terça-feira, 23 de agosto de 2011

Deputado defende Sarney e diz que ele não é "pessoa qualquer"

O vice-líder do governo de Roseana Sarney (PMDB) na Assembléia Legislativa do Maranhão defendeu, em discurso, o uso de um helicóptero estadual pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmando que ele é "não é uma pessoa qualquer". "Sarney não é uma pessoa qualquer, não é um ex-governador Zé Reinaldo Tavares da vida, é o homem que exerce o mandato, que está dentro do parlamento", disse na segunda-feira Magno Bacelar (PV), comentando a reportagem do jornal Folha de S. Paulo sobre o uso de uma aeronave do governo do Estado para Sarney, pai de Roseana, passear em sua ilha particular durante finais de semana. Perguntou o deputado: "Queria que o presidente do Senado fosse andar em jumento? Queria o quê? Enfrentar um engarrafamento? Esse helicóptero, é claro, tem que servir os doentes, mas tem que servir as autoridades, esta é a realidade". Segundo o deputado estadual, a "mídia nacional" está "marcando Sarney". Ele criticou os "grandes jornais sulistas", afirmando que eles "discriminam o Maranhão". Sarney usou um helicóptero da Polícia Militar do Maranhão para passear em sua ilha particular duas vezes neste ano. A aeronave foi adquirida no ano passado para combater o crime e socorrer emergências médicas. Foi paga com recursos do governo estadual e do Ministério da Justiça e custou R$ 16,5 milhões. Após a reportagem, o presidente do Senado negou irregularidades no fato de ter usado um helicóptero da PM e evitou dizer se sabia, no momento em que utilizou a aeronave numa das viagens, que um paciente precisou esperar por atendimento enquanto suas malas eram descarregadas. "Não prejudicou ninguém", afirmou.

FGTS arrecada quase R$ 35 bilhões no primeiro semestre

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) arrecadou R$ 34,9 bilhões no primeiro semestre deste ano. Esse valor é 18% maior do que o verificado no mesmo período de 2010, quando foram arrecadados R$ 29,7 bilhões. Esses são os valores da arrecadação bruta do fundo. Já o recolhimento líquido foi de R$ 6,99 bilhões em 2011, crescimento de 21% frente ao primeiro semestre de 2010, quando foram arrecadados R$ 5,86 bilhões. Nos seis primeiros meses do ano, foram sacados da conta do FGTS R$ 4,9 bilhões, elevação de 17% na comparação com o mesmo período de 2010. Segundo o Ministério do Trabalho, o principal motivo para as retiradas é a demissão por justa causa, que representa mais de 62% dos saques do fundo. Os saques por aposentadoria somaram R$ 1,9 bilhão e, ao todo, 2,4 milhões de aposentados retiraram o dinheiro do fundo. O FGTS destinou cerca de R$ 2 bilhões para o programa "Minha Casa, Minha Vida" no primeiro semestre deste ano. O valor, segundo o Ministério do Trabalho, será usado para a contratação de 122 mil casas e apartamentos. A informação foi dada na noite desta terça-feira (23) pelo Ministério do Trabalho. A região que recebeu o maior aporte foi o Sudeste, com R$ 732,3 milhões. Na sequência está o Sul, com R$ 521,3 milhões. O Norte foi a região que recebeu o menor volume de recursos do FGTS, com apenas R$ 92,2 milhões.

Governo gaúcho afirma que vai manter os 155 cargos e que irá recorrer da decisão do Tribunal de Justiça

O governo do Rio Grande do Sul, comandando pelo peremptório petista Tarso Genro, anunciou no final da manhã desta terça-feira que vai manter os servidores e irá recorrer da decisão do Tribunal de Justiça, que determinou a extinção de 155 cargos de confiança criados desde o início do ano, por leis consideradas inconstitucionais por unanimidade. A decisão foi comunicada pelo governador Tarso Genro após reunião com secretários, diretores estatais, assessores e deputados da base aliada. O encontro ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini. Segundo Tarso Genro, o governo vai esperar a publicação oficial da decisão do Tribunal de Justiça. Depois, deverá estudar a possibilidade de enviar um projeto para Assembléia Legislativa na tentativa de buscar alternativas para evitar a extinção dos cargos.

Juíza executada no Rio de Janeiro tinha 91 policiais militares como réus

A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou nesta terça-feira que 91 policiais militares eram réus em ações que seriam julgadas pela juíza Patricia Acioli, titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo. Ela foi assassinada na noite do dia 12, com 21 tiros, na porta de casa. As cápsulas das balas comprovaram que houve a participação de policiais militares na execução, porque a munição pertencia à Polícia Militar. O comandante da corporação, coronel Mário Sérgio Duarte, recebeu a lista do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e encaminhou os nomes para a Corregedoria da PM, que analisará caso a caso. Entre os casos que seriam julgados pela magistrada, 50 réus respondem por supostos "autos de resistência" (morte de criminosos em confronto com a polícia, ou seja, execução). Uma das providências acordadas na semana passada entre o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e a Secretaria de Segurança Pública do Estado foi a transferência de todos os PMs que respondem a processos judiciais na comarca da juíza assassinada. Também nesta terça-feira, o Ministério Público informou que o promotor Paulo Roberto Mello Cunha Júnior, que atuava junto com a juíza Patrícia Acioli, será transferido do Tribunal do Júri de São Gonçalo. Segundo o MP, ele passará a trabalhar no Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), a partir do dia 29. A juíza Patricia Lourival Acioli foi executada com 21 tiros no final da noite do dia 12 de agosto, e até agora as polícias do Rio de Janeiro não apontaram os assassinos. É o que dá os mesmos investigando os próprios. E também porque a juíza não pertencia à aristocracia jurídica do Rio de Janeiro.

Polícia descarta participação de médico em assalto a juiz na Capital

A polícia civil gaúcha descartou de forma definitiva a participação do médico aspirante a oficial do Exército no assalto a um juiz na noite da última quinta-feira em Porto Alegre. O militar Rodrigo Fialho Viana, de 32 anos, foi detido pouco depois da ação de dois criminosos contra o magistrado Rinez da Trindade na Rua Cabral, bairro Rio Branco. Viana fora apontado por Trindade como um dos envolvidos. Conforme o delegado Abílio Pereira, da 10ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, o depoimento de uma testemunha na manhã desta terça-feira foi fundamental para afastar a hipótese de participação do médico no crime. O homem teria cruzado pelos dois verdadeiros assaltantes durante a fuga. "Ele viu bem os infratores depois do assalto. Depois, ele viu os dois detidos dentro da viatura e chegou a dizer aos policiais que não eram eles, mas não levaram em consideração", explica o delegado Abílio. Somado ao depoimento da testemunha está o registro de uma ligação telefônica entre o militar e um amigo no horário do assalto, o que tiraria o médico da cena do crime, segundo o delegado. "Agora vamos investigar quem é que assaltou o juiz mesmo", afirmou Abílio Pereira, sem confirmar se já há suspeitos da ação. Na noite de quinta-feira, dia 18 de agosto, o juiz Rinez da Trindade foi assaltado por dois homens quando chegava de carro na casa de um amigo, na Rua Cabral, perto da Miguel Toestes, no bairro Rio Branco, em Porto Alegre. Rodrigo Fialho Viana, médico aspirante a oficial do Exército, foi detido por suspeita de envolvimento, mas alegou ter sido vítima de uma confusão. Ao perceber a movimentação, um amigo do juiz teria quebrado uma porta na residência na tentativa de confrontar os criminosos. O barulho teria assustado os assaltantes, que fugiram levando a arma, a chave do carro e os documentos do juiz. Nenhum dos bens da vítima foi encontrado com os detidos. O médico foi apontado pelo juiz Rinez da Trindade como um dos dois assaltantes que o abordaram quando chegava à casa de um amigo. Ao ser preso, o médico disse quem era. Mas ninguém acreditou e o militar não carregava os documentos para provar. Foi detido em flagrante depois de ser reconhecido pelo juiz como autor do crime. Levado para o 3º Batalhão de Polícia do Exército, foi libertado no final da tarde da última sexta-feira. O delegado Abílio Pereira tem razão, é preciso investigar muito bem essa história.

Governo envia Marco Civil da Internet ao Congresso na próxima semana

O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) afirmou, nesta terça-feira, que o Marco Civil da Internet deve ser enviado ao Congresso na semana que vem, após mais de um ano de atraso. "Nós tínhamos esse projeto sendo discutido há bastante tempo, não tínhamos conseguido agenda com a presidenta Dilma Rousseff e fizemos ontem a revisão, ela olhou cada ponto e percebemos a necessidade de fazer pequenas mudanças de texto". O anúncio público sobre o envio do projeto ocorre na véspera do seminário que vai ampliar o debate sobre a polêmica "Lei Azeredo", projeto de lei em tramitação na Câmara que tipifica uma série de crimes na rede. O governo é radicalmente contra a proposta. Além de ser contrário ao texto em si, argumenta que uma lei civil deve ser aprovada antes de uma lei criminal. Com o envio do marco, espera congelar a tramitação da "Lei Azeredo".

