terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Agergs aprova reajuste em pólos de pedágio de Carazinho e Santa Cruz do Sul

O Conselho Superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul aprovou reajuste de 11,6% para veículos de passeio nos pólos de pedágio de Carazinho e Santa Cruz do Sul. Com isso, as tarifas passarão de R$ 6,00 a R$ 6,70. Os dois pólos também foram autorizados a aumentar em 12% o valor cobrado de veículos comerciais. Ambos haviam sido devolvidos ao governo federal no governo de Yea Crusius (PSDB), mas voltaram a ser responsabilidade do Estado no governo atual, após assinatura de um Termo Aditivo com a União. Agora o governo petista de Tarso Genro aumenta mais uma vez o valor dos pedágios. Nos próximos dias, a Agergs avaliará os processos dos pedágios da Região Metropolitana, de Caxias do Sul e de Lajeado, que já operam com o reajuste, conquistado na Justiça. A solicitação do pólo de Vacaria teve a votação postergada.

Contrariada, Dilma vai trocar cinco membros da Comissão de Ética

A abertura de processo pela Comissão de Ética Pública da Presidência contra o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, deverá precipitar a troca de cinco dos sete integrantes do órgão no meio deste ano, quando terminam os mandatos. A postura da comissão contrariou novamente a presidente Dilma Rousseff, responsável pela decisão de trocar parte dos integrantes. Três dos conselheiros poderiam ser reconduzidos, mas o Planalto está determinado a trocá-los. O presidente da comissão, José Paulo Sepúlveda Pertence, no entanto, não será atingido pelas mudanças. O mandato de Pertence só vencerá em dezembro do ano que vem, quando ele deixará a comissão porque já foi reconduzido. A exemplo do que ocorreu no ano passado, quando a comissão abriu processo contra o ex-ministro Antonio Palocci, Dilma foi "surpreendida" com a abertura da sindicância contra Pimentel, outro ministro muito ligado a ela. A presidente entende que a comissão está "extrapolando" em suas funções ao tomar decisões contra seus ministros, na avaliação dela apenas com base em denúncias de jornais, sem uma apuração concreta. Na segunda-feira, apesar de integrantes do governo tentarem saber a pauta da reunião, a comissão não repassou a informação, irritando auxiliares da presidente, principalmente quando viram o teor da decisão, já tarde da noite. O Planalto entende que Dilma precisava ser avisada de decisões tomadas pela comissão, antes que elas fossem repassadas à imprensa. Essa queixa já havia sido feita à comissão em dezembro, quando o colegiado, em decisão inédita, recomendou à presidente que demitisse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Hoje a comissão está com seis dos sete integrantes nomeados. Entre junho e julho deste ano, vencem os mandatos de Roberto Caldas, José Ernanne Pinheiro, Humberto Gomes de Barros, Marília Muricy Pinto e Fábio Coutinho. Roberto Caldas e José Ernanne já foram reconduzidos uma vez e não podem mais permanecer no cargo. Os demais poderiam ser conduzidos por mais três anos, mas a presidente Dilma poderá substituí-los por outros, como é o caso da Marília Muricy, que tem sido a mais criticada pelo governo.

PR quer ministério para voltar à base aliada de Dilma

As bancadas do PR no Senado e na Câmara receberam nesta terça-feira um convite do Palácio do Planalto para voltar oficialmente à base aliada. O partido, no entanto, espera uma definição do governo sobre a retomada de um ministério para dar uma resposta. O PR deixou a base aliada do governo Dilma Rousseff há sete meses, após a crise que derrubou a cúpula da legenda do setor de transportes. O presidente do partido, senador Alfredo Nascimento (AM), deixou o Ministério dos Transportes em meio às acusações de superfaturamento de obras e recebimento de propina envolvendo servidores e órgãos ligados à pasta. O ministério foi entregue a Paulo Sérgio Passos, filiado ao partido, mas considerado uma indicação da cota pessoal da presidente. Os líderes do PR na Câmara, deputado Lincoln Portela (MG), e no Senado, Blairo Maggi (MT), foram recebidos nesta terça-feira pela ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) no Palácio do Planalto. A conversa acabou sem uma definição. O PR quer ainda uma conversa com Dilma. "Ministério é o que temos em nosso horizonte. Temos tamanho suficiente para isso", disse Maggi.

CNJ fará consulta para definir participação de juízes em eventos

O Conselho Nacional de Justiça pretende realizar consulta pública para discutir regras sobre a participação de magistrados em eventos patrocinados. A criação de regras sobre o tema foi analisado pelo conselho nesta terça-feira a partir de proposta da corregedora do CNJ, ministra Eliana Calmon. Por maioria, porém, o conselho decidiu ouvir as manifestações da sociedade e dos segmentos diretamente envolvidos, como os tribunais locais e associações de magistrados. "Há uma dificuldade para o magistrado em detectar quais são os patrocinadores de um determinado evento e isso começa a desgastar o Poder Judiciário", afirmou a ministra Eliana Calmon. A forma como a consulta será feita, incluindo os segmentos da sociedade que serão ouvidos, ainda deverão ser detalhados pela Corregedoria. O presidente do CNJ, ministro Cezar Peluso, também se manifestou contrário à edição destas normas por meio de uma resolução. Segundo o ministro, caso o plenário decida pela edição de alguma norma específica sobre os limites éticos da participação de magistrados em eventos, as mudanças deveriam ser feitas no Código de Ética da Magistratura. Se a proposta levada pela corregedora for aprovada, os juízes não poderão viajar ou se hospedar em hotéis com as despesas pagas por empresas.

