quinta-feira, 28 de abril de 2011

Porto Alegre assina protocolo para receber prova da Fórmula Indy em 2012

A prefeitura de Porto Alegre deu um importante passo para receber uma etapa da Fórmula Indy em 2012. Nesta quinta-feira, o prefeito José Fortunati e o governador do Rio Grande do Sul, o peremptório Tarso Genro, assinaram um protocolo de intenções com o presidente da divisão comercial da Indy, Terry Angstadt, e Randy Bernard, chefe-executivo da categoria, em reunião realizada no Palácio Piratini. Segundo o acordo, a prefeitura de Porto Alegre e o governo do Rio Grande do Sul vão formar um grupo de trabalho com a intenção de preparar a assinatura do contrato. A idéia é a de que a prova no Sul do Brasil seja chamada de etapa do Mercosul em uma tentativa de internacionalização da corrida. O País recebe a etapa de São Paulo da Fórmula Indy, no circuito de rua do Anhembi, desde 2010. "Estamos unindo esforços para viabilizar essa iniciativa. O grupo de trabalho agora irá buscar apoio institucional e fazer as demais articulações para a viabilização da prova em 12 de setembro do ano que vem. E que esta se torne permanente na cidade", afirmou Fortunati, prefeito de Porto Alegre.

Ditador Ahmadinejad em confronto com congresso iraniano, que quer seu impeachment

O ditador do Irã, o nazista islâmico Mahmoud Ahmadinejad, que há mais de uma semana não aparece em público, vai fazer um pronunciamento à nação pela televisão nos próximos dias, informaram os meios de comunicação locais nesta quinta-feira, citando o vice-presidente para Assuntos Parlamentares, Mohammad Reza Mir-Tajedini. "Ahmadinejad vai falar à nação na próxima semana e suas declarações vão agradar aos amigos da revolução e desesperar os inimigos do regime", disse Mir-Tajedini, segundo vários jornais iranianos. O ditador não é visto em público desde o dia 22, quando o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, revogou a demissão do ministro da Inteligência, Heydar Moslehi, que havia sido imposta por Ahmadinejad. A reprimenda e a volta de Moslehi ao cargo fez com que os meios de comunicação tratassem das profundas diferenças entre Ahmadinejad e seus oponentes, notadamente os ultraconservadores que dominam o Parlamento.

CNI diz que falta de qualificação afeta 89% da construção civil

Nove em cada dez empresas da construção civil sofrem com a falta de trabalhadores qualificados no setor, segundo estudo divulgado nesta quinta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com a Sondagem Especial da Construção Civil, que ouviu 385 empresas entre os dias 3 e 20 de janeiro, 89% das companhias enfrentam dificuldades por conta da falta de trabalhador qualificado. O estudo mostra ainda que 61% das empresas da construção civil que enfrentam falta de trabalhador qualificado dizem que o problema afeta a busca pela eficiência e a redução de desperdícios. Além disso, 56% das companhias afirmam que a alta rotatividade dos trabalhadores é uma das principais dificuldades para qualificá-los. De acordo com a sondagem, 94% das empresas da construção civil que sofrem com a falta de profissional qualificado têm dificuldades para encontrar profissionais básicos ligados à obra, como pedreiros e serventes. No entanto, a pesquisa destaca que 64% das empresas que enfrentam dificuldades adotam a capacitação na própria empresa como uma das formas para lidar com o problema.

Alckmin diz que considera positiva fusão entre PSDB, DEM e PPS

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse nesta quinta-feira que considera positiva a fusão entre o PSDB, DEM e PPS. No entanto, ele ressaltou que o assunto não deve ser tratado com pressa. "É uma medida que pode ser muito boa. Mas que deve ser tratada pelos partidos e eu não vejo urgência nisso", afirmou o governador. Alckmin não é o primeiro tucano a falar sobre o assunto. Na terça-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso admitiu que existe a possibilidade de fusão entre o PSDB e o DEM, mas ressaltou que as conversas são "preliminares". "Existem propostas nesse sentido. São aspectos delicados. Acho que o mais importante é manter a coesão dos partidos e, desde logo, dizer: aconteça o que acontecer, vamos nos manter unidos com certos objetivos maiores. Não sei qual a tendência, se vai haver fusão ou não", afirmou Fernando Henrique Cardoso.

Ministério do Esporte cancela repasse para estádio em Roraima

O Ministério do Esporte cancelou o repasse de recursos para construção de um estádio em Boa Vista (RR) orçado em R$ 276,2 milhões, segundo o Ministério Público Federal em Roraima. O governo do Estado pretendia utilizar a obra para habilitar a capital do Estado como subsede da Copa de 2014. Em dezembro, a Caixa Econômica Federal já havia suspenso a execução do contrato de repasse de recursos públicos federais ao governo. Os recursos eram provenientes de emenda parlamentar no Orçamento da União proposta pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado. O pedido de cancelamento havia sido feito pela Procuradoria da República no Estado de Roraima, que no final de novembro abriu um inquérito civil público para investigar a construção do novo estádio. Segundo a Procuradoria, havia o risco de o estádio se tornar um "elefante branco" por causa da falta de demanda e viabilidade econômica do projeto. O campeonato roraimense de futebol conta com apenas seis times, e nenhum deles disputa a primeira ou a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O campeonato estadual só foi profissionalizado em 1995, e a média de público nos jogos é uma das menores do Brasil. O governo de Roraima pretendia levantar o estádio, que teria 22.720 lugares, capacidade para cerca de 10% da população de Boa Vista.

Deslizamento suspende parcialmente obra do São Francisco

Um deslizamento de terra paralisou parcialmente a construção do túnel Cuncas 1, que integra o eixo norte do projeto de transposição de águas do rio São Francisco, no Ceará. O problema ocorreu na quarta-feira da semana passada, mas só foi confirmado pelo Ministério da Integração Nacional nesta quinta-feira. Em nota, o ministério informou que o deslizamento ocorreu devido "à consistência não uniforme do solo" no local da escavação e que imprevistos deste tipo podem ocorrer na escavação de túneis. A construção do trecho onde houve a ruptura do teto está paralisada para que sejam feitas novas sondagens de solo pelos responsáveis pelo projeto. Por questões de segurança, as visitas ao trecho também estão suspensas, disse o ministério. O lote 14 do projeto de Integração do rio São Francisco está sendo executado pelo Consórcio Construcap, Toniollo e Busnello, Ferreira Guedes. Cerca de 40 operários trabalhavam no local. Eles foram deslocados para outras frente de trabalho dentro do mesmo trecho. Quando concluído, o Cuncas 1 terá 15,4 quilômetros de extensão, nove metros de altura, nove de largura e será o maior túnel subterrâneo de água da América Latina. O ex-presidente Lula visitou o canteiro de obras do Cuncas 1 em dezembro do ano passado.

BP conclui compra de 83% de sucroalcooleira por US$ 680 milhões

A petrolífera BP concluiu a aquisição do controle majoritário da produtora brasileira de etanol e açúcar CNAA (Companhia Nacional de Açúcar e Álcool), por US$ 680 milhões, informou a companhia nesta quinta-feira. O valor do negócio, o mesmo anunciado quando o acordo foi fechado, em março, permitirá que a empresa adquira 83% das ações e refinancie 100% das dívidas de longo prazo da CNAA. Com o negócio, a BP adquire duas usinas de etanol, localizadas em Ituiutaba (Minas Gerais) e Itumbiara (Goiás), com capacidade atual de processamento de 5 milhões de toneladas de cana por ano. "A conclusão deste acordo é mais um passo no fortalecimento da atuação da BP no setor sucroenergético brasileiro, uma vez que a CNAA apresenta ativos de qualidade, localizados estrategicamente e com boas práticas de gestão", afirmou em comunicado Mario Lindenhayn, presidente da BP Biocombustíveis Brasil, que acumula a partir desta quinta-feira a presidência da CNAA. A BP também adquiriu uma terceira unidade em desenvolvimento, situada na região centro-sul do Brasil, nos Estados de Goiás e Minas Gerais. A produção de etanol das três usinas poderá suprir tanto o mercado brasileiro quanto o internacional. A capacidade combinada de moagem das três usinas, quando em plena operação, está estimada em 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano. A capacidade de produção anual de cada usina será de cerca de 480 milhões de litros de etanol equivalentes. Cada usina ainda poderá comercializar por ano cerca de 340 GWh de energia elétrica para o SIN (Sistema Interligado Nacional). A BP, uma das maiores companhias de energia do mundo, entrou no setor no Brasil em 2008, quando comprou 50% da Tropical Bioenergia, em Goiás.

PT busca acordo para escolher novo presidente do partido

O comando do PT tenta fechar acordo para colocar um ponto final no debate sobre a sucessão na presidência do partido com a escolha de Rui Falcão, atual vice-presidente da legenda, para assumir o posto até 2013. A proposta ganhou força depois de uma reunião de integrantes do partido na noite de quarta-feira, em um hotel, em Brasília. Conta ainda com o apoio do PT de São Paulo e do ex-ministro José Dirceu. A escolha de Rui Falcão para assumir a presidência do PT, contudo, ainda depende de negociação com líderes das principais correntes petistas. O coordenador da tendência CNB (Construindo um Novo Brasil), Francisco Rocha, sugeriu aos colegas de partido que Falcão ficasse até setembro, data do Congresso Nacional do PT. Mas, segundo Rocha, "a maior parte do PT tem defendido que a escolha seja definitiva". O nome de Falcão já vinha sendo defendido de PT de São Paulo, mas conquistou novos adeptos depois que o senador Humberto Costa (PT-PE) avisou que não estava na disputa.

BNDES diz estar pronto para financiar concessões de aeroportos

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, disse nesta quinta-feira que o banco está pronto para financiar empresas interessadas em participar de licitações para concessões de aeroportos. Segundo o executivo, não seria necessária a criação de uma linha especial, pois o banco já dispõe de meios para ofertar crédito para projetos de infraestrutura. "Ficaríamos felizes se aparecessem interessados", afirmou, durante a versão para a América Latina do Fórum Econômico Mundial, no Rio de Janeiro. Coutinho se reuniu com executivos do Ex-Im Bank, órgão que fomenta financiamentos para a exportação de bens e serviços americanos. Sem dar mais detalhes do que foi tratado, revelou que os americanos mostraram interesse em projetos ligados à Copa do Mundo e a Olimpíada.

