quinta-feira, 30 de junho de 2011

Fifa adia para outubro definição da abertura da Copa-2014

Quase uma semana após o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, criticar a lentidão das obras para a Copa do Mundo-2014, a entidade decidiu adiar de julho para outubro a reunião que definirá o palco da abertura do Mundial e as cinco cidades sede da Copa das Confederações-2013. Além de adiar a reunião, a Fifa também mudou a definição sobre o calendário dos jogos das eliminatórias da Copa do Mundo, que seria realizada no dia 30 de julho, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. Agora, também será em outubro. O sorteio está previsto para acontecer no Rio de Janeiro. Nele são definidas o número de vagas por continente para o Mundial e para quais chaves os países ficarão. A Fifa informou que não haverá reunião com o Comitê Organizador Local, em uma cerimônia com membros de cem associações filiadas à Fifa.

Vale aprova programa de recompra de ações

A Vale informou nesta quinta-feira que o Conselho de Administração da companhia aprovou a proposta da diretoria-executiva de criar um programa de recompra de ações ordinárias e preferenciais classe A e de seus respectivos ADRs (American Depositary Receipts) no valor de até US$ 3 bilhões. Segundo a companhia, as ações recompradas serão canceladas após o término do período de recompra. O programa prevê a recompra de até 84.814.902 ações ordinárias e 102.231.122 ações preferenciais, correspondentes até 5,9% do número total de ações em circulação no mercado. O prazo máximo para a recompra é de 180 dias, contados a partir de 31 de maio de 2011. "A forte geração de caixa da Vale e suas excelentes perspectivas de desempenho estão permitindo o financiamento de considerável volume de investimentos, focados na exploração de múltiplas oportunidades de crescimento orgânico e ancorados em rigorosa disciplina na alocação do capital", disse a Vale ao justificar a operação. Para a Vale, a "recompra de ações é um instrumento importante de retorno de capital aos acionistas, contribuindo para melhorar a alocação do capital e consequentemente para a maximização de valor para os acionistas". A operação será conduzida pelas seguintes instituições financeiras: Bradesco, Itaú, Ágora, Fator, Credit Suisse, Santander e J.P. Morgan.

Supremo abre ação penal contra senador Cícero Lucena

Por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram abrir ação penal contra o senador Cícero Lucena (PSDB-PB) para investigar supostos crimes cometidos quando ele era prefeito de João Pessoa (1997-2004). Com a decisão, ele agora é réu. De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, diversas irregularidades foram cometidas em mais de 10 convênios realizados pelo então prefeito, como desvio de recursos, fraude em licitações e superfaturamento de obras públicas.

Governadores sinalizam acordo sobre royalties do petróleo

Em encontro nesta quinta-feira, em Brasília, governadores de Estados produtores e não produtores de petróleo acenaram com um entendimento sobre a questão da divisão dos royalties do setor. Na reunião, os representantes da região Nordeste, que não são beneficiados por ganhos significativos pela extração, cederam e concordaram que os Estados produtores, como Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo, tenham uma participação maior nos royalties do setor. Em contrapartida, os produtores aceitam que os demais Estados tenham uma compensação imediata, que valerá a partir da aprovação do acordo no Congresso Nacional e não apenas quando a exploração das novas reservas do pré-sal der retorno financeiro. Uma idéia discutida foi a criação de um Fundo de Desenvolvimento Regional com recursos não apenas da União, mas, também, de antecipação de parte das receitas futuras dos Estados produtores. Com isso, seria possível aumentar a participação das receitas de quem não produz de  imediato, sem diminuir os ganhos dos produtores. Uma sugestão é a emissão de títulos, com lastro nos ganhos futuros pela exploração do pré-sal, em um modelo parecido com o usado pelo governo na capitalização da Petrobras. "Recuamos e topamos a posição reivindicada de haver um tratamento diferenciado para os Estados produtores", afirmou o governador de Pernambuco, Eduardo Campos: "Isso é fundamental para o acordo. E eles admitem que os Estados não produtores tenham um fluxo de recebimento imediato e não para quando o pré-sal funcionar".

Millôr Fernandes volta a ser internado no Rio de Janeiro

O escritor, tradutor e humorista carioca Millôr Fernandes, de 87 anos, voltou a ser internado, na quarta-feira, na Clínica São José, no Humaitá, zona sul do Rio de Janeiro. Millôr estava em casa, com acompanhamento médico, quando passou mal. Foi levado para a clínica, onde permanece na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), sem receber visitas. Desde fevereiro, quando sofreu um AVC isquêmico, o escritor ficou em tratamento hospitalar. No início havia sido levado para a Clínica São Vicente, na Gávea. Depois foi transferido para a São José, de onde foi liberado na terça-feira. Millor Fernandes participou da criação do jornal "O Pasquim" e é um dos principais tradutores de Shakespeare no Brasil.

