sexta-feira, 30 de agosto de 2013

PAPA FRANCISCO VAI SUBSTITUIR O CARDEAL BERTONE COMO SECRETÁRIO DE ESTADO DO VATICANO

O Papa Francisco decidiu substituir o secretário de Estado, número dois do Vaticano, Tarcisio Bertone, que tem sua gestão contestada com frequência, informaram fontes vaticanas citadas pela imprensa italiana. Tarcisio Bertone, de 78 anos, é desde 1986 o homem de confiança do agora papa emérito Bento XVI. Este salesiano foi acusado de erros de gestão e de escolhas infelizes, segundo parte dos documentos confidenciais do Vaticano, publicados ano passado no escândalo "Vatileaks". De acordo com o jornal Corriere della Sera, o Papa Francisco poderá já indicar o substituto para assumir o cargo no mês de outubro. A nomeação em julho pelo Papa de uma especialista em comunicação, a católica ítalo-marroquina Francesca Immacolata Chauqui, de 32 anos, sem consultar a Secretaria de Estado, provocou o descontentamento de Bertone. Chauqui, membro de uma comissão de laicos responsável por examinar a transparência financeira e administrativa do Vaticano, também teria contatos com Gianluigi Nuzzi, o jornalista italiano que está na origem do escândalo "Vatileaks", e escreveu mensagens críticas no Twitter sobre a Cúria, nas quais chamava Bertone de "personagem corrupto". Dois candidatos, ambos italianos, poderiam substituir Bertone. O núncio na Venezuela, arcebispo Pietro Parolin, e o governador da Cidade do Vaticano, monsenhor Giuseppe Bertello. O cardeal Bertone poderia prosseguir na Cúria como camerlengo, posto chave para administrar a transição após a morte ou renúncia de um papa.

CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE AFASTA CASSIO TROGILDO, QUE TEVE SEU MANDATO CASSADO PELA JUSTIÇA ELEITORAL, POR COMPRA DE VOTOS

Cassado por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul, o vereador Cássio Trogildo (PTB) foi afastado de sua função na Câmara Municipal de Porto Alegre nesta sexta-feira. A decisão foi comunicada ao petebista pelo presidente da Casa, veredor Thiago Duarte. Os assessores de Cassio Trogildo também foram demitidos. Cassio Trogildo é um dos proprietários do PTB do Rio Grande do Sul, abaixo de Sérgio Zambiasi e Claudio Antonio Manfroi, os grandes donos do partido no Estado. Trogildo foi acusado pelo Ministério Público de compra de votos nas eleições de 2012. Inacreditavelmente, ele foi absolvido das acusações no juizado de primeiro grau. A sentenção foi reformada por 7 a 0 no Tribunal Regional Eleitoral. Os 9.500 votos de Cassio Trogildo foram anulados. Com isso é necessário um recálculo do quociente eleitoral de Porto Alegre. O recálculo dará uma cadeira a mais para o PDT, que terá Nereu Dávila como vereador titular. Na vaga aberta assumirá outro membro do PDT, Christopher Goulart.

PÉRSIO ARIDA, UM DOS CRIADORES DO PLANO REAL, DIZ QUE ALTA DE 2% AO ANO PARA O PIB BRASILEIRO JÁ INDICA AQUECIMENTO

No dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou um crescimento de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre do ano, valor acima das expectativas do mercado mas ainda muito abaixo do que seria necessário para representar a retomada da aceleração econômica, o economista Pérsio Arida, ex-presidente do Banco Central e atual sócio do banco BTG Pactual, afirmou que a economia do País segue superaquecida. Segundo Arida, sinais como inflação próxima do teto da meta do Banco Central (de 6,5%), situação de pleno emprego e taxa de juros em trajetória de alta indicam que o desempenho econômico está mais aquecido do que seu potencial. Pérsio Arida não acredita que o crescimento atual, mesmo que acima do potencial, seja satisfatório. Mas, segundo ele, considerando a política fiscal expansionista executada pelo governo, o peso do Estado na economia e o câmbio em patamar desvalorizado, uma alta de 2% ao ano para o PIB brasileiro é um porcentual que indica aquecimento. Para atingir um crescimento maior sem despertar o dragão inflacionário, o economista defende um expediente de ajuste monetário politicamente impopular, mas que, segundo ele, será a única forma de impulsionar um crescimento maior e sustentável. Segundo Arida, o País terá de conviver com um patamar mais alto de desemprego, entre 6% e 7% (o índice atual é de 5,6%), amargar uma subida mais acelerada dos juros e um ajuste fiscal para conseguir deter a inflação e supultar, mesmo que momentaneamente, o superaquecimento. "A única forma de se conseguir isso é reduzindo o tamanho do Estado na economia. É receita antiga", disse. A receita do economista vai contra a política expansionista aplicada pelo atual governo, sobretudo em período de corrida eleitoral, e também contraria a ideologia petista de transformar o Estado no maior indutor do crescimento.

ANGRA PARTNERS DEVE ATUAR NA REESTRUTURAÇÃO DO GRUPO EBX, DO BILIONÁRIO DE PAPEL EIKE BATISTA

O bilionário de papel Eike Batista deve anunciar a contratação da Angra Partners para participar da reestruturação do grupo. A conclusão do negócio deve ocorrer em breve. Na divulgação do balanço do segundo trimestre, a OGX já havia anunciado a contratação do Blackstone Group como assessor financeiro, “com o intuito de auxiliar a companhia durante a avaliação de sua estrutura de capital, ainda em curso”. O empresário de fancaria Eike Batista continua em busca de acompanhamento especializado para resolver a crítica situação do grupo EBX.  Desde março deste ano, o grupo também contava com a assessoria do banco BTG Pactual, de André Esteves, que já foi rompida. A Angra Partners é especializada em solução de situações complexas, como reestruturações financeiras e negociações de dívidas. Trabalhou com grupos como Brasil Ferrovias e SantelisaVale. Mas o caso mais emblemático foi a assessoria aos fundos de pensão Previ, Petros e Funcef no desentendimento com o Banco Opportunity em função do controle de operadoras de telefonia, participações metroviárias e do Terminal Santos Brasil.

