domingo, 20 de novembro de 2011

Inadimplência já cresceu 22% este ano no Brasil

A Boa Vista, concorrente brasileira da estrangeira Serasa Experian, que tem a CDL de Porto Alegre como uma das suas sócias, revelou na sexta-feira uma série de dados sobre o aumento da inadimplência no comércio varejista brasileiro em outubro. O índice cresceu 1,6%. Sobre o mês anterior, setembro, é quase nada, porque naquele mês a inadimplência caiu 5,1%. O que preocupa é o acumulado do ano, porque em 10 meses o calote aumentou 22%. O número é muito alto. No Rio Grande do Sul, o aumento foi menor, 21,3%. A Boa Vista acha que ainda não dá para desenhar o que acontecerá a seguir, porque a economia ainda apresenta sinais trocados: renda e empregos estáveis, além de crédito farto e barato de um lado, mas produção industrial em queda e front externo degradado. Já o diretor do Lindóia Shopping (84 lojas), em Porto Alegre, Fábio Irigoite, disse que os consumidores aproveitam esta fase pré-natalina para acertar as dívidas, porque voltarão a se endividar para comprar mais no Natal. “Há muito dinheiro, e barato”, disse o diretor do shopping. Ele aposta em vendas pelo menos 8% (reais) maiores, neste Natal, no Lindóia.

Oficiais da Brigada Militar preparam protesto e não descartam boicotar a Operação Golfinho

A oficialidade da Brigada Militar (polícia militar gaúcha) fez uma lista de cerca de 20 ações que devem ser tomadas para pressionar o governo petista de Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, para obter seu aumento salarial. A proposta de 10% apresentada pelo governo petsita foi rejeitada em assembléia realizada no sábado. O tenente coronel José Carlos Riccardi Guimarães, presidente da Associação dos Oficiais da Brigada Militar (ASOFBM), não entrou em detalhes sobre a mobilização dos oficiais, mas não descartou que o boicote afete a tradicional Operação Golfinho, que está prevista para começar no início de dezembro, durante o verão. "Queremos ser recebidos pelo governador ou pelo chefe da Casa Civil", afirmou o coronel José Carlos Riccardi Guimarães, que deve entregar uma carta de intenções ao governo nesta segunda-feira. As eventuais medidas da lista de boicote somente serão implementadas depois que o governo der um retorno sobre o documento. De acordo com Riccardi, não estão previstos protestos com queimas de pneu, por exemplo: "Isso é terrorismo, só faremos o que têm respaldo legal". Não trabalhar sem o pagamento correto de diárias em viagens e horas extras é um exemplo citado pelo tenente coronel das ações que podem ser tomadas pela categoria, assim como se recusar a utilizar viaturas danificadas. Esta última não será uma possibilidade muito grande, já que oficiais raramente saem de seus gabinetes e, no geral, não participam de qualquer operação.

Dilma até agora só paga dívida do PAC de Lula

No primeiro ano de governo a presidenta Dilma Roussef deixou de executar as próprias prioridades do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), para quitar o resto da dívida deixada pelo antecessor, o ex-presidente Lula. E ainda assim até o momento ela só conseguiu pagar a metade das contas. Ainda sobra um estoque de 16,4 bilhões de reais em restos a pagar. É o que mostra o levantamento da Associação Contas Abertas. Dilma dispõe de 40,4 bilhões de reais no Orçamento de 2011 para o PAC. Desse total apenas 5,6 bilhões de reais, ou 13,7%, saíram dos cofres públicos, o que significa que a obra ou serviço contratado foi realizado e pago. Do total previsto no Orçamento do ano, 17,9 bilhões de reais, ou 44%, estão parados na estaca zero. Não foi cumprida nem a primeira etapa do gasto público, que é o empenho, que corresponde ao comprometimento do dinheiro com um determinado contrato.