Reforma política será votada em partes no Senado

O Senado decidiu "fatiar" a reforma política para tentar emplacar pelo menos parte das mudanças no sistema político do País aprovadas na comissão especial que discutiu o tema. A comissão vai encaminhar ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), sete propostas de emenda constitucional e dois projetos de lei com os pontos aprovados pelos seus integrantes. O número de propostas e projetos vai crescer até a semana que vem, quando a comissão termina de elaborar todas as matérias que vão ser analisadas pela Casa. Faltam ser apresentadas as propostas relacionadas ao sistema eleitoral brasileiro, financiamento público das campanhas e as cotas para mulheres, temas mais polêmicos das mudanças. Os três temas não foram aprovados nesta quinta-feira pela comissão porque as propostas ainda estão em elaboração. Os demais foram mantidos da forma como aprovados pelos parlamentares, sem mudanças até que comecem a tramitar oficialmente na Casa. Presidente da comissão, o senador Francisco Dornelles (PP-RJ) admite que muitos temas vão ser modificados durante tramitação na Comissão de Constituição e Justiça e no plenário do Senado.

Arqueólogos desenterram estátua de faraó com 13 metros de altura

Arqueólogos retiraram, de um templo funerário ao sul da cidade de Luxor (Egito), uma das maiores estátuas do faraó egípcio Amenhotep 3º. A estátua, com 13 metros de altura, fazia par com uma outra posta na entrada do mortuário com 3.400 anos, que fica na margem oeste do rio Nilo, onde é executada uma grande escavação. O local concentra tumbas dos maiores faraós egípcios. Formada por sete grandes blocos de quartzito, a peça só não é completa porque lhe falta a cabeça, que foi descoberta em 1928 e sumiu novamente. O supervisor Abdel-Ghaffar Wagdi disse que há ainda duas outras estátuas de divindades a serem localizadas no sítio. Amenhotep 3º, avó de Tutancâmon, que se tornaria posteriormente um dos mais famosos da história, governou o Egito no século 14 a.C. O templo passou por enchentes e um terremoto em 27a.C., mas ainda é possível ver algumas de suas paredes erguidas.

Violência na Síria leva centenas a fugirem para o Líbano

Autoridades de segurança libanesas disseram que centenas de pessoas cruzaram a fronteira entre Síria e Líbano nesta quinta-feira fugindo da violência em território sírio, que há semanas é palco de confrontos entre manifestantes que pedem mudanças no governo e as forças fiéis ao ditador Bashar Al-Assad. Segundo os relatos, as pessoas que entraram no norte do Líbano, em sua maioria mulheres e crianças, estavam fugindo de tiroteios na cidade síria de Tell Kalakh, perto da fronteira. A agência estatal de notícias síria disse que um "grupo armado terrorista" atacou a polícia nas proximidades da cidade, matando duas pessoas e ferindo cinco. Também nesta quinta-feira, testemunhas disseram ter ouvido mais disparos na cidade de Deraa (sul da Síria), principal palco dos protestos de oposicionistas, que foi tomada por tanques e soldados do Exército na última segunda-feira em uma tentativa do governo de controlar as manifestações. Há relatos de mais protestos e disparos em outras partes do país, como em cidades ao norte da capital, Damasco, enquanto os manifestantes se preparam para realizar um "dia de fúria" nesta sexta-feira.

Nova versão do Google Chrome permite converter voz em texto

Lançada na quarta-feira, a versão 11 do navegador Google Chrome inclui suporte a speech-to-text (fala para texto) em HTML e um novo logotipo, mais singelo, que já estava sendo usado em edições beta (de testes) do programa. O recurso de speech-to-text já foi implementado no Google Tradutor. Clicando no botão em forma de microfone, é possível falar ao microfone do computador uma frase, que será transcrita pelo serviço e poderá ser traduzida para qualquer um dos mais de 50 idiomas disponíveis. Por enquanto, o Google Tradutor só funciona com frases ditas em inglês. Além dos novos recursos, o novo Chrome traz uma série de correções de bugs (falhas).

Ajufe diz que 90% dos juízes federais aderiram à paralisação

Cerca de 90% dos juízes federais do Brasil aderiram à paralisação realizada na quarta-feira em todo o país, segundo balanço da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil). A categoria, cuja remuneração varia entre R$ 21.766,00 e R$ 24.117,00 segundo a associação, pede reajuste salarial de 14,79%, aumento no número de magistrados na segunda instância e a instalação de quatro novos tribunais regionais federais. Uma possível greve da categoria está na pauta de discussões, mas só deve ser decidida em 90 dias, em uma nova assembléia a ser promovida pela Ajufe. Os juízes federais paralisaram suas atividades na quarta-feira em ao menos 13 Estados (Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Bahia, Ceará, Rondônia, Maranhão, Piauí, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Santa Catarina). Ainda fazem parte das reivindicações a equiparação de benefícios em relação a membros do Ministério Público e mais proteção policial, em especial para os que atuam em ações penais. A paralisação nos Estados, no entanto, teve diferentes níveis de adesão. Em alguns, as audiências foram suspensas e os juízes federais atenderam apenas casos emergenciais, como prisões em flagrante e liminares para obtenção de remédios.

Início da safra de cana de açúcar reduz pressão por redução de etanol na gasolina

Com o início da safra de cana no centro-sul do Brasil, há menos pressão para redução da mistura de etanol anidro na gasolina, disse nesta quinta-feira o diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis), Haroldo Lima. "Pressão por reduzir já foi maior, mas continuamos estudando", disse ele. A declaração de Lima foi feita no mesmo dia em que o jornal "Valor Econômico" publicou reportagem dizendo que o governo Dilma já decidiu reduzir o percentual da mistura de etanol na gasolina, em meio à alta nos preços do biocombustível. Segundo o periódico, a mistura de 25% poderá cair para 20% ou 18%. "Já tivemos pressão maior para reduzir semanas atrás, agora com a entrada da safra a pressão diminuiu", disse Lima. "A pressão para reduzir é menor", reforçou. A safra do centro-sul do Brasil, que produz cerca de 90% da cana do país, começou oficialmente no início do mês. Em meados do mês, 130 usinas, de um total de 335, já estavam operando na região.

Bunge quer ampliar produção de álcool e açúcar no Brasil

A Bunge Alimentos quer intensificar sua atuação na produção de açúcar e álcool, disse nesta quinta-feira o presidente da empresa no Brasil, Pedro Parente. Ele destacou que a companhia quer fazer novas aquisições e está olhando oportunidades, especialmente na área ligada à produção de cana de açúcar, matéria-prima para as produções de açúcar e álcool. "Estamos pensando em comprar, estamos olhando. Tudo em agricultura, especialmente na área ligada à cana de açúcar, precisamos trabalhar e crescer mais. O Brasil precisa disso e nós queremos fazer", afirmou, durante a versão para a América Latina do Fórum Econômico Mundial, que acontece até esta sesxta-feira, no Rio de Janeiro. Ele cobrou que o governo favoreça o investimento do setor privado, que segundo o executivo, deseja elevar a injeção de recursos no País. Nos últimos cinco anos, a Bunge investiu US$ 5 bilhões (cerca de R$ 7,85 bilhões) no setor sucroalcooleiro, segundo Parente. O grupo tem oito usinas, sendo cinco incorporadas do grupo Moema. Parente, que foi ministro da Casa Civil no governo Fernando Henrique Cardoso, fez críticas à infraestrutura de portos, ferrovias e aeroportos brasileiros. Segundo ele, o custo do transporte de soja no Brasil supera em quatro vezes o valor que a empresa gasta pelo mesmo serviço nos Estados Unidos.

Governo fará licitação de petróleo e gás em setembro

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse nesta quinta-feira que foi marcada para o mês de setembro a 11º rodada de licitações de blocos de petróleo e gás natural. "Serão oferecidos 174 blocos, sendo 87 em terra e outros 87 em mar, em águas não rasas", disse Lobão. Os blocos somam 123 mil quilômetros quadrados de áreas e estão em nove Estados brasileiros (Amapá, Maranhão, Ceará, Amazonas, Espírito Santos, Rio Grande do Norte, Bahia e Alagoas). A decisão de realização do leilão de blocos de petróleo e gás foi tomada na reunião do Conselho Nacional de Política Energética na manhã desta quinta-feira. Não serão licitados blocos do chamado pré-sal, segundo Lobão, já que o marco regulatório do setor não foi totalmente aprovado no Congresso Nacional. Ainda falta o Legislativo apreciar o projeto que trata da partilha dos royalties do pré-sal. Também é preciso que seja criada a estatal que administrará a exploração das áreas do pré-sal antes da primeira licitação sob o novo modelo de partilha, aprovado no ano passado no Congresso.

Conselho da Vale deve confirmar entrada em Belo Monte

A Vale confirmou nesta quinta-feira, em reunião do seu conselho de administração, sua entrada como sócia no projeto da hidrelétrica de Belo Monte, informou uma fonte do consórcio Norte Energia, responsável pela usina. A Vale deverá ficar com os 9% da energia produzida e da participação no consórcio que pertencia ao grupo Bertin. Se for confirmada a participação, a Vale será sócia de Belo Monte na condição de autoprodutora, o que significa que ela terá de consumir sua cota de energia em suas próprias instalações. A entrada da Vale melhora a qualidade do rating do consórcio, o que facilitará acesso ao crédito do BNDES. A usina, que será instalada no rio Xingu, no Pará, terá potência de 11,2 mil megawatts, o que fará dela a terceira maior do mundo, atrás de Itaipu (divisa do Brasil com Paraguai) e Três Gargantas (China).

Senado aprova acordo entre Brasil e Paraguai

Sob os protestos da oposição, a Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou nesta quinta-feira o acordo entre Brasil e Paraguai que triplica o valor pago pelo governo brasileiro pela energia da hidrelétrica de Itaipu não utilizada no país vizinho. A comissão também aprovou regime de urgência para o projeto, o que permite que siga para votação no plenário da Casa sem tramitar por outras comissões. A expectativa é que o projeto seja votado no plenário na próxima terça-feira. Por se tratar de projeto de decreto legislativo, entra em vigor logo depois da sua publicação depois de ser aprovado, sem a necessidade de ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff. Pelo texto, o Brasil vai elevar de 5,1 para 15,3 o fator de multiplicação aplicado aos valores estabelecidos no Tratado de Itaipu para os pagamentos por cessão de energia efetuados pelo Brasil ao Paraguai. Na prática, a mudança de cálculo triplica o valor gasto pelo governo brasileiro para financiar a energia produzida em Itaipu. Uma manobra conduzida pelo presidente comissão, senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), permitiu a rápida análise do projeto. Na tentativa de suspender a votação, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) pediu vista ao texto para adiá-la para a semana que vem. Collor, aliado do PT, porém, concedeu vista por apenas meia-hora, o que viabilizou a votação do texto pelos governistas em curto prazo. Essa revisão do contrato é um crime de lesa-pátria.

