sábado, 3 de dezembro de 2011

Ministro de Minas e Energia diz que petroleira Chevron pode ser expulsa do Brasil

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou neste sábado que a petrolífera americana Chevron pode ser "expulsa" do País caso não cumpra os acordos para reparar os danos causados pelo vazamento de petróleo na bacia de Campos. "A empresa já foi fortemente penalizada pelo que fez e suspensa de fazer novas perfurações no Brasil, embora seja a segunda maior empresa do mundo", afirmou Lobão em Teresina. O ministro lembrou que a Chevron deve pagar a multa de R$ 50 milhões imposta pelas autoridades e também se responsabilizar pelos danos causados ao meio ambiente, que ainda não foram totalmente quantificados. "Estamos atentíssimos no sentido de que cumpra o seu papel ou então (a Chevron) será expulsa do Brasil", completou Lobão. A Chevron calcula que o vazamento na Bacia de Campos seja de 2,4 mil barris de petróleo, embora as autoridades do Rio de Janeiro apresentem outro número: 15 mil barris.

Terrorista Cesare Battisti diz que deseja anistia da população italiana

O terrorista italiano Cesare Battisti afirmou, em entrevista ao jornal esquerdista francês "Le Monde"que deseja, uma "anistia" da população italiana. Ao ser questionado sobre o que desejava em sua vida, ele respondeu: "uma reconciliação com o povo italiano". Ele disse que se quer "uma anistia" e que outros países já fizeram isso. O terrorista italiano afirmou ainda que quer "virar a pagina" desse episódio. "Assumo minhas responsabilidades políticas e militares, mas, atenção, não matei ninguém", voltou a dizer Battisti, que retornou a declarar sua inocência. O italiano comentou ainda que deseja uma mudança na Itália sobre a questão de anistia, mas que não vê mudança com a saída do ex-primeiro-ministro Sílvio Berlusconi do governo: "Ficam os mesmos partidos e as mesmas pessoas". O terrorista Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos bárbaros e covardes cometidos na década de 1970, quando integrava o grupo de extrema-esquerda Proletários Armados pelo Comunismo. Ele mora atualmente no Brasil, onde entrou em 2004. O italiano foi preso em 2007 e, dois anos depois, o governo petista de Lula concedeu-lhe o status de refugiado político, que já havia sido negado pelo Conselho Nacional de Refugiados.

PDVSA diz ter atendido exigências para dividir propriedade em refinaria com a Petrobras

A estatal do petróleo da Venezuela PDVSA anunciou ter entregue ao BNDES "os recursos econômicos" para efetivar sua parceria com a Petrobras na refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, um investimento total de R$ 26 bilhões. "Estamos colocando dinheiro como garantia, e não há garantia mais sólida que o dinheiro em espécie e está lá. Agora cabe ao BNDES fazer os trâmites para entrar na refinaria", disse Rafael Ramírez, presidente da PDVSA, em nota distribuída pelo governo da Venezuela neste sábado. Segundo Ramírez, além de uma parte em dinheiro, a PDVSA apresentou uma linha de crédito de US$ 1,5 bilhão obtida com o Banco de Desenvolvimento de China. A estatal venezuelana, com dificuldades para cumprir os compromissos financeiros do projeto, já pediu adiamento para a entrega de garantias e recursos ao menos duas vezes. Na quarta-feira, a PDVSA havia pedido, e a Petrobras havia aceitado, ampliar por mais 60 dias o prazo para que a empresa venezuelana entregue aporte em dinheiro e as garantias para assumir 40% de um empréstimo de R$ 9 bilhões pedido pela Petrobras ao BNDES em 2009 para tocar a obra. Executivos da Petrobras resistem à parceria que foi idealizada em 2005, antes do achado das reservas nacionais do pré-sal, porque faria a refinaria dependente de importação de petróleo ultrapesado venezuelano.