Aeronáutica autua dona do jato que colidiu com avião da Gol

A Junta de Julgamento da Aeronáutica decidiu autuar a empresa ExcelAire, dona do jato executivo Legacy que se chocou com um avião da Gol, em 2006, provocando o acidente que matou 154 pessoas. De acordo com a Comunicação Social da Aeronáutica, a empresa já foi informada da decisão e poderá apresentar defesa. A empresa foi autuada por descumprimento de vários pontos da legislação de tráfego aéreo, como o preenchimento incorreto do plano de vôo e por voar com o transponder desligado. O equipamento informa a posição exata da aeronave aos controladores de vôo. O valor da multa só será decidido depois do julgamento. A ExcelAire já havia sido multada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em R$ 7 mil. A agência também multou em R$ 3,5 mil os pilotos norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, que comandavam o jato Legacy. Também está em andamento no Tribunal Regional Federal em Brasília o processo criminal contra os dois pilotos. Na primeira instância, eles foram considerados culpados pelo acidente e condenados a quatro anos e quatro meses de prisão, com reversão de pena para prestação de serviços comunitários em uma entidade brasileira nos Estados Unidos.

Conselho aposenta desembargador de tribunal do Rio de Janeiro

O Conselho Nacional de Justiça decidiu nesta terça-feira aposentar compulsoriamente o desembargador Roberto Wider, ex-corregedor do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Ele é acusado de participação em um esquema de favorecimento a empresários e tabeliães de cartórios. Segundo investigação do Conselho Nacional e Justiça, Wider teria beneficiado dois advogados do empresário e lobista Eduardo Raschkovsky, acusado de intermediar a venda de sentenças na Justiça do Rio de Janeiro, ao selecioná-los para assumir interinamente a vaga em cartórios do Estado. O desembargador estava afastado do cargo pelo Conselho Nacional de Justiça desde janeiro de 2010, depois de o então corregedor, Gilson Dipp, ter identificado, durante uma inspeção, indícios de irregularidades na atuação de Wider. A decisão do Conselho Nacional de Justiça foi aprovada por 12 votos a 2. O relator do caso no conselho, Tourinho Neto, foi derrotado ao lado do conselheiro Silvio Rocha. A aposentadoria compulsória, punição máxima no Conselho Nacional de Justiça, ocorre uma semana depois de o Supremo Tribunal Federal reconhecer os poderes da Corregedoria do órgão de abrir investigação contra magistrados.

Navio bate no porto de Santos e interrompe embarque de grãos

Um navio colidiu com o equipamento de carregamento de grãos no complexo portuário de Santos, na noite de segunda-feira, interrompendo os embarques temporariamente no principal ponto de exportação de soja e milho do Brasil, segundo autoridades portuárias. O graneleiro Milagro, de bandeira maltesa, colidiu e danificou dois dos quatro carregadores do terminal de grãos do Guarujá, no complexo do maior porto da América Latina, disse a autoridade portuária por meio de um porta-voz. A porta-voz do TGG disse que um carregador foi "totalmente destruído" e que a companhia está tentando retomar a movimentação de cargas no local. O TGG representa cerca de metade das exportações de soja do porto, além de embarcar farelo de soja e milho. O acidente ocorre no momento em que a colheita da nova safra de soja do Brasil, segundo produtor global, está em seu início. O País deverá colher cerca de 70 milhões de toneladas, abaixo do recorde de 75 milhões do ano passado, por conta de uma seca no Sul. Mas a safra de milho está estimada para ser recorde, de cerca de 60 milhões de toneladas, com um aumento grande do plantio.

PSDB diz que há chances concretas de Serra ser candidato em São Paulo

A possibilidade de o ex-governador José Serra (PSDB) lançar-se na disputa pela prefeitura de São Paulo ganhou força dentro do PSDB nesta terça-feira, último dia de inscrição na prévia partidária. Segundo o presidente do diretório municipal de São Paulo, Julio Semeghini, "há chance concreta" de Serra ser candidato. Semeghini disse que Serra ainda não se manifestou oficialmente para a direção partidária se irá concorrer à prefeitura, no entanto, reforçou a chance de o tucano lançar-se. "Para Serra é muito importante estar nessa disputa para retomar o contato com o eleitorado", comentou o tucano, referindo-se à previsível pretensão eleitoral de Serra em disputar a Presidência, em 2014. Segundo o dirigente, a pressão sobre Serra intensificou-se. "Há muitas conversas, muitas pessoas tentando convencê-lo a disputar", afirmou Semeghini, secretário do governo de Geraldo Alckmin.

Presidência da Conab ficará novamente com PTB, Mendes Ribeiro Filho e PMDB não mandam nada

Um acordo com o PMDB vai garantir ao PTB novamente indicar o presidente da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). O ministro Mendes Ribeiro Filho (Agricultura) já foi avisado pelo governo de que terá que aceitar o nome levado pelo líder do PTB na Câmara, deputado federal Jovair Arantes (GO). Até a semana passada, o diretor João Carlos Bona Garcia, ligado ao ministro e filiado ao PMDB, era nome certo para comandar a companhia. Jovair havia perdido força após se envolver numa polêmica com o ministro Guido Mantega (Fazenda) sobre quem nomeou o ex-presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci. Em retaliação, o governo tirou Evangevaldo Santos, seu indicado, do comando da Conab e avisou que ele não faria o sucessor. O cenário virou após o PTB negociar com o líder do PMDB, Henrique Alves (RN), apoio da sigla à candidatura dele à presidência da Câmara em 2013. O vice-presidente da República, Michel Temer (SP), também interferiu em favor do PTB como forma de garantir os votos do partido a Henrique Alves. O petebista apresentou dois nomes ao governo. A escolha deve recair sobre um ex-funcionário da Caixa Econômica Federal ligado ao líder petebista.

