quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

ETH consegue R$ 200 milhões do Banco do Brasil para financiar produção de cana

A ETH Bioenergia, empresa controlada pela Odebrecht, obteve R$ 200 milhões do Banco do Brasil para financiar a produção de cana-de-açúcar de 30 fornecedores de quatro usinas do grupo na região Centro-Oeste do Brasil. Segundo a direção do banco, é a primeira vez que uma empresa sucroenergética consegue o recurso. O convênio de integração rural (BB Convir) tem o objetivo de ampliar os financiamentos no crédito rural com baixo risco. A ETH produz e comercializa etanol, energia elétrica e açúcar para o mercado interno e exportação. Em 2012, a empresa quer a liderança na produção de etanol e energia com capacidade de moagem de 40 milhões de toneladas. De acordo com o Banco do Brasil, novos convênios estão sendo formatados para empresas do mesmo ramo. Em todos os casos, as empresas se comprometem a adquirir a produção dos fornecedores de cana associados. Para a ETH, a parceria permite a formação de pólos fornecedores fidelizados. A ETH investiu R$ 8 bilhões nas nove unidades e pretende gerar 3 bilhões de litros de etanol e 2.700 GWh (gigawatts-hora) de energia elétrica em 2012.

Rio de Janeiro espera três milhões de turistas na temporada de verão

O Rio de Janeiro espera receber 3 milhões de turistas, entre brasileiros e estrangeiros, na temporada de férias de verão que se estende de dezembro até março. Este fluxo de turistas supera os 2,6 milhões de visitantes registrados no verão passado e vai fornecer cerca de US$ 2,2 bilhões (R$ 4,12 bilhões) à economia do Estado, pelos cálculos da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro. Dos 3 milhões de turistas, calcula-se que 2,2 milhões sejam procedentes do mercado doméstico e os demais do Exterior. Praticamente todos os hotéis do Rio de Janeiro estão lotados neste fim de semana para as festas de Ano-Novo, uma das datas que mais atrai turistas à segunda maior cidade do Brasil. Entre a sexta-feira e o sábado, atracarão no porto do Rio de Janeiro 11 transatlânticos trazendo 25 mil visitantes para assistir aos fogos de artifício na praia de Copacabana, um espetáculo que costuma reunir, a cada ano, 2 milhões de pessoas.

Israel prende ultraortodoxo que xingou soldada em ônibus

A polícia de Israel prendeu nesta quarta-feira um judeu ultraortodoxo acusado de chamar de "prostituta" uma recruta do Exército que se recusou a ir para o fundo de um ônibus. O incidente ocorre dias depois de o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu prometer reprimir atos de intimidação por parte de radicais religiosos. A repercussão desses casos ameaça abalar a aliança política de Netanyahu com os partidos ultraortodoxos. Muitas mulheres israelenses se queixam de serem pressionadas por homens ultraortodoxos a se sentarem no fundo dos ônibus, por causa de crenças religiosas contra a mistura dos sexos em público. A soldada Doron Matalon disse à rádio Israel que um judeu devoto a abordou e insistiu para que ela passasse para o fundo do ônibus, no qual ela embarcou perto do quartel onde serve, em Jerusalém. "Foi assustador", disse Matalon, contando que não foi a primeira vez que enfrentou essa situação, mas que desta vez se sentiu mais confiante para desafiar. Segundo seu relato, ela disse ao homem: "Vá você para o fundo, se quiser. Assim como você não quer ver a minha cara, eu não quero ver a sua". E ainda acrescentou: "Estou servindo ao nosso país, o que infelizmente significa que também estou defendendo você". O homem, segundo Matalon, respondeu gritando: "Prostituta, vá se sentar no fundo". Diante da confusão, o motorista parou o ônibus, e a polícia apareceu, disse ela. O porta-voz policial Mickey Rosenfeld confirmou que um ultraortodoxo foi detido e "interrogado sobre suas motivações", mas não há por enquanto uma decisão de indiciá-lo. Algumas linhas de ônibus que servem bairros predominantemente religiosos em Jerusalém e outras cidades são segregadas, apesar de queixas de grupos feministas que consideram que seus direitos foram violados. Pela lei israelense, as mulheres podem se recusar a sentar no fundo, mas quando fazem isso elas correm o risco de sofrer agressões verbais e físicas. Na terça-feira, milhares de ativistas fizeram uma manifestação na localidade de Beit Shemesh, perto de Jerusalém, contra incidentes em que judeus ultraortodoxos desferiram cusparadas e xingamentos contra mulheres e meninas que eles achavam que estavam usando trajes exibidos demais.

Embrapa desenvolve bebida para quem evita produtos lácteos

Embrapa desenvolve bebida para quem evita produtos lácteos Pesquisadores da Embrapa (Empresa Brasileira Pesquisa Agropecuária) desenvolveram uma bebida instantânea a partir de café solúvel, extrato de soja e açúcar para pessoas com alergia à proteína do leite ou intolerância à lactose ou que são vegetarianos. De acordo com Ilana Felberg, pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos e coordenadora da pesquisa que resultou no produto alternativo, foram 18 formulações e nove meses de armazenamento até chegar à bebida instantânea à base de soja, que vem preencher uma lacuna no mercado brasileiro. "A bebida não foi feita especificamente para um grupo, mas atende aqueles que têm algum problema em consumir produtos lácteos", esclareceu. O produto, no entanto, não é recomendado a diabéticos. A bebida possui açúcar na sua composição. Pessoas com problemas de gastrite ou que tenham insônia também devem evitar a bebida, segundo a pesquisadora. No estudo, até chegar à bebida à base de soja, verificou-se também se os compostos presentes na soja e no café tinham algum impacto negativo no sabor quando colocados juntos. A bebida mista contém compostos bioativos, como isoflavonas de soja, que vêm sendo relacionados a benefícios em relação a doenças como câncer, osteoporose e sintomas da menopausa, e também ácidos clorogênicos do café, que apresentam capacidade antioxidante, ou seja, antienvelhecimento.

Jader Barbalho toma posse como senador durante o recesso

Dez anos após sua renúncia ao Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) voltou ao mandato nesta quarta-feira. A Mesa Diretora da Casa convocou uma sessão extraordinária durante o recesso e ele foi empossado pela presidente em exercício, Marta Suplicy (PT-SP). "Ele é um aliado importante, que vai nos ajudar em matérias importantes. Fez-se justiça", comemorou Romero Jucá. Jader Barbalho estava acompanhado ainda de seu filho Daniel, de 9 anos, e da filha Giovanna, de 15 anos. O peemedebista toma posse menos de 15 dias após o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, autorizar o pedido do peemedebista por pressão de seu partido. Ele foi eleito em 2010 com 1,7 milhão de votos, mas acabou barrado pela Lei da Ficha Limpa, por ter renunciado ao cargo de senador em 2001. Jader Barbalho disse lamentar ter perdido um ano de seu mandato e afirmou que o "Ficha Limpa" foi seu maior adversário: "Tinha gente que não votava em mim dizendo que o voto não ia valer". O novo senador negou que chegue na Casa almejando algum posto maior, como liderança ou presidência: "Chego com humildade, como um recruta se apresentando".

Justiça suspende liminar que favorecia concessionária Caoa

O TRF 1 suspendeu na última terça-feira (27) a liminar que autorizava a empresa Caoa, com sede em São Paulo, a importar veículos da Hyundai sem o pagamento da alíquota maior do IPI para carros com menos de 65% de conteúdo nacional. A decisão favorável à Caoa foi concedida no último dia 15 pelo juiz federal da 21ª Vara no Distrito Federal, Hamilton de Sá Dantas, levando em consideração o respeito aos acordos internacionais e a necessidade de tratamento igualitário entre o produto nacional e o importado. Segundo o Ministério da Fazenda, o presidente do TRF 1, Olindo Herculano de Menezes, considerou que a decisão anterior da Justiça "prejudicava a política pública adotada pelo governo federal de equilibrar o déficit comercial do setor automotivo".