Disputa por royalties do petróleo pode ir ao STF

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, pediu nesta terça-feira aos senadores consenso para aprovar uma nova regra de divisão de royalties do pré-sal, e afirmou que se não houver acordo a questão poderá chegar ao Supremo Tribunal Federal. O projeto de lei que trata do assunto ainda está tramitando na Câmara, já que o projeto inicial foi vetado pelo presidente Lula por causa de uma emenda do senador Pedro Simon (PMDB-RS) e do deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS). A emenda propõe que a arrecadação de royalties e participações especiais das áreas tanto do pré-sal como de fora do pré-sal seja distribuída metade para os Estados e metade para os municípios, produtores e não produtores, sem diferenciação. O rateio dos recursos seguiria os critérios de partilha do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). A proposta é fortemente defendida no Congresso. Pela emenda, a União compensaria os Estados e municípios que tiverem redução em suas receitas com royalties.

Viracopos amplia número de pontos para check-in

O aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas, passou a operar a partir desta terça-feira com mais 22 posições de check-in. A ampliação, feita por meio de um módulo operacional provisório, vai garantir ao todo 50 pontos para confirmação de embarque e despacho de malas. O investimento foi de R$ 5 milhões. Segundo a Infraero, as novas posições vai suprir em 2,5 milhões a diferença entre o volume atual de passageiros e a capacidade anual. Viracopos tem capacidade para 3,5 milhões de passageiros por ano, mas encerrou 2010 com volume de 5,42 milhões de usuários. Para 2011, a estimativa é movimentar 7 milhões de passageiros. Até julho, foram registrados 4,25 milhões de embarques e desembarques. O crescimento fez com que o aeroporto pulasse da 12ª posição no ano passado para a 9º neste ano, no ranking dos maiores terminais administrados pela Infraero.

PSOL quer que Câmara processe ministro do Turismo

O deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) pediu, nesta terça-feira, para que o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), entre com um processo de crime de responsabilidade contra o ministro Pedro Novais (Turismo). Chico Alencar afirmou que o ministro desrespeitou a Constituição ao não responder a um pedido de informação formulado pelo deputado. O requerimento enviado ao ministério pedia informações sobre diversos convênios firmados pela pasta. Novais teria trinta dias para responder aos questionamentos. Ele alegou, porém, que o número de pedidos é muito volumoso. Logo em seguida, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), usou a tribuna para defender Novais, dizendo que ele tem total interesse em ajudar a responder as dúvidas dos deputados. Marco Maia afirmou que vai analisar o pedido feito pelo PSOL.

Collor apresenta relatório em defesa do sigilo eterno

O senador Fernando Collor (PTB-AL) apresentou na segunda-feira seu parecer sobre o projeto de lei de acesso a informações oficiais. O ex-presidente defende o sigilo eterno para documentos classificados como ultrassecretos ou para aqueles "cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado". O substitutivo apresentado por Collor retoma o dispositivo que permite a prorrogação indefinida do sigilo apresentado originalmente no projeto do Executivo, enviado ao Congresso em 2009. A Câmara dos Deputados, no entanto, alterou esse trecho, determinando um prazo de 25 anos para esses documentos, prorrogáveis por mais 25. Collor comparou a possibilidade de prorrogar sucessivamente o sigilo dos documentos a um "mecanismo mínimo de salvaguarda".

PPS quer convocação de mais um ministro

O PPS protolocou, nesta terça-feira, na Comissão de Fiscalização Financeira da Câmara, requerimento de convocação do ministro das Cidades, Mário Negromonte. O partido quer esclarecimentos sobre matéria publicada pela revista "Veja", no final de semana, que revelou a existência de um esquema de pagamento de propina no ministério a parlamentares do PP. Para o líder do PPS, deputado federal Rubens Bueno (PR), Negromonte deve explicações. "Essa denúncia de que há um esquema de pagamento de propina, um mensalinho de R$ 30 mil para parlamentares do PP, é muito grave e precisa ser investigada com rigor. Inicialmente, precisamos ouvir o ministro sobre toda essa história", afirmou.

Número de brasileiros com US$ 100 mil no Exterior cresce 19%

O número de brasileiros com mais de US$ 100 mil no Exterior cresceu 19,3% em 2010, de acordo com a pesquisa Capitais Brasileiros no Exterior, do Banco Central. São 17.879 pessoas físicas que fizeram a declaração obrigatória ao Banco Central e que possuíam US$ 45,6 bilhões fora do País no final do ano passado. O número de empresas com o mesmo valor cresceu 13,3% em relação a 2009, para 2.191. As pessoas jurídicas responderam por US$ 228,9 bilhões (83,4% do total). Em comparação ao primeiro levantamento, em 2001, o número de declarantes aumentou 72% e ultrapassou 20 mil pela primeira vez.

MST impede entrada de funcionários em fazenda da Cutrale

Militantes da organização terrorista clandestina MST que invadiram uma fazenda da Cutrale em Borebi (cidade localizada a 309 quilômetros de São Paulo) trancaram os portões da propriedade e impediram 400 funcionários da empresa de entrarem para trabalhar na manhã desta terça-feira, segundo a Polícia Militar. A fazenda Santo Henrique, que foi invadida na madrugada de segunda-feira por cerca de 400 sem-terra, já havia sido alvo de invasão em setembro de 2009, quando o MST destruiu plantações de laranja na propriedade. A Cutrale estimou à época um prejuízo de R$ 1,2 milhão.

Paulo Bernardo diz "não se lembrar" em quais aviões viajou

Cobrado pela oposição sobre se usou um avião da empresa Sanches Tripoloni enquanto ministro, Paulo Bernardo (Comunicações) respondeu, na terça-feira (23), que não se lembra dos prefixos das aeronaves em que viajou no ano passado. A declaração foi feita em audiência pública na Câmara para tratar da implantação da rádio digital no País. Bernardo foi cobrado pela oposição a esclarecer suas relações com a empreiteira que tem obras com o governo federal no Paraná, terra do ministro, e doou recursos para a campanha da mulher dele, a também ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil. Apesar de ter dito que não se lembra do prefixo da aeronave que utilizou, Paulo Bernardo afirmou que seria cauteloso na resposta porque "daqui a pouco aparece uma foto" dele num avião da empresa e vão dizer que ele mentiu.

Destroços de cargueiro serão retirados de Santos após 32 anos

Os destroços do cargueiro grego Ais Giorgis serão retirados do canal do porto de Santos (litoral de SP) 32 anos após aquele que é considerado o maior naufrágio da história do local. A Codesp (Companhia Docas do Estado de SP) assinou uma ordem de serviço para que uma empresa de dragagem comece a retirar os restos da carcaça, em frente ao armazém 20, em setembro. A operação vai custar R$ 17,9 milhões, será paga com recursos do PAC e deverá ser concluída em sete meses. O que sobrou do casco do navio será içado por um guindaste flutuante e dividido em partes menores, que serão enviadas para usinas em Cubatão. A retirada é fundamental para melhorar as condições de segurança, realizar a dragagem de aprofundamento e o alargamento da via navegável, o que permitirá a passagem simultânea de dois navios no trecho.

Dilma quer evitar novas trocas até reforma ministerial

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), informou nesta terça-feira aos líderes aliados que a presidente Dilma Rousseff não quer trocar mais nenhum ministro até a reforma ministerial que deve acontecer para as eleições municipais do ano que vem. Segundo participantes do almoço da base aliada ao governo, Vaccarezza transmitiu o recado que foi passado por Dilma em reunião de coordenação, na segunda-feira. A idéia é que mesmo alguns ministros que não pretendem concorrer nas eleições sejam substituídos. A saída de Pedro Novais (Turismo) e Mário Negromonte (Cidades), por exemplo, é dada como certa. Além de as duas pastas estarem envolvidas em suspeitas de corrupção, o trabalho dos dois não agradou a presidente até aqui. Lideranças do PMDB, partido de Novais, já estão cientes e conformadas com sua provável substituição em um futuro próximo. A ressalva, porém, é que as mudanças devem ser antecipadas se alguma suspeita recair diretamente sobre esses ministros.