UFRJ acaba com o vestibular

A direção da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), uma das mais tradicionais do País, decidiu encerrar seu vestibular e aderir ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para matricular seus futuros alunos a partir de 2012. Do total das vagas, 30% serão reservadas para alunos de escolas públicas com renda familiar de um salário mínimo por pessoa. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira pelo Conselho Universitário. A UFRJ já havia iniciado no ano passado o sistema de cotas, em que 20% das 9060 vagas foram oferecidas a estudantes de escolas públicas, 40% preenchidas pelo Sisu e as outras 40% pelo vestibular, que agora acaba.

Conselho de Ministros da Itália aprova medida contra crise do lixo

O Conselho de Ministros da Itália aprovou nesta quinta-feira um projeto de lei que autoriza a transferência do lixo urbano da cidade de Nápoles para fora da região da Campânia, em uma medida que visa resolver a crise do lixo no município. A norma foi aprovada sem o apoio do partido Liga Norte, legenda aliada no âmbito nacional ao Povo da Liberdade (PDL), do primeiro-ministro Silvio Berlusconi. "Esta é uma forma de mostrar distância política de uma medida que a Liga nunca foi a favor", afirmaram as fontes. O partido sempre se mostrou contra a aprovação do projeto. Autoridades regionais também se mostraram insatisfeitos com a norma, argumentando que a transferência do lixo não resolve a "essência do problema". Segundo eles, seria preciso abrir novos aterros e criar outros mecanismos de tratamento dos resíduos. Desde setembro do ano passado, Nápoles e as cidades vizinhas vivem um clima de tensão com manifestações e atos violentos por causa da falta de locais apropriados onde possam ser jogados os resíduos. Na última semana, cidadãos napolitanos atearam fogo a montes de lixo. A crise do lixo na Itália não é um tema novo. Entre 2007 e 2008, as ruas napolitanas também foram palco de protestos e violência. Na época, depois de duas semanas de greve dos trabalhadores do setor de lixo, o governo precisou acionar o Exército para retirar mais de 100 mil toneladas de resíduos deixados nas ruas da cidade.

Abílio Diniz contrata ex-ministro Thomaz Bastos para caso Carrefour

O presidente do Conselho do Pão de Açúcar, Abílio Diniz, contratou o ex-ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, para defender a companhia no caso das negociações de fusão com o Carrefour no Brasil. O negócio provocou a "ira" do sócio de Diniz no grupo, o francês Casino, principal rival do Carrefour na França. O advogado José Carlos Dias, contratado pelo Casino para defendê-lo em eventuais ações criminais, disse que o plano que Abilio Diniz costurou com o Carrefour, o BTG Pactual e o BNDES equivale "a um golpe de Estado". "Não se pode aceitar o que eu chamo de golpe de Estado corporativo. Fizeram um acordo secreto e estão usando o BNDES para pressionar os franceses", afirma o criminalista, que foi ministro da Justiça no governo de Fernando Henrique Cardoso. Para ele, seria vexaminoso e humilhante para a imagem do Brasil a noção de que o País não respeita contratos. O acordo de acionistas assinado em 2005 entre Abilio Diniz e Casino previa que o grupo francês passaria a controlar o Pão de Açúcar em 2012. O plano apresentado por Abilio Diniz, BTG e BNDES não inclui o Casino na direção dos negócios a partir de 2012. O advogado diz que não dá para entender as razões que levaram o BNDES a se dispor a investir R$ 3,9 bilhões em um negócio que não tem nada a ver com política industrial, seu foco.

Polícia Federal vai abrir inquérito para apurar violação de e-mails de Dilma

O governo decidiu acionar a Polícia Federal para investigar e localizar o hacker que invadiu o correio eletrônico pessoal da presidente Dilma Rousseff. A ordem foi repassada ao Ministério da Justiça, responsável pela Polícia Federal. Na tarde desta quinta-feira, o ministro da Justiça, o "porquinho" José Eduardo Cardozo, informou que determinou a abertura de inquérito pela PF para apurar o caso, revelado pela Folha. Segundo a reportagem, um hacker copiou e-mails que ela recebeu durante sua vitoriosa campanha à Presidência da República, no ano passado. O rapaz tentou vender os arquivos a políticos de dois partidos de oposição, o DEM e o PSDB, mas disse que não teve sucesso. O jornal Folha de S. Paulo encontrou-se com o hacker na segunda-feira, em um shopping de Taguatinga, a 20 quilômetros de Brasília.