Irã pede calma em crise com o Reino Unido

O Irã pediu ao Ocidente que evite aprofundar a crise diplomática depois da invasão da embaixada britânica em Teerã, dizendo que este era um problema entre Teerã e Londres apenas. O Reino Unido fechou sua embaixada depois que jovens nazistas islâmicos atacaram o prédio na terça-feira, e expulsou todos os diplomatas iranianos de Londres. A situação delicada para Teerã se espalhou, com outros países chamando de volta seus enviados para consultas, incluindo França, Alemanha, Itália e Holanda. "O governo britânico está tentando estender a outros países europeus o problema entre nós dois," disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast: "Mas é claro que dissemos aos países europeus que não submetessem seus laços conosco ao tipo de problema existente entre Irã e Grã-Bretanha". Hitler e sua chancelaria nazista também diziam isso. Países ocidentais endureceram na quinta-feira as sanções contra o Irã, com a União Européia expandindo uma lista negra iraniana e o Senado dos Estados Unidos aprovando uma medida que pode prejudicar a renda que o Irã tira do petróleo. Os diplomatas iranianos expulsos de Londres chegaram ao país-natal no sábado e foram recebidos por partidários com flores e gritos de "Morte à Inglaterra". Os manifestantes pertenciam à milícia nazista-islâmica Basij. O líder supremo, aiatolá Ali Khamenei, que tem a última palavra em questões de Estado, e o ditador nazista islâmico Ahmad Ahmadinejad, mantiveram-se em silêncio, um sinal de mal-estar entre o "establishment" clerical por causa da crise. Mas em declarações feitas no sábado, Ahmadinejad disse que o Irã não se curvaria a pressões.

Brasil reabre importações de carne bovina paraguaia

O Ministério da Agricultura reabriu na sexta-feira a importação de carne bovina maturada e desossada do Paraguai, país onde foi detectado um foco de febre aftosa em setembro. A entrada da carne paraguaia, entretanto, será permitida apenas através da cidade fronteiriça de Ponta Porã (MS), onde será realizado o processo de fiscalização sanitária. A importação, além disso, só poderá ser realizada por distribuidores registrados no Serviço de Inspeção Federal brasileiro. Do lado paraguaio, somente frigoríficos habilitados poderão vender a carne com o certificado sanitário internacional do produto, que confirme que a carne provém de regiões livres de aftosa nos últimos 60 dias. A decisão foi tomada depois do relatório apresentado por uma comissão técnica brasileira que visitou nos últimos dias várias fazendas paraguaias e se reuniu com as autoridades do país vizinho. Em Assunção, especialistas do Centro Pan-americano de Febre Aftosa (Panaftosa) deram início na sexta-feira a uma missão técnica no Paraguai para promover mecanismos de erradicação da doença, detectada em setembro passado em uma fazenda do departamento de San Pedro.

Pará perderá matéria-prima com divisão do Estado

O Pará perderá a sua produção mineral e agropecuária para Carajás e Tapajós caso a divisão do Estado seja aprovada no plebiscito a ser realizado no próximo dia 11. A indústria extrativa mineral, uma das principais atividades econômicas do atual Pará, se concentraria no novo Estado de Carajás, que ficaria com 86% do valor produzido em todo o Pará. Carajás também ficaria com 65% do rebanho bovino e com a maior concentração de frigoríficos com Sistema de Inspeção Federal: dez. Na pecuária leiteira, Carajás também domina, com 76% da atual produção paraense. Os dados são do Idesp (Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental). O Pará remanescente também passaria de fornecedor a comprador de energia elétrica, pois a maioria dos novos projetos de usinas hidrelétricas está em Tapajós. Com a produção, o novo Pará perderia 95% do que é arrecadado pelos seus municípios com a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais. Mais de 88% dos royalties ficariam com Carajás, onde está a maior mina de ferro do mundo, da Vale. Mas isso não significa que Carajás nasce um Estado rico. Pelo contrário, ele apresentaria o maior déficit público entre os três, estimado pelo Idesp em R$ 1,9 bilhão.

Lula voltou ao hospital para avaliar tratamento, mas ninguém fala nada sobre os resultados

Lula voltou ao hospital, fez nova bateria de exames para avaliar como foi o primeiro mês de quimioterapia, mas o Sirio-Libanês, os médicos e o próprio Lula não divulgaram os resultados, como costumavam fazer a cada momento. . O ex-presidente também não tem mais recebido visitas, não aparece mais na janela do apartamento e sumiu do noticiário. O blog Radar, de Veja, revelou que dentro de 15 dias serão revelados os resultados dos exames do final de novembro.