Evangélicos rompem com petista Gilberto Carvalho e criticam ministra das mulheres

Senadores, deputados e pastores evangélicos decidiram nesta terça-feira não reconhecer mais o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) como interlocutor do governo com o segmento. Uma das atribuições da pasta de Gilberto Carvalho é conversar com movimentos sindicais e segmentos religiosos. O grupo pediu uma audiência com a presidente Dilma Rousseff para avisá-la da decisão, mas o encontro ainda não foi agendado. Durante palestra no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, no mês passado, Carvalho Carvalho disse que o Estado deve fazer uma disputa ideológica pela "nova classe média", que estaria sob hegemonia de setores conservadores. "Lembro aqui, sem nenhum preconceito, o papel da hegemonia das igrejas evangélicas, das seitas pentecostais, que são a grande presença para esse público que está emergindo", disse. O senador Magno Malta, porta-voz dos evangélicos e da Frente da Família no Congresso, disse que encaminhará a Dilma uma nota de repúdio. Durante reunião entre senadores, deputados e pastores, houve também manifestação de repúdio ao ativismo da nova ministra de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, favorável ao aborto. Foi distribuída carta-compromisso que Dilma assinou no segundo turno das eleições presidenciais, em 2010, se comprometendo a não enviar ao Congresso projetos pró-aborto. Na mensagem aos evangélicos, a então candidata dizia ser "pessoalmente contra o aborto". Magno Malta disse que o segmento não pode "desconfiar" da palavra de Dilma, mas afirmou que os evangélicos lamentam a escolha de Eleonora Menicucci. "Temos o documento assinado por ela dizendo que é contra o aborto. Então, chega a ministra que está indo a ONU com dinheiro público para defender aborto. Vamos construir um documento revelando nossa contrariedade e reiterando nossas posições contra o aborto e a resistência que nós faremos a isso", afirmou Magno Malta. Leia na íntegra a entrevista a ministra aborteira e abortista Eleonora Menicucci http://tinyurl.com/7wjhqz5

Justiça absolve Daniel Dantas e mais 10 em processo por espionagem

A Justiça Federal em São Paulo absolveu o banqueiro Daniel Dantas e mais 10 pessoas investigadas pela Operação Chacal, da Polícia Federal. A decisão foi publicada no site da Justiça e confirmada pelo advogado de Dantas, Luciano Feldens, que disse ainda não ter acessado a decisão: "Ainda não tive acesso à decisão, só ao status do processo que publicou a absolvição dos acusados". A Operação Chacal foi deflagrada em julho de 2004 pela Polícia Federal, após o jornal Folha de São Paulo revelar que a agência americana privada de investigação Kroll havia sido contratada pela Brasil Telecom, na época gerida pelo Opportunity, de Dantas, para investigar as atividades da Telecom Italia e apurar suposta espionagem comercial que poderiam ter atingido membros do governo Lula. A investigação da Polícia Federal apurou suposta ação ilegal da Kroll no País. Na ocasião, a Polícia Federal realizou buscas e apreensões na sede do Opportunity, no Rio de Janeiro, e na residência de Daniel Dantas, entre outros endereços. À época, o Opportunity disputava com a Telecom Italia o controle da Brasil Telecom. Em junho do ano passado, a Justiça derrubou as acusações contra funcionários da empresa Kroll em um dos processos criminais decorrentes da operação da Polícia Feeral. A decisão esvaziava quase por completo a acusação do Ministério Público Federal na ação penal.

Votorantim adianta regra nova e registra prejuízo de R$ 656 milhões

O Banco Votorantim, antigo braço financeiro do grupo industrial da família Ermírio de Morais, teve prejuízo de R$ 656 milhões no último trimestre de 2011, resultado que contrasta com o lucro de R$ 272 milhões no mesmo período do ano anterior. Segundo Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil, que está na gestão do Votorantim, as perdas decorreram essencialmente do adiantamento de uma nova regra contábil do Banco Central que manda os bancos vendedores de carteiras de crédito registrarem os benefícios decorrentes da venda à medida que ocorrem os pagamentos das carteiras. Até então, os bancos registravam a cessão de carteiras em uma única vez. No ano, como um todo, o Votorantim teve prejuízo de R$ R$ 201 milhões. Em 2010, havia tido lucro de R$ 1,015 bilhão. O Banco do Brasil comprou 50% do Banco Votorantim em 2009, logo após o agravamento da crise internacional que dificultou a captação dos bancos de porte médio no Brasil.

Filho de Flávio Dino morre após crise de asma

Marcelo Dino, de 13 anos, filho do presidente da Embratur, Flávio Dino, morreu na manhã desta terça-feira após ser internado com uma crise de asma. Segundo a assessoria de Dino, Marcelo passou mal na segunda-feira, quando estava na escola, e foi levado ao hospital Santa Lúcia, em Brasília. No entanto, durante a madrugada, sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. Ex-deputado federal, Flávio Dino é filiado ao PCdoB e foi candidato ao governo do Maranhão em 2010. Adversário político da família Sarney, chegou a ter o nome cotado para assumir o Ministério do Esporte no ano passado, após a saída de Orlando Silva.