Atendimento domiciliar do SUS começa em novembro

O programa de atendimento domiciliar a pacientes do SUS, anunciado há alguns dias pela presidente Dilma Rousseff, começará a funcionar em novembro, segundo o Ministério da Saúde. O objetivo é reduzir a demanda em hospitais públicos, especialmente de doentes crônicos e idosos, e humanizar o atendimento. Programas semelhantes já foram implantados pelo governo no passado, mas não foram bem-sucedidos. Em 2006, uma portaria do ministério previa a criação de equipes de "home care" em hospitais, mas o projeto se restringiu a poucas instituições devido ao grande número de exigências feitas pelo governo. O ministério afirma que o conceito do programa sofreu alterações e que agora envolve a rede de atenção básica à saúde, como postos de saúde e ambulatórios. Segundo o ministro Alexandre Padilha (Saúde), o novo programa, chamado de Hospital Lar, funcionará em parceria com as prefeituras, que serão responsáveis por indicar as unidades e contratar as equipes, pagas pelo governo federal. Cada equipe, formada por médicos, enfermeiros, assistente social e outros três profissionais de saúde, custará R$ 42 mil mensais e atenderá, em casa, a até 90 pacientes simultaneamente. A meta do governo, segundo Padilha, é implantar mil equipes de "home care" no País até 2014.

Estados Unidos desligam dois reatores nucleares após terremoto

As autoridades dos Estados Unidos desligaram dois reatores nucleares de uma usina na Virgínia, onde ficou o epicentro do terremoto de magnitude 5,9 desta terça-feira. Nenhum dano foi reportado nos reatores. A empresa Dominion Generation, que opera a usina nuclear de North Anna, no centro da Virgínia, disse que tentou contatar a equipe que trabalha no local. Os operadores da Bolsa de Nova York também sentiram o tremor, registrado às 13h51 (14h51 em Brasília). Segundo a CNN, 20 minutos depois, os operadores gritavam "continuem negociando" uns aos outros. O tremor causou danos significativos no prédio da Catedral Nacional, em Washington. Um porta-voz disse que três dos pináculos da torre central do prédio, o ponto mais alto de Washington, foram danificados.

Senadores da oposição pedem convocação de Paulo Bernardo

A oposição no Senado pediu nesta terça-feira a convocação do ministro Paulo Bernardo (Comunicações) para dar explicações sobre o uso de aeronaves de uma empresa privada. Reportagem da revista "Época" divulgada no fim de semana informou que o ministro viajou recentemente em um avião da construtora Sanches Tripoloni, que faz obras para o governo federal. Na segunda-feira, Bernardo afirmou em nota que utilizou aeronaves de "várias empresas" no ano passado, durante a campanha eleitoral, "nos fins de semana, feriados e férias", e que o serviço foi pago.

Eike Batista diz que pode participar de leilão de aeroportos

O empresário Eike Batista, do grupo EBX, avalia participar, com um parceiro estrangeiro privado, da licitação de aeroportos programada para acontecer no fim do ano. Fazem parte do cronograma do governo as concessões à iniciativa privada dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos (SP) e Brasília (DF). "Não temos nenhum aeroporto em vista, mas estamos estudando. Podemos participar com uma empresa estrangeira, não seria com ninguém no Brasil", disse Eike Batista. "É uma oportunidade de negócios grande no Brasil. Nós temos um tráfego grande e é uma oportunidade de você transformar os nossos aeroportos como os que tem lá fora, como o de Londres, que é um shopping center gigante", acrescentou Eike Batista. O empresário afirmou que os aeroportos brasileiros são mal explorados e ineficientes, além de serem atualmente incapazes de atender à demanda crescente no País. "O negócio de aeroportos no Brasil é mal explorado. Os aeroportos são muito pequenos, não atendem ao volume de passageiros e precisam ter mais conveniência com lojas bacanas e mais equipamentos", disse o executivo.

PT tenta impedir que Bernardo fale na Câmara sobre uso de jatinhos

O PT tenta impedir que o ministro Paulo Bernardo (Comunicações) responda a questionamentos da oposição sobre suas relações com a empreiteira Sanches Tripoloni. O ministro participou de audiência publica em uma comissão da Câmara dos Deputados para discutir a implantação da rádio digital no País. No entanto, a oposição aproveitou para pedir esclarecimentos sobre denúncia de que ele usou uma aeronave da empresa que tem contratos com o governo federal e obras no Estado do ministro, o Paraná. A empreiteira, segundo a oposição, aumentou em 600% o faturamento nos governos Lula e Dilma Rousseff. Bernardo era ministro do Planejamento no governo Lula e defendeu a inclusão de uma obra da empreiteira no PAC, o que garante liberação de recursos mais facilmente a obra.

Terremoto na costa leste dos Estados Unidos foi sentido também no Canadá

Os moradores de Toronto, News Brunswick e Ottawa, no Canadá, também sentiram os efeitos do terremoto de magnitude 5,9 que ocorreu na tarde desta terça-feira a centenas de quilômetros, perto de Louisana, na Virgínia (Estados Unidos). Vários funcionários de escritórios em Toronto reportaram ter sentido suas mesas tremerem, segundo o jornal canadense "The Globe Mail". O terremoto de magnitude 5,9 atingiu a região de Virgínia, aproximadamente às 13h51 (14h51 em Brasília). Partes do Pentágono, da Casa Branca e do Capitólio foram esvaziadas com o tremor, que foi sentido em uma grande área e afetou vários Estados americanos. A CNN diz que o serviço de telefonia móvel foi interrompido em Nova York, onde partes de Manhattan também foram esvaziadas. No Pentágono, houve temor de um ataque. "Quando o prédio começou a chacoalhar violentamente, centenas de pessoas começaram a correr", relata uma repórter da CNN que estava na sala de imprensa da sede da Defesa americana no momento do tremor. As ruas de Washington, por sua vez, ficaram lotadas com milhares de pessoas assustadas com a intensidade do tremor, incomum na costa leste dos Estados Unidos. O tremor, segundo o jornal "Washington Post", foi sentido por pouco mais de 30 segundos, o suficiente para acionar os alarmes anti-incêndio no distrito comercial. O jornal relata que os prédios da capital foram esvaziados, incluindo parte da Casa Branca. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) registrou o tremor às 13h51 (14h51 em Brasília) e com profundidade revisada de apenas 0,1 km (quanto menor a profundidade, maior a chance dos efeitos serem sentidos).

Shoppings brasileiros devem faturar R$ 109 bilhões

Os shoppings em operação no País devem faturar neste ano cerca de R$ 109,1 bilhões, o equivalente a pouco mais de 15% de todo o faturamento previsto para o varejo brasileiro em 2011. Os números fazem parte de uma pesquisa sobre o mercado divulgada pelo instituto de pesquisa Ibope Inteligência nesta terça-feira. Diariamente, são 8,7 milhões de consumidores circulando pelo shoppings brasileiros. A média de visitantes por shopping é de cerca de 23 mil pessoas por dia. Em 2010, o lucro ficou em R$ 89,5 bilhões, valor equivalente a 14% do faturamento total do setor varejista. Também no ano passado, 381 shoppings operavam no Brasil. Ao contar os lançamentos de 38 novos shoppings em 2011, o número de centros de compra deverá chegar a 419 até o fim do ano.

Mantega diz que é preciso abrir espaço para a redução dos juros

O ministro Guido Mantega (Fazenda) disse nesta terça-feira que é preciso manter sob controle os gastos do governo com o custeio da máquina pública para abrir espaço para o corte de juros. Para ele, a inflação está controlada e deverá ser baixa nos próximos meses e que "é prioritário" criar condições para que o Banco Central possa cortar a taxa de juros básica da economia, a Selic. Segundo o ministro, é necessário dar mais espaço para a política monetária para que o governo não precise atuar tanto pelo lado fiscal, com desonerações de impostos, por exemplo, que aumentam os custos para o governo.

Líder do PMDB na Câmara nega racha no partido

O líder do PMDB na Câmara, deputado federal Henrique Eduardo Alves (RN), minimizou nesta terça-feira o racha interno no partido. Disse que as insatisfações eram pontuais, mas que já estão superadas e que não há pedidos para que o ministro Pedro Novais (Turismo) saia do cargo, apenas uma posição "isolada" da vice-presidente da Casa, Rose de Freitas (ES). Eduardo Alves informou, no entanto, durante reunião de líderes, que vai propor a criação de sub-relatorias na Comissão Especial que vai analisar o Código no Processo Civil. O indicado para a relatoria pelo PMDB foi Eduardo Cunha (RJ), o que provocou reação negativa de alguns deputados. Além disso, disse Eduardo Alves, o partido quer a criação de outra comissão "de alto nível", formada por setores da sociedade para auxiliar a Comissão Especial. Essa seria uma forma de esvaziar os poderes de Eduardo Cunha e agradar os insatisfeitos.

Novo ministro da Agricultura fala em mudar diretoria da Conab

O novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, disse nesta terça-feira que poderá mudar a diretoria da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) a qualquer momento. Além do órgão, o ministro também não descartou mudanças no ministério. "Se precisar mudar, eu vou mudar. Eu posso vir a mudar qualquer peça do ministério", afirmou Mendes Ribeiro Filho. O ministro disse, no entanto, que vai esperar a investigação da CGU (Controladoria-Geral da União) para tomar alguma decisão.