Justiça condena ex-governador de Roraima a 16 anos de prisão

O ex-governador de Roraima, Neudo Ribeiro Campos (PP), foi condenado a 16 anos de prisão por crimes contra a administração pública, em razão do esquema que ficou conhecido como "gafanhotos". Ele é acusado de comandar um esquema de desvio de dinheiro, no período em que foi governador, entre os anos de 1995 e 2002. É acusado de peculato e formação de quadrilha. Aproximadamente R$ 70 milhões teriam sido desviados dos cofres públicos, com a inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento do Departamento Estadual de Estradas e Rodagem e da Secretaria de Administração. Na sentença, o juiz Helder Girão Barreto, da 1ª Vara Federal em Boa Vista, apontou que "o réu cometeu diversos crimes de peculato desviando milhões de reais do erário público tudo em troca de apoio político e para fins eleitorais".

GM anuncia 250 contratações para fábrica em São José dos Campos

A General Motors anunciou a contratação de 250 trabalhadores para a fábrica de São José dos Campos (SP). Com essas vagas, o número de funcionários na unidade sobe para 8.900, voltando ao patamar pré-crise. A planta produz 970 veículos por dia, das linhas Corsa, Meriva, Classic, Zafira, S10 e Blazer, além de motores, transmissões e kits desmontados para exportação para a Polônia e para a África do Sul. "As novas contratações já representam uma vitória para a classe trabalhadora, mas ainda não é suficiente", afirma Vivaldo Moreira Araújo, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, filiado à CSP-Conlutas.

Engenheiro indicado pelo PT-MG é o novo presidente da Funasa

Depois de quase quatro meses de indefinição, o governo finalmente anunciou o novo presidente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), um dos mais cobiçados órgãos do segundo escalão do governo federal, com um orçamento previsto de R$ 5 bilhões para este ano. A presidente Dilma Rousseff voltou a "peitar" o PMDB e desautorizou acordo que o ministro Alexandre Padilha, da Saúde, tinha fechado com o partido, para nomear Ruy Gomide presidente da Funasa. O engenheiro e empresário mineiro Gilson de Carvalho Queiroz Filho, presidente do Crea-MG (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), teve sua nomeação publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União, em portaria assinada pelo ministro Antonio Palocci (Casa Civil). Gilson de Carvalho Queiroz Filho é uma indicação do PT mineiro, mais especificamente da ala liderada por Luiz Dulci e Patrus Ananias. A definição da presidência da Funasa foi um dos principais fatores da crise entre PT e PMDB no início do governo Dilma. Devido ao impasse, a definição de todo o segundo escalão do governo acabou sendo postergada pela presidente. Ao longo do governo Lula, a Funasa foi comandada pelo PMDB e foi vista como foco de irregularidades. Com Dilma no poder, o Ministério da Saúde passou para o controle do PT, com a nomeação de Alexandre Padilha para o posto. Uma das primeiras medidas de Padilha foi tirar do PMDB o controle sobre a Secretaria de Atenção à Saúde, setor poderoso na estrutura da pasta.

Presidente do PT-SP se integra à corrente majoritária

O presidente do PT de São Paulo, Edinho Silva, anunciou nesta quinta-feira que é novo integrante da CNB (corrente Construindo um Novo Brasil), a tendência majoritária do partido. Ex-prefeito de Araraquara e hoje deputado estadual, Edinho Silva estava avulso dentro da estrutura partidária.
No PT, a expectativa é de que aliados da senadora Marta Suplicy também migrem para a CNB.

Filha de Vinicius de Moraes é encontrada morta no Rio de Janeiro

Filha do cantor e compositor Vinicius de Moraes, Luciana de Moraes, de 55 anos, foi encontrada morta por volta das 8h30 desta quinta-feira, depois de cair da janela do seu apartamento no terceiro andar de um prédio no Leblon (zona sul do Rio de Janeiro), onde morava com sua companheira e com o afilhado. De acordo com policiais militares do 23º Batalhão, do Leblon, Luciana de Moraes estava com ferimentos nos pulsos, que teriam sido provocados por uma faca. Até as 10h30, o corpo permanecia no local para realização da perícia da Polícia Civil. Bombeiros chegaram a ser acionados para prestar socorro, mas a filha do compositor já estava morta. Policiais da 14ª Delegacia (Leblon) também seguiram para o local. É praticamente certo que Luciana de Moraes se suicidou. Ela era fruto do terceiro casamento de Vinicius de Moraes, com Lila Bôscoli, bisneta da compositora Chiquinha Gonzaga.

Delúbio Soares protocola pedido de refiliação ao PT

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, protocolou, na manhã desta quinta-feira, seu pedido de refiliação ao partido. A carta, redigida há dois dias, está nas mãos do presidente interino do PT, Rui Falcão, para ser submetida à Executiva. O pedido deverá ser encaminhado ao Diretório Nacional. Nos bastidores do partido, o discurso é que o ex-tesoureiro deve ser premiado com a refiliação por ter se comportado bem desde o início do escândalo do Mensalão do PT. Delubio Sores almoçou no Hotel Nacional, em Brasília, depois de protocolar seu pedido de refiliação ao PT.

Embraer admite interesse na concessão de aeroportos

O presidente da Embraer, Frederico Curado, disse nesta quinta-feira que a empresa tem interesse em participar das licitações para a concessão de aeroportos, na privataria que será promovida pelo governo petista de Dilma Rousseff. Segundo o executivo, a participação da empresa vai depender de alguma atividade onde a Embraer "possa realmente agregar". "Não temos ligação com construção civil, temos ligação com aeronáutica e total interesse no mercado doméstico. Se houver oportunidades de negócio, certamente temos interesse", afirmou, após participar de palestra na versão para a América Latina do Fórum Econômico Mundial, que acontece até esta sexta-feira no Rio de Janeiro. Ele classificou o anúncio do governo em fazer a concessão de alguns aeroportos como um "movimento correto". Curado comentou também sobre a valorização do dólar e o impacto para os exportadores, como a Embraer. Ele disse que a indústria exportadora vem sofrendo com o fato de o governo não manipular a moeda. "Esse câmbio está muito forte. A gente tem que ter a expectativa que é um problema conjuntural, não é estrutural. Não depende só do Brasil", observou.

Atividade da indústria paulista sobe 4,4% no 1º trimestre

A atividade na indústria paulista encerrou o primeiro trimestre em alta, aponta pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). O INA (Indicador de Nível de Atividade) subiu 0,2% em março, na comparação com fevereiro, na série com ajuste sazonal, fechando os três primeiros meses de 2011 com alta de 4,4%. Sem ajuste, houve alta de 7% em março. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o indicador registrou aumento de 1,3%. O nível de utilização da capacidade instalada, que mede o uso de máquinas e equipamentos nas indústrias, ficou em 82,1% em março, ante 81,6% registrado em fevereiro e 80,1% contabilizado no mesmo mês de 2010, considerando os dados sem ajuste sazonal. O levantamento mostrou ainda que o total de salários pagos caiu 0,3% no mês passado, ante fevereiro, já descontada a inflação do período. Já as horas trabalhadas na produção registraram redução de 0,4% em março. As vendas reais da indústria tiveram alta de 1,9% na comparação com fevereiro. A Fiesp revisou ainda os dados de fevereiro. O novo dado, com ajuste sazonal, mostra alta de 0,9% no mês, ante um acréscimo de 0,3% divulgado anteriormente. Sem ajuste o indicador passou de alta de 4,2% para 5,4%. O indicador que mostra a percepção dos empresários sobre as perspectivas da economia, mensurado pelo Sensor Fiesp, mostrou queda em abril. O índice atingiu 54,9 pontos, ante 56,9 pontos verificados em março. O sensor varia entre 0 e 100 pontos e números acima de 50 indicam otimismo. Entre os itens que formam o índice, o que teve a maior pontuação foi: mercado (60,6) seguido por investimentos (54,3) e Emprego (53,8). Estoque (53,5) e vendas (52,6) aparecem por último.

Comando do PT discute mandato tampão no partido

Uma fatia do PT defende que o atual presidente do partido, o "porquinho" José Eduardo Dutra, prorrogue sua licença médica até setembro para permitir que o vice-presidente Rui Falcão permaneça à frente da legenda até lá. Nesse caso, Dutra estenderia a licença não porque pretenda voltar, mas para abrir uma brecha legal para que Falcão se mantenha no cargo até o congresso nacional do PT, previsto para setembro. Pelo estatuto do partido, o Diretório Nacional tem que eleger um sucessor em caso de renúncia de seu presidente. Se Dutra renunciar nesta sexta-feira, como informou que fará, o Diretório Nacional terá que eleger um novo presidente. A hipótese de permanência de Falcão foi discutida na noite de quarta-feira, em uma reunião da cúpula do partido. Participantes da reunião, como o deputado federal Ricardo Berzoini (SP), no entanto, propuseram que a escolha seja definitiva, afastando um ambiente de instabilidade política. A indicação de Falcão contraria setores do governo. Falcão foi apontado como protagonista de um dos momentos mais delicados da corrida presidencial. Embora Falcão negue, ele foi acusado de denunciar um "núcleo de inteligência" da campanha de Dilma Rousseff de produção de suposto dossiê contra adversários. Rui Falcão é um antigo "revolucionário", membro do POC (Partido Operário Comunista), do qual foi um dos dirigentes o clone de chanceler Marco Aurélio "Top Top" Garcia.

População da China soma 1,339 bilhão e envelhece em 2010

A China, o país de maior população do mundo, anunciou nesta quinta-feira o resultado do Censo de 2010, que mostrou uma população de 1,339 bilhão e cada vez mais velha e urbana. A população chinesa aumentou em 73,9 milhões de habitantes na última década, equivalente à população da Turquia e superior às de França ou Reino Unido. Segundo o Escritório Nacional de Estatísticas (BNS), a população chinesa em 2000 era de 1,265 bilhão de pessoas. Em 1953, quando foi realizado o primeiro censo, o país tinha "apenas" 594 milhões de habitantes. O Censo, um verdadeiro quebra-cabeças para um vasto país como a China, mobilizou mais de 10 milhões de agentes. Os resultados destacam a aceleração do envelhecimento da população: 13,26% dos chineses têm agora mais de 60 anos, contra 10,33% em 2000. O envelhecimento é preocupante: ainda há poucas pessoas com aposentadorias razoáveis, os asilos e centros médicos sãos insuficientes e os filhos cuidam cada vez menos de pais cada vez mais idosos. O Censo destaca ainda que os cidadãos urbanos chineses representam 665 milhões de pessoas, 13,46% a mais que há dez anos, enquanto a população "flutuante" de migrantes, que vive principalmente nas cidades, representa mais de 221 milhões de habitantes. O grande fluxo de população nas cidades implica uma série de enormes desafios de infraestruturas, transporte, fornecimento de energia e tratamento de resíduos, principalmente. Os homens continuam mais de 51% da população chinesa, enquanto na maioria dos países as mulheres são maioria. O desequilíbrio de nascimentos entre sexos na última década ficou em 100 meninas para cada 118,06 meninos. O resultado é visto como um reflexo da política do filho único, adotada pela China para tentar conter o crescimento e que leva pais a favorecerem bebês do sexo masculino. Os abortos seletivos e a falta de registro de nascimentos de meninas continuam frequentes. "A cifra de 118,06 meninos está acima do normal. Um estudo publicado ano passado destacou que mais de 24 milhões de homens podem ficar sem mulher até 2020 em consequência do desequilíbrio.