Banco do Brasil tira Allan Toledo da vice-presidência

O Banco do Brasil removeu Allan Toledo do cargo de vice-presidente para varejo, negócios internacionais e private banking, em um movimento surpreendente que acontece enquanto o banco busca crescer na América Latina. O Conselho de Administração do Banco do Brasil retirou Toledo do posto seguindo recomendação da diretoria. Toledo, que está há 29 anos no banco, será substituído interinamente por Paulo Roberto Caffarelli, vice-presidente de Varejo e Novos Negócios do Banco do Brasil. Toledo esteve à frente da operação internacional do Banco do Brasil nas aquisições do argentino Banco da Patagônia e do Eurobank, dos Estados Unidos. Caffarelli, que também está há muitos anos no banco, tem em seu currículo a supervisão da rápida expansão do Banco do Brasil em seguros, resseguros e no segmento de cartões nos últimos três anos.

EPE informa que consumo de energia em 2011 deve subir até 3,8%

O consumo de energia elétrica no Brasil deve encerrar 2011 com crescimento global entre 3,6% e 3,8%, segundo projeções da EPE (Empresa de Pesquisa Energética) divulgadas nesta quarta-feira. O órgão de planejamento e pesquisa energética do governo avalia que a faixa de expansão do consumo de energia elétrica será alcançada caso seja mantida a dinâmica em dezembro. Com isso, o consumo deve ficar próximo dos 431 mil gigawatts-hora (GWh). Em novembro, a demanda por eletricidade cresceu 3,4% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, somando 36.202 GWh. No acumulado do ano até novembro, o consumo registrou alta de 3,8%, ante o mesmo período de 2010, com 393.740 GWh. De acordo com a EPE, a evolução do consumo observou uma dinâmica que vem ocorrendo nos últimos três meses, com "crescimento significativo" no setor de comércio e serviços, uma expansão regular do consumo residencial e um aumento modesto no setor industrial.

Famílias exigem investigação líbia sobre colisão de avião em 1992

As famílias das vítimas de um avião da Libyan Airlines que colidiu com uma aeronave de combate há 19 anos exigiram que o novo governo líbio reabra a investigação sobre o acidente que matou 157 pessoas em 22 de dezembro de 1992. O governo de Muammar Gaddafi disse na época que a colisão em pleno ar, que ocorreu quando um caça MiG líbio bateu no vôo LN 1103, que se aproximava de Trípoli, foi um acidente. Os pilotos do avião de combate conseguiram ser ejetados da aeronave, mas nenhum dos passageiros e tripulantes do avião comercial sobreviveu. Os familiares disseram que começaram a suspeitar do acidente quando as forças de segurança intervieram imediatamente e enterraram os corpos em uma cova coletiva em um cemitério perto do local da colisão. Felicity Prazak, a viúva de Victor Charles Prazak, um trabalhador da área de petróleo que estava a bordo do vôo que ia de Benghazi rumo a Trípoli, acredita que a colisão não foi acidente. "Foi como um encobrimento da verdade. Eles os enterraram muito rapidamente, não queriam que soubéssemos o que aconteceu ao vôo", disse Felicity na semana passada, perto da cova coletiva em Sedi al Saieh, ao sul de Trípoli, junto com o filho, Theo, de 23 anos, e a filha Tallena, de 22. "Não tive permissão de ir ao funeral. Eu lutei durante 19 anos para descobrir o que aconteceu", disse ela. A família Prazak veio de Londres para lembrar o aniversário de 19 anos do acidente. Cerca de 200 líbios também rodeavam a cova coletiva, que foi cercada com telas de metal e coberta com uma laje de cimento.

Ditador Chavez diz que Venezuela será maior exportadora de petróleo em 10 anos

O ditador da Venezuela, Hugo Chávez, disse que em dez anos o país se tornará o primeiro exportador mundial de petróleo devido ao aumento da sua produção. Segundo ele, em pouco tempo, a Venezuela já poderá alcançar o posto de segundo exportador mundial do produto. Atualmente o maior exportador é a Arábia Saudita e a Venezuela ocupa o quinto lugar no ranking. O país exporta 2,5 milhões de barris, dos quais cerca de 1,5 milhão segue para os Estados Unidos e 500 mil para a China. "Dentro de pouco tempo seremos talvez o segundo exportador de petróleo no mundo. Dentro de dez anos, calculo que poderemos estar outra vez em primeiro lugar entre os exportadores mundiais", disse o ditador Chávez.

Argentina promulga lei que torna a Papel Prensa de interesse público

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, promulgou nesta quarta-feira a lei que declara de interesse público a fabricação e distribuição de papel jornal no país, o que na prática torna estatal a empresa Papel Prensa. Com essa determinação, a companhia, que monopoliza o mercado de papel jornal, deixa de ter como acionistas majoritários os jornais "Clarín" e "La Nación", que são os dois maiores diários do país e opositores ao governo. A empresa foi adquirida pelos dois jornais na época da ditadura, em uma transação comercial que ainda é investigada pela Justiça e que, segundo organizações de direitos humanos, envolveu a suposta tortura e o assassinato do antigo dono da Papel Prensa, David Graiver. A norma leva as assinaturas do chefe de Gabinete de Cristina, Juan Manuel Abal Medina, e do ministro da Economia, Hernán Lorenzino.

Saída de dólar supera entrada em R$ 2,146 bilhões na quarta semana de novembro

O fluxo de entrada e saída de dólares no Brasil foi invertido e ficou negativo (com maior volume de retirada da moeda) na quarta semana de novembro, segundo dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira. Na semana entre os dias 19 e 23, o saldo líquido foi deficitário em US$ 2,146 bilhões. O total acumulado no mês está também negativo, em US$ 2,108 bilhões. No segmento financeiro, o déficit foi de US$ 1,343 bilhão na semana passada. Nessa conta são registradas as transações cambiais entre bancos e clientes que não se referem ao comércio exterior, como investimentos em títulos, ações, remessas de lucros e dividendos ao Exterior, entre outras operações. O resultado negativo da conta financeira foi gerado pela saída de US$ 10,556 bilhões, ante ingresso de US$ 9,214 bilhões. No segmento comercial, houve saída líquida de US$ 803 milhões. As exportações trouxeram US$ 4,607 bilhões, resultado inferior aos US$ 5,411 bilhões que saíram do País por meio de importações.

