segunda-feira, 7 de julho de 2014

JANOT PEDE MULTA CONTRA DILMA E PT POR PROPAGANDA ANTECIPADA

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, apresentou nesta segunda-feira representação contra a presidente da República, Dilma Roussef, e o PT ao Tribunal Superior Eleitoral. O procurador-geral requer que o PT e a presidente sejam condenados ao pagamento de multa em razão de terem realizado propaganda eleitoral antes do dia 6 de julho, prazo a partir do qual a lei permite a promoção de candidaturas. De acordo com a legislação eleitoral, os representados estão sujeitos ao pagamento de multa que varia de R$ 5 mil a R$ 25 mil, ou o valor da propaganda, caso seja maior. A propaganda do PT, questionada por Janot, foi veiculada em âmbito regional nos dias 21, 23 e 26 de maio. Entre os vídeos que são alvo da representação está a que um locutor apresenta números referentes ao atual governo paralelo às imagens do ex-presidente Lula e de Dilma. "Todos nós queremos que o Brasil mude. Mas mudar o Brasil não é dar um passo atrás, para o passado, nem um salto escuro para o futuro... Nos últimos 11 anos, o Brasil mudou como nunca em sua história", diz o narrador do vídeo. Para o procurador-geral, o conteúdo dos comerciais não deixa dúvida quanto à infração da legislação eleitoral.

GOL AMPLIA PARCERIA COM ETIHAD AIRWAYS

A Gol Linhas Aéreas informou nesta segunda-feira que ampliou sua parceria com a Etihad Airways, companhia aérea com sede em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, ao assinar um acordo de compartilhamento de voos. As companhias já possuem um acordo de interline - que permite que os passageiros reservem vôos para um itinerário que inclui cidades não operadas pelas companhias. O passageiro faz um check-in único e sua bagagem é direcionada ao destino final. "A ampliação da parceria através da assinatura do acordo de codeshare permitirá inicialmente que a Etihad Airways inclua seu código nos vôos operados pela Gol, possibilitando aos seus clientes um maior número de conexões com destinos no Brasil e na América do Sul", disse a empresa brasileira, em comunicado. O acordo ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). As companhias também farão "em breve" um acordo para oferecer aos clientes os benefícios de seus respectivos programas de milhagem, o Smiles, da Gol, e o Etihad Guest, da Etihad Airways, afirmou a companhia aérea brasileira.

PT VAI À JUSTIÇA PARA APOIAR VITAL DO RÊGO NA PARAÍBA

O Diretório Nacional do PT recorreu à Justiça Eleitoral da Paraíba para garantir que o PT no Estado apóie a candidatura ao governo do senador Vital do Rêgo (PMDB), presidente das duas CPIs da Petrobras em curso no Congresso Nacional. A ação visa a dar palanque para a presidente Dilma Rousseff localmente. No sábado, advogados do PT Nacional entraram com um pedido no Tribunal Regional Eleitoral paraibano para que impeça a legenda no Estado de integrar a coligação do governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição e que deve abrir espaço no estado para o adversário de Dilma, Eduardo Campos. Com 2,8 milhões de eleitores, a Paraíba é o sexto maior colégio eleitoral do Nordeste. No segundo turno de 2010, o Estado rendeu a Dilma uma vantagem de 460 mil votos em relação ao candidato do PSDB na época, José Serra. Em outubro próximo, contudo, a disputa tende a ser mais acirrada, uma vez que, além do PSB ter candidato e o PMDB tentar abrir espaço para Dilma, o PSDB lançou a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PB) para dar palanque para o tucano Aécio Neves. O advogado Fernando de Oliveira Hughes Filho, que representa a direção nacional petista, afirmou que a ação tem por objetivo questionar uma violação à orientação da cúpula partidária. "A diretriz determina que haja uma coligação com o PMDB de Vital do Rêgo", afirmou. Segundo o advogado, a medida não é juridicamente uma intervenção no diretório estadual.

BANCO DO VATICANO DEVE SER REDUZIDO E REESTRUTURADO

O Banco do Vaticano deverá em breve deixar de lado as suas atividades de investimento e se transformar em uma instituição dedicada principalmente ao serviço de pagamentos para a Igreja Católica de Roma, revelaram fontes do Vaticano nesta segunda-feira. Os detalhes da redução de escala serão anunciados nesta quarta-feira pelo cardeal australiano George Pell, que encabeça o Secretariado de Economia, criado no início do ano para supervisionar as finanças do Vaticano e conter os escândalos que vêm constrangendo a igreja há décadas. Segundo as fontes, o empresário francês Jean-Baptise de Franssu deve ser nomeado novo chefe do banco, formalmente conhecido como Instituto para as Obras de Religião. Ele irá suceder o alemão Ernst von Freyberg, que sai depois de instituir grandes reformas. Sob as novas diretrizes, o IOR não terá mais as funções de administração de ativos. O banco se restringirá a providenciar o serviço de pagamentos e aconselhamento financeiro para ordens religiosas, instituições de caridade e funcionários do Vaticano. Os ativos da Santa Sé devem ser administrados por um departamento recém-criado. A reestruturação radical do banco será anunciada um dia depois de o IOR publicar seu balanço de 2013 nesta terça-feira.

PROMOTOR AVISA QUE "VAI FICAR MUITO FEIO PARA A FIFA"

Com a Polícia Civil prestes a chegar ao chefe da quadrilha de venda ilegal de ingressos, que seria um alto quadro da Fifa ou da empresa Match, o promotor do Ministério Público do Estado do Rio que acompanha o caso, Marcos Kac, afirmou, nesta segunda-feira, que a federação internacional não está colaborando com as investigações. Segundo Kac, desde a última quinta-feira foi solicitado à Fifa o envio da lista de credenciados com cargo ou que prestam serviços para a Fifa. Até a manhã desta segunda-feira, as informações não tinham sido apresentadas. "Esta é uma informação básica. É impossível a Fifa não ter isso à mão. A Fifa não está colaborando com a investigação", disse Kac. No início da tarde desta segunda-feira, a Fifa informou que enviou a relação pedida, inclusive com os números de telefone de todos os funcionários que estão a trabalho no Brasil para a Copa do Mundo. Segundo Kac, o trabalho de detalhamento das 22.000 horas de gravações telefônicas está em ritmo acelerado e já produziu resultados. “Vai ficar muito feio para a Fifa”, afirmou o promotor.

DILMA CONFIRMA QUE VAI ENTREGAR A TAÇA DA COPA DO MUNDO

A presidente Dilma Rousseff confirmou nesta segunda-feira que vai entregar a Taça da Copa do Mundo ao campeão do torneio, no dia 13 de julho, no Maracanã. Dilma, que foi vaiada no jogo de abertura e até agora não voltou a nenhum estádio da Copa, não havia confirmado diretamente sua participação na cerimônia. Nesta segunda-feira, entretanto, a presidente conceceu uma entrevista sobre a Copa do Mundo utilizando a página da Presidência no Facebook e disse que vai fazer a entrega da taça. "Vou entregar a taça no domingo, e torço para que seja para o Brasil", disse ela.

JUSTIÇA DECRETA A PRISÃO DO LÍDER DA MÁFIA DOS INGRESSOS

A Justiça decretou a prisão do homem apontado como líder da quadrilha de venda ilegal de ingressos. O pedido foi feito nesta segunda-feira pelo delegado Fábio Barucke, da 18ª DP (São Cristóvão). O suspeito já identificado pela polícia seria o dono do celular oficial da Fifa que foi identificado em conversas telefônicas com o franco-argelino Lamine Fofana, interceptadas em pelo menos 900 gravações autorizadas pela Justiça na Operação Jules Rimet.

PAPA FRANCISCO PEDE PERDÃO POR "OMISSÃO" DA IGREJA EM CASOS DE ABUSO SEXUAL

O papa Francisco pediu perdão às vítimas de abuso sexual por parte de integrantes do clero, descrevendo os crimes como um "grave pecado". "Perante Deus e seu povo, expresso minha tristeza pelos pecados e graves crimes de abuso sexual cometidos por membros do clero contra vós e humildemente peço-vos perdão", disse o pontífice em missa celebrada nesta segunda-feira que contou com a presença de seis vítimas de abusos. Francisco também pediu perdão pela "omissão por parte dos chefes da Igreja que não responderam de maneira adequada às denúncias", e voltou a enfatizar a orientação de tolerância zero contra a pedofilia. "Não há lugar no ministério da Igreja para aqueles que cometem abusos sexuais. Empenho-me a não tolerar o dano cometido a um menor por parte de quem quer que seja, independentemente do seu estado clerical".  O papa afirmou ainda que os bispos deveriam se responsabilizar pela proteção das crianças e disse que os abusos tiveram um "efeito tóxico sobre a fé e a esperança em Deus". Em uma entrevista coletiva depois da missa e do encontro individual do pontífice com as vítimas, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, afastou a idéia de que a missa tenha sido um golpe publicitário e descreveu o encontro como "muito intenso". "Foi um encontro muito profundo, espiritual com um pastor, um pai que está tentando entender profundamente o que aconteceu", disse: "Este é um passo importante no caminho da cura e da reconciliação".

