segunda-feira, 2 de julho de 2012

Exportação de petróleo do Brasil cai 37% em junho

As exportações de petróleo do Brasil em junho caíram 37% em relação ao mesmo período do ano passado, informou a Secretaria de Comércio Exterior nesta segunda-feira. O volume exportado em junho somou 1,498 milhão de toneladas, contra 2,372 milhões de toneladas no mesmo mês de 2011. As exportações em maio também caíram em relação ao mês anterior. O volume vendido em junho foi 35% inferior às vendas externas de maio de 2012, quando atingiram 2,37 milhões de toneladas. A receita com vendas de petróleo ao exterior foi de 1,065 bilhão de dólares em junho, ante 1,776 bilhão de dólares no mesmo mês de 2011 e 1,779 bilhão de dólares em maio de 2012.

Uruguai é contra ingresso da Venezuela no Mercosul

O ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Luis Almagro, disse nesta segunda-feira que o país é contra a entrada da Venezuela "nessas circunstâncias" no Mercosul, após o impeachment do bispo esquerdopata priápico Fernando Lugo, no Paraguai, mas não quis exercer o poder de veto no bloco. Na cúpula do Mercosul realizada em Mendoza na última sexta-feira, os estados membros marcaram uma "reunião especial" para o dia 31 de julho, no Rio de Janeiro, para incorporar a Venezuela ao bloco. A decisão veio depois de o Paraguai ser suspenso após o impeachment do presidente Fernando Lugo, em 22 de junho. A entrada da Venezuela no Mercosul não havia sido ratificada pelo Senado do Paraguai, o que aconteceu nos legislativos da Argentina, Brasil e Uruguai.

Exportação de minério de ferro soma 25,88 milhões toneladas em junho

As exportações de minério de ferro do Brasil em junho somaram 25,88 milhões de toneladas, contra uma venda externa de 26,80 milhões de toneladas em maio de 2012 e de 25,5 milhões de toneladas no mesmo mês de 2011, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta segunda-feira.

Exportação de café do Brasil somam 1,68 mi sacas em junho

As exportações de café verde do Brasil atingiram 1,68 milhão de sacas em junho, contra 1,81 milhão de sacas em maio, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta segunda-feira. O volume também é menor em comparação com o mesmo mês de 2011, quando os embarques somaram 2,20 milhões de sacas. As exportações de açúcar bruto totalizaram 1,29 milhão de toneladas em junho, enquanto as vendas de soja ficaram em 4,84 milhões de toneladas.

Céleres eleva previsão de safra de soja 2011/12 no Brasil

A safra de soja que está sendo concluída no Brasil, do período 2011/12, deve ser de 66,31 milhões de toneladas, segundo projeção divulgada nesta segunda-feira pela consultoria Céleres. A previsão anterior, divulgada em junho, era de uma safra de 64,95 milhões de toneladas.

Papa Bento XVI demite bispo eslovaco

O papa Bento XVI demitiu um bispo eslovaco de 52 anos por aparente má gestão de sua diocese, numa rara demonstração de autoridade do pontífice. Normalmente, bispos sobre os quais pesam acusações, seja por lapsos morais ou falhas de administração, são persuadidos pelo Vaticano a renunciar, mas o papa tem se mostrado cada vez mais disposto a remover bispos que se recusam a deixar o cargo. No ano passado, o bispo William Morris, de Toowoomba, Austrália, foi demitido por Bispo XVI depois de defender a ordenação de mulheres e homens casados. Nesta segunda-feira, o Vaticano comunicou o afastamento do bispo Robert Bezak de Trnava, Eslováquia, sem explicar o motivo, mas reportagens na Itália atribuem a demissão a problemas de gestão. De um modo geral, os bispos apresentam sua renúncia ao completar 75 anos, a idade usual de aposentadoria.

Caças também provocaram rachaduras nos vidros laterais do Planalto

O Palácio do Planalto informou que o sobrevôo de dois caças Mirage 2000 na Praça dos Três Poderes, durante a cerimônia de troca da bandeira nacional na manhã de domingo, provocou rachaduras em 28 vidros na lateral do prédio e também nas janelas do setor de Transportes, que fica em um edifício anexo. O abalo também derrubou uma luminária no andar térreo, longe do gabinete da presidente Dilma Rousseff, que fica no terceiro andar. Funcionários também relataram que encontraram uma camada de pó branco sobre as mesas, provavelmente devido ao abalo dos tetos de gesso. O levantamento dos danos foi feito pela Secretaria Geral, que elaborou um relatório detalhado para enviar à Aeronáutica. O maior estrago da manobra de exibição dos caças foi provocado no prédio do Supremo Tribunal Federal, que teve a fachada de vidro totalmente destruída pelo choque de ar causado pela passagem rasante das aeronaves. Também houve danos nas laterais e nos fundos do edifício.