NOBEL DE ECONOMIA DIZ QUE O FED (BANCO CENTRAL AMERICANO) SE TORNOU UM GRANDE "HEDGE FUND"

A política de estímulos desenhada pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano) para resgatar a economia dos Estados Unidos do buraco ainda não se provou efetiva – e, além disso, transformou o Fed num imenso hedge fund. A afirmação foi feita pelo vencedor do Nobel de Economia Thomas Sargent, PhD em Harvard e professor da Universidade de Nova York. Segundo Sargent, o fato de o banco central americano atuar no mercado financeiro comprando títulos de bancos como forma de injetar liquidez nas instituições e, assim, estimular o crédito, o transforma num fundo de investimentos. Os hedge funds são fundos que investem em ativos de risco e atuam no mercado de derivativos. “Antes, a atuação do Fed era muito limitada, quase que essencialmente regulatória. Agora, ele imprime dinheiro para comprar ativos arriscados. Quem faz isso são os hedge funds. O Fed é, hoje, o maior hedge fund dos Estados Unidos”, afirmou Sargent durante o 6˚ Congresso de Mercados Financeiro e de Capitais da BM&FBovespa. Para o economista, que tem uma opinião cética em relação aos efeitos positivos da política de estímulos aplicada nos Estados Unidos, ainda não se pode afirmar que o crescimento da economia americana em 2013 se deve ao sucesso do programa de compra de títulos. “Eu simplesmente não sei se o crescimento se deve a isso. E creio que ninguém deve saber ao certo, ainda”, afirmou. O banco central americano injeta mensalmente 85 bilhões de dólares na economia por meio da compra de papéis no mercado financeiro. “O Fed está comprando ativos que ninguém mais está comprando e ainda afirma que não é arriscado”, diz Sargent, com certo ar de indignação. Uma mudança de cadeiras na autoridade monetária americana deve acontecer em breve. O anuncio do novo nome deverá ser feito pelo presidente Barack Obama ainda em setembro. Mas Sargent, que ganhou o Nobel pelas pesquisas que desenvolveu sobre causa e efeito na Macroeconomia, acredita que, independentemente do novo chefe do órgão, pouca coisa mudará. “Uma vez, perguntaram a mesma coisa a Milton Friedman (economista que aconselhou diversos presidentes dos Estados Unidos e ganhador do Nobel). Ele disse que para qualquer um que entrasse, pouca coisa mudaria. Fico com a mesma resposta”, afirma o economista.

POLÍCIA FEDERAL CONCLUI OPERAÇÃO CONCUTARE E INDICIA 49 PESSOAS, ZACHIA É UMA DELAS

É pesada a carga feita no inquérito em relação aos desmandos e malfeitorias apurados sobretudo na secretaria estadual do Meio Ambiente e no DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), mas também sobrou pra a Smam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre). Na manhã desta sexta-feira, quatro meses depois de desencadear uma ação que provocou demissões nas secretarias estadual e municipal do Meio Ambiente por conta de suposto envolvimento no recebimento de recursos ilegais na liberação de licenças ambientais, a Polícia Federal anunciou  a conclusão do inquérito da Operação Concutare. O documento será remetido à Justiça Federal em Porto Alegre. A Polícia Federal indiciou 49 pessoas – 13 servidores públicos, 18 empresários, nove consultores ambientais e nove pessoas que teriam participado dos crimes, incluindo “laranjas” utilizados para a ocultação de bens obtidos ilegalmente. Além disso, foram indiciadas sete empresas, que poderão ter as atividades suspensas e até mesmo a liquidação forçada das atividades. De acordo com a Polícia Federal, o relatório aponta a realização de diversos crimes ambientais, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Entre os indiciados estão Carlos Fernando Niedersberg, do PCdoB, ex-secretário estadual do Meio Ambiente; Luiz Fernando Záchia, PMDB, ex-secretário de Meio Ambiente de Porto Alegre, e Berfran Rosado, PPS, consultor ambiental e ex-secretário estadual de Meio Ambiente.

MÉDICOS CUBANOS FINGEM APRENDER CONTEÚDOS AQUI, JÁ SABIA DE TUDO HÁ MEIO ANO EM HAVANA

As aulas, as declarações, a movimentação, tudo é uma empulhação combinada pelos governos do Brasil e de Cuba. A Opas (braço operacional do Foro de São Paulo) entrou nessa de safada. É tudo para iludir a opinião pública com a idéia de que os cubanos vieram porque não há opção e o povo precisa de saúde pública, doa a quem doer. Bons farsantes não são apenas os trabalhadores-escravos importados de Cuba, que repetem o cursinho que já tiveram há quase um ano, agora aqui, como se fosse grande novidade, mas também as autoridades federais brasileiras, que construíram uma história da carochinha para enganar o povo brasileiro. O programa dos cubanos tem viéis ideológico claríssimo. Antes do anúncio do acordo, profissionais que vieram trabalhar no país receberam aulas em Cuba com o mesmo conteúdo que está sendo passado no curso preparatório do Mais Médicos.

A ÚLTIMA NOVIDADE GAÚCHA, ENCONTRADO ÁLCOOL ETÍLICO EM LEITE DE EMPRESA DE TEUTÔNIA

A gaúchada é mesmo façanhuda. Agora foi encontrado álcool etílico em uma carga de leite cru refrigerado de uma empresa localizada em Teutônia, no Vale do Taquari, informou a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Porto Alegre, após ter recebido denúncia do Ministério da Agricultura. Conforme a documentação encaminha à promotoria, o produto era processado pela BRF S/A (é a Brazil Foods) e foi recebido na unidade da empresa em 5 de agosto. Segundo o Ministério, havia 33, 5 mil litros de leito contaminado, que foram industrializados e colocados no mercado de consumo.

DESISTÊNCIA DAS USINAS A CARVÃO DO LEILÃO DA QUINTA-FEIRA É DERROTA POLÍTICA DO GOVERNO DO PEREMPTÓRIO PETISTA TARSO GENRO

O governo gaúcho, comandado pelo peremptório petista Tarso Genro não teve prestígio político e nem competência administrativa para garantir a inclusão de qualquer dos projetos de geração de energia térmica a carvão no leilão de energia realizado quinta-feira pela Anel. E isto que há apenas meio ano o peremptório Tarso Genro comemorou com fanfarras e festas a liberação das últimas amarras que impediam a implementação dos projetos das megausinas do bilionário de fancaria Eike Batista (Seival, 600MW) e CTSul (650 MW), investimentos calculados em R$ 3 bilhões.

PREFEITOS DEMITEM EM MASSA MÉDICOS BRASILEIROS PARA ABRIR LUGAR PARA MÉDICOS-ESCRAVOS DE CUBA

No dia 12 de agosto, o médico Luccas Salomão, que atuava em uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF) em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, descobriu que a prefeitura não precisaria mais dos seus serviços. Dez dias mais tarde, foi a vez de Junice Maria Moreira, clínica geral em Sapeaçu, na Bahia, receber a mesma informação. Os dois não se conhecem, vivem a mais de 3 mil quilômetros de distância, mas se viram em situações semelhantes: atuavam em regiões isoladas, carentes de médicos, e tiveram seus contratos com as prefeituras rescindidos no último mês. Coincidentemente, São Gabriel da Cachoeira e Sapeaçu estão entre os municípios contemplados na primeira etapa do Mais Médicos, que levará profissionais da saúde para regiões carentes do País.

ECOPETROL AVALIA ASSUMIR BLOCO DEVOLVIDO PELA OGX

O líder de segurança operacional da colombiana Ecopetrol, Maurício Taam, disse nesta sexta-feira que a matriz da empresa avalia a possibilidade de assumir, junto com a Maersk, um dos blocos devolvidos pela OGX, do bilionário de papel Eike Batista, depois do 11º leilão de áreas exploratórias. A OGX anunciou nos últimos dias a devolução de nove blocos arrematados no leilão de maio, por falta de caixa. Os blocos serão oferecidos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) aos segundos colocados. Ecopetrol e Maersk, em consórcio, ficaram em segundo lugar no bloco CE-M-663. Taam disse que a colombiana só poderá se pronunciar depois de ser oficializada a devolução dos blocos. O prazo para pagamento de bônus de assinatura se encerrava nesta sexta-feira, mas a OGX já anunciou intenção de desistir de nove dos 13 blocos arrematados. Maersk e Ecopetrol precisarão avaliar os valores envolvidos, já que ofertaram quantias bem inferiores aos da OGX. Pelas regras, o segundo colocado pode assumir a concessão contanto que arque com a oferta do primeiro colocado.