Delúbio Soares participa de jantar a comando do PT na casa da socialite petista Marta Suplicy

Dois dias antes da votação de seu pedido de refiliação, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foi um dos convidados a participar de jantar que a senadora Marta Suplicy (PT-SP) ofereceu ao comando do partido. nesta quinta-feira. O PT começou a discutir a reintegração do ex-tesoureiro e a decisão será ratificada neste sábado, durante reunião do Diretório Nacional. Nos bastidores do partido, o discurso é que o ex-tesoureiro deve ser premiado com a refiliação por ter se comportado discretamente desde o início do escândalo. A votação do pedido de refiliação deve ocorrer nesta sexta-feira. Expulso do partido em 2005 por causa do seu envolvimento no escândalo do Mensalão do PT, Delúbio Soares foi condenado em maio do ano passado por improbidade administrativa por um colegiado do Tribunal de Justiça de Goiás. Delúbio Soares foi condenado em Goiás por ter apresentado declarações falsas para continuar recebendo salário como professor da rede pública estadual, mesmo sem aparecer na sala de aula nem atuar no sindicato dos professores, de 1994 a 1998 e de 2001 a 2005. Ele desfrutava de licença remunerada e passou a maior parte desse período em São Paulo, trabalhando como dirigente do PT. Ele foi condenado a devolver R$ 164,6 mil ao Estado, teve suspensos os direitos políticos por oito anos, foi proibido de contratar com o poder público ou receber benefício fiscal por dez anos. Delúbio é um dos 38 réus do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal, que deverá ser julgado em 2012.

Lucro da Usiminas encolhe 96% no primeiro trimestre

O grupo siderúrgico Usiminas reportou um lucro líquido de apenas R$ 16 milhões para o exercício do primeiro trimestre, o que significa uma redução de 96% sobre o ganho apurado no mesmo período de 2010. Em fevereiro, a empresa vendeu a totalidade de sua participação acionária no grupo siderúrgico latino-americano Ternium. "O efeito dessa operação no resultado do trimestre representou um impacto negativo de aproximadamente R$ 125 milhões devido ao reconhecimento contábil das perdas cambiais", aponta a empresa, no balanço divulgado nesta quinta-feira. A receita líquida totalizou R$ 3,063 bilhões nos primeiros três meses do ano, em um avanço de 1% sobre o primeiro trimestre do ano passado. "No primeiro trimestre de 2011, o volume de vendas destinado ao mercado interno alcançou 77%, uma evolução de nove pontos percentuais em relação ao quarto trimestre de 2010, entretanto o efeito positivo de maiores vendas no mercado interno foi parcialmente compensado pelos menores preços médios de aço e reajustes de preços das principais matérias-primas", comentou a diretoria da Usiminas, no balanço. O resultado financeiro líquido (a diferença entre as receitas e despesas financeiros) foi positivo em R$ 43,5 milhões, ante R$ 41 milhões no primeiro trimestre do ano passado.

José Eduardo Dutra diz a Dilma que renuncia à presidência do PT nesta sexta-feira

Em uma audiência na noite de quarta-feira, o presidente licenciado do PT, o "porquinho" José Eduardo Dutra, informou à presidente Dilma Rousseff que renunciará ao cargo nesta sexta-feira, durante reunião do Diretório Nacional do PT. Licenciado desde 22 de março, José Eduardo Dutra sofre de depressão (síndrome bipolar) agravada por problemas neurológicos (ele também desenvolveu uma síndrome de agorafogia, tem pânico a ficar em locais abertos). Na conversa, Dilma quis saber sobre seu estado de saúde. Mas, dizendo-se informada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre sua decisão de não voltar ao comando do partido, não insistiu para que se mantivesse à frente da legenda.

Avião espião da Polícia Federal fica no chão por falta de gasolina

A principal promessa da então candidata Dilma Rousseff (PT) para o combate ao narcotráfico, ao tráfico de armas e ao contrabando na fronteira não consegue sair do chão, literalmente. A promessa chama-se Vant, acrônimo de Veículo Aéreo Não Tripulado, um avião que registra imagens sem necessidade de piloto. Ele chegou ao País há mais de um mês, mas não há combustível para os vôos. Um pregão eletrônico aberto para escolher o fornecedor de 12 mil litros de gasolina de aviação, pelo prazo de um ano, foi cancelado por falta de candidatos. A intenção da Polícia Federal é usar a empresa que já abastece os aviões da corporação. O preço do combustível (cerca de R$ 60 mil por trimestre) é irrisório quando comparado ao gasto previsto com essa tecnologia até 2015, de R$ 540 milhões. O Vant virou tema de campanha política no ano passado, quando Dilma apresentou-o nos debates e na propaganda de TV como uma ferramenta revolucionária no modo de patrulhar fronteiras. O avião é guiado por controle remoto, voa a uma altitude média de 5.000 metros e tem uma capacidade tão aguçada que, dessa altura, consegue fotografar a placa de um carro em alta definição. O primeiro Vant importado de Israel está parado em um galpão no aeródromo de São Miguel do Iguaçu, a cerca de 40 quilômetros de Foz de Iguaçu. A região de Foz de Iguaçu foi escolhida pela Polícia Federal para sediar a primeira base de Vant por ser uma das principais portas de entrada de armas, de drogas e de contrabando do Paraguai. Há ainda a acusação recorrente dos Estados Unidos, de que radicais islâmicos usam a tríplice fronteira para lavar dinheiro do terror. A região é tão estratégica do ponto de vista da segurança que o ministro da Justiça, o "porquinho" José Eduardo Cardozo, visitou Foz de Iguaçu em fevereiro e anunciou a implantação de um Gabinete de Segurança Integrada na fronteira e o primeiro vôo do Vant em março. Como se vê, a promessa dele era vazia. O avião importado de Israel faz parte de um pacote que inclui o sistema de controle em terra e um segundo Vant, pelo qual a Polícia Federal pagou cerca de R$ 50 milhões. O sistema completo, com 15 aviões e quatro estações de controle em terra, está orçado em R$ 540 milhões e deve ficar pronto em 2015.

Banco Central prevê aumento de 2,2% na gasolina neste ano

O Banco Central projeta para 2011 um reajuste no preço da gasolina de 2,2%, de acordo com a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), divulgada nesta quinta-feira. Na reunião anterior, no início de março, o comitê considerava que não haveria aumento nos preços do combustível neste ano. O comitê manteve a previsão de que o preço do botijão de gás não será reajustado até o fim do ano. Foram mantidas também as previsões de reajuste de 2,9% nas tarifas de telefonia fixa e de 2,8% na de eletricidade. Já a projeção de reajuste do conjunto de preços administrados por contrato elevou-se de 4% para 4,3%. O Copom informou na ata de sua última reunião que o ciclo de ajuste da taxa de juros será prolongado, o que sinaliza novas altas na Selic deverão ser anunciadas. O comitê, formado por diretores da autoridade monetária, se reuniu no dia 20, quando decidiu aumentar os juros básicos de 11,75% ao ano para 12% ao ano, surpreendendo parte do mercado que apostava em uma alta maior. De acordo com a ata, houve um entendimento unânime na diretoria de que "o ajuste total da taxa básica de juros deve ser, a partir desta reunião, suficientemente prolongado". O comitê destaca ainda que essa é a estratégia mais adequada para fazer com que inflação caminhe para o centro da meta em 2012. Neste ano, o Banco Central já admite que a inflação deverá ficar acima do centro da meta, que é de 4,5% para os dois anos.

Juízes decidirão greve em até 90 dias

Os juízes federais em todo o País realizaram na quarta-feira paralisação de 24 horas e não descartam entrar em greve. Eles cobram mais engajamento do presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, em favor das reivindicações da categoria. A greve será decidida em até 90 dias, em uma nova assembléia a ser promovida pela Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil). A paralisação nos Estados, no entanto, teve diferentes níveis de adesão. Em alguns, as audiências foram remarcadas e os juízes federais atenderam apenas a casos emergenciais, como prisões em flagrante e liminares para obtenção de remédios. Os juízes cobram reajuste salarial de 14,79%, aumento no número de magistrados na segunda instância e a instalação de quatro novos tribunais regionais federais. Ainda fazem parte das reivindicações a equiparação de benefícios em relação a membros do Ministério Público e mais proteção policial, em especial para os que atuam em ações penais. O presidente da Ajufe, Gabriel Wedy, disse confiar "na atuação do Congresso e do Executivo" e que espera "mais empenho do presidente Peluso" para evitar que a greve ocorra. Segundo Wedy, a categoria vai recorrer da decisão do Conselho da Justiça Federal, que determinou o corte de ponto dos juízes que deixassem de trabalhar na quarta-feira. Para ele, a determinação foi "inadmissível" porque a categoria luta por uma Justiça mais rápida, barata e justa. O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, João Oreste Dalazen, criticou a paralisação. "Os juízes, como agentes do Estado, não devem fazer greve", afirmou. A Justiça do Trabalho faz parte da magistratura da União, mas é independente em relação à Justiça Federal. Seus magistrados não aderiram à paralisação.

BMG confirma compra do Schahin por R$ 230 milhões

Maior banco no crédito com desconto em folha, o mineiro BMG anunciou nesta quarta-feira a compra do banco paulista Schahin, que passava por dificuldades financeiras, por R$ 230 milhões. É a segunda aquisição do BMG, que comprou no ano passado as operações brasileiras da GE Money. O BMG se comprometeu a fazer um aporte de recursos para manter a fortalecer a operação do Schahin. As negociações levaram mais de dois meses e tiveram o apoio do governo federal e do FGC (Fundo Garantidor de Créditos), que socorreu o Banco PanAmericano no final de 2010. Não está claro se o FGC também entrou com dinheiro. O Banco Schahin emprega mais de 5.000 pessoas e tem mais de 5.000 pontos de venda --200 deles exclusivos. O banco também trabalha com o crédito consignado, financiamento ao consumo e a empresas de médio porte dos setores de petróleo e gás, construção, telecomunicações e energia.