MST invade sede do Incra em Recife

Militantes da organização terrorista clandestina MST invadiram nesta terça-feira a superintendência do Incra (Instituto Brasileiro de Colonização e Reforma Agrária) em Recife (PE). A ação, segundo o movimento, faz parte da Jornada Nacional de Luta, iniciada nesta semana para reivindicar agilidade no processo de reforma agrária no País. Os sem-terra acamparam no pátio interno do Incra e afirmaram que não têm prazo para deixar o local. O MST estima em 200 o número de invasores.

Novo diretor do Dnit defende menos obras feitas pelo Exército

O general Jorge Ernesto Pinto Fraxe, indicado para a direção-geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), defendeu uma redução da participação do Exército em obras no País. Em sabatina no Senado Federal, nesta terça-feira, Fraxe afirmou que o Exército "não é uma empreiteira". "Vamos diminuir a participação do Exército em obra pública e nos limitarmos a obras de um tamanho mínimo e necessário que assegure o adestramento que a nação cobra das suas Forças Armadas. Não é missão do Exército, jamais foi, competir com o mercado", afirmou. Os nomes do general e de Tarcísio Gomes de Freitas foram aprovados por unanimidade pela Comissão de Infraestrutura da Casa, com 18 votos favoráveis e nenhum contrário.

Prefeito Eduardo Paes diz que Rio de Janeiro poderá descartar hospedagem em navios na Olimpíada

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), afirmou na manhã desta terça-feira que se os investimentos em hotéis continuarem avançando na cidade, "pode ser que a cidade possa abrir mãos dos navios". O uso de navios de cruzeiros é uma possibilidade considerada pela prefeitura para dar conta de acomodar os turistas durante os Jogos Olímpicos de 2016. A declaração do prefeito foi feita durante um seminário sobre as perspectivas da rede hoteleira do Rio de Janeiro, realizado no Palácio da Cidade, em Botafogo (zona sul). No seminário, os expositores do setor hoteleiro se mostraram otimistas e apontaram que, até 2013, há chances de o Rio de Janeiro ter 33,4 mil quartos de hotel. O número superaria a meta estabelecida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), de 27 mil quartos até 2016.

Strauss-Kahn diz estar ansioso para retomar vida na França

O ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional Dominique Strauss-Kahn disse nesta terça-feira que está ansioso para retomar uma vida "mais normal" na França, em comunicado divulgado após um juiz de Nova York decidir arquivar um caso de abuso sexual contra ele. "Estes últimos dois meses e meio foram um pesadelo para mim e para minha família", disse Strauss-Kahn, em comunicado. "Nós estamos ansioso para retornar para nossa casa e retomar uma vida mais normal", disse o francês. O juiz Michael Obus da Suprema Corte de Manhattan, em Nova York, anunciou horas antes o fim do processo criminal contra Strauss-Kahn, atendendo ao pedido da promotoria, que havia apresentado um documento na segunda-feira descrevendo mentiras e inconsistências no depoimento da camareira que o acusou de obrigá-la a fazer sexo oral. Com a decisão, Strauss-Kahn fica livre para voltar à França.

Homem ameaça subir rampa do Palácio do Planalto com carro

Um homem ameaçou subir a rampa do Palácio do Planalto com um carro na manhã desta terça-feira. Ele parou antes de atingir a barreira que existe no local. A tentativa aconteceu durante a cerimônia de posse do novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho. O evento aconteceu no salão Oeste do Planalto, que estava lotado. O homem foi levado pela Polícia Federal para prestar depoimento. No mês passado, um homem com uma motocicleta chegou a subir a rampa do Palácio do Planalto, mas foi impedido pela segurança da Presidência quando tentava atravessar a porta de vidro que fica no segundo andar do prédio. O homem foi identificado como Jandilson Pereira Galdênio, de 32 anos, de Campina Grande (PB). No depoimento, ele alegou ser ex-presidiário, mas não disse o motivo de ter tentado invadir a sede da Presidência da República.

Para governador do PT, Lula não brigará com Dilma por candidatura

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), afirmou nesta terça-feira que não acredita em uma eventual candidatura do ex-presidente Lula contra a de sua sucessora, Dilma Rousseff, em 2014. Segundo o petista, uma briga entre os dois é uma "agenda com chance zero de se realizar". "Lula vai apostar tudo para que Dilma dê certo. Ela dando certo, só tem uma hipótese de não ser candidata à reeleição: ela não querer", disse o governador. Wagner afirmou também que sua prioridade é a reeleição de Dilma e depois o seu sucessor na Bahia. "Agora, se ela não quiser e ele também não quiser, eu estou na fila para ser candidato à Presidência", disse o governador. Ele disse, porém, que não ficará conspirando por sua candidatura. Na semana passada, Dilma deu início a uma tentativa de aproximação com os partidos aliados para conter pela raiz uma crescente especulação sobre uma nova candidatura presidencial de Lula. Para Wagner, a "faxina" promovida pela presidente também não afastará os partidos aliados na disputa pela reeleição.

Aneel reajusta tarifas de luz de distribuidoras do Nordeste e do Paraná

A diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira o reajuste tarifário de quatro distribuidoras de energia elétrica que atendem estados da região Nordeste e uma do Paraná. Com exceção da distribuidora paranaense, as novas tarifas entrarão em vigor a partir do próximo domingo. A maior das distribuidoras com tarifas reajustadas é a Cemar (Companhia Energética do Maranhão), que atende 1,7 milhão de unidades consumidoras em 217 municípios no Maranhão. As tarifas terão reajuste médio de 7,25%. A classe de baixa tensão teve aprovado o índice de 7,53%, e alta tensão, de 6,05%. A concessionária Energisa Paraíba contou com um efeito médio do reajuste de 7,59%. A companhia atende a 1,1 milhão de unidades consumidoras em 216 municípios da Paraíba. Os índices que serão aplicados às contas de luz são de 8,06% (baixa tensão) e de 6,43% (alta tensão). A reunião da diretoria da Aneel também aprovou o reajuste tarifário da Cepisa (Companhia Energética do Piauí), com efeito médio de 12,23%. Ao todo, são 974,2 mil unidades consumidoras atendidas pela distribuidora no Piauí. As classes de baixa e alta tensão tiveram aprovados os índice de 12,82% e 10,08%, respectivamente. A Ceal (Companhia Energética de Alagoas), que a tende a 898 mil unidades consumidoras em 102 municípios de Alagoas, terá novas tarifas com efeito médio de 1,15%. Os consumidores de baixa tensão terão as tarifas reajustadas em 1,93%, enquanto os de baixa tensão terão uma redução de tarifa de 0,43%. A distribuidora Forcel (Força e Luz Coronel Vivida), que atende apenas 6.300 unidades consumidoras, no município de Coronel Vivida (PR), terá as tarifas reajustadas com efeito médio de 7,14% a partir da sexta-feira. Os índices foram definidos em 7,43% para a classe de baixa tensão e 6,84% para alta tensão. Durante a reunião da diretoria, ficou decido que será mantida atuais tarifas da Elektro Eletricidade e Serviços até a publicação da metodologia definitiva do terceiro ciclo de revisões tarifárias. A companhia atende 1,95 milhão de unidades consumidoras em 223 municípios do Estado de São Paulo e cinco do Mato Grosso do Sul. O procedimento foi adotado também com outras distribuidoras que têm a revisão tarifária programada para 2011, como Eletropaulo, Coelce e Celpa.

Mantega diz que exportador não pagará imposto na Bolsa

O ministro Guido Mantega (Fazenda) disse nesta terça-feira que o governo vai corrigir a medida que instituiu a cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre derivativos. O objetivo é que os exportadores não tenham que pagar o tributo. No fim de julho, o governo anunciou a cobrança de 1% sobre operações feitas no mercado futuro de dólar. A medida atingiu também exportadores que fazem essas operações como um seguro (hedge) para se proteger da variação cambial no momento até o pagamento de suas vendas ao Exterior. "Não queremos penalizar o setor produtor que faz hedge legítimo. O exportador já esta no lucro porque a medida evitou uma queda maior no dólar, mas não queremos que ele pague o 1% e vamos corrigir", afirmou, durante audiência na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos).

Militantes do MST de Alagoas invadem usina e prédio da Eletrobrás

Militantes da organização terrorista clandestina MST entraram no pátio da usina hidrelétrica de Paulo Afonso, da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), localizada na divisa entre Alagoas e Bahia. Outro grupo de trabalhadores rurais invadiu o prédio da Eletrobrás, em Maceió. As duas ações, ocorridas na manhã desta terça-feira, marcam o início, em Alagoas, da jornada nacional de luta pela reforma agrária, organizada pela Via Campesina, que reúne o MST, a CPT (Comissão Pastoral da Terra) e Movimento dos Pequenos Agricultores, entre outros. A coordenação do MST no alto sertão diz que cerca de mil militantes estão no pátio da usina, no município de Paulo Afonso.

