domingo, 18 de setembro de 2011

Construtoras do Brasil multiplicam obras no Exterior

Ancoradas no BNDES, exportações de serviços de construtoras brasileiras explodiram. De 2001 a 2010, o banco aumentou 1.185% o financiamento para obras no Exterior, sobretudo América do Sul e África. Luciene Machado, superintendente da área de comércio exterior do BNDES, afirma que a demanda nunca foi tão grande. Ela prevê que os desembolsos do banco cheguem a US$ 1,3 bilhão em 2011, uma alta de 38% sobre o ano passado. Segundo dados coletados pelo Banco Central, a exportação de serviços de engenharia subiu 208% em sete anos, e o investimento brasileiro direto em infraestrutura e construção de edifícios teve alta de 186% em cinco anos.

Ao lado de Evo Morales, Chávez chega a Cuba para quimioterapia

O ditador venezuelano, Hugo Chávez, chegou a Cuba neste domingo acompanhado de seu colega boliviano, o índio cocaleiro Evo Morales, para a quarta sessão de quimioterapia em seu tratamento contra o câncer. Chávez e Morales, que desembarcaram na ilha na noite de sábado, foram recebidos no aeroporto de Havana pelo ditador Raúl Castro, informa a nota oficial. O ditador venezuelano, que em 20 de junho foi operado em Cuba de um câncer na zona pélvica, "volta a Cuba para iniciar a quarta sessão de quimioterapia, enquanto Morales o faz para cumprir uma visita oficial", completa o texto. Em uma fotografia publicada no periódico "Juventud Rebelde", de circulação nacional aos domingos, Chávez, de 57 anos, aparece vestido em traje militar, com boina e camisa vermelhas, ao lado de Morales, com um casaco cinza, no momento em que é recebido por Raúl Castro. Morales iniciou uma visita oficial de dois dias durante a qual se reunirá com o presidente Raúl Castro e receberá o título de doutor honoris causa em Ciências Políticas da Universidade de Havana, na qual realizará uma conferência.

Turquia pode congelar laços com União Européia caso Chipre presida o bloco

Candidata à União Européia, a Turquia pode congelar as relações com Bruxelas caso Chipre assuma a presidência rotativa da entidade em 2012, afirmou o vice-primeiro-ministro turco Besir Atalay. Os comentários sinalizam um novo obstáculo nas relações entre o bloco europeu e a Turquia, que iniciou conversações para a adesão ao bloco em 2005. As declarações foram feitas em um momento de tensão no leste do Mediterrâneo, onde a Turquia trava uma disputa com Chipre sobre potenciais depósitos de gás offshore e também quando as relações entre Turquia e Israel, seu aliado de longa data, estão desgastadas. "Se as negociações de paz lá no Chipre não são conclusivas, e a União Européia dá a sua presidência rotativa para o Chipre, a crise real será entre a Turquia e a União Européia," declarou Atalay. Nós vamos, então, congelar as nossas relações com a União Européia. Fizemos esse anúncio. Como governo, nós tomamos essa decisão. As nossas relações com a União Européia serão interrompidas subitamente". O governo cipriota grego internacionalmente reconhecido está prestes a assumir a presidência rotativa da União Européia por seis meses a partir de julho de 2012. O Chipre está dividido desde a invasão turca em 1974, desencadeada por um breve golpe de inspiração grega. Uma parte da ilha permanece sob controle de um governo militar turco-cipriota, reconhecido somente pela Turquia, e motivo de uma relação conflituosa entre Ancara e os cipriotas gregos.

Ministro do STJ nega pedido de liberdade de José Rainha

O ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça, negou na sexta-feira pedido de liberdade do chefete José Rainha Júnior, do MST. Ele está preso desde o dia 16 de junho. Rainha foi preso sob acusação de envolvimento em desvios de verbas destinadas a assentados no Pontal do Paranapanema. A prisão aconteceu na Operação Desfalque, da Polícia Federal, que chegou a prender outras oito pessoas. Para o ministro do STJ, não se encontra ilegalidades na decisão da Justiça de São Paulo que determinou a prisão. "O reconhecimento do pedido confunde-se com o próprio mérito da impetração, que será analisado no momento oportuno", disse Dipp. O mérito do pedido será julgado pela 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. O chefete José Rainha já havia sido preso anteriormente sob acusação de furto, formação de quadrilha, coautoria em dois homicídios e porte ilegal de arma, entre outros crimes.

Governo negocia com oposição relatoria da Comissão da Verdade

O governo petista de Dilma Rousseff negocia deixar com a oposição a relatoria no Senado do projeto de lei que cria a Comissão da Verdade, grupo governamental que fará a narrativa oficial das violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988. A proposta deve ser votada na quarta-feira pela Câmara. Quando chegar ao Senado, a expectativa é que o texto seja relatado por um senador do PSDB. A entrega da relatoria para um tucano seria um sinal do governo aos congressistas de que não pretende partidarizar a discussão e ajuda a isolar o DEM, que tem defendido mudanças na proposta. A ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos) admite que já existem conversas para deixar a relatoria com um oposicionista. Ela afirma, no entanto, que o governo não vai agir diretamente na escolha dos relatores. Entre os nomes discutidos na bancada do PSDB para relatar o texto está o do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), que integrou a organização ALN (Aliança Libertadora Nacional) na luta contra a ditadura.

Marfrig vende ativos de logística por US$ 400 milhões

Depois de realizar cerca de duas dezenas de aquisições nos últimos anos e se tornar uma das mais diversificadas empresas de alimentos do mundo, chegou a vez de o brasileiro Marfrig vender. A companhia informou neste domingo ter fechado negócio com a multinacional norte-americana Martin-Brower para vender o braço de logística adquirido quando realizou a compra da Keystone Foods, no ano passado. Pela Keystone, assumida no início de 2011 e que tornou o Marfrig o maior fornecedor do McDonald's, a companhia pagou 1,2 bilhão de dólares. E agora o frigorífico brasileiro vende o braço de logística da Keystone por 400 milhões de dólares, com o objetivo de focar no núcleo do negócio da empresa, a produção e comercialização de carnes. Como negócio estratégico, Molina considera carnes bovina, suína, de aves, de peixes e produtos elaborados. A operação vendida, basicamente caminhões e armazéns, envolve os serviços de logística especializada para redes de alimentação nos Estados Unidos, Europa, Oriente Médio, Oceania e Ásia, com exceção da joint venture criada recentemente com a COFCO para o desenvolvimento de logística na China. O montante pago pela Martin-Brower (especializada em logística e soluções para o mercado de food service) deve entrar no caixa do Marfrig no último trimestre do ano. O Marfrig continua tendo o sistema de distribuição de carnes próprio, deixando de realizar o transporte de produtos não relacionados ao principal de seu negócio.

Cinco emergências hospitalares apresentam quadro de superlotação em Porto Alegre

Pelo menos cinco emergências de Porto Alegre apresentavam quadro de superlotação neste domingo. Nos hospitais de Clínicas, Nossa Senhora da Conceição, São Lucas da PUCRS e Santa Clara, da Santa Casa, o número de pacientes em atendimento superava o dobro da capacidade da emergência. A quinta unidade superlotada era a emergência do Hospital Ernesto Dorneles, que restringiu o atendimento a casos de urgência. Somente no Hospital de Clínicas havia 102 pessoas em atendimento para os 49 leitos disponíveis. Um quadro parecido acontecia no Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde há 103 pacientes para 50 leitos. Um dos casos mais graves era o do Hospital São Lucas, da PUC, onde havia 41 pessoas para 15 leitos disponíveis. Já no Hospital Santa Clara, eram 26 leitos ocupados para os 12 que existem para atendimento. No Hospital Dom Vicente Scherer, do Complexo Hospitalar Santa Casa, a emergência estava lotada, com os dez leitos disponíveis, ocupados.

Equipe conclui instalação do primeiro de 22 tubos de rede de esgoto no leito do rio Guaíba

Cada cano tem 500 metros
Depois de sete horas de operação, foi concluída, na noite de sábado, a instalação do primeiro tubo do emissário subaquático do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa). O transporte do cano do Estaleiro Só até o ponto em que seria submerso, próximo à orla de Ipanema, no rio Guaíba, em Porto Alegre, começou por volta das 13h30min. O afundamento da estrutura levou em torno de duas horas e se encerrou perto das 20h30min. Segundo o coordenador do Pisa, o engenheiro Valdir Flores, o próximo tubo deve ser instalado no começo de outubro, mas a preparação do material já iniciará nesta segunda-feira. Para a próxima operação, a idéia é deslocar a tubulação do Estaleiro Só até a estação de tratamento na Serraria um dia antes do afundamento e, a partir deste ponto, deslocá-lo ao local da submersão. O emissário subaquático ligará a Estação de Bombeamento de Esgoto (EBE) Cristal, construída próxima ao BarraShoppingSul, à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Serraria. Serão 22 tubos submersos no leito do rio Guaíba em um percurso de aproximadamente 10 quilômetros. Cada cano de 500 metros receberá mais de cem contrapesos que o manterão fixados no fundo do rio. A nova rede deve ampliar de 27% para 77% o volume de esgoto tratado em Porto Alegre.