Empresas brasileiras perdem R$ 213 bilhões em valor de mercado no ano

As empresas brasileiras de capital aberto perderam R$ 213,5 bilhões em valor de mercado em 2011, afirma estudo da consultoria Economática. De acordo com os números, as ações das 323 empresas analisadas valiam R$ 2,21 trilhões na terça-feira, contra R$ 2,42 trilhões em dezembro de 2010. A conta considera a adição dos IPOs (ofertas iniciais de ações) ocorridos neste ano. Apesar disso, sete entre os 23 setores da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) tiveram aumento no valor de mercado em 2011. O setor com maior valorização no preço das ações foi o de Alimentos e Bebidas, com R$ 48,8 bilhões, com destaque para a AmBev, que registrou o maior crescimento entre todas as empresas listadas (R$ 41,5 bilhões). A segunda colocação ficou com o setor de Energia Elétrica. O setor possuía valor de mercado de R$ 211,1 bilhões em 27 de dezembro, contra R$ 183,1 bilhões no ano passado. Os outros setores que registraram crescimento foram Telecomunicações, Software e Dados, Química, Têxtil e Outras atividades relacionadas a investimentos financeiros. Na outra ponta, o setor com a maior queda de valor foi o de Petróleo e Gás, que perdeu R$ 96,8 bilhões neste ano. A Petrobras foi a principal influência negativa, com redução de R$ 78,9 bilhões no período analisado. Veja as empresas que tiveram as maiores altas e quedas de valor de mercado em 2011: ALTAS - AmBev - ganhou R$ 41,5 bilhões (valor de mercado de R$ 185,8 bi em 27/12); TIM - R$ 8,4 bilhões (R$ 23,1 bilhões); BRFoods - R$ 8,1 bilhões (R$ 31,9 bilhões); Cielo - R$ 7,7 bilhões (R$ 26,0 bilhões); Souza Cruz - R$ 7,5 bilhões (R$ 35,2 bilhões); Valefert - R$ 5,7 bilhões (R$ 14,2 bilhões); CPFL Energia - R$ 5,7 bilhões (R$ 25,5 bilhões); Redecard - R$ 5,3 bilhões (R$ 19,4 bilhões); Telemar N L - R$ 4,9 bilhões (R$ 17,3 bilhões); Cemig - R$ 4,5 bilhões (R$ 21,0 bilhões); QUEDAS - Petrobras - perdeu R$ 79,0 bilhões (valor de mercado de R$ 301,3 bi em 27/12); Vale - R$ 68,9 bilhões (R$ 206,1 bilhões); Santander - R$ 26,4 bilhões (R$ 60,0 bilhões); Banco do Brasil - R$ 21,1 bilhões (R$ 68,8 bilhões); OGX - R$ 19,4 bilhões (R$ 45,3 bilhões); Itaú Unibanco - R$ 18,3 bilhões (R$ 141,4 bilhões); CSN - R$ 16,7 bilhões (R$ 22,2 bilhões); Gerdau - R$ 7,2 bilhões (R$ 23,9 bilhões); Usiminas - R$ 6,8 bilhões (R$ 13,2 bilhões); Hypermarcas - R$ 6,8 bilhões (R$ 5,6 bilhões).

Delegado que prendeu juiz é exonerado do cargo em São Paulo

O delegado Frederico Costa Miguel, de 31 anos, foi exonerado da Polícia Civil de São Paulo. A exoneração, assinada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), foi publicada na terça-feira no Diário Oficial. Há 80 dias, Miguel acusou Francisco Orlando de Souza, magistrado do Tribunal de Justiça, de dirigir sem habilitação, embriaguez ao volante, desacato, desobediência, ameaça, difamação e injúria. O governo nega qualquer relação entre a exoneração do delegado e o incidente. Souza discutiu no trânsito com um motorista e ambos pararam no 1º DP de São Bernardo do Campo (ABC Paulista) para brigar, mas foram impedidos pelo então delegado. Apesar da repercussão, o caso não foi investigado pela Corregedoria da Polícia Civil. Dez dias após o incidente, o juiz foi promovido a desembargador pelo Tribunal de Justiça. "Estou surpreso com a exoneração. Não sei os motivos da decisão do governador e não tive direito de defesa", disse o ex-delegado. Segundo o ato, Miguel foi exonerado por não ser aprovado no estágio probatório de três anos. Ele chegaria ao fim dessa fase em 30 de janeiro. Desde 2008, quando entrou na polícia, Miguel foi alvo de três apurações na Corregedoria. Em todas, ele obteve pareceres favoráveis. Miguel era plantonista quando apartou a briga, em outubro. Segundo o delegado, o juiz gritou várias vezes: "Você não grita assim comigo, não! Eu sou um juiz!"

Brasil continua pobre, mesmo como sexta economia mundial

O Brasil continuará sendo um país pobre, mesmo com a previsão de que a sua economia vai ultrapassar a britânica como sexta maior do mundo, segundo o economista Joerg Mayer, da Divisão de Globalização e Desenvolvimento Estratégico da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD). "O país ganha um pouco de prestígio, mas, como a população brasileira é muito numerosa, a renda média é muito mais baixa", disse o economista. "Mesmo como sexta economia mundial, o Brasil continua pobre", afirmou. Agnès Bénassy-Quéré, diretora do Centro de Pesquisas Prospectivas e de Informações Internacionais, em Paris, também relativiza as projeções divulgadas nesta semana. "É preciso muita precaução", disse a economista. "O Brasil apresenta um crescimento fulgurante, pois os cálculos são feitos em dólar, que tem se desvalorizado nos últimos anos. Não é possível dizer que esses números são definitivos", afirmou a economista. Para Bénassy-Quéré, o excesso de valor do real é o fator principal para a economia brasileira ultrapassar a da Grã-Bretanha: "A moeda brasileira valorizou-se muito nos últimos anos, enquanto a libra esterlina sofreu uma forte desvalorização. Isso faz uma diferença enorme". Assim como o representante da UNCTAD, a economista francesa acredita que o cálculo mais realista para mostrar a situação da economia brasileira atualmente deveria basear-se no PIB per capita. "O PIB per capita do Brasil representa apenas 25% do americano", diz Bénassy-Quéré: "Nas projeções que fizemos, em 2050 o PIB per capita brasileiro alcançará apenas 45% do nível registrado nos Estados Unidos". Apesar da dificuldades, ambos acreditam que o crescimento da economia ajudará a melhorar os índices sociais brasileiros a longo prazo. "Na maré alta, todos os barcos sobem", afirma Bénassy-Quéré. Para ela, o momento é de investir em setores estratégicos para o desenvolvimento da sociedade brasileira.

Chile fará reforma tributária no início de 2012

O governo chileno fará uma reforma tributária nos primeiros meses de 2012 para aumentar a receita estatal por meio de maiores contribuições de grandes empresas, disse o presidente Sebastián Piñera na noite de terça-feira. As mudanças tributárias devem incluir ferramentas para diminuir os efeitos dos problemas da dívida soberana européia e da menor demanda mundial pelo cobre. O Chile é o maior produtor do produto no mundo. Grandes empresas "têm que dar uma contribuição maior" a um sistema tributário mais igualitário, que vai buscar aumentar o crescimento de empresas pequenas e médias, disse Piñera. O presidente chileno vem enfrentando há meses protestos contra suas políticas conservadoras, e exigências de mais gastos sociais e benefícios. No ano passado, seu governo aumentou os royalties sobre as empresas de mineração e elevou vários impostos, incluindo uma alta temporária do imposto de renda para grandes empresas, para ajudar na reconstrução do país depois do terremoto devastador de fevereiro de 2010.

Alemanha vai começar implementação de aposentadoria aos 67 anos

A Alemanha vai iniciar em 2012 a implementação gradual da aposentadoria aos 67 anos, medida criticada por especialistas e sindicalistas, que apontam um alto risco de aumento da precariedade da velhice no futuro. Segundo o jornal "Süddeutsche Zeitung", uma parcela de 47,5% dos aposentados deste ano tomaram o benefício sem atingir a idade legal (65 anos), com uma antecedência média de três anos e dois meses. Esse fato implicou em uma redução média de 113 euros na pensão a receber, já que para a aposentadoria plena o período total de contribuição alcança os 45 anos. O percentual de aposentadorias antecipadas neste ano é levemente superior ao de cinco anos trás (41,2%) mas representa um aumento significativo em relação à taxa de 2000 (14,5%). As razões dessa tendência de aposentadoria antecipada podem ser as dificuldades de encontrar um posto de trabalho a partir dos 55 anos, conforme sindicatos e organizações sociais.

Vigilância Sanitária manda incinerar restos hospitalares importados dos Estados Unidos

A Vigilância Sanitária de Pernambuco determinou nesta quarta-feira a incineração das cerca de 50 toneladas de tecidos importados dos Estados Unidos e classificadas como lixo hospitalar, estocadas em três depósitos interditados da empresa Império do Forro de Bolso, no Agreste do Estado. A determinação ocorre dias após a Polícia Federal confirmar ter encontrado sangue nas amostras de tecidos analisados pelo Instituto Nacional de Criminalística. Em três portarias, a Vigilância Sanitária informa que a pena foi decidida porque a empresa armazenou, manipulou, segregou, reciclou e vendeu "peças de tecidos já utilizadas em serviços relacionados com a assistência à saúde, classificadas como resíduos de serviços de saúde". Ainda segundo as portarias, a empresa também não obedeceu as condições de manejo do material nas fases de acondicionamento, manuseio e armazenamento e não garantiu a segurança dos seus funcionários, que manipularam o produto. O esquema de importação do lixo hospitalar foi descoberto após a Receita Federal interceptar, entre os dias 11 e 13 de outubro, no porto de Suape (PE), dois contêineres carregados com lençóis, fronhas e toalhas usados em hospitais dos Estados Unidos. Junto com tecidos manchados de sangue havia seringas, drenos e máscaras cirúrgicas usados. Todos os dias, entram nos portos brasileiros mais de 1.000 contêineres contendo lixo originário da Europa e da América do Norte.