CADE APROVA UNIÃO DE CARGILL E COPERSUCAR PARA VENDAR DE AÇÚCAR

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a joint venture entre as gigantes Cargill e Copersucar para combinar suas atividades globais de comercialização de açúcar, segundo despacho da Superintendência-Geral do órgão publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União. O negócio foi anunciado no fim de março. Cada empresa terá fatia de 50% na nova empresa, que poderá entrar em operação no segundo semestre deste ano, para quando é esperada a aprovação de autoridades regulatórias. A nova empresa será uma joint venture independente de suas duas controladoras com um novo nome, a ser anunciado quando a transação for concluída. As atividades de trading serão sediadas em Genebra, na Suíça. De acordo com o comunicado, os escritórios ficarão em Hong Kong, São Paulo, Miami, Delhi, Moscou, Jacarta, Xangai, Bangkok e Dubai. Os negócios de etanol e os ativos fixos das duas empresas, como terminais e usinas, não farão parte da transação. A Copersucar, que une a produção de quase 100 usinas de açúcar no Brasil, é considerada a maior comercializadora de açúcar e etanol no mundo. A gigante Cargill, uma das maiores empresas do mundo com capital fechado, produz açúcar nos principais países produtores ao redor do mundo, incluindo o Brasil, onde opera, em conjunto com outras empresas, o Terminal de Exportação de Açúcar a Granel (Teag), no complexo portuário de Santos.

CERCA DE 57% DOS PILOTOS COCHILARAM SEM QUERER DURANTE VÔOS NACIONAIS

Pesquisa da Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil (Abrapac) revelou que 57,04% dos pilotos da aviação comercial brasileira já cochilaram sem querer no comando de vôos domésticos. Em relação a vôos internacionais, o índice é ainda mais preocupante: 62,83%. Já 20,14% dos pilotos ouvidos afirmam nunca terem cochilado, mas conhecem um colega que o fez em um vôo nacional - em vôos internacionais, o índice é de 15,04%. Ao todo, 1.250 pilotos responderam ao levantamento, por meio de um questionário via internet. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o País tem 5.963 pilotos. "Entre os pilotos de rota nacional, os vôos normalmente são mais curtos e, consequentemente, mais dinãmicos. Nesse contexto, um cochilo não intencional pode ser extremamente perigoso. Em ambos os casos (domésticos ou internacionais), no entanto, não permanecer em vigília quando solicitado é perigoso, pois em uma situação de emergência o tempo rápido de reação é essencial para que não se cometa erros", avalia a Abrapac no relatório do estudo. O levantamento indica que a irregularidade dos turnos de trabalho - diurnos, vespertinos ou noturnos - piora o desgaste dos profissionais. “Um trabalho em turnos irregulares dificulta a organização da vida social desses trabalhadores, o que pode refletir em sua saúde mental, além de sua saúde física. Neste contexto, mesmo considerando que a legislação atual sobre a regulamentação da jornada de trabalho esteja sendo respeitada, essa irregularidade dos horários de trabalho, associada às folgas simples ou duplas que não incluem o final de semana, são agravantes nas questões relacionadas ao sono e consequentemente à saúde”, informa a pesquisa.

ONS ESTIMA QUEDA NO NÍVEL DE RESERVATÓRIOS NO SUDESTE/CENTRO-OESTE E SUL

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu de 33,9% para 33,3% a previsão do nível de armazenamento dos reservatórios do subsistema Sudeste/Centro-Oeste para o final de julho. Esta é a primeira revisão semanal do Programa Mensal de Operação (PMO) para o mês em curso. Ao fim de junho a capacidade de armazenamento era de 36,1%. No relatório, o ONS diz que a Energia Natural Afluente (ENA), água que corre pelo leito dos rios e é transformada em energia, está mais fraca e a previsão é de menor volume de chuvas, que deve ocorrer isoladamente na bacia do rio Paranapanema e em trecho da usina Itaipu. O operador projeta que a ENA desta semana será de 77% da média de longo termo (MLT), termo utilizado para comparar a previsão à energia gerada em condições hídricas históricas. A visão em relação aos reservatórios da região Sul também foi ajustada para baixo, de 97,6% para 96,7%, apesar de ainda estar em patamar elevado, "bem acima da média histórica", segundo o ONS. A previsão é de chuva fraca a moderada nas bacias dos rios Jacuí e Uruguai e fraca nas bacias dos rios Iguaçu e Paranapanema. As estimativas do ONS para a região Nordeste foram mantidas em 31,5%, em linha com a expectativa de manutenção das vazões naturais previstas para esta semana. Na região Norte, a estimativa da última semana foi elevada de 90,4% para 90,8%. O cálculo de Custos Marginais de Operação (CMO) médio da semana - a variação do custo de operação para atender um MWh adicional de demanda - passou de 40,85 reais/MWh para 546,69 reais/MWh nas regiões SE/CO, NE e N, e de zero para 351,99 reais/MWh na região Sul.

CAPTAÇÃO DA POUPANÇA NO PRIMEIRO SEMESTRE TEM PIOR RESULTADO DESDE 2011

A captação (diferença entre a entrada e a saída de recursos) da caderneta de poupança encerrou o primeiro semestre de 2014 positiva em 9,62 bilhões de reais, o que corresponde a uma queda de 88% ante o segundo semestre de 2013, quando os depósitos superaram os saques em 42,78 bilhões de reais. Na comparação com o primeiro semestre de 2013, quando os depósitos superaram os saques em 28,27 bilhões de reais, a captação recuou 66%. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Banco Central, este é o pior resultado desde o primeiro semestre de 2011, em que o saldo foi de 3 bilhões de reais. A entrada de recursos na caderneta de poupança foi de 752,5 bilhões de reais no primeiro semestre de 2014, recuo de 2% sobre os 764,4 bilhões de reais depositados no semestre anterior e aumento de 11% sobre os 670,3 bilhões de reais dos primeiros seis meses de 2013. Já a saída de recursos totalizou mais de 742,9 bilhões de reais, alta de 3% na comparação com os 721,6 bilhões de reais sacados no semestre anterior e de 14% na comparação com os 642,9 bilhões de reais sacados nos primeiros seis meses de 2013. No mês passado, a captação da caderneta de poupança ficou positiva em 3,22 bilhões de reais, o que representa um aumento de 30% ante maio, quando os depósitos superaram os saques em 2,27 bilhões de reais. Entretanto, na comparação com o mesmo período do anterior, quando os depósitos superaram os saques em 9,45 bilhões de reais, a captação caiu 76%. O aumento da taxa básica de juros, a Selic, foi o principal fator que impulsionou a queda da captação. Diante do aumento dos juros, a caderneta se torna menos rentável que fundos de renda fixa ou Tesouro Direto, por exemplo, que são atrelados à Selic.

JOAQUIM BARBOSA CRIA PERFIL NO TWITTER

Depois de anunciar a aposentadoria do Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa fez sua estreia no Twitter. Nas mensagens postadas até agora, falou sobre a Copa do Mundo e, no domingo, sugeriu sua escalão ideal para a Seleção Brasileira enfrentar a Alemanha nas semifinais do mundial de futebol: Luiz Gustavo, Fernandinho, Paulinho, Ramires ou William, Hulk, Fred e "Bernard como arma para o segundo tempo". Em outra mensagem, Barbosa disse que os técnicos brasileiros substituem mal e tardiamente ao se queixar da entrada de Henrique no time brasileiro contra a Colômbia. "Por que não fazer mudanças, colocar jogadores com frescor em campo? Com tantos jogadores bons no banco!!!" Na estreia, escreveu: "Alívio, finalmente!"

POLICIAIS CERCA COPACABANA PALACE HOTEL PARA PRENDER O CHEFE DA MÁFIA DOS INGRESSOS, DA FAMÍLIA FIFA

O delegado Fábio Barucke, da Polícia Civil do Rio, chegou às 14h45 desta segunda-feira ao hotel Copacabana Palace, na Zona Sul do Rio de Janeiro, com o mandado de prisão do acusado de ser o líder da máfia dos ingressos – um alto funcionário da Fifa ou da empresa Match, uma agência da federação. Policiais se posicionaram junto às saídas do hotel e em pontos estratégicos ao redor do Copa, para uma eventual tentativa de fuga do acusado. Desde o fim de semana havia também policiais infiltrados entre os funcionários do hotel. A prisão foi decretada na manhã desta segunda-feira pela Justiça, a pedido da 18ª DP (São Cristóvão).

RIO DE JANEIRO CONFIRMA DOIS CASOS DE FEBRE CHIKUNGUNYA

O Rio de Janeiro tem dois casos de infecção pelo vírus chikungunya, informou nesta segunda-feira a secretaria de Saúde do Estado. As vítimas foram infectadas fora do País, e o estado de saúde delas é bom. De acordo com Alexandre Chieppe, superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria, não há evidências de circulação do vírus no Brasil. O Ministério da Saúde já registrou 17 infecções pelo vírus chikungunya neste ano, sendo 11 deles no Estado de São Paulo. Desse total, 15 contágios aconteceram entre militares e missionários brasileiros que estiveram no Haiti ou na República Dominicana. Os outros dois estão sob investigação, mas trata-se de indivíduos que também viajaram para esses países recentemente. O Ministério informou que todas as pessoas contaminadas tiveram quadro leve da doença e evolução clínica favorável. A febre chikungunya é transmitida em países da África, da Ásia e do Caribe, região que atualmente passa por um surto da doença: de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), de dezembro de 2013 a maio de 2014, foram registrados 61 864 casos, entre suspeitos e confirmados. Casos importados — quando o paciente é infectado em viagem — foram identificados nos Estados Unidos, Canadá e Guiana Francesa. No Brasil, houve três registros em 2010, também de pessoas contaminadas fora do País. A moléstia apresenta sintomas similares aos da dengue – febre alta, mal estar e dores nos músculos, ossos e articulações – e é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti, o mesmo da dengue, e Aedes albopictus, também existente no Brasil. A doença começa a se manifestar três a sete dias depois de o paciente ser picado. E se o paciente for novamente picado nos primeiros cinco dias dos sintomas, ele passa o vírus para o mosquito, que pode retransmiti-lo a outras pessoas.