Oficiais da Brigada tiram nota por isonomia e avisam: "Não somos cordeiro. Acorda, Tarso!"

Em uma dura carta aberta dirigida ao governador Tarso Genro neste domingo, embora se proclamem "aliados do governador (de todos os governadores)", quando na verdade são seus subordinados, a Assocoiação dos Oficiais da Brigada Militrar avisou que não abrirá mão da isonomia salarial com as demais carreiras jurídicas do Estado, entre elas as de procuradores da Justiça e juízes. A nota avisa: "Há um tratamento discriminatório contra nós. Os oficiais ligados à AsofBM também advertem que não são "cordeiros", e avisam: "Acorda, Tarso".

Tarso Genro recua e anuncia que a partir de agora será defensor da Emenda Ibsen

Sem saída, depois de um ano de vacilação e tendo apoiado as demandas do Rio de Janeiro contra os interesses do Rio Grande do Sul, o governador petista Tarso Genro rendeu-se às evidências e resolveu aderir à Emenda Ibsen. Ele fez vazar por meios oficiais, neste domingo, que mudou de posição e não apóia mais o governador Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro, que é totalmente contra a reformatação da distribuição dos royalties do petróleo. Agora, Tarso Genro resolveu apoiar a Emenda Ibsen, embora não se refira ao ex-deputado do PMDB e nem à emenda que Lula vetou completamente, mas que será examinado e derrubado a qualquer momento no Senado. No caso de passar como imaginou e fez aprovar Ibsen na Câmara e no Senado, o Rio Grande do Sul receberá até R$ 1,5 bilhão por ano, bem mais do que os R$ 93 milhões atuais.

Anac quer que empresas aéreas avisem antes da compra sobre atraso em vôos

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) quer obrigar empresas aéreas nacionais e estrangeiras a colocarem na passagem quanto tempo o vôo costuma atrasar. O consumidor terá de ser informado antes de comprar o bilhete, seja pela página da companhia na internet, por telefone ou em lojas. A Anac deverá fiscalizar. A proposta, que prevê multa de até R$ 10 mil, está aberta a consulta pública e receberá sugestões até o próximo dia 14 de outubro. Se o texto for aprovado, as empresas terão que cumpri-lo após publicação no Diário Oficial da União.

STJ anula investigação da Polícia Federal contra a família Sarney

O Superior Tribunal de Justiça anulou todas as provas obtidas pela operação da Polícia Federal que investigou os negócios do empresário Fernando Sarney e outros familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Em decisão unânime, os ministros do tribunal entenderam que os grampos que originaram as quebras de sigilo foram ilegais. A decisão devolve as investigações à estaca zero. No ano passado, a Justiça já havia invalidado parte das provas obtidas por interceptação de e-mails na operação da Polícia Federal, chamada de Boi Barrica e mais tarde rebatizada de Faktor. Em decisões semelhantes, o Superior Tribunal de Justiça também anulou provas obtidas pela Polícia Federal ao investigar os negócios da construtora Camargo Corrêa e do banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity. A investigação da Operação Faktor começou em fevereiro de 2007, devido à movimentação atípica de R$ 2 milhões na conta de Fernando Sarney e de sua mulher, Teresa Murad Sarney.

Alta do dólar faz reserva no Exterior despencar

O volume de dólares de exportações que ficam fora do País despencou no início de setembro. Com a valorização da moeda, empresas aproveitam para trazer recursos e tomar empréstimos externos que são, neste momento, trocados por mais reais. Em 2010, US$ 25 bilhões em exportações, 12,5% do total, não entraram no País, valor recorde, segundo dados do Banco Central. Nos oito primeiros meses deste ano, apenas US$ 4 bilhões ficaram no Exterior, 2,5% do valor exportado. Esse valor caiu pela metade entre os dias 1º e 9 de setembro, período em que exportadores trouxeram ao País volume de dólares 30% superior ao das suas vendas. No mês em que a cotação do dólar trocou o patamar de R$ 1,55 pelo de R$ 1,70, algumas empresas aproveitaram para trazer ao País dinheiro que estava depositado no Exterior. Outras tomaram novos empréstimos em dólar para financiar vendas futuras. Desde 2008, para reduzir a entrada de dólares e a pressão sobre o câmbio, o Banco Central liberou o exportador da obrigação de trazer o recurso de suas vendas para o País.

Lula e Haddad são vaiados na Universidade Federal do ABC

O ex-presidente Lula saiu em defesa do seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, ministro Fernando Haddad (Educação), que foi vaiado em cerimônia no ABC paulista. Foi a segunda vez nesta semana que Haddad recebeu hostilidades em evento público. Na quarta-feira, ele foi recebido com vaias em um evento na USP. Lula, que também foi alvo ontem das vaias de cerca de 20 estudantes ligados ao PSOL e ao PSTU, participou ao lado de Haddad de comemoração dos cinco anos da Universidade Federal do ABC, em Santo André. O ex-presidente chegou a perder a paciência com os estudantes. “Gritar é bom, mas ter responsabilidade é muito melhor”, afirmou Lula, em cima de um palco em uma tenda no campus, onde havia para uma platéia de cerca de 500 pessoas. Os estudantes protestavam pelo investimento de 10% do PIB em educação.

Erradicação do analfabetismo some do plano plurianual de metas de Dilma

Com quase 14 milhões de brasileiros sem saber ler nem escrever um bilhete simples, a presidente Dilma Rousseff deixou de lado o compromisso de campanha de erradicar o analfabetismo no País. O objetivo não aparece no "Brasil Maior", o plano plurianual com as metas detalhadas do governo até 2015, recentemente enviado pelo governo ao Congresso. Onze meses após a presidente ter assumido o compromisso em um debate na televisão, a erradicação do analfabetismo saiu de cena. Em seu lugar, o governo se compromete agora a “reduzir a taxa de analfabetismo, especialmente entre as mulheres, a população do campo e afrodescendentes”. O problema não é com a palavra erradicação, que se repete com frequência nos documentos do Brasil Maior. O plano plurianual fala em erradicar a extrema pobreza, prioridade do governo, e também se compromete com a erradicação do trabalho infantil, do trabalho escravo, do sub-registro de nascimento, de pragas vegetais, doenças animais, da mosca da carambola e até de casos de escalpelamento.

Lula deixou um País com mais analfabetos

Brasil foi um dos países que assumiram o compromisso de reduzir a taxa de analfabetismo à metade em uma década e meia, durante encontro das Nações Unidas em Dacar, no Senegal, em 2000. Desde então, tem sido lenta a queda do analfabetismo no País. Entre os censos realizados de 2000 e 2010, o número de brasileiros que não sabem ler nem escrever um simples bilhete (a definição do analfabetismo absoluto) caiu de 13,3% para 9,7% da população com mais de 15 anos. Dados das Nações Unidas mostram que em todo o mundo ainda há 793 milhões de analfabetos. Durante os dois mandatos do governo Lula, no período de vida do "Brasil Alfabetizado", a taxa caiu apenas 0,9%, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad). Em 2004, o total de analfabetos era de 15,6 milhões. O último censo registrou 13,9 milhões de analfabetos. Ainda de acordo com o censo, o analfabetismo se concentra no grupo de pessoas com mais de 60 anos (42,6%), pobres (16,4%) e nordestinos (52,2%). O analfabetismo absoluto caiu mais entre os jovens, na faixa dos 15 a 24 anos, mas isso não significa que tenha sido erradicado nessa faixa.

Mantega ameaça países que recorrerem à OMC

O governo decidiu correr o risco de enfrentar uma batalha jurídica internacional ao elevar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos automóveis importados, pois a medida viola o Acordo Geral de Tarifas de Comércio (Gatt) e o Acordo de Medidas Relativas ao Comércio (Trims). A decisão foi tomada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, diante de medidas protecionistas tomadas por outros países. “Se alguém reclamar, vamos entrar contra todo mundo” na Organização Mundial do Comércio, disse ele em reunião interna antes da divulgação da medida de aumento do IPI. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, queria um modelo diferente para proteger a indústria. Em vez de aumentar imposto dos veículos que não são fabricados no País, o melhor seria utilizar crédito presumido para beneficiar as montadoras instaladas aqui. A tese de Pimentel se baseou no fato de que os países desenvolvidos adotam medidas protecionistas, “mas não no Diário Oficial”.