Positivo lidera venda de computador e lança tablet em setembro

A Positivo Informática voltou à liderança na venda de computadores pessoais no País no segundo trimestre, com 520 mil unidades vendidas no período. A empresa havia perdido a posição de líder para HP no primeiro trimestre. Entre abril e junho, a participação de mercado da companhia atingiu 13,5%, número inferior aos 14% registrados no primeiro trimestre de 2010. Segundo Hélio Rotenberg, presidente da Positivo, os principais motivos dessa retomada foram as compras do governo e a continuidade da digitalização da classe C. "Contamos que a classe C ainda leve cinco anos para ser completamente atendida", afirmou. A participação da Positivo nas vendas do varejo atingiu 21,7%, com cerca de 430 mil computadores comercializados. Rotenberg disse que a Positivo não prevê queda de vendas por conta da crise financeira.

Após acordo, sem-terra deixam Ministério da Fazenda

Os militantes do MST que ocupavam o Ministério da Fazenda desde a manhã desta terça-feira aceitaram deixar o local após o governo concordar em fazer uma reunião com seus representantes. O encontro ocorreu no Palácio do Planalto, às 17 horas. Cerca de 500 militantes participaram do bloqueio. Por volta das 5h30, os militantes invadiram o "hall" de entrada da pasta e passaram a proibir o acesso de funcionários, que só puderam entrar pelo prédio anexo. Os manifestantes também ocupavam todo o estacionamento do ministério.

Bancos reduzem especulação com dólar após crise e medidas do Banco Central

As apostas das instituições financeiras na queda do dólar em relação à moeda brasileira despencaram em agosto. Segundo o Banco Central, na última sexta-feira os bancos estavam "vendidos" em dólar em US$ 1,99 bilhão, valor que é considerado uma aposta contra a moeda americana. A especulação com a moeda é dos principais fatores que influenciam as cotações e se tornou alvo do governo na tentativa de frear a desvalorização do dólar. No final de junho, esse valor estava em US$ 14,7 bilhões. No início de julho, o Banco Central obrigou as instituições a reduzir essa posição para algo em torno de US$ 10 bilhões. No final de julho, no entanto, já estava em US$ 6,3 bilhões, o que mostra que o efeito da medida do governo foi maior que o esperado.

Juiz de Nova York arquiva processo contra Strauss-Kahn

O juiz Michael Obus da Suprema Corte de Manhattan, em Nova York, anunciou nesta terça-feira o fim do processo criminal contra o francês Dominique Strauss-Kahn, ex-diretor-geral do FMI. Com isso, as acusações a que respondia foram arquivadas pela Justiça americana. Com a decisão, Strauss-Kahn fica livre para voltar à França de forma imediata. Ele havia se declarado inocente em 6 de junho de sete acusações, incluindo tentativa de estupro, relações sexuais ilícitas (sexo oral forçado) e sequestro. A promotoria do distrito de Manhattan havia apresentado um documento na segunda-feira descrevendo mentiras e inconsistências no depoimento da camareira Nafissatou Diallo, que acusou Strauss-Kahn de sair nu do banheiro da sua suíte do Hotel Sofitel de Nova York, em 14 de maio, e então obrigá-la a fazer sexo oral. Mais cedo, Obus negou o pedido de Diallo por um promotor especial para avaliar a acusação de abuso sexual. O juiz emitiu sua decisão menos de uma hora antes da chegada prevista de Strauss-Kahn na corte para a audiência na qual as acusações foram retiradas. Kenneth Thompson, advogado da camareira Nafissatou Diallo, que acusa Strauss-Kahn, já havia criticado a Justiça de Nova York após o pedido de arquivamento.

Magazine Luiza vai usar Facebook e Orkut nas vendas on-line

O Magazine Luiza vai utilizar as redes sociais como Facebook e Orkut para ampliar as vendas pela internet. Por meio de uma nova ferramenta, os consumidores poderão fazer compras indicadas por amigos, que terão comissão entre 2,5% e 4,5% sobre as vendas. Segundo a direção da rede de lojas, o processo vai começar por amigos dos funcionários e depois poderá ser estendido a clientes. A estimativa é que em nove meses possam existir 10 mil lojas de amigos e 1 milhão de consumidores. No projeto intitulado "Magazine Você", cada amigo poderá fazer uma seleção de até 60 produtos e indicar aos consumidores. Após a compra pela rede social, o consumidor será automaticamente direcionado para o site da empresa para efetivar o negócio. Com isso, a direção do Magazine Luiza acha que as vendas poderão aumentar, além de dar exclusividade a produtos. Magazine Luiza afirma que a operação é 100% segura.

Rebeldes vencem resistência e tomam complexo de Gaddafi em Trípoli

Centenas de rebeldes líbios conseguiram vencer a resistência e estão dentro do complexo militar do ditador Muammar Gaddafi na região de Bab Al-Aziziyah, em Trípoli, nesta terça-feira, informou a emissora de TV Al Jazeera. Os rebeldes disparavam tiros para o ar em comemoração. O combate começou nas primeiras horas desta terça-feira. Forças pró-Gaddafi tentaram defender o complexo, mas a resistência acabou. Segundo relatos da correspondente da rede de TV americana CNN, alguns choravam de alegria por terem vencido a resistência, e rebeldes mostravam documentos com estampas oficiais do governo para mostrar que estavam dentro do gabinete de Gaddafi. "Eles conseguiram pegar algumas das armas que estavam com as forças de Gaddafi", disse. Os rebeldes ainda se organizavam para fazer a segurança do local e se defender de um eventual contra-ataque. Um porta-voz dos rebeldes disse à Al Jazeera mais cedo que os confrontos ocorrem em diversas áreas da capital, embora os mais violentos sejam justamente no complexo de Bab al-Aziziah. Também era possível ouvir confrontos pesados perto do Hotel Rixos, onde estão jornalistas estrangeiros em Trípoli.

Município goiano é o primeiro a ter banda larga do governo

A partir desta terça-feira, os moradores do município goiano de Santo Antônio do Descoberto podem contratar internet com velocidade de acesso de 1 megabit por segundo (Mbps) a R$ 35,00 por mês. Essa é a primeira cidade atendida pelo Plano Nacional de Banda Larga. Santo Antônio do Descoberto fica na região do entorno de Brasília, a cerca de 50 quilômetros da capital, e tem 61,7 mil habitantes. O serviço é oferecido pela Sadnet, uma prestadora de serviços de telecomunicações da cidade. Segundo o gerente de marketing da empresa, Evandro Sá de Menezes, há grande expectativa e cobrança da população por internet popular na cidade, já que o contrato entre Sadnet e Telebras foi firmado no início de junho.

Em posse, novo prefeito de Campinas ignora antecessor cassado

O novo prefeito de Campinas, Demétrio Vilagra (PT), foi empossado nesta terça-feira pela Câmara Municipal. Em um discurso de pouco mais de sete minutos, ele omitiu o nome de seu antecessor cassado, Hélio de Oliveira Santos, o dr. Hélio (PDT). Vilagra afirmou ainda que apóia as investigações do Ministério Público de São Paulo, que denunciou um esquema de cobrança de propina em contratos da Sanasa (empresa de saneamento). Vice de dr. Hélio, Vilagra é um dos investigados pelo Ministério Público por suposto envolvimento no esquema. Também na manhã desta terça-feira, dois novos pedidos de cassação foram protocolados na Casa, pedindo a abertura de processo de impeachment também contra Vilagra.

Venda da Schincariol puxa recorde de investimento estrangeiro

A venda da cervejaria Schincariol para o grupo japonês Kirin, que está suspensa por ordem da Justiça, puxou o volume recorde de investimentos estrangeiros em julho. O negócio foi anunciado no início de agosto, mas os recursos entraram no País no fim do mês anterior. A Kirin pagou, à vista, R$ 3,95 bilhões (US$ 2,5 bilhões) pelas ações da Aleadri-Schinni Participações, detentora de 50,45% do grupo Schincariol. No mês passado os investimentos estrangeiros diretos somaram quase US$ 6 bilhões, 50% a mais do que o Banco Central esperava receber. Foi o maior valor para meses de julho da série iniciada em 1947. Para agosto, o Banco Central espera uma entrada de mais US$ 4,2 bilhões. Se confirmado, o Brasil terá recebido em oito meses 78% dos recursos previstos pelo ano. Com isso, é provável que a instituição revise para cima, em setembro, a sua previsão para 2011, que está em US$ 55 bilhões. Mais uma vez, os recursos serão mais que suficientes para financiar o déficit do País nas suas transações com o Exterior.

