domingo, 23 de junho de 2013

DILMA VAI COMANDAR PRIMEIRA REUNIÃO PELO PACTO NACIONAL NESTA SEGUNDA-FEIRA

A presidente Dilma Rousseff se reunirá nesta segunda-feira com os governadores e prefeitos de todo o país para discutir o Pacto Nacional pela melhoria dos serviços públicos. A proposta do encontro foi apresentada em pronunciamento feito em rede nacional na sexta-feira, em resposta às manifestações que sacodem o Brasil há duas semanas. Dilma convidou para o encontro, previsto para acontecer às 16 horas, os governadores dos 27 Estados e os prefeitos das capitais. O encontro, no qual estará presente grande parte do Gabinete da presidente, será o primeiro em que a governante abordará o Pacto Nacional pela melhoria dos serviços públicos proposto na sexta-feira. Dilma disse que discutiria as medidas com os governadores e prefeitos, assim como com os líderes das organizações que vêm convocado os protestos. "Vou receber os líderes das manifestações pacíficas, de sindicatos e associações populares", pois "precisamos de todas suas contribuições, reflexões e experiências", afirmou. Segundo Dilma, o principal objetivo do pacto será a elaboração de um Plano Nacional de Mobilidade Urbana que privilegie o transporte coletivo. A reivindicação inicial das manifestações era a redução das tarifas de transporte público e melhorias nesses sistemas. No mesmo pronunciamento, Dilma citou algumas medidas que deve adotar para atendar as reivindicações pontuais dos manifestantes. Sobre a saúde, a presidente disse que seu Governo "trará imediatamente os milhares de médicos do exterior para ampliar o atendimento", e quanto à educação disse que insistirá perante o Congresso na aprovação de um projeto que destine 100% dos royalties do petróleo exclusivamente para este setor. Dilma também pretende discutir a possibilidade de abrir novas faculdades de medicina para atender o déficit de profissionais e a oferta de bolsas de estudos melhor remuneradas para médicos que aceitem fazer residência no Interior. Segundo a Frente Nacional de Prefeitos, um fórum que reúne os líderes municipais, alguns deles que participarão da reunião com a presidente terão um encontro prévio para discutir as propostas conjuntas que poderão ser apresentadas. Entre as propostas figura a concessão de isenções fiscais às empresas de transporte público para permitir uma maior redução das passagens de ônibus, metrô e trem.

EQUADOR RECEBE PEDIDO DE ASILO POLÍTICO DE SNOWDEN

Edward Snowden, ex-funcionário terceirizado da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), acusado de espionagem por expor atividades secretas do país, chegou a Moscou neste domingo, segundo os serviços aeroportuários russos. Em meio a dúvidas sobre seu destino final, o ministro de Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño, informou que seu país recebeu pedido de asilo político de Edward Snowden. A solicitação foi confirmada pelo porta-voz do Wikileaks, Kristinn Hrafnsson. Ele já está sendo processado nos Estados Unidos por traição e espionagem contra o país. Sua agora notória ligação com o Wikileaks coloca uma indagação: como os Estados Unidos podem ficar reféns de uma organização que devassa seus serviços de informação, vitais para a segurança do país?

OAB, CNBB E MCCE FARÃO ATO NESTA SEGUNDA-FEIRA EM BRASÍLIA

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) farão nesta segunda-feira, às 10 horas, um ato público em apoio às reivindicações da sociedade que ecoam nas ruas desde a semana passada. Haverá o lançamento de um anteprojeto de lei de iniciativa popular, para a coleta de um milhão e meio de assinaturas, com o objetivo de obrigar o Congresso a votar imediatamente reivindicações como a reforma política que ataque a corrupção eleitoral e assegure liberdade ampla na internet; além de estimular a instalação de Comitês de Controle Social dos Gastos Públicos, inclusive sobre gastos da Copa de 2014 e sobre planilhas de tarifas de transporte coletivo. O ato também tem o objetivo de obrigar o governo a ampliar o investimento em saúde e educação, com a fixação de 10% do orçamento geral da União e do PIB destinado a cada uma dessas áreas. E, ainda, a criação urgente de um Código de Defesa dos Usuários dos Serviços Públicos. O evento será realizado no plenário da sede da OAB, em Brasília. Os três temas principais que constarão do anteprojeto de lei de reforma política são a defesa do financiamento democrático das campanhas, do voto transparente e da liberdade de expressão na internet. "Não adianta apenas se queixar da corrupção sem combater a raiz do problema, que é a forma de financiamento das campanhas eleitorais no Brasil", afirmou o presidente nacional da OAB Marcus Vinicius, por meio de nota. "Defendemos o financiamento democrático das campanhas, para que todos os políticos tenham um mínimo de estrutura para apresentar suas ideias sem se submeter a relações espúrias com empresas", acrescentou. É bom que a OAB esclareça porque está aderindo à pauta do PT. Já a CNBB não tem o que explicar, porque sempre foi filopetista.

