista do Brasil, como Lula e Celso Amorim, votaram a favor desse ridículo relatório que agora é renegado por seu próprio autor.

Crea quer cassar registro profissional de ex-coordenador do Daer

O ex-coordenador do Daer, Paulo Aguiar, preso em 18 de março, poderá ser impedido de exercer a profissão de Engenheiro Eletricista. O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-RS) decidiu encaminhar o pedido à Comissão de Ética Profissional após as denúncias de envolvimento em fraudes em licitações para instalação de pardais em rodovias gaúchas. A notificação do Conselho foi enviada diretamente ao Presídio Central, onde Paulo Aguiar se encontra. O presidente do Crea-RS, Luiz Alcides Capoani, abriu o processo no dia que o ex-coordenador foi preso. "Diante da gravidade e repercussão dos fatos, o processo receberá bastante atenção do Conselho. A Comissão de Ética pode acatar ou não o pedido de cassação do registro profissional, mas provavelmente vai acatar", adiantou o presidente. O ex-coordenador é acusado de má-conduta pública, descumprimento de deveres do ofício e utilização de privilégio profissional para benefício particular. Capoani afirma ainda que ele poderá ser punido primeiro com uma advertência reservada, depois uma advertência pública e, em última instância, restrição do exercício profissional. Paulo Aguiar foi preso preventivamente a pedido do Ministério Público. Ele seria reincidente em fraudes, após já ter sido denunciado em 20 de dezembro na 5ª Vara Criminal de Porto Alegre por peculato e crimes licitatórios envolvendo a empresa Engebras, que fabrica controladores.

Jackson Lago, ex-governador do Maranhão, morre aos 76 anos em São Paulo

Jackson Lago, ex-governador do Maranhão, de 76 anos, morreu na tarde desta segunda-feira no Hospital do Coração, em São Paulo. Lago fazia um tratamento de quimioterapia para o câncer de próstata. Médico de formação, ele foi governador de 2007 a 2009 quando foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Também foi prefeito de São Luís por três mandatos (1989-1992, 1997-2000 e 2001-2002).

Petista Vicentinho diz que aceitou ajuda sem saber que agência era de Valério

O deputado federal Vicentinho (PT-SP) foi à tribuna nesta segunda-feira para se defender sobre denúncias que envolvem seu nome no Mensalão do PT. Relatório final da Polícia Federal enviado pelo Supremo Tribunal Federal e divulgado pela revista "Época" confirma o pagamento de propina a deputados e desvio de dinheiro público para custear campanhas eleitorais. Vicentinho é um dos citados. Em seu discurso, ele admitiu que, em 2003, procurou o PT para pedir apoio à sua candidatura à prefeitura de São Bernardo do Campo e, em 2004, Delúbio Soares, então tesoureiro da legenda, o enviou uma agência de publicidade para ajudar com sua campanha. O deputado afirma, porém, que aceitou a ajuda mas sem saber que a agência pertencia a Marcos Valério, citado como um dos operadores do esquema. "Jamais imaginei que tudo isso poderia acontecer. Pois, se soubesse, nunca teria aceitado", diz Vicentinho. Entre outras coisas, o documento de 332 páginas, revela ainda que Freud Godoy, amigo e ex-segurança do ex-presidente Lula, admitiu ter recebido dinheiro do valerioduto, esquema operado por Marcos Valério, sob comando da direção nacional petista, de José Genoíno, Silvinho "Land Rover" Pereira, e Delúbio Soares. Entre os novos personagens citados no relatório da Polícia Federal consta também Fernando Pimentel, atual ministro do Desenvolvimento, e Romero Jucá, líder do governo no Senado. Fernando Pimentel, em 1978, tentou sequestrar o cônsul norte-americano em Porto Alegre.

Demanda pode fazer Petrobras antecipar refinarias

Com a demanda de derivados no País crescendo mais rápido do que a economia, a Petrobras pode antecipar a entrada em operação de algumas de suas cinco refinarias planejadas para serem construídas nos próximos anos, informou o diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. Segundo ele, no primeiro trimestre deste ano a demanda por derivados ficou na casa dos 5%, enquanto para o ano a projeção de expansão da economia é de 4,5%. No ano passado, o PIB cresceu 7,5%, com a demanda por derivados avançando 10%. A Petrobras tem em andamento cinco projetos de refino no País, sendo dois dentro do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro); um em Pernambuco (Abreu Lima); e outros dois nos Estados do Maranhão e do Ceará. "Se houver essa demanda de mercado maior, como estamos imaginando, e, há uma grande tendência que isso ocorra, é possível, principalmente nas refinarias do Nordeste, entre elas Maranhão, Ceará, e quem sabe na segunda do Comperj, podemos fazer um esforço maior visando essa antecipação", disse Costa nesta segunda-feira. A refinaria do Maranhão está prevista inicialmente para ficar pronta em 2014; a do Ceará, em 2017; e a segunda planta de refino do Comperj, em 2018. "Essas refinarias serão 100% para atender o mercado interno, que representa 85% do faturamento da Petrobras", acrescentou Costa, lembrando que na concepção original a refinaria do Ceará iria exportar diesel para a Europa.