Família de Lamarca tenta provar que ele não foi um “desertor”

Exatos 40 anos após a morte de Carlos Lamarca, sua família ainda luta na Justiça para provar que um dos mais importantes militares a aderir à luta armada contra a ditadura não foi um desertor. Em junho de 2007, a Comissão da Anistia do Ministério da Justiça deu a Lamarca a patente de coronel e à sua viúva, Maria Pavan, o direito de ganhar R$ 12,1 mil mensais e R$ 902,7 mil de indenização. Mas, em outubro daquele ano, a Justiça Federal no Rio de Janeiro, em ação movida por clubes militares das três Forças, ordenou a suspensão da promoção e dos pagamentos. A decisão foi uma liminar, ou seja, teve caráter provisório. Passados quase quatro anos, o processo não ganhou uma sentença, o que deve ocorrer ainda neste ano. A argumentação gira em torno do fato de Lamarca, ao se insurgir contra o governo, ter ou não abandonado irregularmente a sua função. A juíza entendeu que “sua exclusão das Forças Armadas decorreu de abandono, em janeiro de 1969, do 4º Regimento de Infantaria de Quitaúna”, o que caracteriza “crime de deserção”.

Gol registra aumento de 69,6% na ocupação de vôos domésticos em agosto

A Gol Linhas Aéreas anunciou na sexta-feira que registrou taxa de ocupação de 69,1% em agosto, um aumento de 2,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas queda de 6,7% na comparação com julho. A demanda total, por sua vez, cresceu 10,5% em agosto ante agosto de 2010. A demanda doméstica pelos vôos da companhia cresceu 14,1% no mês passado em relação ao mesmo período de 2010. Esse crescimento, segundo a Gol, deve-se à expansão da malha aérea nacional, além do estímulo do tráfego aéreo doméstico durante um mês típico de baixa sazonalidade.

Governo derruba manobra contra lei da informação

O governo atropelou na sexta-feira a manobra dos presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Comissão de Relações Exteriores (CREA), senador Fernando Collor, para adiar por tempo indeterminado a votação do projeto de lei que trata do acesso a informações. A reação se deu pelo envio ao Senado, em um prazo recorde, dos dados solicitados pelo requerimento de Collor. O Regimento da Casa interrompe a tramitação de matéria enquanto aguarda respostas a ela relacionadas. Foi com essa finalidade que, um ano e meio depois do projeto tramitar no Senado, Collor encaminhou oito perguntas ao ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general José Elito Carvalho Siqueira, sobre os documentos sigilosos do País. Ele fez isso no dia 5, mas Sarney só despachou o requerimento na última segunda-feira. O general teria o prazo de um mês para se manifestar. A presidente Dilma Rousseff, no entanto, interferiu para apressar a votação, a tempo de sancionar a lei antes do dia 20 deste mês, quando participa na sede da ONU, em Nova York, de um painel sobre governos abertos.

Corte Interamericana reabilita opositor venezuelano

A Corte Interamericana de Direitos Humanos emitiu uma sentença a favor do opositor venezuelano Leopoldo López, o qual entrou com uma ação contra o Estado da Venezuela por violação dos seus direitos políticos. O tribunal ordenou às autoridades venezuelanas que suspendam as sanções contra López, as quais impedem que ele dispute eleições. "Conseguimos, foi feita Justiça. Estou habilitado. Este é um triunfo para todos os que lutamos pelos direitos e a justiça. A Venezuela ganhou", disse López. O político, de 40 anos, aspira ser candidato presidencial nas eleições de 2012 e é rival do ditador Hugo Chávez.

Brasil coloca 7 mil homens para vigiar fronteira do Sul

O Brasil está colocando 7 mil homens no patrulhamento dos seus 3,5 mil quilômetros de fronteira com o Uruguai, Argentina e Paraguai durante a Operação Ágata 2. A movimentação começou discretamente e, na sexta-feira, tornou-se ostensiva. Por motivos estratégicos, a operação não tem data para acabar. O objetivo é combater o crime na região. "Hoje (sexta-feira), a fronteira do Brasil, do Chuí (RS) a Corumbá (MS), está fechada", afirmou o general Carlos Bolivar Goellner, comandante militar do Sul, ao apresentar a operação, em Porto Alegre (RS). Logo depois, ele explicou que usou o termo "fechada" para informar que foram instalados postos de controle e fiscalização em toda a faixa abrangida pela operação. "As vias principais, os pontos focados pela inteligência, aqueles locais mais previsíveis estarão sendo monitorados", destacou.

Governo vai mudar Bolsa Família por mais eficiência

O governo vai mudar o programa de transferência de renda Bolsa Família. O objetivo é melhorar sua eficiência na erradicação da extrema pobreza, principal promessa de Dilma Rousseff. As mudanças serão detalhadas pela ministra Tereza Campello (Desenvolvimento Social) na manhã desta segunda-feira. Segundo a assessoria da pasta, as mudanças promoverão "maior atenção a crianças e adolescentes", parcela etária da população em que se concentra a pobreza extrema, definida pela renda individual de até R$ 70,00 por mês. Em junho, ao lançar o plano Brasil sem Miséria, o governo já tinha expandido o Bolsa. O programa paga diferentes benefícios proporcionalmente ao número de filhos. Antes, o pagamento levava em conta no máximo três filhos por família. Com o plano, o número de filhos subiu para cinco. Em março, os pagamentos do programa tiveram reajuste médio de 19,4%.

Balneário popular de Gastão Vieira custou R$ 400 mil e tem obra inacabada

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, mal assumiu o cargo e já se vê envolto em polêmica na pasta que agora administra. Como deputado federal, ele destinou em 2008 mais de R$ 400 mil de sua emenda parlamentar para a prefeitura da pequena Buriticupu, no Maranhão, para a construção de um balneário popular que beneficiaria a cidade. A obra foi orçada em R$ 445 mil mas está paralisada porque faltaram recursos. Há suspeita de malversação de verbas por parte da prefeitura, que recebeu o dinheiro na conta em 2008. Gastão Vieira confirmou que os recursos foram destinados através de sua emenda parlamentar.

Empreiteiras impuseram silêncio ao Brasil no caso da Líbia

Enquanto o mundo todo condenava o governo do ditador Muammar Kadafi, o preço do silêncio do governo brasileiro sobre as atrocidades na Líbia foi a soma dos R$ 11 milhões que empreiteiras Odebrecht, OAS, Andrade Gutiérrez e Queiroz Galvão doaram ao PT, na campanha de 2010, com centenas de milhões de dólares que essas empresas têm a receber no país do tirano pelas obras que realizam. A Odebrecht constrói o aeroporto de Trípoli e anel viário. Retirou 3,5 mil operários de lá. Andrade e Queiroz fazem obras de infra-estrutura. Para atender aos amigos empreiteiros, Lula bajulou o ditador Muammar Kadafi, chamado de “meu amigo, meu irmão, meu líder”. Agradecidos, os empreiteiros têm se revezado com seus jatinhos para as frequentes viagens de Lula, além de contratarem suas “palestras”.

Pesquisa aponta que maioria reprova política econômica de Obama

Na mais recente pesquisa de opinião conduzida pelo jornal The New York Times e pela emissora de TV CBS, mais da metade dos americanos disse rejeitar a maneira com Barack Obama conduz a economia, e 72% acreditam que o país caminha na direção errada, embora 43% ainda considerem que, em geral, o presidente dos Estados Unidos desempenha um bom trabalho em Washington. Os dados revelam que Obama vem perdendo cada vez mais apoio entre sua base democrata e que seus esforços recentes não foram suficientes para atrair a aprovação dos eleitores independentes, que não se declaram abertamente democratas ou republicanos. O estudo também questionou sobre o desempenho do Congresso, que também é visto de forma pessimista pela população. Para 80% dos americanos os parlamentares não desempenham bem seu trabalho, e somente 12% aprovam as medidas dos congressistas. Quanto à avaliação do presidente em geral, 43% aprovam e 50% desaprovam, e quanto à sua política econômica, 57% desaprovam e 34% aprovam. Já numa avaliação geral, quanto ao rumo do país, 72% consideram que os EUA vão na direção errada e apenas 23% dizem ver a nação em um caminho positivo, no pior resultado deste tipo de análise desde a posse de Obama.

José Serra não será candidato, diz deputado federal

O ex-governador José Serra não concorrerá à prefeitura de São Paulo. É o que afirma o deputado federal tucano Ricardo Tripoli, um dos pré-candidatos do PSDB à eleição na capital paulista. Tripoli diz que a disputa interna no partido está restrita a ele e aos secretários estaduais Andrea Matarazzo (Cultura), Bruno Covas (Meio Ambiente) e José Aníbal (Energia). "Não há a menor possibilidade de o Serra concorrer. Estive com ele. E já conversamos muito sobre o assunto. Ele, o governador Geraldo Alckmin e o `ex-presidente Fernando Henrique me estimularam a sair candidato", afirma. O deputado conta ter procurado José Serra antes de protocolar, há dois meses, sua inscrição como pré-candidato, na qual anexou o apoio de 219 delegados (cerca de 20% do total).