Estado de saúde do ex-jogador Sócrates é grave

É grave o estado de saúde do ex-jogador Sócrates, de 57 anos, que voltou a ser internado na noite quinta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Albert Einsten, na zona sul de São Paulo. De acordo com o boletim médico, divulgado na manhã deste sábado, Sócrates está internado com um quadro de choque séptico de origem intestinal. O ex-jogador respira por aparelhos e passa por tratamento dialítico. Sócrates voltou a ser internado depois de dois meses e meio de ter deixado o hospital recuperado de uma grave hemorragia digestiva. Ele, sua mulher e um amigo se sentiram mal na noite de quinta-feira, após comerem em um evento. Mas apenas Sócrates, por precaução, foi internado. Essa é a terceira internação do capitão da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982 neste semestre. As outras duas foram decorrentes de hemorragias digestivas que tiveram origem no consumo excessivo de álcool.

Cálculo da inflação excluirá 50 produtos e serviços

Os preços de 50 produtos e serviços deixarão de compor a inflação oficial ou serão diluídos em famílias mais numerosas a partir de 2012. Os preços de 50 produtos e serviços deixarão de compor a inflação oficial ou serão diluídos em famílias mais numerosas a partir de 2012. O IBGE está atualizando seu principal índice de preços, o IPCA, usado pelo governo como referência para definir a meta de inflação. Os preços da fava e da máquina de costura não são mais relevantes nas despesas das famílias brasileiras e, por isso, deixarão o índice. Sairão também produtos como bacalhau, chuchu e chope. Na Argentina, o medíocre governo peronista populista de Cristina Kirchner também mexeu na forma de cálculo da inflação, justamente para esconder a escalada inflacionária.

Relatora do caso Lupi no Conselho de Ética cobra respeito ao "jogo democrático"

Autora do relatório de seis páginas que concluiu que o ministro Carlos Lupi deve ser exonerado, a professora Marília Muricy, da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, cobra da presidente Dilma respeito às "regras do jogo democrático". A recomendação pela exoneração de Lupi foi decidida unanimemente pela Comissão de Ética da Presidência da República, na última quinta-feira. Diz ela: "Eu não chamaria meu relatório de duro, eu o chamaria de preciso e rigorosamente fundamentado na legislação ética. O fato de ser baseado em matérias de jornal e revistas absolutamente não afeta a precisão dele. É preciso que a sociedade compreenda que os juízos éticos são diferentes das razões jurídicas. Não se trata de nenhum tribunal de exceção". A professora Marília Muricy também não aceita crítica de que seu relatório foi precipitado: "Não. O que aconteceu é que o ministro Lupi apresentou, em sua defesa, alegações vazias de qualquer elemento comprobatório. Não requereu em nenhum momento produção de provas e não apresentou testemunhas". Ela também comentou as diferenças com outros casos, mais demorados, como os dos petistas Antonio Palocci e Erenice Guerra: "Nos casos anteriores, houve requerimento de apresentação de provas. Isso foi solicitado pelos investigados". E complementou: "Eu espero que a presidente ela aja como sempre agiu, observando as regras do jogo democrático".

Segurança do Planalto usará rastreador para seguir Dilma

A partir de 2012, a presidente Dilma Rousseff e o vice Michel Temer terão uma rotina ainda mais vigiada. Veículos e agentes de segurança do Palácio do Planalto estarão equipados com rastreadores para monitorar todos os passos, em tempo real, dos dois mandatários, além de seus familiares. Na última quinta-feira, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) lançou edital de licitação para a compra de 62 rastreadores que, por meio de sinal de celular ou satélite, irão repassar para uma central todas as informações sobre a posição geográfica das autoridades.

Produtores de suínos cortam fornecimento à agonizante Doux Frangosul no Rio Grande do Sul

Descontentes com os constantes atrasos nos pagamentos, 40 produtores de suínos do Vale do Rio Pardo, da Serra e do Vale do Caí decidiram que a partir desta segunda-feira não entregarão mais leitões e inseminar matrizes para a Doux Frangosul. A decisão foi tomada em reunião na sede da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), em Estrela, no Vale do Taquari (RS). Segundo Valdecir Luís Folador, presidente da associação, o problema se arrasta desde 2008. O grupo que aderiu à paralisação na última quinta-feira é responsável pelo alojamento de 80% das matrizes suínas da Doux Frangosul. Caso a situação não seja regularizada e as entregas não voltem a ocorrer, produtores estimam que o impacto pode ser sentido em abril, quando os animais que estariam entrando agora para a engorda seriam abatidos.