Morre Neusinha Brizola aos 56 anos

Neusinha Brizola

Neusa Maria Goulart Brizola, a Neusinha, morreu na tarde desta quarta-feira, aos 56 anos. Ele era filha de Leonel Brizola, ex-governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul. Internada desde domingo na Clínica São Vicente, na Gávea (zona sul do Rio de Janeiro), Neusinha morreu por complicações pulmonares decorrentes de uma hepatite. Ela tinha dois filhos (Laila e Paulo César) e foi casada três vezes. "Neusinha, que com todos os desentendimentos que a imprensa sempre explorou, foi sempre objeto de um carinho especial de meus avôs, e será sepultada ao lado deles em São Borja", afirmou o deputado Brizola Neto (PDT-RJ), seu sobrinho. Na década de 1980, ela chegou a se lançar como cantora e teve como sucesso a música "Mintchura". Na época, Neusinha teve desentendimentos públicos com o pai por causa de seu envolvimento com drogas. Ela posou nua para revista Playboy antes das eleições municipais de 1983, mas Brizola, que era governador do Rio de Janeiro, impediu a publicação das fotos. O corpo de Neusinha Brizola será enterrado nesta quinta-feira no Mausoléu dos Goulart, no cemitério de São Borja.

Sarney tem 13 aliados em Conselho de Ética

O Conselho de Ética do Senado reiniciou nesta quarta-feira suas atividades sem dar sinal de que conseguirá recuperar a credibilidade. O colegiado estava desativado havia dois anos. Na nova composição, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), tem o apoio de 13 dos 15 integrantes, além de ter assegurado o comando do órgão ao senador João Alberto (PMDB-MA), de sua confiança. Na gestão anterior, o conselho arquivou todos as denúncias feitas contra Sarney, entre elas a responsabilidade pelos atos secretos e outros desmandos administrativos da Casa. Iniciada com atraso de mais de uma hora, a sessão de instalação deixou claro que, na prática, pouco se deve esperar do conselho. O senador Mário Couto (PSDB-PA) chegou a fazer um discurso sobre a necessidade de o colegiado "começar com moral e terminar por moral". Como ninguém o aparteou, ele não conseguiu nem mesmo ouvir seus colegas sobre os motivos que os levariam a endossar a escolha de João Alberto para presidente e a do senador Jayme Campos (DEM-MT) como vice. No cargo pela terceira vez, João Alberto afirmou que não mudará o procedimento de antes, ou seja, as denúncias poderão continuar a ser arquivadas. Ele atribui essa prática pessoal ao fato de não ser "açodado".

Lula diz não ter mais idade para disputas com Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente Lula recusou nesta quarta-feira o desafio feito pelo também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de disputar uma nova eleição. "Não vou responder. Ele, como eu, vamos disputar no além. Não temos mais idade para isso", afirmou Lula, durante o 8º Congresso Nacional dos Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CUT), realizado em um hotel de Guarulhos. A proposta do tucano foi feita em meio à polêmica sobre o artigo que escreveu para a revista "Interesse Nacional", no qual defendeu que o PSDB deveria tentar conquistar votos na nova classe média brasileira. Na semana passada, Fernando Henrique Cardoso aproveitou-se de uma entrevista a um programa de rádio para responder a Lula na forma da provocação: "Lula esquece-se de que eu o derrotei duas vezes. Quem sabe ele queira uma terceira. Eu topo".

Banrisul anuncia rompimento com empresas investigadas por suspeita de fraude

Um dia depois de o Ministério Público Estadual divulgar denúncia contra 25 pessoas suspeitas de participar de fraude contra o Banrisul, a direção do banco anunciou, por meio de nota, a suspensão de "todas as relações comerciais com empresas envolvidas" na Operação Mercari. A operação da Polícia Federal investigou suposto esquema de superfaturamento em ações de marketing do Banrisul. De acordo com a nota da instituição financeira, desde a deflagração da Mercari, em 2 de setembro passado, são adotadas medidas saneadoras no setor de marketing. O Banrisul também afirmou que a nova diretoria, na sua primeira reunião, em 21 de março, decidiu abrir nova licitação para contratar agências de publicidade. O edital será publicado em breve.

Nomeação de servidores para o hospital Presidente Vargas deve acontecer em maio

O impasse na contratação de servidores no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, em Porto Alegre, parece ter acabado. A Secretaria da Saúde estima que a nomeação dos servidores que já prestaram concurso público e ainda não foram chamados, vai ocorrer em maio. Nesta quarta-feira, a Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou por unanimidade o projeto que cria 221 cargos na administração da saúde do município. São as vagas abertas a partir das exonerações de CCs ligados à Fugast que atuavam no Hospital. O secretário adjunto da saúde de Porto Alegre, Marcelo Bosio, espera que as atividades no Hospital sejam normalizadas antes do início do inverno, quando aumenta a demanda em função das doenças respiratórias. Pelo texto aprovado, serão criados cargos para médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e assistentes administrativos. Para os técnicos em enfermagem, a prefeitura fará um novo concurso público ainda no segundo semestre.

Supremo decide que suplente da coligação deve tomar posse

Por 10 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal decidiu que um deputado federal que se licencia deve ser substituído por um suplente de sua coligação e não de seu partido. O resultado modifica entendimento do próprio tribunal, do final do ano passado, que poderia provocar uma verdadeira dança de cadeiras na Câmara. Os ministros do Supremo entenderam que, em caso de substituição, deve ser considerado o fato que os deputados são eleitos com base nos votos de toda a coligação e não só de sua sigla. Também disseram que o direito é dos suplentes da coligação por uma questão de "segurança jurídica", afinal são eles, e não os candidatos do partido, que recebem da Justiça Eleitoral o diploma de suplentes. Se o tribunal mantivesse o entendimento anterior, tomado em dezembro do ano passado, mais de 20 parlamentares teriam de deixar seus cargos para serem substituídos por outros que tiveram menos votos que eles. O Supremo julgou duas ações de candidatos que pediam para assumir vaga de deputados de seus partidos que se licenciaram e cujas cadeiras foram ocupadas por suplentes de outras siglas. Ambas foram negadas. Quatro ministros modificaram o entendimento. Entre eles a relatora Cármen Lúcia. Segundo ela, as coligações passam a ser "uma super legenda que se sobrepõe, no processo eleitoral, aos partidos políticos". Os outros a mudar de lado foram os colegas Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes e Cezar Peluso. Em julgamento ocorrido em dezembro do ano passado, com plenário esvaziado, eles haviam seguido um entendimento do próprio Gilmar Mendes de que o direito a assumir o mandato é de um suplente do mesmo partido, já que, pela regra da fidelidade partidária, o mandato parlamentar é da sigla. Além de Cármen e Barbosa, seguiram esse voto os colegas Marco Aurélio e o Cezar Peluso. Apenas Marco Aurélio manteve o voto proferido no ano passado. "O eleitor não vota em coligação", afirmou.

PT diz que não votará Código Florestal sem pelo menos uma semana para analisar mudanças

O PT voltou a insistir nesta quarta-feira que não aceitará votar o Código Florestal no plenário da Câmara caso não tenha uma ou duas semanas para examinar o substitutivo do deputado federal Aldo Rebelo. Deputados petistas afirmaram que não há tempo hábil para discutir a proposta caso o novo texto de Rebelo, incorporando mudanças sugeridas pelo governo, seja apresentado na segunda-feira, como prometido. O início da votação foi marcado para a noite de terça-feira pelo presidente da Câmara, Marco Maia. "O governo propôs votar na semana que vem, mas o Aldo não apresenta o relatório. Precisamos de uma semana", disse o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira. "Votar na terça-feira cheira a golpe, como é golpe fazer obstrução e não votar uma semana depois", afirmou Assis do Couto (PT-PR): "Cada dia que se ganha a partir de terça é um ganho para a sociedade".

Lula compara oposição a "carrapichos"

O ex-presidente Lula comparou nesta quarta-feira a oposição a "carrapichos". Ele disse que, apesar da crise que a afeta DEM e PSDB, o governo não deve subestimar os adversários. "Oposição é o bicho mais fácil de crescer. Oposição é que nem carrapicho. Eu fui oposição a vida inteira. A gente cresce sem ninguém precisar plantar", disse Lula, ao chegar ao Congresso Nacional de Metalúrgicos da CUT, em Guarulhos. Carrapicho é um tipo de planta comum no Brasil com espinhos e que gruda com facilidade na pele ou na roupa.

Conselho de Ética marca para quarta-feira o depoimento do delator Durval Barbosa

O Conselho de Ética da Câmara marcou para a próxima quarta-feira o depoimento do Durval Barbosa, delator do escândalo do Mensalão de Brasília. Ele falará somente sobre o caso da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), que foi filmada recebendo dele dinheiro. Jaqueline admitiu que o recurso foi usado para caixa dois de campanha. No mês passado, o Conselho de Ética instaurou um processo que pode levá-la à cassação. O depoimento de Durval Barbosa foi acertado nesta quarta-feira. Até terça-feira, os advogados de Barbosa queriam que o depoimento fosse na sede da Polícia Federal.

Mitsubishi investirá R$ 1 bilhão na fábrica de Catalão

A Mitsubishi do Brasil anunciou investimentos de R$ 1 bilhão para a fábrica de Catalão (GO) nos próximos cinco anos. Os recursos serão usados para aumentar a capacidade de produção, aumentar o índice de nacionalização de produtos importados e lançar novos veículos. A empresa prevê ampliar a capacidade da fábrica de 180 para 300 carros por dia e, com isso, gerar 1.000 novos empregos. Hoje, a planta tem 3.300 funcionários. Segundo o presidente da companhia, Robert Rittscher, os novos projetos, que incluem ainda uma nova fábrica de motores até 2014, podem atrair até 15 novos fornecedores para a região. A idéia é abrir espaço para a produção de sedans. A Mitsubishi do Brasil produz atualmente dois modelos da L200 e dois modelos da Pajero. A empresa comercializa outros quatro modelos importados do Japão. O ASX, hoje trazido do país oriental, será produzido no Brasil a partir de 2012. O anúncio de investimentos da Mitsubishi foi feito em Goiânia, um dia após duas montadoras japonesas com atuação no Brasil comunicarem ações para minimizar a falta de peças causada pelo terremoto de 11 de março no país oriental.

Telemar eleva participação na Portugal Telecom de 4% para 7%

A Portugal Telecom enviou nesta quarta-feira comunicado aos seus acionistas afirmando que no último dia 19 de abril a Telemar Norte Leste comprou, em operação no mercado regulamentado, 35.860.500 ações da empresa portuguesa pelo valor de 8,11 euros (US$ 11,87) cada. O comunicado foi reproduzido pela Telemar em relatório enviado à Comissão de Valores Mobiliários. "Em resultado desta operação a Telemar passou a deter um total de 62.755.860 ações representativas de 7% do capital social da PT e correspondentes direitos de voto", disse a Portugal Telecom, segundo comunicado transmitido, no Brasil, pela Telemar.