Brasil tem 16 locais candidatos à lista de geoparques da Unesco

O geoparque Bodoquena-Pantanal, no Mato Grosso do Sul, e a região do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, fazem parte dos 16 novos lugares que almejam integrar a Rede Mundial de Geoparques. As candidaturas são examinadas pela Mesa da Rede Mundial de Geoparques Nacionais durante a Conferência de Geoparques Europeus, realizada na Noruega. "Os lugares que aspiram à denominação na lista mundial de geoparques devem possuir um patrimônio geológico de importância, uma sólida estrutura de gestão e uma estratégia de desenvolvimento econômico baseado em um turismo sustentável", afirmou a agência da ONU com sede em Paris. Junto às candidaturas brasileiras, outros parques também desejam fazer parte desse grupo, como a Serra Norte de Sevilha e o parque Villuercas Ibores Jara, na Espanha; os Alpes Cárnicos, na Áustria; Hong Kong e Tianzhu Shan, na China; Bauges e Chablais, na França; entre outros. Criada em 2004 sob os cuidados da Unesco, a Rede Mundial de Geoparques Nacionais possui até o momento 78 lugares, de 26 países diferentes. A Rede Mundial traz lugares como a ilha de Langkawi, onde se pode observar a formação rochosa mais antiga da Malásia; a floresta petrificada da ilha de Lesbos, na Grécia, e as crateras vulcânicas de Vulkaneifel, na Alemanha.

Chinesa JAC diz que IPI maior inviabiliza fábrica no Brasil

O presidente da JAC Motors no Brasil, Sérgio Habib, disse na sexta-feira que o decreto que aumentou o IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) para veículos importados inviabiliza a construção da fábrica da montadora chinesa no país. O investimento previsto pela JAC nesta fábrica é de US$ 600 milhões. "Do jeito que está hoje, fica inviável a construção", disse. Habib ponderou que pretende negociar com o governo e que, por ora, o projeto não está suspenso: "Só começaremos a produção no início do ano que vem, e até lá, as coisas podem mudar. E acho que vão mudar". O executivo ressaltou, no entanto, que só poderá começar o projeto se houver "segurança jurídica de que seu investimento é viável economicamente". Ele garantiu que, por enquanto, a JAC tem estoque superior a 30 dias, e que até lá, a empresa não irá aumentar o preço dos carros.

Petrobras importa reator, mas não consegue tirá-lo do porto

Um equipamento da Petrobras que pesa mil toneladas aguarda há um mês no Porto do Rio de Janeiro uma alternativa para ser transportado até o Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), porque as rodovias do Estado não suportam seu peso. É o primeiro de quatro reatores fabricados na Itália que produzirão diesel no complexo de refino em construção em Itaboraí, região metropolitana do Rio de Janeiro. O reator chegou ao porto no dia 16 de agosto e foi descarregado no dia 18 do mesmo mês. "Nós estamos já há algum tempo conversando com o governo do Estado e com o Inea (órgão ambiental fluminense) para uma solução logística provisória para os primeiros equipamentos", afirmou o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, por meio de sua assessoria de imprensa. A intenção é levar o equipamento por balsa da Baía de Guanabara até um dos rios que cortam a região e estão localizados próximos ao Comperj. A estatal espera construir um pequeno porto na região (o Porto de São Gonçalo) e uma estrada até o Comperj a tempo de receber os demais reatores importados da Itália. Mas o executivo admite que a infraestrutura pode não ser concluída neste prazo. A petroleira diz que a construção da estrada e do novo porto levará seis meses. Mas primeiro deverá concluir a licitação que iniciou para selecionar as construtoras dos projetos.

Estatinas podem reduzir risco de doenças infecciosas

A estatina é um medicamento comprovadamente eficaz na prevenção do ataque do coração e da doença arterial coronariana. De acordo com um novo estudo, ela também pode reduzir o risco de contrair doenças infecciosas. Em um estudo clínico finalizado há oito anos, ficaram claros os benefícios da atorvastatina (nome comercial, Lipitor) na prevenção de problemas cardíacos em pessoas com pressão alta (redução de 35% no risco relativo de ataque cardíaco não fatal e doença arterial coronária fatal). Agora, para surpresa dos pesquisadores, o medicamento parece reduzir também o risco de contrair infecções. De acordo com o novo estudo, para as pessoas que tomaram o medicamento, além dos benefícios já conhecidos, ocorreu também uma redução de 14% no risco de mortalidade global, em comparação com o grupo de controle, apesar do fato de que, após o término do primeiro teste, grupo de controle também passou a tomar o medicamento.

Brasil reconhece legitimidade do governo rebelde da Líbia

O Brasil votou a favor da representação dos rebeldes líbios nas Nações Unidas. Na sexta-feira, a Assembléia Geral da ONU aprovou a entrega do assento da Líbia ao órgão político dos rebeldes, o CNT (Conselho Nacional de Transição). O Itamaraty vinha relutando em reconhecer a oposição como representante legítima do país. No mês passado, o chanceler Antonio Patriota afirmou que o Brasil aguardaria uma manifestação da ONU para firmar uma posição. Em julho, o Brasil enviou à Benghazi (a então capital rebelde) o embaixador no Cairo, Cesário Melantonio Neto, para um contato com o governo oposicionista. Na ocasião, o diplomata se reuniu com o presidente do CNT, Mustafa Mohammed Abdul Jalil.

Presidente do Banco Central vê sinais mais nítidos de desaceleração

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, disse nesta sexta-feira que a economia já dá sinais mais nítidos de desaceleração. Ele citou a redução da taxa de expansão do PIB (Produto Interno Bruto), o fraco desempenho da indústria, e a moderação do ritmo de crescimento do crédito. Além disso, acrescentou que até mesmo o mercado de trabalho, que demora mais para responder à desaceleração da economia, já está perdendo força. Segundo o presidente do Banco Central, esses fatores têm que ser levando em conta nas decisões de política monetária, assim como a redução de expectativa de crescimento dos países desenvolvidos e o anúncio de um superávit primário maior do governo federal.

Dilma diz que escolhas políticas não desmerecem governo

Ao dar posse ao novo ministro do Turismo, Gastão Vieira, a presidente Dilma Rousseff defendeu as escolhas políticas para cargos públicos e afirmou que elas "não desmerecem nenhum governo". "É com políticos e partidos políticos, com técnicos e especialistas, que se governa um país complexo como o Brasil. A política bem exercida é uma atividade nobre e imprescindível", disse a presidente em seu discurso. A cerimônia na tarde de sexta-feira no Palácio do Planalto foi fechada. Segundo a Presidência, a decisão de fazer um evento com poucos convidados e fechado à imprensa foi feita pelo curto espaço de tempo entre a escolha do ministro e a posse. Nunca se viu coisa igual, uma posse de ministro ocorrer em cerimônia fechada.

Presidente da CNI pressiona deputados contra volta da CPMF

O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade, enviou uma carta aos deputados para voltar a dizer que é contra a recriação da CPMF. "A maioria dos brasileiros acredita que o governo já arrecada o suficiente, não necessitando aumentar a tributação para melhorar os serviços públicos", diz Andrade. Junto da carta, ele enviou uma pesquisa encomendada pela entidade mostrando que a maioria da população é contra a volta da CPMF. Segundo o Ibope, o levantamento, feito em março com 2002 entrevistados, mostrou que 72% dos pesquisados são contra ao imposto. "A população brasileira não só é contra a recriação da CPMF como é contra a criação ou aumento de qualquer imposto", diz o presidente da CNI. A pesquisa também afirma que 67% dos entrevistados entendem que a situação da saúde deve-se mais à má utilização dos recursos do que a falta deles.

Lula e aliados defendem mandato menor para senadores

O ex-presidente Lula e lideranças do PSB, PDT, PCdoB e PT se reuniram na sexta-feira, em São Paulo, para acertar pontos de consenso entre os partidos na proposta de reforma política a ser levada à Câmara dos Deputados. A redução do tempo de mandato dos senadores a partir de 2018, de oito para quatro anos, e a diminuição da idade mínima para a candidatura a deputado (de 21 anos para 18 anos) foram as novidades apresentadas pelo grupo. Para o mandato de senador, o grupo defendeu também a redução da idade obrigatória, de 35 anos para 30 anos. A defesa do voto proporcional é outro consenso. A regra para suplência também seria alterada, com apenas um reserva para cada senador (hoje são dois), sendo este o deputado federal do partido mais votado no respectivo Estado do titular. A adoção de financiamento público de campanhas políticas, ponto que sempre uniu as quatro legendas, ganhou mais um ponto de consenso: a possibilidade de empresas privadas doarem para um fundo público, sem endereço partidário.