PSB se desvincula do PT e já sonha com o Planalto

Aos gritos de “Brasil, pra frente, Eduardo presidente”, por parte de militantes partidários, o PSB abriu na sexta-feira o seu 12º Congresso, em Brasília, mostrando que já inicia uma ofensiva para se desvincular do PT nas eleições presidenciais de 2014 e até ter uma candidatura própria. Ou, se repetir a aliança, ter cacife suficiente para tomar o posto de vice, hoje com o PMDB. Para tanto, o objetivo do PSB é crescer nas eleições municipais do próximo ano. Eduardo Campos disse que o partido participará do pleito em 4 mil municípios, com cabeça de chapa em cerca de 1,5 mil. Nas contas do partido, será possível eleger perto de 500 prefeitos. Hoje, o PSB tem 302. O partido faz as contas. Quando Luiz Inácio Lula da Silva venceu a eleição em 2002, o PT fez 292 prefeitos. “Nosso partido foi o que mais cresceu em 2008, em 2010, e será também o que mais crescerá em 2012″, proclamou Eduardo Campos, para delírio da platéia que tomou o Auditório Petrônio Portella, no Senado. De acordo com informações de bastidores do PSB, para crescer o partido decidiu abrir o leque de alianças no ano que vem. Fará parcerias com os aliados tradicionais, como PT, PCdoB e PDT, além do recém-criado PSD e do PSDB.

Comissão de Ética prepara respostas para Dilma sobre Carlos Lupi

Afrontada pelo Palácio do Planalto, a Comissão de Ética Pública da Presidência deve entregar nesta segunda-feira à presidente Dilma Rousseff o processo que pediu a exoneração do ministro Carlos Lupi (Trabalho). Dilma decidiu dar sobrevida ao ministro, apesar da sucessão de denúncias envolvendo o nome e a pasta do pedetista - e confrontando recomendação da comissão. “Não darei declarações sobre o tema antes de responder à presidente da República, o que pretendo fazer na segunda-feira”, disse na sexta-feira o presidente da comissão, José Paulo Sepúlveda Pertence (ex-ministro do Supremo Tribunal Federal), após encerramento de seminário em Brasília sobre ética na gestão. Por determinação de Dilma, a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) encaminhou ofício solicitando esclarecimentos à comissão. Na última quarta-feira, a Comissão de Ética Pública recomendou, por unanimidade, a exoneração de Lupi. Em relatório, a conselheira Marília Muricy sustenta que a “enxurrada de denúncias” no Ministério do Trabalho abala “a administração pública federal como um todo”. “A conduta do sr. Carlos Lupi, seja por suas inquestionáveis e graves falhas como gestor, seja pela seja pela irresponsabilidade de seus pronunciamentos públicos, não se coaduna com os preceitos éticos estabelecidos pela alta administração federal”, destaca o relatório. Questionada se mantinha o tom do relatório, a relatora disse: “Palavra por palavra, vírgula por vírgula, ponto e vírgula por ponto e vírgula”.

Ei, sabe da última sobre o Lupi? Ele burlou Justiça Eleitoral ao se candidatar ao Senado em 2002

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, não pediu afastamento do cargo de assessor da liderança do PDT para se candidatar ao Senado pelo Rio de Janeiro em 2002. Levantamento preliminar da assessoria da Mesa da Câmara informa que não consta licença de Lupi entre janeiro de 2001 e maio de 2006. Nesse período, o ministro estava na lista de auxiliares do líder do PDT em Brasília. Pela lei complementar 64, de 1990, funcionário público, sem cargo de chefia, é obrigado a se licenciar com, pelo menos, três meses de antecedência da eleição, caso queira se candidatar. Pela lei 8.112, que rege o funcionalismo público, Lupi poderia pedir licença remunerada para concorrer ao Senado. Mas teria que abrir mão da gratificação legislativa e, com isso, perder 50% do salário. Lupi foi contratado para um cargo de natureza especial 07. Hoje, o salário de um servidor classificado nessa categoria gira em torno de R$ 12 mil. A não desincompatibilização do cargo é considerada uma falta grave e poderia implicar na perda do mandato, caso o ministro tivesse sido eleito. O caso será investigado pela Comissão de Sindicância da Câmara, que inicia as atividades na segunda-feira. Se as informações preliminares se confirmarem ao fim da investigação, a comissão deverá pedir que o ministro devolva aos cofres públicos os valores que teria recebido indevidamente ao longo da campanha eleitoral de 2002.