PSDB-SP dá cargo na Executiva a 5 dos 7 vereadores que ficaram no partido

O PSDB de São Paulo dará cargo na Executiva Municipal do partido a 5 dos 7 vereadores que permaneceram na legenda. A ocupação de postos no comando da sigla foi a saída encontrada pelo presidente municipal do PSDB, Julio Semeghini, para por fim à debandada dos vereadores paulistanos. A bancada, que inicialmente tinha 13 vereadores, perdeu seis membros nas últimas semanas, o que deflagrou uma crise no tucanato. O acordo foi selado hoje. Haverá uma reunião para confirmar o acerto. O vereador Adolfo Quintas, que inicialmente foi apresentado como um dos dissidentes, não deixará o partido. Ele será nomeado secretário-geral do PSDB paulistano. Além de Quintas, os vereadores Gilson Barreto, Sebastião Farias, Aníbal de Freitas e o líder da sigla na Casa, Floriano Pesaro, foram escolhidos para a executiva.

Justiça condena ex-governador do PR e ex-ministro dos Transportes

A Justiça Federal do Paraná condenou nesta terça-feira Jaime Lerner, ex-governador do Paraná, e o ex-ministro dos Transportes, João Henrique de Almeida Sousa, da gestão de Fernando Henrique Cardoso, por crime de dispensa de licitação em uma concessão de pedágio no Paraná. Além deles, também foram condenados o então secretário de Transportes Terrestres do ministério, Luiz Henrique Teixeira Baldez; o ex-secretário de Transportes do Paraná, Wilson Justus Soares; o ex-diretor do DER-PR (Departamento de Estradas e Rodagem), Paulinho Dalmaz; o então diretor de operações do DER-PR, Gilberto Pereira Loyola; além de dois diretores da concessionária Caminhos do Paraná. A dispensa de licitação, um crime previsto na Lei de Licitações, ocorreu em 2002, quando o governo do Paraná e o governo federal concederam à Caminhos do Paraná a administração de trechos das rodovias BR-476 (entre os municípios de Lapa e Araucária) e PR-427 (entre a cidade de Lapa e a BR-277). Os trechos, que somam cerca de 80 quilômetros, foram cedidos à concessionária por termos aditivos a contratos firmados em 1996 e 1997, também no governo de Jaime Lerner (1995-2002). Até hoje a Caminhos do Paraná administra as rodovias. Segundo o juiz Nivaldo Brunoni, que emitiu a sentença, os novos trechos ampliaram o contrato inicial "sob o pretexto de que se estaria realizando o reequilíbrio econômico-financeiro do contrato". "Na verdade, o que ocorreu foi um favorecimento indevido à empresa", afirmou o magistrado. Brunoni destaca que a dispensa de licitação ocorreu poucos meses antes de se encerrar o mandato de Lerner --os termos aditivos foram firmados entre setembro e outubro de 2002, Lerner deixou o cargo em janeiro de 2003.

Argentina quer limitar venda de terras para estrangeiros

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta quarta-feira que enviará ao Congresso um projeto de lei limitando a venda de terras aos estrangeiros no país. "Trata-se de um projeto para proteger nossas terras nacionais", disse a presidente peronista populista, em rede nacional de rádio e de televisão. Ela afirmou que as terras passarão a receber a definição de "domínio nacional" e que a mudança representa uma "nacionalização" e não uma "estatização" desses territórios. "Que fique claro que eu não disse a palavra estatal e que não comecem a falar em estatizações", declarou.  Segundo a presidente, o objetivo é "proteger um recurso estratégico não renovável", no momento em que aumentam os preços internacionais de commodities agrícolas, muitas delas exportadas pela Argentina. O projeto de lei atende demanda de entidades agrícolas argentinas, que pressionavam pela restrição à venda de terras. A presidente não deu detalhes sobre a medida, mas afirmou que seu governo está "copiando modelos já implementados no Brasil, no Canadá, nos Estados Unidos, na França e na Itália". No Brasil, lei de 2010 impôs, entre outras determinações, um limite de 5.000 hectares à venda de terras a empresas estrangeiras. Na Argentina, os jornais "La Nación" e "Página12" informaram, em suas edições online, que o limite de venda seria de 20% do total de hectares do país e um máximo de mil hectares para cada proprietário não argentino.

Lucro da Natura tem alta de 6,3% no primeiro trimestre

A Natura apresentou na quarta-feira lucro líquido de R$ 150,5 milhões para os três primeiros meses deste ano, alta de 6,3% se comparado aos R$ 141,6 milhões apurados em igual período de 2010. A Natura contabilizou receita líquida de R$ 1,145 bilhão no primeiro trimestre, expansão anual de 13%. O custo de produtos vendidos, por sua vez, diminuiu de 30,7% da receita líquida nos três primeiros meses de 2010 para 30% no primeiro trimestre deste ano. A participação das operações internacionais na receita líquida consolidada da Natura foi de 8,1% nos três meses até março. As operações em consolidação, que incluem Argentina, Chile e Peru,  tiveram receita líquida de R$ 60,1 milhões de reais no trimestre.

Juízes não podem fazer greve, diz presidente do TST

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, João Oreste Dalazen, afirmou nesta quarta-feira que discorda da paralisação dos juízes federais. "Os juízes, como agentes do Estado, não devem fazer greve", afirmou o ministro, após encontro com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). Apesar de fazer parte da magistratura da União, a Justiça do Trabalho não faz parte da Justiça Federal. Os juízes do Trabalho também não protestaram. Dalazen disse que concorda com a medida imposta pelo Conselho da Justiça Federal de cortar o salário dos juízes que aderiram à manifestação. "Recentemente, o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) me procurou para ajudá-lo a regulamentar um projeto sobre greve no serviço público. Enquanto isso não ocorre, vale a regra do serviço privado", disse o ministro. Os juízes federais em todo o País realizaram nesta quarta-feira uma paralisação de 24 horas.

Acionistas aprovam incorporação da Vivo pela Telefônica

Acionistas da Vivo e da Telefônica aprovaram nesta quarta-feira a incorporação da operadora móvel pela Telefônica, abrindo caminho para que a empresa espanhola assuma a liderança do setor no País. Com a integração entre as duas empresas haverá sinergias (economias de custo) que devem superar os cálculos mais otimistas de 4,2 bilhões de euros (valor que supera R$ 9 bilhões) feito pelos analistas contratados pela Telefônica. A incorporação da Vivo é o maior negócio do setor desde a privatização. Com esse negócio, a Telefônica está adicionando a seu capital social R$ 31,1 bilhões, valor de mercado das ações da operadora móvel. No total, somará 77 milhões de clientes, sendo 62 milhões somente da Vivo. Esse processo começou no final de julho de 2010, quando a operadora espanhola comprou os 30% da Vivo que pertenciam à PT (Portugal Telecom) por cerca de R$ 17,2 bilhões. Telefônica e PT dividiam o controle da Vivo com 30% de participação cada uma. Após passar a deter 60%, a Telefônica anunciou sua intenção de incorporar a companhia à Telesp e passou comprar no mercado (por meio de Ofertas Públicas Para Aquisição de Ações) as ações remanescentes. A partir de agora, os acionistas que aceitarem trocar seus papéis receberão 1,55 ação da Telesp para cada papel da Vivo.

Petrobras fecha aluguel das fibras ópticas até maio

O presidente da Telebrás, Rogério Santanna, afirmou nesta quarta-feira que o contrato de aluguel de fibras ópticas com a Petrobras deverá ser feito até início de maio. A diretoria da estatal já aprovou o acordo. O contrato é uma das pendências para o início do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga). Santanna espera, dessa forma, ativar as conexões no trecho de Brasília a Itumbiara (GO) até final de maio. Será o início do plano, que conta com uma série de atrasos. Os contratos com Petrobras e Eletrobras para aluguel de rede deveriam ter sido assinados em janeiro desse ano para cumprir a meta de conectar 1.163 cidades ainda em 2011. Com a Eletrobras, o contrato foi assinado no início de abril, mas ainda falta homologação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A meta de conexões caiu para 800 cidades em 2011 devido aos atrasos nos contratos, projeção que também não será cumprida com o corte orçamentário sofrido pela estatal. Dos R$ 600 milhões previstos para 2010, R$ 316 milhões foram aprovados. Esse dinheiro, no entanto, ainda não foi liberado pelo Tesouro. Para 2011, de um orçamento proposto de R$ 400 milhões, o Congresso liberou R$ 226 milhões, mas apenas R$ 50 milhões foram descontigenciados, detalhou Santanna.

Pelo segundo dia, Dilma evita Planalto e despacha no Alvorada

Pelo segundo dia consecutivo, a presidente Dilma Rousseff decidiu despachar no Palácio do Alvorada, residência oficial. As duas vias de acesso ao palácio foram bloqueadas pela Polícia Militar do Distrito Federal e por seguranças da Presidência. Desde segunda-feira, um grupo de manifestantes protesta com forte barulho de buzinas em frente ao Palácio do Planalto. Na terça-feira, a presidente demonstrou incomodo com a manifestação promovida pela Anece (Associação dos ex-Soldados Especializados da Aeronáutica) e determinou a assessores que providenciassem a interrupção porque o ato atrapalhava a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Antes de se dirigirem ao Planalto, os manifestantes foram até o Alvorada pela manhã e com a ajuda de buzinas barulhentas usadas em estádios de futebol pediram a reincorporarão de militares concursados demitidos da Aeronáutica.

Paraguai pede pressa ao Senado para aprovar acordo de Itaipu

Os presidentes do Parlamento paraguaio pediram pressa nesta quarta-feira aos senadores brasileiros para a votação do acordo entre Brasil e Paraguai que triplica o valor pago pelo governo brasileiro pela energia de Itaipu não utilizada no país vizinho. Reunidos com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), os parlamentares pediram que o Legislativo brasileiro acelere a análise do projeto. "Cremos que é justo e estamos vendo que o Brasil tem demandado esforços para concretizar a proposta", disse o presidente do Senado do Paraguai, Gonzáles Daher. Segundo o parlamentar, o aumento do valor recebido pela venda da energia produzida por Itaipu é importante para o país concretizar investimentos em "setores sociais prioritários", como saúde e educação. O presidente do Senado brasileiro, José Sarney (PMDB-AP), disse que a proposta pode ser analisada na semana que vem pelo plenário da Casa.

Argentina lança programa de venda de carnes a preços populares

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, lançou na noite de terça-feira o plano "carne para todos", que prevê a venda de corte de carne bovina a preços populares, cerca de 40% mais barato que o preço oferecido nos supermercados. Segundo a Presidência, cinco caminhões frigoríficos itinerantes venderão até 10 mil quilos do produto por dia nas regiões carentes da província de Buenos Aires, a maior do país. No momento do lançamento do programa, em frente à Casa Rosada, a peronista populista Cristina Kirchner realizou uma "compra simbólica" de diferentes cortes de carne. O quilo do chamado assado, o principal corte do churrasco nacional, custará 10,50 pesos (cerca de R$ 4,50). Nos mercados tradicionais, o quilo do corte costuma ser vendido a partir de 30 pesos. Os consumidores poderão escolher entre 13 tipos diferentes de cortes e, de acordo com o site da Presidência, não haverá limite para a quantidade desejada. O programa foi lançado num momento de alta da inflação, de aumento nos preços da carne bovina e quando as estatísticas oficiais geram polêmica no país.