JUSTIÇA BRASILEIRA EM ÉPOCA PETISTA - SUSPEITOS DE MATAR MENINO BOLIVIANO SÃO ACHADOS MORTOS NA CADEIA

Dois suspeitos de matar o menino boliviano Brayan Yanarico Capcha, de 5 anos, durante assalto a uma casa na Zona Leste de São Paulo, em junho, foram encontrados mortos no Centro de Detenção Provisória de Santo André nesta sexta-feira. Paulo Ricardo Martins e Felipe dos Santos Lima estavam cumprindo prisão preventiva e haviam chegado à unidade há quatro dias. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, foi instaurado inquérito para apurar a causa das mortes. O caso também será investigado pela Corregedoria Administrativa do Sistema Penitenciário.  O principal suspeito do crime está foragido da Justiça. Diego Rocha Freitas Campos, de 20 anos, cumpria pena por roubo e aproveitou o benefício do indulto de Dias das Mães, no início de maio, para deixar o presídio de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, e não voltar mais. Segundo a polícia, a criança foi executada com um tiro na cabeça no colo da mãe porque chorava demais, o que teria irritado os assaltantes. Antes disso, eles já haviam demonstrado insatisfação com os 4.500 reais entregues pela família, de origem boliviana, no assalto. No local estavam a criança, os pais e mais seis parentes, que eram donos de uma pequena confecção no local.

O SETOR AGRÁRIO CRESCE 3,9% NO TRIMESTRE E SUSTENTA O PIB DO PAÍS

Depois de crescer 0,6% no primeiro trimestre do ano, a economia brasileira reagiu e cresceu 1,5% no segundo trimestre na comparação com o trimestre anterior. A alta representa o maior crescimento nessa base de comparação desde o primeiro trimestre de 2010, quando foi de 2%. Em termos nominais, o PIB do segundo trimestre somou R$ 1,2 trilhão. O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) foi divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O destaque no segundo trimestre foi o setor agropecuário, que cresceu 3,9%, seguido da indústria, com expansão de 2,0%, e serviços, com 0,8%. A alta no setor agropecuário foi disseminada e causada pela safra recorde brasileira no ano, com destaque para a soja. Segundo a coordenadora de contas nacionais do IBGE, Rebeca de La Rocque Palis, 55% da produção de soja é concentrada neste trimestre e boa parte da produção que estava retida em armazéns, em função da dificuldade logística, foi exportada neste período. Segundo o IBGE, o desempenho mais vigoroso da indústria de transformação foi o principal responsável pela alta acima das expectativas do PIB no segundo trimestre. O destaque ficou com segmentos da indústria mais voltados para o investimento, como máquinas e equipamentos, equipamentos médico hospitalares e indústria automobilística. A coordenadora de Contas Nacionais do IBGE lembra que a indústria de transformação responde por 13,5% do cálculo do PIB. Na comparação com o segundo trimestre de 2012, o PIB cresceu 3,3%, também com destaque para agropecuária com alta de 13,0%, seguida por indústria (2,8%) e serviços (2,4%). A economia brasileira registrou crescimento de 2,6% no primeiro semestre, na comparação com o mesmo período de 2012. O crescimento acumulado nos últimos 12 meses até julho foi de 1,9% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

SENADOR BOLIVIANO JÁ COGITA PEDIR ASILO A OUTRO PAÍS

O advogado do senador boliviano Roger Pinto Molina em Brasília, Fernando Tibúrcio, reuniu-se nesta quinta-feira com um embaixador de um "terceiro país" para sondar a possibilidade de protocolar, se necessário, pedido de asilo diplomático para o senador. Segundo o advogado, o embaixador respondeu que o asilo é tecnicamente "possível", mas ainda precisava consultar seu chanceler. Tibúrcio não revelou o nome do país e rechaçou a hipótese de ser o Uruguai, aventada informalmente pelo governo brasileiro. O senador buscará outro país caso haja "politização" do governo na análise de seu pedido de refúgio.

DILMA FAZ EXAMES DE ROTINA NO HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS, A BOUTIQUE DA SAÚDE NO BRASIL

A presidente Dilma Rousseff se submeteu a exames de rotina no hospital Sírio Libanês nesta quinta-feira. Ela chegou ao hospital por volta das 18 horas, onde permaneceu por pelo menos duas horas. Neste mesmo hospital, a presidente fez tratamento para tratar um câncer no sistema linfático, diagnosticado no início de 2009 e curado no mesmo ano.

DILMA PROMETE ESTUDO PARA INCLUIR MICRO-ONDAS E ARMÁRIO DE COZINHA NO MINHA CASA MELHOR

A soberana bolivariana petista Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, em Campinas (SP), durante entrega de unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, que o governo vai estudar a inclusão de forno micro-ondas e armário de cozinha no Programa Minha Casa Melhor, que conta com linha de crédito especial de R$ 18,7 bilhões para a aquisição de móveis e eletrodomésticos. Segundo Dilma, ela recebeu as sugestões da população, durante suas viagens pelo País. Lançado em junho, o Programa Minha Casa Melhor permite que os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida peçam um cartão para financiar até R$ 5 mil, com taxa de juros de 5% ao ano e prazo de até 48 meses para pagar. Dilma disse que a Caixa Econômica Federal, operadora do programa, abriu uma linha exclusiva para receber sugestões. “Eu já escutei duas. Um pessoal lá em Minas Gerais falou para mim: ‘presidenta, bota não só a cama e o colchão, a mesa e as cadeiras, o armário de quarto, bota também o armário de cozinha’. Nós vamos fazer uma revisão e, se der certo na discussão com o varejo, nós vamos botar armário de cozinha. Em outro lugar, nos eletrodomésticos, além do fogão, da máquina de lavar, da geladeira, do computador, eles estão pedindo micro-ondas também”, disse a soberana.