Decisão do Conselho de Ética sobre Pimentel é adiada

Um suposto "problema burocrático" atrasou o encaminhamento de ofício solicitando esclarecimentos ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, o que levou ao adiamento da apreciação dos casos envolvendo os negócios de consultoria do ministro e o fretamento de um jatinho para viagem na Europa. A informação é do presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Sepúlveda Pertence. Na última reunião, em junho passado, o conselheiro Fábio Coutinho defendeu a imposição de uma advertência a Pimentel, por conta de seus milionários negócios de consultoria. Apesar do voto favorável de Coutinho e da conselheira Marília Muricy, os demais membros da comissão optaram por pedir mais esclarecimentos a Pimentel. Foi a terceira vez que o ministro teve de dar explicações sobre as consultorias.

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul aceita denúncia contra promotora

Os desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, durante julgamento realizado nesta segunda-feira, aceitaram denúncia contra a promotora Sílvia Regina Becker Pinto. Ela é acusada de ter beneficiado seu filho, ddvogado, não informando sobre impedimentos legais nos processos em que ela atuava na Comarca de Novo Hamburgo. Segundo a denúncia do Ministério Público Sílvia Regina Becker Pinto, no exercício das funções de promotora, deixou de praticar, indevidamente, atos de ofício para não prejudicar o sucesso profissional do filho que estava no início da carreira de advocacia. A denúncia relata que em 2008, durante interrogatório de uma parte em um processo, a promotora tomou conhecimento de que a parte cogitava contratar seu filho para atuar no caso. Na ocasião, ela não teria feito qualquer tipo de esclarecimento acerca do impedimento legal de seu filho de atuar no processo.

Shell e Basf são condenadas a pagar R$ 1,1 bilhão

A Justiça mandou a Shell e a Basf depositarem em juízo R$ 1,1 bilhão. O valor corresponde à indenização por danos morais e de saúde dos ex-trabalhadores das empresas em Paulínia, no interior de São Paulo. As empresas foram condenadas em duas instâncias ao pagamento e o caso tramita no Tribunal Superior do Trabalho. A decisão é da juíza Maria Inês Correa Cerqueira Cesar Targa, da 2ª Vara do Trabalho de Paulínia. Ela atendeu pedido de reconsideração apresentado pelo Ministério Público do Trabalho. As empresas são acusadas de contaminar o solo, as águas subterrâneas e centenas de trabalhadores com substâncias cancerígenas. A antiga planta industrial de Paulínia, produtora de agrotóxicos, que era da Shell e foi comprada pela Basf, ficou em atividade de 1974 a 2002. Em 2010, as empresas foram condenadas ao pagamento de indenização por danos morais causados à coletividade. A Justiça também determinou o pagamento do tratamento médico e a indenização de R$ 20 mil por trabalhador, por ano trabalhado, valor que deve ser corrigido e acrescido de juros e correção monetária.

Superávit comercial registra queda anualizada de 45,4% no primeiro semestre

O superávit comercial brasileiro foi de US$ 7,073 bilhões no primeiro semestre, 45,4% inferior ao do mesmo período do ano passado, informou nesta segunda-feira o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior em comunicado. As exportações caíram 1,7% no semestre e acumularam US$ 117,215 bilhões, enquanto as importações subiram 3,7% e atingiram US$ 110,142 bilhões. Em junho, o superávit caiu 81,8% e ficou em US$ 807 milhões, o que se deveu principalmente à queda das exportações, que caíram 14,2% com relação ao mesmo mês do ano passado e acumularam US$ 19,354 bilhões, enquanto as importações subiram 1,1%, chegando a US$ 18,547 bilhões. A queda das vendas internacionais do País foi generalizada em todos os mercados, mas especialmente em relação à Argentina, onde as exportações recuaram 30,7% em junho, o que afetou principalmente aos veículos, combustíveis, motores e minérios de ferro. Nos últimos meses, a Argentina aplicou licenças não automáticas para a importação de numerosos produtos, o que gerou queixas e impedimentos do Brasil à compra de produtos de seu principal sócio no Mercosul. A China, principal parceiro comercial do Brasil, comprou 3,6% a menos dos produtos brasileiros em junho, devido à queda das exportações de petróleo, óleo de soja, papel, aviões, mármore e ferro. A queda das exportações aos Estados Unidos, segundo maior importador de produtos brasileiros, foi de 15,6%, o que afetou os setores de café, celulose, petróleo, ferro fundido, maquinaria, semimanufaturados de ferro e tabaco.