Ziraldo é condenado por má gestão de verba pública

O escritor e cartunista Ziraldo foi condenado por improbidade administrativa na realização de um festival de humor no Paraná, em 2003. A sentença, emitida em 31 de março pela 2ª Vara Cível Federal de Foz do Iguaçu, condenou 11 dos 13 organizadores do festival, entre eles, o cartunista e seu irmão, Zélio Alves Pinto. A ação foi movida pelo Ministério Público Federal e acusa a organização do primeiro Festival do Humor Gráfico das Cataratas do Iguaçu (FestHumor), bancada por verbas municipais e federais, de ter feito contratações sem licitação, além de pagamentos em duplicidade (remuneração dupla por um único serviço). No processo, consta ainda uma acusação de desvio de verba em uma ação para promoção do turismo em Foz do Iguaçu, custeada pela prefeitura da cidade. Clique aqui para ler a sentença.

Tribunal de Justiça gaúcho anula ato arbitrário do peremptório Tarso Genro

O mais novo conselheiro da Agergs (Agência Estadual de Regulação de Serviços Delegados), Vicente Britto, já pode preparar o terno para a sua posse. Nesta segunda-feira à tarde o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul anulou ato do peremptório Tarso Genro que anulava por sua vez a indicação realizada pela ex-governadora Yeda Crusius, e que havia sido aprovada pela Assembléia Legislativa. Quando a votação estava com 16 votos a favor da nomeação realizada por Yeda Crusius e contra o ato discricionário, autoritário e atrabiliário do peremptório governador Tarso Genro, ocorreu pedido de vista, mas a decisão já está selada, porque o Pleno possui conta com 24 desembargadores. Tarso Genro sofreu nova e acachapante derrota no Tribunal. Ele "desnomeou" Vicente Britto no dia 7 de janeiro, ignorando até mesmo o decreto legislativo, alegando que ele ainda não havia tomado posse. O deputado Jorge Pozzobom, do PSDB, que assistiu toda a sessão, disse ao editor:  "O Pleno decidiu que o agente da posse é o próprio Britto, e não o governo, e que, além disto, o cargo é de governo e não do governo". Tarso Genro justificou o ato através de uma nota assinada por seu chefe da Casa Civil, o vereador Carlos Pestana, que usou argumentos jurídicos infanto-juvenis, mas que apenas mascararam a "vendetta" política (Pestana disse claramente que Britto estava sendo punido por ter assinado contratos em final de gestão). O advogado de Vicente Britto é o advogado Ricardo Giuliani, ex-petista, que trabalhou no Palácio Piratini durante o governo Olívio Dutra, e também foi coordenador da bancada do PT na Assembléia Legislativa. Tarso Genro é aquele "jurista" que deu refúgio no Brasil ao terrorista italiano Cesare Batisti (condenado na Itália por quatro assassinatos torpes), contra a decisão do Conare (Conselho Nacional de Refugiados), e depois teve seu ato anulado pelo Supremo Tribunal Federal que o declarou ilegal. É ainda aquele "humanista" que entregou os boxeadores cubanos que haviam fugido durante o Pan-Americano, para a sanha assassina da ditadura dos bandoleiros da dinastia Castro, usando para isso um jatinho da PdVSA enviado às pressas ao Brasil por outro facínora, o ditador Hugo Chavez. É a segunda derrota que o "jurista" peremptório sofre no Tribunal de Justiça neste início de mandato. A outra se refere à diretoria do IRGA, que ele também pretendeu mudar na marra.

Embriagado, juiz atropela e mata motociclista em Fortaleza

Um juiz de Direito de Fortaleza se envolveu na madrugada desta segunda-feira em um acidente na Rodovia CE-040. Por volta das 3h25, o veículo que dirigia colidiu com uma motocicleta e a arrastou por cerca de 115 metros. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou logo depois para socorrer o motociclista, mas ele não resistiu. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o teste de bafômetro feito com o juiz acusou 0,82% de álcool em seu sangue, o suficiente para aplicação de medida penal por embriaguez. Ele foi apresentado ao delegado, mas liberado logo depois por sua prerrogativa de juiz. O delegado encaminhou os autos ao Tribunal de Justiça para que o caso seja apurado. Em nota, o Tribunal de Justiça do Ceará lamentou o episódio. Segundo o órgão, o magistrado se apresentou na manhã desta segunda-feira ao presidente do Tribunal, que está adotando providências visando a instauração dos procedimentos legais cabíveis. Façam suas apostas sobre qual será o resultado.