BOLÍVIA PEDE PARA INTERPOL EMITIR ALERTA DE PRISÃO DO SENADOR ROGER PINTO MOLINA

O Ministério Público da Bolívia pediu para a Interpol emitir um alerta vermelho para a prisão do senador Roger Pinto Molina, que está no Brasil desde o final da semana passada. Segundo o procurador-geral interino da Bolívia, Roberto Ramirez, o código deverá ser enviado para que o senador seja apreendido para responder aos processos por corrupção que correm na Justiça boliviana. Segundo Ramirez, a Justiça da Bolívia já emitiu três ordens de prisão de Pinto Molina por delitos contra a Constituição do país, descumprimento de deveres, contratos lesivos ao Estado e por conduta antieconômica. Após 15 meses abrigado na embaixada brasileira em La Paz, o senador Pinto Molina deixou o país em carros diplomáticos brasileiros e chegou ao Brasil na última semana. Molina, que liderou a oposição ao governo de Evo Morales, pediu asilo político ao Brasil, alegando perseguição política. O salvo-conduto era negado pelas autoridades bolivianas.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DEIXARÁ DE FINANCIAR GRANDES EMPRESAS

A Caixa Econômica Federal vai deixar de financiar grandes empresas, disse nesta quinta-feira o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Segundo ele, o banco concentrará a atuação no crédito a pequenas empresas, a pessoas físicas e no financiamento habitacional. Segundo o ministro, a manutenção dos empréstimos do banco às grandes companhias exigiria que o Tesouro Nacional reforçasse o capital da instituição financeira. Ele ressaltou que existe uma limitação de recursos que obriga o governo a definir um foco para as atividades da Caixa. “A Caixa tem de ter um foco e precisaria de mais capital para continuar a fornecer financiamentos corporativos crédito a grandes empresas. É claro que os recursos são limitados e nos obriga a não capitalizar ainda mais a Caixa”, declarou. Para Mantega, as grandes empresas não precisam do crédito da Caixa Econômica Federal, e podem obter os mesmos empréstimos em outros bancos. “O empréstimo corporativo é feito para as grandes empresas. Elas são as que menos precisam de crédito no Brasil. O que a Caixa precisa fazer é emprestar a pequenas empresas e a pessoas físicas e a financiar a habitação”, justificou.

SUPREMO NEGA RECURSO DE CRISTIANO PAZ PARA REDUZIR A PENA NO PROCESSO DO MENSALÃO DO PT

O Supremo Tribunal Federal negou nesta quinta-feira os recursos do publicitário Cristiano Paz no julgamento do processo do Mensalão do PT, para reduzir a pena e anular o acórdão. Os ministros acataram apenas o pedido de correção material (quando há erro na grafia) no acórdão na somatória de penas. A mudança, porém, não altera a pena e a multa aplicadas. Cristiano Paz teve a terceira maior condenação no processo do Mensalão. O ex-sócio do publicitário Marcos Valério foi condenado a 25 anos, 11 meses e 20 dias, além de multa de mais de R$ 2,5 milhões, pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, peculato e formação de quadrilha. A defesa alegou desproporcionalidade na fixação das penas e pediu a anulação do acórdão, alegando que o texto está incompleto. Para o ministro-relator da ação, Joaquim Barbosa, a maioria das alegações da defesa foi uma clara tentativa de atrasar o julgamento. Nos diversos pontos dos recursos rejeitados por Barbosa, o ministro reiterou que os argumentos eram improcentes e “revela o propósito de confundir e atrasar o julgamento". Foram vencidos os votos dos ministros Marco Aurélio e Ricardo Lewandowksi. Cristiano Paz é o 19º dos 25 réus a ter os recursos julgados.

ORÇAMENTO PARA 2014 PREVÊ REDUÇÃO DE INVESTIMENTOS DA PETROBRÁS

Ao detalhar os gastos das estatais previstos no Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2014, entregue nesta quinta-feira ao Congresso Nacional, a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou uma redução de R$ 800 milhões nos investimentos da Petrobras no País. Também haverá redução de R$ 4 bilhões nos investimentos em subsidiárias e projetos da estatal no Exterior. A redução dos aportes no Brasil está relacionada às obras que exigirão menos investimentos no próximo ano do que em 2013, como a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, a modernização de instalações e a construção de novas unidades de exploração de petróleo. Miriam Belchior explicou que, mesmo com esses cortes, que estabelecem os gastos da Petrobras em R$ 78 bilhões no País, contra R$ 78,8 bilhões em 2013, a companhia “continuará tendo a segunda maior carteira de investimentos entre todas as petroleiras do mundo, com um investimento gigantesco para vencer o desafio da exploração do pré-sal”.

LEILÃO DE ENERGIA GERAL ECONOMIA DE R$ 2,4 BILHÕES PARA OS CONSUMIDORES

Em cerca de quatro horas foi finalizado o Leilão de Energia A-5, feito pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), nesta quinta-feira, em São Paulo. O resultado final teve um deságio médio de 10,74%, o que gerou uma economia de R$ 2,4 bilhões para os consumidores. A energia elétrica contratada no leilão será proveniente de novos empreendimentos de geração de fontes hidrelétrica e termelétrica, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2018. Foram contratadas usinas que somam 1.265,4 MW  (megawatt) em potência instalada. Dos 36 projetos habilitados, 19 usinas venceram o leilão. O preço inicial do leilão foi R$ 140/MWh (megawatt-hora) e o preço médio de venda R$ 124,97/MWh. Ao todo, os contratos fechados movimentarão R$ 20,6 bilhões e 165,2 terawatt-hora (TWh) em eletricidade.

TESOURO PRETENDE EMITIR TÍTULOS NO EXTERIOR APESAR DA CRISE INTERNACIONAL

Apesar da turbulência financeira global, o Brasil pretende lançar títulos públicos federais no Exterior até o fim do ano, informou nesta quinta-feira o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin. Segundo ele, o governo ainda está avaliando o melhor momento para fazer a operação, mas deverá emitir os papéis mesmo com a instabilidade no câmbio e a perspectiva de guerra na Síria. O secretário ressaltou, no entanto, que o governo ainda espera o quadro econômico internacional se estabilizar para decidir quando fará a operação. “Ainda estamos avaliando, porque o quadro está se alterando num ritmo muito rápido. Além da volatilidade do dólar, existem questões geopolíticas, como o conflito na Síria. Tudo isso provoca tensão no mercado.” Apesar dessas questões, Augustin reiterou que o Tesouro pretende fazer uma emissão externa.

CONCESSIONÁRIAS DE RODOVIAS TERÃO QUE CUMPRIR PLANO DE AÇÃO AGILIZAR EXECUÇÃO DE OBRAS

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) firmou acordo com as concessionárias de rodovias que estão com obras atrasadas para que as pendências sejam resolvidas mais rapidamente. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre as duas partes obriga a concessionária a apresentar um plano de ação e a executar na integralidade as obras descritas no planejamento, sob pena de redução na tarifa de pedágio cobrada dos usuários. A ANTT vai fazer um acompanhamento mensal da execução das obras, com consolidação trimestral. Caso a concessionária deixe de executar as obras por sua culpa, será aplicado um redutor da tarifa de pedágio no próximo reajuste anual. Não serão considerados atrasos por causa de imprevistos, como chuvas, por exemplo. As concessionárias que assinaram o acordo com a ANTT são: Autopista Planalto Sul (BR-116, no Paraná e em Santa Catarina), Autopista Litoral Sul (BR-116/376, no Paraná e BR-101, em Santa Catarina),  Autopista Régis Bittencourt (BR-116, entre São Paulo e Curitiba), Autopista Fernão Dias (BR-381, entre Belo Horizonte e São Paulo), Autopista Fluminense (BR-101, da divisa do Rio de Janeiro com o Espírito Santo até a Ponte Presidente Costa e Silva) e Rodovia Transbrasiliana (BR-153, em São Paulo).