Dólar fecha a R$ 1,56, a menor taxa desde agosto de 2008

A taxa de câmbio no Brasil caiu pelo quarto dia consecutivo, recuando para o menor patamar desde agosto de 2008. No mês, a taxa cambial teve desvalorização de 1,2%, enquanto no ano, a retração foi de 6,3%. A aprovação e a regulamentação das medidas de ajuste fiscal na Grécia, entre quarta e esta quinta-feira, trouxe grande alívio para os mercados, dando novo fôlego para as Bolsas de Valores e fortalecendo as moedas contra o dólar. O euro subiu de US$ 1,4428 para 1,4521 na praça internacional. No front doméstico, o dólar comercial, após oscilar entre R$ 1,566 e R$ 1,559, foi cotado por R$ 1,562, em um decréscimo de 0,63% sobre o fechamento de quarta-feira. Já o dólar turismo foi vendido por R$ 1,660 e comprado por R$ 1,500 nas casas de câmbio paulistas.

STJ nega regime semiaberto a Suzane von Richthofen

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, negou nesta quinta-feira pedido de progressão de regime feito por Suzane von Richthofen. Ela cumpre pena de 39 anos de prisão pelo homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas) de seus pais, em 2002. Com a decisão, Suzane continua em regime fechado. A progressão para o regime semiaberto pedida pela defesa de Suzane já havia sido negada pela Justiça paulista em abril. O recurso ao Tribunal de Justiça também foi negado, sob o argumento de que o exame criminológico mostrou imaturidade, egocentrismo, impulsividade, agressividade e a ausência de remorso por parte de Suzane von Richthofen. A Promotoria já havia se posicionado contra a concessão do benefício a Suzane, por considerá-la "dissimulada".

Grêmio oficializa demissão de Renato Gaúcho

Renato Portaluppi
O presidente do Grêmio, deputado estadual Paulo Odone (PPS), demitiu nesta quinta-feira o técnico do clube, o maior ídolo da torcida gremista, Renato Portaluppi. A demissão ocorreu após um empate horroroso com o Avai, na sétima rodada do Campeonato Nacional, em pleno Estádio Olímpico. O Grêmio perdia o jogo por 2 a 1, alcançando o empate aos 47 minutos do segundo tempo, contra um time que jogou quase toda a partida com apenas 10 jogadores. Paulo Odone nunca escondeu que desejava outro técnico para o Grêmio, e também um outro time. Mas, agora, ele terá poucas possibilidades de colocar em prática uma das suas grandes especialidades, a compra de passes de jogadores. O risco de o Grêmio cair novamente para a Segunda Divisão é muito forte, porque o time é muito ruim. O anúncio aconteceu às 15h40, na sala de conferência do estádio Olímpico, com a presença do treinador. Renato chegou a chorar e agradeceu ao torcedor. "Acima de tudo, sou gremista como eles. Aprendi a amar esse clube. Quando aceitei este desafio no ano passado é porque queria ver o Grêmio no topo outra vez. Espero que o próximo treinador possa dar continuidade ao trabalho. Quem chegar vai encontrar uma casa arrumada, um grupo maravilhoso pra trabalhar, uma diretoria que ajuda e uma torcida forte", disse Renato. O técnico Renato deixa o Grêmio com um aproveitamento de 59,5%. Foram 66 jogos, com 34 vitórias, 16 empates e 16 derrotas. No pátio do Estádio Olímpico, um grande contingente de torcedores gritava: "Fica Renato, fora Paulo Odone".

Gestora escocesa sobe participação na ALL para 9,5% do capital

A ALL (América Latina Logística) informou que a administradora de carteiras de investimento Baillie Gifford, com sede em Edimburgo, na Escócia, ampliou sua participação no capital da companhia em 1% por meio de aquisições de ações em Bolsa. Desta forma, a gestora passou a deter 9,46% do capital total da companhia, o equivalente a 65.159.104 ações ordinárias. Segundo o comunicado, a participação representa um investimento minoritário, que não altera a composição do controle ou estrutura de administração da ALL.

Governo mantém meta de inflação em 4,5% para 2013

O Conselho Monetário Nacional decidiu nesta quinta-feira manter inalterada a atual meta de inflação de 4,5% ao ano em 2013. A informação foi dada no início da tarde pelo Secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland. Ele informou ainda que o CMN decidiu manter a tolerância em dois pontos percentuais, para cima ou para baixo, para a inflação em 2013. De acordo com Holland, a intenção do governo ao tomar essa decisão é manter a inflação controlada e enveredar esforços na direção de menores taxas de inflações no futuro. O Banco Central já admite que não vai atingir o centro da meta de inflação em 2011 e 2012 e ontem elevou suas projeções. O grande dilema é que a redução da meta exigiria juros ainda maiores no curto prazo, diminuindo a expansão econômica.