Dilma dá sinais de que vai defenestrar Carlos Lupi

Depois de tantas denúncias envolvendo o Ministério do Trabalho, o titular da Pasta, Carlos Lupi, tem que se preocupar com outro problema mais sério: seu declarado amor pela presidente Dilma Rousseff parece que não amoleceu o coração da destinatária. A julgar pelas afirmações que tem feito, a presidente Dilma não está mais disposta a se deixar inebriar pelos salamaleques do ministro. Em rápida entrevista antes de participar da cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), demonstrando bom humor, Dilma entrou no clima da pergunta de uma repórter se ela estava se deixando levar pela declaração de Lupi ao não demiti-lo, apesar de a Comissão de Ética Pública da Presidência ter recomendado expressamente que o ministro fosse exonerado. Disse Dilma Rousseff: "Eu tenho 63 anos de idade. Uma filha com 34 anos, um neto com um ano e dois meses. Eu não sou propriamente uma adolescente, eu diria também não sou uma romântica. Acho que a vida ensina a gente. Acho que a gente tem de respeitar as pessoas, mas eu faço análises muito objetivas. Qualquer situação referente ao Brasil vocês podem ter certeza que resolvo a partir de segunda-feira".

Agronegócio e classe C levam interior de São Paulo a liderar consumo no Brasil

Sustentado pela renda do agronegócio da cana-de-açúcar, o interior paulista foi a região que mais ampliou gastos com alimentos, bebidas, produtos de higiene e limpeza neste ano, à frente até dos mercados "queridinhos" do consumo, como o Nordeste e o Centro-Oeste. O desembolso com esses itens cresceu 14,8% no interior do Estado de São Paulo no primeiro semestre em relação a igual período de 2010, revela pesquisa exclusiva da Kantar Worldpanel. Enquanto isso, as vendas nacionais desses produtos aumentaram, em média, 10,4% entre janeiro e junho deste ano. No Nordeste e no Centro-Oeste, o consumo subiu 11,7% em cada região.

Sócrates volta a ser internado, agora com uma intoxicação alimentar

Dois meses e meio depois de deixar o hospital recuperado de uma grave hemorragia digestiva, o ex-jogador Sócrates, de 57 anos, voltou a ser internado na sexta-feira. O ex-ídolo corintiano teve uma infecção intestinal causada por intoxicação alimentar. Ele, sua mulher e um amigo se sentiram mal na noite de quinta-feira após comerem em um evento. Mas apenas Sócrates, por precaução, foi internado. Essa é a terceira internação do capitão da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982 neste semestre. As outras duras foram decorrentes de hemorragias digestivas que tiveram origem no consumo excessivo de álcool.

Ciro Gomes é vaiado em evento de seu próprio partido

Ex-candidato à Presidência da República, ex-ministro e ex-deputado federal, Ciro Gomes foi vaiado, nesta sexta-feira, ao chegar para o Congresso Nacional do PSB, em Brasília. Antes de ele entrar no plenário principal, militantes do partido também mostraram uma faixa pedindo "a volta da democracia do PSB no Ceará", Estado de Ciro Gomes. Mesmo assim, o ex-candidato não descartou concorrer pela terceira vez ao cargo. "Quem já foi duas vezes candidato não pode andar mentindo dizendo que não quer ser", disse. O racha no partido sobre a possibilidade de candidatura própria em 2014 também ficou evidenciado. Apesar de falar que o desentendimento com o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, estava superado, Ciro Gomes ironizou o fato de o colega querer ser candidato. "Tem todos os dotes para isso, falta só a estrada que eu tenho", disse. Campos, por sua vez, desconversou ao questionar sobre o assunto. Em 2010, Ciro Gomes queria ser candidato, mas foi derrotado pelo grupo de Eduardo Campos, que defendeu o apoio à presidente Dilma Rousseff. Ciro Gomes também voltou a criticar a aliança do PT com o PMDB. "Não é contra o PT, é contra a média da sustentação, que reúne PT e PMDB, de natureza fisiológica, e nós teremos sempre grande susto e dissabores por este cimento, toda aliança é legítima, mas qual é o cimento dessa aliança? Fisiologia, quando senão, roubalheira".