TV paga no Brasil deve dobrar em cinco anos, diz Anatel

O mercado de TV paga no Brasil deve dobrar em cinco anos, para 25 milhões de residências, previu nesta terça-feira o presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), João Rezende. Hoje, esse mercado é de aproximadamente 12 milhões de residências, disse Rezende, após participar de seminário de telecomunicações. "Com a abertura do mercado de TV a cabo, nós podemos dobrar essa capacidade em cinco anos", disse, referindo-se à lei que autorizou a entrada das teles nesse mercado. Segundo o presidente da Anatel, hoje existem 600 pedidos na agência para novos operadores de TV paga, dos mais variados portes.

Israel fica em alerta após atentados contra diplomatas

A polícia israelense colocou em estado de alerta reforçado todo o território do Estado hebreu devido a um atentado que teve como alvo os funcionários da embaixada de Israel na Índia e a uma tentativa na Geórgia, indicou nesta terça-feira seu porta-voz. "A polícia israelense revelou seu estado de alerta e apontou particularmente para locais públicos e setores sensíveis, principalmente as embaixadas estrangeiras e o aeroporto" internacional Ben Gurion de Tel-Aviv, afirmou Micky Rosenfeld. Uma diplomata israelense de 42 anos, esposa do responsável da Defesa na embaixada de Israel na Índia, ficou gravemente ferida na segunda-feira em Nova Déli na explosão de um carro. Três indianos, incluindo o motorista de um carro, ficaram feridos com menor gravidade no ataque efetuado, segundo uma testemunha, por um motociclista que colocou um artefato explosivo na traseira do automóvel estacionado perto da embaixada de Israel pouco antes da explosão. Na Geórgia, a polícia desmontou na segunda uma bomba encontrada no carro de um funcionário da embaixada israelense em Tbilisi. Para Israel, os dois ataques têm a marca do Irã, algo que Teerã desmente.

Morte de Whitney Houston pode não ser esclarecida, dizem peritos

Peritos médicos dizem que vai levar semanas para estabelecer de modo determinado a causa da morte de Whitney e, ao contrário do que mostram seriados de televisão, às vezes a ciência é falível. "Suspeito que a mídia popular tenha tornado os exames toxicológicos quase tão mágicos quanto todo o resto", disse à Reuters o Dr. Andrew Baker, presidente da Associação Nacional de Examinadores Médicos, dos Estados Unidos. "Tenho certeza de que há séries de TV em que eles esguicham sangue em uma máquina e cinco segundos depois obtêm um documento com todas as drogas que a pessoa tomou. Mas não funciona desse modo", disse Baker, que também é chefe do setor de exames médicos do Condado Hennepin, no Estado de Minnesota. Como foi o caso de Michael Jackson em 2009, ou da cantora britânica Amy Winehouse no ano passado, exames toxicológicos estão agora sendo feitos em Whitney e podem se passar até oito semanas para que deem um resultado. A suspeita inicial sobre a morte de Whitney aos 48 anos na tarde de sábado em um hotel de Beverly Hills era a de uma overdose de drogas, por causa do histórico dela de vício em drogas e álcool. "Primeiro achei que ela tivesse tido uma overdose de crack ou cocaína", disse Mark McBride, advogado de Beverly Hills. Uma autópsia foi realizada no domingo por legistas de Los Angeles e na segunda-feira a polícia confirmou que Whitney havia sido encontrada submersa em uma banheira. Medicação vendida sob prescrição também foi achada em seu quarto. O cunhado da cantora, Billy Watson, rejeitou que ela tivesse cometido suicídio. Baker, que não está envolvido na investigação da morte da cantora, disse que as autópsias iniciais são boas para estabelecer ou descartar causas de morte como trauma, doenças cardíacas, aneurisma ou rupturas do cérebro. "A autópsia deve descartar 95 por cento das coisas", disse. "Mas quando se trata de diagnosticar qualquer tipo de envenenamento ou intoxicação ou overdose, fica por conta dos exames de laboratório".

Aliado do PSD, Luiz Marinho diz que PT deve acelerar acordo em São Paulo

O prefeito de São Bernardo do Campo, o petista Luiz Marinho, afirmou nesta terça-feira que o PT deve acelerar a definição do acordo com o PSD de Giberto Kassab sobre a possível aliança com Fernando Haddad na disputa pela prefeitura de São Paulo. "O PT tem que acelerar o debate com o PSD em São Paulo para que o PSDB não venha colocar areia nele", afirmou o petista. Candidato à reeleição e cotado para ser o possível candidato lulista ao governo paulista em 2014, Marinho já garantiu uma coligação com o PSD. Para Marinho, se Kassab já estiver definido com o PT, ele não terá como apoiar Serra. "Se estiver fechado, não tem retorno", disse Marinho, que participou do evento do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana, órgão que é presidido por Kassab.

Vale retoma operação em mina no Canadá

A Vale informou nesta terça-feira que até o final do mês vai retomar totalmente suas operações na mina subterrânea de níquel em Sudbury, Canadá, onde o funcionário da empresa morreu em acidente no final de janeiro. Segundo a mineradora, foram implementadas melhorias nos seus padrões de segurança e a produção está sendo retomada gradualmente. A Vale disse não esperar nenhum impacto na produção anual de níquel refinado por conta da parada temporária. A mina pertencia à Inco, comprada pela Vale em 2006. A unidade, batizada de Stobie, fica na cidade de Sudbury, a cerca de 380 quilômetros de Toronto. A Vale coleciona um histórico de problemas em Sudbury, pólo produtor de níquel no Canadá. Após a compra da Inco, a companhia enfrentou uma greve que durou um ano e meio em uma das minas da região. Isso derrubou a produção de níquel e afetou a rentabilidade da operação canadense da mineradora.