José Carlos Aleluia é o novo presidente do DEM na Bahia

Candidato derrotado ao Senado, o ex-deputado federal José Carlos Aleluia é o novo presidente do DEM na Bahia. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, na sede do partido, em Salvador. Aleluia sucede o ex-governador Paulo Souto, que havia sido derrotado por Jaques Wagner (PT), reeleito governador do Estado. Souto, que presidia o partido na Bahia desde 2007, segue como integrante local da executiva da legenda. Aleluia assume com a missão de tentar renovar o partido, ainda muito ligado ao senador Antonio Carlos Magalhães, cacique do então PFL. De acordo com ele, uma das primeiras ações será tirar o DEM da base de apoio da prefeitura de Salvador.

Israel indicia engenheiro terrorista palestino capturado na Ucrânia

O engenheiro terrorista palestino Dirar Abu Sisi, que foi sequestrado na Ucrânia, foi indiciado em um tribunal israelense nesta segunda-feira. Israel afirma que ele é integrante da organização terrorista Hamas e mentor do programa de foguetes do grupo palestino islamita terrorista. Segundo um resumo oficial da acusação, aberta por promotores do tribunal distrital de Bersheva, Abu Sisi foi indiciado por pertencer a um grupo militante e por centenas de tentativas de assassinato, além da fabricação de foguetes. "Pesam sobre Abu Sisi nove acusações relacionadas à atividade numa organização terrorista, centenas de acusações de tentativa de assassinado, conspiração para assassinato e produção de armas", diz o documento. O resumo diz que ele ajudou a desenvolver foguetes fabricados localmente e usados pelos terroristas militantes do Hamas e que foi responsável por "aumentar o alcance e a capacidade (dos foguetes) de perfurar aço, de maneira que o armamento penetre em veículos blindados das forças de defesa israelenses e, assim, atinja os soldados". O documento também afirma que Abu Sisi coordena a academia militar do Hamas. Abu Sisi desapareceu no mês passado quando viajava em um trem na Ucrânia. Mais tarde, Israel anunciou que mantinha preso o engenheiro de 42 anos (diretor técnico da única usina de energia de Gaza), na prisão de Shikma, localizada na cidade portuária de Ashkelon.

Petrobras pode importar ainda mais gasolina

O diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, afirmou nesta segunda-feira que a estatal não descarta a possiblidade de novas importações de gasolina, caso a oferta de álcool se mantenha baixa e os preços do produto continuem em alta. A Petrobras vai importar 1,5 milhão de barris de gasolina fazer frente ao aumento do consumo desse combustível, com a disparada dos preços do álcool. Em todo o ano passado, a estatal havia importado 3 milhões de barris de gasolina, também no começo do ano e pelo mesmo motivo. A alta do produto nas usinas levou o consumidor paulistano, por exemplo, a pagar até R$ 2,80 por litro nos postos, onde a queda não deve ser imediata. O preço médio da gasolina nas últimas semanas valorizou 2,34% na região Sudeste, chegando a R$ 2,62 o litro, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível).

Petrobras usará gás do pré-sal para produzir eteno no Comperj

A Petrobras alterou o projeto do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, em construção em Itaboraí) e vai utilizar o gás natural dos campos do pré-sal como insumo básico para a produção de eteno, informou nesta segunda-feira Paulo Roberto Costa, diretor de abastecimento da companhia. Serão usados 15 milhões de metros cúbicos diários de gás para produção de eteno, matéria prima básica para a fabricação de resinas plásticas. Paulo Roberto Costa afirmou ainda que toda a parte petroquímica do complexo pertencerá à Braskem, que terá 100% de participação na central de matérias primas petroquímicas (que transformam o gás em eteno) e nas unidades de segunda geração (que fazem as resinas plásticas). "A Petrobras não terá participação 'por fora'. Participará da petroquímica apenas por meio da própria Braskem", Paulo Roberto Costa. A estatal tem 32% na Braskem, cujo controle é compartilhado com a Odebrecht. Inicialmente, a matéria prima petroquímica seria produzida a partir do óleo pesado da bacia de Campos. Com a descoberta do pré-sal, o projeto foi alterado pela primeira vez para utilizar nafta, o método mais usual. Mas diante das perspectivas da produção de uma grande quantidade de gás, houve uma nova mudança e ficou definida a utilização do gás como matéria prima. O Comperj prevê ainda a construção de duas refinarias com capacidade de 165 mil barris/dia de derivados de petróleo cada, que ficarão prontas, respectivamente, em 2013 e 2018. Nessas unidades a Petrobras terá 100% de participação.