Dólar fecha em R$ 1,73 pela primeira vez no ano

O dólar comercial voltou a fechar em sua cotação mais alta do ano, na taxa de R$ 1,733, o que representa um aumento de 1,40% sobre o fechamento de quinta-feira. Trata-se do maior preço desde 23 de novembro de 2010. Além da preocupação com a crise européia, uma nova portaria do Ministério da Fazenda aumentou o nervosismo no setor financeiro. Um decreto do Ministério da Fazenda publicado na sexta-feira atrasou a cobrança de IOF sobre derivativos cambiais para o dia 14 de dezembro. Inicialmente, a vigência estava prevista para o dia 5 de outubro, mas sobravam dúvidas sobre a forma de cobrança do imposto em cima das "apostas" feitas pelos agentes financeiros no chamado "mercado futuro" de moeda.

Indio cocaleiro Evo Morales convida indígenas para discutir construção de estrada no país

O ditador boliviano, o indio cocaleiro Evo Morales, convidou representantes indígenas para uma reunião na sexta-feira, em Cochabamba, a fim de discutir o conflito em torno da construção de uma rodovia que cortará a maior reserva florestal do país. Mais cedo, Morales se reuniu com representantes de etnias amazônicas favoráveis à obra, no povoado de Santo Domingo, no Parque Nacional Isiboro Sécure, que será cortado pela estrada. Em protesto há um mês, os indígenas contrários à construção marcham em direção a La Paz. Os dirigentes das organizações pediram a seus apoiadores de todo o país que montem barreiras em estradas para apoiar a mobilização, que está parada devido a um bloqueio de agricultores e policiais a 350 quilômetros da capital.

Chávez anuncia quarto ciclo de quimioterapia

O ditador venezuelano, Hugo Chávez, que em junho descobriu ter câncer, anunciou na sexta-feira a quarta sessão de quimioterapia. "Sairei dessa", prometeu otimista o ditador. Chávez foi submetido a uma cirurgia em 20 de junho para a retirada de um tumor maligno em Havana, onde também recebeu os dois primeiros tratamentos de quimioterapia, em julho e agosto, e em 2 de setembro concluiu no hospital militar de Caracas sua terceira fase.

OGX instala equipamento para teste na bacia de Campos

A OGX começou a instalar os equipamentos submarinos e o sistema de ancoragem que permitirão dar início aos testes de longa duração na acumulação de Waimea, na bacia de Campos. A companhia informou que o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) concedeu licença que permite essa instalação e que parte agora para a última etapa do processo rumo à produção. Conforme a companhia, o teste deve começar por volta de dezembro deste ano, dois anos após a descoberta da acumulação. O poço faz parte do bloco BM-C-41,em que a empresa do grupo EBX detém 100% de participação.

CSN cancela aquisições de empresas na Espanha

A CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) anunciou na sexta-feira que rescindiu contrato de aquisição de empresas do grupo espanhol Alfonso Gallardo, que havia sido acertado em maio por cerca de 1 bilhão de euros (US$ 1,39 bilhão). Segundo a CSN, o cancelamento do contrato ocorreu "em razão de descumprimentos contratuais por parte do Grupo Gallardo". A CSN acertou em maio acordo com o grupo Gallardo, um dos maiores produtores de aço da Espanha, para aquisição de cinco empresas: Cementos Balboa, Corrugados Azpeitia, Corrugados Lasao, Stahlwerk Thüringene e Gallardo Sections. O negócio ocorreu apesar da crise de dívida soberana vivida pelos países do sul da Europa. O valor da operação incluía 543 milhões de euros pela compra da totalidade das ações das empresas, além de dívida de cerca de 403 milhões de euros. Na ocasião, analistas comentaram que a CSN viu no negócio uma oportunidade de internacionalização em um momento em que estava com caixa elevado e os ativos na Espanha estavam depreciados.

Governo deve definir proposta final para royalties nesta terça-feira

O governo vai definir, nesta terça-feira, sua proposta final quanto à divisão dos royalties do petróleo. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, receberá os líderes partidários do Senado e os ministros Edison Lobão (Minas e Energia) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais), para uma rodada final de discussão. O governo espera tirar desta reunião uma proposta final para discussão com os 27 governadores e, enfim, levar ao Senado como substitutiva ao veto do ex-presidente Lula à emenda que previa a distribuição entre todos os Estados. O Senado vota no dia 5 de outubro a derrubada do veto.

Banco Central revisará para baixo crescimento do Brasil

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, indicou na sexta-feira que a instituição espera um crescimento da economia brasileira inferior a 4% em 2011. Durante evento do setor imobiliário em São Paulo, Tombini disse que a atual estimativa do Banco Central, de 4%, será revista para baixo no próximo relatório de inflação. A presidente Dilma Rousseff e o Ministério da Fazenda ainda mantém oficialmente projeções mais otimistas. Segundo Tombini, a redução da projeção do crescimento do Brasil é reflexo da expansão menor dos países desenvolvidos e das medidas tomadas pelo governo brasileiro no início do ano para desaquecer a economia. O presidente do Banco Central voltou a dizer que Estados Unidos, Europa e Japão enfrentarão um período longo de baixo crescimento, mas disse que não espera uma crise tão grave como a de 2008.

Israel critica plano palestino de pedir à ONU reconhecimento de Estado

O premiê israelense, Binyamin Netanyahu, criticou na sexta-feira a decisão "unilateral" do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, que anunciou que irá pedir o reconhecimento do Estado palestino à Assembléia Geral da ONU e ao Conselho de Segurança. "A paz não será alcançada mediante um pedido unilateral", disse Netanyahu em um breve comunicado divulgado à imprensa. "Não se pode chegar à paz associando-se com a organização terrorista Hamas", acrescenta o comunicado, em referência ao processo de reconciliação entre o partido Fatah, de Abbas, e o Hamas. Mais cedo, o jornal israelense "Haaretz" havia dito que Netanyahu negocia com americanos e europeus para que os palestinos obtenham um status inferior ao de Estado na ONU. Segundo o periódico, Netanyahu está fazendo o possível para derrubar a iniciativa impulsionada por Espanha e França, que pretendem que os países da União Européia votem a favor de uma resolução da Assembléia Geral que dê à Palestina a consideração de Estado, mas não a de membro pleno.

Governo holandês aprova proibição total do uso da burca

Em comunicado divulgado na sexta-feira, o governo holandês anunciou que aprovou a proibição em lugares públicos do uso de burca e de qualquer vestimenta que cubra totalmente o rosto. A medida foi adotada pelo Conselho de Ministros, mas ainda tem que ser aprovada pelo Parlamento e pelo Senado. O Executivo holandês, composto por uma coalização entre liberais e democratas-cristãos, conta no congresso com o apoio do partido de extrema-direita PVV, de Geert Wilders. No senado, porém, o governo não tem maioria. Segundo nota oficial, "a burca entorpece a comunicação pública e é contrária ao princípio de igualdade entre homens e mulheres". A lei, que prevê multa em caso de descumprimento, proíbe o uso da burca em lugares, prédios e transportes públicos, nos centros de ensino e em hospitais.

Dilma diz que investimento em infraestrutura é estratégia contra crise

A presidente Dilma Rousseff disse na sexta-feira, em Belo Horizonte (MG), que investir em infraestrutura é uma "estratégia" para enfrentar a crise econômica mundial. Ela visitou as obras do estádio Mineirão, que está sendo reconstruído para a Copa de 2014, e anunciou investimentos em transporte e mobilidade urbana na capital mineira. "Continuar investindo pesadamente em obras de infraestrutura é parte da nossa estratégia para garantir que o Brasil mantenha o desenvolvimento em ritmo adequado. Investir em infraestrutura é uma maneira de dizer não à crise internacional que afeta os países da zona do euro e os Estados Unidos", disse a presidente. Segundo ela, os investimentos em infraestrutura que o governo está anunciando para as 12 cidades que serão sede da Copa são também uma "maneira de dizer não" a situação anteriores de crise, que acabavam levando a uma "redução do ritmo de crescimento". E completou: "É uma maneira de dizer um sonoro sim ao crescimento, à melhoria de vida das nossas cidades e das populações urbanas". O governo está investindo R$ 30 bilhões, sendo R$ 12 bilhões pelo PAC Copa e mais R$ 18 bilhões do PAC Mobilidade para as cidades com mais de 750 mil habitantes.

Ex-ministro do Turismo Pedro Novais reassume vaga na Câmara

O ex-ministro do Turismo Pedro Novais (PMDB-MA) reassumiu na sexta-feira o mandato de deputado federal. Na quarta-feira, ele deixou o cargo após o jornal Folha de S. Paulo revelar que usava funcionários pagos com dinheiro público em atividades particulares. Novais reassume o cargo de deputado já com a obrigação de dar explicações. Na quinta-feira o PSOL protocolou representação contra Novais e Francisco Escórcio (PMDB-MA) na presidência da Câmara. O partido pede que a Corregedoria da Casa investigue as denúncias de vantagens indevidas envolvendo os dois parlamentares.