Brasil aplica sobretaxa a cobertores do Paraguai e do Uruguai

O Brasil estendeu o direito antidumping (valor pago a mais sobre produto de determinado país) que já aplicava sobre os cobertores de fibras sintéticas da China para os que vêm do Paraguai e do Uruguai. A medida foi adotada após investigação pedida pela empresa Jolitex. A medida, publicada no Diário Oficial da União, foi tomada porque se constatou que a China estava exportando tecido para esses países, que somente montavam os cobertores e os mandavam para o Brasil. A decisão também prevê sobretaxa à importação pelo Brasil de tecidos de felpas longas originários da China, já que se concluiu que importadores também estavam somente montando cobertores no Brasil para escapar do antidumping. Os cobertores que vêm do Uruguai e do Paraguai passarão a pagar sobretaxa de US$ 5,22 por quilo.

Líder do DEM diz que Mantega deve ir ao Senado após o Carnaval

O líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), disse nesta terça-feira que o ministro Guido Mantega (Fazenda) deve comparecer ao Senado após o Carnaval. Torres afirmou que foi procurado pel presidente da Comissão de Assuntos Econômicos, Delcídio Amaral (PT-MS), que o informou que o ministro virá à comissão para fazer uma avaliação do cenário internacional depois do feriado. A audiência com o ministro deve acontecer no dia 14 de março, na Comissão de Assuntos Econômicos. Essa exposição é feita tradicionalmente na reabertura dos trabalhos da comissão todo ano. Na reunião, Mantega poderá ser questionado sobre as denúncias de corrupção na Casa da Moeda que derrubaram Luiz Felipe Denucci. A oposição tenta levar o ministro ao Congresso para dar explicações sobre o caso, mas o requerimento ainda não foi analisado. Denucci foi exonerado após o governo descobrir que a Folha fazia reportagem sobre esquema com contas no exterior e "offshores".

Kassab diz que seria desconfortável falar em candidatura Serra

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) disse nesta terça-feira que depende do ex-governador José Serra (PSDB) a decisão de sair candidato à Prefeitura de São Paulo. "É desconfortável falar em candidatura porque todos sabem a relação que tenho com ele, não apenas no plano pessoal, mas principalmente no plano político e, em especial na cidade de São Paulo, no plano administrativo", disse Kassab. Ao mesmo tempo em que negocia uma aliança com o PT para apoiar Fernando Haddad na disputa, o prefeito lembrou que costuma chamar sua administração de "Serra-Kassab". Eleito prefeito em 2004 com Kassab como vice, o tucano deixou a prefeitura para se eleger governador em 2006. Segundo Kassab, Serra disse a ele, até o momento, que não será candidato e, por isso, seria despeitoso falar no apoio ao tucano. O prefeito voltou a criticar uma decisão "tardia" sobre a eleição. "Uma candidatura quando é colocada tardiamente você leva uma desvantagem muito grande em relação aos outros candidatos", disse Kassab, que participou de um encontro do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana.

Carteira de financiamento de veículos cresce 23% em um ano

O saldo de financiamento de veículos novos e usados por meio de CDC atingiu R$ 172,9 bilhões em dezembro, com crescimento de 23,2% em um ano, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pela Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras). Essa modalidade respondeu por metade das formas de pagamento de automóveis e comerciais leves em 2011. Já as vendas à vista representaram 38% do total. A carteira de leasing - escolhido por outros 5% - mantém a trajetória de declínio, com queda de 39,3% nesse intervalo, para R$ 27,7 bilhões. A taxa de inadimplência, considerando atrasos acima de 90 dias, em operações de CDC chegou a 5% do saldo da carteira de crédito, ante 2,5% no final de 2010. "O consumidor nem sempre está suficientemente bem informado antes de assumir um financiamento, esquecendo-se de que o veículo acarreta outras despesas além da prestação mensal, como IPVA, combustível, pedágio e custos com manutenção periodica", afirma Décio Carbonari de Almeida, presidente da Anef. Para os bancos, destaca o executivo, "não é interessante reaver o bem devido à inadimplência, já que, na maior parte das vezes, os veículos retomados chegam depreciados, com débitos de IPVA e multas. O levantamento mostrou ainda que a média dos planos de venda a prazo oferecidos aos clientes foi de 41 meses em dezembro, ante 44 meses em 2010.

Procuradoria é contra a retirada de conta o Twitter de quem avisa sobre blitze

O Ministério Público Federal em Goiás protocolou nesta terça-feira um parecer contrário à ação civil pública que pede que o Twitter retire do ar as contas que informam locais de blitze da lei seca. Na semana passada, a Advocacia-Geral da União ingressou com uma ação civil pública contra o Twitter Inc e os titulares de três contas que informavam locais de blitze da lei seca, onde há radares e outras operações policiais no Estado de Goiás. A medida valeria apenas para esse Estado. A ação da AGU solicita também uma multa diária de R$ 500 mil por descumprimento, caso a Justiça Federal de Goiás conceda liminar favorável. A AGU argumentou na ocasião que a fiscalização exerce um papel importante na redução do número de acidentes de trânsito e também no combate a outros crimes. O parecer da Procuradoria, assinado pelo procurador regional dos Direitos do Cidadão, Aílton Benedito, defende que a obrigatoriedade de retirar essas contas do ar viola a Constituição, em relação à liberdade de informação, e ainda não alcançaria resultados práticos. "Qualquer provimento nos termos postulados seria inútil, porque não seria capaz de impedir o livre fluxo dessas informações, não seria capaz de impedir a utilização de outras redes sociais para difundir as mesmas informações", disse o procurador. Benedito também argumenta em seu parecer que não é possível juridicamente uma medida para impedir o livre fluxo de informações entre as pessoas. "Não há sigilo acobertando essas mídias, então não há por que impedir que informações sobre elas possam ser comunicadas entre as pessoas. Uma medida assim viola a constituição em diversos aspectos", completa. O procurador ressalta, no entanto, que não se posiciona contra as blitze da lei seca. Benedito argumenta que a forma de abordagem em relação a esse assunto deveria ser diferente. "Não é impedindo a circulação de informação que você vai conseguir ter resultados, fazer com que menos pessoas dirijam após terem ingerido bebida alcoólica. O que precisa ser feito é conscientizar os motoristas", completa.