Ministro diz que governo quer Vale alinhada e colaboradora

A administração federal gostaria de ver a mineradora Vale alinhada e colaborando com o governo para trabalhar em questões consideradas de "interesse nacional", afirmou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, nesta segunda-feira. "A Vale precisa contribuir mais fortemente com o desenvolvimento do país", afirmou o ministro a jornalistas após participar de evento em Brasília. "Nós do governo desejamos que a Vale esteja sempre em linha de colaboração com o próprio governo, para o interesse nacional", acrescentou. Apesar de serem conhecidas as posições do governo petista sobre a Vale, por meio de declarações feitas por assessores diretos na condição de anonimato, as colocações de Lobão são talvez as mais diretas até agora sobre o tema feitas por parte de um membro da cúpula do governo. O ministro expôs o que era um pensamento explícito do ex-presidente Lula e que, aparentemente, se manteve no governo atual: o de que a mineradora deve participar mais de programas que tenham o objetivo de desenvolver a indústria brasileira e agregar valor às exportações. Lobão comentou, por exemplo, a questão do aço. Lula, quando no governo, criticava a falta de investimento da Vale em siderurgia, que poderia agregar valor ao minério, e também o fato de a empresa ter encomendado navios à China, em vez de buscar produzi-los localmente, como faz a Petrobras.

Procuradoria quer devolução de passaportes de parentes de Lula

O Ministério Público Federal do Distrito Federal considerou irregulares os passaportes diplomáticos concedidos a parentes do ex-presidente Lula. A Procuradoria quer saber se Ministério das Relações Exteriores recolheu os passaportes ou se eles foram devolvidos. Caso isso não tenha acontecido, o Ministério Público deu prazo de 30 dias para entrar na Justiça. Em janeiro, o jornal Folha de S. Paulo revelou que os filhos de Lula, Marcos Cláudio, de 39 anos, e Luís Cláudio, de 25 anos, receberam o superpassaporte a pedido do ex-presidente. Outros três filhos e três netos de Lula também receberam o benefício. No período de 2006 a 2010, 328 passaportes diplomáticos foram concedidos sob a alegação de "interesse do País". Segundo o Ministério Público, apenas os passaportes dados aos parentes de Lula foram considerados irregulares. Os outros foram avaliados como regulares pela Procuradoria. O procurador recebeu a lista do Ministério das Relações Exteriores no dia 3 de março.

Suspeitos do atentado de 11 de Setembro serão julgados por corte militar

Os Estados Unidos decidiram levar o mentor dos atentados de 11 de Setembro, Khalid Sheikh Mohammed, e quatro de seus cúmplices, a julgamento em um tribunal militar na base naval de Guantánamo, em Cuba. O procurador-geral dos Estados Unidos, Eric Holder, anunciou nesta segunda-feira a decisão de que Mohammed será julgado em Guantánamo e não em um tribunal federal civil. O presidente americano, Barack Obama, já havia tentado, sem sucesso, superar as objeções dos republicanos e de alguns de seus colegas democratas no Congresso para transferir suspeitos de terrorismo para prisões nos Estados Unidos e julgar Mohammed e outros cúmplices dos ataques em cortes federais. Holder anunciou no final de 2009 que Mohammed e outros quatro de seus supostos cúmplices seriam julgados em um tribunal federal no coração de Manhattan, gerando preocupações sobre segurança e queixas de que os suspeitos não deveriam ter direito a todas as garantias processuais oferecidas a réus nas cortes dos Estados Unidos. Em 7 de março, Obama levantou relutantemente uma suspensão de dois anos em novos julgamentos militares em Guantánamo. Mohammed, um líder da rede terrorista Al Qaeda capturado em 2003, no Paquistão, está preso na base naval de Guantánamo, encravada em Cuba. O Congresso dos Estados Unidos limitou rigidamente a transferência de presos como Mohammed a partir de lá, exigindo uma notificação prévia ao Congresso e relatórios sobre os possíveis riscos da operação.

Agência Fitch Ratings eleva nota de risco do Brasil

A agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou a nota soberana de crédito do Brasil nesta segunda-feira, de BBB- para BBB. É a primeira elevação desde maio de 2008, quando a Fitch reconheceu o Brasil como grau de investimento, espécie de selo de segurança para quem investe em títulos do País. Faltam ainda oito níveis para o nível máximo da agência, AAA. Segunda a Fitch, a elevação da nota do Brasil reflete a elevação da capacidade de crescimento sustentável do Brasil para algo entre 4% e 5%. Para 2011, a agência projeta expansão de 4%. A agência também destaca que a transição de governo do ex-presidente Lula para a presidente Dilma Rousseff foi suave, com manutenção do consenso sobre a responsabilidade macroeconômica. Além disso, destaca o relatório da Fitch, a nova administração tem mostrado sinais de maior contenção dos gastos públicos que, juntamente com as perspectivas de crescimento saudável, deve permitir uma melhora da dívida pública. "A trajetória de crescimento do Brasil a médio prazo deve se manter relativamente forte devido à dinâmica de consumo doméstico, que são sustentados pela diversidade econômica do País, uma grande e crescente classe média e um ciclo positivo de investimento", disse Shelly Shetty, diretora sênior e chefe de notas soberanos da América Latina na Fitch.