Assembléia Geral da ONU aprova que assento líbio seja de rebeldes

A Assembléia Geral da ONU decidiu em votação na sexta-feira entregar o assento da Líbia no órgão para o CNT (Conselho Nacional de Transição), órgão político dos rebeldes. Com isso, o Conselho dos insurgentes passa a ser reconhecido como representante do país. A resolução foi aprovada por 114 votos a favor contra 17 contra. Houve 15 abstenções. A União Africana e a Alba (Aliança Bolivariana para as Américas) pediram um adiamento da decisão para tentar impedir a transição do assento líbio aos rebeldes, mas a tentativa não deu certo. O anúncio ocorreu no mesmo dia em que as forças rebeldes líbias aceleraram o avanço contra a cidade de Bani Walid, um dos últimos redutos leais a Muammar Gaddafi, com a intenção de ocupá-la, e contra Sirte, terra natal do ditador.

Governo dá 45 dias para montadoras se adequarem a novo IPI

As empresas automotivas instaladas no Brasil terão 45 dias para provar que atendem às novas regras estipuladas pelo governo para não pagaram o IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) maior. O ministro Guido Mantega (Fazenda) havia dito que o prazo seria de dois meses. O decreto 7.567 que regulamenta o aumento do IPI em 30 pontos percentuais para veículos importados ou que não atendam a novos requisitos de conteúdo nacional foi publicado na sexta-feira no Diário Oficial da União e começou a valer. Durante os 45 dias, todas as montadoras estão habilitadas provisoriamente ao novo regime automotivo e o imposto continua nos níveis atuais, mesmo para as importadoras. O decreto também determina que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior será o responsável por fazer a habilitação definitiva dessas fábricas.

A mil dias do Mundial, Dilma assina Lei Geral da Copa-2014

Em Belo Horizonte, durante evento comemorativo dos mil dias até a Copa de 2014, a presidente Dilma Rousseff finalmente assinou na sexta-feira a chamada Lei Geral do Mundial, que há meses era cobrada pela Fifa, responsável pelos direitos do evento. Agora, o documento será encaminhado para o Congresso Nacional antes de ser aprovado e entrar em vigor. A assinatura aconteceu na prefeitura da capital mineira, ao lado do ex-jogador Pelé, do ministro do Esporte, Orlando Silva, e do governador Antonio Anastasia. A lei terá 42 artigos que facilitam ou dão condições especiais para a entidade que controla o futebol realizar o evento no Brasil. A Fifa por exemplo aceitou a lei brasileira que dá direito a que qualquer empresa jornalística use até 3% das imagens de um evento (jogo ou cerimônia) para divulgação jornalística. A entidade não estava querendo ceder as imagens para veículos que não fossem detentores dos direitos. Outro ponto polêmico da lei era sobre o comércio na região do entorno dos estádios. A Fifa queria que fosse estabelecida uma lei para obrigar os estabelecimentos a comercializar apenas produtos licenciados pela entidade.

Abbas diz que pedirá à ONU reconhecimento do Estado palestino

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse na sexta-feira, em Ramallah, na Cisjordânia, que pedirá ao Conselho de Segurança da ONU o reconhecimento do Estado palestino com fronteiras anteriores à guerra de 1967. A medida deve causar tensão diplomática com Israel e com os Estados Unidos, que se opõem com veemência a tal pedido, dizendo que um Estado palestino só poderia ser criado por meio de negociações diretas. Os dois países já disseram que irão barrar tão pedido no Conselho de Segurança. "Nós iremos à ONU pedir nosso direito legítimo, de sermos totalmente reconhecidos como membro da organização, como Estado palestino", disse Abbas durante a coletiva exibida na TV, acrescentando que pretende apresentar o pedido à Assembleia Geral da ONU e pedir votação do Conselho de Segurança sobre o tema.

Fabricante de caminhões comemora elevação do IPI de importados

O presidente da Man Latin America, dona da marca Volkswagen para caminhões e ônibus, Roberto Cortes, elogiou na sexta-feira a medida anunciada pelo governo de elevação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para carros importados. Segundo o executivo, a concorrência havia se acirrado nos últimos anos por conta da desvalorização do dólar, o que deixava a indústria nacional em desvantagem. "Nós consideramos estas medidas com muito bons olhos, e vindas na hora certa. Estava acontecendo uma avalanche de produtos importados", disse Cortes. A MAN anunciou investimento de US$ 15 milhões nas suas operações no México. A partir de 2012, a montadora ampliará sua atuação naquele país com a introdução dos caminhões Volkswagen Constellation e do chassi de ônibus rodoviário Volksbus. Cortes disse que planos de expansão no Brasil também estão em estudo pela empresa para os próximos dois anos. Segundo o executivo, em vendas totais no Brasil, a Man Latin America deve superar a marca de 70 mil unidades este ano. Em 2010, a venda total da marca foi de 65.630, de acordo com Cortes.

Procuradoria opina pela cassação do governador de Roraima

A vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, opinou pela cassação do governador de Roraima, José de Anchieta Júnior (PSDB), e do seu vice, Francisco de Assis Rodrigues (DEM). A manifestação foi feita em processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral e é relatado pelo ministro Arnaldo Versiani. Anchieta Júnior recorreu ao TSE contra a cassação de seu mandato determinada pela Justiça Eleitoral de Roraima. Em fevereiro, ele foi cassado pela acusação de usar a emissora de rádio do governo para se promover durante as eleições do ano passado. A cassação está suspensa por uma liminar do próprio TSE. O processo foi movido pelo ex-governador Neudo Campos (PP), que ficou em segundo lugar nas eleições. Para Sandra Cureau, a máquina administrativa sofreu desvio de suas finalidades "afetando a igualdade de oportunidades entre os candidatos nos pleitos eleitorais". Ela afirma que a responsabilidade de Anchieta Júnior é clara, já que como governador deveria impedir a veiculação de programas que "ultrapassaram os limites da informação jornalística".

Dilma prevê investimento de R$ 5 bilhões em obras de metrô

A presidente Dilma Rousseff anunciará nos próximos dias investimentos de cerca de R$ 5 bilhões em metrôs de ao menos quatro cidades: Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre e Curitiba. É o maior valor já investido pelo governo federal nesse tipo de transporte. Os projetos já aprovados somam 80,8 quilômetros de metrô e têm previsão de obras com duração de três a quatro anos. Eles teriam custo total estimado em cerca de R$ 10 bilhões. Metade terá de ser bancada por Estados e municípios.

Israel chama embaixador egípcio e diz que acordo de paz é vital

O ministério das Relações Exteriores de Israel chamou o embaixador egípcio na sexta-feira para destacar a importância do histórico acordo de paz entre os dois países, disse uma autoridade israelense, depois que o primeiro-ministro do Egito afirmou que o tratado não era "sagrado". O primeiro-ministro egípcio, Essam Sharaf, declarou à televisão turca na última quinta-feira que o acordo de paz de 1979 com Israel pode ser modificado em benefício da região. Uma autoridade israelense afirmou que o diretor geral do ministério das Relações Exteriores, Rafi Barak, disse ao embaixador egípcio, Yasser Reda, que tratados devem ser honrados ao pé da letra. Israel e Egito lutaram quatro guerras em que milhares perderam a vida, até assinarem o tratado de 1979, que permitiu três décadas de calma relativa. As relações entre Egito e Israel, desgastadas desde a derrubada do ex-ditador Hosni Mubarak em fevereiro, entraram em crise no sábado passado quando manifestantes no Cairo invadiram a embaixada do estado judeu, obrigando a maioria de seus diplomatas a fugirem do Egito.

Câmera da Fifa para fiscalizar o Itaquerão já está funcionando

A mil dias para o início da Copa do Mundo-2014, uma das câmeras instaladas pela Fifa para fiscalizar as obras no Itaquerão já está em funcionamento. A câmera está instalada em um dos cantos do prédio administrativo da Odebrecht. Uma segunda câmera também já está instalada, mas ainda não funciona, localizada próxima ao um conjunto da Cohab. Além do Itaquerão, a Fifa deverá instalar câmeras nas outras 11 arenas que serão sedes da Copa do Mundo-2014. O Itaquerão já conta com câmeras instaladas por torcedores. A Odebrecht, construtora, também disponibilizou um site para o torcedor acompanhar a construção do estádio. O Itaquerão é candidato para receber a abertura da Copa do Mundo-2014.