Eike Batista recupera R$ 5,4 bilhões na Bolsa

Nos dois últimos pregões, as ações da petroleira OGX e das outras empresas do grupo EBX, do empresário Eike Batista, recuperaram 39% das perdas acumuladas na semana passada, após a divulgação no dia 26 das projeções de produção da OGX. Segundo cálculo da consultoria Economatica, o valor de mercado das empresas do grupo listadas em Bolsa subiu R$ 5,4 bilhões depois dos pregões de sexta-feira e desta segunda-feira. A perda acumulada chegou a R$ 13,8 bilhões. No total, as empresas do grupo passaram a valer nesta segunda-feira R$ 37,4 bilhões na Bolsa. Antes da queda, eram R$ 45,8 bilhões. No pior dia de perdas, na quinta-feira passada, o grupo valeu R$ 32 bilhões. A alta nos últimos dois pregões se deve a uma conjunção de fatores, diz o analista Nataniel Cezimbra, do Banco do Brasil Investimentos. "Primeiro porque houve exagero nas quedas, e muito também em razão do anúncio de um novo presidente para a OGX", diz Cezimbra. Para ele, porém, os papéis devem demorar um pouco a recuperar o preço de antes.

Governo vai pagar R$ 15,4 bilhões de abono salarial a partir de agosto

O governo vai começar a pagar o abono salarial 2012/2013 para inscritos no PIS/Pasep a partir de agosto. Os pagamentos começam a ser feitos a partir do dia 15, de acordo com a data de nascimento dos beneficiários, e ficam disponíveis para saque até 28 de junho do ano que vem. Serão destinados R$ 15,4 bilhões para o pagamento do benefício, 21,2% a mais do que foi pago no período 2011/2012. Chamado de abono salarial, os rendimentos de PIS/Pasep (Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Publico) garantem o pagamento anual de um salário mínimo aos trabalhadores que receberam até dois salários mínimos mensais e trabalharam por pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2011. Para receber o pagamento, o trabalhador precisa estar cadastrado no PIS ou no Pasep há mais de cinco anos.

Família de Roriz se une ao PT em Goiás

A família do ex-governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz, se aliou ao PT de Goiás na disputa pela prefeitura de Luziania. Trata-se da pré-candidatura do deputado Cristóvão Tormin (PSD), que é primo em segundo grau do ex-governador, e que terá como vice na chapa o deputado estadual petista, Didi Viana. Despreocupado, Tormin afirmou nesta segunda-feira que a aliança com o PT não prejudica sua imagem no município. “A realidade aqui é diferente em relação ao Distrito Federal. Se a gente ficar pensando em picuinhas, é complicado. Temos que pensar grande”, disse o parlamentar. “Luziânia é maior que picuinhas políticas partidárias”, completou. A convenção do partido, que ocorreu no último final de semana, contou com a presença de alguns parlamentares do Distrito Federal, entre eles, a deputada Liliane Roriz (PSD).

Aeronáutica vai afastar piloto responsável por vôo rasante

A Aeronáutica informou nesta segunda-feira que vai afastar temporariamente o piloto responsável pelo voo rasante que quebrou as vidraças do Supremo Tribunal Federal no domingo, durante a cerimônia da troca de bandeira. Em nota, o órgão informa que o piloto “passará por uma avaliação operacional e poderá sofrer sanções" porque os danos foram causados por um excesso de velocidade para a exibição que fazia. “Não houve quebra da barreira do som, mas o deslocamento de massa de ar foi suficiente para romper a vidraça”, explica. “Vale salientar que todos os sobrevoos ocorreram em altitudes dentro das margens de segurança e não houve risco de acidente com as aeronaves”, completou.