Governo amplia em R$ 1 bilhão recursos do FGTS para transporte na Copa

A Caixa Econômica Federal ampliou nesta quarta-feira em R$ 1 bilhão os recursos do FGTS destinados a obras de transporte urbano para a Copa de 2014. A circular do banco que definiu o Orçamento do Fundo para 2012 destinou R$ 4 bilhões para esses projetos na cidades sedes do evento. No ano passado, a mesma circular definiu em R$ 3 bilhões os recursos do FGTS para esse tipo de obra que inclui novos sistemas de ônibus rápidos, corredores expressos e VLT's. O documento da Caixa Econômica Federal publicado nesta quarta-feira não alterou as disposições do veto da presidente Dilma Rousseff a artigos de uma medida provisória que ampliava o uso do FGTS para todos os tipos de obra da Copa. Na prática, continua vetado o uso do fundo para qualquer construção que não seja de transporte urbano.

Chico Anysio segue no CTI e respira por aparelhos

O estado de saúde de Chico Anysio, de 80 anos, não apresentou alteração nas últimas 24 horas, informou a assessoria do hospital nesta quarta-feira. O humorista segue internado no CTI e respira com ajuda de aparelhos. Seu estado "inspira cuidados" e não há previsão de alta. Chico Anysio está no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O humorista estava internado desde o final de novembro por conta de uma infecção urinária. Ele teve alta no dia 21 deste mês, mas voltou ao hospital no dia seguinte para controlar uma hemorragia no estômago. Após apresentar melhora no dia 25, ele foi transferido do CTI para a Unidade Intermediária, onde poderia passar o Natal acompanhado da família, mas voltou horas depois ao CTI por conta de uma pneumonia.

Turquia autoriza Rússia a traçar gasoduto South Stream pelo mar Negro

A Turquia autorizou nesta quarta-feira a Rússia a construir o gasoduto South Stream, idealizado para unir o maior produtor e exportador de gás do mundo ao sul da Europa pelo fundo do mar Negro, afirmou o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin. O acordo foi fechado durante reunião em Moscou entre o chefe de governo russo e o ministro da Energia e Recursos Naturais turco, Taner Yildiz. O presidente do consórcio monopolístico russo do gás Gazprom, Aleksandr Miller, avaliou o acordo como a confirmação de que o gasoduto russo será uma realidade dentro dos prazos previstos. "A permissão de obra obtida da Turquia é a mais séria confirmação de que o projeto será construído conforme previsto, isto é, antes do fim de 2015", declarou Miller em nota remetida pela companhia estatal russa. O gasoduto foi planejado para bombear, a princípio, 30 bilhões de metros cúbicos de gás anualmente e depois 63 bilhões (10% da necessidade européia) a partir da Rússia para Bulgária e em seguida aos Balcãs. Também poderia chegar até os territórios sérvios da Bósnia e Herzegovina, anunciou nesta quarta-feira o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Vladimir Titov. A Rússia já assinou acordos bilaterais intergovernamentais com Áustria, Bulgária, Hungria, Grécia, Eslovênia, Sérvia e Croácia para levar o gasoduto à Europa.

Gastos da Presidência com cartão corporativo diminuem 37,7% em 2011

No primeiro ano de governo da presidente Dilma Rousseff, diminuíram em 37,7%, na comparação com 2010, os chamados "gastos secretos" do gabinete da Presidência feitos com cartão corporativo. A Secretaria de Administração da Presidência desembolsou R$ 3.834.780,80 nessa modalidade de despesa, contra R$ 6.150.534,81 no último ano de Lula. A "farra dos cartões" rendeu uma CPI em 2008. Na época, a ministra Matilde Ribeiro (Igualdade Racial) caiu após usar o cartão corporativo num free shop.

Tipo de câncer de Cristina Kirchner afeta três vezes mais mulheres que homens

O câncer na tireóide que afeta a presidente da Argentina, Cristina Fernandez Kirchner, atinge três vezes mais mulheres do que homens, segundo dados divulgados pela Associação Americana do Câncer, uma entidade de combate à doença com sede nos Estados Unidos. Cristina foi diagnosticada com um carcinoma papilar da tireóide, um tumor maligno que oferece um prognóstico predominantemente positivo aos seus portadores, com uma taxa de sobrevivência de mais de 10 anos em 95% dos casos, de acordo com informações do Instituto Nacional de Saúde, dos Estados Unidos. Além de ter maior incidência desse tipo de câncer do que os homens, as mulheres também tendem a apresentar o tumor mais cedo. Entre as mulheres, é comum que o câncer da tireóide seja identificado entre os 40 e os 59 anos de idade, enquanto entre os homens ele tende a só se manifestar dos 60 aos 79 anos de idade.

Venezuela é o país com mais adolescentes grávidas na América do Sul

A Venezuela é o país com mais adolescentes grávidas da América do Sul. Quase um de cada quatro partos é de uma menor de 19 anos, uma problemática que o governo de Hugo Chávez espera atacar com um plano assistencial sob críticas opositoras e de organismos especializados de falta de prevenção. Dos 591.303 partos que houve em 2010, 130.888 foram de menores de 19 anos e 7.778 de mães menores de 15 anos, revelou o ditador Hugo Chávez, que qualificou de "alarmantes" os números. Segundo o relatório Estado de População Mundial 2011 do Fundo de População das Nações Unidas, a Venezuela lidera a taxa de gravidezes precoces da América do Sul com uma taxa de 101 nascimentos por cada mil mulheres de 15 a 19 anos, à frente de Equador (100) e Colômbia (96), e só superada na América Central por Honduras (108) e Nicarágua (109). Na Venezuela a primeira relação sexual ocorre por volta dos 15 anos e, apesar de nove em cada dez adolescentes conhecerem os métodos anticoncepcionais, só um de cada dez os usa, segundo a Pesquisa Nacional de População e Família de 1998.

Inadimplência de empresas cresce 9,8% em novembro

A inadimplência das empresas cresceu 9,8% em novembro na comparação com o mês anterior, de acordo com os dados da Serasa Experian divulgados nesta quarta-feira. A expansão é a segunda maior registrada no ano neste confronto, superada apenas pelo desempenho contabilizado em março ante fevereiro (10,8%). Já na comparação com o mesmo mês no ano passado, a inadimplência cresceu 32,5%. No acumulado do ano, a alta chegou a 18,6% ante igual intervalo em 2010. Para os economistas da Serasa, a inflação, que afeta todos os custos empresariais, o capital de giro ainda caro, que impacta os custos operacionais, e a evolução da inadimplência do consumidor, que impõe maiores provisões e perdas aos negócios, estão determinando dificuldades na gestão financeira.
O Senado uruguaio aprovou na madrugada desta quarta-feira, em sua última sessão do ano, um questionado projeto de lei para criar um imposto a proprietários de mais de 2.000 hectares, com o objetivo de combater a concentração da terra. O projeto foi aprovado por 16 votos de 27, apenas com os votos da governante Frente Ampla (esquerda). Como o texto já havia sido aprovado em novembro pela Câmara dos Deputados, segue agora para promulgação pelo Executivo. O chamado ICIR (Imposto à Concentração de Imóveis Rurais) prevê uma taxa anual que varia de US$ 8,00 a US$ 16,00 dólares por hectare, de acordo com o tamanho da propriedade. Em todos os casos, serão tributadas aquelas terras com um índice Coneat (utilizado para medir a qualidade do solo) superior a 100 ou equivalente; ou seja, 3.000 hectares com índice 60 não pagariam, mas 1.500 hectares com índice Coneat 200 o fariam. Em sua exposição de motivos, o projeto sustenta que, em dólares correntes, o valor do hectare se multiplicou por nove em 20 anos, e que em dólares constantes se multiplicou por quatro, enquanto esta valorização da terra não se refletiu em nível fiscal. Segundo os cálculos do governo, o novo imposto afetará menos de 1.500 dos mais de 50 mil produtores do país, que possuem um terço dos 17 milhões de hectares cultiváveis ou produtivos de todo o território. O governo acredita que o imposto permitirá arrecadar cerca de US$ 60 milhões anuais que serão destinados a obras de acesso ou de estradas rurais nos departamentos do interior.