STF rejeita ação contra mudança na jornada de professores

O Supremo Tribunal Federal rejeitou nesta quarta-feira uma ação de cinco governadores de Estado que pedia a declaração de inconstitucionalidade de uma lei federal que modificou a jornada de trabalho dos professores da rede pública de ensino. Eles questionavam a Lei 11.738 de 2008, que instituiu a dedicação de um terço da jornada de trabalho de 40 horas por semana para atividades extraclasse, estudo ou planejamento de aulas. A votação sobre o tema empatou em 5 a 5, mas como não houve votos suficientes nem para dizer que a lei é constitucional, nem que é inconstitucional, o pedido foi simplesmente rejeitado. Isso quer dizer que a lei está em vigor, mas pode voltar a ser analisada no futuro, em caso de novo questionamento. Apenas dez ministros votaram no caso, pois José Antonio Dias Toffoli se declarou impedido por ter atuado no caso quando era Advogado Geral da União. Essa é a mesma ação que questionava o piso salarial para professores da rede pública, cuja análise foi iniciada no início de abril. Na ocasião, o tribunal decidiu que o piso dos professores, de R$ 1.187,97 mensais para 40 horas por semana, é constitucional. A questão da carga horária, porém, havia ficado em aberto, pois os ministros discordavam sobre a questão. Cinco deles defendiam a constitucionalidade da regra, enquanto os outros quatro consideravam ilegal a determinação para que 33% da carga horária dos professores fosse dedicado a outras atividades que não a sala de aula. Precisa-se de seis votos para que o Supremo declare que uma norma é constitucional ou não. Como não houve votos suficientes, o plenário decidiu esperar pelo o presidente do tribunal, ministro Cezar Peluso, que estava viajando. Agora ele empatou a questão. A ação foi proposta pelos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará, que alegavam falta de previsão orçamentária correspondente à contratação de professores para suprir a mudança da jornada de trabalho prevista pela lei do piso.

Polícia Federal prende nove por fraude de R$ 120 milhões no INSS

A Polícia Federal prendeu na manhã de quarta-feira nove suspeitos de envolvimento em fraudes no INSS. A operação, batizada de Highlander, tinha como alvo 12 suspeitos, e cumpriu 30 mandados de prisão. Os envolvidos responderão por fraude de documentos, estelionato e formação de quadrilha. Segundo a Polícia Federal, a quadrilha foi formada por até quatro servidores do INSS da agência de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. Três deles já estão mortos. Um foi preso na manhã desta quarta-feira. Os demais suspeitos presos eram os beneficiários fantasmas, que se apresentavam em agências bancárias para tirar mensalmente o benefício com documentos falsos. Uma mulher foi presa com 30 identidades falsas, usadas para resgatar as pensões fraudulentas. A quadrilha causou prejuízo estimado em R$ 120 milhões por 28 anos. De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha incluiu de forma fraudulenta beneficiários fictícios na Previdência Social.

Representação contra Requião vai para o advogado-geral do Senado

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), encaminhou na terça-feira ao advogado-geral do Senado, Alberto Cascais, a representação do Sindicato do Jornalista Profissionais do Distrito Federal contra o senador Roberto Requião (PMDB-PR). O documento foi protocolado um dia após Requião ter se irritado quando um jornalista o questionou se abriria mão de sua aposentadoria como ex-governador do Paraná. Ele retirou o gravador das mãos do repórter Victor Boyadjian, da Rádio Bandeirantes, e só o devolveu após apagar o conteúdo do áudio do cartão de memória. O sindicato pede que o Senado aplique as sanções de advertência e censura contra o parlamentar.

Ministro confirma mudanças na regra de pensões por morte

O ministro Garibaldi Alves (Previdência) confirmou nesta quarta-feira que o governo estuda limitar os critérios de concessão de pensões por morte no Brasil. O ministério analisa um conjunto de normas para disciplinar a concessão do beneficio. Segundo Garibaldi, atualmente não há regras para o recebimento de pensão por morte, o que pode causar problemas no futuro para a Previdência. "Não há regras, há uma frouxidão total. Se compararmos essa realidade com a de outros países, não temos critérios, carências e nem constatação de que aquela pessoa realmente está merecendo aquela pensão. Se não corrigimos isso, podemos ter problemas maiores no futuro", afirmou o ministro. O governo estuda uma proposta que prevê ao menos cinco regras: impor período mínimo de contribuição; obrigar o dependente a provar que não pode se sustentar sozinho; definir limite de tempo para que viúvas jovens recebam os valores; proibir o acúmulo da pensão com outro benefício; e limitar a liberação da pensão integral para casos específicos.

Abbas deve escolher paz com Israel ou com Hamas, diz Netanyahu

O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, advertiu nesta quarta-feira a Autoridade Nacional Palestina (ANP) para que escolha "entre a paz com Israel ou a paz com o Hamas". A pressão veio pouco depois do anúncio de um acordo histórico de reconciliação entre os grupos rivais palestinos Hamas e Fatah, que deve ser assinado no próximo dia 5 de maio no Cairo, que medeia as negociações. O pacto consiste na formação de um governo de união nacional e a realização de eleições dentro de um ano, afirmou Al Masri, político independente e influente empresário palestino. As negociações de paz com Israel, atualmente congeladas diante do avanço dos assentamentos judaicos em solo palestino, são realizadas pelas pelo Fatah e ANP. O Hamas condena qualquer diálogo. "Não é possível a paz com os dois porque o Hamas tem a aspiração de destruir Israel e já manifestou isso abertamente", afirmou Netanyahu, em comunicado. O premiê israelense disse ainda que a mera idéia de uma reconciliação palestina "reflete a debilidade da ANP" e leva a questionamentos se o Hamas tomará à força a Cisjordânia, como fez com a faixa de Gaza em 2007, e que levou Israel e decretar um amplo boqueio ao território. "Espero que a Autoridade Palestina escolha corretamente e que escolha a paz com Israel. A escolha está em suas mãos", conclui.

Produção de celulose no Brasil sobe 2,6% em março

A produção de celulose no Brasil voltou a registrar no mês passado ligeiro crescimento em relação ao mesmo mês de 2010, mas avançou de forma mais expressiva na comparação com fevereiro. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Celulose de Papel (Bracelpa), em março foram produzidas 1,265 milhão de toneladas de celulose, alta de 2,6% em relação a março de 2010 e de 12,7% ante fevereiro. Deste total, 1,093 milhão de toneladas foram equivalentes a celulose de fibra curta, produzida a partir do eucalipto no Brasil. Em fevereiro, a produção havia avançado 1,5% na comparação anual. No acumulado do primeiro trimestre do ano, a produção foi de 3,596 milhões de toneladas do insumo, volume 1,4% superior aos primeiros três meses do ano passado. As exportações de celulose, por sua vez, recuaram 9,8% no mês passado ante março de 2010, mas cresceram 13,2% em relação a fevereiro. No trimestre, a alta foi de 1,1%, para 2,18 milhões de toneladas. O volume exportado pelas empresas brasileiras, tanto em março quanto no acumulado do ano, corresponde a celulose de fibra curta. "O crescimento da receita de exportação de celulose no primeiro trimestre deste ano foi de 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando US$ 1,2 bilhão", disse a Bracelpa, em nota. De janeiro a março de 2011, foram exportados US$ 515 milhões em celulose para a Europa, que se mantém como principal destino do insumo brasileiro. A China se mantém na segunda colocação, com US$ 338 milhões. No mês passado, o Brasil produziu, de acordo com a Bracelpa, 823 mil toneladas de papel, o que representa queda de 1,3% ante março de 2010, mas avanço de 3,9% em relação a fevereiro. Deste total, 400 mil toneladas corresponderam a papéis para embalagens e 232 mil toneladas a papéis para imprimir e escrever.

Busca submarina encontra chassi de caixa-preta do Airbus A 330 da Air France

O BEA (escritório francês que investiga a segurança na aviação civil) informou nesta quarta-feira que um robô submarino encontrou o chassi de uma caixa-preta que registrou os dados do vôo 447 da Air France, que caiu no oceano Atlântico em 2009, durante o trajeto entre Rio de Janeiro e Paris. Os 228 ocupantes morreram. Segundo o BEA, o chassi do FDR (Flight Data Recorder) do Airbus A330 estava no fundo do mar, ao lado de outros destroços da aeronave. O módulo de memória do aparelho (Crash Survivable Memory Unit), que contém os registros de todas as informações do vôo, ainda não foi localizado. Ele deveria estar acoplado ao lado do chassi. A operação de resgate aos destroços do avião continua, e um novo mergulho do robô submarino Remora 6000 já começou. Os investigadores esperam que as duas caixas-pretas (uma com os dados do vôo e outra com o registro da conversa da cabine) possam determinar o que causou o acidente com o vôo 447. O primeiro mergulho em busca dos destroços do vôo, localizados no começo deste mês, foi realizado na manhã de terça-feira e durou mais de 12 horas. O navio francês Ile de Sein, responsável pela operação de resgate, está na área do acidente na costa brasileira. De acordo com o BEA, 68 pessoas estão a bordo do navio, incluindo a tripulação. Entre eles estão nove operadores do robô submarino, que irá recolher os destroços, outros técnicos da empresa americana Phoenix International, proprietária dos equipamentos, e membros do BEA.

STF analisa ações sobre união homossexual no próximo dia 4

O Supremo Tribunal Federal deve analisar no próximo dia 4 dois processos relativos à união homossexual. Um deles é a Ação Direta de Inconstitucionalidade, da Procuradoria-Geral da República, que pede o reconhecimento do casal gay como entidade familiar; o outro é uma ação do governo do Rio de Janeiro que pede que seja aplicado a casais homossexuais o mesmo regime jurídico das uniões estáveis. Caso a decisão seja favorável, os mesmos direitos e deveres de companheiros nas uniões estáveis poderão ser estendidos aos casais do mesmo sexo. Um poderá ser considerado dependente do outro, por exemplo. Segundo explica Maria Berenice Dias, desembargadora aposentada e especialista em direito homoafetivo, há indicativos que de a decisão do Supremo deve ser favorável aos pedidos.