SECRETÁRIO DO TESOURO DIZ QUE ALTA DO DÓLAR MELHORA COMPETITIVIDADE DO BRASIL

Embora provoque aumentos de preços e instabilidade no mercado financeiro no curto prazo, a alta do dólar traz benefícios para a economia brasileira no médio e no longo prazo, disse nesta quinta-feira o secretário do Tesouro Nacional, o neotrotskista gaúcho Arno Augustin. Para ele, a disparada do câmbio melhora a competitividade do país ao tornar os produtos brasileiros mais baratos no Exterior. “O efeito da alta do dólar se reflete em vários itens no Brasil. Embora traga impacto negativo no curto prazo, com possível impacto nos preços e volatilidade na área financeira, existem consequências positivas. A principal é criar condições de competitividade na economia”, declarou o secretário. Na avaliação de Augustin, o principal fator de turbulência na economia brasileira atualmente não é a desvalorização do real em si, mas a rapidez com que esse processo está ocorrendo, o que traz forte sobe e desce no câmbio e reduz a capacidade de previsão sobre a economia.

PARLAMENTAR RENUNCIA NA PRIMEIRA REUNIÃO DE COMISSÃO CRIADA PARA INVESTIGAR DEPUTADOS

A primeira reunião da Comissão Parlamentar Processante criada na Assembleia Legislativa de Rondônia para apurar a conduta dos deputados estaduais investigados na Operação Apocalipse terminou com o pedido de renúncia de um dos cinco membros. Durante a reunião feita em caráter extraordinário na tarde de quarta-feira, o deputado Valdivino Tucura (PRP) pediu para ser retirado da comissão. Inicialmente, a comissão deveria ter sido instalada na terça-feira, mas não pôde começar os trabalhos por falta de quórum. Com a renúncia, caberá à mesa diretora definir o novo membro da comissão, com base na composição das bancadas e blocos na Assembleia Legislativa de Rondônia. A comissão foi criada após o afastamento de cinco deputados suspeitos de envolvimento em um esquema de financiamento de campanhas políticas com dinheiro do tráfico de drogas e fraudes em cartões de crédito.

MANTEGA DIZ QUE NÃO HÁ FUGA DE DÓLARES E QUE O PAÍS CONTINUA ATRAINDO INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quinta-feira que não há fuga de dólares no Brasil e que o País continua atraindo investimentos estrangeiros. “Temos mercado consumidor e um mercado financeiro que continuam atraindo investidores do mundo todo. É por isso que não há fuga de dólares no Brasil, enquanto outros países emergentes já perderam US$ 150 bilhões de reserva nesse último período”, disse ele. “De janeiro a junho nós já recebemos US$ 59 bilhões em investimentos estrangeiros, tanto na produção como em ativos financeiros”, completou. Segundo o ministro, há uma turbulência internacional causada pelo Federal Reserve (Fed). “O Fed exagerou na dose dos estímulos financeiros e agora está em via de desativá-los. É preciso muito cuidado nesse processo de desativação para não prejudicar os outros países”, declarou. Mantega garantiu que o País está preparado para enfrentar os problemas.

ESTADOS UNIDOS E BRASIL NÃO CHEGAM A UM ACORDO SOBRE ESCUTAS

O ministro da Justiça, o "porquinho" petista José Eduardo Cardozo, disse nesta quinta-feira, em Washington, que propôs um acordo de reciprocidade com os Estados Unidos sobre interceptação de dados e que a proposta foi rejeitada pelos norte-americanos. Segundo Cardozo, o governo dos EUA disse que não faria com nenhum país do mundo um acordo como o proposto. As justificativas norte-americanas são de que eles “atuam protegendo o mundo, têm um papel a cumprir e estão de acordo com sua legislação”. O acordo previa, entre outros pontos, que caso algum órgão dos EUA quisesse dados oriundos do Brasil, precisaria solicitar a tribunais brasileiros. Outra colocação de Cardozo foi que só fossem solicitados dados que pudessem provar comportamentos ilícitos das pessoas, excluindo o uso de informações para fins políticos e econômicos. Segundo o ministro, o governo norte-americano está disposto a discutir alguns pontos do acordo, mas não se sabe quais. Cardozo ressaltou que aceita a manutenção do diálogo, desde que as conversas sejam objetivas, e esclareceu que as negociações não excluem uma iniciativa brasileira de levar o assunto a fóruns internacionais.

MIKE TYSON PEDE SOCORRO, "NÃO VOU SOBREVIVER SE NÃO RECEBER AJUDA"

Menos de uma semana depois de declarar que é viciado em drogas e álcool, Mike Tyson disse que não ingere as substâncias há doze dias, mas afirmou que está longe de estar recuperado e precisa de ajuda. “Não vou sobreviver se não receber ajuda. Fico em um ânimo muito ruim, de quem está morrendo”, disse Tyson ao programa de TV Today Show, dos Estados Unidos. Em suas últimas declarações, Tyson afirmou que se arrependia de diversas escolhas e que nunca mais usaria drogas. Ainda mantendo a decisão, ele comentou sobre a dificuldade de mudar seu estilo de vida: “Não sei se gosto de ser o cara sóbrio. É difícil ter uma vida normal".

EIKE BATISTA VENCE 49,8 MILHÕES DE AÇÕES DA OGX

A OGX Petróleo e Gás Participações informou nesta quinta-feira, por meio de comunicado, que seu controlador Eike Batista, vendeu, pelo menos, 49.8 milhões de ações da companhia no pregão de quarta-feira. O montante corresponde a 1,54% do capital social total da petroleira. De acordo com o comunicado, somadas as alienações feitas pelo controlador desde março de 2013, a participação do bilionário de papel Eike Batista foi reduzida em 5,67% do capital social total da OGX. A petroleira informou também que Eike Batista tem intenção de fazer vendas pontuais de ações de emissão da OGX em montante total superior a 5% da sua atual participação, mas mantendo inalterada sua posição de acionista controlador, com fatia superior a 50,01%. "Conforme informado pelo nosso acionista controlador, as referidas vendas fazem parte de contínuo processo de aperfeiçoamento da sua estrutura de capital, e têm por objetivo cumprir determinadas obrigações financeiras com credores da holding EBX", ressalta documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). As ações da OGX chegaram a cair mais de 20% na manhã desta quinta-feira, após a petroleira do grupo EBX ter afirmado que a malaia Petronas não tem direito de adiar o fechamento financeiro de transação para a venda de fatia de dois blocos na bacia de Campos. O anúncio foi feito após o fechamento do pregão de quarta. No entanto, a OGX disse estar "empenhada em buscar uma solução que preserve o interesse de ambas as companhias". A empresa ressaltou, porém, que "não existe qualquer definição a esse respeito".

MINISTRO MARCO AURÉLIO MELLO CRITICA A CÂMARA: "HOMENAGEOU DETENTOS"

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, foi sarcástico nesta quinta-feira ao criticar a Câmara dos Deputados, que manteve em votação secreta na noite de quarta-feria o mandato do deputado presidiário Natan Donadon (RO). Para Marco Aurélio, a decisão dos deputados honra os detentos do Presídio da Papuda, onde Donadon cumpre pena: "Os reeducandos da Papuda estão sendo homenageados", ironizou o ministro, pouco antes da sessão do tribunal. Na avaliação de Marco Aurélio, a Câmara errou ao submeter ao plenário uma decisão que caberia apenas à Mesa Diretora: "Foi feita uma leitura equivocada e o colegiado substituiu a Mesa", disse. "Ele mantém a qualificação de deputado, e não os direitos. Não pode votar da cadeia porque os direitos políticos estão cassados", afirmou. O ministro Gilmar Mendes também criticou a decisão da Câmara e lembrou que esse desfecho já era previsível quando a maioria dos ministros do STF optou por dar ao Congresso a palavra final. "Esse constrangimento é uma crônica de uma morte anunciada. Nós já sabíamos disso quando vimos aquela decisão do plenário", declarou.