FUNDO ABUTRE DIZ AO FINANCIAL TIMES QUE SEQUER FOI PROCURADO PELO GOVERNO PERONISTA POPULISTA E MUITO INCOMPETENTE DE CRISTINA KIRCHNER

Em artigo publicado nesta segunda-feira pelo jornal britânico Financial Times, o gestor Jay Newman, do fundo Elliott Management Corporation, contou seu lado do embate legal com a Argentina, que tenta evitar o pagamento integral dos bônus da dívida do país detidos pelo fundo. Newman comanda um dos chamados 'fundos abutres', que compraram papéis da dívida argentina após o calote da década de 2000 e não aceitaram a reestruturação da dívida nos anos de 2005 e 2010. Numa escolha legítima, em vez de aceitar a proposta do governo Kirchner, preferiram brigar na justiça pelo pagamento integral dos títulos — mesmo que eles tenham sido adquiridos por uma quantia bem inferior ao valor de face. Fundo abutre é um jargão do mercado financeiro usado para classificar fundos de hedge que investem em papéis de países que deram calote — atuam, em especial, na América Latina e na África. Sua atuação é perfeitamente legítima. O termo abutre foi criado para diferenciá-los dos fundos convencionais, justamente por trabalharem como "agiotas" de países caloteiros, emprestando dinheiro em troca de "títulos podres". São considerados pelo mercado uma espécie de "investidor de segunda linha". Sua atuação consiste em comprar títulos da dívida de nações em default por valor irrisório para depois acionar o país na Justiça e tentar receber ganhos integrais. Os "abutres" compraram os papéis da dívida argentina por 48,7 milhões de dólares em 2001 e querem receber, hoje, cerca de 1 bilhão de dólares. A Argentina, por sua vez, tenta escapar do pagamento.

LOBÃO FILHO AMPLIOU SEUS BENS EM 384%

Candidato do clã de José Sarney ao governo do Maranhão nas eleições deste ano, o senador Lobão Filho (PMDB-MA), filho do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, aumentou seu patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral em 384% desde 2010. Lobão Filho ocupa desde 2011 uma cadeira no Senado Federal na suplência do pai. O salário é de 27.000 reais. Ainda assim, chama a atenção como o patrimônio do parlamentar aumentou desde 2010: há quatro anos, o peemedebista declarou possuir 2,57 milhões de reais. Hoje, são 9,88 milhões. Na relação dos bens entregue à Justiça Eleitoral, ele informa ter 85.000 reais “em caixa”, lista 17 imóveis, duas lanchas – e 50% de outras duas –, um helicóptero “acidentado” e ações de aproximadamente 20 empresas. Entre elas, cinco emissoras de rádio.  O salto patrimonial, entretanto, se deve principalmente ao surgimento de 4,3 milhões de reais em uma “Aplicação no FI”, provavelmente em referência a algum fundo de investimentos. Em 2010, a única aplicação que o parlamentar possuía somava 196.000 reais.

DILMA DIZ QUE OBRAS QUE NÃO FICARAM PRONTAS ANTES DA COPA DO MUNDO SERÃO CONCLUÍDAS

Em bate-papo com internautas, a presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que as obras para a Copa do Mundo que não ficaram prontas antes do Mundial serão concluídas. Na conversa pela rede social Facebook, a presidente classificou as vaias na abertura do Mundial como “ossos do ofício” e voltou a lamentar a contusão do craque Neymar. Ela ainda ironizou os que previam que Brasil teria problemas na organização do evento. “Tem muitas obras no Brasil que estão em andamento e não são destinadas à Copa. O Brasil é hoje um dos países que têm mais investimentos em mobilidade urbana, como metrôs, VLTs, BRTs e corredores exclusivos. Todos esses investimentos ficarão prontos para os brasileiros. Mesmo os aeroportos, continuaremos a expandi-los, porque a nossa projeção é que logo chegaremos a 200 milhões de passageiros. E assim é também com portos e rodovias”, disse a presidente.

PREFEITURA COMEÇA TRABALHO DE DEMOLIÇÃO DO VIADUTO QUE DESABOU EM BELO HORIZONTE

Os trabalhos de demolição do Viaduto Guararapes, que caiu na última quinta-feira, em Belo Horizonte, tiveram início por volta das 9h30 desta segunda-feira. A previsão é que o trabalho termine em até 48 horas, desde que o monitoramento de segurança não indique a necessidade de sua parada, segundo informou Alexandre Lucas Alves, coordenador municipal da Defesa Civil de Belo Horizonte. A demolição, autorizada pela Justiça, vai preservar uma parte da obra para os trabalhos de perícia. Em entrevista no local onde está ocorrendo a demolição, o coordenador informou que os trabalhos estão levando em conta a segurança das operações, dos vizinhos e dos trabalhadores. “Os dois viadutos (do complexo viário em construção, um dos quais desabou) estão sendo monitorados de meia em meia hora, para ver se houve algum movimento. Nossa preocupação não é com o tempo, mas com a segurança e a garantia da produção de provas que a perícia criminal precisa”, falou ele. A técnica escolhida pelos especialistas para a demolição utiliza o rompedor hidráulico, também conhecido como martelo hidráulico ou picão, que vai perfurando o concreto. Segundo Alves, os moradores do entorno estão tendo a segurança preservada.

VENDA DE VEÍCULOS NOVOS NO PAÍS CAI 10,2% EM JUNHO

O número de veículos novos comercializados no País fechou junho em 263.564 – queda de 10,2% em relação ao mês anterior, divulgou nesta segunda-feira a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O levantamento inclui veículos leves, caminhões e ônibus. Em relação a junho do ano passado, houve redução de 17,3% no volume de vendas, quando foram comercializadas 318.619 unidades. No acumulado do ano, foram vendidos 1,662 milhão de veículos – queda de 7,6% na comparação com o mesmo período de 2013. A produção de veículos sofreu redução de 23,3% em junho, na comparação com maio. Foram montadas, no mês passado, 215.934 unidades, contra 281.355 unidades de maio. No acumulado do ano, houve redução de 16,8% na quantidade de veículos produzidos, em relação ao mesmo período em 2013. Nos primeiros seis meses deste ano, o número chegou a 1,566 milhão.

NOVAS REGRAS PARA SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES ENTRAM EM VIGOR NESTA TERÇA-FEIRA

A partir desta terça-feira será mais fácil cancelar serviços de telefonia fixa e móvel, internet e TVs por assinatura. O cancelamento poderá ser feito por telefone, terminais ou internet, sem necessidade de falar com atendentes. O bloqueio das contas será automático, com prazo máximo de dois dias para conclusão, podendo ser feito por meio de ligação telefônica, pela internet ou pelos terminais. Esses benefícios estão previstos no Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC), que entra em vigor nesta terça-feira. Com o RGC, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) busca diminuir o número de reclamações feitas por consumidores a sua central de atendimento. Além de ter a atribuição de cancelar as contas, caso seja a vontade dos clientes, as lojas associadas às operadoras terão também de fazer registro de reclamações, bem como atender a clientes que buscam resolver problemas em suas contas. O retorno sobre reclamações relativas a cobranças terão de ser feitos em, no máximo, 30 dias. Se a empresa não cumprir o prazo, terá de corrigir automaticamente o valor da fatura. Se ela já tiver sido paga, a operadora terá de devolver o valor em dobro. Outra vantagem, do ponto de vista do consumidor, é que as empresas operadoras terão a obrigação de retornar as ligações, caso estas caiam. As novas regras fixam, ainda, validade mínima de 30 dias para os créditos das contas pré-pagas. Caberá às empresas informar aos clientes pré-pagos a data de expiração dos créditos e, aos pós-pagos, que os limites de serviços de mensagem (SMS) e internet móvel estão próximos de atingir os limites previstos no plano contratado.

DILMA DIZ QUE O MAIOR LEGADO DA COPA DO MUNDO É A AUTOESTIMA ELEVADA

A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que o maior legado do campeonato é a “renovação da confiança do povo brasileiro no País e na sua capacidade”. Em bate-papo com internautas, ela afirmou que o País sai da Copa com a “autoestima mais elevada”. Em reposta a uma internauta, a presidente ressaltou o sucesso do Mundial. “Bia [Sport], sem dúvida, a partir de agora, o Ministério do Esporte tem os requisitos para trazer competições internacionais para o Brasil. Até porque não há nenhuma competição internacional que tem uma complexidade maior do que a da Copa”, disse a presidente. Sobre as ações do governo federal em relação ao desabamento de um viaduto em Belo Horizonte, ocorrido na última quinta-feira, Dilma disse que aguarda a entrega do laudo com as causas do desmoronamento. Segundo ela, a prefeitura de Belo Horizonte é responsável pela execução da obra e também pela fiscalização da empresa contratada. O empreendimento faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana e consumiu, até o momento, R$ 713 milhões, dos quais R$ 311 milhões do PAC.

