quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Ministério Público gaúcho abre inquérito para apurar crime na exposição profana do Queermuseu, no banco Santander


A Promotoria de Justiça Criminal de Porto Alegre resolveu acolher a notícia-crime protocolada pelo advogado Adão Paiani (na foto) e determinou abertura de inquérito policial contra Gaudênio Fidelis, curador da mostra Quuermuseu em Porto Alegre, no banco Santander. Também serão ouvidos pela polícia o vice-presidente do Santander, Marcos Madureita, e o presidente da Aliança Francesa de Porto Alegre, José Vicente Colona Torre. O Ministerio Público quer saber se houve prática dos crimes capitulados no Código Penal, que são os de vilipêndio à fé e ultraje público ao puder por meio de escrito ou objeto, além de apologia ao crime ou ato criminoso.

Também foi requerido à Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude de Porto Alegre, a imediata adoção de providências para apurar a prática de crimes tipificados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Porto Alegre sob ameaça de ficar atolada no lixo


Mais de 50 caminhões de lixo da BA Ambiental, empresa que faz a coleta de resíduos domiciliares em Porto Alegre, estão estacionados na garagem da empresa, no Porto Seco da capital gaúcha, carregados, porque não podem fazer a descarga na Estação de Transbordo da Lomba do Pinheiro, Tampouco as jamantas que transportam 53 metros cúbicos cada uma do lixo de Porto Alegre para o aterro sanitário do Grupo Solvi, em Minas do Leão, conseguem se movimentar devido ao bloqueio das entradas da estação de transbordo que está sendo realizado pelos funcionários públicos municipais em greve. Porto Alegre já é a cidade mais imunda do Brasil, uma verdadeira nojeira, com imóveis degradados, sujos, todos cheios de garatujas, e agora corre o risco de ficar atolada no lixo. Essa é uma velha tática dos municipários gaúchos. Durante o governo de Alceu Collares, entre 1985 e 88, com a concordância do prefeito, os funcionários paralisaram a coleta do lixo. As ruas ficaram entupidas de lixo e ratões de todos os tamanhos. Isso acabou liquidando a candidatura à prefeitura de Carlos Araújo, correligionário de Collares, que se opunha à candidatura dele. A chefia da campanha de Araújo era conduzida por sua mulher, a estocadora de ventos Dilma Rousseff.  

Masp proíbe ingresso de menores de 18 anos em exposição sobre sexualidade


O Masp (Museu de Arte de São Paulo) proibirá o ingresso de menores de 18 anos na mostra Histórias da Sexualidade, com inauguração marcada para esta sexta-feira. Com curadoria de Adriano Pedrosa, diretor artístico do museu, a exposição contará com mais de 300 obras divididas entre assuntos relacionados ao tema, como nudez, "jogos sexuais" e religiosidade. Entre pinturas, desenhos e esculturas, a mostra contará com trabalhos de Henri de Toulouse-Lautrec, Guerrilla Girls e Tunga. 

Estará proibida a entrada de crianças e adolescentes mesmo que acompanhados do responsável legal. A medida é diferente do sistema de classificação indicativa, que pode ser seguido ou não pelos pais ou responsáveis, embora, nos dois casos, o próprio museu defina a faixa etária adequada de acordo com as obras expostas. 

De acordo com o Ministério da Justiça, cabe mesmo ao museu determinar a idade mínima para se ver uma obra, não ao Estado (ao poder público). Na apresentação da exposição, o Masp assegura que segue a orientação do manual do Ministério da Justiça, fundamentado nas Constituição Federal de 1988 e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). 

A decisão foi tomada após a performance "La Bête" do coreógrafo fluminense Wagner Schwartz, realizada dia 26 de setembro no Museu de Arte Moderna (MAM), no parque Ibirapuera. Na instalação, Schwartz ficou deitado nu em um tatame e o público pôde mexer em seus braços, nas pernas e no restante do corpo para alterar sua posição. Vídeos que viralizaram nas redes sociais mostravam uma menina, que estava acompanhada da mãe, interagindo com o homem. O Ministério Público abriu um inquérito para investigar a origem das imagens divulgadas.