Pedido de reconhecimento na ONU divide palestinos

A decisão do presidente palestino, Mahmoud Abbas, de pedir, nos próximos dias, o reconhecimento da ONU ao Estado Palestino no território definido pelas fronteiras anteriores à guerra de 1967, é criticada por setores importantes da sociedade palestina, tanto nos territórios ocupados como na diáspora. Entre os oponentes principais ao plano de Abbas se encontram as correntes políticas religiosas, especialmente a organização terrorista islâmica Hamas, que controla a faixa de Gaza desde 2007, e também correntes políticas seculares nacionalistas. O Hamas, que assinou há 5 meses um acordo de reconciliação com o Fatah, grupo liderado por Abbas, critica a decisão do presidente palestino, mas, pelo menos em pronunciamentos públicos, evita atacar frontalmente o partido governista. Ismail Raduan, um dos lideres do Hamas, afirmou que "o mais importante é defender a união nacional" mas destacou que o Fatah e o Hamas discordam sobre a estratégia que o povo palestino deve adotar. O porta-voz do Hamas na faixa de Gaza, Sami Abu Zuhri, declarou que o pedido de reconhecimento é uma medida "exclusivamente simbólica, da qual o povo palestino não obterá resultado algum, exceto uma bandeira hasteada no prédio da ONU".

Itaipu abre concorrência para linha de transmissão no Paraguai

A Itaipu Binacional abriu uma concorrência internacional para construção de linha de transmissão e ampliação do setor 1 da subestação da margem direita da Itaipu. A linha de transmissão elétrica, de 500 kV, ficará entre Villa Hayes, no Paraguai, e a subestação da Itaipu Binacional na margem direita. Poderão participar da licitação empresas do Mercosul. O caderno de bases e condições da concorrência está disponível para consulta ou compra, por R$ 1.000,00 ou gratuitamente em CD ou nos sites da Itaipu. As propostas serão recebidas em 27 de outubro, das 9h30 às 9h45 (horário de Brasília), em Alto Paraná, no Paraguai.

MinC propõe registro público de obras

O novo texto da reforma da Lei do Direito Autoral, em fase de estudos no Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual, prevê a criação de registro público de obras. A novidade foi apresentada pelo Ministério da Cultura durante o seminário "Propriedade Intectual em Foco", organizado pela Rede Globo e pela USP e realizado no teatro da Faculdade de Medicina da universidade. Com isso, toda obra autoral comercializada no País deverá ser catalogada em um sistema a ser coordenado pela pasta, que contará com dados oficiais sobre a autoria das obras e reunirá informações sobre quando elas entram em domínio público. A medida é uma resposta ao escândalo no qual o Ecad se envolveu em abril. A entidade arrecadadora dos direitos autorais dos músicos repassou quase R$ 130 mil a um laranja que havia tido seu nome registrado como autor de músicas que não compôs.

Babá torturada por nora de Gaddafi chega a Malta para tratamento

A babá etíope que relatou ter sido torturada nas mãos de um familiar do ditador líbio, Muammar Gaddafi, chegou a Malta na última quinta-feira para receber tratamento médico adicional às queimaduras que sofreu. Shweyga Mullah, de 30 anos, foi desfigurada por água fervente jogada por uma das noras de Gaddafi. Ela foi encontrada por rebeldes depois de os patrões fugirem ao saber que Trípoli havia sido tomada. A etíope, que se recuperava em um hospital de Trípoli, saiu da Líbia em um vôo fretado pelo governo maltês e levada de ambulância até o hospital Mater Dei, em Malta, onde será avaliada por cirurgiões plásticos e especialistas em reconstrução de pele. Segundo relatos da emissora de TV americana CNN, a mulher chorou quando o avião decolou do solo líbio para levá-la embora. Shweyga havia deixado a Etiópia há cerca de um ano para trabalhar como babá na casa de Hannibal Gaddafi e sua mulher, cuidando de dois filhos pequenos. Ao se recusar a punir fisicamente uma das crianças, teve as mãos amarradas pela mulher de Hannibal, que despejou água fervente na cabeça e nas costas da babá. Trancada em um banheiro, a etíope foi resgatada por um guarda-costa da casa depois de dez dias e levada ao hospital. A mulher de Hannibal que cometeu a atrocidade é uma ex-modelo libanesa.

Agência de rating S&P cogita rebaixar nota do UBS após fraude

A agência Standard & Poor's anunciou na sexta-feira que pode rebaixar a nota da dívida a longo prazo do banco suíço UBS, atualmente em A+, depois da revelação do caso de fraude na divisão do banco de investimentos. O UBS informou na quinta-feira que pode ter um prejuízo de até US$ 2 bilhões (R$ 3,46 bilhões) em consequência de operações fraudulentas de um funcionário. "A perda em transações acontece em um momento no qual a rentabilidade do UBS está sob pressão por fatores como a fraca atividade dos clientes e a valorização do franco suíço", afirma a agência em um comunicado. Na quinta-feira, a agência Moody's fez uma advertência similar. Um homem de 31 anos foi preso em Londres sob acusação de operações financeiras fraudulentas que causaram um rombo de US$ 2 bilhões ao UBS. Kweku Adoboli trabalhava em um dos escritórios do banco em Londres. Adoboli, que nasceu em Gana e vive há mais de 20 anos no Reino Unido, trabalhava com complexas operações de derivativos.

Trem com Ronaldo, Kassab e Alckmin levou 19 minutos Estação da Luz a Itaquera

Com o objetivo de mostrar que a mobilidade urbana da cidade está "equacionada", a organização da Copa do Mundo-2014 em São Paulo promoveu uma ida de trem na manhã de sexta-feira do ex-atacante Ronaldo e do presidente do Corinthians, Andres Sanchez, junto com o prefeito Gilberto Kassab e o governador Geraldo Alckmin, entre as estações Luz e Corinthians-Itaquera, região do estádio paulistano para o Mundial. E a duração da rota surpreendeu. A expectativa era de que o percurso levaria 23 minutos, mas foi ainda mais rápido: 19 minutos. O detalhe, porém, é que houve apenas duas paradas (Brás e Tatuapé). Segundo Alckmin, no período da Copa a viagem vai demorar no máximo 17 minutos, porque não não vai parar.

Tribunal italiano tira criança dos pais por considerá-los velhos

O juizado da infância de Turim, na Itália, tirou definitivamente a guarda de uma criança de 15 meses de seus pais, que têm 58 e 70 anos, por considerá-los velhos demais. Os juízes declararam que a menina, que nasceu em 26 de maio de 2010 em Turim por fecundação in vitro, e que vive desde um mês de idade em um centro para menores, está disponível para adoção. Segundo a sentença, a menina é "fruto de uma aplicação distorcida das enormes possibilidades que o progresso oferece em matéria genética", e "ficará órfã cedo demais e, além disso, terá que cuidar de pais anciãos, com possíveis doenças graves". Gabriella e Luigi De Ambrosis se casaram em 1990 quando a mulher, então com 36 anos, se submeteu a dez tentativas de fecundação in vitro na Itália e tentou a adoção em duas ocasiões, sem obter sucesso. Quando Gabriella tinha 56 anos, decidiu ir ao Exterior para se submeter a uma fecundação assistida. Os problemas do casal começaram após um mês do nascimento da menina, quando perderam sua guarda depois que os vizinhos avisaram a polícia que o bebê havia sido deixado sozinho em um carro. O pai afirmou que tinha deixado a criança dormindo em uma cadeira infantil no banco de trás do veículo, que estava estacionado em frente à residência do casal, enquanto descarregava compras e para não ter que acordá-la. O casal formado por Gabriella, um bibliotecária, e Luigi De Ambrosis, ex-corregedor de uma pequena cidade, anunciou que vai entrar com um recurso para recuperar a guarda da filha.

Dirigente do PSB diz que Marta Suplicy deve vencer prévia no PT

A senadora Marta Suplicy deve vencer a disputa interna no PT, contra o ministro da Educação, Fernando Haddad, caso o partido decida seu candidato à prefeitura de São Paulo em prévia. Essa é a previsão do secretário estadual de Turismo de São Paulo, Márcio França. "Ela não perde na prévia. É o raciocínio do militante. Escolhe quem está na frente", diz França, também presidente do PSB paulista. Na última pesquisa Datafolha, a socialite Marta Suplicy apareceu na liderança em todos os cenários, com uma média de 30%. Fernando Haddad oscilou entre 1% e 2%, mas conta com o apoio do ex-presidente Lula. A expectativa do ministro é repetir a presidente Dilma Rousseff, que, ajudada por Lula, se elegeu mesmo sendo pouco conhecida do eleitorado. Sem consenso em torno da candidatura, o PT já marcou data para a realização da prévia: 27 de novembro.

Diretor-geral diz que OMC rebaixará previsão sobre comércio mundial

O diretor-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio), Pascal Lamy, anunciou na sexta-feira que vai rebaixar a previsão de crescimento do comércio mundial por causa da crise econômica, e advertiu que se a situação continuar a se agravar, terá que elevar o alerta por risco de protecionismo. Lamy não quis calcular a redução da previsão inicial do aumento de 6,5% neste ano, embora tenha afirmado que a diminuição não será limitada à metade. A razão do rebaixamento, segundo ele, se deve ao fato de "a economia mundial não estar bem, em particular no mundo ocidental, que está provavelmente ameaçado de uma recaída da crise da qual estava saindo". O diretor-geral acrescentou que o agravamento da situação "será perigoso" para o sistema multilateral do comércio mundial, já que a negociação da Rodada de Doha "sofre um impasse" desde o começo do ano por causa da disputa sobre as tarifas industriais entre os Estados Unidos e os grandes países emergentes. Segundo Lamy, a melhor maneira de superar o bloqueio seria considerar os temas sobre os quais existe acordo ou assumir que não é necessário que os 150 membros da OMC estejam de acordo para iniciar certos compromissos e disciplinas.