FAB pagará R$ 35 mil por vidros quebrados do Supremo

A Força Aérea Brasileira terá de pagar R$ 35 mil para consertar o estrago feito no Supremo Tribunal Federal no último domingo, quando um caça Mirage F-2000 fez um vôo rasante e quebrou quase todos os vidros da fachada da Corte. O valor foi divulgado nesta segunda-feira após avaliação dos setores de manutenção do tribunal. Foram, no total, 320 metros quadrados de vidros. Segundo o Supremo, a manobra dos pilotos quebrou 65 vidraças de grande porte, além de alguns vidros pequenos. O presidente do Supremo, Carlos Ayres Britto, teve as janelas de seu gabinete completamente destruídas e será obrigado a despachar em seu outro gabinete, que fica no Conselho Nacional de Justiça. A reposição dos vidros começará nesta terça-feira e deve durar cerca de duas semanas. O “acidente” aconteceu durante a cerimônia de troca da bandeira.

Ação judicial suspende divulgação de salários dos servidores do Distrito Federal

O governo do Distrito Federal terá que retirar da internet informações sobre os salários dos servidores públicos distritais, conforme determinação do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. A decisão favorável ao sindicato foi expedida em plantão pelo desembargador Romeu Gonzaga Neiva e ainda terá de ser apreciada pelo tribunal. O secretário de Transparência e Controle do governo do Distrito Federal, Carlos Higino Ribeiro de Alencar, foi notificado da decisão na manhã desta segunda-feira.

Pai de Cachoeira diz que seu filho "nunca mexeu com jogo do bicho"

Sebastião de Almeida Ramos, pai do empresário Carlinhos Cachoeira, afirmou nesta segunda-feira que seu filho, preso por chefiar uma quadrilha de jogos ilegais, “nunca foi bicheiro”. Segundo ele, Cachoeira apenas auxiliou donos de máquinas caça-níqueis e seu dinheiro vem de um laboratório farmacêutico em Anápolis (GO). "O que acabou com o Carlinhos foi a mídia. Ele nunca mexeu com o jogo do bicho. Fazem dele um mostro. Da forma como estão tratando ele, cada dia ele é uma pessoa pior. Ele é mais do que vítima. Ele é mais do que honesto", afirmou Ramos. Cachoeira está preso desde fevereiro.

PPS decide apoiar Pozzobom em Santa Maria, em troca do apoio do PSDB a Luciano Azevedo em Passo Fundo

Em troca do apoio ao deputado Luciano Azevedo em Passo Fundo, o PPS decidiu que o Partido apoiará o deputado Jorge Pozzobom, PSDB, em Santa Maria. A decisão foi da Executiva estadual do PPS.

PP desiste da disputa e apóia PMDB para confrontar prefeito Tarcisio Zimmermann em Novo Hamburgo

No sábado, o PP decidiu não apresentar candidato em Novo Hamburgo, preferindo encorpar a oposição no enfrentamento com o candidato do PT, Tarcisio Zimmermann, o atual prefeito, que disputará a reeleição. Os dois principais candidatos são: Paulo Kopschina, PMDB, com apoio do PP, PSDB, PPS, DEM e mais quatro partidos; Tarcisio Zimmermann, PT, com apoio do PDT, PTB e mais seis partidos. O PMDB aguarda o registro da candidatura do atual prefeito, Tarcisio Zimmermann, para pedir a impugnação, já que ele se inscreve na Lei da Ficha Suja.

"A licitação estava marcada", diz promotor, sobre investigação que prendeu ex-prefeito

