quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SITUAÇÃO TÍPICA DE MACONDO ENVOLVENDO O PREFEITO CEZAR SCHIRMER - SURREALISMO EM SANTA MARIA

Publiquei de maneira inédita há algumas semanas (e continua inédita até agora a informação, porque ninguém mais na imprensa gaúcha se dedicou a tratar do assunto) que o prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer (PMDB), participou de um amplo "acordão" e já se acertou para ir para uma vaga do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. O acordão seria para obter a sua concordância ao apoio à candidatura presidencial pela reeleição da petista Dilma Rousseff. A prefeitura de Santa Maria ficaria para o petista deputado estadual e ex-prefeito da cidade Valdeci Oliveira. Nesse acordão, as contas da administração de Valdeci, recusadas pelo Tribunal de Contas do Estado, seriam aprovadas pela Câmara. Os vereadores também acelerariam seus trabalhos para aprovar as contas da administração de Cezar Schirmer. Pois bem, alguns moradores da cidade leram a nota em "Videversus" e tomaram uma iniciativa: juntaram-se, fizeram uma "vaquinha", foram até a rodoviária local e comprar uma passagem "Santa Maria - Porto Alegre" (só de ida). Foram então até a prefeitura da cidade e protocolaram a passagem, desejando a Cezar Schirmer que tenha uma boa passagem pelo Tribunal de Contas. O prefeito parece não ter gostado muito da sugestão de seus concidadãos. Pegou um assessor e o mandou até a rodoviária, para fazer a troca da passagem por dinheiro, e ir até o Lar das Vovozinhas para fazer uma doação do valor para a entidade. Cezar Schirmer se erigiu como personagem típico de Macondo, a cidade fantástica de Gabriel Garcia Marquez em seu livro "100 anos de Solidão". "Macondo", na língua bantu, quer dizer "banana".

BRASIL IMPORTOU MAIS DE US$ 40 BILHÕES EM PETRÓLEO E DERIVADOS EM 2013, AS COMEMORAÇÕES DE AUTOSSUFICIÊNCIA DE LULA E DILMA ERAM UMA GIGANTESCA FRAUDE PUBLICITÁRIA

As importações de petróleo e derivados superaram a marca de 40 bilhões de dólares em 2013, em uma tendência que tem feito estragos na balança comercial brasileira e no caixa da Petrobras nos últimos anos. O déficit da conta petróleo saltou para 20,277 bilhões de dólares em 2013, ante déficit de 5,379 bilhões de dólares em 2012, mostraram dados da Secretaria de Comércio Exterior divulgados nesta quinta-feira. As importações de petróleo bruto subiram 20,8% em 2013, para 16,32 bilhões de dólares, contribuindo para que o Brasil fechasse o ano com o pior desempenho comercial em mais de uma década. As compras externas dos demais produtos da cadeia, como combustíveis e lubrificantes, tiveram aumento de 9,5%, atingido 24,18 bilhões de dólares em 2013. Nos últimos anos, o Brasil passou de exportador a importador de gasolina para dar conta do aumento da frota de veículos, que cresceu expressivamente. O País também é deficitário em óleo diesel, derivado que responde por boa parte das compras externas da Petrobras. As importações têm afetado os resultados da Petrobras, já que a estatal não repassa para os consumidores o custo total das aquisições no exterior. Além de elevar expressivamente importações de gasolina e diesel, a Petrobras reduziu as exportações de petróleo porque precisou aumentar a carga processada em suas refinarias no Brasil. A estatal bateu em 2013 sucessivos recordes de refino com o aumento da produção de derivados, com refinarias chegando a operar quase que no limite de sua capacidade instalada. As exportações de petróleo bruto somaram 12,96 bilhões de dólares em 2013, com queda de cerca de 36% ante 2012. As exportações de óleos combustíveis caíram cerca de 23%, para 3,87 bilhões de dólares. A produção de petróleo da Petrobras ficou estagnada em 2013 em meio a paradas de manutenção de suas plataformas. Normas de funcionamento mais rígidas da agência reguladora tornou as paradas mais frequentes nos últimos anos. A produção, porém, deve crescer em 2014, com a entrada em operação de várias unidades, com boa parte do aumento da extração no pré-sal. A expectativa do governo é que, com melhores perspectivas na produção, o déficit seja reduzido. A balança comercial brasileira registrou superávit irrisório de 2,561 bilhões de dólares em 2013, no pior resultado comercial desde 2000.