Presidência da Conab ficará novamente com PTB, Mendes Ribeiro e PMDB não mandam nada

Um acordo com o PMDB vai garantir ao PTB novamente indicar o presidente da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). O ministro Mendes Ribeiro Filho (Agricultura) já foi avisado pelo governo de que terá que aceitar o nome levado pelo líder do PTB na Câmara, deputado federal Jovair Arantes (GO). Até a semana passada, o diretor João Carlos Bona Garcia, ligado ao ministro e filiado ao PMDB, era nome certo para comandar a companhia. Jovair havia perdido força após se envolver numa polêmica com o ministro Guido Mantega (Fazenda) sobre quem nomeou o ex-presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci. Em retaliação, o governo tirou Evangevaldo Santos, seu indicado, do comando da Conab e avisou que ele não faria o sucessor. O cenário virou após o PTB negociar com o líder do PMDB, Henrique Alves (RN), apoio da sigla à candidatura dele à presidência da Câmara em 2013. O vice-presidente da República, Michel Temer (SP), também interferiu em favor do PTB como forma de garantir os votos do partido a Henrique Alves. O petebista apresentou dois nomes ao governo. A escolha deve recair sobre um ex-funcionário da Caixa Econômica Federal ligado ao líder petebista.

Marcos Valério, operador do Mensalão do PT é condenado a 9 anos de prisão por sonegação

O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza, operador o Mensalão do PT, e seus ex-sócios na agência de publicidade SMP&B, também envolvidos no escândalo do Mensalão do PT, foram condenados pela Justiça Federal em Belo Horizonte a mais nove anos de prisão pela prática de crimes financeiros. Em sentença proferida no último dia 7, e divulgada nesta terça-feira, o juiz substituto da 11ª Vara Federal, Henrique Gouveia da Cunha, condenou Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Cardoso pela prática dos crimes de sonegação fiscal, cujo montante somaria R$ 90 milhões, e falsificação de documentos públicos, como notas fiscais. Eles vão recorrer em liberdade. A decisão da Justiça é mais um desdobramento do caso do Mensalão do PT em vários outros processos. Em outubro do ano passado, Marcos Valério e Paz foram condenados a seis anos de prisão por prestar informações falsas ao Banco Central. Segundo o Ministério Público Federal, logo após ter vindo à tona o escândalo do Mensalão o PT, em junho de 2005, a SMP&B, empresa que era usada no esquema de repasse de dinheiros ao PT e a políticos ligados ao governo, sofreu fiscalização da Receita Federal que apurou uma série de ilegalidades fiscais. As irregularidades denunciadas foram nos anos de 2003 e 2004, quando já estaria em ação o esquema financeiro que favoreceu o PT. "Outra fraude detectada pela Receita Federal diz respeito à movimentação bancária efetuada pela empresa junto a diversos bancos: vultosos recursos entraram e saíram de suas contas, a maioria deles lançados a título de empréstimos para o PT, mas com registros incorretos na contabilidade original da SMP&B", afirma o Ministério Público em nota na qual divulgou a condenação.

Israel autoriza construção de centro turístico em Jerusalém Oriental

A cidade de Jerusalém autorizou a construção de um centro turístico em um vasto parque arqueológico com temática bíblica em Silwan, bairro árabe de Jerusalém Oriental, anunciou o ministério do Interior israelense. O projeto prevê a construção de um complexo turístico de 5.000 metros quadrados, com salas de exposição de vestígios arqueológicos, salas de conferência e loja de souvenir. No local, onde foram encontrados nos últimos anos vestígios arqueológicos da época do Segundo Templo judeu de Jerusalém, assim como da época romana e bizantina, serão organizadas visitas guiadas. A área, batizada de "Cidade de Davi", fica ao sul do muro da Cidade Antiga de Jerusalém e era utilizada antes como estacionamento. As obras permitirão receber mais de 1,5 milhão de visitantes por ano, segundo o ministério.