SUPLENTE DO DEPUTADO BANDIDO PRESIDIÁRIO DONADON, EX-MINISTRO AMIR LANDO TOMA POSSE

O ex-senador Amir Lando (PMDB-RO) tomou posse nesta quinta-feira na Câmara dos Deputados no posto que era de Natan Donadon (RO). O suplente assumiu devido ao afastamento do parlamentar presidiário, que escapou da cassação, mas acabou suspenso por uma decisão unilateral da presidência da Câmara. “Eu vou lutar por Rondônia, pelo País e pelas mudanças que o povo quer”, disse Amir Lando, que prometeu apoiar o fim do voto secreto em processos de cassação. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), convocou Lando a tomar posse ainda na quarta-feira, logo após o fim da votação sobre o mandato de Natan Donadon. Dado o ineditismo dos acontecimentos, Alves optou por manter Donadon fora do exercício do mandato, sob o argumento de que alguém preso em regime fechado não tem condições de atuar como parlamentar. A decisão, entretanto, deve ser questionada pela defesa do deputado-detento. Logo após a Comissão de Constituição e Justiça ter aprovado o parecer pelo pedido de cassação do deputado federal Natan Donadon (RO), neste mês, o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), recebeu um telefonema: “Eu estou voltando. Assumo na próxima semana”, anunciou, do outro lado da linha, Amir Lando, ex-senador e ex-ministro da Previdência. Gaúcho de 69 anos, Lando retorna ao Congresso após ter vivido os extremos da política: ganhou prestígio nacional ao ter decretado o impeachment de Fernando Collor de Melo na Comissão ParIamentar de Inquérito (CPI), mas caiu no ostracismo após ter uma atuação pífia passada a euforia do episódio. Até então um parlamentar inexpressivo, Amir Lando, que chegou ao Senado como suplente do senador Olavo Pires, ganhou projeção quando assumiu a relatoria da CPI contra Collor. O senador de Rondônia elaborou um relatório de 369 páginas no qual apontou envolvimento do ex-presidente no esquema de corrupção organizado pelo tesoureiro Paulo César Farias e sugeriu que ele fosse responsabilizado pelos crimes de estelionato, corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e formação de quadrilha. Com a atenção do País voltada para o caso, a leitura do parecer foi transmitida ao vivo pela televisão. Nas eleições de 1994, apesar do prestígio meteórico conquistado no caso Collor, Lando foi derrotado nas urnas. No pleito seguinte, recuperou o cargo no Senado, onde ficou até 2006. Antes, porém, afastou-se do cargo em 2004 para assumir o Ministério da Previdência. Em sua última cartada para voltar à cena, encabeçou as investigações de duas CPIs. Resultado: ambas terminaram sem punições aos acusados. Lando foi presidente da CPI do Mensalão, criada para tentar dividir os holofotes com a CPI dos Correios. A comissão, entretanto, foi encerrada sem sequer apresentar um relatório final. Na CPI dos Sanguessugas, caso que apurou o esquema de desvio de dinheiro na compra de ambulâncias para prefeituras, Lando incriminou 72 parlamentares em seu parecer, mas nenhum chegou a ser preso. Na última eleição, o desprestígio ficou evidente: para o cargo de deputado federal, o candidato de Rondônia angariou apenas 8.500 votos.

SUPERÁVIT DO GOVERNO CENTRAL CAI 26,7% EM 2013

As contas do governo central apresentaram em julho um superávit primário de 3,72 bilhões de reais. No acumulado de 2013, as contas acumulam superávit de 38,1 bilhões de reais - uma queda de 26,7% em relação ao mesmo período de 2012. O resultado do governo central em julho apresentou um crescimento de 189,6% em relação a junho, quando ficou em 1,285 bilhão de reais. Em relação a julho de 2012, quando o superávit foi de 4,004 bilhões de reais, houve queda de 7,09%. De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Tesouro, o esforço fiscal do governo central caiu de 2,08% do Produto Interno Bruto (PIB) de janeiro a julho de 2012 para 1,40% no mesmo período de 2013. Os dados mostram que o Tesouro em julho apresentou superávit de 7,04 bilhões de reais, acumulando saldo positivo de 68,77 bilhões de reais do começo do ano até julho. Por outro lado, a Previdência apresentou déficit primário de 3,08 bilhões de reais em julho.

MANTEGA DIZ QUE GOVERNO NÃO ASSUMIRÁ META FISCAL DE ESTADOS E MUNICÍPIOS

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quinta-feira que o governo manterá na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2014 a previsão de não ter de cobrir eventual descumprimento das metas de superávit primário por governos de Estados e municípios. Ele disse ainda que não necessariamente o resultado primário de 2,1% do Produto Interno Bruto (PIB) será o realizado em 2014. "Estou trabalhando com a hipótese de não usar o abatimento completo, de 58 bilhões de reais. O objetivo é conseguir um resultado melhor que 2,1% do PIB", afirmou. "Isso daqui é um desempenho limite, onde as condições não são boas. Estou trabalhando com hipótese de que não tenhamos de usar, então o resultado primário será melhor", completou. Mantega garantiu que haverá uma revisão dos parâmetros no início de 2014. O ministro da Fazenda lembrou também que todos os anos há contingenciamento de receitas para adequar a arrecadação às necessidades de despesa. Com sua fala o ministro tenta melhorar a credibilidade do governo em relação às contas públicas, que vêm sendo alvo de críticas devido às manobras contábeis que o governo vem adotando para garantir o cumprimento da meta. A própria ideia de abater desonerações e investimentos da meta do primário é vista com maus olhos pelo mercado, que chama tal atitude de "contabilidade criativa". Após ser perguntado se a administração federal se compromete a fazer em 2014 o superávit primário de 2,1% do PIB, Mantega admitiu que "o governo se compromete a fazer o melhor superávit primário possível para o próximo ano". O ministro explicou que o governo federal se compromete "a fazer a parte do governo central inteira". A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, acentuou que os recursos adicionais previstos para a área da saúde "têm a ver com mais médicos, sem dúvida, mas com uma série de alterações que o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está propondo na proposta orçamentária".