Filha de Abreu Sodré diz que pai morreu deprimido com a TV Cultura

A filha de Roberto Costa de Abreu Sodré, ex-governador de São Paulo, fez uma revelação inusitada durante a inauguração de um busto em homenagem a ele na sede da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura. Durante o discurso de agradecimento, ela disse que o pai, antes de morrer, estava muito deprimido com a desonestidade que tomou conta da TV e que morreu triste, pois seus propósitos como um dos fundadores da emissora foram deturpados e porque a TV se tornou um "balcão de trocas".

Maluf pode virar réu em processo no Supremo nos próximos dias

O deputado federal Paulo Maluf (PP) pode virar réu em processo no Supremo Tribunal Federal que vai a julgamento nos próximos dias. Ele é acusado de lavagem de dinheiro e de manter recursos ilegais no Exterior. O ex-prefeito nega o crime e diz que as contas não são dele. Apesar de suas complicações com a Justiça, Paulo Maluf tem disputado o seu passe na política nacional, desde o PT até o PSDB. O que mostra o que é o caráter dos políticos.

Seis anos após adotar irmãos, pais tentam devolver um deles, e perdem os dois

Seis anos após adotar dois irmãos, um casal de Santa Catarina tentou devolver o mais velho, alegando problemas de relacionamento. Com isso, eles perderam a guarda do garoto, de 12 anos, e da menina, de dez, e tiveram que indenizar cada criança em R$ 40 mil. Psicólogos e assistentes sociais constataram que o menino sofria discriminação e maus-tratos psicológicos. Quando fazia xixi na cama, era obrigado a lavar os lençóis. Também ficava trancado no quarto a noite inteira. Segundo a juíza do caso, a mãe já havia levado o menino várias vezes ao Judiciário, dizendo que a criança era violenta. Para ela, a mãe queria adotar só a menina, na época com cerca de três anos. Mas a lei não permite separar irmãos. Desde o ano passado, as crianças estão em um abrigo. Elas só poderão ser adotadas quando as possibilidades de recurso no caso se esgotarem, o que ainda não ocorreu.

Michel Temer e José Sarney apóiam pressão por reajuste no Judiciário

Parlamentares do PMDB querem discutir fórmulas no Supremo Tribunal Federal que viabilizem o aumento dos servidores do Judiciário, que não está nas negociações do Orçamento. Michel Temer e José Sarney dão apoio discreto à movimentação. O Executivo não incluiu a proposta no texto encaminhado ao Congresso. O presidente do Supremo, ministro Cezar Peluso, lembra que o pleito se refere a reajustes não concedidos há anos. No dia 2, a presidente Dilma Rousseff encaminhou ao Congresso uma mensagem contemplando no Orçamento de 2012 a previsão de aumento. A proposta terá um impacto de R$ 7,7 bilhões. A presidente fez críticas à pressão pelo reajuste salarial do Judiciário e do Ministério Público. No texto, a presidente reclama do tamanho do reajuste e diz que encaminhou a proposta "cumprindo dever constitucional". Para a presidente, o aumento pode prejudicar a execução de programas.

Cutrale vai cultivar laranja no semiárido

A Cutrale, uma das maiores empresas de suco de laranja do mundo, vai definir até março de 2012 o volume de recursos necessários para iniciar o cultivo e o processamento de laranja na região do semiárido brasileiro. O investimento partiu de um projeto do Ministério da Integração Nacional apresentado pessoalmente à direção da empresa em março deste ano, que concluiu pela viabilidade após análise técnica. Segundo o diretor-corporativo da empresa, Carlos Viacava, a etapa agora é analisar os investimentos e fazer um "chamamento" a outros produtores de laranja para cultivar a fruta na região. Os pomares no semiárido ficarão nas regiões de irrigação entre Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Nelas, a Cutrale poderá ampliar o sistema de irrigação por meio de PPP (parceria público-privada) com o governo federal. Para isso, o ministro Fernando Bezerra Coelho prevê lançar ainda neste mês um programa de irrigação que deverá alcançar R$ 5 bilhões em investimentos no setor, tudo por meio de PPPs. Viacava afirmou que o projeto tem grandes dimensões e que vai atender, principalmente, o mercado externo, com exportações pelos dois portos de Pernambuco, de Recife e de Suape. O diretor-corporativo da empresa afirmou ainda que o governo deverá ceder terras para o cultivo de laranja aos produtores interessados.

PMDB defende candidato próprio para o Planalto

Um dia depois de substituir mais um ministro alvejado por suspeitas de irregularidade, líderes do partido afirmaram na sexta-feira que "o PMDB não tem medo de cara feia" e que "quem quer paz precisa estar preparado para a guerra". Em encontro nacional em Brasília, o PMDB divulgou um documento com 15 pontos que considera fundamentais. Entre eles está a garantia da liberdade de imprensa. A colocação deste item é um contraponto ao PT que, em seu Congresso, defendeu a regulamentação da mídia. O presidente do partido, senador Valdir Raupp (RO), afirmou que a aliança com Dilma hoje é "sólida", mas que "em três anos ninguém sabe o que pode acontecer". "O PMDB está se reforçando em todo o Brasil com as eleições de 2012, não perdendo o foco para 2014", disse ele.

Greve dos Correios vai completar uma semana

A greve dos trabalhadores dos Correios entra nesta segunda-feira na véspera da primeira semana de duração. Além de atrasos na entrega, algumas agências fecharam e deixaram de prestar serviços ao público. Balanço dos Correios divulgado na noite de sexta-feira apontou que 28 milhões de objetos deixaram de ser entregues ou estão atrasados, o que representa 40% dos 70 milhões previstos no período. Empresas que enviam as cobranças por correspondência postal não são obrigadas a descontar juros e multas por atraso no pagamento das faturas. Esse é o alerta que instituições que trabalham com a defesa do consumidor dão a respeito da greve nos Correios, que começou na última quarta-feira. Mesmo assim, a paralisação não isenta as empresas de responsabilidades com os consumidores. As entidades de defesa do consumidor afirmam que é obrigação das empresas oferecerem outra forma de pagamento que seja viável ao consumidor (internet, fax, sede da empresa, depósito bancário entre outras), devendo, ainda, divulgar amplamente as alternativas disponíveis. Os órgãos recomendam aos consumidores que sabem a data de vencimento de suas contas a entrarem em contato com a empresa, para solicitar outra opção para efetuar o pagamento, antes do vencimento, a fim de evitar a cobrança de eventuais encargos e cancelamentos.

Imposto maior para carro importado começa a valer

O governo anunciou na quinta-feira a elevação do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) para veículos importados ou que não atendam a novos requisitos de conteúdo nacional. A medida já valendo. As empresas, no entanto, terão dois meses para provar que atendem às novas regras. Nesse prazo, o imposto continua nos níveis atuais, mesmo para as importadoras. A mudança pode representar reajuste de 25% a 28% nos preços para o consumidor que comprar um carro que tenha menos de 65% de componentes fabricadas no País. Serão afetados automóveis, caminhões, caminhonetes e veículos comerciais leves. A medida deve encarecer, principalmente, carros chineses, coreanos e de luxo. O IPI sobe 30%. Atualmente, o tributo varia de 7% a 25%, dependendo da potência e do tipo de combustível. Agora, ficará entre 37% e 55%. Para as montadoras que cumprirem a nacionalização exigida, não haverá mudança do imposto. Além do percentual de componentes nacionais, as montadoras precisam fazer investimentos e deverão realizar no Brasil pelo menos 6 de 11 etapas de produção definidas pelo governo. Entre elas, fabricação de motores e montagem de chassis. A estimativa do Ministério da Fazenda é que entre 12 e 15 montadoras não devem ter alta de imposto, principalmente as que estão há muito tempo no País. Como o Brasil tem acordo automotivo com a Argentina e o México, componentes desses países não serão considerados como importados. Por isso, o governo estima que cerca de metade dos veículos importados terá aumento de imposto e preço. A medida vigora até dezembro de 2012 e faz parte do plano Brasil Maior, anunciado no mês passado pela presidente Dilma Rousseff. O ministro Guido Mantega (Fazenda) afirmou que a decisão vai ajudar a eliminar o excesso de estoque das montadoras no Brasil. Segundo ele, com a crise internacional, fabricantes de outros países estão em busca do mercado brasileiro, um dos poucos que continuam aquecidos. "Corremos o risco de exportar empregos para outros países", afirmou o ministro.