CESTA BÁSICA RECUA EM DEZ DE 18 CAPITAIS PESQUISADAS

O valor da cesta básica caiu, em junho, em dez das 18 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). São Paulo é a cidade em que o conjunto de produtos essenciais custa mais caro, com valor de R$ 354,63. A capital paulista, no entanto, está em uma sequência de quatro variações negativas. Em Aracaju, foi registrado o menor custo, com R$ 247,64. As maiores quedas, na comparação com maio, ocorreram em Belo Horizonte (-7,33%), Campo Grande (-4,55%), Porto Alegre (-4%) e São Paulo (-3,25%). As regiões Norte e Nordeste apresentaram as altas mais expressivas, com destaque para Manaus (6,08%), João Pessoa (3,43%), Aracaju (2,45%) e Recife (1,53%). Na região Sul, a única capital a apresentar aumento foi Florianópolis, com alta de 0,98%. A partir da pesquisa mensal da cesta básica, o Dieese estima o valor do salário mínimo necessárioa um trabalhador e sua família, que, no último mês, deveria ter sido de R$ 2.979,25. O valor é 4,11 vezes maior do que o mínimo em vigor, de R$ 724. O cálculo leva em consideração o custo da cesta básica mais cara, além de despesas com moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, conforme prevê a Constituição Federal. No acumulado do ano, as 18 capitais pesquisadas registraram alta no valor da cesta básica. Aracaju, embora tenha o conjunto mais barato, acumula variação de 14,24%. Em seguida, estão Recife (11,92%) e Brasília (11,86%). Os menores aumentos foram verificados em Belo Horizonte (2,43%), Campo Grande (2,62%) e Salvador (5,22%). A baixa nos preços do feijão, da batata, do óleo de soja, da banana e do tomate foram os itens que mais influenciaram o recuo no custo médio da cesta. O preço do feijão recuou em todas as cidades, exceto em Brasília, onde o valor aumentou 0,57%. Com destaque para as localidades, onde há colheita, como Campo Grande (-14,01%), Natal (-12,35%) e Belo Horizonte (-11,70%). Carne, leite e arroz, apresentaram aumentos na maioria das capitais.

ANFAVEA PREVÊ PRIMEIRA QUEDA NA PRODUÇÃO DE VEÍCULOS DESDE 2002

O número de veículos produzidos no País até o final do ano deverá alcançar 3,712 milhões, uma queda de 10% na comparação com o ano passado, prevê a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Se o recuo for confirmado, será a primeira queda registrada desde 2002, quando o setor havia produzido 1,633 milhão de unidades, contra 1,674 milhão do ano anterior. A previsão para o fechamento dos licenciamentos no ano também não é otimista. O setor deve registrar queda de 5,4% em relação a 2013, somando 3,767 milhões de unidades licenciadas. Segundo o presidente da entidade, Luiz Moan Yabiku Junior, a manutenção das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis, anunciada no dia 30 do mês passado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, evitará uma redução ainda maior. “Se esse aumento do IPI tivesse ocorrido, teríamos uma queda de 11,5% nas vendas”, estima ele. O IPI estava previsto para voltar, no dia 1º deste mês, ao patamar de 7%, para carros até mil cilindradas. Com a decisão do ministro, a alíquota permanece em 3%. Os automóveis entre mil e 2 mil cilindradas, bicombustíveis, continuam tributados em 9%. Antes da redução, a alíquota da categoria era 11%. Quanto ao volume de comercialização de veículos no segundo semestre deste ano, a previsão é crescimento de 14,3%, na comparação com o semestre anterior. A previsão da entidade é que o número de licenciamentos nos últimos seis meses do ano chegue a 1,663 milhão de unidades. De acordo com o presidente da Anfavea, o calendário com maior número de dias úteis no próximo semestre deve favorecer as vendas do setor. Nos seis primeiros meses de 2014, o País teve 119 dias úteis, contra 127 dias do segundo semestre.

GANA REGISTRA PRIMEIRO CASO SUSPEITO DE EBOLA

O Ministério da Saúde de Gana confirmou nesta segunda-feira que o país registrou um caso suspeito de ebola. Atualmente, três países da África Ocidental enfrentam surto da doença – Guiné, Serra Leoa e Libéria. A Organização Mundial da Saúde (OMS) acompanha a situação. O governo ganês informou que, ante a suspeita, tomou medidas que incluem o reforço das equipes de saúde pública e a adoção de quarentena para o paciente e para os profissionais de saúde envolvidos no tratamento. “Esperamos que o público em geral mantenha a calma enquanto aguardamos o resultado da amostra de sangue enviada para teste. Gostaríamos de assegurar que a situação está sob controle”, informou o ministério, por meio de nota. No Brasil, o Ministério da Saúde informou na semana passada que acompanha, por meio de dados repassados pela OMS, o surto de ebola registrado na África Ocidental. Segundo o ministério, não há casos da doença confirmados no país.

CORREDORES DO ESPAÇO AÉREO SERÃO ALTERADOS COM AUMENTO DE VÔOS NA COPA

A Aeronáutica vai criar corredores exclusivos de aviões diante da expectativa de maior fluxo de vôos na reta final da Copa do Mundo da Federação Internacional de Futebol (Fifa) no Brasil. O chefe do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), coronel Ary Rodrigues Bertolino, disse nesta segunda-feira que  a estratégia consta em  mexer nos limites dos espaços aéreos, de modo a dividir mais as rotas existentes, diante do aumento previsto do fluxo de vôos nos últimos jogos da Copa. “Ou seja, aonde eu teria quatro controladores, terei seis. Com isso, aumento em 50% minha capacidade de gerenciamento do espaço aéreo”, explicou.  Ele salientou que a medida servirá para otimizar o fluxo  de aeronaves, preparando os aeroportos para maior capacidade.  “É como se eu estivesse colocando uma faixa reversível para poder escoar mais carros”, comparou Bertolino. Para a grande final da Copa, no domingo, o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão-Antonio Carlos Jobim, deverá ter 600 movimentos de pouso e decolagem. Em dias normais, a média na unidade aeroportuária são 420 movimentos por dia.

POLÍCIA DO RIO DE JANEIRO PRENDE NO HOTEL COPACABANA PALACE INGLÊS ACUSADO DE CHEFIAR ESQUEMA DE VENDA ILEGAL DE INGRESSOS NA COPA DO MUNDO

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira o empresário Ray Whelan, suspeito da venda irregular de ingressos para a Copa do Mundo. De acordo com a polícia, ele é diretor da empresa Match, associada à Fifa, responsável pela venda dos ingressos. Participaram da ação o delegado Fabio Baruck, titular da 18ª Delegacia de Polícia, e o promotor Marcos Kac, da 9ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal do Ministério Público. Segundo o promotor, Whelan não resisitiu à prisão e estava acompanhado pelo advogado de sua empresa.

PSDB-SP ENTRA COM REPRESENTAÇÃO CONTRA SKAF E FIESP NA JUSTIÇA ELEITORAL

O diretório estadual do PSDB vai entrar nesta terça-feira, 8, com uma representação na Justiça Eleitoral contra o candidato do PMDB ao governo de paulista, Paulo Skaf, e a Federação de Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O partido acusa o peemedebista e a entidade que ele mesmo presidiu até maio deste ano de abuso de poder econômico, uso indevido dos meios de comunicação e promoção pessoal de Skaf em propagandas da Fiesp veiculadas neste fim de semana, quando começou oficialmente a campanha eleitoral. A representação elaborada pelo PSDB aponta que, embora a Fiesp não se utilize da figura de Skaf nas peças publicitárias, a entidade promove bandeiras da gestão do peemedebista na presidência da instituição, como o combate ao reajuste do IPTU e a campanha contra o aumento da conta de luz. Algumas delas, inclusive, serão levadas por Skaf para a campanha, a exemplo das escolas construídas pela entidade quando ele foi presidente. "A Fiesp é um órgão sindical. Sindicato não pode fazer propaganda", afirmou o presidente do PSDB paulista, deputado Duarte Nogueira. "Elas foram ao ar logo que começou a campanha eleitoral. É muito descaramento. É um absurdo, um absoluto escárnio". Skaf é o segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto. No último Datafolha, divulgado no começo de junho, o peemedebista aparecia com 21%, atrás somente do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 44%.