Irã diz que pode usar petróleo como ferramenta política

O Irã poderá usar o petróleo como uma ferramenta política em um eventual futuro conflito envolvendo seu programa nuclear, afirmou o ministro da Energia do país à rede de televisão Al Jazeera. A tensão envolvendo o programa nuclear iraniano aumentou desde que a Agência Internacional de Energia Atômica informou em 8 de novembro que o país aparentemente trabalhou para desenhar uma bomba e que talvez ainda realize pesquisas para este fim. O Irã tem alertado que responderá a qualquer ataque alvejando interesses dos Estados Unidos e de Israel no Golfo Pérsico e analistas dizem que Teerã poderia atingir interesses ocidentais fechando o estreito de Hormuz, por onde boa parte do petróleo do mundo passa. "Nós não consideramos o petróleo uma ferramenta política, no entanto se necessário nós o usaremos como uma ferramenta, da maneira que precisarmos", afirmou Rostam Qasemi.

Assim age um moralista modelo Barbiere…

Do site do jornalista Reinaldo Azevedo: "Nunca dei muita bola para o deputado estadual Roque Barbiere (PTB-SP), aquele que saiu denunciando Deus e o mundo de vender emendas, embora não apresentasse provas. Também foi óbvio o seu esforço para tentar arrastar o governo de São Paulo no imbróglio. Pois é… Vejam o que informa Chico Siqueira, no Estadão: Recursos de R$ 140 mil de emenda do deputado estadual Roque Barbiere (PTB) foram parar nas contas da empreiteira de sua irmã e seu cunhado. A verba, usada na construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no município de Valparaíso, foi repassada em 2007 para a prefeitura, que contratou a Amplie Construções e Serviços Ltda para fazer a obra. A empresa é de propriedade da irmã de Barbiere, a dentista Elena Maria Barbiere Jorge, e do marido dela, o engenheiro Luiz Carlos Jorge. A UBS, embora inaugurada em 2008, até hoje não entrou em funcionamento e ninguém na cidade soube dizer ao certo qual a modalidade de licitação foi usada para contratar a construtora. Entre 2005 e 2008, a Amplie abocanhou R$ 1,4 milhão em obras realizadas em Valparaíso, cidade de 22 mil habitantes, na região de Araçatuba. A empreiteira construiu e reformou escolas, prédios esportivos, postos de saúde e até uma delegacia de polícia. O prefeito Antônio Gomes Barbosa (PTB), depois de perder a reeleição, foi contratado como assessor parlamentar de Barbiere. O atual prefeito da cidade, Marcos Yukio Higuchi (PSDB) confirma que o repasse dos recursos foi feito por meio de emenda parlamentar apresentada pelo próprio Barbiere. Mas Higuchi se diz insatisfeito com a obra porque a UBS, embora tenha sido inaugurada em 2008, não foi entregue até hoje para a população por estar fora dos padrões exigidos. “Tivemos de entrar com uma ação para chamar a empresa de volta para refazer parte da obra”, contou. Segundo a secretária de Saúde de Valparaíso, Sérgia Marques, o prédio, construído na Vila Santa Rosa, foi condenado pelo Escritório Regional de Saúde (ERS) por conter infiltrações e problemas na rede de esgoto, além de instalações inadequadas. “Para se ter idéia, havia sanitários sem rede de esgoto. Essas janelas que ainda ficaram também são inapropriadas. Mas agora estamos terminando de colocar o prédio em ordem para que ele possa receber os equipamentos e entrar em funcionamento”, diz Sérgia.