Justiça dos Estados Unidos vai reexaminar condenação de ex-Pantera Negra

Uma corte federal de apelações dos Estados Unidos ordenou nesta terça-feira o reexame da sentença de pena de morte de Mumia Abu-Jamal, ex-ativista do grupo Pantera Negra. A revisão foi pedida após a constatação, pela segunda vez, de que houve erros nas orientações dadas ao júri do caso sobre a pena de morte. A revisão, que deve ocorrer nos próximos seis meses, pode anular a pena de morte, mas não vai mudar sua condenação pelo assassinato de um policial em 1981. Abu-Jamal, de 58 anos, foi condenado em 1982 à pena de morte pelo assassinato a tiros do policial branco Daniel Faulkner. Ele sempre negou ter cometido o crime, que se transformou em uma causa célebre dos críticos da pena capital. A defesa alegou que houve irregularidades durante os procedimentos legais do julgamento, quando descobriu-se que o júri havia sido manipulado para não considerar as circunstâncias atenuantes contra a pena de morte. A Corte de Apelações da Pensilvânia decidiu então, em 2008, adiar a pena capital de Abu-Jamal, decisão que levou a três anos de processos legais e à intervenção da Suprema Corte de Justiça dos Estados Unidos. Na terça-feira, a mesma corte decidiu pedir novamente por uma nova audiência de sentença. O procurador público Seth Williams disse que considerará um novo apelo à Suprema Corte contra a medida. Já os advogados de defesa consideraram a decisão uma forma de tratar do "infortúnio capítulo da história da Pensilvânia". Faulkner, de 25 anos, patrulhava as ruas quando parou o irmão de Abu-Jamal, William Cook, por uma infração de trânsito, aproximadamente às 4 horas. Abu-Jamal, que trabalhava como taxista na época, correu até o local. A polícia encontrou o ativista ferido por um tiro da arma de Faulkner, que por sua vez foi morto com vários disparos. Um revólver calibre 38 registrado por Abu-Jamal foi encontrado no local, com cinco cartuchos disparados.

Fatah e Hamas superam divergências e acordam governo interino

Representantes das facções palestinas rivais Fatah e Hamas chegaram nesta quarta-feira no Egito a um entendimento sobre todos os temas nos quais discordavam, incluindo os referentes a formação de um governo e uma data para as eleições gerais. A agência Mena disse que o entendimento aconteceu durante as negociações realizadas no Cairo entre uma delegação do grupo nacionalista Fatah, presidida por Azam al-Ahmad, e outra da organização terrorista Hamas, liderada por Moussa Abu Marzuk. O encontro desta quarta-feira foi apenas um de muitos encontros secretos. O acordo deixou muitas autoridades surpresas, já que Fatah (que comanda a Cisjordânia) e Hamas (que controla a faixa de Gaza) têm um histórico de profundas divisões sobre como reagir ao conflito com Israel. "Os dois lados assinaram um rascunho para um acordo. Todos os pontos de diferença foram superados", disse Taher Al-Nono, porta-voz da organização terrorista Hamas. Ele afirmou ainda que o governo do Egito deve convidar em breve as duas partes para assinar um acordo.

Intenção de compra das famílias paulistanas estabiliza em abril

Pesquisa da Fecomércio-SP (a federação do comércio paulista) apontou que a intenção de consumo das famílias paulistanas não se alterou entre os meses de março e abril. Elaborado a partir de 2.200 entrevistas no município de São Paulo, o índice que sintetiza essas respostas teve uma leitura de 135 pontos em abril, mesmo patamar de março, e abaixo dos níveis de fevereiro (136) e janeiro (142). A mesma pesquisa detectou que mais famílias paulistas deram respostas favoráveis às questões sobre "Acesso a Crédito" e "Renda Atual" entre março e abril. Mas não mostraram tanto otimismo no item "Perspectiva Profissional", em que menos famílias se declararam satisfeitas nesse aspecto. A área de análise da Federação destacou preocupações com a inflação e o aumento dos impostos, e os possíveis impactos na geração de empregos e no futuro profissional dos membros da família.

Previdência Social registra déficit de R$ 3,13 bilhões em março

A Previdência Social registrou déficit de R$ 3,13 bilhões em março, valor 56,2% menor do que o registrado no mesmo mês do ano passado. Na comparação com fevereiro, o déficit caiu 6,1%. A arrecadação líquida teve um crescimento de 0,7% em relação a fevereiro e fechou o mês de março em R$ 18,02 bilhões. Já as despesas tiveram queda de 0,4% e somaram R$ 21,15 bilhões. No trimestre, a Previdência Social registrou déficit de R$ 9,5 bilhões. Esse resultado é 37,3% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando a Previdência teve déficit de R$ 15,19 bilhões.

Ex-soldados da Aeronáutica queimaram bandeira do Brasil

Três homens que se identificaram como ex-soldados da Aeronáutica subiram no mastro da bandeira do Brasil, na Praça dos Três Poderes, em Brasília, na manhã desta quarta-feira, para exigir sua readmissão. Eles participavam de um protesto conduzido pela Anece (Associação dos ex-Soldados Especializados da Aeronáutica) que, desde segunda-feira reinvidica o retorno de 13 mil soldados aos seus postos. Os manifestantes exibiram uma faixa em que afirmavam ter três litros de gasolina para atear fogo à bandeira. E terminaram mesmo queimando a bandeira. Esses são os camaradas que juraram defender a bandeira, e a queimam, e ainda querem voltar ao serviço ativo na Aeronáutica.

Mantega espera que Banco Central dos Estados Unidos diminua fluxo de recursos

O ministro Guido Mantega (Fazenda) espera que o presidente do Fed (Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, anuncie nesta quarta-feira que não vai fazer uma política de expansão monetária nos Estados Unidos. O comentário foi feito após o ministro ser questionado por jornalistas sobre a expectativa em relação ao anúncio que será feito nesta quarta-feira pelo presidente do Fed sobre a manutenção da taxa básica de juros e a política de recompra de títulos públicos. De acordo com Mantega, o Bernanke deve falar se a política de expansão monetária vai continuar ou não. "Eu espero que ele nos diga que não vai fazer o 'quantitative easing' (política de expansão monetária). De modo a que tenhamos uma perspectiva de diminuir esse fluxo de recursos monetários que atrapalha vários países e inclusive causa inflação aqui no Brasil e em outros países emergentes", afirmou Mantega. O comitê de mercado aberto do Fed está reunido desde terça-feira para deliberar sobre o assunto. Ao final do encontro, o presidente da instituição dará, pela primeira vez na história do Banco, uma entrevista coletiva para apresentar os resultados da reunião.

Marina Silva diz que Brasil está refém de Belo Monte

O Brasil está refém de Belo Monte. A afirmação é da ex-senadora Marina Silva (PV-AC), ao avaliar o planejamento energético do País para os próximos anos, que ela considera insuficiente. Para ela, a mega usina hidrelétrica, que terá mais de 11 mil MW (megawatts) de capacidade instalada, não tem viabilidade econômica e social. Marina Silva frisou que o setor público sustenta o projeto, diante da falta de interesse de agentes privados. "A gente vive com a corda no pescoço a cada ano, com risco de apagão. Não podemos ficar reféns de um empreendimento como Belo Monte. Vão passar por cima dos índios caiapós e fazer de qualquer jeito?", afirmou, em debate promovido pela Fundação Heinrich Böll na Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro, que discutiu o uso de energia nuclear. Marina Silva admitiu a utilização da região Amazônica para viabilizar alguns projetos, desde que sejam utilizados rigorosos critérios ambientais. Segundo ela, até pouco tempo atrás, as usinas do rio Madeira eram apresentadas como a grande solução do País. "Passaram-se alguns meses e veio Belo Monte. Daqui a pouco, aparece outro projeto desse tipo", observou. Se o País priorizasse o investimento em biomassa, com a produção a partir do bagaço de cana de açúcar, o Brasil poderia gerar o equivalente a três usinas de Belo Monte, destacou a ex-ministra do Meio Ambiente. Não há justificativa econômica e, especialmente, ambiental, para se construir novas usinas nucleares, acrescentou Marina Silva, lembrando ter votado contra o projeto de Angra 3 dentro do Conselho Nacional de Política Energética, quando era ministra, no governo Lula.

S&P rebaixa perspectiva da dívida japonesa para "negativa"

A agência de classificação de risco S&P (Standard & Poors) anunciou nesta quarta-feira que revisou de "estável" para "negativa" a perspectiva da dívida japonesa devido ao risco de deterioração da situação fiscal do país após o terremoto seguido de tsunami de 11 de março. Ao colocar a dívida japonesa em perspectiva negativa, a S&P indica que existe a possibilidade de rebaixar a nota de risco do país no futuro. A dívida soberana de longo prazo do Japão atualmente é "AA-", e de sua dívida de curto prazo é de "A1+", ambas consideradas grau de investimento, ou seja, entre os países mais seguros para se investir. A S&P tomou a mesma decisão em relação aos Estados Unidos este mês, a rebaixar a perspectiva da dívida soberana americana de "estável" para "negativa". A nota de risco dos Estados Unidos é "AAA", considerada a melhor que um país pode obter. A S&P informou em um relatório que o rebaixamento da nota de risco do Japão pode ocorrer "se a deterioração fiscal exceder materialmente as estimativas (anteriores) à revelia de uma maior consolidação fiscal".

Teto de avião da Gol cai durante aterrissagem em Congonhas

Parte do teto de um avião da Gol desabou após a aterrissagem no aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, na noite de terça-feira. Segundo a empresa, ninguém ficou ferido. O problema aconteceu por volta das 20 horas, quando o vôo G3 1399, que fazia o trajeto entre Salvador e São Paulo, aterrissava. A Gol afirmou que "após o pouso, quando os freios foram acionados, produziu-se uma vibração, cuja frequência se refletiu no interior da aeronave. O movimento deslocou o encaixe de peças do revestimento interno, causando a queda de alguns painéis e portas de máscaras de oxigênio". Ao todo, 144 passageiros estavam na aeronave, um Boeing 737-800, que foi retirada de operação e passa por inspeção pelas equipes da companhia.

Governo vai mudar regras para concessão de rádio e TV

Para evitar a atuação de laranjas no setor de radiodifusão, o Ministério das Comunicações vai adotar novos critérios para outorgas de emissoras de rádio e TV. O intuito é fazer com que o vencedor de uma licitação tenha como provar que tem condições econômicas para manter o serviço da emissora. Empresas abertas em nome de laranjas são usadas para conseguir outorgas de rádio de TV nas licitações feitas pelo governo federal. Serão propostas três principais mudanças. A primeira é que, no ato da concessão, será obrigatório o pagamento de caução equivalente a 20% do valor do contrato. Hoje, a caução é de 0,5%. No momento da licitação, o concorrente deverá apresentar dois pareceres de auditorias atestando capacidade financeira para conduzir o negócio. A outra mudança é o pagamento de 50% do valor do contrato no ato da outorga, e os outros 50% na assinatura do contrato. Atualmente, a segunda metade é paga um ano depois do ato da outorga. O pacote de mudanças deverá entrar em consulta pública em duas semanas, garantiu o secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Genildo de Albuquerque Neto, em audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado. O secretário também apresentou a perspectiva do governo de fiscalizar todas as rádios do País, comunitárias, educativas e comerciais, em quatro anos.