ESPIÃO DA CIA SAI DE HONG KONG E VAI PARA A RUSSIA

Edward Snowden, o ex-agente da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos deixou Hong Kong e foi para a Russia, disse o governo da província chinesa. O avião da Aeroflot levando Snowden deixou Hong Kong neste domingo. Dados da agência de notícias russa Interfax indicam que ele teria agendado uma passagem de Cuba para a Venezuela na próxima semana. Ele também tem oferta de asilo no Equador. O Wikileaks escreveu em sua conta no Twitter que ele "está atualmente no espaço aéreo russo com advogados do Wikileaks". Snowden ficou mundialmente famoso por revelar o sistema utilizado pelo governo de Barack Obama para espionar dados de ligações telefônicas e da internet de milhões de cidadãos americanos.

JORNAL THE WALL STREET JOURNAL ADVERTE QUE DISCURSO DE DILMA É MAU SINAL NO COMBATE À INFLAÇÃO

Um dos mais importantes jornais de economia do mundo, o The Wall Street Journal considerou que o pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, sexta-feira, seguiu em direção oposta ao que pregam os economistas para conter o aumento da inflação e os déficits do País. De acordo com o jornal, as promessas de um novo esforço nacional para melhorar o transporte público e os serviços de saúde servirão apenas como tentativa de apaziguar os ânimos, mas não será possível atender às duas expectativas, da população e da economia. “Dilma Rousseff, ex-guerrilheira marxista, ex-militante de organização terrorista, e primeira mulher presidente do Brasil, procurou simpatizar com os manifestantes”, explicou o jornal.

UM DOS VÂNDALOS QUE ATACOU O PALÁCIO DO ITAMARATY É BANDIDO CUMPRINDO PENA DE "PRISÃO DOMICILIAR". PENA?!!! CUMPRINDO?!!!!

A Polícia Civil do Distrito Federal conseguiu identificar um dos vândalos que atacaram o Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, na noite de quinta-feira, em Brasília. Cláudio Roberto Borges de Souza, de 32 anos, é morador de Taguatinga, e não poderia ter saído de casa porque cumpre pena de prisão domiciliar por furto. Cumpre, é? É evidente que ninguém fiscaliza o cumprimento dessa pena. Ele se diz desempregado. Agora é acusado de tentar provocar  incêndio e vai responder por dano ao patrimônio público. No total foram identificados sete vândalos do Palácio do Itamaraty, mas só o nome de Claudio Roberto Borges de Souza foi divulgado. As investigações sobre ele serão encaminhadas à Polícia Federal. Os nomes dos demais seis suspeitos serão divulgados após a conclusão do inquérito.

AGORA O PEREMPTÓRIO PETISTA TARSO GENRO QUER SER O PORTA-VOZ DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL, É O CÚMULO DO OPORTUNISMO

O governador do Rio Grande do Sul, o peremptório petista Tarso Genro, disse na tarde de sexta-feira, após mais um protesto que terminou de forma violenta na capital gaúcha, que pretende apresentar uma proposta nacional de passe livre estudantil para o Brasil, como forma de "solução para a crise", tendo ele como "porta-voz" da questão do transporte no País. Ora, se não é o Garoto de Ouro de sempre? Desde quando militava no PCdoB ele sempre aspirou a isso, a ser o grande líder. Aquele bigodinho dele não relembra alguém? "Fiz uma reunião com lideranças do Estado, políticos, da academia, de movimentos sociais, sindicais... e comuniquei que estou disposto a colaborar, a partir do Rio Grande do Sul, com a solução. E que formatasse uma proposta que eu quero apresentar nacionalmente para a instituição do passe estudantil e, se possível, do passe livre estudantil, mas ainda temos que ver a viabilidade econômica", afirmou o peremptório petista. Se é para aparecer, é com ele mesmo. Agora, na hora de olhar para ver quanto vai custar, aí já não é com ele. Afinal, não é assim que governa o Rio Grande do Sul, estourando as contas do Tesouro, e comprometendo as finanças públicas pelos próximos 20 anos, no mínimo? A idéia, segundo o peremptório Tarso Genro, ainda depende da busca de mecanismos de viabilidade. "Esse recurso pode vir da dívida pública, do orçamento da União. É um estudo que encomendei, para que não tenha apenas uma posição política, como também técnica", explicou. Não está no gibi o quanto ele gosta de gastar dinheiro em contas que outros terão que pagar.