PASTOR REJEITADO PELO PSOL DO RIO DE JANEIRO REGISTRA CANDIDATURA

Pivô de uma crise entre a direção estadual e o comando nacional do PSOL, o pastor Jeferson Barros registrou na tarde desta segunda-feira a candidatura a deputado federal no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Integrante da Assembléia de Deus do Ministério Parque Anchieta, Jeferson foi retirado do rol de candidatos pelo PSOL-RJ, com o argumento de que não se alinha aos princípios do partido, mas a candidatura foi aprovada na convenção nacional. A legislação eleitoral permite que o pré-candidato que não tenha sido incluído na lista oficial do partido peça o registro ao tribunal no prazo de até 48 horas depois da publicação da lista enviada pelas legendas. O TRE do Rio de Janeiro publicará a lista completa até 10 de julho. Os candidatos que ficaram de fora por alguma razão têm até o dia 12 para pedirem o registro. A medida busca preservar eventuais candidatos de possíveis falhas ou decisões arbitrárias dos partidos. A reação contrária à candidatura de Jeferson partiu de parlamentares de destaque do partido, como Jean Willys, Chico Alencar e Marcelo Freixo. Eles apontaram a ligação de Jeferson com o pastor Silas Malafaia, líder da Assembléia de Deus Vitória em Cristo, que faz da pregação contra o casamento gay e o aborto suas principais bandeiras. Em carta aberta distribuída no dia 24 de junho, deputados, vereadores e dirigentes do PSOL fluminense manifestaram "espanto e indignação" contra a permissão dada pela convenção nacional à candidatura de Jeferson. "A obsessão por candidaturas sem afinidade com nosso ideário plural, fundado no socialismo (...) e na liberdade a ser conquistada nas lutas emancipatórias, só trará problemas e incoerências na campanha que já se inicia, e retrocessos quanto ao que duramente conquistamos", diz o documento. A direção estadual ignorou a instância superior e não incluiu o nome do pastor na lista de candidatos enviada ao TRE na semana passada. Com uma cópia da ata da convenção nacional, Jeferson foi nesta segunda ao tribunal registrar a candidatura. O pastor se diz defensor do direito à união civil de pessoas do mesmo sexo, mas argumenta que é impedido pela Igreja de realizar casamento gay. "Como pastor, não posso realizar casamento de pessoas do mesmo sexo, o estatuto da Igreja me impede e me impõe penalidade se isso acontecer. É um direito deles (dos casais gays), mas eu não posso fazer o casamento. É uma questão estatutária da Igreja", diz o pastor. Os parlamentares que se opuseram à candidatura de Jeferson negam perseguição religiosa e lembram que o partido tem dois pastores filiados e com intensa atividade partidária: Mozart Noronha, luterano, e Henrique Vieira, da Igreja Batista, vereador em Niterói (região metropolitana).

PROCURADORIA DA REPÚBLICA ACUSA EX-ANALISTA DA RECEITA FEDERAL POR ENRIQUECIMENTO ILÍCITO

O Ministério Público Federal em São Paulo entrou com ação por improbidade administrativa contra um ex-analista técnico da Receita Federal. Ele e a mulher são acusados de enriquecimento ilícito, entre 2002 e 2005. Na época, o então analista da Receita adquiriu bens de alto valor, como terrenos e automóveis, e efetuou depósitos em dinheiro e cheque na conta corrente da mulher. O autor da ação é o procurador José Roberto Pimenta Oliveira. A ação é resultado da atuação da Força Tarefa de Combate ao Enriquecimento Ilícito na Receita na 8ª Região Fiscal, criada em abril na Procuradoria da República em São Paulo. Um procedimento administrativo disciplinar instaurado em 2010 apurou que a variação patrimonial irregular do então servidor totalizou R$ 339,7 mil no período. O ex-analista foi alvo também de inquérito no Ministério Público Federal e de processo administrativo fiscal. Segundo o Ministério Público Federal, comprovado o enriquecimento ilícito, o analista foi demitido e impedido de retornar ao serviço público. Na ação por improbidade, a Procuradoria da República requer concessão de liminar para indisponibilidade dos bens móveis e imóveis dos réus, “para assegurar o integral ressarcimento do dano material e o eventual pagamento de multa que, somados, podem chegar a R$ 2,4 milhões”. Além disso, o procurador José Roberto Pimenta Oliveira, autor da ação, pede que o ex-servidor seja condenado à suspensão dos direitos políticos por 10 anos e à proibição de contratar com o poder público pelo mesmo prazo. A iniciativa surgiu a partir de uma comunicação da Corregedoria da Receita sobre a existência de diversas sindicâncias em andamento contra fiscais para apurar diferenças entre a renda líquida e a variação patrimonial desses servidores.

JOSÉ GREGORI VAI COORDENAR O COMITÊ FINANCEIRO DE AÉCIO NEVES

Ao sair da primeira reunião de campanha de Aécio Neves (PSDB) à Presidência, o coordenador nacional José Agripino Maia, senador e presidente do DEM, revelou alguns nomes do organograma da equipe. O ex-ministro da Justiça, José Gregori, será o coordenador do comitê financeiro da campanha, ocupando o mesmo cargo que teve na campanha presidencial de José Serra, em 2010. Gregori trabalhará em parceria com o tesoureiro, o mineiro Frederico Pacheco, que já atuou em outras campanhas de Aécio Neves. O responsável pela área jurídica será o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP). A coordenação de cam panha será mesmo de Paulo Vasconcelos, que atua como marqueteiro do tucano. José Agripino Maia e Aécio Neves também fizeram um mapa com coordenadores políticos da campanha nos Estados. No Rio de Janeiro, por exemplo, o nome escolhido para representar Aécio Neves foi do deputado peemedebista Jorge Picciani, um dos principais articuladores do movimento apelidado de "Aezão" - de apoio à reeleição de Luiz Fernando Pezão (PMDB) ao governo estadual e de Aécio à Presidência. Na Bahia, o coordenador será o prefeito da capital, ACM Neto (DEM), e, no Espírito Santo, o ex-governador e também candidato ao governo do Estado, Paulo Hartung (PMDB). Em São Paulo, a coordenação ficará a cargo vice-presidente do PSDB e ex-governador Alberto Goldman.

ORGANIZAÇÃO TERRORISTA HAMAS INTENSIFICA DISPARO DE FOGUETES E ISRAEL SE DIZ PRONTO PARA REAGIR

O grupo terrorista Hamas intensificou o disparo de foguetes contra cidades do sul de Israel, que convocou reservistas nesta segunda-feira, antecipando uma possível reação contra a organização islâmica que domina a Faixa de Gaza. O braço armado do grupo palestino disse ter disparado dezenas de foguetes durante cerca de uma hora. Em meados de junho já haviam sido centenas. Israel disse que mais de 40 foguetes foram lançados enquanto ocorriam enterros de militantes em Gaza: 30 atingiram seu território e o resto foi abatido por interceptadores, informou o Exército. Sirenes de ataque aéreo soaram até no norte distante, nos arredores de Tel Aviv e Jerusalém. A polícia israelense disse terem sido alarmes falsos, mas os militares afirmaram que foguetes desencadearam os alertas a até 80 quilômetros de Gaza, os mais distantes na atual crise.

CHINA ASSINA ACORDO PARA COMPRAR 123 HELICÓPTEROS DA AIRBUS

A divisão de helicópteros do grupo Airbus selou um negócio de 600 milhões de dólares nesta segunda-feira para a venda de 123 helicópteros para companhias chinesas durante a visita da chanceler Angela Merkel. Os pedidos estão sendo realizados por três provedores de serviços de aviação geral chineses, disse a companhia. O negócio está entre os maiores desde que a China recentemente reduziu restrições de vôos de baixa altitude em seu espaço aéreo controlado por militares. O alívio nos controles alimentou projeções de um forte aumento de pedidos para preencher uma lacuna em um dos mercados mais inexplorados do mundo para helicópteros e aviação geral. "Nós acreditamos que estes primeiros contratos consideráveis são sinais de que este mercado está começando a decolar", disse o presidente-executivo da Airbus Helicopters, Guillaume Faury. "Hoje há 350 helicópteros civis voando na China. Na Europa há 10 mil e nos Estados Unidos, 12 mil. O mercado potencial para helicópteros na China é enorme", acrescentou. A China atualmente compra cerca de 50 helicópteros por ano ante um mercado anual global de 800 helicópteros civis, de acordo com estimativas da Airbus Helicopters, formalmente conhecida como Eurocopter. Até 2020, a expectativa é de que suas compras quadrupliquem para 200 ao ano e até lá, em vez de 6 a 7% do mercado global, é esperado que alcance 20% da demanda, disse Faury.

EDUARDO CAMPOS REÚNE PRESIDENTES ESTADUAIS DO PSB PARA COORDENAR CAMPANHA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

O candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, reuniu nesta segunda-feira os presidentes estaduais do partido para coordenar e organizar sua campanha e disse a jornalistas que não há problemas de alianças no âmbito nacional. Segundo Eduardo Campos, que também é o presidente nacional da sigla, o partido está “unido” e “coeso” em torno do projeto nacional, “Nós estamos hoje fazendo uma reunião com os presidentes do PSB de todo o Brasil para que eles possam, em cada um dos Estados, compor com os partidos aliados a coordenação da campanha naqueles Estados, seguir o debate do programa, fazer as sugestões de agenda, e começar uma campanha que vai tomar as ruas do Brasil”, disse o socialista após a reunião, antes de seguir viagem a Pernambuco. “Não há dissidência no partido em relação ao projeto nacional”, garantiu. A coordenação de agenda é um dos pontos importantes dessa organização, mas segundo um importante dirigente da sigla, o encontro também serviu para “chamar à obrigação” os responsáveis pela campanha nos Estados. Para esta semana, a agenda já prevê que Eduardo Campos esteja nesta terça-feira em Recife, quarta-feira em Fortaleza, e na quinta-feira no Maranhão. A candidatura de Eduardo Campos, terceira colocada nas pesquisas de intenção de voto, conta com pouco tempo de TV, daí a necessidade de mobilização nos Estados, incluindo a inauguração de comitês estaduais e também casas de eleitores que o apóiam, a exemplo da campanha à Presidência realizada em 2010 por sua vice, a ex-senadora Marina Silva, que contava com as chamadas “Casas de Marina”.