Uma operação do Ministério Público prendeu três pessoas suspeitas de participar de um esquema que fraudaria a licitação para privatização do serviço de água e esgoto em São Luiz Gonzaga, nas Missões. Entre os detidos, o ex-prefeito da cidade, Vicente Diel (PSDB), o ex-assessor jurídico da prefeitura, Cláudio Cavalheiro, e o ex-secretário de obras e candidato a prefeito pelo PSDB, Dilamar Batista. O esquema começou a ser apurado em outubro de 2011, por acaso. A Polícia Civil investigava uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, quando interceptou um telefonema entre uma servidora da prefeitura de São Luiz Gonzaga. Na conversa, ela contava que Cavalheiro havia comentado na prefeitura que ganharia uma "bolada" caso o Consórcio Nova Missão vencesse a licitação. Para o Ministério Público, era Cavalheiro quem estaria manipulando o esquema, e seria orientado pelo então prefeito Vicente Diel, afastado em abril deste ano pela Câmara de Vereadores após condenação criminal por tentar influenciar licitação de transporte escolar em 2005. A licitação para contratar a empresa que substituiria a Corsan nos serviços de saneamento começou a ser realizada em 2009 e foi interrompida diversas vezes em função de irregularidades no processo. Este ano, foi reiniciada, mas novamente suspensa pelo atual prefeito, Mário Meira (PP), que assumiu o cargo com a saída de Diel. "Flagramos diversos encontros entre representantes da prefeitura, integrantes da assessoria que organizava a licitação e representantes de empresas ligadas ao consórcio. Eles se comunicavam sobre todos os passos do processo. Foi uma licitação marcada", explica o diretor da Promotoria Especializada Criminal, Flávio Duarte. Outros indícios foram apontados pelo Ministério Público. Uma advogada contratada pela prefeitura seria casada com o funcionário de uma empresa ligada indiretamente ao Consórcio Nova Missão. Além disso, após ser afastado do cargo, Diel teria procurado emprego em uma das empresas do consórcio. "Descobrimos que o mesmo pode estar acontecendo em outros municípios, nas licitações para serviços de saneamento", afirma o promotor.

Governo do peremptório Tarso Genro resolve dar "maior autonomia" ao Corpo de Bombeiros

Em meio às comemorações do Dia do Bombeiro, o governo do Estado do Rio Grande do Sul anunciou na tarde desta segunda-feira um projeto de lei que poderá trazer maior autonomia administrativa e financeira ao Corpo de Bombeiros. A proposta deverá ser enviada à Assembleia Legislativa ainda em julho e, se for aprovada, significará maior orçamento e autonomia para a formação de soldados e sargentos. Existe expectativa de que a verba possa subir em torno de 30%. "Será um grande avanço", comemorou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Guido Pedroso de Melo. O projeto de lei não prevê, porém, a independência dos Bombeiros em relação à Brigada Militar. O orçamento da corporação hoje é definido pela Brigada Militar, em posição superior na hierarquia, o que não mudará.

Luigi vibra com liberação do Beira-Rio e admite possibilidade quanto a Forlán

Sábado, às 18h30min, o time do Internacional enfrentará o Cruzeiro em seu estádio, já que a desembargadora Mylene Michel autorizou, na tarde desta segunda-feira, a abertura dos portões e recebendo torcedores na arquibancada superior e nas cadeiras. "O mais importante é que se repõe a possibilidade de o Inter jogar no Beira-Rio. É a casa dos colorados. Mais do que isso, tenho certeza de que aquilo que afirmei na semana passada, de que nossa torcida é ordeira e que sempre colaborou e foi exemplo para o Brasil. Me dirijo à torcida. A cada jogo, na nossa casa, mostraremos a todos que temos condições de ter jogos no Beira-Rio. Temos de mostrar para o país inteiro que a situação foi acertada", declarou Giovani Luigi. Atualmente, o Inter é o sétimo colocado, com 12 pontos, quatro atrás do líder Atlético-MG. "Tenho certeza de que o Beira-Rio estará lotado, e o torcedor apoiará a equipe para que consigamos uma boa vitória. Precisamos melhorar nosso rendimento. Não estivemos bem (contra o Bahia). Jogar aqui é importantíssimo. Com a ajuda do torcedor e com os jogadores conscientes do esforço, o Beira-Rio será decisivo. A respeito da negociação envolvendo o clube e o meia-atacante uruguaio Diego Forlán — eleito o melhor jogador da Copa do Mundo 2010, na África do Sul", acrescentou Giovani Luigi

Para plenário quase vazio, Demóstenes volta a negar acusações de envolvimento com Cachoeira

O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) fez, nesta segunda-feira, seu primeiro pronunciamento no plenário do Senado desde o dia 6 de março. À sua frente, num plenário quase vazio, quase ninguém ouvia o discurso. Pelo menos três senadores estavam presentes: Ana Amélia Lemos (PP-RS), Pedro Taques (PDT-MT) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Demóstenes anunciou que vai discursar diariamente, até o próximo dia 11, data prevista para julgamento de seu processo de cassação. Na tribuna, o parlamentar voltou a negar que tenha qualquer relação com as atividades do contraventor Carlinhos Cachoeira, preso em fevereiro, como resultado de operação da Polícia Federal. O parlamentar disse que não tem sociedade com os investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal e garantiu que nunca pôs seu mandato de senador a serviço dos interesses de Cachoeira. Ele alegou que apenas atendeu pedidos das “forças produtivas” de seu Estado. O senador, que teve parecer por sua cassação aprovado pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar na semana passada, também refutou acusações de que teria empregado servidores fantasmas e usado aeronave com frete pago por Carlinhos Cachoeira.