Mercedes-Benz vai contratar 1.250 para Brasil e Argentina

A Mercedes-Benz, fabricante de ônibus e caminhões, vai contratar até agosto 1.250 funcionários para trabalhar nas fábricas de São Bernardo do Campo, no ABC paulista (SP), e Buenos Aires, na Argentina. Com a admissão de 950 trabalhadores no Brasil, o que corresponde a 76% do total de novas contratações, a empresa viabilizará a instalação do terceiro turno na unidade do ABC. As contratações serão permanentes e, com a admissão desses funcionários, a Mercedes terá 14.350 empregados no País, considerando as fábricas de São Bernardo do Campo, Campinas e Juiz de Fora (MG). A partir de janeiro de 2012, a montadora irá produzir o caminhão Actros na unidade de Juiz de Fora. Essa fábrica foi criada para produzir veículos e agora está sendo transformada para fabricar caminhões. As medidas fazem parte de um programa de investimento da empresa, de R$ 1,5 bilhão, para o período de 2010 a 2013. "Neste ano devemos atingir a produção de 75 mil veículos. No ano passado, foram 65 mil. As contratações e os investimentos reforçam nossa expectativa de que haverá crescimento contínuo no País", diz Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes do Brasil e CEO para a América Latina.

Expedição de papelão ondulado cresce 9,12% em maio

Um dos termômetros informais da economia, a expedição de papelão ondulado mostrou um forte crescimento de 9,12% entre abril e maio deste ano. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, no entanto, o indicador mostra uma queda de 0,76%. O dado de maio, porém, foi revisado para baixo pela ABPO (associação do setor), que anteriormente estimou 281.902 toneladas. No mês passado, a ABPO contabilizou 281.183 toneladas de papelão ondulado embarcadas. Em cinco meses, o total chega a 1,298 milhão de toneladas, número 0,64% acima do montante registrado entre janeiro e maio do ano passado. Por seu uso nas embalagens, o papelão ondulado é visto como um termômetro do nível de atividade geral. A oscilação das vendas serve como indício das expectativas dos empresários, o que repercute no ritmo das encomendas e da produção do setor.

Fernando Henrique Cardoso faz discurso conciliador e sugere que Dilma dialogue com Congresso

Ao discursar nesta quinta-feira em ato de homenagem aos seus 80 anos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso adotou tom de conciliação com a presidente Dilma Rousseff. Sem criticar o PT ou a petista, Fernando Henrique Cardoso sugeriu que Dilma dialogue com o Congresso. E sugeriu que ele e a presidente se "entendam" para o bem do Brasil. "Fiquei muito feliz com a carta que a presidente me mandou pelos 80 anos. Eu senti nesse gesto não um gesto político, mas o gesto em dizer: olha, nós somos brasileiros, em alguns pontos nós temos que nos entender. Não vale a pena um só destruir o outro". Ao agradecer a carta, Fernando Henrique Cardoso disse que entendeu que a presidente quis afirmar que "alguma coisa tem que unir" os dois, mesmo com as diferenças político-partidárias. "Construir juntos não é aderir", afirmou o tucano. No discurso, o ex-presidente também recomendou à petista diálogo com o Congresso Nacional durante sua gestão, no momento em que Dilma enfrenta resistências dentro da base governista pela liberação de emendas: "Ou o Congresso retoma debates que têm força ou é difícil que tenham suporte na nacionalidade. Me esforcei muito para mudar muitas coisas pelo Brasil, mas sempre dialoguei com o Congresso, ativamente dialogando com cada um, com todos. Política e democracia ou é de convencimento ou não avança". O ex-governador José Serra (PSDB-SP) deu o tom político ao ato em homenagem a Fernando Henrique Cardoso. O tucano fez ataques indiretos ao PT e ao ex-presidente Lula ao ressaltar qualidades de Fernando Henrique. "Um presidente que nunca condescendeu com mal feitos para privilegiar aliados. Jamais passou a mão na cabeça de aloprados", afirmou em referência à denúncia da compra de um dossiê por petistas contra Serra durante o governo Lula. "Fernando Henrique Cardoso jamais tratou o público como privado. Foi servidor público, ao invés de se servir do público. Jamais procurou exaltar a própria obra para desqualificar adversários. Jamais fez profissão de fé como expressão de suposta autenticidade. Jamais incentivou, pelo contrário, a intolerância. Jamais dividiu o Brasil, sempre procurou unir", disse ele. Fernando Henrique Cardoso também fez um alerta ao governo sobre a crise econômica ao afirmar que ela "ainda não terminou", mesmo tendo iniciado em 2007: "A Europa continua aflita. Não sabemos se é possível fazer adequações técnicas para rigor fiscal ou atender reclames imediatos daquela população". O ex-presidente disse que pretende continuar participando de debates sobre "temas relevantes" ao País, como a descriminalização das drogas leves.