Superávit do setor público chega a R$ 126,8 bilhões

União, estatais e governos estaduais e municipais economizaram R$ 8,2 bilhões no mês de novembro, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira. O resultado do setor público é positivo em R$ 126,8 bilhões, ou 3,36% do PIB de janeiro a novembro. Isso representa 99% da meta de R$ 127,9 bilhões para o ano do chamado superávit primário, que é a economia feita para pagar os juros da dívida pública. No mesmo período do ano passado, a superávit foi de R$ 90,8 bilhões, ou 2,65% do PIB. Em novembro, o governo central (governo federal, Banco Central e INSS) registrou superávit de R$ 4,8 bilhões. Estados e municípios tiveram resultado positivo em R$ 2,6 bilhões e as estatais, de R$ 773 milhões. De janeiro a novembro, os juros devidos aos detentores de papéis públicos somaram R$ 216,1 bilhões (5,72% do PIB), valor que supera o registrado em 2010 no período, que foi de R$ 175 bilhões. Segundo o Banco Central, esse aumento foi influenciado pela maior variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e de um patamar mais elevado da taxa Selic. Como o montante de juros foi maior do que a economia feita nos 10 primeiros meses, o setor público registrou um déficit nominal de R$ 89,3 bilhões (2,36% do PIB). Em novembro, a dívida líquida do setor público chegou a R$ 1,508 trilhão, chegando a 36,6% do PIB, uma queda de 0,8 ponto percentual em relação ao mês anterior.

Tribunal israelense permite exploração de pedreiras na Cisjordânia

O Tribunal Supremo de Israel aprovou a exploração de uma dezena de pedreiras por empresas israelenses em território palestino ocupado da Cisjordânia. A decisão permite que as dez pedreiras continuem com suas operações na Cisjordânia, mas não criem novas explorações. Em resposta a uma petição apresentada em 2009 pela ONG Yesh Din (Há Justiça, em hebráico), o Supremo aceita a posição do Estado de que Israel não viola a Quarta Convenção de Haia porque a atividade nas pedreiras é "limitada" e, portanto, não se apropria do "capital" da população sob ocupação. A corte também argumenta que o trecho sobre economia dos Acordos de Oslo permite seu funcionamento até que as partes firmem um tratado de paz definitivo; que as pedreiras oferecem postos de trabalho aos palestinos e que a Cisjordânia está há quatro décadas sob ocupação e, por isso, seu desenvolvimento econômico não pode ficar estagnado à espera do fim da situação atual. As pedreiras da Cisjordânica vendem a Israel 75% de sua extração, o que corresponde a um quarto do consumo total desta matéria prima no país.

Supernavio da Vale descarrega minério em porto chinês

A China recebeu o primeiro supernavio da Vale carregado de minério de ferro nesta quarta-feira, um avanço importante após meses de incertezas quanto ao acesso da nova frota da mineradora ao seu maior mercado. A maior exportadora de minério de ferro do mundo está investindo bilhões de dólares na construção dos supernavios, buscando reduzir custos de envio da commodity à China, mas, até agora, não tinha obtido aprovação de Pequim para que os navios nem mesmo parassem nos portos chineses. O Berge Everest, com 388 mil toneladas, começou a descarregar o minério de ferro no porto Dalian, na China, nesta quarta-feira, e deve partir no sábado. "O navio está descarregando o minério de ferro após chegar nesta manhã. Eles irão precisar de dois dias e meio para liberar a carga", disse um agente do porto. A carga é de cerca de 350 mil toneladas de minério. A frota da Vale tem enfrentado forte oposição de armadores e siderúrgicas na China, que temem que os navios sejam um "cavalo de Tróia" que a mineradora utilizará para monopolizar tanto o transporte quanto o mercado de minério de ferro às suas custas.

Senador do PR quer que político empossado não seja alvo da Justiça

Sob argumento de dar "celeridade" e "eficiência" à Justiça, o senador Blairo Maggi (PR-MT) apresentou um projeto para impedir que vencedores de eleições sejam alvo de ações na Justiça Eleitoral após a sua posse. Pela proposta, a data da posse se torna limite para que sejam movidas ações que levem à anulação das eleições ou à cassação do mandato. O projeto, no entanto, prevê que, vencido esse prazo, possam ocorrer representações ao Conselho Nacional de Justiça. O texto ainda precisa ser analisado por comissões antes de chegar ao plenário. A medida vale para parlamentares e chefes do Executivo.

Morgan Stanley cortará 580 empregos em Nova York

O Morgan Stanley demitirá 580 funcionários em quatro escritórios em Manhattan, informou a instituição em comunicado ao Departamento do Trabalho de Nova York na última terça-feira. O documento, conhecido como nota de "alerta", foi arquivado após o banco anunciar, em meados deste mês, planos de eliminar 1.600 empregos em todas as regiões geográficas e níveis hierárquicos. O Morgan Stanley citou razões econômicas para os cortes, que ocorrem em meio a uma queda nas receitas de banco de investimento e atividades comerciais. Analistas esperam que o banco registre prejuízo no quarto trimestre, decorrente de um encargo de US$ 1,8 bilhão relacionado a um acordo com a seguradora de bônus MBIA. A projeção é de receita de US$ 6,48 bilhões, uma queda de 25% no ano.

Chimpanzé dos filmes de Tarzan morre aos 80 anos

Chita, o chimpanzé que protagonizou os filmes de "Tarzan" nas décadas de 30 e 40, morreu aos 80 anos, anunciou o santuário da Flórida no qual o animal viveu por mais de 50 anos. "É com grande pesar que comunicamos a perda de um querido amigo e um membro da família em 24 de dezembro de 2011", afirma o site do Santuário Suncoast Primate de Palm Harbor, na Flórida. Chita participou, entre outros, dos filmes "Tarzan, o Homem Macaco" (1932) e "Tarzan e sua Companheira" (1934), filmes clássicos que relatam as aventuras de um homem criado na selva, protagonizados por Johnny Weissmuller e Maureen O'Sullivan. O chimpanzé, que chegou ao santuário em 1960, amava pintar com os dedos e assistir jogos de futebol americano. Ficava calmo ao ouvir músicas cristãs, afirmou ao jornal Tampa Tribune Debbie Cobb, diretor do Suncoast Primate. "Ele sabia quando eu tinha um dia bom ou ruim. Sempre tentava fazer com que eu sorrisse se estivesse em um dia ruim. Era muito sintonizado com os sentimentos humanos", comentou Cobb.

Custo de financiamento da Itália cai pela metade em leilão

O custo de financiamento de curto prazo do governo da Itália caiu pela metade em um leilão de títulos na quarta-feira, com o novo pacote de austeridade fiscal e a liquidez de longo prazo oferecida pelo Banco Central Europeu dando algum respiro. A Itália vendeu 9 bilhões de euros em títulos de seis meses, pagando uma taxa média de 3,25%. Em um leilão no mês passado, o juro alcançara 6,5%, maior nível da história do euro. A demanda neste leilão totalizou 1,69 vezes a quantia oferecida, contra razão de 1,5 no fim de novembro. Essa é a primeira oferta de dívida italiana desde que o Banco Central Europeu forneceu 490 bilhões de euros em empréstimos baratos de três anos aos bancos da zona do euro, em uma operação sem precedentes com o objetivo de aliviar restrições de crédito.