AÉCIO NEVES DIZ QUE CAMPANHA DE RUA VAI COMEÇAR APÓS A COPA DO MUNDO

O senador Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência, disse nesta segunda-feira, após a primeira reunião com sua coordenação de campanha, que a campanha de rua vai começar efetivamente apenas após a Copa do Mundo. "Depois da Copa, as pessoas vão estar mais conectadas na eleição. A partir da semana seguinte é que as pessoas vão estar efetivamente acompanhando", disse o senador. Questionado sobre a possibilidade de assistir à semifinal entre Brasil e Alemanha nesta terça-feira, em Belo Horizonte, no Mineirão, Aécio Neves fez mistério: "Não decidi ainda se vou ao jogo. Por enquanto, estou em São Paulo". O senador tem dois compromissos agendados nesta semana, ambos na quinta-feira. Pela manhã, vai a Vitória (ES) para participar de um ato político ao lado de Paulo Hartung, candidato do PMDB ao governo estadual. À tarde vai ao município de Queimados, no Rio de Janeiro, onde participa de uma plenária com o grupo apelidado de "Aezão" - grupo que reúne apoiadores de Aécio e do candidato à reeleição pelo governo fluminense Luiz Fernando Pezão (PMDB). O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi um dos principais incentivadores da campanha de Aécio Neves no PSDB, apareceu de surpresa na reunião da coordenação de campanha.

BNDES FINANCIA R$ 2,7 BILHÕES PARA LOJAS AMERICANAS E B2W

O BNDES concedeu empréstimos de 2,7 bilhões de reais para a varejista Lojas Americanas e sua controlada B2W, que atua no comércio eletrônico. Para a Lojas Americanas, o financiamento é de 1,22 bilhão de reais, montante correspondente a 60% do investimento da companhia em abertura e reforma de lojas, implantação de centros de distribuição e quiosques da Americanas.com nas lojas físicas da rede, até 2015, disse o banco de fomento, em comunicado nesta segunda-feira. Executivos da companhia disseram em março que deveriam manter a abertura de 100 lojas por ano de agora em diante, mantendo o ritmo de expansão entre 2009 e 2013. A companhia encerrou 2013 com 856 lojas espalhadas por 297 cidades brasileiras, concluindo um programa que previa a abertura de 400 unidades em um prazo de quatro anos. Para a B2W, o BNDES contratou um financiamento de 1,46 bilhão de reais, recursos que também correspondem a 60% dos investimentos no projeto que visa a implantação de centros de distribuição e investimentos em logística e tecnologia da informação e comunicação até 2015.

PETRÓLEO RECUA COM POSSÍVEL AUMENTO DA OFERTA DA LÍBIA[

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda nesta segunda-feira, pressionados pela expectativa de aumento da oferta da Líbia. Além disso, os rebeldes no Iraque seguem distantes da principal região produtora do país. O petróleo para agosto fechou em queda de US$ 0,53 (0,51%), a US$ 103,53 por barril na New York Mercantile Exchange (Nymex), patamar mais baixo desde 6 de junho. Na IntercontinentalExchange (ICE), em Londres, o petróleo para agosto recuou US$ 0,40 (0,36%), para US$ 110,24 por barril. O governo líbio suspendeu a interrupção do carregamento de petróleo em dois portos, Es Sider e Ras Lanuf, disse Mohammad el-Harari, porta-voz da estatal National Oil. Rebeldes que ocupavam os dois portos desde o fim de julho de 2013 chegaram a um acordo com o governo. Es Sider e Ras Lanuf podem embarcar 560 mil barris por dia juntos, quase metade da capacidade de exportação do país, de 1,3 milhão de barris por dia.
Embora acordos para aumentar a produção de petróleo da Líbia tenham fracassado em um passado recente, "a possibilidade de uma retomada da produção é maior neste momento", disseram analistas do BNP Paribas em nota enviada a clientes. Além disso, o conflito iraquiano segue concentrado na parte norte do país e "não se espalhou para o sul do Iraque, onde está a maior parte da produção de petróleo do país", salientou o analista Tariq Zahir, da Tyche Capital Advisors.

AÉCIO NEVES FAZ PRIMEIRA REUNIÃO DE COORDENAÇÃO DE CAMPANHA EM SÃO PAULO

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, fez nesta segunda-feira sua primeira reunião com a coordenação de campanha em São Paulo. Participam do encontro a portas fechadas o coordenador de campanha Andrea Matarazzo, o primeiro suplente na chapa de José Serra ao Senado, José Aníbal, o vice-presidente nacional do PSDB, Alberto Goldman, e o ex-ministro da Justiça, José Gregori, entre outras figuras do partido. A sede do comitê nacional de campanha de Aécio Neves foi inaugurada nesta segunda-feira. É uma casa alugada, de propriedade do empresário Dinho Diniz, sobrinho de Abílio Diniz. A casa, que servirá de sede, fica na avenida Brasil, nos Jardins, bairro nobre de São Paulo, ainda está sendo montada.Equipamentos e móveis ainda serão trazidos, mas as primeiras reuniões já aconteceram nesta segunda-feira. Essa é uma das quatro estruturas que a campanha do senador terá na capital paulista. Há também um pequeno prédio no Brooklin, onde já trabalha a equipe de marketing comandada por Paulo Vasconcelos, uma estrutura de internet e redes sociais, coordenada por Xico Graziano, em Pinheiros, e a equipe procura um quarto imóvel para abrigar a assessoria de imprensa.

ISRAEL NEGA MORTE DE MILITANTES EM ATAQUE, O PAÍS CONVOCA OS RESERVISTAS PARA AS FORÇAS ARMADAS

As Forças Armadas israelenses convocaram reservistas nesta segunda-feira para uma possível escalada das hostilidades com os palestinos na Faixa de Gaza, onde o Hamas disse que seis de seus terroristas foram mortos em ataques aéreos, o que Israel negou. O Hamas prometeu vingança pelo que disse ter sido o ataque mais letal da onda de violência desencadeada pelo sequestro e morte de três jovens israelenses e um adolescente palestino. Terroristas palestinos mantiveram os rotineiros bombardeios com foguetes contra o território israelense. Um porta-voz militar israelense, tenente coronel Peter Lerner, afirmou que a aviação havia bombardeado "instalações do terror e lançadores de foguetes ocultos", mas não atacou a área de Rafah, no sul do enclave, onde morreram os homens do Hamas. Lerner declarou ainda que os disparos de foguete de Gaza contra Israel por terroristas do Hamas significam que "agora os militares israelenses estão falando em preparativos para uma escalada". As Forças Armadas convocaram centenas de reservistas e estão prontas para mobilizar um total de 1.500 soldados, disse. Os disparos de foguetes a partir da Faixa de Gaza, território sob controle do Hamas, continuaram nesta segunda-feira e um soldado israelense ficou ferido.

ALSTON OBTÉM CONTRATO DE TURBINAS EÓLICAS DE 120 MILHÕES DE EUROS NO BRASIL

A Alstom disse nesta segunda-feira que assinou um contrato no valor de cerca de 120 milhões de euros (164 milhões de dólares) com a empresa brasileira de energia Tractebel para fornecer turbinas para um parque eólico no nordeste do Brasil. A Alstom afirmou em um comunicado que irá fornecer 36 unidades de turbinas eólicas ECO 122 de 2,7 megawatts (MW) cada para o parque eólico, que deve iniciar operações em meados de 2016. A Alstom também vai operar e manter o parque eólico durante 10 anos.

VALOR MÍNIMO PARA TED CAI DE R$ 1 MIL PARA R$ 750,00

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) reduziu de R$ 1 mil para R$ 750,00 o valor mínimo para realização da Transferência Eletrônica Disponível (TED). Ao divulgar nesta segunda-feira a informação, a Febraban informou que o novo limite já está disponível. A principal vantagem da TED, usada para movimentar valores entre bancos diferentes, é o crédito ao destinatário que fica disponível no dia em que a operação é feita. No caso do Documento de Crédito (DOC), é preciso aguardar pelo menos 24 horas para que seja concluída a transação. O DOC é permitido para valores até R$ 4.999,00. Os valores para DOC e TED variam conforme os bancos, mas, em geral, são cobrados valores próximos de R$ 7,00 para canais eletrônicos e de R$ 13,00 para operações realizadas pessoalmente. Segundo a Febraban, o estabelecimento de um valor mínimo para a TED evita que ela gere demanda em excesso e sobrecarregue os sistemas de pagamento e compensação. A TED surgiu em 2002, com valor mínimo inicial de R$ 5 milhões. No ano seguinte, caiu para R$ 5 mil. Em 2010, foi reduzido para R$ 3 mil, e em 2012, para R$ 2 mil. No ano passado, o patamar mínimo para TED alcançou R$ 1 mil.

EM EDITORIAL, JORNALISTA PETISTA MINO CARTA COMUNICA QUE SUA REVISTA CARTA CAPITAL APÓIA A REELEIÇÃO DE DILMA ROUSSEFF; QUAL É A NOVIDADE NISSO?!!!