FAB INVESTIGA AUTENTICIDADE DE FOTO COM SUPOSTO PILOTO PROTESTANDO

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que irá investigar a autenticidade de uma foto que mostra um suposto piloto da instituição segurando um cartaz em apoio aos protestos que vêm ocorrendo em várias cidades do País. Na imagem, um homem que seria membro da FAB segura uma folha de papel que diz "Acorda, Brasil! Estamos com vocês". A assessoria de imprensa da FAB afirmou que "a mensagem não representa um posicionamento da instituição". A foto do suposto piloto foi compartilhada no Facebook e em outros sites, associada aos protestos. Mobilizados contra o aumento das tarifas de transporte público nas grandes cidades brasileiras, grupos de ativistas organizaram protestos para pedir a redução dos preços e maior qualidade dos serviços públicos prestados à população. Estes atos ganharam corpo e expressão nacional, dilatando-se gradualmente em uma onda de protestos e levando dezenas de milhares de pessoas às ruas com uma agenda de reivindicações ampla e com um significado ainda não plenamente compreendido. A mobilização começou em Porto Alegre, quando, entre março e abril, milhares de manifestantes agruparam-se em frente à Prefeitura para protestar contra o recente aumento do preço das passagens de ônibus; a mobilização surtiu efeito, e o aumento foi temporariamente revogado. Poucos meses depois, o mesmo movimento se gestou em São Paulo, onde sucessivas mobilizações atraíram milhares às ruas. E daí se expandiu para o resto do País, com pautas variadas.

PRESIDENTE FEDERICO FRANCO DIZ QUE ISOLAMENTO AJUDOU O PARAGUAI

As sanções contra o Paraguai impostas por seus sócios do Mercosul e Unasul, liderados pelo governo da neobolivariana Dilma Rousseff, há um ano, em conluio com a peronista populista e muito incompetente Cristina Kirchner, acabaram por beneficiar o país, afirmou na sexta-feira o presidente Federico Franco, assinalando que seu país provou ser mais confiável aos investidores estrangeiros. "Ao invés de prejudicar o Paraguai, estas suspensões no Mercosul e Unasul em grande medida o beneficiaram. Temos um recorde de investimentos estrangeiros, 304% superior ao registrado no governo anterior", explicou o chefe de Estado. Federico Franco, que substituiu o deposto presidente, o ex-bispo esquerdopata priápico Fernando Lugo, no dia 22 de junho de 2012, após um impeachment relâmpago. O Paraguai enfrentou o isolamento de Mercosul e Unasul, que julgaram ilegal o processo de destituição, que foi rigorosamente constitucional, legal sob todos os aspectos. Franco explicou que "quem cometeu um golpe contra o Paraguai foi o Mercosul, para permitir a entrada da Venezuela no bloco, cujo ingresso era bloqueado pelo Congresso paraguaio há anos. O presidente afirmou que Brasil, Argentina e Uruguai "se deram conta da injustiça que cometeram, passando por cima dos acordos", e agradeceu o apoio de Canadá, Estados Unidos, México, da grande maioria dos países da América Central, da Ásia e, especialmente, da União Européia". Segundo Federico Franco, a ruptura serviu para promover um acordo de livre comércio com o México e o Paraguai também integra a Aliança do Pacífico desde maio como observador. Esse foi o resultado da adoção por Dilma da completamente estúpida medida com o Paraguai, fomentou a criação da Aliança do Pacífico, que já detonou o Mercosul. E afastou o Brasil da liderança da América Latina. Que gente mais incompetente, quanta incapacidade.

A PETISTA DILMA ROUSSEFF COMPRA MANSÃO DE 5 MILHÕES EM PORTO ALEGRE, AO LADO DA CASA DO EX-MARIDO

O jornalista Claudio Humberto informa: "Se o futuro a Deus pertence, Dilma já garantiu o seu na cidade do coração em caso de “aposentadoria”, uma bela casa em estilo colonial português avaliada em R$ 5 milhões, no bairro Tristeza, um dos mais nobres da capital gaúcha. Será vizinha do ex-marido Carlos Araújo, pai de sua filha, com quem mantém amizade inabalável e confidente. Mineira, Dilma fez carreira política em Porto Alegre e adora a cidade. Dilma declarou ao Tribunal Superior Eleitoral três outros apartamentos na capital  gaúcha, mas a casa não chega aos pés, junto ao rio Guaíba". Veja no link a localização da nova mansão de Dilma Rousseff https://maps.google.com/?ll=-30.106069,-51.26034&spn=0.001641,0.002642&t=h&z=19

MILTON NASCIMENTO DIZ QUE "POVO TÁ PEDINDO A CONTA"