Vazamento na Bacia de Campos pode afetar migração de animais marinhos

O óleo que vazou por pelo menos seis dias pelo poço no Campo de Frade, operado pela Chevron Brasil, chegou a cobrir uma superfície de 163 quilômetros quadrados, ou 16,3 mil campos de futebol. E o dano ambiental é difícil de mensurar. No acidente provocado por uma explosão na plataforma de perfuração da British Petroleum, no Golfo do México, em abril do ano passado, 800 milhões de litros de óleo vazaram por 87 dias. Somente 2% das carcaças dos animais atingidos chegaram ao litoral, aponta o biólogo Salvatore Siciliano, coordenador do Grupo de Estudos de Mamíferos Marinhos da Região dos Lagos (GEMM-Lagos), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “A nossa informação sobre o impacto do acidente sempre vai ser muito limitada. A maior parte das carcaças vai afundar. O que vai chegar na praia é o piche, que suja o pé. Mas o que está por trás disso é de uma escala enorme. As empresas têm de estar preparadas para esse risco. O ônus não pode caber a todo mundo. Elas têm de monitorar e sanar o problema”, afirma. As baleias jubarte, por exemplo, estão retornando para o Pólo Sul. Depois de se alimentar durante o verão, no inverno elas nadaram em direção à linha do Equador, em busca de águas mais quentes para se reproduzir. Agora, voltam para a Antártica acompanhadas de seus filhotes. O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc, viu três delas nadando perto da mancha, uma a menos de 300 metros de distância. “Elas ainda não voltaram a se alimentar. Estão frágeis e mais suscetíveis à contaminação. Esses animais precisam vir à tona para respirar e podem ingerir esse óleo. O contato com a pele também pode interferir no isolamento térmico, afetar os filhotes, que têm ainda menos proteção”, afirma o oceanógrafo David Zee, professor da Universidade do Estado do Rio (Uerj). Além dos mamíferos, o dano para as aves é agudo. Acredita-se que elas confundam a mancha de óleo com cardumes e, por isso, mergulhem no petróleo. “Para as aves, esse encontro com a mancha é fatal. A pena absorve o óleo. Elas agonizam porque tentam limpar as penas com o bico e acabam ingerindo o petróleo. O quadro piora por causa do dano no aparelho digestivo”, explica Siciliano. Ele conta que algumas têm o comportamento migratório dos cetáceos, como albatrozes e petreis. Outras são residentes daquela região. É o exemplo de atobás, fragatas e algumas gaivotas. Mesmo os organismos microscópicos são atingidos pela poluição. Na superfície, o óleo se espalha e impede a troca gasosa entre o mar e a atmosfera. Também não permite a passagem da luz solar. Nessa camada estão os fitoplânctons, base da cadeia alimentar marinha.

Iraque proíbe que aviões da Turquia pousem no país

O governo do Iraque informou que a partir deste domingio aviões da Turquia estão proibidos de pousar nos aeroportos do país, após os turcos anunciarem uma medida similar, devido a uma disputa sobre dívidas iraquianas. "O ministro ordenou que os aviões turcos sejam proibidos de pousar nos aeroportos do Iraque", disse Karim al-Nuri, assessor de imprensa do ministro dos Transportes, Hadi al-Ameri. Segundo ele, a proibição inclui a região autônoma do Curdistão, no norte do país: "Essa é uma reposta à decisão turca de proibir os aviões iraquianos de pousarem nos aeroportos da Turquia", comentou Nuri. Segundo o assessor, a disputa está relacionada a uma dívida de milhões de dólares da estatal iraquiana Oil Marketing Organization com a Turquia: "Eles não encontraram uma forma de pressionar o Iraque a não ser proibindo nossos aviões de pousarem em seus aeroportos".

Salvador declarada a Capital Negra da América Latina

Terminou no sábado o Encontro Ibero-Americano de Afrodescendentes. E Salvador foi declarada a capital negra da América Latina. A cor da pele, os sabores, a ginga, a música: a herança dos povos trazidos como escravos é a alma de Salvador, cidade de quase 3 milhões de habitantes, onde 80% da população são descendentes de africanos, segundo o IBGE. Na capital baiana, a presidente Dilma Rousseff recebeu representantes de 14 países da África, da América do Sul e do Caribe. Foi o 21º Encontro Ibero-Americano de Afrodescendentes. Engraçado, é Salvador a capital negra, e não Porto Príncipe, capital do Haiti, único país fundado por negros na América Latina. Os governos discutiram políticas públicas de apoio às comunidades negras e as metas foram divulgadas em uma declaração conjunta. A principal decisão anunciada na declaração de Salvador é a criação de um fundo internacional, que será mantido pelos países participantes do encontro. As regras e os valores ainda serão definidos, mas já está certo que o dinheiro será usado para combater o racismo e melhorar a qualidade de vida das populações negras desses países.