RESOLUÇÃO INÚTIL DE CORTE INTERNACIONAL DA OEA "SOLICITA" QUE GOVERNO DO "GRILO FALANTE" PETISTA TARSO GENRO "ADOTE MEDIDAS PARA RESOLVER PROBLEMAS NO PRESÍDIO CENTRAL"

Depois de mais de um ano de protocolada representação de várias entidades brasileiras, a inútil Comissão Interamericana de Direitos Humanos", órgão da esquerdóide OEA (Organização dos Estados Americanos, uma espécie de braço auxiliar do Foro de São Paulo) emitiu uma "resolução" solicitando medidas básicas do governo do peremptório petista "grilo falante" Tarso Genro sobre a situação do Presídio Central de Porto Alegre. Ninguém ouviu manifestação, até agora, da ministra dos Direitos Humanos, a petista Maria do Rosário, também conhecida atualmente como "Maria do Ossário". Denunciada pelo Fórum da Questão Penitenciária, grupo de entidades lideradas pela Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), as condições indignas da casa prisional entraram na mira da corte internacional. Na "medida cautelar" (a Corte Interamericana não tem qualquer poder para intervir no Brasil), a entidade auxiliar do Foro de São Paulo diz que o Brasil tem o prazo de 15 dias para adotar as normas aprovadas na segunda-feira, dia 30 de dezembro. Conforme o juiz Gilberto Schäfer, diretor de Assuntos Constitucionais da Ajuris, a decisão da Comissão não demanda um efeito imediato, mas mostra que o direito à vida e integridade dos detentos do Presídio Central é considerada internacionalmente grave. Vai ficar tudo na lorota..... pode escrever e verificar depois. As solicitações feitas pela corte de fancaria são as seguintes: 1) adoção de medidas necessárias para salvaguardar a vida e integridade pessoal dos presos: 2) condições de higiene e tratamentos médicos adequados aos presos: 3) implantação de medidas para recuperar o controle de segurança em todas as áreas do Presídio Central, garantindo que os agentes do Estado sejam os encarregados das funções de segurança interna e assegurem que não sejam conferidas funções disciplinares, de controle ou de segurança aos internos; 4) implementação de um plano de contingência e disponibilização de extintores de incêndio e outras ferramentas necessárias; 5) adoção de medidas urgentes para redução da lotação do presídio. é de morrer de rir da decisão. Uma das recomendações é para garantir tratamento médico aos presos. Ora, se os que estão livres no Rio Grande do Sul não têm atenção à sua saúde da parte do Estado, por que os presos iriam ter? Vão plantar batatas..... Denunciem o "grilo falante" petista Tarso Genro à Corte Criminal de Haia, por manter nesse estado o presídio central de Porto Alegre. Mas, essa medida, companheirinho algum tomará...... Não é mesmo?

PORTO ALEGRE ESPERA HÁ DECADAS POR UMA LICITAÇÃO DOS ÔNIBUS, E PARECE QUE AINDA NÃO TERÁ ESTE ANO NO GOVERNO FORTUNATI, ESPECIALISTA EM NÃO REALIZAR LICITAÇÕES

A licitação do transporte público de Porto Alegre, postergada por décadas e prometida pelo prefeito José Fortunati (PDT) para o final de 2013, só deve acontecer no mínimo em três meses, confirma o diretor–presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o filopetista Vanderlei Capelari. Os motivos, segundo ele, são os atrasos no lançamento do edital do metrô e o julgamento de itens do cálculo tarifário no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. “Março é quando a gente deve concluir dois pontos importantíssimos que é a questão do edital do metrô e é quando, acredito, será feito o julgamento do Tribunal de Contas. São os dois itens que estão atrasando a publicação do edital”, afirma Capelari, explicando que  duas ações cautelares e uma especial sobre o cálculo da tarifa tramitam na corte. Segundo ele, sem a definição dessas duas questões, o edital não pode ser concluído, uma vez que esses dois itens implicam na construção de uma tarifa para o novo sistema que integrará metrô, BRTs e ônibus. “Não tem como nós publicarmos um edital sem termos um modelo de planilha tarifária. Nós temos um modelo (de cálculo), mas existem muitos processos pendentes no Tribunal de Contas... inclusive uma parte do passado da tarifa de ônibus. Tem uma cautelar que gerou uma ação judicial dos empresários que operam o sistema solicitando indenização de R$ 35 milhões, de 2012, em relação a alguns itens da planilha que foram retirados pelo Tribunal de Contas”, afirma. É tudo conversa mole, lorota, para encobrir a total falta de vontade do governo José Fortunati de realizar a licitação, que é uma imposição legal. Os atuais operadores são meros permissionários e desde que foi criado o sistema não passou por nenhum processo licitatório. É a coisa mais escandalosa que pode ocorrer. Os donos das empresas de ônibus também nunca souberam o que é passar por uma verdadeira auditoria nas contas de suas empresas, dentro da obrigação de fiscalização do Poder Público. Não é por acaso que o Rio Grande do Sul é considerado o Estado mais corrupto do Brasil.