Mantega pede que Senado reprove projetos que elevem gastos

O ministro Guido Mantega (Fazenda) pediu nesta terça-feira que os senadores não aprovem projetos que aumentam gastos do governo. Ele citou o projeto que cria um piso salarial para policiais (PEC 300) e pediu que a DRU (Desvinculação das Receitas da União, que dá maior liberdade ao governo na gestão do Orçamento) seja prorrogada. "Isso é delicado, acaba ameaçando a situação do governo", afirmou. Mantega disse que o controle das despesas correntes abrirá espaço para um aumento nos investimentos e para a redução dos juros. O ministro reforçou que o governo brasileiro continuará tomando medidas para atenuar os efeitos da crise e para combater a guerra cambial e artifícios como triangulação. Ele pediu ainda que os senadores aprovem projeto que acaba com os créditos no ICMS que alguns Estados dão para atrair importações. Mantega alertou que a crise internacional, que hoje está no "colo" dos governos, pode voltar a ser uma crise bancária, como ocorreu em 2008, já que os bancos são os credores das dívidas públicas. Segundo ele, o governo brasileiro está preocupado com o baixo nível de crescimento da economia norte-americana, que pode prejudicar toda a economia mundial.

Governo vai intervir em fundo de pensão para conter rombo

O governo vai fazer uma intervenção no Portus (Fundo de Pensão Portuária dos funcionários das companhias Docas) para tentar conter o rombo nas contas do fundo. A decisão está no Diário Oficial desta terça-feira. O primeiro passo neste sentido será a destituição de todos os diretores do fundo e a nomeação de um interventor. Ele será responsável por fazer uma auditoria nas contas do Portus. Segundo a Secretaria do Portos, a decisão foi tomada porque há alguns anos o governo tem feito ações no sentido de solucionar os problemas do Fundo. Em 2008, por exemplo, o governo fez um repasse de R$ 250 milhões para as contas do Portus. "Esse aporte financeiro deu apenas um fôlego, mas não foi uma solução definitiva, em virtude dos compromissos futuros permanentes com os aposentados e da constante descapitalização decorrente da diminuição da receita dos contribuintes ativos", afirmou a secretaria, em nota. O governo anunciou ainda a criação uma comissão para acompanhar os trabalhos do interventor no Portus. Esse grupo será formado por contribuintes do fundo, integrantes da Secretaria de Portos e da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Sete empresas participam de leilão de satélites

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) recebeu nesta terça-feira propostas de sete interessados na exploração de satélites. Os envelopes, com preço e documentação de habilitação para quatro posições orbitais que estão em leilão, deverão ser abertos no dia 30 de agosto. Hoje, o Brasil tem nove satélites geoestacionários (que acompanham a rotação da Terra) em oito posições orbitais. O intuito do governo é ampliar para 13 o número de satélites próprios até a Copa de 2014 e, dessa forma, aumentar a capacidade de transporte de sinais de telecomunicações. As empresas interessadas são: Eutelsat, Hispamar, HNS, Intelsat, SES DTH, Sky e Star One.

Mendes Ribeiro Filho diz que vai evitar "mudar o que não precisa"

O novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, afirmou em seu discurso de posse no cargo, na manhã desta terça-feira, que não pode chegar ao ministério "querendo mudar o que não precisa". "Guardarei as mudanças ao que for necessário, e chegarei ao necessário por orientação da Presidência da República", afirmou. Mendes Ribeiro Filho comparou seu trabalho na pasta ao "exemplo diário de milhões de agricultores e produtores, que sabem que as vidas e as decisões passam por ciclos. A colheita de amanhã depende da capacidade de temperar a terra, semear o grão, regar, cuidar, observar". O deputado federal gaúcho do PMDB, que afirmou conhecer as necessidades dos produtores agrícolas, também defendeu a "valorização do servidor" e a "gestão pública com qualidade e eficiência". Segundo ele, gestão e política devem andar juntas. "Só gestão sem política implica em emperramento. E só política sem gestão implica em desperdício sem resultados", disse ele.

Após perda de satélite, Rússia suspende lançamento de foguetes

A agência espacial russa, Roscosmos, anunciou nesta terça-feira a suspensão do lançamento dos foguetes de carga Proton e dos blocos aceleradores Briz-M, após a frustrada operação que deveria colocar em órbita o satélite de telecomunicações Express-AM4. A suspensão permanecerá em vigor até que sejam esclarecidas as causas do fracasso da operação do satélite Express-AM4. "Os especialistas continuam tentando estabelecer comunicação com o aparelho", acrescentou a agência espacial russa, que ainda não considera o satélite perdido. O Express-AM4, fruto da colaboração entre a companhia européia Astrium e o Centro Khrunichev de produção aeroespacial da Rússia, foi lançado com sucesso no último dia 18, mas ficou situado fora da órbita prevista. Com massa de 5.775 quilos e dotado de 57 "transponders" (dispositivos de telecomunicações), o satélite deveria assegurar a cobertura de telecomunicações do território russo e da Comunidade dos Estados Independentes, que agrupa 11 antigas repúblicas soviéticas. O bloco acelerador é a última etapa de um foguete de carga, em geral, a quarta, responsável por levar satélites da chamada órbita de apoio até sua localização prevista e por impulsionar aparelhos espaciais para fora do campo gravitacional da Terra.

Minas gerais chega a segundo lugar em exportação de carne de peru

Minas Gerais superou Santa Catarina e Paraná e encerrou os sete primeiros meses do ano como o segundo maior exportador de carne de peru do País, atrás de Goiás. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Secretaria de Agricultura mineira, os embarques do Estado renderam US$ 58,4 milhões no período, 37,5% mais que entre janeiro e julho de 2010. O valor representou 24,9% do total nacional. O preço médio das vendas de Minas Gerais ao Exterior no período foi de US$ 3.105,14, o maior dos últimos anos.

Novo diretor admite que Dnit ainda pode ter irregularidades

Indicado para assumir a diretoria-geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o general Jorge Ernesto Pinto Fraxe reconheceu nesta terça-feira que ainda podem haver irregularidades no órgão. "Deve ter muito problema em potencial. Estamos falando em R$ 14 bilhões contratados em obras com base em que projetos? Eu não sei", afirmou Fraxe em sabatina no Senado Federal na qual citou o orçamento do Dnit previsto para este ano. "Nós temos que reavaliar a estrutura organizacional no Dnit, dando uma estrutura compatível com a missão que ele tem", afirmou o general, que substitui Luiz Antonio Pagot. Ele foi indicado pela presidente Dilma Rousseff após uma série de acusações de corrupção no Ministério dos Transportes e nos órgãos ligados à pasta e agora aguarda aprovação dos senadores. Ao todo, 28 servidores foram afastados, incluindo o ministro da pasta, Alfredo Nascimento.

Resultado da autópsia diz que Amy Winehouse não tinha usado drogas

Os testes toxicológicos realizados no corpo de Amy Winehouse após a autópsia revelaram que a cantora não tinha usado drogas ilegais no dia em que morreu. A informação foi divulgada nesta terça-feira por um representante da família da cantora. Segundo a família, os exames detectaram a presença de álcool no corpo da cantora, mas não explicaram se a bebida teve papel importante em sua morte. Ainda não foi determinada a causa da morte. Amy Winehouse foi encontrada morta em sua casa, em Londres, em 23 de julho. Os resultados iniciais da autópsia foram inconclusivos. Dias depois da morte de Amy Winehouse, tabloides britânicos publicaram que a cantora tinha comprado cerca de R$ 3 mil em drogas na noite anterior. Já a família da cantora afirmou que ela teria morrido em decorrência de uma forte abstinência de álcool, alegando que ela tinha parado de beber três semanas antes de morrer.

Investimento estrangeiro bate novo recorde em julho

Os investimentos estrangeiros diretos em empresas brasileiras registraram o maior resultado para meses de julho da série iniciada em 1947 pelo Banco Central. Foram US$ 5,97 bilhões, de acordo com a instituição. O valor foi mais que suficiente para financiar o resultado negativo do Brasil nas suas transações com o Exterior, que ficou em US$ 3,49 bilhões no mês passado. No ano, o déficit soma US$ 28,9 bilhões, menos da metade da previsão do Banco Central para 2011. Já os investimentos diretos de US$ 38,5 bilhões já representam 70% do esperado para o ano. Entre os motivos do déficit está o aumento de 26%, no acumulado do ano, no resultado negativo da conta de serviços, na qual são computados os gastos com viagens internacionais, transportes e aluguel de equipamentos.