BG dobra estimativa para reservas de petróleo no Brasil

A BG Group duplicou nesta quinta-feira sua estimativa para a sua parte das reservas de gás e petróleo na bacia de Santos, no Brasil, para 6 bilhões de barris, elevando especulações de que a empresa britânica poderia vender partes dos ativos para financiar o desenvolvimento dos blocos. O aumento da estimativa das reservas ocorreu após análises feitas com base em testes adicionais nos achados, disse a BG, que é sócia da Petrobras, da Repsol e da portuguesa Galp em alguns dos blocos na região. A BG informou em comunicado que sua parte dos recursos recuperáveis poderia ficar entre 4 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente (boe). A empresa considera 6 bilhões de barris como sua melhor estimativa. Anteriormente, a melhor estimativa da companhia para a sua parte das reservas era de 3 bilhões de barris. "A duplicação da estimativa média das nossas reservas na bacia de Santos é claramente significativa e demonstra a rápida evolução do nosso entendimento destas enormes descobertas", afirmou o presidente-executivo da BG, Frank Chapman, em comunicado. A empresa britânica possui participações em 5 blocos na bacia de Santos, sendo as principais as seguintes: BM-S-9 (30%) - Descobertas e prospectos de Guará, Carioca, Abaré e Iguaçu, com parceiros Repsol (25%) e Petrobras (45%); BM-S-10 (25%) - Descobertas e prospectos de Parati e Macunaíma, com parceiros Partex (10%) e Petrobras (65%); e BM-S-11 (25%) - Descobertas e prospectos de Lula, Cernambi e Iara, com parceiros Galp (10%) e Petrobras (65%). Ela também detém 20% no bloco BM-S-50, que inclui o prospecto Sagitário, e 40% do BM-S-52, onde está o prospecto Corcovado.

Câmara aprova anistia criminal para bombeiros do Rio de Janeiro

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou, nesta quinta-feira, a anistia de cerca de 400 bombeiros e de dois policiais militares do Rio de Janeiro, presos durante manifestação por aumento de salários e que correm o risco de expulsão da corporação e condenação pela Justiça. A proposta segue para o Senado. O texto da Câmara é diferente do aprovado recentemente pelo Senado, pois atinge também os dois policias militares envolvidos no confronto. Além disso, os deputados concederam anistia para outros policiais e bombeiros militares de nove Estados punidos por participar de movimentos reivindicatórios por melhorias de vencimentos e de condições de trabalho ocorridos de 1997 a janeiro de 2010. A aprovação do projeto em caráter terminativo, ou seja, que não precisa passar pelo plenário, foi possível graças a acordo feito na noite de quarta-feira entre o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e os deputados do Rio de Janeiro. Segundo o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputado federal mensaleiro João Paulo Cunha (PT-SP), como o assunto foi acordado entre todos os partidos, a comissão dispensará as cinco sessões necessárias para enviar a proposta ao Senado.

PT confirma que hackers invadiram site do partido antes da eleição

O diretório nacional do PT confirmou nesta quinta-feira que teve o site invadido por um hacker antes da eleição, no primeiro semestre do ano passado. Segundo o partido, a estratégia usada pelo hacker foi obter informações pessoais de quem navegava no site. O partido informou que comunicou a invasão à Polícia Federal para que fossem tomadas providências. Um hacker invadiu o correio eletrônico pessoal da presidente Dilma Rousseff e copiou e-mails que ela recebeu durante sua campanha à Presidência da República. O hacker disse para o jornal Folha de S. Paulo que está desempregado e mora em Taguatinga e tem 21 anos. Ele afirmou que fez um ataque ao computador pessoal da então candidata em duas etapas e copiou cerca de 600 mensagens da sua caixa de entrada. Um dos e-mails que Dilma usava na época era do UOL. O hacker disse que primeiro invadiu o site do diretório nacional do PT na internet e se aproveitou de uma vulnerabilidade da página para copiar e-mails pessoais de petistas e outros dados. O PT também informou que detectou ano passado a ação de hackers que desfiguravam a página inicial do partido colocando fotos e dizeres. "Douglas" também disse que violou o e-mail do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. O petista, que está na Europa, afirmou que detectou a invasão de sua caixa postal no UOL e mandou registrar a ocorrência na polícia. José Dirceu diz que seu e-mail pessoal foi invadido por volta das 2 horas da manhã da última segunda.