CNJ MAIS DO QUE DOBROU O NÚMERO DE INVESTIGAÇÕES CONTRA JUÍZES EM 2013

Um balanço das atividades do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgado nesta quinta-feira mostra que, em 2013, o número de processos abertos para investigar magistrados dobrou em relação a 2012. Segundo o CNJ, 24 processos foram instaurados no ano passado. No ano anterior, 11 ações investigaram a conduta funcional de juízes. De acordo com o levantamento, dos 24 processos disciplinares, dez resultaram no afastamento de 13 magistrados. Por não se tratar de um tribunal, a punição administrativa máxima que o conselho pode aplicar é a aposentadoria compulsória, com o pagamento do salário. Um juiz acusado de irregularidades só perde o cargo após o julgamento da ação pela Justiça comum. Desde a criação do CNJ, em 2005, 64 magistrados foram afastados das funções, 44 foram aposentados compulsoriamente e 11 receberam censura devido aos atos praticados. Entre as decisões tomadas em 2013, o Conselho Nacional de Justiça afastou do cargo o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Mario Hirs, e a desembargadora Telma Laura Silva Britto. Eles são acusados de pagamento indevido de R$ 448 milhões em precatórios. O conselho também aposentou o desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins, Bernardino Lima Luz. Segundo os conselheiros, o desembargador usou o cargo para obter vantagem pessoal. A decisão foi tomada por unanimidade. A aposentadoria compulsória foi com vencimentos proporcionais.

DÓLAR CHEGA À NOVA BARREIRA DE R$ 2,40, E 50 MILHÕES DE BRASILEIROS SÃO JOGADOS PELO REGIME PETISTA NOVAMENTE ABAIXO DA LINHA DA MISÉRIA

O dólar fechou esta quinta-feira com avanço superior a 1%, após superar no intradia o patamar de 2,40 reais pela primeira vez em quatro meses, reagindo à menor atuação do Banco Central no mercado de câmbio na nova fase do programa de intervenções diárias. A moeda norte-americana avançou 1,35%, para 2,3913 reais na venda, nível mais alto desde 22 de agosto, quando o Banco Central anunciou o programa de intervenções diárias no câmbio. Na máxima do dia, a divisa tocou 2,4105 reais, superando no intradia o nível de 2,40 reais pela primeira vez desde 3 de setembro. O movimento foi exacerbado pelo baixo volume de negócios, decorrente das festas de fim de ano. Muitos operadores ainda estavam afastados das mesas de câmbio no primeiro pregão de 2014. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,3 bilhão de dólares, abaixo da média diária vista em dezembro, de 1,5 bilhão de dólares. "Nesse novo ajuste do programa de intervenções no câmbio, o Banco Central passa a oferecer menos contratos. Com o mercado com baixo volume, o pessoal aproveitou isso para testar níveis mais altos para o dólar", afirmou o diretor de câmbio da corretora BGC Liquidez, Francisco Carvalho. O Banco Central vendeu na manhã desta quinta-feira a oferta total de 4 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em 2 de maio de 2014, dando continuidade às atuações diárias. O leilão teve volume financeiro equivalente a 199 milhões de dólares. É a primeira operação nos novos moldes do programa de rações diárias, que reduziu em cerca de dois terços a oferta de hedge cambial. No ano passado, o Banco Central ofertava 10 mil contratos por dia nas ofertas de swap cambial tradicional de segunda a quinta-feira, e realizava também leilões de dólares com compromisso de recompra às sextas-feiras. A situação fiscal brasileira vem preocupando investidores, que temem a possibilidade de rebaixamento da classificação de risco do Brasil. Desde 1990, o Banco Mundial definiu que a linha de pobreza extrema é marcada pela renda de menos de 1 dólar por dia. Foi este parâmetro que deu aval para o PT e a petista Dilma trombetearem que tiraram 22 milhões de brasileiros da miséria, pagando-lhes o valor mínimo de R$ 70,00 mensais. Nos últimos anos, esta ilusão foi vendida como a maior realização da gestão da petista Dilma Rousseff. Nesta quinta-feira, este valor representa U$ 29,17. Menos de U$ 1,00 por dia. O fim da miséria durou pouco diante do fracasso na economia. Distribuir riqueza é fácil. O difícil é criá-la, coisa que Dilma e o PT não sabem fazer. Ou seja, Dilma e o regime petista voltaram a despejar 50 milhões de pessoas na linha da miséria.