Gasto de turista no Exterior supera US$ 2 bilhões pela primeira vez

Os gastos dos turistas brasileiros no Exterior superaram pela primeira vez a marca de US$ 2 bilhões desde 1947, ano em que o Banco Central iniciou a série histórica. Segundo dados do Banco Central, essas despesas somaram US$ 2,2 bilhões em julho. No ano, já foram gastos US$ 12,4 bilhões, valor recorde para o período. Em todo o ano passado, os brasileiros gastaram US$ 16,4 bilhões fora do País. Os turistas estrangeiros, por outro lado, trouxeram US$ 3,9 bilhões para o País. A diferença entre os dois números representa um déficit de US$ 8,5 bilhões, valor que corresponde a quase 30% do resultado negativo de todas as transações do Brasil com o Exterior. Preocupado com os gastos do brasileiro no exterior, e a valorização do real que limita a competitividade do Brasil, o governo vem tomando medidas para coibir o consumo de turistas fora do País. No início do ano, a Fazenda aumentou o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre gastos no cartão de crédito fora do país de 2,38% para 6,38% e também elevou o mesmo tributo sobre captações de recursos no Exterior de 2% para 6%. Contrariando as medidas, os gastos do estrangeiros vêm crescendo.

Zapatero propõe reforma constitucional com teto da dívida

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, propôs nesta terça-feira uma reforma na Constituição do país para determinar o teto para o endividamento nacional e garantir a estabilidade orçamentária, em sessão em que obteve o aval do Parlamento para as últimas medidas de ajuste fiscal. A reforma permitiria "fortalecer a confiança da estabilidade a médio e longo prazo na economia espanhola", disse Zapatero. A idéia é estabelecer uma regra que estabilize as finanças em médio e longo prazo, tanto em relação ao déficit estrutural como à dívida. O presidente do Congresso, José Bono, deu um aviso aos partidos para que apresentem ainda nesta semana uma proposta de reforma constitucional para limitar o déficit público, caso contrário não haverá tempo para aprová-la antes da dissolução da Casa em 27 de setembro.

SulAmérica destitui vice-presidente financeiro

O conselho de administração da seguradora SulAmérica aprovou a destituição do vice-presidente financeiro e de controladoria da companhia, Sergio Borriello. A decisão foi tomada em reunião do dia 12 de agosto. A destituição foi aprovada por unanimidade, segundo a ata da reunião, "após ampla discussão e atenta consideração". O atual vice-presidente corporativo e de relações com investidores da SulAmérica, Arthur Farme d'Amoed Neto, passa a acumular a função de Borriello. Borriello assumiu o cargo em 2009 com a meta de coordenar a adaptação contábil da SulAmérica ao padrão internacional (IFRS). Antes, ele era responsável pelo controle de subsidiárias da companhia.

"Faxina ética" de Dilma motiva pressão por medidas anticorrupção

A "faxina" realizada pela presidente Dilma Rousseff no governo, e apoiada por um minúsculo grupo suprapartidário de senadores, motivou a pressão no Senado por aprovação de medidas anticorrupção no poder Legislativo. Em audiência realizada nesta terça-feira no Senado, congressistas e representantes da sociedade civil cobraram a discussão e aprovação de propostas para coibir a impunidade em crimes de corrupção. "Trata-se de uma conjuntura que precisa ser aproveitada para não se retornar ao degrau onde estávamos há tanto tempo", afirmou Marlon Reis, representante do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral. O juiz pediu agilidade na análise de processos que questionam a constitucionalidade da lei da Ficha Limpa no Supremo Tribunal Federal. "Nós temos uma série de questões abertas pendentes de uma decisão final do STF", afirmou Reis. O juiz Luiz da Rocha Neto, diretor da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), pediu ainda aos senadores atenção à chamada PEC dos recursos, proposta de emenda constitucional do presidente do STF, ministro Cezar Peluso, que considera transitadas em julgado ações em segunda instância.

Líderes islâmicos acusam policiais militares de abuso de autoridade em São Paulo

A Polícia Civil de Colina (cidade localizada a 406 quilômetros de São Paulo) abriu um inquérito para investigar se houve abuso de autoridade de policiais militares contra dois líderes religiosos islâmicos que vieram de Moçambique para atuar em mesquitas da região. Os sheiks Yussufo Ahmad Omar e Tawcare Avelino afirmam que foram constrangidos por policiais militares quando o ônibus da empresa Danúbio Azul, em que viajavam, parou no trevo de Colina. Segundo o delegado Fernando César Galletti, os policiais afirmaram que estavam verificando a denúncia de que dois traficantes internacionais estariam no ônibus. "Eles foram abordados por quatro carros de polícia e alegam ter sido algemados, revistados e empurrados contra o ônibus", disse o delegado. Segundo o advogado dos dois, Girrad Samur, os sheiks estudam entrar com um processo contra a empresa por danos morais caso a polícia comprove que a denúncia partiu de funcionários da Danúbio Azul.

PSD tenta manobra para obter registro a tempo de eleição

Para sair do papel a tempo de disputar as eleições do próximo ano, o PSD, partido comandado pelo prefeito Gilberto Kassab, vai tentar uma manobra na Justiça Eleitoral. Na tentativa de obter o registro até outubro, a sigla pedirá reconhecimento no Tribunal Superior Eleitoral antes de passar pelos tribunais regionais eleitorais. O salto nas etapas para o registro contraria a resolução do próprio TSE que determina o procedimento para a criação de uma legenda. Para acatar o pleito do PSD, a corte teria que revogar a norma que aprovou no ano passado. A estratégia dos advogados do PSD é fazer o pedido com base em lei de 1995, e ignorar a resolução publicada em 2010, que detalha o processo para criar uma sigla. A resolução diz que, para obter o registro, a legenda precisa, antes, ser aprovada em nove TREs e apresentar 492 mil assinaturas de apoio. Até agora o PSD só conseguiu registro em Santa Catarina.

ONU aprova comissão para investigar Síria e condena violência

O Conselho de Direitos Humanos da ONU instalou uma comissão internacional de inquérito nesta terça-feira para investigar a repressão na Síria contra manifestantes contrários ao governo, incluindo possíveis crimes contra a humanidade, apesar de objeções da Rússia, China e Cuba. O órgão aprovou ainda, com 33 votos a favor e quatro contra, uma resolução pedindo que o regime sírio coloque um fim à violência contra opositores e coopere com investigações internacionais sobre a possibilidade da existência de crimes contra a humanidade. Os demais países membros se abstiveram de votar ou estavam ausentes. A resolução condena a repressão realizada pelas autoridades da Síria e determina o envio de comissão para investigar as atrocidades cometidas desde julho. A ONU estima que mais de 2.200 pessoas foram mortas desde março por conta dos atos repressivos aos protestos antigovernamentais. As delegações da Rússia, China e Cuba tomaram a palavra para denunciar o que chamaram de interferência nos assuntos internos da Síria e dizer que votariam contra o documento. O Equador também votou contra a resolução.

Grupo estupra adolescente no Paraná e põe imagens na internet

A Polícia Federal investiga o suposto estupro coletivo de uma menina de 14 anos, por um homem de 20 anos e quatro adolescentes em Cascavel (PR). A ação foi filmada por um sexto integrante do grupo e publicada no YouTube. O crime, segundo a Polícia Federal, ocorreu em uma casa em construção em um bairro na periferia da cidade. Segundo o órgão, os suspeitos moram perto do imóvel. A direção da escola onde a menina estuda denunciou o caso ao Conselho Tutelar, que avisou a Polícia Federal e a mãe da vítima há uma semana. A Polícia Federal solicitou ao Google que retirasse o conteúdo do ar. As imagens foram exibidas ao longo de cinco dias. Segundo o delegado Mario Cesar Leal Junior, os suspeitos confessaram o abuso, mas foram liberados porque não houve flagrante. As imagens mostram três rapazes violentando a garota, mas, segundo a Polícia Federal, ela foi abusada pelos cinco. Em depoimento, a adolescente disse que foi ameaçada pelos agressores. À polícia os jovens disseram que estavam bebendo no imóvel quando a menina passou na rua. Um deles levou-a à força para o interior da casa, onde a estuprou. Logo depois, os outros rapazes abusaram dela. Os suspeitos vão responder por estupro de vulnerável e por produzir as imagens. Esses anjinhos estarão todos livres no máximo em três anos. Não é mesmo uma maravilha?

Ouro supera a barreira dos US$ 1.900,00 na Ásia

O ouro, pela primeira vez na história, superou a barreira dos US$ 1.900,00 na manhã desta terça-feira em Hong Kong. Os operadores estão em busca de um refúgio diante das incertezas sobre a economia global. O metal precioso era cotado entre US$ 1.914,50 e US$ 1.915,50 a onça-troy (o equivalente a 31,1 gramas) no final da manhã após abrir em US$ 1.898,00. Os mercados financeiros temem a volta da recessão aos Estados Unidos e à Europa, a evolução da crise da dívida na zona do euro e as incertezas geopolíticas no mundo árabe.