Petrobras reduz previsão de produção de petróleo em 2012

A produção da Petrobras este ano deverá ser melhor do que do ano passado, mas fatores recorrentes podem atrapalhar novamente o desempenho financeiro da estatal em 2012, como a importação de derivados para atender ao avanço da demanda no mercado interno. Entre esses fatores, há ainda o pagamento de Participações Especiais cada vez maiores pelo aumento de produtividade dos campos. No ano passado, a produção média diária da Petrobras foi de 2,021 milhões de barris, abaixo dos 2,1 milhões estimados inicialmente e apenas 1% superior a 2010, quando também ficou abaixo da previsão. Para este ano ainda não há uma meta, segundo informou ontem a nova presidente da empresa, Graça Foster. A estatal estima, entretanto, alcançar um volume de 336 mil barris por dia, inferior ao valor previsto inicialmente, de 480 mil barris por dia. Em teleconferência nesta terça-feira para debater o resultado do quarto trimestre de 2011, que decepcionou o mercado por ficar bem abaixo das estimativas, o diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa, tentou explicar o descasamento das projeções dos analistas. Barbassa apontou fatores como efeito cambial, aumento da participação de importados nas vendas da empresa, desconsolidação de controladas em conjunto para se adaptar a novas normas contábeis, baixa nos poços secos, entres outros. O lucro da Petrobras no quarto trimestre do ano passado foi de R$ 5 bilhões, queda de 52% ante igual período do ano anterior e metade do esperado pelo mercado. O fraco crescimento da produção no período foi um dos fatores que impediram um lucro maior, segundo Barbassa, afetado por paradas não programadas em função de uma fiscalização mais rigorosa da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O resultado do quarto trimestre vem castigando as ações da companhia, que despencaram cerca de 8% na segunda-feira. Para garantir o aumento de produção a empresa vai investir R$ 87,5 bilhões este ano, 21% a mais do que em 2010, sendo 48% em exploração e produção. Além de paradas para manutenção sob controle, a Petrobras prevê dobrar o número de sondas no pré-sal da bacia de Santos até o final do ano, hoje com 10 unidades em operação. A região do pré-sal, descoberta em 2007, já contribui com cerca de 10% da produção da Petrobras, ou cerca de 200 mil barris diários de petróleo. A plataforma P-56, instalada no campo de Marlim Sul, na bacia de Campos, por exemplo, vai ter a produção média elevada de 17 mil barris por dia em 2011 para 105 mil barris por dia ainda este ano, informou Barbassa. O plano piloto do campo de Lula, na bacia de Santos, deverá atingir seu potencial máximo até o final do ano, de 100 mil barris diários (média de 44 mil b/d para a Petrobras no ano, que tem 65% de participação), depois da perfuração do quarto poço nesse primeiro semestre. Para o pré-sal ainda estão previstas as chegadas das plataformas tipo FPSO (flutuantes) Cidade Anchieta, para o campo de Baleia Azul, na bacia de Campos; e o FPSO Cidade Itajaí, para as áreas de Tiro e Sidon, na bacia de Santos. A previsão é que a primeira unidade contribua com 25 mil b/d e a Itajaí com 11 mil b/d a partir do terceiro trimestre. A plataforma P-57, que entrou em operação no campo de Jubarte (bacia de Campos) no final de 2010, passará de média de 80 mil b/d em 2011 para 151 mil b/d em 2012. O projeto Varredura, que visa aproveitar sistemas já em operação para ligar novos poços e elevar a produção, vai adiconar mais 31 mil b/d. Estão previstas ainda para o final de 2012 o início de produção da plataforma Cidade de São Paulo no campo de Sapinhoá (BM-S-9), no pré-sal da bacia de Santos, e o início do Teste de Longa Duração de Franco (cessão onerosa). Já a entrada em operação da P-55, plataforma que está sendo construída no Estaleiro Atlântico Sul e que era para ter sido entregue no ano passado, só deve chegar em 2013.

Lucro do Banrisul cai 1,30% no quarto trimestre de 2011

O Banrisul, banco público do Estado do Rio Grande do Sul, registrou uma queda do lucro líquido de 1,30% no quarto trimestre do ano passado na comparação com o mesmo período do ano anterior, com resultado de R$ 227 milhões ante R$ 230 milhões em 2010. Na comparação com o resultado do trimestre imediatamente anterior (R$ 239 milhões), houve uma queda do lucro líquido de 5,02%. Ao se considerar todo o ano de 2011, entretanto, o lucro líquido do Banrisul totalizou R$ 904 milhões, 22% maior do que os ganhos acumulados em 2010, que foram de R$ 741 milhões. A carteira de crédito total do banco cresceu 19,73% ao longo do ano passado, atingindo R$ 20,393 bilhões. No último trimestre de 2011, o avanço da carteira foi de 3,76%. O índice de inadimplência (para dívidas superiores a 60 dias) ficou em 2,76% no final do quarto trimestre, mesmo percentual para o consolidado do ano. No terceiro trimestre de 2011, o indicador atingiu 2,88%, e no fim de 2010, era de 2,45%. O banco gaúcho aumentou em R$ 216 milhões as provisões para operações de crédito entre dezembro de 2010 e dezembro 2011, totalizando R$ 1,318 bilhão ao fim do ano passado. No final de janeiro, o Banrisul definiu o preço de um lançamento de US$ 500 milhões em títulos emitidos no exterior, com rendimento ao investidor de 7,5% ao ano. Este banco estatal, agora, passou a patrocinar festinhas do PT, e Ministério Público do Estado, assim como Tribunal de Contas, nada dizem.

Alemanha deve receber 10 mil estudantes brasileiros até 2014

Cerca de 10 mil estudantes brasileiros devem ser recebidos nas universidades alemãs até 2014 como parte do programa Ciência Sem Fronteiras. Em visita ao Brasil, o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, anunciou que seu país vai participar do projeto. O chanceler brasileiro, Antonio Patriota, também aposta no acordo para qualificar o ensino nas universidades brasileiras como uma parceria de longo prazo. "A iniciativa nos dá certeza que as duas sociedades continuarão estabelecendo laço de cooperação por muito tempo". O programa Ciência sem Fronteiras, lançado pelo governo federal em 2011, visa a qualificar estudantes de graduação e pós-graduação no Exterior, além de aumentar a presença de pesquisadores estrangeiros no Brasil.