JORNAIS ESQUERDISTAS THE NEW YORK TIMES E THE GUARDIAN PEDEM CLEMÊNCIA PARA O ESPIÃO TRAIDOR EDWARD SNOWDEN

O jornal americano The New York Times e o britânico The Guardian, publicações esquerdistas, pediram nesta quinta-feira clemência para o espião traidor Edward Snowden, ex-técnico de inteligência de empresa terceirizada a serviço da Agência de Segurança Nacional americana (NSA), acusado de espionagem por suas revelações sobre os programas de vigilância das comunicações dos Estados Unidos. Em editoriais em separado, os dois jornais defenderam o espião traidor refugiado na Rússia desde junho por seus vazamentos dos programas secretos da NSA e suas técnicas de coleta de dados. "Snowden pode ter cometido um crime", afirmou o Times em seu principal editorial, "mas proporcionou um grande serviço para seu país". "Considerando o enorme valor da informação que revelou, e os abusos que expôs, Snowden merece mais que uma vida de exílio permanente, medo e fuga", destacou o jornal esquerdista. "É o momento de os Estados Unidos oferecerem a Snowden um acordo com a promotoria ou alguma forma de clemência", acrescentou. Já o jornal esquerdista inglês Guardian pediu a Washington que "permita que Snowden retorne aos Estados Unidos com dignidade", classificando suas revelações como "um ato de coragem moral". Esquerdista quando trai seu país é classificado como herói. Neste sentido, o Times pediu que se faça um trato com Snowden que permita que ele "volte para casa e enfrente ao menos um castigo substancialmente reduzido". O presidente Barack Obama aceitou o debate sobre o papel da NSA mas se nega a discutir a possibilidade de uma anistia ou indulto presidencial para o espião traidor. A promotoria federal americana acusou Snowden de espionagem e roubo de propriedade do governo.

NOVA CHAMADA DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS PREENCHE APENAS 6,6% DAS VAGAS

A terceira fase do Programa Mais Médicos teve 422 brasileiros aprovados, o equivalente a apenas 6,69% das vagas ofertadas nessa etapa. Com a baixa adesão, o governo federal vai depender agora do interesse de médicos formados no Exterior para cumprir sua meta de ter, até março, 13 000 profissionais atuando pelo programa no País. Na primeira e segunda fases do projeto, 6 600 médicos foram selecionados. O Ministério da Saúde recebeu 540 inscrições de candidatos formados em universidades brasileiras. Delas, 422 foram validadas e homologadas. Uma nova lista, com o nome dos intercambistas (estrangeiros ou brasileiros formados no Exterior) aprovados, deverá sair no dia 16 de janeiro. O ministro da Saúde, o petista Alexandre Padilha, já disse que, caso as duas modalidades não preencham as vagas disponíveis, mais médicos cubanos serão trazidos por meio do convênio do governo brasileiro com o país caribenho. Dos 6 600 médicos que atuam no Brasil pelo programa, quase 5 400 são cubanos. Segundo o cronograma do ministério, os médicos brasileiros aprovados nesta terceira fase começarão a atender a população no início de fevereiro. Na última semana, o ministério divulgou dados sobre a distribuição dos médicos do programa. A Bahia é o Estado que recebeu o maior número de profissionais até agora: 787. Em seguida, aparece São Paulo, com 588. Ceará e Maranhão ocupam a terceira e a quarta posições, com 572 e 445 médicos, respectivamente.

SAÍDA DE DÓLARES SUPERA A ENTRADA EM US$ 7 BILHÕES EM DEZEMBRO DE 2013 ATÉ O DIA 27

A saída de dólares do País superou a entrada em dezembro, até o dia 27, gerando saldo negativo de R$ 7,064 bilhões no fluxo cambial. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central. A maior parte do saldo negativo veio do fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao Exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com US$ 5,170 bilhões. No caso do fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações), o saldo negativo ficou em US$ 1,893 bilhão. De janeiro a 27 de dezembro, o fluxo cambial está negativo em US$ 10,545 bilhões. Nesse período, o segmento financeiro registrou déficit de US$ 21,668 bilhões, enquanto o comercial ficou positivo em US$ 11,124 bilhões.