Marte pode ter água suficiente para abastecer missões

A ESA (Agência Espacial Européia) informou na sexta-feira que a sonda Mars tirou fotos da cordilheira de Phlegra Montes que dão indícios da existência de água sob a superfície de Marte. Os cientistas especulam que os reservatórios poderiam abastecer futuras missões tripuladas ao planeta. De acordo com a ESA, as imagens permitem observar de perto a cadeia montanhosa e constatar que praticamente todas as suas montanhas estão rodeadas por "leques de detritos em formas de lobo". São muito similares aos acúmulos de detritos que cobrem as geleiras na Terra. "Este fato sugere que talvez existam geleiras enterradas sob a superfície de Marte nesta região", apontou a agência em seu site. A ESA insistiu que as observações por radar provam que a presença de tais leques de detritos, estruturas arredondadas que aparecem com frequência em torno de planaltos e montanhas da região, está quase sempre relacionada à existência de água em estado sólido sob a superfície: "Às vezes a apenas 20 metros de profundidade". "As crateras de impacto nos arredores de Phlegra apresentam marcas que indicam uma recente atividade glacial na região", disse a agência. As teorias apontam que as cristas desse sistema montanhoso se formaram quando as crateras mais antigas se encheram de neve e, com o passar do tempo, foram se solidificando. Além disso, a ESA explicou que estas geleiras se originaram em épocas distintas ao longo das últimas centenas de milhões de anos, quando o eixo polar de Marte era muito diferente do atual e, consequentemente, também o eram as condições meteorológicas na região.

Senadores jogam pesado...

Os senadores mineiros Clésio Andrade (PR) e Zezé Perrela (PDT) assinaram emenda de plenário que deve atrasar a votação da prorrogação a DRU, a Desvinculação das Receitas da União. Clésio e Perrela podem retirar a emenda caso Dilma se comprometa em criar o Tribunal Regional Federal de Minas, duplicar a BR 381 e nomear a desembargadora Assusete Magalhães ministra do Superior Tribunal de Justiça.(Claudio Humberto)

Estados Unidos ignoram pressão russa e mantêm escudo antimísseis

O governo Obama pretende completar o escudo antimísseis destinado a proteger aliados europeus contra o Irã, "goste a Rússia ou não", disse na sexta-feira o embaixador norte-americano junto à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). As objeções de Moscou ao projeto, que conta com a participação de Romênia, Polônia, Turquia e Espanha, "não serão a força motriz no que fazemos", disse o embaixador Ivo Daalder. Os Estados Unidos estimam que a ameaça representada pelos mísseis balísticos iranianos aumentou desde que, há dois anos, o presidente Barack Obama apresentou um novo projeto de defesa antimísseis, organizado em quatro etapas, com o objetivo de proteger o território norte-americano e seus aliados europeus, segundo Daalder. A ameaça iraniana, disse o diplomata, "está se acelerando, e se tornando mais severa do que sequer imaginávamos há dois anos". "Estamos mobilizando todas as quatro fases, a fim de lidar com essa ameaça, goste a Rússia ou não", acrescentou ele, insistindo que o sistema não representa uma ameaça para os russos. O diplomata disse também que, se a ameaça iraniana diminuir, "talvez o sistema seja adaptado para essa menor ameaça". Obama agradou o Kremlin em 2009 ao cancelar o plano do seu antecessor, George W. Bush, para um escudo antimísseis que teria radares na República Tcheca e interceptadores de mísseis na Polônia. Moscou se queixava da presença desse aparato nos arredores da sua esfera de influência. Mas, agora, Moscou diz que a nova versão, usando interceptadores em terra e em navios, poderia abalar o equilíbrio regional se forem realizadas melhorias que tornem os interceptadores capazes de neutralizar o arsenal nuclear dissuasivo da Rússia.