Pedágio fica mais caro na rodovia Régis Bittencourt

Os pedágios da rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que liga São Paulo a Curitiba, ficarão mais caros a partir da 0 hora desta quinta-feira. O valor que hoje é de R$ 1,70 passará para R$ 1,80. Seis praças de pedágio passarão a cobrar o novo valor. De acordo com a concessionária responsável pela via, o contrato de concessão prevê reajustes anuais, sempre em 29 de dezembro. Já no pólo rodoviário de Pelotas (composto pela BR-116, BR-392 e BR-293), a tarifa passa dos atuais R$ 7,80 para R$ 8,40. Este reajuste acontecerá a partir de 1º de janeiro. Na semana passada já tinha sido reajustado o valor dos pedágios da Fernão Dias (BR-381), que liga São Paulo a Belo Horizonte, e da BR-116 nas praças de cobrança do Paraná e de Santa Catarina.

Gasto com dívidas no Brasil supera o dos Estados Unidos

Os consumidores brasileiros comprometem uma fatia maior de sua renda com dívidas do que os americanos. Os brasileiros gastam hoje 22% do que ganham com o pagamento de empréstimos e outros tipos de financiamento, de acordo com o Banco Central. Os americanos comprometem cerca de 16% de sua renda com dívidas. Nos Estados Unidos, o desemprego e a contração na oferta de crédito, efeitos da crise iniciada em 2008, fizeram o peso das dívidas no orçamento das famílias diminuir nos últimos anos. No Brasil, ocorreu o oposto.

Audiência de Roberto Carlos na Globo caiu quase 50% desde 2000

Um dos programas mais simbólicos do fim de ano na Globo, o especial de Roberto Carlos, perdeu quase metade dos telespectadores desde 2000. Números apontam que o "rei" vem perdendo telespectadores-súditos ano após ano. Em 2000, a média de ibope do especial natalino de Roberto Carlos na Globo foi de 41,7 pontos. Este ano, o especial (substituído pela gravação de um show do artista em Jerusalém), exibido em setembro, marcou 21, 6 pontos (ou 48,2% menos). A reexibição desse mesmo show na Globo deu ainda menos ibope: apenas 9,7 pontos (ou 76,4% menos quando comparado a 2000). Cada ponto equivale a cerca de 58 mil domicílios na Grande São Paulo. O share (ou participação em porcentagem no universo de TVs ligadas) do especial de Roberto Carlos caiu de 61,1%, em 2000, para 40,5% este ano.

Violência religiosa islâmica na Nigéria já deslocou 90 mil pessoas

Os violentos confrontos entre islamitas radicais e as forças de segurança na semana passada forçaram o deslocamento de 90 mil pessoas na cidade de Damaturu, no nordeste da Nigéria. "Temos até o momento 90 mildeslocados pela violência em Damaturu", disse Ibrahum Farinloye, coordenador da agência nacional de emergências para o nordeste do país. Os confrontos entre membros do grupo radical Boko Haram e as forças oficiais deixaram quase cem mortos, segundo a polícia e organizações de defesa dos direitos humanos. Posteriormente, atentados, em sua maioria contra igrejas, atribuídos ao Boko Haram, deixaram pelo menos 40 mortos no domingo de Natal na Nigéria. O porta-voz da Agência de Gerenciamento de Emergências Nacional, Yushau Shuaib, e o porta-voz da polícia local, Richard Oguche, afirmaram que a primeira explosão aconteceu na igreja de Saint Theresa, na cidade de Madalla, próxima à capital, Abuja. Pouco tempo depois, uma segunda explosão foi relatada perto de uma igreja na cidade central de Jos. Mais três novas explosões foram registradas no nordeste da Nigéria: duas na cidade de Damaturu e uma terceira, no sábado à noite, contra uma igreja em Gadaka. Os ataques do Natal apontam o crescimento da ambição nacional da seita islâmica, que é responsável por mais de 500 mortes em 2011. O Boko Haram, cujo nome significa "a educação não islâmica é um pecado", luta para impor a Lei Islâmica (Sharia) na Nigéria, país de maioria muçulmana no norte e cristã no sul.

Brasil ainda tem 1 milhão de crianças que trabalham

Dados do IBGE revelam que, após uma década de governos petistas, o Brasil ainda registrou mais de 1 milhão de crianças de 10 a 14 anos trabalhando em 2010. O número é equivalente a 6% das crianças nesta faixa de idade no País. Na região Norte, o índice é pior, chega a 9%. As atividades domésticas ou em propriedades agrícolas e familiares, de difícil fiscalização, são as que mais persistem no País.

Justiça proíbe entrada de resíduos industriais e hospitalares no aterro da Pró-Ambiente em Gravataí

Marco Dexheimer
Acatando pedido de liminar da Promotoria de Justiça Especializada de Gravataí, o juiz Rodrigo de Souza Allem determinou a imediata suspensão do recebimento de resíduos industriais e hospitalares pela empresa Pró-Ambiente Central de Resíduos Industriais, pertencente ao empresário Marco Dexheimer. Foi determinada multa diária de R$ 5 mil, limitada a 500 dias. A empresa deverá, em 30 dias, apresentar estudo geofísico por diagnóstico hidrogeológico, planta da localização das valas e drenos, avaliação da presença de contaminantes nas águas subterrâneas de uso público ou individual (poços) num raio de 500 metros do empreendimento, auditoria ambiental em toda a unidade industrial, plano de recuperação de área degradada, resolva vazamentos e contaminações do solo ou do lençol freático e apresente comprovação da total solução do problema. A ação civil pública contra a empresa, elaborada pelo promotor Daniel Martini, é fruto de investigações sobre danos ao meio ambiente causados por dois incêndios, ocorridos em fevereiro e abril de 2010, e um desmoronamento, em valas da Central de Resíduos. Conforme laudos realizados pela Divisão de Assessoramento Técnico do Ministério Público em lençóis freáticos no terreno, houve contaminação da água em níveis muito acima dos permitidos pelas Resoluções do Conama que tratam do assunto. Foram detectados mais de dez contaminantes, entre eles, Cádmio (excedente em 100 e 360% acima do permitido pela Resolução 396/08) e Fenol (3233 a 4233% acima do limite da Resolução 396/08). Segundo os laudos, em ambos os casos há risco para a vida humana. A presença constatada de hidrocarbonetos também é preocupante, porque estudos científicos comprovam que estas substâncias produzem câncer, são cancerígenas e, em alguns casos, carcinogênicas (produzem defeitos físicos). Marco Dexheimer é diretor técnico do Laboratório Pró-ambiente Análises Químicas e Toxicológicas Ltda. de Porto Alegre e professor de cursos de Pós-graduação de Medicina do Trabalho e Engenharia de Segurança da PUCRS e UFRGS. Certamente o Laboratório Pró-ambiente Análises Químicas e Toxicológicas, pertencente a ele, não faz análises do aterro da Pró-ambiente, também dele, em Gravataí. O mais curioso é sabe o papel da Fepam (fundação estadual do meio ambiente) nesta história, já que ela é a encarregada legal pela fiscalização do empreendimento. O que tem feito a Fepam todo esse tempo em relação à Pró-ambiente? Recentemente, um pequeno empresário de Canoas foi preso em flagrante e está respondendo a processo crime por ter jogado óleo usado na boca de lobo. Os ilícitos apurados pela auditoria do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul são menos ofensivas do que isso? Curiosamente, os deputados estaduais gaúchos, que deveriam fiscalizar a aplicação das leis no Estado, e fiscalizar os atos da administração pública, em defesa da população do Rio Grande do Sul, mostraram mais uma vez sua submissão aos interesses do corporativismo e, no dia dia 21 de dezembro de 2011, aprovaram por unanimidade defesa institucional dos servidores da Fepam. O projeto de lei que garante a defesa institucional aos servidores dos órgãos ambientais do Estado do Rio Grande do Sul. Deste modo, os técnicos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Fundação Estadual de Proteção Ambiental e Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul não responderão judicialmente de forma individual por eventuais decisões que venham a tomar no exercício de suas funções. A defesa caberá, agora, ao Estado. A defesa institucional dos servidores foi um dos principais objetivos trabalhados em 2011 pela nova gestão ambiental no Rio Grande do Sul. O empenho da secretária estadual de Meio Ambiente, a comunista Jussara Cony, refletiu-se na votação: presente no plenário, Jussara Cony trabalhou para a Assembleia aprovar por unanimidade o projeto. Foram 47 votos favoráveis e nenhum contrário. "Este projeto é uma conquista no sentido de qualificar e agilizar o licenciamento e a gestão ambiental no Rio Grande do Sul. Além disso, oferece segurança aos nossos técnicos no exercício de suas funções públicas, e faz parte do nosso projeto de reestruturação dos órgãos ambientais, que tem o intuito de promover o desenvolvimento com sustentabilidade ambiental", ressaltou a secretária comunista Jussara Cony.