Iveco investirá R$ 75 milhões em veículos de defesa no Brasil

A Iveco, empresa da Fiat Industrial, anunciou nesta segunda-feira que vai investir 23 milhões de euros (cerca de 75 milhões de reais) em uma unidade de veículos de defesa no Brasil. A decisão ocorre após um contrato assinado em 18 de dezembro pela companhia e o Exército brasileiro para o fornecimento de veículos anfíbios blindados VBTP-MR. A unidade deverá ser construída no complexo industrial de Sete Lagoas (MG) e o início da produção dos veículos está previsto para o segundo semestre de 2012. A nova unidade deverá empregar cerca de 350 pessoas, disse a Iveco em comunicado, "muitos deles treinados para tarefas especializadas não disponíveis no mercado, como a soldagem de aços balísticos". A previsão é de que sejam produzidos 2,044 mil veículos do modelo VBTP-MR até 2030, por um valor previsto em contrato de 2 bilhões de euros.

Estrutura improvisada em aeroporto de São Luís cai e fere um

A queda de uma placa de acrílico com cinco metros de largura e dois de altura, instalada no prédio onde funcionando temporariamente o aeroporto de São Luís, feriu uma funcionária da Gol na tarde de domingo. Ela caiu no chão e foi socorrida no próprio aeroporto. Segundo a assessoria de imprensa da Infraero em São Luís, a funcionária não teve ferimentos graves. A placa de acrílico foi colocada na entrada do prédio da administração para adequar o espaço para receber passageiros, segundo a Infraero. Com o vento forte ocorrido na tarde de ontem, a placa caiu. O local é usado há mais de uma semana como área de check-in. O terminal de passageiros da capital está interditado desde o dia 24 de março com risco de desabamento da cobertura. Todas as operações de embarque e desembarque estão sendo feitas de forma precária, utilizando o antigo terminal de passageiros. Uma tenda foi montada em frente para abrigar os passageiros que irão embarcar. Em duas ou três semanas, segundo a Infraero, deverão ficar prontas as duas estruturas metálicas com coberturas de lona que estão sendo montadas na área do aeroporto. Elas serão climatizadas e darão mais conforto aos passageiros, segundo a empresa. A Infraero está adaptando o antigo galpão da Vasp para abrigar o desembarque de passageiros, com a instalação de esteiras de bagagem, que estão paradas. Atualmente, a devolução das bagagens é feita em um balcão. É o Brasil se preparando para a Copa, fazendo puxadinhos nos aeroportos.

Banco Central diz querer inflação mais perto de 4,5% neste ano

O Banco Central pretende agir para trazer a inflação o mais próximo possível da meta de 4,5% neste ano, afirmou uma pessoa do governo após nova piora das expectativas dos analistas para 2011 e 2012, mostrada em relatório divulgado nesta segunda-feira. "O Banco Central não está conformado com a inflação em 5,6%, não vai ficar parado esperando ela chegar a 4,5% em 2012", afirmou a pessoa, em referência à trajetória para a inflação projetada pelo BC em seu relatório de Inflação divulgado na semana passada. Ainda segundo a fonte, o BC espera que seu índice de commoditites de março já mostre "queda acentuada", sinalizando uma melhora do cenário para os preços. A expectativa é que a partir de maio e junho os índices inflacionários mostrem desaceleração mais significativa, contribuindo para que a inflação acumulada em 12 meses passe a cair mais para o final do ano. No relatório de inflação de março, divulgado na semana passada, o Banco Central explicitou que só pretende trazer a inflação para o centro da meta em 2012 para evitar danos excessivos à atividade após o choque de preços de commodities verificado no ano passado. No documento, a autoridade monetária disse esperar que o IPCA, que mede a inflação ao consumidor e é usado como parâmetro para as metas, chegue ao final deste ano em 5,6%.

Sarney diz que investigação sobre frequência de servidores será rigorosa

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta segunda-feira que a investigação da denúncia de que servidores da Casa registram a frequência por meio do controle de ponto eletrônico, mas não cumprem a jornada de trabalho prevista pela instituição, será rigorosa. Sarney afirmou já ter tomado providências para apurar as supostas irregularidades e prometeu instaurar sindicância se a fraude for comprovada. "Na sexta-feira, oficiei à diretora-geral para que mandasse para todos os diretores da Casa e chefes de serviço a determinação que eles não só redobrassem a vigilância sobre isso como também que eles eram responsabilizados e que abrissem sindicância sobre o assunto", disse. Na última quinta-feira, entrou em vigor o sistema de controle biométrico de frequência em que cada servidor deve passar um cartão eletrônico para ter suas horas de trabalho computadas e, além disso, registrar sua impressão digital. Questionado sobre a eficácia do ponto biométrico, Sarney assinalou que a adoção do sistema demonstra a intenção do Senado de melhorar o controle de frequência, mas ressaltou que isso depende também da fiscalização dos diretores e chefes de serviço.