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA O ANO DE 2013 COM O PIOR SUPERÁVIT DESDE 2001

A balança comercial brasileira encerrou  o ano com superávit (exportações maiores que importações) de apenas US$ 2,561 bilhões. Trata-se do pior resultado desde 2001, quando houve saldo positivo de US$ 2,684 bilhões.  Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Os números estão de acordo com a expectativa do governo, que vinha anunciando estimativa de superávit pequeno, em função da queda das exportações de petróleo. O saldo positivo anual foi resultado de US$ 242,1 bilhões em exportações e US$ 239,6 bilhões em importações. A média diária das vendas externas, que corresponde ao volume financeiro vendido por dia útil, fechou o ano em US$ 957,2 milhões, patamar 1% inferior aos US$ 966,4 milhões registrados em 2012. As importações cresceram 6,5% segundo o critério da média diária, de US$ 889,2 milhões por dia útil, em 2012, para US$ 947,1 milhões, em 2013. Em 2013, cresceram as vendas externas de produtos manufaturados (1,8%), enquanto caíram as de produtos semimanufaturados (-8,3%) e de básicos (-1,2%) na comparação com 2012. Nas importações, houve crescimento nos gastos com combustíveis e lubrificantes (+13,8%), matérias-primas e intermediários (+5,8%), bens de capital (+5,4%) e bens de consumo (+ 3,4%). As exportações de industrializados subiram principalmente em função das plataformas de extração de petróleo, que tiveram aumento de receita de 426,4% em relação ao ano passado. As vendas de plataformas, no entanto, são o que se chama de exportações fictas. Repassadas a subsidiárias da Petrobras no Exterior, elas não chegam a deixar o Brasil. São uma ficção contábil. Sem as operações dessas "vendas" mandrake de plataformas marítimas, a balança comercial brasileira teria fechado com déficit. Do lado dos produtos responsáveis pela queda, entre os itens que puxaram o recuo nas vendas de semimanufaturados estão óleo de soja bruto (-35% de receita), semimanufaturados de ferro e aço (-30%), ferro fundido (-21,5%), alumínio bruto (-20,1%), ferro-ligas (-16,3%), ouro (-9,6%) e açúcar (-9,4%). No caso dos produtos básicos, caiu o ingresso financeiro obtido com algodão bruto (-47,8%), petróleo bruto (-36,7%), café em grão (-20,5%), carne suína (-9,7%) e fumo em folhas (-0,9%). O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior também divulgou nesta quinta-feira os resultados do mês de dezembro. No último mês de 2013, houve superávit de US$ 2,654 bilhões, resultado de US$ 20,8 bilhões em exportações e US$ 18,1 bilhões em compras do Brasil no Exterior.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL LIBERA R$ 400 MILHÕES E PREFEITURA DE PORTO ALEGRE RETOMA OBRAS DA COPA

Desde o amanhecer desta quinta-feira, centenas de trabalhadores e maquinário começaram a chegar ao entorno do estádio Beira Rio, em Porto Alegre, onde foram retomadas as obras da Copa do Mundo que estavam suspensas há cerca de um mês. Finalmente o BNDES repassou para a Caixa Econômica Federal, que por sua vez comunicou à prefeitura de Porto Alegre que liberará os R$ 400 milhões destinados á retomada das obras da Copa. O governo do prefeito José Fortunati (PDT), agindo sem qualquer planejamento, chegou a adiantar R$ 70 milhões em recursos próprios, do orçamento da cidade, para manter o ritmo das obras, mas em dezembro as empreiteiras pararam tudo porque não conseguiam mais receber suas faturas. O prefeito José Fortunati já avisou que apenas três obras ficarão prontas para a Copa do Mundo: 1) o viaduto do entrono da Rodoviária: 2) o entorno do Beira Rio e o viaduto Pinheiro Borda: 3) o viaduto da 3ª Perimetral com a Avenida Bento Gonçalves. É o cúmulo da falta de planejamento e de imprevidência do setor público.