Polícia faz prisão e busca na prefeitura do PT de Viamão

O PTB do Rio Grande do Sul está muito constrangido com o envolvimentodo seu vice-prefeito de Viamão, Atidor da Cruz, cujo chefe de gabinete, assessor Jorge de Souza Azevedo, foi preso recebendo R$ 11 mil propina na casa de um empresário da área de mineração. O Ministério Público Estadual e a Polícia Civil abriram a semana com busca e apreensão na prefeitura, que é do PT (o prefeito é Alex Boscaini). Foi revistada a casa do secretário do Desenvolvimento, Ricardo Gross, que também é do PT. Conforme a promotora Luciane Wingert, o caso está sob investigação há vários meses.

Governo gaúcho vai contratar mais 10 mil novos professores

O governo petista do Rio Grande do Sul anunciou que vai lançar o edital do concurso para selecionar para contratação mais 10 mil novos professores. As inscrições começarão no dia 16 de janeiro e irão até o dia 31. São esperadas cerca de 100 mil inscrições. A Fundação para Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) gastará R$ 2,7 milhões para fazer o concurso. As inscrições custarão R$ 127,70 e R$ 53,38 para cada candidato, dependendo do seu grau de instrução (quem estudou mais, pagará mais). As provas estão marcadas para acontecer em abril. O governo estadual não divulgou o valor do impacto financeiro das 10 mil nomeações, que ocorrerão até 2014. Os governos gaúchos têm evitado mexer para valer nas questões fundamentais ligadas à produção, produtividade e qualidade da educação pública estadual, sobretudo em relação a questão mais grave de todas que é a aposentadoria precoce dos professores. O Estado conta com mais professores aposentados (81.282) do que em sala de aula (61.221). Mesmo se todos os novos contratados fossem somados aos atuais professores na ativa, ainda assim não ultrapassariam os aposentados (incluindo na conta os que se aposentarão em breve). Professores se apontam com tempo privilegiado de serviço. Recebem mais tempo de vida do Estado na aposentadoria do que no serviço ativo. Mas, a decisão do governo petista é ainda mais criminosa porque não toma uma decisão definitiva de extinção do atual plano de carreira, elaborado pela ditadura militar, que tem levado a educação pública gaúcha ao completo fracasso nos últimos 30 anos. Se o governo petista gaúcho já não consegue pagar o piso salarial nacional com o atual plano de carreira (dividido em cinco níveis, com um multiplicado de 20% entre cada nível, de modo que o nível mais alto representa 100% do mais baixo), que impede o aumento do salário básico.

Faculdades cobram R$ 500 milhões de bolsa do governo Dilma

Os alunos que contam com o Fies (principal programa de financiamento universitário do País) para ingressar ou continuar na faculdade correm o risco de ficar fora do ensino superior em 2012. No Fies, o aluno beneficiado tem a mensalidade parcial ou totalmente custeada pelo governo durante o curso. Porém, segundo representantes das universidades privadas, o repasse do valor das mensalidades não está sendo feito pela União. O valor reivindicado é de ao menos R$ 500 milhões e, por esse motivo, o setor ameaça reduzir e até mesmo cancelar as vagas para novos beneficiários em 2012. Neste ano, R$ 1,1 bilhão foram liberados pela União. As instituições, no entanto, afirmam que mesmo assim falta a quantia referente a matrículas de 2010 e 2011.

UNE recebe R$ 44,6 milhões do governo federal

O governo federal liberou na terça-feira o pagamento à UNE da segunda e última parcela de indenização de R$ 44,6 milhões a que a entidade tinha direito por conta de incêndio que destruiu sua sede, no Rio de Janeiro, durante a ditadura militar. A liberação de R$ 14,6 milhões foi oficializada na terça-feira. O dinheiro deve ser depositado na conta da UNE no início de 2012. Em dezembro passado o então presidente Lula havia autorizado o pagamento de R$ 30 milhões para a entidade. Esse dinheiro é o que cala a boca dos estudantes no Brasil em relação às malfeitorias do governo petista.

Gasto com salários de servidores federais ultrapassará R$ 200 bilhões

A presidente Dilma saiu vitoriosa na queda de braço com servidores do Judiciário e do Legislativo que queriam reajustes aprovados no Orçamento da União de 2012. Mas, mesmo sem novos reajustes, os gastos com pessoal e encargos sociais dos três Poderes em 2012 ultrapassarão a barreira dos R$ 200 bilhões. O volume chega a R$ 203,24 bilhões, contra R$199,7 bilhões de 2011. O governo informa que os gastos com pessoal representam 8,9% de toda a despesa prevista para 2012. A gestão do ex-presidente Lula teve uma explosão de aumentos. O plano de Lula foi de concessão de reajustes por categorias. Descontada a Contribuição Patronal Para Seguridade do Servidor (CPSS), que a União coloca no regime previdenciário do servidor, o gasto direto em 2012 ficarás em cerca de R$ 188 bilhões.

Prefeito de Gramado pode perder reeleição por ter feito delação premiada

O PP de Gramado (RS) começou a rachar depois que o prefeito Nelson Tissot passou a colaborar com o Ministério Público Estadual no caso do Natal Luz. Conforme o advogado Amadeo Weinmann, que defendeu réus na ação proposta pelo Ministério Público Estadual, o prefeito fez delação premiada com os promotores e teria passado a acusar seus parceiros na administração municipal. Entre eles estaria o ex-prefeito Pedro Bertolucci, que o elegeu. O PP domina a prefeitura de Gramado há 14 anos.

Oito secretários municipais de Porto Alegre sairão dos cargos para concorrer

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti (PDT), terá que fazer uma grande alteração de seu secretariado até abril do próximo ano. É que oito secretários municipais deverão deixar os cargos para concorrer a vereador na capital gaúcha. São os seguintes os secretários que sairão: Cássio Trojildo, Smov, PTB; Nereu D’Ávila, Segurança, PDT; Kevin Krieger, presidente da Fasc, PP; João Bosco Vaz, Esportes, PDT; Newton Braga Rosa, Inovação, PP; Carlos Casartelli, Saúde, PTB; Valter Nagelstein, Smic, PMDB; Luiz Fernando Moraes, Turismo, PPS.