Concluída entrada do casco da P-55 no dique de Rio Grande

Após praticamente seis horas de operação, foi concluída no início da tarde desta segunda-feira a entrada do casco da plataforma P-55 no dique do Estaleiro Rio Grande, no sul do Estado. O transporte da estrutura de 8,8 mil metros quadrados foi realizado em cerca de três horas a partir da autorização de início de movimentação. O ingresso do hull é uma das mais importantes etapas do processo de mating, a união do casco com o convés da petrolífera. Pelo menos oito rebocadores da Praticagem da Barra participaram da operação, tanto carregando o casco quanto em tarefas de bastidores, como medições de correntes, ventos e monitoramento de entradas de animais. Professores da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) e funcionários tanto da Quip, empresa responsável pelo mating, quanto da Petrobras também fizeram parte do movimento.

Secretaria da Saúde confirma mais três mortes por Gripe A no Estado em 2012

Mais três mortes relacionadas à Gripe A foram confirmadas na manhã desta segunda-feira pela Secretaria Estadual da Saúde, por meio do Centro Estadual de Vigilância em Saúde. Os casos são de Canoas, São Borja e Salto do Jacuí. Com as confirmações, o Rio Grande do Sul soma, em 2012, 13 mortes pela doença. O último caso foi registrado na última sexta-feira. Uma mulher de 25 anos era moradora de Salto do Jacuí, mas morreu em Carazinho, no Noroeste do Estado. A vítima de São Borja era um homem de 62 anos, que morreu no dia 27 de junho. Ele não havia tomado a dose da vacina. No mesmo dia, uma mulher de 54 anos morreu em Canoas. Ela estava internada no Hospital Nossa Senhora das Graças desde o dia 24. Apesar dos 13 casos confirmados, a secretaria considera a situação sob controle. O Ministério da Saúde confirmou o repasse de 500 mil doses a municípios gaúchos.

Prefeito do PT diz ter recebido R$ 150 mil de Cachoeira

Flagrado negociando com Carlinhos Cachoeira ajuda financeira para sua campanha eleitoral em 2004, o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), negou nesta segunda-feira que tenha favorecido a construtora Delta, mas admitiu a doação de R$ 150 mil do bicheiro para contratar um show do cantor Amado Batista para o encerramento de sua campanha. O prefeito afirmou que seu comitê teria declarado a transação na prestação de contas à Justiça Eleitoral. "Penso que o comitê tenha declarado porque na ocasião o show era permitido e o que mais tinha de especial numa campanha era o show". A prestação de contas no Tribunal Superior Eleitoral não registrou a transação mostrada no vídeo. Dados do Tribunal Superior Eleitoral mostram receitas e despesas totais do petista de R$ 503.675,00. Na despesa com cachês de animadores e artistas, o montante declarado é de R$ 50.760,00. Conforme o vídeo divulgado domingo pelo Fantástico, Silvio Roberto, identificado como assessor do prefeito, negociou a transferência de R$ 150 mil em contas pulverizadas. Raul disse que Roberto é apenas um amigo de longa data e que não tem autorização para falar nada em seu nome. O prefeito disse considerar "ética e sem imoralidade" a negociação com Cachoeira. "É um modelo que o País tem", disse, ao defender que se apresentou como candidato e Cachoeira como empresário. Raul negou qualquer outra doação em valores para sua campanha pelo grupo do contraventor. No encontro, Raul oferece a Cachoeira "uma série de oportunidades a serem exploradas, no campo imobiliário, transporte e a concessão de água". Contudo, o único contrato conhecido de uma empresa ligada a Cachoeira com a gestão do petista é da Delta, contratada para a coleta de lixo e limpeza urbana (o maior contrato da cidade).