Ministra diz discordar de dados da Unicef sobre pobreza de jovens

A ministra Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome e à Pobreza) saiu em defesa das políticas públicas adotadas desde o governo do ex-presidente Lula e declarou discordar de dados divulgados, na última quarta-feira, pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que apontam o aumento da pobreza extrema entre jovens de 12 a 17 anos, entre 2004 e 2009, período que coincide com a implantação do programa Bolsa Família. "Os dados da Unicef não são consistentes e pedirei reconsideração", disse Tereza Campello, ex-mulher do assassinado prefeito de Santo André, o petista Celso Daniel. De acordo com a ministra, houve distorção na metodologia usada no relatório "Situação da Adolescência Brasileira 2011", que teve a renda de um quarto de salário mínimo como parâmetro para medir situações de extrema pobreza. No caso brasileiro, foram considerados pobres jovens que recebiam o equivalente, hoje, a menos de R$ 128,50. Segundo o relatório, houve piora na situação dessa faixa etária: de 16,3% de jovens em extrema pobreza em 2004 para 17,6% em 2009, aumento de 1,3%. "O corte de um quarto do salário mínimo não serve de indicador, que teve aumento substancial nos últimos anos. A inflação e o ganho real do salário não foram considerados. Assim, o índice acaba contabilizando mais jovens", afirmou Tereza Campello. De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento Social, houve redução de jovens na faixa de pobreza: de cerca de 6,5 milhões para 4,4 milhões no mesmo período --queda de aproximadamente 2,1 milhões. Para chegar a esses números, foram considerados jovens com renda de até R$ 140 por mês; sem vinculação ao salário mínimo e considerando a inflação e os ganhos reais da moeda. "A população pobre brasileira caiu em qualquer recorte de idade. Isso é um indicador de que as políticas públicas têm sido eficientes, especialmente para crianças e adolescentes", disse Tereza Campello.

Documentos do regime militar ganham título de patrimônio da humanidade

Documentos do período do regime militar no Brasil tornaram-se patrimônio da humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) nesta sexta-feira durante solenidade na Ilha Fiscal, na Baía de Guanabara, centro do Rio de Janeiro. O conjunto de documentos com o título "Rede de informações e Contrainformação do Regime Militar no Brasil (1964-1985)" integra o acervo do Arquivo Nacional, que recebe o certificado em nível internacional pela primeira vez. O material faz parte também do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas, um projeto do governo federal, que incorpora acervos de órgãos centrais do antigo Sistema Nacional de Informações (SNI) e de órgãos de informação das unidades da Federação, atualmente sob a guarda do Arquivo Nacional. A Unesco também contemplou com o certificado de reconhecimento, no âmbito nacional, o "Fundo Francisco Bhering - A Carta do Brasil ao Milionésimo", que reúne documentos cartográficos das primeiras décadas do século 20. "Essa documentação foi o ponto de partida para a construção da cartografia nacional nos moldes internacionais", disse o supervisor de Documentação Cartográfica do Arquivo Nacional, José Luiz de Faria Santos. Segundo ele, o engenheiro e professor Franciso Bhering, que dá nome ao fundo, foi o relator da comissão que, nos anos 1920, começou a construir a cartografia brasileira na escala 1:1.000.000, utilizada até hoje. São mapas de linhas telegráficas do Brasil e de países fronteiriços, ferrovias, urbanismo, Estados e municípios brasileiros, hidrografia, terras indígenas, colonização e atividades bélicas. Este é o quinto documento do acervo a obter o reconhecimento da Unesco no âmbito nacional, dentro do programa criado em 1992. Os demais foram os conjuntos documentais "Inconfidência em Minas - Levante de Tiradentes, Lei Áurea, Relações de Vapores SPMAF/SP-Santos" e "Agência Nacional: a Informação a Serviço do Estado". Criado em 1992, o Programa Memória do Mundo da Unesco tem como objetivo preservar e difundir amplamente documentos, arquivos e bibliotecas de grande valor mundial, buscando impedir que o patrimônio da humanidade seja esquecido. Para isso, o programa reconhece documentos de significância para a memória coletiva dos povos do mundo, concedendo a eles registros nos âmbitos internacional, regional ou nacional.