Jornal flagra Pato e filha de Berlusconi juntos após clássico

Pato e Barbara Berlusconi

Uma semana após assumirem o namoro, o atacante brasileiro Alexandre Pato e a namorada Barbara, filha do primeiro-ministro da Itália e dono do Milan, Silvio Berlusconi, foram fotografados juntos em um restaurante após a vitória milanista no clássico contra a Inter de Milão, por 3 a 0, no último sábado. Pato fez dois dos três gols do Milan e viu a namorada comemorar, das tribunas, a vitória que manteve o time do pai na liderança do Campeonato Italiano. O atacante do Milan e da seleção brasileira falou pela primeira vez em público sobre sua relação com Barbara na terça-feira passada, para a edição italiana da revista "VanityFair". Barbara Berlusconi, de 26 anos, está separada há poucos meses do pai de seus filhos, com quem viveu por dez anos, enquanto Pato, de 21, divorciou-se em 2010 após nove meses e 13 dias de casamento com a atriz brasileira Sthefany Brito, de 23 anos. Ao final da união com Sthefany, o atacante foi condenado a pagar R$ 50 mil por mês pelos próximos dois anos à ex-mulher. A sentença foi proferida pela juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 1ª Vara de Família do Rio de Janeiro, no fim de fevereiro. Pato queria pagar R$ 5 mil por mês, mas Sthefany afirmou que o valor era "insuficiente para atender às suas necessidades".

Encontradas rachaduras em mais três Boeings de companhia americana

Pequenas rachaduras sob a superfície foram encontradas em três Boeings da companhia Southwest Airlines. As rachaduras são semelhantes às que teriam provocado uma ruptura da fuselagem de um outro avião da empresa, em pleno vôo, na sexta-feira. Segundo o Comitê Nacional de Segurança no Transporte (NTSB), as rachaduras foram encontradas em juntas dos Boeing 737-300. Outros 19 aviões da companhia, do mesmo modelo, não apresentaram problemas e voltarão a voar. Na sexta-feira, um avião que havia decolado do aeroporto de Phoenix, no Arizona, com 118 pessoas a bordo, foi obrigado a retornar após o aparecimento de um furo de 1,5 metro de comprimento. O buraco provocou uma queda brusca na pressão da cabine, forçando os pilotos a baixar rapidamente de uma altitude de 10.500 metros para fazer um pouso de emergência em uma base militar. Uma comissária de bordo ficou levemente ferida no incidente. No domingo, um pedaço da fuselagem do 737-700 que rompeu foi removida e enviada à sede do NTSB, em Washington, para uma análise mais profunda. Os investigadores do órgão também realizaram inspeções em outras partes do avião e verificaram indicações de outras rachaduras. Posteriormente, a agência federal disse ter sido informada pela Southwest Airlines de que indícios de rachaduras foram verificados em outros três aviões analisados. A companhia cancelou 600 voos durante o fim de semana para permitir que engenheiros realizassem testes especiais desenvolvidos pela Boeing em 79 de seus aviões. Os testes em 57 das aeronaves ainda estão em andamento e devem ser concluídos somente na noite desta terça-feira. O avião no qual o buraco apareceu na sexta-feira estava em operação havia 15 anos. Há 931 aviões do mesmo modelo em operação no mundo, 288 deles nos Estados Unidos.

Dengue tipo 4 chega ao Estado de São Paulo

O secretário estadual da Saúde, Giovanni Cerri, anunciou nesta segunda-feira que o vírus da dengue tipo 4 já circula no Estado de São Paulo. Há alguns dias uma mulher de São José do Rio Preto (cidade localizada a 438 quilômetros de São Paulo) foi diagnosticada com esse tipo da doença. Ela foi tratada e já está curada. Segundo a secretaria, a vítima não tem histórico de viagem recente a outros Estados. O vírus da dengue tipo 4 nunca havia sido identificado em São Paulo, é o primeiro caso da história do Estado, segundo a secretaria da Saúde. A pasta afirmou que está alertando os serviços de vigilância dos municípios para que fiquem atentos a possíveis outros casos. O Brasil passou 28 anos sem registrar um caso do tipo 4 da dengue, mas ele foi reintroduzido no País em 2010. De lá para cá, já foram notificados casos no Amazonas, Pará, Bahia, Piauí, Rio de Janeiro e Roraima. O vírus tipo 4 não é mais agressivo do que os outros, mas aumenta o risco de epidemia porque menos pessoas estão imunizadas contra ele.