PRODUTOS DERIVADOS DO TRIGO JÁ SÃO IMPACTADOS PELA ALTA DO DÓLAR

O efeito da depreciação cambial já aparece com mais força em alguns produtos vendidos no varejo, especialmente nos derivados do trigo. Os preços dos panificados e biscoitos saíram de queda de 0,18% em julho para alta de 0,97% em agosto no Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M). O índice geral no período ficou em 0,15%, ante 0,26%. "Em julho os panificados ainda não estavam sofrendo as novas pressões do trigo por causa do câmbio. E devem começar a aparecer mais neste mês de setembro", avaliou o coordenador dos IGPs da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Salomão Quadros. Segundo o economista, a pressão também decorre de problemas climáticos, advindos das geadas nas regiões produtoras no Brasil e Argentina. Segundo Quadros, a cotação do trigo nos últimos quatro meses, período em que o câmbio começou a se desvalorizar de maneira mais intensa, teve alta de cerca de 19%. No acumulado em 12 meses até agosto, a valorização do cereal é de mais de 56%.

SATÉLITES E DRONE AJUDARAM OS ESTADOS UNIDOS NA CAÇADA A BIN LADEN

Na caçada a Osama bin Laden, no Paquistão, os Estados Unidos guiaram-se por uma série de dados eletrônicos captados por satélites e também por um drone. Além disso, a Agência de Segurança Nacional americana (NSA) conseguiu acesso a diálogos entre integrantes da rede Al Qaeda por meio da interceptação de chamadas telefônicas. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira pelo jornal The Washington Post, com base em documentos secretos vazados pelo ex-técnico da CIA e ex-consultor da NSA, o traidor Edward Snowden. Analistas da agência conseguiram identificar a localização geográfica de um dos aparelhos telefônicos usados nas comunicações e relacionou esta informação ao esconderijo em Abbottabad, no norte do país, onde o terrorista estava escondido.

SAFRA DE VERÃO DEVERÁ TER 127 MIL NOVOS HECTARES DE SOJA NO RIO GRANDE DO SUL

As lavouras de verão do Rio Grande do Sul ganharão 127,3 mil hectares a mais de soja na próxima safra. A estimativa de aumento de 2,7% da área plantada, com avanço do grão na Metade Sul, foi divulgada nesta quinta-feira pela Emater-RS, durante a 36ª Expointer, em Esteio. Conforme o primeiro levantamento de intenção de plantio para a safra de verão, a expansão da soja se dará em cima da redução de 40 mil hectares das lavouras de milho e de 96,2 mil hectares de áreas novas, tradicionalmente ocupadas por pecuária no Sul do Estado.

GOVERNO DA SOBERANA BOLIVARIANA PETISTA DILMA ROUSSEFF ESTIMA ALTA DE 4% PARA O PIB E 5% PARA INFLAÇÃO EM 2014

O governo da soberana bolivariana petista Dilma Rousseff entregou nesta quinta-feira ao Congresso Nacional, o Projeto de Lei Orçamentária para 2014. Conforme informações dos ministros Guido Mantega, da Fazenda, e Miriam Belchior, do Planejamento, Orçamento e Gestão, os parâmetros macroeconômicos para 2014 preveem crescimento de 4% para o Produto Interno Bruto (PIB), que, em valores nominais, deve somar R$ 5,2 trilhões. O salário mínimo passa para R$ 722,90. A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 5%. A meta do resultado primário do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) é 2,2% do PIB, ou R$ 116,1 bilhões. A meta fiscal de empresas estatais é zero e a de Estados e municípios e suas estatais fica em 1% do PIB ou R$ 51,3 bilhões. Com isso, o superávit primário do setor público deve atingir R$ 167,4 bilhões ou 3,2% do PIB. O governo estimou ainda o abatimento do Governo Central no Projeto de Lei Orçamentária Anual em R$ 58 bilhões, o que representa 1,1% do PIB. Com isso, o resultado do superávit primário pode ficar em R$ 109,4 bilhões ou 2,1% do PIB.

ENCAMINHADOS PRIMEIROS PEDIDOS DE REGISTRO DE MÉDICOS FORMADOS NO EXTERIOR QUE ATUAÇÃO RIO RIO GRANDE DO SUL

Representantes do Ministério da Saúde e a da Advocacia-Geral da União protocolaram, no final da tarde desta quinta-feira, pedidos para emissão de registros provisórios dos oito primeiros médicos formados no Exterior que atuarão no Rio Grande do Sul, por meio do programa Mais Médicos. A solicitação foi feita ao Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (Cremers), que tem prazo de 15 dias para expedir o registro profissional. Cinco brasileiros, dois uruguaios e um palestino deverão atuar em Flores da Cunha, Rio Grande, Uruguaiana, Garibaldi, São Borja e Lajeado do Bugre.

PARTIDOS PEDEM ANULAÇÃO DE SESSÃO QUE LIVROU DA CASSAÇÃO O DEPUTADO BANDIDO PRESIDIÁRIO NATAN DONADON

As bancadas do PSDB e do PPS na Câmara dos Deputados entraram nesta quinta-feira com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para anular a sessão que manteve o mandato do deputado Natan Donadon (sem partido-RO). Na quarta-feira, o plenário da Casa, em votação secreta, absolveu Donadon no processo de cassação de mandato. Foram 233 votos a favor do parecer do relator, Sergio Sveiter (PSD-RJ), 131 votos contra e 41 abstenções. Para determinar a perda do mandato eram necessários 257 votos. O processo de cassação foi aberto após o parlamentar ser condenado pelo STF a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. Donadon está cumprindo pena em regime fechado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Na quarta-feira, saiu da prisão para fazer a sua defesa em Plenário. Na ocasião, reclamou das condições de vida no cárcere. A condenação foi pelo desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia à época em que era diretor financeiro da Casa. Desde o início de julho, ele deixou de receber o salário de deputado. Na petição entregue ao Supremo, o líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), contesta o procedimento adotado pela Mesa Diretora da Câmara para a votação da cassação do mandato. Segundo o parlamentar, após a condenação de Donadon, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deveria ter encaminhado a cassação diretamente para que a Mesa Diretora declarasse a perda do mandato automaticamente.

PRIMEIRO MINISTRO INGLÊS DADIV CAMERON SOFRE DERROTA NO PARLAMENTO AO DEFENDER ATAQUE À SÍRIA

Por enquanto, a resposta militar ao regime sírio se resume a uma guerra de palavras entre o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o líder da oposição trabalhista, Ed Miliband. E o grande derrotado, ao fim de mais de oito horas de discussões fervorosas na Câmara dos Comuns, que se reuniu de urgência na quarta-feira para discutir uma moção que abria a porta para uma intervenção contra o regime de Bashar al-Assad, foi Cameron. O texto foi rejeitado por 13 votos. O placar sugere que, além da oposição trabalhista, parte da bancada do Partido Conservador e do Partido Liberal-Democrata, que integra a coalizão do governo, votaram contra ele. Assim que o resultado foi proclamado, um dos deputados gritou "Renuncie!". Miliband questionou se Cameron recorreria à chamada prerrogativa real (que permite uma ação sem o aval dos parlamentares). O primeiro-ministro disse ter "captado a mensagem" e que não irá ordenar um ataque: "Ficou claro para mim que o Parlamento britânico, refletindo as visões da população, não quer ver uma ação militar britânica. Eu entendo isso e o governo vai agir de acordo com isso". Em tese, Cameron ainda pode propor uma nova votação na semana que vem. No entanto, ele dependerá de um fato político novo para retomar o tema. É a primeira vez em 50 anos que a oposição derrota o governo numa votação sobre o envio de tropas britânicas ao Exterior. Há dez anos, o então premier trabalhista Tony Blair foi acusado de mentir sobre a existência de armas de destruição em massa para aprovar o ataque a Saddam Hussein, no Iraque. O caso foi lembrado por parlamentares do governo e da oposição. Cameron disse estar convencido de que o regime sírio foi responsável pelo ataque químico de 21 de agosto, mas reconheceu que "não há 100% de certeza".