Petista reconhece papel de Fernando Henrique Cardoso pela retomada da democracia

Em ato de homenagem pelos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o presidente da Câmara, deputado federal Marco Maia (PT-RS), reconheceu que tem divergências com o tucano, mas afirmou que não "poderia deixar de participar da homenagem" por reconhecer a responsabilidade do ex-presidente pela retomada da democracia no País. "Todos nós, presidente Fernando Henrique Cardoso, podemos ter divergências. São as mesmas divergências de fundo, às vezes divergências de conteúdo, às vezes meras discordâncias sobre fatos ou momentos da história, mas o importante é que mesmo nas divergências sejamos capazes de reconhecer a história e os valores construídos pelos homens de bem desse País", afirmou Marco Maia. Além do petista, aliados de Fernando Henrique Cardoso e lideranças do PSDB participam do ato em homenagem ao ex-presidente. O ministro Nelson Jobim (Defesa), os ministros Gilmar Mendes e Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Fedeeral, assim como políticos aliados da presidente Dilma Rousseff também acompanharam o ato.

Com recuo em restos a pagar, Dilma quer apoio da base em projetos

Com a decisão de prorrogar por mais 90 dias o decreto que garante a sobrevivência dos "restos a pagar" de anos anteriores, tomada por Dilma Rousseff depois de repetidas sinalizações em contrário, a presidente espera obter, de imediato, a colaboração da base aliada no que diz respeito à Emenda 29 e à Lei de Diretrizes Orçamentárias. No primeiro caso, o Planalto até aceita a votação do projeto que estabelece percentuais mínimos de gasto público com saúde, desde que na versão existente na Câmara. Quanto à Lei de Diretrizes Orçamentárias, o objetivo é reduzir as armadilhas para o governo presentes no relatório do deputado federal Marcio Reinaldo (PP-MG).

Setor público tem superávit de R$ 7,5 bilhões em maio

As contas do setor público registraram resultado positivo de R$ 7,5 bilhões em maio. O número computa os resultados do governo central (governo federal, Banco Central e Previdência Social), dos governos estaduais e municipais e das empresas estatais. Em maio, a economia do governo central antes do pagamento dos juros (o chamado superavit primário) foi de R$ 4,45 bilhões. Os governos regionais também tiveram superávit, chegando a R$ 2,77 bilhões e as empresas estatais tiveram resultado positivo de R$ 278 milhões. No mês passado, porém, foram pagos R$ 22,17 bilhões em juros da dívida pública, o que resultou em um déficit nominal do setor público de R$ 14,66 bilhões. No ano, a economia do setor público soma R$ 64,82 bilhões, quase o dobro do registrado no mesmo período do ano passado. A meta para o ano é de R$ 117,9 bilhões. O montante até maio corresponde a 4,03% do PIB (Produto Interno Bruto). Com o pagamento de R$ 100,76 bilhões em juros, o déficit nominal no ano chega a R$ 35,94 bilhões, 2,24% do PIB. Em maio, a dívida líquida do setor público chegou a R$ 1,53 trilhão, 39,8% do PIB, mesmo patamar registrado no mês anterior.

Banco inglês Lloyd's planeja 15 mil demissões até 2014

O banco britânico Lloyds Banking Group (LBG), socorrido pelo Estado durante a crise, anunciou nesta quinta-feira que demitirá 15 mil funcionários até 2014, dos 106 mil que trabalham atualmente na empresa, como parte de um novo plano de cortes para sanear suas contas. O banco, do qual o governo britânico tem mais de 40%, informou em um comunicado que pretende economizar 1,5 bilhão de libras (US$ 2,4 bilhões) anualmente até 2014 com a drástica reestruturação. O Lloyds Banking Group também pretende deixar mais da metade dos 30 países em que está presente, também até 2014. O LBG, um gigante na Grã-Bretanha mas pouco conhecido no Exterior, nasceu da fusão no início de 2009 do Lloyds TSB, que estava em boa situação, com o HBOS (Halifax-Bank of Scotland), que estava muito afetado pelos ativos "podres". A aliança foi concluída de maneira precipitada para salvar o HBOS, com a aprovação do Estado, que recapitalizou o novo grupo com bilhões de libras, que permitiram ao governo controlar 40% do capital. Desde o nascimento do LBG, o grupo registrou grandes prejuízos, em consequência dos "ativos podres" herdados do HBOS.