Governo aprova pagamento de quarentena a Palocci

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República aceitou nesta segunda-feira o pedido do ex-ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, para receber o equivalente a quatro salários (cerca de R$ 107 mil, brutos) por conta do período de quarentena após a sua exoneração do governo. Decreto de abril de 2002, que dispõe sobre o impedimento de autoridades exercerem atividades ou prestarem serviços após a exoneração do cargo que ocupavam e sobre a remuneração compensatória a elas devida pela União, dá direito a ministro de Estado receber a remuneração equivalente ao período de impedimento. O artigo 2º do decreto determina que "os titulares de cargos de ministro de Estado e autoridades equivalentes, que tenham tido acesso a informações que possam ter repercussão econômica, ficam impedidos de exercer atividades ou de prestar qualquer serviço no setor de atuação, por um período de quatro meses, contados da exoneração". Palocci foi o primeiro ministro a cair do governo Dilma, após suspeitas sobre os seus negócios de consultoria e a sua evolução patrimonial. No dia 7 de junho do ano passado, Palocci entregou carta à presidente Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do governo. "O ministro Palocci pediu remuneração do tempo de quarentena, que lhe foi deferido. São quatro meses de salário", disse o presidente da comissão, Sepúlveda Pertence.

PSDB e PPS querem prefeito de Palmas na CPI

O PSDB e o PPS apresentaram nesta segunda-feira à CPI do Cachoeira requerimentos para convocar o prefeito de Palmas, o petista Raul Filho, flagrado em vídeo negociando com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Os requerimentos deverão ser aprovados na quinta-feira, em sessão administrativa da CPI. A idéia é que o prefeito deponha à comissão na semana que vem. "O Raul Filho precisa ser convocado porque estamos investigando todas as inserções da organização do Cachoeira", defendeu nesta segunda o relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT-MG). Em sua avaliação, as evidências envolvendo Raul Filho são muito grandes. "Se Cachoeira logrou ou não êxito, a investigação é que vai desvendar isso", disse o relator.

PT confirma fim da aliança com PSB em Belo Horizonte

A direção do PT em Minas Gerais confirmou nesta segunda-feira, 2, o fim da aliança com o PSB para a disputa pela reeleição do prefeito de Belo Horizonte, o socialista Marcio Lacerda. Nesta terça-feira, petistas mineiros se reúnem com a direção nacional do partido em São Paulo para indicarem à instância máxima da legenda o nome do ex-ministro Patrus Ananias como candidato para a disputa pelo Executivo da capital mineira. Já Lacerda afirmou que tentará "até o último minuto" recompor a aliança, mas já anunciou como vice o secretário municipal de Governo Josué Valadão (PP) no lugar do deputado federal Miguel Corrêa Júnior (PT). A direção estadual do PT homologou o lançamento de candidato própria, decidida na convenção do partido, no sábado, após a legenda ser comunicada da decisão do PSB de não fazer coligação proporcional na capital, considerada pelos petistas como "traição" de Lacerda. E informou que ainda nesta segunda-feira o prefeito deveria receber comunicado petista entregando os cerca de 900 cargos em todos os escalões que o partido tem na administração municipal. Para o prefeito, porém, o PT rachou por "uma questão pequena, que é essa questão dos vereadores".

Servidores do Itamaraty suspendem greve

Os servidores do Itamaraty decidiram suspender a greve iniciada em 18 de junho. A decisão foi comunicada na tarde desta segunda-feira, pelo Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores (SindItamaraty) e pela Associação Nacional dos Oficiais de Chancelaria do Serviço Exterior Brasileiro (ASOF). O retorno dos servidores ao trabalho está marcado para a manhã desta terça-feira. Foram 14 dias de greve. A categoria agora entra em "estado de alerta" e continuará a negociar com o Ministério do Planejamento. Serão realizadas assembléias regulares, sendo que a próxima reunião está marcada para a próxima sexta-feira, às 15 horas. Em nota divulgada na semana passada, o SindItamaraty argumentou que as reivindicações incluem adequar os vencimentos das carreiras do Serviço Exterior Brasileiro (SEB) a outras carreiras típicas de Estado. O texto destaca que o objetivo do movimento é elevar a remuneração de diplomatas para o grau mais elevado das carreiras típicas de Estado, como os delegados da Polícia Federal; adequar o vencimento de assistentes de chancelaria ao nível dos agentes de inteligência da Agência Brasileira de Inteligência (Abin); e a de oficiais de chancelaria ao mesmo patamar dos oficiais técnicos de inteligência da Abin.