ESPÍRITO DE PORCO

A deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) se absteve na votação para cassar o mandato do colega. Assinou presença e só reapareceu na TV, defendendo o voto aberto. Outros juraram voto contra Donadon. A real é o seguinte: a deputada comunista confessou seu apoio declarado ao deputado federal bandido presidiário Natan Donadon. A abstenção dela teve o condão de contribuir para a não cassação do mandato dele

ARIANO SUASSUNA VOLTA A SER INTERNADO NO RECIFE

O escritor Ariano Suassuna foi internado na unidade coronariana do Real Hospital Português, no Recife, no início da tarde desta quinta-feira, dois dias após ter tido alta médica. De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital, Suassuna “sentiu um mal-estar”, o que motivou sua internação. O hospital informou que, no momento, o escritor “encontra-se bem, mas, por recomendação médica, ficará internado na unidade coronariana para observação”. As visitas estão proibidas e não há previsão de alta.

JUÍZA DE ESTÂNCIA VELHA FINALMENTE DECIDE MANDAR AO TRIBUNAL DO JURI A QUADRILHA DO PT QUE CONTRATOU PISTOLEIRO PARA MATAR ADVERSÁRIOS POLÍTICOS

Vera Vanzan, testemunha ameaçada, correndo risco de vida
Demorou, mas finalmente começa a se fazer Justiça em Estância Velha. Na quarta-feira, a juíza Rosali Terezinha Chiamenti Libardi, em uma sentença de pronúncia no processo criminal nº 095-20900001793, decidiu enviar ao tribunal do juri a quadrilha do PT que contratou pistoleiro e mandou matar adversários políticos em Estância Velha. Os adversários que deveriam ser mortos eram o colunista Mauri Martinelli e o então vereador João Valdir de Godoy (o Duduzinho). O pistoleiro contratado era Alexsandro Ribeiro. Ele já foi preso e condenado a 15 anos de prisão. O atentado foi cometido no dia 17 de agosto de 2006, por volta das 23 horas, em frente à casa de Martineli, quando este retornava de um jantar da campanha eleitoral do falecido deputado federal Julio Redecker. O pistoleiro pulou nas suas costas, deu uma coronhada em sua cabeça, disse que ele ia aprender quem mandava na cidade, e desferiu cinco tiros com uma pistola austríaca Glock 380. Por muita sorte, Martinelli sobreviveu. Por iniciativa própria, Martinelli conseguiu descobrir a trama e levar todos os dados à Polícia Civil e ao Ministério Público. O crime foi elucidado quando apareceram testemunhas, apontando que a reunião da quadrilha para contratar o bandido para os dois assassinatos, e a entrega da arma, tinha ocorrido na casa delas. E essas duas testemunhas, mãe e filha, apontaram os quatro participantes da quadrilha. O primeiro deles era justamente o presidente do PT na cidade de Estância Velha na época, o vereador Luis Carlos Soares, vulgo "Carlinhos Viramato". O segundo era Jaime Schneider, secretário municipal de Planejamento do prefeito petista Elivir Desiam, vulgo "Toco", atual presidente da estatal Fenac, de Novo Hamburgo. O terceiro era Jauri de Matos Fernandes, "laranja" de Jaime Schneider na propriedade de jornal, enquanto este estava em cargo público, para continuar recebendo verbas publicitárias da prefeitura e da Câmara Municipal, e fiador do aluguel de casa para o pistoleiro Alexsandro Ribeiro. E a quarta era Claci Campos Silva, moradora na casa das testemunhas, e que fez a entrega da pistola austríaca Glock 380 ao pistoleiro. Dias depois do atentado, a polícia civil encontrou na casa do pistoleiro a pistola austríaca. Apesar de indiciado em um processo criminal deste porte, e agora mandado ao tribunal do juri, o petista Luis Carlos Soares, o "Carlinhos Viramato", foi nomeado há poucos dias pelo peremptório governador petista para a chefia da importante 1ª Coordenadoria Regional de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, que abrange 40 municípios da região metropolitana, em uma verdadeira demonstração de proteção política. Não é de estranhar, o PT também faz isso no plano nacional, com os condenados do Mensalão do PT. Enquanto isso, a testemunha principal do crime, Vera Vanzan, recebe ameaças diariamente, sem que ninguém tome qualquer providência, desde o governo do peremptório petista Tarso Genro, e passando ainda pelo Ministério Público e o Poder Judiciário. Se algum atentado for praticado contra ela, as responsabilidades estarão bem claras. Clique no link a seguir para ler a íntegra da denúncia da juíza Rosali Terezinha Chiamenti Libardi e conhecer detalhes do assunto. https://docs.google.com/file/d/0B8_RBOFhHrDUVXZReWg0R2RsTkE/edit?usp=sharing

LEWANDOWSKI É DERROTADO NA TENTATIVA DE REDUZIR A PENA DE JOSÉ DIRCEU; SÓ TÓFFOLI E MARCO O ACOMPANHAM; CELSO DE MELLO: “NADA DE NOVO SOL O SOL SENÃO A CLARIFICAÇÃO DESSES EVENTOS VERGONHOSOS"

Ricardo Lewandowski tentou, mais uma vez, reduzir a pena de José Dirceu — no caso, centrou fogo no crime de formação de quadrilha. A maioria rejeitou o seu ponto de vista, a saber: Joaquim Barbosa, Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso de Mello. Acataram o recurso com vistas à redução da pena, além de Lewandowski, Dias Toffoli e Marco Aurélio. Celso de Mello fez mais um discurso que entrará para a história do Supremo, lembrando a gravidade dos crimes cometidos. Lewandowski, acreditem, chegou a classificar a dosimetria de “imprestável”. Qual é o ponto central da argumentação? José Dirceu teve a pena majorada por conta de sua posição no governo e no esquema, o que, para ele, seria a mesma coisa. Evidentemente, não é — a menos que se considere não haver diferença entre o governo e a quadrilha… O decano desmoralizou algumas falsas acusações feitas ao tribunal, como a de que este teria sido excepcionalmente duro com os mensaleiros. Lembrou que a corte rejeitou, por exemplo, a acusação de peculato no caso de José Genoino e José Dirceu — embora, convenha-se, boa parte do dinheiro que alimentou o esquema criminoso fosse pública. Celso de Mello encerrou a sua intervenção com uma frase que deve ser registrada: “Nada de novo sob o sol (no julgamento do Mensalão) senão a clarificação desses eventos vergonhosos”. Celso de Mello faz 70 anos só em novembro de 2015. Sabe-se que está tentado, por razões de saúde, a antecipar a sua aposentadoria, quem sabe ainda neste ano. Voltemos à campanha: “Fica, Celso de Mello!” Por Reinaldo Azevedo