Técnico Mano Menezes chama Ronaldinho e deixa Kaká fora de amistoso com Bósnia

O técnico Mano Menezes convocou no final da manhã desta terça-feira a seleção brasileira para o amistoso contra a Bósnia Herzegovina, no dia 28, em St. Gallen, na Suíça. Uma das novidades foi o goleiro Rafael, do Santos. Porém, chamaram mais atenção a presença do meia-atacante Ronaldinho, em fase conturbada no Flamengo, e a ausência do colega de posição Kaká, que voltou a atuar no Real Madrid e estava na última lista, quando foi cotado por lesão. Mano Menezes está construindo um desastre, a cada vez que convoca o ex-atleta Ronaldinho. O volante Lucas Leiva, do Liverpool, titular de Mano Menezes, está machucado. Além dele, ficaram fora em relação à lista anterior, o goleiro Neto (Fiorentina), o lateral direito Fábio (Manchester United), o volante Luiz Gustavo (Bayern Munique), os meias Dudu (Dínamo de Kiev), Bruno César (Benfica) e Willian (Shahtar Donetsk), e o atacante Kleber (Porto). "É uma questão de opinião, de avaliação. Não tenho que explicar todos os jogadores. Espero que vocês respeitem a minha opinião", disse Mano ao ser perguntado sobre Kaká. Ele que se abrace com Ronaldinho e espere pelo resultado!...Veja a lista completa dos 23 atletas: Goleiros - Diego Alves (Valencia), Júlio César (Inter de Milão) e Rafael (Santos); Laterais - Adriano (Barcelona), Alex Sandro (Porto), Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Porto) e Marcelo (Real Madrid); Zagueiros - David Luiz (Chelsea), Dedé (Vasco), Luisão (Benfica) e Thiago Silva (Milan); Meio-campistas - Elias (Sporting), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Ganso (Santos), Hernanes (Lazio), Lucas (São Paulo), Ronaldinho (Flamengo) e Sandro (Tottenham); Atacantes - Hulk (Porto), Jonas (Valencia), Leandro Damião (Internacional) e Neymar (Santos).

Santorum e Romney empatam na corrida eleitoral republicana

O ex-senador Rick Santorum chegou a uma situação de empate técnico com o ex-governador Mitt Romney nas pesquisas relativas à disputa pela indicação do Partido Republicano à Casa Branca, e desponta como favorito na eleição primária do Estado de Michigan, que será realizada no dia 28. Recebendo a adesão de eleitores evangélicos brancos e de aliados ao movimento conservador Tea Party, Santorum registrou uma rápida ascensão e agora aparece dois pontos percentuais à frente de Romney (30% x 28%) na pesquisa nacional divulgada na segunda-feira pelo Pew Research Center. Na pesquisa Gallup em nível nacional Santorum está apenas dois pontos percentuais atrás de Romney (32% x 30%), mas ele lidera por 15 pontos em Michigan, onde Romney nasceu e era antes visto como favorito. Com uma campanha mais rica e bem organizada, Romney é visto há meses como favorito para vencer a disputa e enfrentar o presidente Barack Obama, do Partido Democrata, na eleição de 6 de novembro. Mas, na semana passada ele sofreu derrotas surpreendentes para Santorum em três Estados. Eleitores conservadores que consideram Romney moderado demais podem estar se aglutinando em torno de Santorum, que parece se beneficiar das recentes polêmicas entre republicanos e democratas a respeito de aborto, casamento gay e contracepção. Na pesquisa Pew, Santorum tem quase o dobro das intenções de voto de Romney entre apoiadores do Tea Party e cristãos evangélicos brancos. Mas o dado mais preocupante para Romney provavelmente é a pesquisa do Public Policy Polling em Michigan, onde seu pai foi governador na década de 1960. Ali, Santorum lidera por 38% x 23%. Os dois candidatos fazem campanha por lá nesta semana. Falando na segunda-feira no Arizona, Romney evitou citar Santorum, preferindo criticar uma nova proposta orçamentária de Obama e salientar suas próprias credenciais conservadoras. O Arizona também faz sua primária no dia 28, e Romney é favorito. A pesquisa Gallup se baseou em 1.162 entrevistas telefônicas feitas a partir de 8 de fevereiro com eleitores republicanos e de tendência republicana.

Companhia aérea Azul compra mais 10 jatos Embraer 195

A Embraer anunciou nesta terça-feira que a companhia aérea Azul acertou a compra de mais 10 jatos modelo 195 via confirmação de opções, quatro meses depois de ter adquirido 11 aviões do mesmo modelo. O valor da última encomenda da terceira maior companhia aérea do País, a preços de tabela, é de US$ 478 milhões. Os dez aviões terão 118 assentos em uma única classe, e as entregas começarão em 2015. O acordo eleva o total de aviões Embraer contratados pela Azul para 62, dos quais 57 do modelo 195 e 5 do modelo 190. Segundo a fabricante, do total de jatos, 33 estão em operação, juntamente com outras cinco unidades do 190 adquiridos pela Azul de outras empresas. Separadamente, a fabricante brasileira anunciou que a companhia aérea Belavia, da Bielorrússia, fez acordo durante a feira de aviação de Cingapura para operar dois jatos modelo 175, com parte de programa de renovação de frota. A empresa arrendou os jatos Embraer da Air Lease Corporation, dos Estados Unidos. O primeiro avião tem entrega prevista para setembro de 2012. Além disso, a chinesa Minsheng Financial Leasing, uma das maiores empresas de leasing de jatos executivos da China, assinou acordo envolvendo três jatos Lineage 1000 da Embraer.