Testemunha de vários momentos políticos que marcaram o Brasil nos últimos 50 anos, o cantor e compositor Milton Nascimento se disse na sexta-feira emocionado com a onda de protestos populares em todo o País e destacou que os cidadãos resolveram "cobrar caro" a conta de problemas "exploração", "corrupção" e "descaso". Milton Nascimento elogiou as manifestações e afirmou que não acreditava que algo de tamanha proporção iria acontecer após a queda do governo Collor. "Estava em Curitiba, onde participei de um evento com estudantes e professores universitários, e quando percebi tudo que estava acontecendo no País, achei incrível! Pensava que depois das Diretas Já e do impeachement do Collor isso não fosse mais acontecer no Brasil", declarou. "As pessoas que estão na rua sabem muito bem do que precisamos, aliás, sabemos disso há séculos! A exploração, a corrupção, o descaso, tudo continua a mesma coisa desde que essas terras foram ocupadas. Não é novidade pra ninguém. Só que agora aconteceu o que os políticos não esperavam: o povo tá pedindo a conta e, o mais importante, vai cobrar muito caro por isso", acrescentou. O cantor lembrou que, desde o início de sua carreira, sempre esteve envolvido em temas políticos e sociais, e por isso se identifica com os protestos. "Muito pouco é dito, mas minha militância começou ainda durante a ditadura, quando eu viajava o País inteiro fazendo shows em universidades e apoiando o movimento estudantil através da minha atuação como artista, inclusive em centenas de manifestações. E eu não poderia ajudá-los estando fora do Brasil, então decidi ficar aqui durante os 20 anos de ditadura", contou. "Foi uma fase muito dura, principalmente por conta das perseguições e do cerco que a gente sofria. Até cheguei a dizer que só sairia morto do Brasil", disse o músico. Milton Nascimento também lembrou outros atos nos quais esteve engajado, como o projeto Missa dos Quilombos, de 1982, através do qual diz que foi formada então uma união inédita entre entidades como a CNBB, o movimento dos negros, o movimento dos índios e a Pastoral da Terra. "Também atuei na campanha das Diretas Já e até contra o apartheid na África do Sul. E no ano passado fui até Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, participar de um grande ato a favor dos índios da Nação Guarani, que estão entre os povos mais explorados de toda história da América Latina. Enfim, sempre que vejo algo que vale a pena lutar, estou dentro", finalizou.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO DE JANEIRO VAI APURAR AÇÃO DA POLÍCIA DURANTE PROTESTOS. AH, É MESMO? E A BANDIDAGEM?

O Ministério Público do Rio de Janeiro vai investigar a atuação da Polícia Militar durante as manifestações ocorridas nos últimos dias na cidade. A 2° Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania instaurou um inquérito civil na sexta-feira para apurar o eventual excesso por parte de policiais militares e do Batalhão de Choque, como abuso de poder e uso de spray de pimenta, gás lacrimogêneo e balas de borracha, em protesto nas imediações do Estádio do Maracanã, no último dia 16. Quer dizer que o Ministério Público quer poder de investigação para investigar a polícia, em vez de investigar os bandidos que promoveram as depredações e saques no Rio de Janeiro? O Ministério Público do Rio de Janeiro informou que os comandantes dos batalhões responsáveis pela segurança no dia do jogo no Maracanã vão ser convocados a comparecerem a uma reunião nos próximos dias. Reunião?!!! Como assim, "reunião"? O objetivo do encontro é esclarecer como são planejados e executados os planos de ação para acompanhamento e controle de manifestações populares. Por que os promotores do Rio de Janeiro não vão trabalhar?

INVESTIMENTOS DE ESTRANGEIROS EM RENDA FIXA NO BRASIL CHEGAM A QUASE US$ 5 BILHÕES EM JUNHO

Os investimentos de estrangeiros em títulos de renda fixa no Brasil, em junho, até o dia 19, já superaram o resultado de janeiro a maio deste ano. Os dados preliminares deste mês mostram que esses investimentos chegaram a US$ 4,913 bilhões. Nos cinco meses do ano, foram US$ 4,17 bilhões. A maior entrada desses recursos é devido à decisão do governo, anunciada no dia 4 deste mês, de isentar de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) os investimentos estrangeiros em renda fixa no País. Já os dados preliminares de investimentos estrangeiros em ações no País mostram que houve saída líquida (descontada a entrada) de recursos de US$ 3,5 bilhões. De janeiro a maio, houve entrada de US$ 9,705 bilhões. De acordo com o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, é possível que os investidores estejam migrando das aplicações em ações para renda fixa, devido à isenção do IOF. “É possível que o resultado parcial de junho, com saída de ações e ingresso de renda fixa, em alguma medida esteja espelhando isso”, disse.