Câmara retoma votações de MPs polêmicas nesta terça-feira

O plenário da Câmara dos Deputados retoma as votações de MPs (medidas provisórias) nesta terça-feira após o cancelamento das atividades na semana passada devido à morte do vice-presidente José Alencar, na última terça-feira. Uma das matérias que deve provocar polêmica é a 511/10, que autoriza a União a oferecer garantia para um empréstimo de até R$ 20 bilhões do BNDES ao consórcio que construirá o TAV (Trem de Alta Velocidade) ou trem-bala. Na sexta-feira, o diretor-geral da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Bernardo Figueiredo, afirmou que os grupos interessados em participar do leilão do trem-bala pediram adiamentos de dois a seis meses. O leilão estava previsto para o mês de abril, mas deve sofrer um novo atraso. Segundo Figueiredo, os pedidos são motivados principalmente pela necessidade de fechamento de acordos comerciais entre os interessados. As empresas pedem ainda mudanças nas regras do leilão e discutem as regras previstas. A oposição não concorda com o parecer do relator, deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP), que inclui na MP a criação da Etav (Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade).

Corpos estão entre destroços do Airbus da AirFrance que caiu no Atlântico

Motor do Airbus A-330 da AirFrance no fundo do mar
Corpos de passageiros do vôo 447 da Air France que era feito por um avião Airbus A330, que caiu sobre o Atlântico há quase dois anos, após decolar do Rio de Janeiro, foram encontrados dentro de uma grande parte da fuselagem localizada no mar no domingo. A afirmação foi feita nesta segunda-feira pela ministra francesa dos Transportes, Nathalie Kosciusko-Morizet. "É uma parte importante do avião, cercada por destroços. É uma parte que permaneceu praticamente intacta, em uma única peça", disse a ministra. Segundo ela, essa descoberta "dá aos investigadores esperanças de localizar rapidamente as caixas-pretas do avião". De acordo com Kosciusko-Morizet, alguns corpos no interior do avião poderiam vir a ser identificados. Ao ser indagada por um jornalista sobre se tratavam-se de "vestígios" dos restos mortais dos passageiros, a ministra afirmou: "Mais do que vestígios, há corpos". O Airbus A330 que fazia o vôo AF 447 da Air France, no trajeto Rio-Paris, desapareceu dos radares na noite de 31 de maio de 2009 (pelo horário brasileiro) com 228 pessoas a bordo. Somente cerca de 50 corpos foram encontrados, pouco após a catástrofe. O secretário-executivo dos Transportes, Thierry Mariani, também afirmou nesta segunda-feira que corpos foram localizados na área da fuselagem: "Em razão do aspecto sensível, guardamos os detalhes para as famílias das vítimas, que serão informadas com prioridade", disse Mariani. A descoberta da fuselagem ocorre pouco após o início da quarta fase de buscas do avião, no dia 25 de março, em uma nova área de 10 mil quilômetros quadrados que não havia sido vasculhada até então. Esta quarta fase de buscas era considerada como a "operação da última chance" para encontrar as caixas-pretas do avião. "Pudemos identificar nas fotos que foram tiradas por um dos robôs submarinos diferentes elementos do avião, principalmente os motores", disse Jean-Paul Troadec, diretor do Escritório de Investigação e Análises da França (BEA), órgão responsável pelas investigações sobre as causas do acidente. Até então, a única grande peça do avião da Air France localizada tinha sido o leme do Airbus A-330. No domingo, o BEA havia informado que além dos motores, partes das asas também haviam sido encontradas. Troadec afirmou ainda que como o barco americano Alucia, utilizado atualmente nas buscas, não está equipado para retirar a fuselagem do oceano, uma nova expedição será iniciada nas próximas semanas para resgatar os destroços. Os investigadores do BEA não têm certeza, no entanto, se as caixas-pretas, caso sejam encontradas, estarão conservadas o suficiente para que os dados técnicos gravados e as conversas dos pilotos possam ser analisadas. "As caixas-pretas estão mergulhadas há quase dois anos. É preciso encontrá-las e que elas estejam em estado de funcionamento. É uma das incertezas da operação", disse o secretário-executivo dos Transportes. Até o momento, o BEA afirma que os sensores de velocidade do avião, os chamados tubos Pitot, são um dos elementos que provocaram problemas no avião, mas não a causa do acidente.