O jornalista petista Mino Carta, diretor de redação da revista Carta Capital, conhecida pela posição chapa branca das suas edições, forradas de anúncios do governo, assinou editorial na edição desta semana no qual declara o apoio da publicação à reeleição de Dilma Rousseff à presidência. O texto afirma que este é o momento de dizer quais são suas preferências. "Este é o momento certo para as definições, ainda mais porque falta chão a ser percorrido e o comprometimento imediato evita equívocos", explicou. De acordo com o editorial, a Carta Capital está preparada para o "costumeiro desempenho da mídia nativa, a alegar isenção e equidistância enquanto confirma o automatismo da escolha de sempre contra qualquer risco de mudança". Carta explica que o apoio à Dilma é reflexo de percepção e esperança. "Carta Capital respeita Aécio Neves e Eduardo Campos, personagens de relevo da política nacional. Permite-se observar, porém, que ambos estão destinados inexoravelmente a representar, mesmo à sua própria revelia, a pior direita, a reação na sua acepção mais trágica. A direita nas nossas latitudes transcende os padrões da contemporaneidade, é medieval". Com relação à gestão do PT, cabem críticas, afirma a publicação. Entretanto, para o diretor de redação, o "empenho social do governo de Lula não arrefeceu com Dilma, e até avançou. Por isso, a esperança se estabelece é deste lado". Mino Carta é o mesmo que assinava editoriais da revista Veja, durante a ditadura militar, elogiando a ditadura militar.

DILMA USA AVIÃO E HELICÓPTERO DA FAB PARA IMPULSIONAR CAMPANHA DA PETISTA GLEISI HOFFMANN NO PARANÁ

Na última quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff participou do quarto lançamento da candidatura de Gleisi Hoffmann (o PT acredita que a candidata há de pegar no tranco), ao governo do Paraná. Dilma foi a Curitiba usando avião da Força Aérea Brasileira que atende a Presidência e teve um helicóptero da FAB à sua disposição para deslocamentos. Apesar dos eventos em Curitiba serem exclusivamente da campanha petista, a conta da festa (aeronaves, tripulantes, combustível) foi bancada por todos os brasileiros. Para disfarçar o flagrante uso da máquina pública em benefício dos interesses políticos do PT, a assessoria de comunicação da Presidência alegou que Dilma cumpria “agenda privada” na capital do Paraná. A presidente nasceu em Minas Gerais, morou no Rio Grande do Sul e não tem vínculo algum com o Paraná, estado onde Dilma não tem qualquer relação de amizade, exceto com a senadora petista Gleisi Hoffmann e com seu marido, o ministro Paulo Bernardo da Silva (Comunicações). Pode ser classificada como bizarra a alegação de que a presidente Dilma foi a Curitiba cumprir “agenda particular” e aproveitou a coincidência para participar de um ato de campanha de Gleisi. A história é mais um daqueles deboches típicos do PT, que vem privatizando o governo e a máquina pública em favor dos interesses partidários desde que chegou ao poder em janeiro de 2003. Na festa do quarto lançamento de Gleisi, Dilma deu outras demonstrações de cinismo. Em seu discurso, a presidente tentou desmentir a perseguição que seu governo move contra o Paraná. A petista disse que o Paraná recebeu R$ 47 bilhões desde 2003 (quando o PT chegou ao poder). Sem querer, a presidente confirmou as denúncias de perseguição contra o Estado. Perseguição promovida por Gleisi enquanto chefe da Casa Civil e depois como senadora. A discriminação pesada começou em 2011 (antes o Estado era governado por um aliado do PT), quando o tucano Beto Richa assumiu o governo e Gleisi Hoffmann foi nomeada para a Casa Civil. Sobre os minguados recursos federais para o Estado nesse período Dilma evita falar. A perseguição contra o Paraná promovida por Gleisi e pelo PT ganhou atestado passado pelo Supremo Tribunal Federal. O STF emitiu três liminares determinando que o Proinveste (linha de crédito criada em 2012 e que todos Estados, exceto o Paraná, já haviam recebido) fosse pago imediatamente. Ainda assim, o secretário do Tesouro, Arno Augustin, seguindo instruções de Gleisi, continuou procrastinando o pagamento que só foi liberado depois que o Paraná pediu ao Supremo a prisão do burocrata por crime de desobediência. (Ucho)

EDUARDO CAMPOS DIZ QUE RECUSOU OFERTA DO PT PARA CONCORRER À PRESIDÊNCIA EM 2018

O candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos, afirmou nesta segunda-feira ter recusado "várias promessas" do PT para que o partido que preside permanecesse na base do governo da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, foi oferecida inclusive proposta para 2018, sinalizando que fosse um plano para que ele saísse candidato. "Quando vimos que o projeto tinha inconsistências, fizemos a crítica interna. E fizemos o que não é comum na política, saímos do governo. Saímos pela porta da frente. Foram tentadas várias promessas, de participação no governo, de participação em chapa, promessa para 2018", disse Eduardo Campos, em visita ao município de Águas Lindas de Goiás, na divisa com o Distrito Federal. No segundo dia de campanha oficial, o ex-governador de Pernambuco também voltou a fazer críticas à petista Dilma Rousseff, dizendo que ela precisa deixar o marketing de lado e dialogar com a sociedade. Eduardo Campos lançou a campanha no domingo na comunidade Sol Nascente, no Distrito Federal, junto com a candidata a vice-presidente em sua chapa, Marina Silva. "Chegou a hora da presidente Dilma sair de detrás do marqueteiro e vir pras ruas, falar com o povo e dizer o que foi que ela fez nos últimos quatro anos. Porque a gente procura no Brasil real e não encontra o que é que ela fez nos últimos quatro anos", disse Eduardo Campos. "Ao contrário de seus principais adversários, Dilma ainda não realizou nenhum ato de campanha", acrescentou. De acordo com o pessebista, "foi dada a Dilma a chance, a oportunidade. Ela não soube usar ou não quis usar. Nós precisamos agora cuidar do Brasil". Eduardo Campos continuou os disparos contra a presidente Dilma dizendo que "o Brasil clama por um novo governo que cuide do serviço público". "Que não entregue pedaços do estado para os partidos políticos em troca de tempo de televisão", complementou.

ASSALTO "CAVALO DE TRÓIA" ESVAZIA FÁBRICA DA SAMSUNG

Usando a mesma estratégia que os gregos, nas páginas da literatura, usaram contra Tróia, pelo menos 20 bandidos roubaram na madrugada desta segunda-feira a fábrica da Samsung, em Campinas: uma van que levava funcionários da empresa para o trabalho. Os bandidos usaram as roupas e os crachás dos empregados feitos reféns. Assim que entraram na empresa, o grupo dominou os seguranças do setor de entrega e, em seguida, os que estavam nas guaritas. Desarmados, eles foram obrigados a fingir que nada de diferente estava ocorrendo. Entre meia-noite e três horas da manhã, os ladrões carregaram sete caminhões com cerca de 40 mil peças. O valor da mercadoria roubada foi estimado em R$ 80 milhões.

CAMPANHAS A GOVERNADOR PODEM CHEGAR A R$ 2,1 BILHÕES

Os gastos dos candidatos a governador em 2014 podem atingir a soma histórica de R$ 2,1 bilhões – na eleição passada, as 85 principais campanhas estimaram teto de R$ 1,8 bilhão, embora tenham gasto R$ 939 milhões com a correção. Entre os candidatos de São Paulo, maior colégio eleitoral do Brasil, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estima orçamento na casa de R$ 90 milhões. Em 2010, o tucano estimou gastos em R$ 58 milhões. O valor mais alto do País até agora no entanto é de Paulo Skaf (PMDB), adversário de Alckmin: R$ 95 milhões. No Distrito Federal, o governador Agnelo Queiroz (PT) dobrou sua previsão em relação a 2010 - a atual é de R$ 70 milhões. Em Minas Gerais, o PSDB também prevê desembolsar quase o dobro por Pimenta da Veiga, com R$ 60 milhões. Há quatro anos, informou R$ 35 milhões para eleger Antonio Anastasia.

JOAQUIM BARBOSA PEDE ADIAMENTO DE SUA APOSENTADORIA PARA AGOSTO

Joaquim Barbosa pediu ao Ministério da Justiça hoje  o adiamento de sua aposentadoria para o dia 6 de agosto. Na semana passada, Barbosa enviara ao ministro da Justiça, o "porquinho" petista José Eduardo Cardozo, o requerimento formal de sua aposentadoria para o dia 10. Não se sabe o motivo da nova decisão de Barbosa, mas ele surpreendeu o Ministério da Justiça (e vários colegas do STF que tiveram a informação) com o adiamento. Mas, afinal, o que significam esses 25 dias a mais? Postergam-se todos os procedimentos que Ricardo Lewandowski estava tomando para a transição, que se daria durante o recesso do Judiciário. Agora, com a nova data, as mudanças e nomeações de dezenas de cargos de confiança só poderão ser realizadas quando começar o segundo semestre de trabalho do STF.

TSE SUSPENDE PROPAGANDAS DO GOVERNO FEDERAL

O ministro Tarcísio Vieira, do Tribunal Superior Eleitoral, concedeu liminar à coligação Muda Brasil, que apóia a candidatura do tucano Aécio Neves à Presidência, e determinou a suspensão imediata das propagandas institucionais da Petrobras, Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Ministério da Educação. A coligação, formada por PSDB, DEM, PEN, PMN, PTB, PTC, PTN, PTdoB, e SDD, afirma que os órgãos promoveram propaganda eleitoral antecipada e que a presidente Dilma Rousseff (PT) e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) seriam os beneficiários das propagandas. Na decisão, Tarcísio Vieira não afirma se a propaganda é ou não irregular. Isso será decidido quando o plenário do TSE julgar o caso, o que ainda não tem data para acontecer. Se o plenário considerar irregular, será discutido pedido da coligação para multar em até R$ 25 mil a presidente Dilma Rousseff; diretores da ANS; a presidente da Petrobras, Graça Foster; o ministro da Educação, Henrique Paim; e o ministro da Comunicação Social, Thomas Traumann.