Prefeitura de Porto Alegre inicia processo para construção de usinas de lixo

Um conceito ambientalmente sustentável no tratamento do lixo e na geração de energias limpas está perto de virar realidade em Porto Alegre. A capital gaúcha será uma das pioneiras no País a implantar uma Central de Tratamento de Resíduos Sólidos. Para buscar estudos técnicos que subsidiem o projeto, o prefeito José Fortunati assinou solicitação de manifestação de interesse público na manhã desta quarta-feira. O lançamento ocorreu durante o Balanço da Gestão 2011, que avaliou o conjunto de projetos em desenvolvimento na cidade para modernizar a infraestrutura, qualificar os serviços públicos e fortalecer a participação dos cidadãos. A proposta de criar a Central de Tratamento de Resíduos Sólidos foi construída a partir de pesquisas sobre as melhores soluções internacionais aplicadas, para criar no território de Porto Alegre uma alternativa correta de destinação das 1,5 mil toneladas lixo orgânico e resíduos públicos coletados diariamente. Hoje, esse volume passa pela Estação de Transbordo na Lomba do Pinheiro e depois é levado por grandes caminhões ao aterro sanitário em Minas do Leão, distante 113 km. O trajeto soma um percurso diário de 17,6 mil quilômetros feito pelos veículos. O prefeito explicou que o projeto é inovador e criará uma solução ambientalmente adequada à legislação nacional e a critérios europeus, gerando ainda energia para ser utilizada na capital, como biogás, eletricidade, vapor e combustível derivado de resíduos. “Buscamos as melhores tecnologias aplicadas no mundo para estruturar um projeto que seja ambientalmente efetivo, socialmente aceito e economicamente viável para garantir ainda mais qualidade de vida na nossa cidade”, disse Fortunati, afirmando que a proposta está adequada à política na nacional dos resíduos sólidos, que determina a destinação final de resíduos já tratados. Nos últimos meses, a equipe do município ouviu representantes de grupos empresariais nacionais e internacionais na busca por tecnologias consolidadas do Brasil, Espanha, Inglaterra, Canadá e França. A solicitação de manifestação de interesse será publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial, para que as empresas interessadas apresentem os estudos de viabilidade no dia 5 de março. O trabalho dará origem a uma licitação a ser lançada em 2012, a fim de viabilizar a construção por meio de parceria público-privada (PPP). Os detalhes técnicos do projeto, como investimento, localização e tecnologia a ser empregada, serão definidos a partir dos estudos apresentados.

PSB abandona aliança que derrubou a prefeita petista Rita Sanco em Gravataí

Aliado do PMDB, PV, PP e PTB na deposição da prefeita petista Rita Sanco em Gravataí (RS), sede da GM, o PSB decidiu se retirar da aliança constituída para assumir o controle da administração do município. O PSB abre mão de quatro secretarias municipais e de 30 cargos em comissão que detém na prefeitura. O partido insiste tem ter candidato próprio na eleição do próximo ano, enquanto todos os outros partidos da aliança já firmaram posição no sentido de apoiar a candidatura a prefeito do deputado estadual Marco Alba, do PMDB. Gravataí tem 250 mil habitantes, 155 mil eleitores, é o quinto município mais rico do Rio Grande do Sul e foi governado durante 15 anos pelo PT.

Petrobrás resiste a parceria no projeto bilionário de regaseificação no Rio Grande do Sul

Permanece envolto em grande mistério o acordo que assinarão o governo do Rio Grande do Sul, a Petrobrás, e mais a Samsung e Hyundai Group, destinado a estudar a viabilidade de instalação de dois projetos bilionários nas áreas de regaseificação e fertilizantes em Rio Grande. Informações junto a pessoas do governo gaúcho especulam que o projeto poderia envolver algo como até US$ 4,5 bilhões. Entretanto, a Petrobrás não tem se mostrado receptiva ao assédio do governador do Rio Grande do Sul, o petista Tarso Genro. Se a Petrobrás estiver presente ao ato publicitário que o governo gaúcho programa para janeiro, será apenas para completar o cenário, porque a estatal federal não tem nada previsto no seu plano de investimentos a respeito de planta de regaseificação. fazer de conta. No governo anterior, a estatal acenou com projeto semelhante para Osório, mas desistiu. Nada do gênero está previsto no seu plano de investimentos. A Petrobras nunca se interessou pelo Rio Grande do Sul. Ao contrário, vê o Estado como um perigoso competidor, já que o Rio Grande do Sul tem sob seus pés no mínimo uma outra Petrobrás, no carvão que dorme enterrado um sono eterno. Do carvão é possível retirar a gasolina, o óleo diesel, o gás e mais 28 subprodutos, matéria prima da indústria petroquímica, e todos com caraterística de pureza maior. O gás retirado do carvão poderia gerar milhares de novos megawatts em energia elétrica. Gás e combustíveis extraídos do carvão poderiam ser a redenção do Rio Grande do Sul na arrecadação de impostos.

Consórcio de Belo Monte perde incentivo fiscal

O governo do Pará decidiu endurecer a cobrança de impostos sobre a hidrelétrica de Belo Monte, depois que o consórcio construtor descumpriu acordo e comprou 118 caminhões fora do Estado. A cobrança do ICMS, feita mensalmente, passará a ser feita na entrada de produtos no Pará. Sem o pagamento, a mercadoria será retida. A alíquota de caminhões também será elevada, o que atinge diretamente o consórcio de Belo Monte. O governo do Pará argumenta que os veículos poderiam ser comprados em revendedoras locais. Como os caminhões foram adquiridos da Mercedes Benz em São Paulo, o ICMS arrecadado, cerca de R$ 5 milhões, irá para os cofres paulistas. No mês em que a compra ocorreu, outubro, a Secretaria da Fazenda paraense havia reduzido as alíquotas de ICMS de 17% para 10%, como forma de incentivo. Com a aquisição fora, um novo decreto vai restaurar os valores antigos. Em nota, o consórcio reiterou o compromisso de privilegiar fornecedores do Pará e disse que já contratou, até novembro de 2011, mais de R$ 500 milhões em produtos e serviços no Estado. Afirmou também que a compra foi feita em São Paulo por motivos operacionais da Mercedes-Benz. Segundo a montadora, foi necessário faturar a compra em São Paulo pela rápida disponibilidade dos veículos que permitiu a venda antes do aumento do IPI para carros importados, que começou a valer no último dia 16.

Revista vai publicar lista de torturadores da ditadura militar no Brasil

A "Revista de História" da Biblioteca Nacional de janeiro mostrará lista de 233 policiais e militares que teriam torturado presos políticos no governo Ernesto Geisel (1974-1979). O documento, de 1976, faz parte do acervo pessoal do líder comunista Luís Carlos Prestes (1898-1989). Segundo Vivi Fernandes de Lima, autora da reportagem, ele teria sido elaborado por um comitê de solidariedade aos perseguidos políticos e teve como base depoimentos de torturados. A lista não foi divulgada na época por causa da censura, segundo Lima. Entre os citados estão militares que aparecem em outras listas, como o então major Carlos Alberto Brilhante Ustra. A mulher de Ustra, Joseíta, disse à coluna que seu marido não se manifesta sobre o tema, seguindo determinação de seus advogados. Os nomes serão divulgados no site da revista a partir do dia 1º de janeiro de 2012.

Senado do Uruguai aprova legalização do aborto

O Senado uruguaio aprovou nesta terça-feira, na última sessão do ano, o projeto que legaliza o aborto nas primeiras 12 semanas de gestação, e enviou o projeto para a Câmara dos Deputados. Após nove horas de debate, o projeto foi aprovado por 17 dos 31 senadores presentes, com amplo apoio da bancada governista Frente Ampla (esquerda) e um voto de senador do Partido Nacional, de oposição. "A lei vigente é ineficaz, discriminatória e injusta, por que algumas mulheres podem levar adiante suas decisões e outras, não", disse a senadora Mónica Xavier. Ela explicou que a medida constitui "um mecanismo de garantia de que a mulher que não pode prosseguir com a gravidez tenha as mesmas garantias da mulher que levou a gravidez a termo". Segundo o projeto, "toda mulher maior de idade tem o direito de decidir pela interrupção voluntária da gravidez durante as primeiras doze semanas de gestação". O prazo não se aplica se a gravidez foi produto de estupro, se há risco para a saúde da mulher ou se existem "problemas fetais graves, incompatíveis com a vida fora do útero". Todos os serviços de saúde, públicos e privados, terão a obrigação de realizar o aborto de forma gratuita se forem solicitados.