Abate de frangos bate recorde

O abate de frangos no País atingiu uma cifra histórica de 1,306 bilhão de unidades no primeiro trimestre, o maior número desde o início da série do IBGE em 1997. Essa cifra representa um aumento de 3,4% sobre o último trimestre do ano passado e de 8,2% sobre o primeiro trimestre de 2010. Os Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina ainda respondem pelo grosso da produção (58,7% do total). O IBGE também registrou uma queda na produção de carne suína, com o abate de 8,160 milhões de unidades no primeiro trimestre. O número é 1,9% inferior à cifra registrada no último trimestre de 2010, que teve um desempenho histórico. Em comparação com o primeiro trimestre de 2010, houve um aumento de 4,5%. Ainda conforme o instituto, foram abatidas 7,097 milhões de cabeças de gado bovino neste primeiro trimestre, o que representa um decréscimo de 1,4% sobre o trimestre anterior, mas um incremento de 0,2% sobre a cifra registrada nos primeiros três meses de 2010. A produção de leite no País totalizou 5,485 bilhões de litros. Em relação ao último trimestre de 2010, houve uma retração de 2,1%, mas na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, houve um incremento de 4,1%.

Copersucar pode movimentar R$ 2,7 bilhões em maior IPO do ano

A companhia de açúcar e álcool Copersucar pode movimentar R$ 2,7 bilhões na maior oferta pública inicial de ações realizada no ano até agora, segundo termos da operação divulgados nesta quinta-feira. A companhia fez em maio o pedido de registro da operação que prevê ofertas primária (em que os recursos obtidos com as novas ações vão para o caixa da empresa) e secundária (com o dinheiro destinado aos acionistas vendedores). A oferta primária envolve 86.486.486 ações ordinárias e a secundária, 21.621.621 papéis. A faixa de preço estimada pelos coordenadores da operação foi definida entre R$ 14,50 e R$ 18,50. A operação ainda prevê ofertas de lote suplementar de até 16.216.216 ações e adicional de 21.621.621 papéis. Considerando o exercício integral de todos os lotes de ações ao valor máximo definido na faixa de preço, a operação pode movimentar cerca de R$ 2,7 bilhões. A operação pode superar em muito o IPO da Queiroz Galvão Exploração e Produção, que em fevereiro fez um IPO que movimentou R$ 1,52 bilhão, e o do Magazine Luiza, com R$ 925,8 milhões.

Polícia Federal indicia repórter por publicar dado sigiloso

A Polícia Federal indiciou um jornalista de São José do Rio Preto (SP) por divulgar informações preservadas por segredo de Justiça. Allan de Abreu, repórter do Diário da Região, foi indiciado após publicar duas reportagens com dados obtidos por meio de escutas telefônicas feitas pela polícia na Operação Tamburutaca. A operação investiga um esquema de corrupção de fiscais do Ministério do Trabalho suspeitos de exigir propina para livrar empresários de multas trabalhistas. Segundo o repórter, no dia seguinte à primeira publicação, Alvaro Sitpp, procurador da República, o chamou e questionou quem havia passado as informações para o jornal. Abreu diz que se negou a revelar a fonte, apesar da insistência do procurador. Após uma segunda reportagem, o procurador pediu abertura de inquérito para investigar o vazamento das informações e solicitou o indiciamento do jornalista. Para Stipp, o repórter descumpriu a lei 9.296, de 1996, que considera crime "quebrar segredo de Justiça sem autorização judicial". Stipp diz que fez o pedido ao entender que a lei vale para qualquer pessoa que divulgar a informação e que o repórter não tem "imunidade" por ser jornalista: "Em uma democracia, temos que respeitar as instituições. Se o Judiciário diz que está em sigilo de Justiça, está em sigilo de Justiça e ponto". Ele afirma que também pediu o indiciamento do editor-chefe do Diário da Região.

China inaugura a mais longa ponte sobre mar do mundo

A China inaugurou nesta quinta-feira a mais longa ponte sobre o mar do mundo, com 36,48 quilômetros, na cidade litorânea de Qingdao. A ponte, que teve investimento de US$ 2,3 bilhões e levou quatro anos para ser construída, liga o centro da cidade ao seu subúrbio de Huangdao, nos dois lados da baía de Jiazhou. Com esta ponte, a distância entre os dois pontos de um dos principais portos da China, e sede das competições de vela nas Olimpíadas de 2008, poderá ser percorrida com economia de 20 a 40 minutos. A nova ponte supera a da baía de Hangzhou, também no leste da China e que com 36 quilômetros era considerada a mais longa do mundo até hoje. Há várias pontes sobre terra mais longas no mundo, sendo que as três primeiras também estão na China. A maior delas é um lance elevado do trem de alta velocidade Pequim-Xangai, de 164,8 quilômetros, serviço que também foi inaugurado nesta quinta-feira. A leva de novas obras de infraestrutura chinesas se completou nesta quinta-feira com a inauguração do mais longo gasoduto do mundo, que levará o gás natural desde o Turcomenistão, na Ásia Central, até a China, em percurso de 8.700 quilômetros. O gasoduto foi construído com investimento US$ 21,98 bilhões e é o segundo que levará gás natural da Ásia Central ao leste da China.