Mercado eleva previsão para inflação pela quarta vez

O mercado elevou pela quarta vez consecutiva a previsão para a inflação oficial, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), deste ano, que foi de 6,00%, para 6,02%. Na semana passada, a previsão tinha passado de 5,88% para 6,00%. Para 2012, a projeção também foi elevada de 4,91% para 5,00%, segundo o boletim Focus divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira. A projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) se manteve em 4,00% depois de cinco reduções consecutivas. Para 2012, a previsão de crescimento ficou estável em 4,30%. Já a expectativa do mercado para a taxa básica de juros (Selic) permaneceu em 12,25% para este ano e, para 2012, permanece em 11,25%. O Banco Central revisou de 5% para 5,6% a previsão de inflação para 2011. A previsão de 2012 caiu para 4,6%.

China prende artista aclamado e silencia sobre seu paradeiro

O artista plástico chinês Ai Weiwei, reconhecido internacionalmente, desapareceu após ser detido no aeroporto de Pequim. Ele foi interpelado na manhã do domingo, quando passava pela segurança do aeroporto, antes de embarcar em um vôo para Hong Kong. Ninguém mais teve notícias dele desde então. Poucas horas após sua detenção, o estúdio do artista em Pequim foi invadido por mais de 40 policiais. Dezenas de itens foram confiscados e funcionários foram interrogados. Ai Weiwei, de 53 anos, vem se tornando um dos mais eloquentes críticos do regime chinês, principalmente sobre a falta de respeito aos direitos humanos. O artista viajava com uma assistente, Jennifer Ng. Os documentos de ambos foram checados e apenas Ng pôde seguir viagem a Hong Kong. Ela disse que o artista foi levado por guardas de fronteira: "Eu voltei para checar com os seguranças e eles disseram: 'Ele tem outros negócios, você pode seguir sozinha no vôo". A obra de Ai Weiwei é reconhecida em todo o mundo. Ele ajudou a desenhar o estádio olímpico de Pequim, usado nos Jogos de 2008, que ficou conhecido como "Ninho do Pássaro". Ele atualmente faz uma exposição na galeria Tate Modern, em Londres, com uma obra composta por mais de 100 milhões de peças de porcelana moldadas na forma de sementes de girassol. O artista também vem se tornando um crítico contumaz do governo chinês. Algumas de suas obras têm conotações políticas. Ele tentou, por exemplo, reunir todos os nomes de estudantes mortos durante o terremoto de Sichuan, de 2008. Esse é um tema sensível, porque muitas escolas desabaram com o terremoto, levando a acusações de que elas haviam sido construídas de maneira inadequada. Ai Weiwei também deu seu apoio a outros ativistas que enfrentaram as autoridades chinesas. No final do ano passado, ele compareceu a um tribunal em Pequim ao lado do artista Wu Yuren, que seria julgado. Ele aproveitou a oportunidade para falar à mídia estrangeira, criticando o governo pelo que considera uma falta de direitos básicos e liberdades na China.

Embraer faz acordo de cooperação com Minsheng Financial Leasing

A Embraer anunciou no final de semana que assinou um acordo de cooperação estratégica com a Minsheng Financial Leasing, subsidiária do China Minsheng Banking. Segundo a companhia brasileira, o negócio tem como objetivo criar oportunidades de financiamento para a venda de aeronaves da Embraer na China e em outros países e promover a aviação executiva na China. "Em vistas do acentuado crescimento do mercado de aviação executiva na China, a Minsheng Financial Leasing lançou serviços de leasing de jatos executivos em 2009. Após dois anos de atuação, a Minsheng Financial Leasing tornou-se uma das principais instituições financeiras a oferecer este tipo de serviço na China", disse a Embraer, em comunicado.

Deputado propõe venda de apartamentos para acabar com auxílio

O quarto-secretário Júlio Delgado (PSB-MG) apresentará à Mesa da Câmara proposta para eliminar um gasto anual de R$ 7 milhões com auxílio-moradia. Delgado propõe que a União venda os apartamentos funcionais, que não conseguem atender a todos os deputados, e construa ou compre novos apartamentos. Um apartamento, na Asa Sul de Brasília, vale mais de R$ 1,5 milhão.

Petróleo bate US$ 120,00 em Londres, o maior preço desde 2008

A cotação do barril de petróleo atingiu a marca de US$ 120,00 na Bolsa de Londres, uma das praças financeiras de referência para o preço da commodity. Trata-se do maior valor já registrado desde 2008. Analistas citaram a influência das turbulências políticas no Oriente Médio e norte da África, região que abrange alguns dos principais fornecedores. Em Londres, o barril do tipo Brent (Mar do Norte) bateu a cotação de US$ 120,63 no contrato para entrega em maio, o preço mais alto desde agosto de 2008. Na outra praça de referência, a Bolsa de Nova York (Nymex), o barril do tipo WTI foi negociado a US$ 107,97, para entrega no mesmo mês, apresentando uma leve alta sobre os preços de sexta-feira.