ECONOMISTA DARCY CARVALHO DOS SANTOS DENUNCIA QUE O GOVERNO DO PETISTA "GRILO FALANTE" TARSO GENRO CONSTRÓI DÉFICIT EM CIMA DE DÉFICIT

O artigo a seguir é do economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos, sob o título "Mais e mais déficits", publicado na edição desta quinta-feira do Jornal do Comércio, de Porto Alegre:
"Na última quinta-feira, no atropelo de final de ano, a Assembleia Legislativa, num apagão legislativo, aprovou uma série de projetos do Executivo, colocando mais um pouco de lenha na fogueira da ingovernabilidade estadual. Nesse dia foram aprovados projetos justos, do ponto de vista dos servidores (se não causarem frustações), mas incompatíveis com a capacidade financeira do Estado no próximo período governamental, quando seus efeitos serão maiores e quando estarão esgotados os recursos extras, com que o Estado vem se financiando. O mais grave, no entanto, foi a aprovação do projeto através do qual o Estado assume os denominados ex-autárquicos da CEEE, mediante o pagamento pela empresa de R$ 1,3 bilhão. O Estado recebe esse dinheiro, gasta todo em despesas correntes do momento e fica com sua já alta despesa previdenciária acrescida de R$ 150 milhões por alguns anos. Essa medida tem duas finalidades: ajudar a cobrir os rombos financeiros e aumentar o superávit primário, o que possibilita a obtenção de novos empréstimos, aumentando ainda mais a dívida estadual. A CEEE, por sua vez, fica livre de uma despesa que lhe traz alguns inconvenientes, mas retira de seu caixa uma preciosa quantia, que poderia ser aplicada em investimentos para reduzir a incidência dos contínuos apagões. Como o Estado formará déficits superiores a R$ 4 bilhões anuais a partir de 2015, para cujo enfrentamento terá que lançar mão da venda de ativos ou de aumento de impostos, a medida em causa já deve estar preparando o terreno para a privatização da empresa ou sua venda ao governo federal. A emenda legislativa, que vincula o R$ 1,3 bilhão para o pagamento dos servidores em causa, será vetada, porque o governo estadual precisa desse dinheiro para cobrir os déficits que serão apurados neste e no próximo ano, da mesma forma que os R$ 5 bilhões sacados dos depósitos judiciais".

TAXA DE DESEMPREGO DE DEZEMBRO, DE 4,4%, FOI A MAIS BAIXA DA HISTÓRIA, DIZ O GOVERNO PETISTA

Pesquisa da Fipe revela que a Taxa de Desemprego Antecipada para o mês de dezembro de 2013, calculada com os dados imediatamente disponíveis na Internet e na base de dados da Catho, foi estimada em 4,4%. Se confirmado, este resultado será menor taxa de desemprego já apurada pelo IBGE desde a introdução da atual metodologia, iniciada em 2002. Além disso, confirmará a permanência da tendência de queda no desemprego, já que no último mês de 2012 a taxa registrada foi 0,2 ponto percentual maior (4,6%), segundo o IBGE. O bom momento do mercado de trabalho também pode ser percebido pelo aumento real (acima da inflação) dos salários anunciados: o Índice Catho-Fipe de Salários Ofertados aponta para aumento de 11,2% nos últimos 12 meses. Essa variação é superior à registrada em novembro, de 7,2%, sendo também o quarto mês consecutivo de aumento na variação anual. Há dois outros números, gritantes, que colocam em dúvida absoluta estas pesquisas de desemprego do governo petista: 1) os crescentes números de beneficiários do cartão bolsa-família, que hoje atingem cerca de 50 milhões de pessoas (no mínimo, 12 milhões de adultos na idade economicamente ativa, ou seja, desempregados, porque para fazer parte do programa é preciso que não tenham qualquer renda; e a renda do bolsa-família é de miseráveis); 2) os "encostados" no seguro-desemprego, que representam hoje mais de 2 milhões de trabalhadores (para todos os efeitos, estatisticamente, eles são considerados "empregados", o que se constitui em uma fraude legal, já que o próprio nome do benefício é "seguro desemprego").

VENDAS DE CARROS DE 2013 REGISTROU PRIMEIRA QUEDA EM 10 ANOS

O ano fechou com vendas de 3.576.111 carros e comerciais leves, o que representa uma queda de 1,6% em relação a 2012. Em 2013 a história mudou e o mercado registrou a primeira queda em dez anos. A retração do mercado foi maior do que o previsto pelos dirigentes do setor (Anfavea e Fenabrave) que esperavam uma queda de no máximo 1%. No período de dez anos a indústria deu um salto nas vendas de 1,4 milhão em 2003 para 2,35 milhões em 2007, primeiro ano com mais de 2 milhões de carros vendidos no País. Já em 2009 as vendas ultrapassaram 3 milhões de unidades e o recorde de vendas foi atingindo em 2012 com 3,63 milhões.