Banco do Brasil retoma negociação para financiar o Itaquerão

O Banco do Brasil retomou a negociação com a Odebrecht para financiar as obras do Itaquerão, candidato a sediar a abertura da Copa do Mundo-2014. A empreiteira garantirá os R$ 400 milhões que o banco tomará no BNDES para repassar para a construção da arena corintiana. A negociação se arrasta porque Banco do Brasil batia o pé e não aceitava garantias do Corinthians. O banco não faz negócios com times de futebol. O Banco do Brasil foi a alternativa encontrada após o Banco Votorantim se afastar das negociações. A Odebrecht começa nesta semana a treinar mão de obra de Itaquera para trabalhar na construção. Há um temor de que, no pico da obra, em meados de 2012, faltem trabalhadores qualificados na região. A empresa precisará contratar cerca de 1.500 pessoas.

Nome de Aloysio Nunes pode eliminar prévias do PSDB para 2012

Com o avanço das tratativas em torno da candidatura de Aloysio Nunes à prefeitura paulistana, o QG de Geraldo Alckmin já admite a hipótese de desmobilizar as prévias do PSDB, até então estimuladas pelo governador. Como José Serra resiste à candidatura, Nunes, que entre os candidatos ao Senado foi o mais votado nas últimas eleições, seria novamente opção para o tucanato. Nas eleições de 2010, ele conseguiu 30,44% dos votos válidos, enquanto a senadora Marta Suplicy (PT-SP) obteve 22,59% dos votos válidos. A socialite Marta Suplicy disse na segunda-feira que é "pré-candidatíssima" em São Paulo. Antes do mandato de senador, Nunes ocupava o cargo de secretário da Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, na gestão de Serra. Ele também foi Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República de 1999 a 2001, Ministro da Justiça em 2001 e 2002 durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

China e Brasil devem lançar novo satélite em novembro de 2012

Após cinco anos de atrasos, representantes do Brasil e da China marcaram para novembro do próximo ano o lançamento do quarto satélite binacional. Mas o cumprimento do cronograma depende da aprovação, pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, do envio de cerca de 60 técnicos do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais) à China."Não podemos atrasar mais, senão vamos implodir o nosso relacionamento", disse Marco Antonio Raupp, presidente da AEB (Agência Espacial Brasileira), na segunda-feira, durante coquetel na embaixada brasileira em Pequim. Raupp explicou que serão necessárias três equipes de 20 técnicos, que se revezariam em turnos de alguns meses. Ele disse ter recebido uma sinalização positiva do ministro da Ciência, Aloizio Mercadante, embora a contratação ainda não esteja oficializada. Além do quarto satélite, o Cbers 3 (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres), os dois países da subcomissão de cooperação espacial definiram ainda o lançamento do Cbers 4 para agosto de 2014. Iniciado em 1988, o projeto Cbers é a parceria mais antiga entre Brasil e China. Já foram lançados o Cbers 1 (1999), o Cbers 2 (2003) e o Cbers 2B (2007). Todos geram imagens da superfície da Terra, usadas em áreas como agricultura e meio ambiente. "Comparativamente, o Brasil é o parceiro mais íntimo da China em tecnologia espacial", afirmou Li Lijie, responsável pela cooperação internacional do Centro de Lançamento e Rastreio de Satélites da China. Entre os novos projetos, afirma Li, o Brasil monitorará, via base de Alcântara, a nave espacial não tripulada Shenzhou 8 e o laboratório espacial Tiangong 1, que serão lançados nas próximas semanas.

Banco suíco UBS anuncia 3.500 demissões

O banco suíço UBS detalhou nesta terça-feira em Zurique como vai cortar os 3.500 empregos anunciados em julho. O plano vai atingir todas as divisões do banco, na busca de redução de custos anuais em US$ 2,5 bilhões até o fim de 2013. O anúncio do grupo suíço é o mais recente de medidas idênticas adotadas por grandes bancos internacionais, que alegam ter de fazer isso para manter sua rentabilidade. No UBS, a unidade do banco de investimentos será a mais afetada, com 1,5 mil empregos eliminados (45%). A divisão reunindo gestão de fortuna e negócios na Suíça terá corte de 1,2 mil postos (35%). As unidades especializadas na gestão de ativos e gestão de fortuna nos Estados Unidos vão sofrer contração de 400 postos cada uma. Além das demissões, haverá redução dos funcionários também pela não substituição de quem se aposenta, por exemplo. Grandes bancos internacionais alegam que o novo quadro regulamentar, que reduz riscos e, portanto, a possibilidade de mais ganhos, força o ajustamento. O Bank of America, o maior dos Estados Unidos em termos de ativos, anunciou na semana passada que vai fazer 3.500 demissões neste trimestre, além de 2.500 reduções de postos já ocorridas este ano. Até agora, o mais incisivo foi o banco britânico HSBC, que decidiu acabar com até 30 mil empregos até 2013, representando 10% dos postos de trabalho. O Lloyds vai demitir 15 mil até 2014; o Barclays, outros 3.000 somente este ano. O Crédit Suisse já anunciou demissões de 2.000 funcionários, o italiano Intesa Sanpaolo, de 3.000 até 2013 e o banco de negócios americano Lazard, de 1.500 empregos.

Paraguai atrai fábrica brasileira com tributo baixo

Impulsionado pelos impressionantes 15% de crescimento do ano passado, o Paraguai se tornou um pólo de empresas "maquiladoras" na América do Sul com a adoção de um sistema que faz a aliança de imposto mínimo e mão de obra barata. O sistema chamado maquila, implementado há dez anos e que atingiu pico de crescimento no ano passado, se desenvolve com os bons ventos da economia paraguaia e tem atraído inúmeras companhias do Brasil. Já são pelo menos 11 empresas brasileiras ou com capital nacional em atuação no país vizinho. Desde o grupo Cambuci, responsável pela marca esportiva Penalty, a pequenas empresas, como Quality Cotton e Mega Plásticos, instalaram-se no Paraguai e conseguiram reduzir custos. Inspirado no sistema de maquilas do México, que adotou o modelo em meados da década de 90 na esteira da crise econômica que viveu naqueles anos, o sistema paraguaio isenta as empresas de taxas para importar matérias-primas. Toda a produção finalizada no Paraguai deve ser exportada, com exceção de 10%, que podem circular no mercado paraguaio. Essas são as condições do governo para uma empresa ser maquiladora. De imposto é cobrada uma taxa geral de somente 1%. "O sistema tem atraído muitas empresas, mas no Brasil pegou mal o nome; ainda há muita confusão", diz Wagner Enis Weber, diretor-presidente do Braspar (Centro Empresarial Brasil-Paraguai).

Morte de bezerro em rodeio de Barretos pode gerar ação por formação de quadrilha

A ação de entidades de proteção animal contra a Festa do Peão de Barretos será por formação de quadrilha. A representação, na Promotoria Criminal, será feita por conta da morte de um bezerro na última sexta-feira. O animal foi sacrificado depois da prova bulldog, em que o peão precisa derrubar o bezerro com as mãos. De acordo com o presidente da ONG PEA (Projeto Esperança Animal), Carlos Rosolen, serão denunciados a associação Os Independentes, que organiza o evento, o veterinário responsável e o bulldogueiro Cesar Brosco. "Eles sabiam que isso poderia acontecer e assumiram o risco", afirma Rosolen. O PEA deverá ratificar a ação que será feita pelo Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, entidade que congrega várias associações. Para Sônia Fonseca, presidente do fórum, a morte do bezerro é a prova de que há maus-tratos contra animais dentro dos rodeios. O fórum também irá pedir à Justiça que esse tipo de prova seja eliminado. A WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), que levará o caso ao recém criado Grupo de Atuação Especial de Defesa Animal, do Ministério Público, também ingressará com ação semelhante. Há quatro anos, a prova do laço foi banida por causa da falta de um redutor de impacto nos animais.

Filha de Ricardo Teixeira mora no apartamento da Barra

Do jornalista Claudio Humberto: "A Polícia Civil do Distrito Federal deverá interrogar o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, sobre uma “coincidência” bombástica: Joana Havelange, sua filha, mora há anos no apartamento de cobertura, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que em 2009 ele adquiriu por R$ 720 mil de Cláudio Abraão, que o teria comprado pelo mesmo valor, em 2002. Cláudio é irmão de Wagner Abraão, que ganhou da CBF um dos melhores negócios da Copa de 2014: os direitos da venda dos ingressos corporativos (vips). Os direitos de venda de ingressos corporativos para a Copa foram obtidos pelo Grupo Águia, de Wagner, e a Traffic, por US$ 45 milhões. A agência de viagens de Wagner Abraão, velho parceiro de Ricardo Teixeira, é que organiza as viagens da seleção e pacotes para Copa. Em 2011, a CPI do Futebol já acusava a agência de Abraão de suposto superfaturamento de preços de hotéis e passagens da seleção. A Polícia do Distrito Federal vem puxando o fio do novelo ao investigar o patrocínio de R$ 9 milhões no jogo Brasil x Portugal, em 2008, em Brasília".