Casino contra-ataca e compra US$ 1 bilhão em ações do Pão de Açúcar

Para fazer frente ao que chamou de "golpe de Estado corporativo", o grupo francês Casino, sócio de Abilio Diniz no comando do Pão de Açúcar, comprou em Bolsa nos últimos dias mais US$ 1 bilhão em ações da rede varejista brasileira e passou a deter mais que o dobro da fatia do empresário na empresa. A aquisição foi anunciada um dia após Abilio Diniz comunicar ao mercado que obteve dinheiro do BNDES e do banco BTG Pactual para levar adiante plano de fusão com o Carrefour no País. Com a compra de ações, o Casino eleva sua participação de 37% para 43,1% no capital total do grupo Pão de Açúcar, enquanto Abilio se mantém com 21% das ações. A posição acionária do Casino no Pão de Açúcar se torna tão elevada que, mesmo se a fusão com o Carrefour sair, ele poderá ter influência decisiva na nova empresa. No desenho original, o Casino teria papel menor que o de Abillio e o do Carrefour.

Dilma sanciona lei que reduz pena de preso que estuda

A presidente Dilma Rousseff sancionou a alteração na lei 7.210 (Lei de Execução Penal) que reduz a pena de presos que estudem, sejam eles provisórios ou condenados em regime semiaberto, fechado ou em liberdade condicional. O texto foi publicado na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União. A mudança na lei, que tinha sido aprovada pelo Senado, reduz um dia de pena a cada 12 horas de frequência escolar no ensino fundamental, médio, profissionalizante, superior ou de requalificação superior. Segundo o texto, as 12 horas de frequência escolar devem estar divididas em, no mínimo, três dias. Ao final do curso, o preso terá direito ao acréscimo de um terço nos dias a serem remidos, exceto nos níveis profissionalizante e de requalificação profissional. Caso o preso cometa alguma infração, pode ser punido com a perda de parte do benefício. A mudança na lei permite que as atividades de estudo sejam desenvolvidas de forma presencial ou à distância, desde que certificadas pelas autoridades dos cursos frequentados. Pela lei, a remição da pena deve ser declarada pelo juiz da execução penal. Também está no texto que as autoridades administrativas dos cursos devem encaminhar mensalmente ao juiz de execução cópia do registro de todos os condenados que estudam para a comprovação da frequência e aproveitamento escolar. A legislação brasileira já previa a redução de um dia de pena a cada três dias de trabalho, mas não vinculada ao estudo.

Câmara de Gravataí não aceita defesa e leva adiante processo de cassação da prefeita petista Rita Sanco

A Comissão Processante de tres membros (PT, PP e PTB) que analisa o pedido de impeachment da prefeita petista de Gravataí, Rita Sanco, decidiu que a defesa prévia não foi aceita e ela irá ao julgamento, o que poderá ocorrer até o dia 6 de setembro. Na próxima semana, o PV, que protocolou o pedido de impeachment, fará novas denúncias contra a prefeita e o seu tutor político, o deputado estadual petista Daniel Bordignon. O PV anunciou que pedirá o afastamento preventivo da prefeita Rita Sanco, alegando que seus dirigentes foram atraídos pelo PT para uma cilada no dia 3 de junho. Ao comparecerem a uma reunião no Intercity Hotel, os dirigentes foram recebidos pelo deputado Bordignon, que ofereceu-lhes tres secretarias e 30 CCs para retirarem o pedido de impeachment. Daniel Bordignon, que é líder do PT na Assembléia, alegou na ocasião que seria melhor o PV não resistir, já que ele é um "mito" em Gravataí. Bordignon não perde eleição há 16 anos.  A denúncia também será entregue ao Ministério Público. Gravataí, cidade de 155 mil habitantes, é a sede da GM. O município fica na região metropolitana de Porto Alegre e é governado pelo PT há 16 anos. Seus dois deputados (Marco Alba, PMDB, e Daniel Bordignon, PT) vão disputar a eleição do próximo ano.