PESQUISA EM GOIÁS MOSTRA INCRÍVEL, INACREDITÁVEL, REJEIÇÃO À PETISTA DILMA ROUSSEFF

Pesquisa realizada com eleitores do Estado de Goiás, visando aferir a intenção de voto e a rejeição dos candidatos a Governador, Senador e Presidente da República. Publicada no jornal O Popular do dia 06/07/2.014. 

 
Se as eleições fossem hoje em quem votaria para governador de Goiás?
 
(Respostas espontâneas)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
Se as eleições fossem hoje, e os candidatos fossem somente os que estão na cartela, em qual deles votaria?
 
(Respostas estimuladas com cartela)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
E em qual ou quais deles não votaria de jeito nenhum, mesmo perdendo seu voto?
 
(Respostas múltiplas e estimuladas com cartela)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
Se as eleições fossem hoje em quem votaria para Senador por Goiás?
 
(Respostas espontâneas)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
Se as eleições fossem hoje, e os candidatos fossem somente os que estão na cartela, em qual deles votaria?
 
(Respostas estimuladas com cartela)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
E em qual ou quais deles não votaria de jeito nenhum, mesmo perdendo seu voto?
 
(Respostas múltiplas e estimuladas com cartela)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
Se as eleições fossem hoje em quem votaria para Presidente da República?
 
(Respostas espontâneas)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
Se as eleições fossem hoje, e os candidatos fossem somente os que estão na cartela, em qual deles votaria?
 
(Respostas estimuladas com cartela)
xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx|xxxxxxxxxx
E em qual ou quais deles não votaria de jeito nenhum, mesmo perdendo seu voto?
 
(Respostas múltiplas e estimuladas com cartela)
 

 

PT RECORRE PARA MANTER LUIZ MOURA, AQUELE QUE SE ENCONTROU COM MEMBROS DO PCC, FORA DAS ELEIÇÕES

O PT vai recorrer ao Tribunal de Justiça de São Paulo para deixar o deputado estadual Luiz Moura fora das eleições de outubro. O setor jurídico do partido ingressará, nesta segunda-feira, com um agravo de instrumento no tribunal para derrubar os efeitos da liminar favorável a Moura, por meio da qual o deputado tentará concorrer a um novo mandato na Assembleia Legislativa do Estado. No sábado, último dia para o registro de candidaturas, a defesa de Moura anulou na Justiça comum a convenção estadual do partido que definiu os candidatos ao Legislativo nos dias 14 e 15 de junho. Moura não pôde disputar uma legenda no encontro porque havia sido suspenso do partido no dia 2 de junho. O PT decidira abrir processo disciplinar contra o parlamentar, após vir a público a informação de que ele tinha sido flagrado pela Polícia Civil, em março, em uma reunião da qual participaram dezoito criminosos do Primeiro Comando da Capital (PCC). Moura também conseguiu anular a penalidade, por decisão do juiz Fernando Oliveira Camargo, no plantão cível. Luiz Moura alega que não teve direito a defesa ampla quando foi suspenso pela Comissão Executiva – o que o partido contesta. Os advogados do PT paulista vão argumentar no recurso que a sigla já tomou uma decisão interna de não conceder a legenda para que Moura dispute as eleições neste ano. O PT quer blindar a candidatura do ex-ministro Alexandre Padilha (Saúde) ao governo do Estado de vínculos com Luiz Moura.

JUROS DE EMPRÉSTIMOS PARA OBRAS DE ESTÁDIOS PAGARIAM DOIS ITAQUERÕES

Assim que o apito final soar no Maracanã no próximo domingo, a maior parte da fatura da Copa começa a ser cobrada de Estados, empresas e clubes de futebol que se endividaram para construir ou reformar os estádios usados durante o Mundial. O carnê é caro. Para garantir arenas com o padrão Fifa, os responsáveis pelas obras pegaram emprestados R$ 4,3 bilhões de bancos públicos e de um fundo de desenvolvimento regional. O valor total do financiamento chegará a R$ 6,7 bilhões, considerando os juros que serão cobrados nos próximos 13 anos. A estimativa de gastos com juros — R$ 2,4 bilhões — foi feita a pedido de Jorge Augustowski, diretor-executivo de economia da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), com base na cópia dos contratos disponíveis na página da Transparência do governo federal na internet. Com esse dinheiro, seria possível construir duas arenas como o Itaquerão. Dos 12 estádios usados durante o torneio, 11 tiveram suas obras bancadas, em parte, com o dinheiro emprestado pelos bancos. Apenas o Mané Garrincha, o mais caro (R$ 1,4 bilhão), foi erguido usando somente recursos do caixa do Distrito Federal. No total, os 11 estádios custaram R$ 7,1 bilhões. Nessa conta está incluído o custo dos juros de quatro arenas. O dinheiro dos primeiros empréstimos começou a ser liberado em 2011. Como os contratos previam carência de dois a três anos (prazo para o início do pagamento), as prestações só começaram a ser cobradas neste ano. Para os que bateram na porta dos bancos mais tarde — como Corinthians, Internacional e Atlético Paranaense —, a conta só começará a ser cobrada em 2015.

O DIABO VOLTA A DAR AS CARTAS NOS TERRITÓRIOS PALESTINOS. OU: TRÊS JUDEUS ASSASSINADOS NÃO VALEM METADE DA TINTA E DOS CARACTERES GASTOS COM O ASSASSINATO DE UM PALESTINO. ESSA PERVERSÃO MORAL GERA AINDA MAIS CADÁVERES

Os criminosos que sequestraram e mataram o garoto palestino Mohamed Abu Khder poderiam fazer parte, deixem-me ver, do grupo de agitação e propaganda do Hamas. Por que afirmo isso? A notícia, como pode constatar qualquer leitor, serviu para tirar do noticiário o assassinato, não menos brutal, de três jovens judeus: Naftali Fraenkel, Gil-Ad Shaer e Eyal Yifrah. Usem, se quiserem, uma régua, um contador de caracteres, o que for: não se dedicou aos judeus assassinados nem metade da tinta e dos caracteres empregados para tratar do assassinato do rapaz palestino. Por que é assim? Porque um cadáver árabe serve ao proselitismo politicamente conveniente e está afinado com as milícias de opinião anti-Israel que dominam a imprensa ocidental. Já o assassinato de judeus, especialmente se oriundos de assentamentos, parece, no limite, aceitável, como se fosse uma ação compreensível da resistência palestina.

A reação de um lado e a de outro também nos dizem alguma coisa do ponto de vista moral. Israel foi à caça dos assassinos de Mohamed Abu Khder e prendeu seis suspeitos. Três deles, informa a imprensa internacional, confessaram o assassinato. A própria polícia admitiu, antes mesmo de chegar aos responsáveis, que tudo indicava que o crime era uma resposta estúpida e inaceitável ao assassinato dos três adolescentes judeus. Milhares de israelenses compareceram ao velório dos três, mas não houve ações violentas, nada!
E a reação dos palestinos, estimulada pelo Hamas e, ainda que de modo mais brando, pela Autoridade Palestina? Houve protestos violentos e enfrentamento das forças de segurança. Vimos, com toda a força, o ressurgimento do que eu chamo de “Iconografia do Martírio”, com a exposição pública do cadáver, exibido quase como um troféu, no ato sempre indecoroso de glorificação da morte, que serve ao discurso da suposta resistência.
O governo de Israel está longe de ser o meu predileto; não creio que algumas ações de Benjamin Netanyahu e de outros ainda mais radicais do que ele concorram para a paz. Mas eu pergunto onde estavam as vozes, então, sensatas e brandas, que não censuraram Mahmoud Abbas quando este fez o acordo com o Hamas, que não se comprometeu em suspender, nem mesmo temporariamente, os ataques a Israel. Quando os corpos dos adolescentes judeus foram encontrados, a imprensa ocidental logo antecipou o tal “risco de uma nova intifada”.
Ora, nem mesmo se prestava atenção ao fato de que uma “nova intifada” apontava para a possibilidade de uma reação palestina. Mas esperem: no caso, o agredido era o estado de Israel!!! Mas quê… Os “analistas” preferiram chamar a atenção para a possibilidade de reação do agressor. Nota: o Hamas não condenou o ataque. Ao contrário até: veio a público para ameaçar Israel.
Os terroristas sabem como fazer a coisa, ou não sustentariam por tanto tempo essa guerra. O Hamas só se mantém no poder na Faixa de Gaza impondo o terror à população, descontente com a sua gestão. Era preciso reavivar o ódio contra o “inimigo”. Matar três jovens, naquelas circunstâncias, significava atrair uma necessária resposta de Israel — e ela veio — e uma eventual retaliação de extremistas, que veio também.
Pronto! O Hamas está feliz. O diabo reassume o poder nos territórios palestinos, e o sangue dos inocentes volta a irrigar a causa dos terroristas. Por Reinaldo Azevedo